Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Sonho / Morte / Projeção


alcidesjr
 Share

Recommended Posts

Boa tarde,

Gostaria de relatar uma experiência com sonho, e um tipo lucidez dentro do sonho, bem estranha e que ficou marcado pra mim. Já tem umas 3 semanas que aconteceu e ainda está bem vivo na memória.
Bom, em determinado momento em que estava dormindo senti na lateral da minha cabeça entre a testa e orelha, uma sensação de um liquido gelado vazando internamento, o que eu associei na hora foi algo parecido com um derrame, embora não faço ideia como seria ter um derrame, mas foi algo que pensei na hora. Quando senti essa sensação, na hora eu senti como se fosse no físico mas invés de acordar, eu, sei lá, não sei como explicar direito, eu realmente achei que tinha falecido e nesse momento eu me vi em uma maca no hospital, nesse momento eu me desprendi do corpo, este que estava na maca do hospital e via minha mãe ao lado chorando, então eu realmente achava que estava morto e olhava para ela falando, mãe, estou aqui, está me vendo??  E de uma hora para outra a cena mudou para casa onde eu moro com meu avô e estava toda família reunida, eu então vagava entre às pessoas, falando olhaa eu estou aqui consegue me ver??  Em um determinado momento minha irmã, disse, eu estou te vendo!!  Nesse momento eu comecei a duvidar se o momento da casa era o mesmo do hospital, se o hospital foi um sonho e se eu estava ficando maluco perguntando se às pessoas estavam me vendo, ou, se realmente era a continuação do hospital e apenas minha irmã realmente conseguia me ver. Foi uma viagem dentro de outra viagem ... kkkk  Foi bem bagunçado assim mesmo, meio complicado de transcrever, mas foi bem intenso.

Abs.

Link to comment
Share on other sites

Em 28/02/2017 at 14:09, alcidesjr disse:

Quando senti essa sensação, na hora eu senti como se fosse no físico mas invés de acordar, eu, sei lá, não sei como explicar direito, eu realmente achei que tinha falecido e nesse momento eu me vi em uma maca no hospital, nesse momento eu me desprendi do corpo, este que estava na maca do hospital e via minha mãe ao lado chorando

Sei como é confuso, mas entendo porque já tive uma experiência semelhante a essa.

Teoricamente eu entendo que isso é algo parecido com um falso despertar. Porém em vez de estar projetado e pensar que está acordado, se acredita estar morto, desencarnado.

Não deixa de ser uma falha na lucidez, mas... é uma experiência diferenciada mesmo.

Eu diria que talvez são os mentores que criam experiências assim, pra gente poder ter essa experiência de como seria morrer. Pelo menos quando aconteceu comigo achei que foi algo tão complexo que deve ter sido algo planejado mesmo.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Quote

Eu diria que talvez são os mentores que criam experiências assim, pra gente poder ter essa experiência de como seria morrer. Pelo menos quando aconteceu comigo achei que foi algo tão complexo que deve ter sido algo planejado mesmo.

Interessante. Também já tive uma projeção de morte em 2004. Despertei no astral em minha casa, deitado no sofá da sala onde dormi, com meu pai em cima de mim me asfixiando. Não entendia o que estava acontecendo além da agressão. Logo em seguida me vejo "acordando" depois de ser sufocado no mesmo local, com a mesma iluminação.., tudo idêntico ao que observei anteriormente, no entanto sem a presença do pai. Levantei-me do sofá e procurei por minha mãe e observei que todas as luzes da casa estavam acesas. Chamei por ela várias vezes sem ter resposta quando resolvi ir para a garagem/entrada externa. Chegando lá, vi que estavam presentes meu pai, mãe e irmã abraçados; minha mãe chorava muito enquanto o pai e a irmã tentavam dar algum tipo de apoio emocional. Não entendi a cena e perguntei assustado o que tinha acontecido repetidas vezes, no entanto sem ter resposta. Neste momento retomei a memória da asfixia e constatei que tinha morrido. Voltei para dentro de casa confuso e fui para meu quarto.., fiquei abalado com o que vi e resolvi sentar no canto. Nesse momento, a "realidade" visual se transformou, como se estivesse sobre efeito de algum alucinógeno.. não existia tempo nem espaço. Em seguida vi que estava deitado em um desses carrinhos de mineradoras de carvão. Quando virei a cabeça vi que tinham outros corpos debaixo do meu. Foi muito estranho e assustador. Enquanto estava deitado percebi que este carrinho percorria um trilho para ser despejado mais a frente em um grande fogo onde eu e todos os outros corpos caiam.. Acordei logo em seguida e tive dificuldades para dormir. Até hoje tento entender essa projeção, mas a explicação de um experimento planejado parece pertinente. Realmente fiquei confuso quando "descobri que estava morto".

