• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Bruna

Alimentação - Carne

Recommended Posts

E o aumento de peso "rápido" foi porque usei métodos adequados para minha estrutura de ectomorfo. O método adequado é treinar no MAXIMO duas vezes por semana, e com os anos ir aumentando o intervalo de dias entre os treinos. Nos últimos dois anos treinei apenas uma vez por semana para poder manter a taxa anual de ganho de massa muscular. Se um ectomorfo treinar como os endomorfos ou mesomorfos, ou usuários de esteróides,  que treinam 3 ou mais vezes por semana, o ganho é bem mais lento ou  inexistente, porque você destrói mais fibras do que seu corpo pode repor.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Honeymoon
Em 03/10/2017 at 19:52, sandrofabres disse:

A questão é: afirmar que não há hormônios na carne vem das informaçoes técnicas,  da legislação e da fiscalização.

Afirmar que há é uma informação que vem de qual fonte capaz de separar boato de constatação? Se souber, posta o link para nós.

 

Imagina só, se tivessem divulgado isso que o povo de lá percebe, sente, ouve dizer em off dos caras e fala isso direto nos refeitórios desses locais, inclusive das próprias empresas onde lidam, das duas uma: ou os mercenas davam um jeito de "silenciar" o sujeito ou iam todas essas empresas querer pedir falência e depois mudar de nome como foi com a Parmalat. Eu não estou sendo o contra o consumo de carnes, só para deixar claro, o que defendo é que as pessoas tenham espaço de terra para cultivarem de forma controlada seu próprio alimento. Minhas plantações aqui no terreno eu luto para não por nem aqueles fumígenos, vai na base da água mesmo. Se eu tivesse criação de gado ou frango, também não usaria ração (transgênicos na maioria, com glúten e etc.), até o milho eu ia querer plantar para alimentar as aves e o gado comeria capim.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Honeymoon
Em 04/10/2017 at 10:54, Bruna disse:

Oii Caroline! Legal lembrar desse detalhe, mas você acha que os hormônios de engorda poderiam afetar de uma maneira positiva na sensação energética?

Não tomo anticoncepcionais justamente para não interferir na produção natural de hormônios no corpo. Geralmente sinto maior interferência dos hormônios (vindos de fora) quando consumo o leite de vaca (mas nem consumo mais por esse motivo).

Lembrando que não sei se tem alguma base teórica/científica e comprovada que o leite contenha mais hormônios que a carne, é apenas como eu percebo no meu organismo mesmo.

 

Infelizmente, eu não tenho como afirmar se os hormônios de engorda afetam o "sentir das energias" (isto é, EV você quer dizer?) uma vez que eu saí de Chapecó em 2013 e desde então eu não como mais carne de gado e suína, além disso, só passei a estudar os temas que o Saulo e o Wagner Borges apresentam em seus canais do youtube em meados de 2015, quando tomei conhecimento do que era um EV. Anticoncepcional eu nunca tomei por influências externas, outro aspecto que eu não opinaria.

Em relação ao leite, o problema não está nos hormônios de engorda, porque esses que se usam na engorda são chamados endócrinos, ou seja, viajam somente dentro dos vasos sanguíneos do animal em direção aos órgãos alvo, como o cérebro, a tireóide; e o leite é uma secreção exócrina, ou seja,não passa pelos vasos sanguíneos, mas sim, é produzido diretamente na glândula da teta da vaca que o secreta direto para fora do corpo do animal. Agora, que eles adicionam produtos para alcalinizar o leite, como a soda cáustica ou formol, isso já foi amplamente noticiado nas mídias, nacional e internacional.

Estou fazendo tratamento de esteatose no fígado e levantando com meus mentores as causas disso, externas e internas. Já obtive algumas pistas como uma raiva contida de uma história de vida passada, mas também de problemas alimentares nessa vida que contribuíram para o grau do problema, dentre estas causas estavam fritura com o azeite de oliva, consumo de produtos industrializados com conservantes e acidulantes, alimentação desregrada, falta de caminhadas, etc.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 07/10/2017 at 19:33, Caroline disse:

Estou fazendo tratamento de esteatose no fígado e levantando com

Oi Caroline!

