• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Recommended Posts

Estive lendo sobre técnicas de sigilação e magia do caos, alguém já fez e obteve resultados?

Share this post


Link to post
Share on other sites

A sigilação é a mesma coisa que a visualização a priori.

A diferença é que você cria uma espécie de gatilho(sigilo) e a energização faz esse sigilo existir também no astral representando a sua visualização e com o tempo ir se densificando até se tornar real.

Gosto de usar como meditação(meditar olhando), creio que tenha um resultado satisfatório.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já, como falei, uso mais para meditação. Pra ser honesto não lembro muito, mas creio que dê certa formas deram certo sim.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 18/7/2017 at 11:22 AM, Kaly said:

Estive lendo sobre técnicas de sigilação e magia do caos, alguém já fez e obteve resultados?

Kaly a sigilização embora seja relacionada a magia do caos hoje em dia, não foi criada pelo A.O. Spare. A técnica vem desde 1500 pelo menos já que é relatada no Três Livros de Filosofia Oculta, do Cornelius Agrippa. O que é feito na magia do caos, é basedo nas ténicas do Spare, que retirou a sigilização do contexto astrológico (pois antes de escrivia os sigilos sobre os quadrados mágicos do planeta correspondente ao assunto que se queria tratar) e mesclou com uma técnica de magia sexual do oitavo grau da OTO (ordem que fazia parte). O sujeito era um prodigio tão grande que até bolou uma explicação baseada em Jung para o fenômeno. Então sim, funciona, e não há grande novidade na técnica. :)

PS: Dê uma procura na internet nos quadros do Spare, ele sempre desenhava sigilos no meio. Ele usou a técnicas melhorada de sigilização como um sistema pessoal, além do auto retrato, e da escrita automática... para entrar em contato com seu "eu superior". Ou seja, toda vida mágica dele teve como fundamento essa técnica, caso ainda precise de algum argumento pra dizer que funciona a técnica rs.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Criei um sigilo para ajudar em processo de remoção de auto-assédio , rsrsrs

Me Amo Melhor 

Reorganizando para formar um mantra :  LE-RHO-MA

Nem precisa agradecer se você ficar melhor , rssrsr

rsz_20170813_032610.jpg

rsz_20170813_032618.jpg

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 11/08/2017 at 9:34 PM, Cristaldo said:

Kaly a sigilização embora seja relacionada a magia do caos hoje em dia, não foi criada pelo A.O. Spare. A técnica vem desde 1500 pelo menos já que é relatada no Três Livros de Filosofia Oculta, do Cornelius Agrippa. O que é feito na magia do caos, é basedo nas ténicas do Spare, que retirou a sigilização do contexto astrológico (pois antes de escrivia os sigilos sobre os quadrados mágicos do planeta correspondente ao assunto que se queria tratar) e mesclou com uma técnica de magia sexual do oitavo grau da OTO (ordem que fazia parte). O sujeito era um prodigio tão grande que até bolou uma explicação baseada em Jung para o fenômeno. Então sim, funciona, e não há grande novidade na técnica. :)

PS: Dê uma procura na internet nos quadros do Spare, ele sempre desenhava sigilos no meio. Ele usou a técnicas melhorada de sigilização como um sistema pessoal, além do auto retrato, e da escrita automática... para entrar em contato com seu "eu superior". Ou seja, toda vida mágica dele teve como fundamento essa técnica, caso ainda precise de algum argumento pra dizer que funciona a técnica rs.