Abraços!

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

4 horas atrás, Daniel Britto disse:

Interessante. Também já tive uma projeção de morte em 2004. Despertei no astral em minha casa, deitado no sofá da sala onde dormi, com meu pai em cima de mim me asfixiando. Não entendia o que estava acontecendo além da agressão. Logo em seguida me vejo "acordando" depois de ser sufocado no mesmo local, com a mesma iluminação.., tudo idêntico ao que observei anteriormente, no entanto sem a presença do pai. Levantei-me do sofá e procurei por minha mãe e observei que todas as luzes da casa estavam acesas. Chamei por ela várias vezes sem ter resposta quando resolvi ir para a garagem/entrada externa. Chegando lá, vi que estavam presentes meu pai, mãe e irmã abraçados; minha mãe chorava muito enquanto o pai e a irmã tentavam dar algum tipo de apoio emocional. Não entendi a cena e perguntei assustado o que tinha acontecido repetidas vezes, no entanto sem ter resposta. Neste momento retomei a memória da asfixia e constatei que tinha morrido. Voltei para dentro de casa confuso e fui para meu quarto.., fiquei abalado com o que vi e resolvi sentar no canto. Nesse momento, a "realidade" visual se transformou, como se estivesse sobre efeito de algum alucinógeno.. não existia tempo nem espaço. Em seguida vi que estava deitado em um desses carrinhos de mineradoras de carvão. Quando virei a cabeça vi que tinham outros corpos debaixo do meu. Foi muito estranho e assustador. Enquanto estava deitado percebi que este carrinho percorria um trilho para ser despejado mais a frente em um grande fogo onde eu e todos os outros corpos caiam.. Acordei logo em seguida e tive dificuldades para dormir. Até hoje tento entender essa projeção, mas a explicação de um experimento planejado parece pertinente. Realmente fiquei confuso quando "descobri que estava morto".

Abraços!

Interessante sua História Daniel, você já fez regressão ? Tenho a impressão que você possa ter desencarnado em uma outra vida dessa forma OOOUUU talvez isso seja uma premonição ???? 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

14 hours ago, IIIBRUNO said:

Interessante sua História Daniel, você já fez regressão ? Tenho a impressão que você possa ter desencarnado em uma outra vida dessa forma OOOUUU talvez isso seja uma premonição ???? 

Oi, Bruno. Nunca fiz regressão, mas consigo fazer uma associação com algumas questões. A primeira poderia ser uma rememoração de morte por asfixia, sei que passei por isso em alguma outra encarnação: já tive "visões  espontâneas" que precederam a asfixia. Inclusive quando nasci, tive episódios em que parava de respirar... numa dessas ocasiões minha mãe precisou me enfiar de cabeça pra baixo num balde d'água na tentativa de me despertar.. A outra hipótese é de alguma questão passada muito forte com meu pai, que parece se encaixar nessas visões que tive dessa encarnação, mas não sei qual o papel exato dele no processo. Ainda hoje temos muitos problemas... existe uma animosidade que acredito ter vindo dessa encarnação que mencionei. A rememoração que tenho é de ser encaminhado para algum campo de concentração. A última vez que tive uma visão forte, estava correndo na praia e geralmente quando corro, depois de um tempo, eu fico muito relaxado e algumas informações vem até mim.. parece um estado pré-transe, e nesse dia, por um momento, não consegui respirar, comecei a espumar muito pela  boca e caí num choro compulsivo. Pesquisei depois que alguns gases tóxicos nos induzem a espumar antes de ir a óbito.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Daniel, achei muito interessante o seu relato. Me lembrou de uma coisa que li em um livro que diz que, ao meditar sobre algo de vidas passadas que desejarmos saber, perfurando mentalmente nosso "arquivo", podemos obter o conhecimento que desejarmos recordar. Segundo o livro, é necessário apenas adotarmos o hábito diário de nos entregar à meditação durante alguns minutos sobre o assunto do nosso interesse.

Isso não fazia muito sentido pra mim, me batia um ceticismo, mas vendo o seu relato estou começando a ver sentido. Confesso que eu não faria isso que o livro ensinou, pois ficaria com medo de me lembrar de algo que fosse me abalar. Mas, se algum conhecimento do passado estiver se apresentando na vida atual, talvez seja interessante um profissional de terapia de regressão avaliar a viabilidade de acessar essa memória, pois algumas recordações podem ser muito fortes para serem acessadas sem acompanhamento (se vc achar necessário, é claro).

Link to comment
Share on other sites

3 hours ago, Cintia Fly said:

. Confesso que eu não faria isso que o livro ensinou, pois ficaria com medo de me lembrar de algo que fosse me abalar. Mas, se algum conhecimento do passado estiver se apresentando na vida atual, talvez seja interessante um profissional de terapia de regressão avaliar a viabilidade de acessar essa memória, pois algumas recordações podem ser muito fortes para serem acessadas sem acompanhamento (se vc achar necessário, é claro).