 

Já experimentou fazer a Limpeza do fígado e da vesícula? Tem um livro que fala sobre isso.. Fiz há mais ou menos 2 anos e de fato é curioso, não sei se tem muito fundamento científico mas se te chamar a atenção acho que não custa nada experimentar..

Share this post


Link to post
Share on other sites

as pessoas esquecem a questão dos princípios quando se trata de vegetarianismo, por isso que o Waldo fracassou, encrostado no princípio masculino, acidico, yang... Não é a toa que a maioria dos veganos nessa onda nos EUA são mulheres, naturalmente mais fechadas no corpo. O homem entra em panico quando lida com essas ameaças de energéticas, não é a toa a epidemia de se dopar com alcool, entre outros. Obviamente que a densidade do planeta conta muito, e principalmente da região. Tá pesado aqui na cidade.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu tentei fazer essa limpeza do fígado mas não fiz um bom preparo, já utilizo enemas e tal, cheguei a ingerir uma grande quantidade de azeite de oliva com limão e apaguei de sono na hora... E sim, o fígado tem a ver com raiva segundo a medicina Chinesa, o que comprovo. Na alquimia o elemento ar/madeira representa esse meridiano, ou seja, conforme tu expande sua consciência, você vai respirar consciente mais vezes por dia, e conforme você respira consciente, mais você metaboliza raiva do passado

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, Kevin Ferreira disse:

as pessoas esquecem a questão dos princípios quando se trata de vegetarianismo, por isso que o Waldo fracassou, encrostado no princípio masculino, acidico, yang... Não é a toa que a maioria dos veganos nessa onda nos EUA são mulheres, naturalmente mais fechadas no corpo. O homem entra em panico quando lida com essas ameaças de energéticas, não é a toa a epidemia de se dopar com alcool, entre outros. Obviamente que a densidade do planeta conta muito, e principalmente da região. Tá pesado aqui na cidade.

Eu não sei se você não está conseguindo se expressar direito ou se tem algum erro mesmo nessa lógica mas essas coisas que você disse não fizeram sentido algum. Waldo... Que Waldo?... E qual a relação? Homem entra em pânico quando lida com ameaças energéticas?... De onde você tirou isso? E o que isso tudo tem a ver com vegetarianismo?

Share this post


Link to post
Share on other sites

A humanidade viveu em TREVAS culturais por milhares de anos, graças a essas pessoas que "aprendem sozinhas", ouvindo suas próprias fantasias. Graças à invenção da imprensa essas fantasias puderam ser registradas como livros, analisadas por outros, testadas, comparadas, as idéias competiram entre si, e as loucuras puderam ser separadas da ciência, e só assim finalmente nosso conhecimento começou a avançar mais rápido.

Quem quer ver a diferença entre uma sociedade composta por gente que não aprende por livros, de uma que aprende, vá visitar algum daqueles lugares do interior, que não tem luz elétrica, água encanada, nem saneamento básico, e observe o que acontece na primeira dor de dente, ou quando o bebê tem febre, ou quando alguém quebra a perna. O que testemunhará é a "grande  conhecimento" obtido com esses métodos de quem quer redescobrir a roda sozinho.

Se uma pessoa quer condenar a si mesma a aprender no ritmo que se aprendia na idade média, ok, ela tem liberdade para isso. Mas não se pode inverter as coisas, a humanidade cresceu em conhecimento porque passou a compartilhar conhecimentos práticos e teóricos entre si através dos livros, para que todos aprendam mais rápido e melhor. Só os orgulhosos demais para aprender com os demais, e para se submeter a críticas publicando seus conhecimentos é que ainda ficam presos nos sistema antigo de tomar os próprios achismos como verdade, ou achar que vai aprender algo mais útil para sua vida de um sábio numa caverna, em alguma região inóspita, do que numa escola ou numa biblioteca.

Cada aprendizado tem seu lugar, e precisa ser alternado periodicamente:  aquele que tenta aprender da própria fonte interna precisa adquirir muita cultura externa, para se vacinar contra as próprias tolices e não confundir loucura com sabedoria. E quem vive só de cultura livresca nunca saberá se achar no labirinto de contradições se não praticar e TESTAR o que leu, obtendo as respsotas internas que confirma umas teorias e excluem as outras. 

