• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Helena Vieira

CINERGIA ESPECTRAL - COSMOBIOPSICOSOCIOCINESIOLOGIA

Recommended Posts

Olá amigos do GVA.

Ando sumida, devido ter de conciliar o excesso de trabalho com os estudos da pós-graduação.

Posto para vocês, um artigo que acredito, a possam achar interessante. É de um grande amigo, escritor e pesquisador, Professor Doutor Mário Carabajal.

um grande abraço e

continuem buscando o caminho da luz

Helena

02-07-09

• CINERGIA ESPECTRAL

A energia atômica Hélio espectral (choque de prótons e elétrons do átomo de Hidrogênio) elemento mais abundante do Universo, após ser quimicamente processada pelos vegetais, receberá o “status” de eletroquímica, ao ingressar no complexo humano e ser processada metabolicamente para a geração de energias:

a) Física;

(motricidade) despolarização celular.

COSMOBIOPSICOSOCIOCINESIOLOGIA

B) Psíquica/Pensamento;

(racionalidade) decisão e criação.

Experiências recentes apontam para o raio gama como o condutor da síntese universal transcodificatória à transliteração científica para difusão e aproveitamento social. O raio gama é capaz de atravessar centímetros do chumbo e do alumínio. Em etapa de pesquisas à sua sistematização, o raio gama penetraria os seres, deixando de acordo com a capacidade transcodificadora de cada um, e também do estágio psicomaturacional de consciência e aptidão bioneuronal, as impressões cosmogênicas de orientação à nortear a caminhada coletiva humana.

Os minerais encontram-se também em linha de pesquisa, podendo conter traços importantes à eletroquímica transcodificadora de leis exatas universais a serem alcançadas pelos homens.

o http://www.academialetrasbrasil.org.br/r...

o

• Nossas pesquisas e conclusões, encerram um dos maiores paradigmas humanos. O pensamento, até então fonte de especulações por muitos, comprovadamente, compreende uma faixa de freqüência y – gama, compreendida em 0,00003 micron. Da mesma forma como ondas de rádio, televisão, celular, ondas ultra-violetas, raios X, sendo estes últimos, ondas altas de freqüência, enquanto que os primeiros, rádio, tv e celular, são baixas. O pensamento, nesta ordem, compreende ondas de altíssimas freqüências – daí, a possibilidade da recepção por pessoas que, de alguma forma, encontrem-se em “sintonia” – ligados por vínculos familiares, afetivos e ou em linhas diretas de consecuções empresariais, de estudos ou mesmo por sofrimento e ou enfermidades.

Tudo se inicia no infinito macro-crosmo, tendo o hidrogênio, como o elemento-elo, desde a origem dos códigos a serem, em primeira instância, dimensionados ao nosso sistema solar através de reações nucleares quando do choque entre os prótons e elétrons do mesmo elemento, resultando fótons espectrais, condutores estes, dos códigos universais – imediatamente, chegam ao nosso planeta, sendo impressos cosmogenicamente, devido a sua origem, em uma linguagem química nos vegetais. Os seres, ao se alimentarem desses vegetais com códigos cosmo-químicos, em sua psiconeurobiofisiologia, fazem uma leitura eletroquímica neurofisiológica, para, imediatamente, passarem à transcodificação em pensamentos do que fora, em tempo imediatamente anterior, energia química nos vegetais, com profundas raízes cósmicas.

Os pensamentos gozam de quantuns de energia, na proporção, de 1 micron para cada 0,0001 cm., de onde, a onda de pensamento, encontra-se na freqüência aproximada de 0,00003 micron, mais elevada do que o raio gama (y) que tem onda pouco superior a 0,00005 microns. Todavia, atribuímos ao Raio Gama a onda condutora do pensamento.

Existem diversas faixas de ondas. A luz visível, por exemplo, encontra-se na freqüência entre 0,4 e 0,8 cm – já a Radiação Solar que atinge a Terra, está compreendida entre 0,2 e 13 microns. O Raio X, encontra-se em torno de 0,05 microns – o raio ultra violeta equivale-se a 0,2, e o infra vermelho entre 0,8 e 13 microns (condutor de calor).

As ondas mais baixas, de transmissão de imagens e sons, encontram-se entre 100 e 30.000.000.000 de microns. Para a Tv encontramos 1.500.000 microns. Para o rádio 500.000.000 de microns.

Dessa forma, aparentemente simples, lançamos para a posteridade um pensamento com origem, meio e fim concretos. O fim, consiste em que se nos cheguem as leis universais e, sincronicamente com o universo, mantemo-nos em sintonia harmônica com tudo quanto co-exista. Não estaríamos à deriva em um imenso universo onde tudo obedece a rigorosas leis de exatidão e finalidades. Desde o infinito macro-cósmo até nosso minúsculo Sistema Solar e infinitamente pequeno micro-cósmo celular, a que somos constituídos, tudo, sem exceções e particularidades, encontram-se sob rígidas leis de ordem geral. Nas células, trocas a partir da bomba de sódio e potássio, interagindo sob seus limiares, garantem os mais singulares movimentos, até mesmo dos olhos. Em nosso Sistema Solar, eqüidistâncias, fatores tempo-químicos, possibilitam a existência de vida sob a Terra. Da mesma forma, cometas cortam Galáxias, perfazendo grandes elos às trocas de informações sincrônicas co-existenciais e co-partícipes entre todos os corpos constitutivos desde imenso e quase inexplicável universo.

