Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Síndrome de Swedenborg x Síndrome de Waldo Vieira


Em sua opinião qual deve ser o ponto de Equilíbrio sadio entre os dois extremos (as duas síndromes)?  

48 members have voted

  1. 1. Em sua opinião qual deve ser o ponto de Equilíbrio sadio entre os dois extremos (as duas síndromes)?

    • Na Harmonia da racionalidade consciencial com sentimentos elevados.
      31
    • Procurar ser um pouco mais racional (mentalssomático).
      4
    • Explorar mais os sentimentos e as emoções psicossomáticas.
      1
    • Nenhuma das opções acima. Tenho a minha própria opinião.
      12


Recommended Posts

Mas também não acham que negar o trabalho de alguém, só porque não gosta de um neologismo, é uma limitação, também? Não seria o ideal aproveitar de todas as fontes e, sem preconceitos, aproveitar aquilo que lhe servir? :)

Eu tinha o mesmo pensamento sobre o Waldo, mas, depois, enxerguei que isso é superficial, quando comparado à quantidade e qualidade de informação dos estudos dele. ;)

Enfim, é o que eu acho.

Link to comment
Share on other sites

Os termos nem são tão complicados, vai...

Quem não entender no contexto da frase, é só catar um glossário. Não precisa fazer os cursos pra entender o que ele diz!

Eu concordo com o Svedese. Eu não falo do jeito do Waldo, posso até entender, mas prefiro a abordagem dele à uma abordagem mais religiosa e mistificada. Do tipo "Não pense em sair do corpo! Com mediunidade não se brinca! Antes você precisa fazer o nosso curso de médiuns no centro tal..."

Olhem pro conteúdo, não pra forma. Tudo bem que com os cursos do IVA, quem tá começando acha muito mais fácil, até se anima. Mas depois, se quiser algo mais profundo e técnico, ele encontra no IIPC, ou nos livros publicados... Mesmo com a linguagem Star Trek. Quem vai topar com essa linguagem, provavelmente já é crescidinho e já vai saber o básico. Vai saber entender o que quer dizer "consciex, conscin, holopensene..", não vai? Isso que é importante.

Alguém aponta a Lua.

O mais lúcido, olha a Lua.

O menos lúcido, olha o dedo...

E eu não disse que qualquer um que busca mais profundidade, necessariamente precisa fazer os cursos do IIPC não viu?! Antes que alguém interprete errado...

Basta pesquisar, e evoluir também na prática. Só acho uma bobagem desmerecer o trabalho do cara, só porque não foi com a cara das palavras.

Link to comment
Share on other sites

Esses termos todos acabam dificultando a vida de quem quer estudar a aprender sobre VA.

A forma como o Saulo fala, simples e direta, é muito mais acessível.

Objetivos diferentes acarretam métodos diferentes. O objetivo do Saulo, acredito eu, não é fazer tratados científicos nem propor a criação de uma nova área a ser aceita pelo meio científico, como é o do Waldo, e sim passar o máximo de informações pro maior número de pessoas interessadas de maneira clara e acessível para todas as classes sociais e pessoas de todas as culturas e religiões. :)

Por isso os trabalhos são diferentes: eles tem uma finalidade diferente. ;)

Se, depois de aprender o básico de maneira satisfatória, você quiser se aprofundar mais, aconselho o trabalho do Waldo como um dos melhores e mais confiáveis. 8-)

Link to comment
Share on other sites

Os termos nem são tão complicados, vai...

Quem não entender no contexto da frase, é só catar um glossário. Não precisa fazer os cursos pra entender o que ele diz!

Eu concordo com o Svedese. Eu não falo do jeito do Waldo, posso até entender, mas prefiro a abordagem dele à uma abordagem mais religiosa e mistificada. Do tipo "Não pense em sair do corpo! Com mediunidade não se brinca! Antes você precisa fazer o nosso curso de médiuns no centro tal..."