Sim, eu acabei descobrindo isso pelo caminho rsrsrs mas falei magia do caos pois foi a forma que entrei em contato primeiro com o assunto... Apesar que parando pra raciocinar é meio que a técnica que o filme O Segredo tenta "vender" com a lei da atração... Só que eles não explicam direito como fazer... A sigilação é objetiva e clara... Mas vou ler mais sobre o que vc escreveu, estou bem interessada no assunto pq já consegui alguns resultados (parciais, ainda não completos) de sigilos que fiz... Tô adorando isso :)

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 hours ago, Ashram said:

 

Criei um sigilo para ajudar em processo de remoção de auto-assédio , rsrsrs

Me Amo Melhor 

Reorganizando para formar um mantra :  LE-RHO-MA

Nem precisa agradecer se você ficar melhor , rssrsr

rsz_20170813_032610.jpg

rsz_20170813_032618.jpg

Vc acha que tô sofrendo auto assédio? Rsrsrsrs me fale mais sobre isso

Share this post


Link to post
Share on other sites

Certo, agradeço de qualquer forma... Vou criar um, pois o sigilo é mais efetivo quando criado pela própria pessoa ;)

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
58 minutos atrás, Kaly disse:

Certo, agradeço de qualquer forma... Vou criar um, pois o sigilo é mais efetivo quando criado pela própria pessoa ;)

Kkkkkkk

Tradutor Sandro,  valeu haha

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 hours ago, Ashram said:

Kkkkkkk

Tradutor Sandro,  valeu haha

Eu perguntei pq realmente me sinto assediada, sofro de depressão pós parto... Estou bem melhor, mas não me sinto 100%, sinto que ainda tenho assédio... E como vc sugeriu um "auto assédio" fiquei curiosa do motivo... Vai saber né? Às vezes vc viu ou sentiu algo... ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho improvável que sigilização vá te ajudar com esse problema (depressão). Sugiro criar o hábito da meditação e praticar diariamente. Assim aos poucos você vai se curando naturalmente.

Acho que sigilos são mais funcionais pra coisas mais simples como por exemplo, achar algo que desapareceu, vender alguma coisa, comprar alguma coisa, etc.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 14/08/2017 at 5:49 PM, MichelleA said:

Acho improvável que sigilização vá te ajudar com esse problema (depressão). Sugiro criar o hábito da meditação e praticar diariamente. Assim aos poucos você vai se curando naturalmente.

Acho que sigilos são mais funcionais pra coisas mais simples como por exemplo, achar algo que desapareceu, vender alguma coisa, comprar alguma coisa, etc.

Não, Kkkkkkkkk, os sigilos não são pra isso... Tô depressiva, mas ainda em sã consciência rsrsrs os sigilos são pra outros pequenos desafios do dia a dia... Doença a gente trata, não faz magia... :)

E o assédio já pedi ajuda pra um grupo espírita, deu uma boa melhorada e minha depressão tbm... Não tô 100%, mas tô chegando lá... Não pode chover pra sempre :)

Share this post


Link to post
Share on other sites
38 minutos atrás, Kaly disse:

Não, Kkkkkkkkk, os sigilos não são pra isso... Tô depressiva, mas ainda em sã consciência rsrsrs os sigilos são pra outros pequenos desafios do dia a dia... Doença a gente trata, não faz magia... :)

E o assédio já pedi ajuda pra um grupo espírita, deu uma boa melhorada e minha depressão tbm... Não tô 100%, mas tô chegando lá... Não pode chover pra sempre :)

 

Melhoras, na fica na Paz !

Se tiver alguém do lado para assessorar, melhor ainda . Toda doença tem começo, meio e fim ! 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minute ago, Ashram said:

 

Melhoras, na fica na Paz !

Se tiver alguém do lado para assessorar, melhor ainda . Toda doença tem começo, meio e fim ! 

 

 

A depressão é por falta de alguém do lado... Mas estamos nadando, remando e já avisto terra firme... Vai passar...

Obrigada ;)

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aproveitando o tópico, queria perguntar...

Qual o impacto karmico de usar sigilos? Obviamente, se usar para querer atentar contra o livre arbítrio dos outros é ruim, mas, e para si mesmo? Como obter bens materiais, se curar de alguma doença ou superar algum defeito psicológico... Nesses casos, ainda é licito e tranquilo de usar?

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pelo alegado mecanismo seria algo neutro, o carma estaria ligado ao uso que se faz .

Isso é sempre uma questão complexa , mas uma forma simples de entender é que além da tentativa de obter vantagem desleal numa situação competitiva (romance, emprego, etc), que é fácil de entender embora gente que só pense no seu umbigo se debata contra esse conceito, há questões mais abstratas a considerar.