A inexplicabilidade de tudo está em uma ordem inversa ao avanço científico. À medida em que conquistamos maior credibilidade, do ponto de vista ao evoluir sob parâmetros e delimitações científicas, conquistamos o saber eterno, indivisível e imutável cinesiológico.

A cinesiologia moderna, em uma de suas ramificações, objetiva correlacionar eventos aparentemente sem elos, contudo, absolutamente nada no universo tem início sem que elementos desencadeadores o impulsionem.

Até a bem pouco tempo, simplesmente, a ciência não cogitava a origem concreta do pensamento. Nossa busca obstinada por respostas, por mais de vinte anos, levou-nos por caminhos múltiplos de possibilidades. Lançamos diversos livros onde aventávamos nossas teses, até então “ensaios de tese” de um doutorado que nem ao menos tínhamos certeza se chegaria; - utilizamos uma palavra que chamou atenção de pesquisadores em todo o mundo: cosmobiopsicosociocinesiologia, com ela, nos esforçávamos para que por si só expressasse tudo quanto concebíamos internamente. Por fim, já não mais aceitávamos outra possibilidade – o pensamento era sim “energia cósmica transcodificada”. Tivemos que reconceituar pensamento e lembranças, separando estas duas manifestações psico-reativas, a primeira, expressa a leitura eletroquímica de transcodificação do que em momento imediatamente anterior era energia química nos vegetais, energia esta, cosmogênicamente impressa. A segunda, impulsos tensionais latentes, capazes de inromper a parede de retorno (não voltam para os níveis de sub-consciência e inconsciência) atingindo a consciência e ganhando impulso no meio sócio reativo. Existem outras variantes de manifestações psico-reativas, muitas, não têm força e limiar para o desencadear da fala, como muitas falas não têm força e limiar de tensão ao desencadear de movimentos, como muitos movimentos não têm força e limiar ao desencadear de eventos sociais.

A energia à psicotranscodificação, leitura eletroquímica, têm pacotes “quantuns” de tensão, os mesmos “quantuns” da Lei Quântica de Einstem, Contudo, uma complexa rede interna neurobioquímica, dá aos múltiplos elementos aos quais somos constituídos, um novo impulso “transcodificar” a energia cósmica em forma de pensamentos” tendo como base a alimentação.

Por tratar-se de energias contificáveis e mensuráveis, o Pensamento, em futuro próximo, poderá ser lido. Na atualidade, inclusive, alguns computadores têm seus comandos ativados diretamente pelo pensamento. A partir dessa realidade concreta, já alcançada pelas ciências, sob a mesma linha de pesquisa, em seu aprofundamento e ampliação, facilmente chegaremos a um conjunto de imágens sistêmicamente organizadas - que poderemos afirmar, associativamente, o conteúdo (pensamento) intrínseco dos símbolos emanados pelo ser.

o 1 ano atrás

Cosmobiopsicosociocinesiologia

É a necessidade de o homem sair da persectiva telúrica da intelectualidade para uma evolução cósmica de raciocínio, de onde para uma maior congregação de todas as ciência, com vistas no homem cósmico integrado.

http://www.academialetrasbrasil.org.br/p...

Cosmobiopsicosociocinesiologia

ciência emergente das complexidades modernas.

http://www.academialetrasbrasil.org.br/l...

COSMOBIOPSICOSOCIOCINESIOLOGIA

B) Psíquica/Pensamento;

(racionalidade) decisão e criação.

Experiências recentes apontam para o raio gama como o condutor da síntese universal transcodificatória à transliteração científica para difusão e aproveitamento social. O raio gama é capaz de atravessar centímetros do chumbo e do alumínio. Em etapa de pesquisas à sua sistematização, o raio gama penetraria os seres, deixando de acordo com a capacidade transcodificadora de cada um, e também do estágio psicomaturacional de consciência e aptidão bioneuronal, as impressões cosmogênicas de orientação à nortear a caminhada coletiva humana.

Os minerais encontram-se também em linha de pesquisa, podendo conter traços importantes à eletroquímica transcodificadora de leis exatas universais a serem alcançadas pelos homens.

http://www.academialetrasbrasil.org.br/r...

• CULTURA E A GERAÇÃO DE CIÊNCIA

Dr. Mário Carabajal

Inventar, criar, transmitir, difundir conceitos, é o que nos distingue dos outros animais. Esse simples repasse de geração em geração é o que forma a cultura das civilizações.

O homem, desde os primórdios da humanidade, há quase dezoito mil anos, vem se superando. À medida em que surge uma dificuldade, ele questiona-se, e neste exato momento, dá um passo significativo na evolução.