Olhem pro conteúdo, não pra forma. Tudo bem que com os cursos do IVA, quem tá começando acha muito mais fácil, até se anima. Mas depois, se quiser algo mais profundo e técnico, ele encontra no IIPC, ou nos livros publicados... Mesmo com a linguagem Star Trek. Quem vai topar com essa linguagem, provavelmente já é crescidinho e já vai saber o básico. Vai saber entender o que quer dizer "consciex, conscin, holopensene..", não vai? Isso que é importante.

Alguém aponta a Lua.

O mais lúcido, olha a Lua.

O menos lúcido, olha o dedo...

E eu não disse que qualquer um que busca mais profundidade, necessariamente precisa fazer os cursos do IIPC não viu?! Antes que alguém interprete errado...

Basta pesquisar, e evoluir também na prática. Só acho uma bobagem desmerecer o trabalho do cara, só porque não foi com a cara das palavras.

[2]

Link to comment
Share on other sites

O problema nem são os termos. O que eu não gosto é de radicalismo.

Mas, homi! Não é pra namorar o cara! :lol:

Brincadeirinha... :roll: Mas, fando sério, você não pode exigir que o Waldo seja uma pessoa que você considere perfeita pra que possa aproveitar a enorme quantidade de conteúdo rico que ele sistematizou.

Radicalismo por radicalismo, a depender do ponto de vista, eu posso considerar o Chico um radical. Desde a época dele, uma quantidade massiva de participantes do movimento espírita ou mesmo pessoas de outras religiões queriam "santificar" o Chico. Além do que o povo achava, as prórias atitudes dele demonstravam uma forte característica santa, ajudando a tudo e a todos, como que por obrigação. Mas isso não é ruim, ok?! Era só a maneira que ele gostava de agir. :)

Já o Waldo não gosta muito de sentimentalismos, puxando pra um lado mais científico e racional. Ele não quer levar conforto emocional às pessoas, como fazia o Chico, com maestria, mas sim conhecimentos científicos de maneira sistematizada, pra que as informações não se percam em misticismos.

Como eu disse anteriormente, objetivos diferentes acarretam maneiras diferentes de se trabalhar. ;)

Link to comment
Share on other sites

esse tópico aqui é para informar...

IVA,IPPB e etc... falam um pouco sobre WV... Quando foi que Waldo Vieira citou o IVA ou o IPPB e qualquer outro site ou pesquisador ???

a unica pessoa que nega informações sobre outras pesquisas e outros pesquisadores é o médium Waldo Vieira... isso deixa claro o interesse dele monopolizar a informação... é esse um dos infinitos motivos que muitos pesquisadores sérios estão saindo do IIPC e suas filias que só existem algumas casinhas toda branca no meio do nada...

é ser muito inocente achar que Waldo Vieira tem alguma intenção de levar o estudo da Viagem Astral e Evolução Espiritual para o meio Cientifico...

até parece que foi ele que inventou a medicina espiritual... a psicologia... só pq a intenção de um cara é boa... o mundo vai ter que depender dele ???

esse tópico é pra informar...aqui ninguem que monopolizar... só Waldo Vieira está monopolizando a informação

Link to comment
Share on other sites

Guest Anonymous
a unica pessoa que nega informações sobre outras pesquisas e outros pesquisadores é o médium Waldo Vieira... isso deixa claro o interesse dele monopolizar a informação... é esse um dos infinitos motivos que muitos pesquisadores sérios estão saindo do IIPC e suas filias que só existem algumas casinhas toda branca no meio do nada...

é ser muito inocente achar que Waldo Vieira tem alguma intenção de levar o estudo da Viagem Astral e Evolução Espiritual para o meio Cientifico...

É isso ai.Fora que o Waldo tmb para pra falar mau de ex-companheiros,chamando-os de charlatões,etc.

Fora que Hj em dia,pra se aprofundar,livros não faltam.Mtos distribuídos gratuitamente,o próprio Wagner Borges disponibilizou pra download o VIAGEM ESPIRITUAL II,que é o mais voltado da série pra parte técnica e científica das VA's.