Se um determinado problema é cármico, você só tem dois jeitos de resolver, permitir que ele esgote sua energia motivadora, ou apelar para uma "lei superior".

No primeiro caso você aceita e chupa o limão sem reclamar. No segundo você FAZ coisas boas... (  do tipo e quantidade necessárias, o que por si só já  é um mistério, mas uma dica é escolher coisas que se relacionem com o que o carma esta tentando te ensinar, pois se você voluntariamente e amorosamente se dedica ao aprendizado da lição, desaparece a necessidade de força-la a você, e você termina o aprendizado mais cedo, porque ele rendeu mais, ao contrario do aprendizado do aluno de ma vontade ) para tentar obter um resultado positivo em seu favor que reduza a intensidade ou duraçao da força que te atinge como carma.

Se tentar usar recursos "indevidos", voce pode  atrasar ou reduzir o efeito carmico por um tempo, mas uma hora ele te atinge, e aí acumulou ainda mais "energia potencial", porque passou mais tempo evitando, então o karma precisou vencer uma resistência, e vai te acertar mais pesadamete.

Mas fora do egoísmo óbvio é complicado classificar isso. Pode ser mais negócio morrer de uma doença para a qual a ciência não tem cura, e na próxima vida nascer ja sem aquilo, do que curá-la por meios "mágicos" que PODEM gerar uma consequência entre vidas e na vida seguinte bem pior ou bem mais duradoura.

E nesse caso ninguém fez mal a ninguém, além do que, meios considerados magicos as vezes só o são por ignorância da ciência materialista,,mas são formas naturais de cinsertar as coisas. Já outros meios podem ser uma completa afronta às leis naturais, e aí é que dão problema. Mesmo coisas da ciência, como transplantes, são suspeitos nessa área.

Mas em geral ninguém tem acesso a esses meios suspeitos se nao ficar pedindo penico para entidades cuja real identidade e intenções são mera especulaçao ou tradição repetida cegamente. 

As coisas que você pode fazer por si, sem interferência de outras inteligências, costumam estar subordinadas às leis naturais, então se funciona, é porque estava dentro do espectro de opções legítimas ao seu alcance. Mas claro, coisas que estao ao seu alcance mas são "vantagem indevida", como tentar fazer a namorada do outro se apaixonar por você usando recursos "ocultos"  também gerarão problema. 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 horas atrás, Wolfen disse:

Aproveitando o tópico, queria perguntar...

Qual o impacto karmico de usar sigilos? Obviamente, se usar para querer atentar contra o livre arbítrio dos outros é ruim, mas, e para si mesmo? Como obter bens materiais, se curar de alguma doença ou superar algum defeito psicológico... Nesses casos, ainda é licito e tranquilo de usar?

Eu acho que pros exemplos que você citou, os sigilos tem pouca funcionalidade comparado as opções relacionadas a alta e baixa magia. Acho que o uso deles são interessantes para coisas pouco complexas, então nesse caso o efeito cármico é zero (na minha visão). Sigilos não fazem milagres, eles podem te ajudar em algo que já esta praticamente encaminhado. Então se a parada tiver que acontecer, o sigilo só vai agilizar um pouco. Por isso que não geraria efeito cármico nenhum.

P.s: Me refiro aos sigilos que são criados pelo método do Spare.

Share this post


Link to post
Share on other sites

   Qual o impacto karmico de inconsciente sincronizar sua respiração com a de outra pessoa e causar rapport e simpatia? Qual o impacto karmico de você no dia que ficou com sua namorada pela primeira vez ter bebido uma cerveja que a fez ficar mais a vontade naquela noite? Qual o impacto karmico de você adaptar seu tom de voz conforme cada situação do seu dia sem ao menos notar? A vida é uma bola de influência, e não há a escolha de não influenciar(talvez a única seja a falta de contato).