Mas achismo individual não vale nada nos tempos modernos, é só um mau hábito da idade das trevas, algo  que custa a morrer.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Honeymoon
Em 03/10/2017 at 22:38, Infinite disse:

A maioria de nós aqui não precisa se preocupar com hormônio na carne por causa do vegetarianismo. Mas tem a questão dos agrotóxicos que me parecem cancerígenos. Devemos então consumir apenas vegetais orgânicos? Existe quantidade segura de vegetais não orgânicos? O que separa a paranóia do consumo sensato nessa questão específica? (Devemos levar em conta também as causas karmicas de muitas doenças).

Olá Infinite, já que você parece assumir o vegetarianismo, gostaria de esclarecer uma dúvida: por que a indústria de comida vegana persegue tanto os sabores dos produtos de origem animal? Eu fui provar um frango vegetal, um peixe vegetal, um ovo vegetal, em um restaurante de comida vegetariana e, apesar de alguns apresentarem semelhança no sabor mas não na textura, ou só no cheiro e não no sabor, ou ainda na textura e sabor mas sem o mesmo cheiro, me parece tudo meio ilógico, abandonar uma coisa e continuar arriscando essas receitas malucas que remetem aquilo que vocês não querem mais ingerir. Outro dia me fizeram comer um hamburguer de soja (frango) que só tinha cheiro de hamburguer, mas gosto de noz moscada (e textura de sola havaianas), parecia até com a história do suco do Chaves :-D. Prá que fazer isso? kkk

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 minutos atrás, Caroline disse:

Olá Infinite, já que você parece assumir o vegetarianismo, gostaria de esclarecer uma dúvida: por que a indústria de comida vegana persegue tanto os sabores dos produtos de origem animal? Eu fui provar um frango vegetal, um peixe vegetal, um ovo vegetal, em um restaurante de comida vegetariana e, apesar de alguns apresentarem semelhança no sabor mas não na textura, ou só no cheiro e não no sabor, ou ainda na textura e sabor mas sem o mesmo cheiro, me parece tudo meio ilógico, abandonar uma coisa e continuar arriscando essas receitas malucas que remetem aquilo que vocês não querem mais ingerir. Outro dia me fizeram comer um hamburguer de soja (frango) que só tinha cheiro de hamburguer, mas gosto de noz moscada, parecia até com a história do suco do Chaves :-D. Prá que fazer isso? kkk

Bem, no meu caso eu sou ovolactovegetariano, apenas não como nenhum tipo de carne. Penso em um dia ser vegano.

Eu parei de uma vez com a carne e não vi nenhuma necessidade em buscar um substituto. Como 4 ovos por dia há mais de 3 anos desde que comecei nesse caminho do vegetarismo e a carne nunca me fez falta. O que eu ACHO é que para muitos parar de comer carne é um grande sacrífico e por isso eles buscam por um substituto na forma de alimentos de origem vegetal. Como se fosse um período de transição. O que me estranha é que os veganos não deveriam ir atrás disso, pois ao serem quase obsessivos em não comer nada que tenha produtos de origem animal, eles se veriam livres da energia negativa da carne e por essa razão abandonariam de vez essa ideia. Talvez até abandonem e essas carnes falsas sejam apenas marketing mesmo de quem trabalha com isso. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Honeymoon

Você não é de Capital então, lá em Florianópolis é só o que atrai nos restaurantes veganos esse tipo de alimentação simulando a alimentos de origem animal. Eu conheci também alguns canais de veganismo no youtube dando receitas assim nesse estilo, por isso fiquei curiosa em perguntar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Honeymoon
48 minutos atrás, Infinite disse:

Bem, no meu caso eu sou ovolactovegetariano, apenas não como nenhum tipo de carne. Penso em um dia ser vegano.

Eu parei de uma vez com a carne e não vi nenhuma necessidade em buscar um substituto. Como 4 ovos por dia há mais de 3 anos desde que comecei nesse caminho do vegetarismo e a carne nunca me fez falta. O que eu ACHO é que para muitos parar de comer carne é um grande sacrífico e por isso eles buscam por um substituto na forma de alimentos de origem vegetal. Como se fosse um período de transição. O que me estranha é que os veganos não deveriam ir atrás disso, pois ao serem quase obsessivos em não comer nada que tenha produtos de origem animal, eles se veriam livres da energia negativa da carne e por essa razão abandonariam de vez essa ideia. Talvez até abandonem e essas carnes falsas sejam apenas marketing mesmo de quem trabalha com isso. 