Link to comment
Share on other sites

Bom, eu penso que isso ocorra pelo simples fato de os outros pesquisadores não seguirem à risca a metodologia científica controlada do Waldo. De qualquer maneira, quem sou eu pra dizer que o Waldo não é um megalomaníaco que quer monopolizar os conhecimentos acerca da v.a?! :shock: Eu não sou o Waldo (não que eu saiba... :lol: ) nem sou amigo íntimo dele. Portanto... Eu me calo. rs ;)

Link to comment
Share on other sites

Waldo Vieira Fala Sobre Farsas de Chico Xavier

http://www.youtube.com/watch?v=Kvp1JPZp0a0

Olha como Waldo Vieira é tão evoluido !!! imagina o que ele gastou $$$ para colocar essas frescura projeciologica concienciada de mesa giratoria :lol: ... ele só usou isso na inauguração ... nunca ele conseguiu juntar mais de 200 nesse salão ... nunca ele precisou usar mais essa mesa girante

Inauguração do Tertuliarium

Demonstração da cadeira giratoria do Tertuliarium

Foz do Iguaçu - PR

Brazil

30 de novembro de 2008

Link to comment
Share on other sites

Que mesa massa! :o Fiquei com invejinha, agora... rsrs Sério. :shock:

Quanto ao vídeo sobre o Chico, eu já tinha visto antes. Sinceramente, eu não duvido, não. Acho que o Chico seria capaz de fazer isso pra trazer mais conforto às pessoas. :) Acho que eu não faria isso. Não sou tão caridoso assim, não. Eu é que não iria correr o risco de ficar taxado de charlatão só pra consolar algumas pessoas de uma maneira mais efetiva.

Link to comment
Share on other sites

Eu sei que não é pra casar com o cara, mas é difícil, pra mim, separar trabalho e pessoa. Waldo Vieira é um cara que não me inspira confiança, que fala qualquer coisa para se colocar como conhecedor da verdade universal. O cara não só fala mal do Chico como até mesmo questiona o Kardec.

No universo "waldovieiriano" somente uma pessoa (ele próprio) conhece as verdades sobre espiritualidade, espiritismo, projeção, etc.

Como levar a sério alguém assim? Como acreditar nas "boas intenções" dessa pessoa?

E sobre o Chico, é óbvio que ele não era santo, mas eu não conheço ninguém, no mundo contemporâneo, que tenha dado tanto de si em favor do próximo.

Esse não é o tipo de pessoa que mente.

Link to comment
Share on other sites

Fora que Hj em dia,pra se aprofundar,livros não faltam.Mtos distribuídos gratuitamente,o próprio Wagner Borges disponibilizou pra download o VIAGEM ESPIRITUAL II,que é o mais voltado da série pra parte técnica e científica das VA's.

Onde dá pra fazer download desse livro, Hellion?

No site do ippb (do Wagner Borjes).

Link to comment
Share on other sites

No caso do Chico, eu não concordo. Ele não precisava mentir sobre suas capacidades mediúnicas pois elas eram gigantescas e existem milhares de exemplos que provam isso.

Chamar o Chico de charlatão, na minha opinião, é dar um tiro no próprio pé. É assinar atestado de ignorância no assunto.

Fora que, entre WV e Chico não é difícil saber quem tem mais credibilidade.

Link to comment
Share on other sites

No caso do Chico, eu não concordo. Ele não precisava mentir sobre suas capacidades mediúnicas pois elas eram gigantescas e existem milhares de exemplos que provam isso.

Chamar o Chico de charlatão, na minha opinião, é dar um tiro no próprio pé. É assinar atestado de ignorância no assunto.

Fora que, entre WV e Chico não é difícil saber quem tem mais credibilidade.

É claro que as pessoas, em geral, dão muito mais créditos ao Chicão, mas eu não conheci ele. Então, como posso saber? Só porque várias pessoas dizem que ele foi? Acho que não. Eu sei que isso é um "contra-senso", mas eu não posso dizer que tenho certeza só porque algo é repetido milhares de vezes por milhares de pessoas. Da mesma forma, eu não posso ter certeza das boas ou más intenções do WV, pois eu não o conheço intimamente.