   Magia não é nada de outro mundo, todos nós fazemos, a diferença é que com técnicas você consegue fazer isso dentro de um sistema mais lógico que te direciona melhor, é um direcionamento da vontade. Ora, se queres matar alguém e faz isso com magia o seu karma será o mesmo que ter matado material, simples assim.

 Isso serve para entender que não é crime querer coisas ou "vitórias" para você e também para perceber que você não evoluiu espiritualmente só porque faz uso de técnicas de magia. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Robert disse:

Qual o impacto karmico de inconsciente sincronizar sua respiração com a de outra pessoa e causar rapport e simpatia?

Qual o impacto karmico de você no dia que ficou com sua namorada pela primeira vez  ter bebido uma cerveja que a fez ficar mais a vontade naquela noite?

Qual o impacto karmico de você adaptar seu tom de voz conforme cada situação do seu dia sem ao menos notar? 

A vida é uma bola de influência, e não há a escolha de não influenciar(talvez a única seja a falta de contato).

Os exemplos acima são todos neutros e de ação INCONSCIENTE, mas foram associados ao termo "magia", que pode ter aplicações não neutras, e são ações deliberadas.

Então essa associação pode gerar conclusões erradas no leitor desatento, que pode concluir:

“Claro! Qual o impacto kármico de eu tentar ser o escolhido numa entrevista de emprego usando a técnica tal, afinal magia não é nada do outro mundo...blábláblá ”

"Qual o impacto kármico de eu atrair aquela garota fazendo a técnica tal, afinal magia não é nada do outro mundo, blábláblá"

Ora, depende da "técnica tal".

Se ela envolver, mesmo que você não saiba, qualquer tipo de  manipulação da consciência do outro, feita por você ou por entidades contratadas no serviço (coisas que a pessoa, por ignorância ou ceticismo, pode não saber), o impacto cármico será bem diferente sim. Da mesma forma como matar alguém usando parceria espirituais para realizar  o trabalho, porque além do problema do assassinato, que é o mesmo resultado para ambos os casos, você ainda terá ganho o vínculo espiritual com gente desencarnada barra pesada, um vínculo que costuma se manter por várias vidas. Então nesse caso o resultado é maior, porque os atos perpetrados  e a quantidade de parcerias foram maiores, tem mais coisas envolvidas, a rede de laços comprometidos fica mais complexa. É como comparar uma pessoa agredir a outra num momento de descontrole emocional, ou contratar um grupinho  para isso, num ato pensado, premeditado. Até no Direito o crime é caracterizado de forma diferente, com penas diferentes.

O problema muitas vezes é que gente que se interessa por magia é "cético seletivo", para poder alegar que é tudo da mente, tudo do subconsciente, e portanto não tem "realidade concreta", não é diferente de atos simples, como concentração, imaginação, intenções...

Usar "teorias da mente" para explicar as coisas ajuda a criar um discurso de auto-libertação de limites, e assim quem o usa alivia a própria barra. Tem coisas/técnicas que são assim, mas outra não. Falar "ah, magia não tem nada de mais..." é como dizer "beber líquidos não tem nada de mais afinal água não te gera problema né?" Há muitos tipos de líquidos, assim como magia tem muitos tipos de práticas. Se o termo "magia" inclui práticas em que , por exemplo:

-para uma pessoa conseguir atrair a outra, que não lhe dá atenção, usa-se uma entidade para hipnotizar/fascinar a vítima sempre que ela estiver em presença da contratante do serviço, e para induzi-la a pensar no outro quando estiver sozinha, induzi-la nos sonhos.

- alguma entidade vai ficar ao lado do entrevistador de emprego o tempo todo, influindo telepaticamente nele para que ache o contratante do serviço de magia melhor candidato, enquanto olhe os outros de forma desfavorável, também pode afetar nos sonhos.

Nesses casos obviamente não se pode dizer "ah, magia não tem nada de mais". Nos casso acima seria magia negra, gostem ou não do termo,mas como o pessoal gosta de usar uma palavra só, "magia", então tem que engolir que magia inclui práticas de "terceirização de obsessão"

Portanto, a palavra magia sugere  um instrumento neutro por si mesmo, mas vai depender da técnica, do que de fato ela aciona, e teorias da mente ou inconsciente são apenas explicações em nada diferentes das explicações de índios achando está tendo tempestade porque o Deus tal ficou bravo e por isso caíram raios. Teorias da mente são só isso, apenas teorias, coisas que se adota provisoriamente na na falta de um conhecimento concreto sobre os mecanismos envolvidos.