Eu uma vez passei bastante tempo sem consumir carnes, mas eu não fazia isso por ser vegetariana necessariamente e sim porque o dinheiro era curto mesmo e eu era muito mais dos doces que dos salgados, então, investia em chocolates. Carne também não me fazia falta, mas aí, diante de um prato de camarão ou de um peixinho recheado com farofa, ou uma canja de galinha da vovó e etc., eu não sou hipócrita de me intitular vegetariana. Agora, que é estranho ver veganos indo atrás de produtos simulados é né.

Share this post


Link to post
Share on other sites

kkkkk . Acho que o futuro da humanidade logo sera parar de comer carne...

 

Mas alguns jovens me dao raiva, fazem as coisas por moda.

Estava la eu almoçando no lugar onde estudo, , tinha ou lasanha, ou bisteca de porco ( a lasanha tinha presunto, odeio presunto)

ai eu tava comendo do lado de duas mulheres e elas tavam conversando:

 

- Não, sabe, tinha bisteca, mas eu virei vegetariana a uns meses já, sabe? Você tambem é né? Sim verdade, é mesmo , veganismo é a meta.

 

( SÓ COMENDO O PRESUNTINHO)

e eu olhando diretamente ...

*-* eae?

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, PedroViajado disse:

Mas alguns jovens me dao raiva, fazem as coisas por moda.

É uma característica antiga nos jovens, ehehe:

http://homoliteratus.com/maldicao-goethiana-jovem-werther-suicidio-na-literatura/

 Até que tenham amadurecido mente e emoções para tomar decisões refletidas, independente do que pensa o resto do mundo, demora bastante. E  alguns nunca atingirão esse ponto, eheheh, morrem de velhos presos na "conformidade": http://www.naopossoevitar.com.br/2009/06/experimentos-em-psicologia-a-unanimidade-burra-de-solomon-asch.html

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Honeymoon
Em Monday, October 16, 2017 at 08:32, PedroViajado disse:

kkkkk . Acho que o f  da humanidade logo sera parar de comer carne...

 

Mas al,guns jovens me dao raiva, fazem as coisas por moda.

Estava la eu almoçando no lugar onde estudo, , tinha ou lasanha, ou bisteca de porco ( a lasanha tinha presunto, odeio presunto)

ai eu tava comendo do lado de duas mulheres e elas tavam conversando:

 

- Não, sabe, tinha bisteca, mas eu virei vegetariana a uns meses já, sabe? Você tambem é né? Sim verdade, é mesmo , veganismo é a meta.

 

( SÓ COMENDO O PRESUNTINHO)

e eu olhando diretamente ...

*-* eae?

Kkkkk. Eu nao entro nessa moda nunca. Sabe a Siria? Eu nao vou ofender os meus anjos em vida com restriçoes malucas, pois eu avalio que nessa vida nao ha porque me privar do que eu gosto e posso comer. Nada contra quem faz essa opçao, mas eu penso assim.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 07/10/2017 at 19:33, Guest Honeymoon disse:

Estou fazendo tratamento de esteatose no fígado e

Estava agora lendo um livro no onibus e li algo que me fez lembrarndeste tópico. 

Tem gente que acredita que esteatose não é reversível, apesar dw diversas fontes alegarem que é. A verdade costuma se revelar  nos experimentos, quando bem formulados,  não nas teorias.

 Vou deixar um print aqui de um livro qie trata desse tema, mas, para quem não sabe, gordura no figado é causada por excesso de carboidratos, não por consumo de gorduras.

Cortar radicalmente carboidratos, o que inclui cortar frutas também ( manter abaixo de 50g diárias) e AUMENTAR  radicalmente a ingestão de gorduras , inclusive as saturadas, ( acimabde 60% das calorias vindo de gorduras) força o corpo ( mais adiante, quando forem reduzidas as calorias totais) a queimar as gorduras estocadas, inclusive no figado. É a tal dieta cetogênica, .