Entende o princípio da minha incerteza? :lol:

Mas não faz mal! Porque que eu tenho que ter uma opinião formada acerca do assunto? Porque eu tenho que estar com a opinião "correta"? Prefiro ficar com minha eterna inceteza a julgar alguém de maneira equivocada. :)

E também não faz mal que você tenha uma opinião diferente da minha! Eu posso, perfeitamente, estar completamente errado, não é? Afinal, se eu não te pago pra pensar, porque deveria me importar com o que você pensa? :lol:

Link to comment
Share on other sites

É claro que as pessoas, em geral, dão muito mais créditos ao Chicão, mas eu não conheci ele. Então, como posso saber? Só porque várias pessoas dizem que ele foi? Acho que não. Eu sei que isso é um "contra-senso", mas eu não posso dizer que tenho certeza só porque algo é repetido milhares de vezes por milhares de pessoas. Da mesma forma, eu não posso ter certeza das boas ou más intenções do WV, pois eu não o conheço intimamente.

Entende o princípio da minha incerteza? :lol:

Entendo. Mas sob esse ponto de vista podemos dizer que nunca poderemos ter certeza de absolutamente nada na nossa vida. Se dissermos que para ter certeza precisa ver e comprovar pessoalmente, também estaremos sendo imprecisos. O empirismo não é um método 100% eficaz e "ver" não faz daquilo real. Nossa visão é um sentido, e como todos os sentidos humanos é falha e pode nos enganar.

Eu acredito no Chico porque eu duvido muito que todas as milhares de pessoas que tiveram contato com ele e presenciaram coisas incríveis estejam mentindo. Mentiras e farsas mais cedo ou mais tarde caem por terra.

Mas não faz mal! Porque que eu tenho que ter uma opinião formada acerca do assunto? Porque eu tenho que estar com a opinião "correta"? Prefiro ficar com minha eterna inceteza a julgar alguém de maneira equivocada. :)

Eu acho que é uma posição sábia. Mesmo nossas certezas podem estar erradas. Aliás, há uma grande chance de que estejam.

Mas isso não nos impede de tê-las, obviamente, rs.

E também não faz mal que você tenha uma opinião diferente da minha! Eu posso, perfeitamente, estar completamente errado, não é? Afinal, se eu não te pago pra pensar, porque deveria me importar com o que você pensa? :lol:

Esse é o espírito da coisa. ;)

Aqui no tópico algumas pessoas estão defendendo o Waldo e outras estão dizendo o que realmente pensam sobre ele e o que ele representa. Aqui é um fórum de debates, portanto é natural que as pessoas contraponham seu pensamento ao do outro. É pra isso que esse espaço serve. Se todo mundo aceitar isso numa boa, fica tudo bem. :)

Link to comment
Share on other sites

Guest Anonymous

Alisson, vc perguntou do livro da Wagner.Vc pode achar lá no IPPB comoo Svedese disse,e mais algumas outras obras tmb.

Sobre o Waldo e o Chico,acredito que os dois tenham,em essência,contribuido para o espiritualismo.

Mas ao meu ver,ambos acabaram por se desviar um pouco de meio.O Waldo radicalizou no ponto de vista científico,na razão;O Chico acabou voltando demais o espiritismo pra religião,dogmatismo,ficando atrelado a emoção.

Mas tendo bom senso,cada um pode tirar proveito no que achar bom em cada ponto.

Link to comment
Share on other sites

Alisson, vc perguntou do livro da Wagner.Vc pode achar lá no IPPB comoo Svedese disse,e mais algumas outras obras tmb.

Sobre o Waldo e o Chico,acredito que os dois tenham,em essência,contribuido para o espiritualismo.

Mas ao meu ver,ambos acabaram por se desviar um pouco de meio.O Waldo radicalizou no ponto de vista científico,na razão;O Chico acabou voltando demais o espiritismo pra religião,dogmatismo,ficando atrelado a emoção.

Mas tendo bom senso,cada um pode tirar proveito no que achar bom em cada ponto.