Obviamente o tema do tópico NÃO SE ENQUADRA nos exemplos que citei.

Só citei porque o Robert fez uma postagem bem genérica, usando exemplos neutros, e associando a palavra magia a esses uso inócuos.

Um leitor lê desatentamente e já generaliza para outras técnicas, outras aplicações, porque saiu pensando que "é tudo apenas psicologia aplicada". Aí depois o neguinho reencarna  cheio de neuras psicológicas  e não sabe porque, vai culpar os pais, o bullying na escola, os cônjuges, a sociedade... e como não consegue resolver pelas vias normais, lícitas, como qualquer cidadão que faz jogo limpo na vida, vai e de novo apelar para outros recursos ... e vai piorando vida a pós vida.

Basicamente, evite qualquer tipo de manipulação da vontade dos outros. Se achar algum tipo de magia que não tente manipular os outros, boa sorte! Mas seja só o que você é. Quer uma vida melhor? Busque melhorar por dentro. Quer ter mais "vitórias", busque se capacitar para o mundo cotidiano, porque é nele que você vive, é pelas regras dele que você joga. Caso contrário vai construir sua vida dentro de castelos de areia. Mesmo na vida cotidiana, em situações comuns, quem tenta passar por aquilo que não é, algum tempo depois é descoberto e fica em situação muito pior do que se não tivesse feito. Vale para relações, para empregos... Com o passar dos anos, todos ao redor do manipulador percebem isso nele de longe, como se fosse um "mau odor", e é quando ele não engana mais ninguém. Aquele "jovem vendedor de sucesso, boa pinta, boa lábia" , mas sem nenhuma qualificação técnica real, costuma virar um "velho fracassado" , atolado em dificuldades financeiras e familiares (porque usou seu 'dom de enrolação' nos namoros também, ehehe).

Share this post


Link to post
Share on other sites

   Não vou me alongar muito para não destoar demais do tópico.
Mas discordo veementemente em alguns pontos. As práticas como rapport, pnl, não são nem um pouco neutras e são muito mais fortes que magia.(Estudo e pratico hipnose, covert hipnose e hipnose conversacional faz uns anos).  Repito, não existe nenhum tipo de contato sem manipulação, seu tom de voz, gestos, olhares, linguagem já são armas de manipulação muito mais cruéis do que magia.
  Outro problema é a caixa cristã espirita que se cria ao redor da espiritualidade. Essa assepsia hospitalar de se limpar de quase todos os espíritos ao seu redor é uma espécie de toc espiritual. Até Buda diz que não entra no nirvana até ver as costas do último homem entrar...esse separatismo de outras consciência me soa um pouco Maria Bethânia. Outra coisa, nunca estamos sozinhos de outras consciências, então se você está em um lugar e está de olho em alguém as consciências que simpatizam contigo irão lá na pessoa perturba-la e traze-la pra você, sem "magia" nenhuma, é isso que muita gente "charmosa" tem por trás.
   Um exemplo que sempre digo, caso do "amor". Se você está disposto a dar o seu melhor para uma pessoa e realmente se empenhar em fazê-la feliz, não vejo problema em uso de magia(até pq não é milagre), agora se você faz isso para se aproveitar e sem estar disposto a levar aquilo a sério em todas as consequências, está sendo um mau caráter. O mesmo vale para outros exemplos.

 A consciência é o que importa em suma, e não acho necessário enquadra-la em uma visão espírita cristã...pode ser uma visão de unicidade em que o bem e o mal são um só, uma polaridade necessária. Quem é mais evoluído espiritualmente seu vizinhou ou Lúcifer ou Hades? Não há só um caminho para o desenvolvimento da consciência. Existem vários.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.