Scan 24 Page 2.jpg

Scan 24 Page 1.jpg

Fonte: Livro Keto Clarity

http://www.lowcarb-paleo.com.br/2014/07/novo-livro-keto-clarity.html?m=1

https://www.amazon.com.br/gp/aw/d/B00MEX9B4C/ref=mp_s_a_1_1?ie=UTF8&qid=1516468993&sr=1-1&pi=AC_SX118_SY170_QL70&keywords=keto+clarity

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fui vegetariano durante 2 anos não vi melhora nenhuma em projeção astral. Mentalmente e emocionalmente melhorei. Quem me conhece desde 2012 aqui do fórum sabe que eu era muito briguento... Mas melhorei um pouquinho. ?

Depois que voltei a comer carne tive mais projeções. Mas emocionalmente foi horrível... Pelo menos as vezes fico uns 10 dias sem carne. Geralmente  como carne só branca. Meu projeto pelo menos é só peixe e alimentação viva, crudivora... 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pelo menos nos próximos séculos vejo que é impossível a humanidade parar de comer carne... Mais impossível ainda é existir animais suficientes para alimentar toda essa população. O negócio é a tecnologia evoluir para criar carnes em laboratório. Sem sofrimento animal ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
26 minutos atrás, Joe disse:

Mas emocionalmente foi horrível.

Pois é. Pena que só percebe isso quem faz a transição. Sem fazer a pessoa pensa " estou bem emocionalmente normal, como todo mundo ora!". Fazendo a transição por um tempo é que te permite enxergar como o consumo da carne ajuda a manter a humanidade no seu estado emocional miserável. Pode não ser mutia diferença, mas pode ser a diferença suficiente para não cometer certos atos, ou dizer certas coisas, que teriam consequências mais duradouras, devido a um momento de irreflexão dominado pela raiva. Essas pequenas diferenças, acumuladas em 20 anos, tendem a criar uma trajetória de vida diferente. Pelo menos para quem tem pavio curto, eheheh

Share this post


Link to post
Share on other sites

Retirei  algumas carnes da alimentação faz 5 anos, hj só  peixe  e parece que também  vou retirar - lo do prato ...sinto mais energia no dia a dia,  não adoeco e não tem dores,  o melhor  de tudo é  não fazer uso de medicamentos. .

O único  porém : meu marido  é  mega carnívoro,  todo dia tenho que cozinhar  o bicho  morto  pra ele. ..Tudo bem, não reclamo,  afinal  temos que respeitar o livre arbítrio  de cada um. 

Mas percebo  o quanto  ele é  irritadiço e também  impaciente,  será  que isso ,também se relaciona   a carne?

Um outro  porém  em não comer carne  são os convites  para ir ao churrasco  (aff, que tortura) mas tenho de ir para não bancar a anti social  . Além de escutar  do esposo que diz :"DEPOIS QUE ENTROU NESSA SEITA  NÃO SAI MAIS COMIGO " enfim,  tenho de ir e torcer  por um vinagre e pão ( embora também  não curta muito o pão ) hahaha. .

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, edninha oliviere disse:

Retirei  algumas carnes da alimentação faz 5 anos, hj só  peixe  e parece que também  vou retirar - lo do prato ...sinto mais energia no dia a dia,  não adoeco e não tem dores,  o melhor  de tudo é  não fazer uso de medicamentos. .

O único  porém : meu marido  é  mega carnívoro,  todo dia tenho que cozinhar  o bicho  morto  pra ele. ..Tudo bem, não reclamo,  afinal  temos que respeitar o livre arbítrio  de cada um. 

Mas percebo  o quanto  ele é  irritadiço e também  impaciente,  será  que isso ,também se relaciona   a carne?

Um outro  porém  em não comer carne  são os convites  para ir ao churrasco  (aff, que tortura) mas tenho de ir para não bancar a anti social  . Além de escutar  do esposo que diz :"DEPOIS QUE ENTROU NESSA SEITA  NÃO SAI MAIS COMIGO " enfim,  tenho de ir e torcer  por um vinagre e pão ( embora também  não curta muito o pão ) hahaha. .

Quis dizer vinagrete

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.