Concordo. É como eu disse antes: acho que os dois podem ser considerados radicais. Cada um de um lado oposto, mas os dois contribuindo com a espiritualidade. Só prefiro o trabalho do WV porque ele me traz esclarecimentos, que é o que procuro. Se fosse conforto, com certeza o Chico seria a melhor opção dentre os dois. ;)

Link to comment
Share on other sites

rs... já eu não sou nem nunca fui mega-religioso, mas prefiro o Chico.

O Chico se propôs a um trabalho, o WV se propôs a outro. Eu não conheço profundamente o trabalho do WV (porque, como eu já disse, sinto uma puta rejeição por ele) mas posso dizer que o Chico executou com perfeição o trabalho a que se dispôs. Não acho que ele seja radical, uma vez que ele nunca tentou impor sua linha de trabalho nem seus valores a ninguém. Ele se propôs a fazer um trabalho e o executou, sem desmerecer ninguém, sem se dizer "o correto". Ficou quietinho no canto dele e fez o que achou que devia fazer.

Já o Waldo, não contente em escolher seu caminho, passou a detonar todo mundo que pensasse (e trabalhasse) diferente do que ele considera o caminho certo. Tipo aqueles ex-umbandistas que se tornam evangélicos e passam a falar que seguiam o capeta quando eram da Umbanda. Desmerece o que outros fazem, questiona a validade e a honestidade das pessoas, IMPÕE sua visão. Isso, pra mim, é radicalismo.

Honestamente, não acho que Chico possa ser chamado de radical.

Link to comment
Share on other sites

rs... já eu não sou nem nunca fui mega-religioso, mas prefiro o Chico.

O Chico se propôs a um trabalho, o WV se propôs a outro. Eu não conheço profundamente o trabalho do WV (porque, como eu já disse, sinto uma puta rejeição por ele) mas posso dizer que o Chico executou com perfeição o trabalho a que se dispôs. Não acho que ele seja radical, uma vez que ele nunca tentou impor sua linha de trabalho nem seus valores a ninguém. Ele se propôs a fazer um trabalho e o executou, sem desmerecer ninguém, sem se dizer "o correto". Ficou quietinho no canto dele e fez o que achou que devia fazer.

Já o Waldo, não contente em escolher seu caminho, passou a detonar todo mundo que pensasse (e trabalhasse) diferente do que ele considera o caminho certo. Tipo aqueles ex-umbandistas que se tornam evangélicos e passam a falar que seguiam o capeta quando eram da Umbanda. Desmerece o que outros fazem, questiona a validade e a honestidade das pessoas, IMPÕE sua visão. Isso, pra mim, é radicalismo.

Honestamente, não acho que Chico possa ser chamado de radical.

Umm... Sei lá. Não acho que ele impõe algo. Tipo, ele fala pra quem quer ouvir. Se você não acessar o site dele, nem for numa daquelas assembléias, eu tenho certeza que ele não vai bater na porta da sua casa! :lol: E enquanto ele fala entre os seguidores dele, é claro que ele vai dizer o que ele acha certo e vai combater o que ele não acha certo.

E quanto a esses pastores "ex-bruxos", "ex-macumbeiros", "ex-gays", "ex-tudo", acho que não são mais do que mentirosos. Você já viu um ex-gay? :lol: Até parece! :roll:

Link to comment
Share on other sites

Imposição não é bater na porta da casa da pessoa e tentar enfiar algo goela abaixo. Aliás, com exceção dos Testemunhas de Jeová, nunca vi ninguém que fizesse isso.

Digo que ele impõe por estabelecer que suas teorias, sua forma de trabalho e suas crenças (e descrenças) são AS CORRETAS e que os outros estão todos errados. Ele não apresenta teorias, ele apresenta verdades. Quando você apresenta algo a alguém com a pretensão de que aquilo seja a única possibilidade verdadeira, é uma tentativa de imposição.

Dizer que eu sou o fodão e rir dos outros pobres coitados que fazem tudo errado é, no mínimo, uma puta pretensão e falta de respeito da minha parte, não?

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...