Oi, Cintia. Eu concordo com sua conclusão; a meditação pode trazer muitas respostas, mas nem sempre estamos prontos para receber algumas informações. Essas rememorações que tive aconteceram ao longo de anos; a primeira em 2004, a segunda em 2009, a terceira em 2012 e a última em 2014. É um assunto muito delicado e acredito que acessar essas informações antes do momento certo pode gerar um desequilíbrio muito grande por dois motivos: você vive novamente uma dor profunda.., é como enfiar o dedo em uma ferida profunda, infeccionada e que ainda não cicatrizou, e depois que você acessa isso, ao menos no meu caso, você não encontra muito apoio aqui com os encarnados, muito pelo contrário, você é questionado e muitas vezes taxado de louco, o que acaba por machucar mais ainda. E quando você não se sente amparado, você passa a procurar pessoas que validem seu passado, e as pessoas são muito céticas.., a dor aumenta exponencialmente.. E por último, a vida continua apesar da rememoração desses traumas. Reviver uma dor tão profunda pode fazer você parar no tempo pra remoer esses acontecimentos, que não beneficia ninguém no final das contas.

Eu acredito que tive todo um amparo do plano espiritual no despertar dessa memória. Ela me foi revelada aos poucos e ainda assim foi difícil assimilar. A espiritualidade trata desses assuntos com muito zelo, pois a intenção é a de ajudar e não prejudicar.. inclusive tive oportunidade de conversar com uma amiga desencarnada via incorporação.. e quando perguntei de nossa conexão, ela apenas mencionou que tinha cuidado de mim numa situação em que perdi precocemente minha família., ou seja, ela foi extremamente cuidadosa ao escolher as palavras ao mesmo tempo que se referia a essa dor específica.

Quando recebi essas memórias não foi através de meditação. Acredito que foi um trabalho realizado pelo plano espiritual. No total foram 10 anos para que essa lembrança fosse reconstruída.

Agora, a parte bonita dessa história veio em 2014, quando fui levado ao encontro do meu pai daquela encarnação, que não é o mesmo dessa. Cheguei num bairro totalmente destruído que desconheço nessa vida, mas que conhecia no astral, e ao entrar no que me parecia uma sinagoga, fui recebido por muitos entes queridos, mas ver meu pai e receber o abraço dele foi tão forte que não prestei atenção em mais ninguém. Fico emocionado só de escrever essa parte, porque bate uma saudade muito grande daquele abraço carinhoso. No final sinto muita gratidão pela oportunidade de encontra-lo pois desde que me entendo por gente, eu tenho esse sentimento de perda, luto, com relação a meus pais. A mãe é a mesma de antes, agora, o pai é diferente, mas sinto um amor e carinho muito grande por ele também, mas a intensidade da conexão não é a mesma com a mãe e com o "pai astral".

Um abraço!

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

2 hours ago, Cintia Fly said:

 

Linda a sua história, fiquei muito emocionada ao ler! Obrigada por compartilhá-la conosco, pois traz muita inspiração. É maravilhoso como a espiritualidade te amparou. O amor é realmente uma força muito poderosa!

 

Sim! É maravilhoso saber que estamos sempre sendo amparados pelo lado lá e que nunca estamos sozinhos.. (-:

abraço!

Link to comment
Share on other sites

Em 02/03/2017 at 21:21, Daniel S. disse:

Sei como é confuso, mas entendo porque já tive uma experiência semelhante a essa.

Teoricamente eu entendo que isso é algo parecido com um falso despertar. Porém em vez de estar projetado e pensar que está acordado, se acredita estar morto, desencarnado.

Não deixa de ser uma falha na lucidez, mas... é uma experiência diferenciada mesmo.

Eu diria que talvez são os mentores que criam experiências assim, pra gente poder ter essa experiência de como seria morrer. Pelo menos quando aconteceu comigo achei que foi algo tão complexo que deve ter sido algo planejado mesmo.

E poem confuso nisso. rsrs

O interessante é que quado senti o gelado, eu me lembro de ter me mexido na cama como se fosse acordar e ir no banheiro. Esse link de achar que está se levantando no físico e de repente se vê saindo do corpo em uma maca de hospital, foi tenso!  Como eu já sofri um acidente de moto, o qual eu não lembro do momento da batida, porém eu não desmaiei, mas não lembro de nada no intervalo ato da batida, até recuperar a consciência dentro da ambulância.  Então essa sensação para mim de possível morte faria sentido, visto que já tive essa experiência de ter um apagão e não saber o que aconteceu.  

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...