Se este meio, encontrado por ele, diante a dificuldade, usado para a solução do problema, pela busca obstinada de respostas for registrado, onde outros, no futuro, possam também usufruir, diremos que este gerou cultura científica, todavia, se forem usados apenas em proveito próprio, poderemos considerar como uma criação improfícua, desprovida de importância cultural e científica.

Jamais poderemos contribuir para a evolução da humanidade, se não nos abrirmos a novos conceitos, se tivermos medo de assimilarmos novas culturas, incorporarmos novas ciências, crescendo diante de cada novo elemento que se nos apresenta.

Tivesse o homem acovardado-se a milênios diante de outros animais, jamais hoje os "dominaríamos".

À medida em que maior ciência temos de Deus, acreditamos, mais ciência Ele ofereça à Humanidade.

Neste contexto, Psicanálise e Cinesiologia unem-se na busca de mais consciência.

Cosmobiopsicosociocinesiologia

Já diziam Sócrates, Platão, Aristóteles, LocKe, Derivi, Hudson e tantos quantos foram imortalizados por seus pensamentos;

***Nada se modificará no concreto, através do homem, sem que antes seja pensamento.

O sociólogo e pensador brasileiro, Lucas de Sousa, com mais objetividade que todos os outros, afirmou;

"A essência do que comemos hoje é pensamento amanhã"

O Raiar de um Novo Mundo. Ed. G. Alvorada. Brasília, 1968 - p.349

Se não respirássemos e nos alimentássemos, certamente não viveríamos. Simples! Mas, qual a origem da energia que mantém a vida? Também simples e de fácil resposta;

[...] carboidratos; gorduras; fibras...

Todavia, também nada disso existiria, ou melhor, nada sobre o planeta Terra teria vida e movimento não fosse a energia do Sol, que pela ação dos vegetais é transformada em energia química, e o homem, pela ingestão dos vegetais, a transforma em energia eletroquímica, de onde, pela ação de motoneurônios e "neurotranscodificadores", ganhará a forma de dois outros potenciais energéticos:

- Físico ( motor );

*** movimento, resultando em trabalho, sob o princípio da despolarização celular nos limiares de sódio e potássio.

- Cósmica transcodificada;

***pensamento; "insight" princípio inteligente. Permite a criação, análise e decisão, sob o delimitação núcleo-atômica, propiciado tanto pela oxidação do oxigênio, quanto na captação do raio gama solar pelos quimiorreceptores humanos. Sua condução aos neurotranscodificadores, pelos potenciais de tensão, ultrapassarão ou não, através do expansor, a parede de retorno, chegando ao campo de consciência, ou, na falta de impulso suficiente, serão eletroquimicamente codificados pelos neurotranscodificadores e mantidos nos níveis pré-consciente e inconsciente, camadas estas, internas da parede de retorno. Necessitam de estímulos eletroquímicos vibratórios suficientemente elevados a permitir ao expansor ultrapassar a parede de retorno, assim, sucessivamente, a manter o consciente em determinada frequência cíclica.

- Cada símbolo ou imagem é detentor de um potencial energético, a sua manifestação dependerá da frequência dos estímulos externos recebidos.

- Se em contato com objetos ou conceitos novos, não resultará em reações exponenciais internas.

- Cada ambiente, objeto, conceito, já fixado, têm um nível de sinais que correspondem ao valor catéxico a que Freud bem referiu-se. Os ambientes, conceitos e objetos que associados a determinados acontecimentos, épocas ou personagens, acumulam as energias daqueles, ainda que somente associativamente, sem contudo ficar ali armazenado de fato suas energias.

- Poderá, um ser, diante a um objeto, situação, ou pessoa, ser naturalmente detido, por determinação dos pesos e valores catéxicos destes, não serem suficientemente grandes, não ultrapassando a parede de retorno, não permitindo a continuidade da ação ou pensamento.

A Cinesiologia psicanalítica avançada volta-se para a formação de um elo químico reativo delimitado entre o macrocosmo, principiando em reações nucleares ocorridas no sol e o microcosmo, pela despolarização celular, base desencadeadora da eletroquímica neurofisiológica humana, (transcodificação da energia cósmica em pensamentos e movimentos) responsáveis pela evolução cosmo-harmônica de interações em sincronicidade universal, as quais, encontram-se sob a ordem paradigmaximizadora de equilíbrio por forças equidistantes em uma perspectiva geral de reações em cadeia cosmobiopsicosociocinesiológica.

Certamente temos muito o que avançar, e ainda que cinco mil anos transcorram, desde o nosso tempo presente, as ciências continuarão em descobertas sempre com sabor de novas, pois a complexidade humana, comprovadamente, é infinita. Por mais que avancemos, sempre surgirão elementos novos, fazendo com que acreditemos pouco, ou quase nada sabermos. Um único elemento refutado, pode redirecionar as pesquisas em curso, obrigando-nos a redimensionar nossas expectativas e objetivos.

Psicanalista Clínico/Especialista em Pesquisa Científica/Mestre em Psicanálise e Doutorando em Medicina Psicossomática/ V.Pres. ARL / Presidente da Academia de Letras do Brasil.

o 1 ano atrás

o http://www.academialetrasbrasil.org.br/r...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.