• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
luciano_caldas

Síndrome de Swedenborg x Síndrome de Waldo Vieira

Em sua opinião qual deve ser o ponto de Equilíbrio sadio entre os dois extremos (as duas síndromes)?  

48 members have voted

  1. 1. Em sua opinião qual deve ser o ponto de Equilíbrio sadio entre os dois extremos (as duas síndromes)?

    • Na Harmonia da racionalidade consciencial com sentimentos elevados.
      31
    • Procurar ser um pouco mais racional (mentalssomático).
      4
    • Explorar mais os sentimentos e as emoções psicossomáticas.
      1
    • Nenhuma das opções acima. Tenho a minha própria opinião.
      12


Recommended Posts

Imposição não é bater na porta da casa da pessoa e tentar enfiar algo goela abaixo. Aliás, com exceção dos Testemunhas de Jeová, nunca vi ninguém que fizesse isso.

Digo que ele impõe por estabelecer que suas teorias, sua forma de trabalho e suas crenças (e descrenças) são AS CORRETAS e que os outros estão todos errados. Ele não apresenta teorias, ele apresenta verdades. Quando você apresenta algo a alguém com a pretensão de que aquilo seja a única possibilidade verdadeira, é uma tentativa de imposição.

Dizer que eu sou o fodão e rir dos outros pobres coitados que fazem tudo errado é, no mínimo, uma puta pretensão e falta de respeito da minha parte, não?

Então você acha que essa maneira de ele trabalhar é errada :?:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu não queria adiantar meu raciocínio, mas vou responder antes do Alisson, mesmo. :roll:

Não acho nem certo nem errado. Acho que ele faz como ele quer fazer e que eu não tenho que achar nada além disso. rsrs

Daí, sem julgar o que os outros fazem como sendo "bom" ou "mau", eu tiro o proveito daquilo que me serve, sem limitações. :)

Era nisso que eu queria chegar com o Alisson. Se o Alisson achar "certa" ou "errada" a maneira como o Waldo trabalha, por que o Waldo não pode dizer que coisa tal é "certa" e outra tal é "errada"? :| Entendem o que eu quis dizer? Dependendo do ângulo de que se olhe, os dois (o Alisson, se é que ele achou "certo" ou "errado", e o Waldo) estão fazendo a mesma coisa! Só estão dizendo aquilo que acham e ponto. A diferença é que o Alisson não tem pessoas que seguem ele e que questionam a opinião dele (eu acho). ;)

Além do mais, eu continuo não achando que o Waldo impõe a opinião dele. Tudo bem que ele fala o que pensa, mas só ouve quem quer. E já que ele não obriga ninguém a ouví-lo, isso não é se impor sobre o outro. Pelo menos é o que acho. :geek:

imposição

s. f.

1. Acto! de impor ou de impor-se.

2. Coisa imposta.

3. Ordem a que se tem de obedecer.

4. Acto! de conferir.

5. Colocação de insígnias.

6. Acto! de infligir.

7. Tributo, imposto.

imposição (im-po-si-ção)

s. f.

Ação de impor.

Ação de determinar, estabelecer, obrigar a aceitar: imposição de condições, de um chefe etc.

Ordem, injunção: imposições paternas.

Tributo, imposto: imposições absurdas.

Coisa imposta: foi uma dura imposição.

Tipografia Ação de impor as páginas de composição tipográfica na fôrma de uma rama.

O ato de conferir as insígnias de uma dignidade: imposição do chapéu cardinalício.

Imposição das mãos, ação do padre, do pastor etc., que impõe as mãos sobre a cabeça de alguém para abençoar.

Imposição do nome, ato de pôr nome a alguém ou alguma coisa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas, Lucas, ninguém OBRIGA ninguém a ouvir nada. Partindo desse seu pressuposto, o que seria imposição? Amarrar alguém em algum lugar e forçar essa pessoa a ouvir? Se ele coloca sua opinião como a única correta e faz questão de diminuir pessoas que seguem outras linhas de raciocínio é uma forma de tentar se impor, sim.

Agora, se o problema for o termo, a gente muda. Em vez de impositivo, digo que ele é intransigente, arrogante. A palavra não é tão importante, o que importa, pra mim, é a forma como o cara age: sem respeito por quem segue outras linhas de raciocínio.

E eu nunca falei que acho errada a forma de ele trabalhar, eu disse que a forma com que trabalha e age me afasta dele. Uma vez que gera antipatia em mim. E eu não conseguiria levar a sério uma pessoa que não considero uma boa pessoa. A credibilidade do cara comigo é muito baixa. Quer desancar Chico Xavier e Alan Kardec de uma só vez? Ok, mas então que aguente receber críticas também.

Como vou "seguir" uma pessoa que me desperta esse tipo de irritação??

Não o considero confiável.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O que o autor do tópico fez aqui foi justamente usar a teoria da descrença proposta pelo propio Waldo, "filtre tudo, nao acredite em nada que te disserem sem antes pesquisar vc mesmo, corra atras,meta o pau em tudo,estude e tire suas propias conclusões etc" Ai ele sempre fala que a tertulia esta sempre aberta para debates, que a pessoa pode ir la e debater com ele abertamente as questões, e que se for o caso ele paga ate a passagem rsrsrssr.Acompanho as tertulias nao sei se sou intermissivista,filtro ele , nao concordo com algumas colocaçoes como por exemplo sobre o Xico,Jesus,espiritismo etc,ele e radical em certos pontos sim, mais extremamente bem humorado e brincalhão em outras,as vezes deixa duvidas, as vezes esclarecedor, ninguém e perfeito e nem consegue agradar a todos, abraço!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
O que o autor do tópico fez aqui foi justamente usar a teoria da descrença proposta pelo propio Waldo, "filtre tudo, nao acredite em nada que te disserem sem antes pesquisar vc mesmo, corra atras,meta o pau em tudo,estude e tire suas propias conclusões etc" Ai ele sempre fala que a tertulia esta sempre aberta para debates, que a pessoa pode ir la e debater com ele abertamente as questões, e que se for o caso ele paga ate a passagem rsrsrssr.Acompanho as tertulias nao sei se sou intermissivista,filtro ele , nao concordo com algumas colocaçoes como por exemplo sobre o Xico,Jesus,espiritismo etc,ele e radical em certos pontos sim, mais extremamente bem humorado e brincalhão em outras,as vezes deixa duvidas, as vezes esclarecedor, ninguém e perfeito e nem consegue agradar a todos, abraço!!

Concordo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
(...) ninguém e perfeito e nem consegue agradar a todos, abraço!!

Exatamente! Estamos todos sujeitos a críticas e elogios, concordâncias e discordâncias. Eu não gosto do estilo do Waldo, mas muita gente gosta, e muito. Obviamente ele tem méritos, afinal eu não sou o dono da razão.

Só que eu prefiro aprender por outras fontes. :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

1768 - Escala interassistencial (Interassistenciologia) TEMPO: 34;50

http://www.ustream.tv/recorded/11269113

o Médiun Waldo Vieira falando sobre o encontro astral do IVA

ele ja começa tirando onda falando que ja faz isso a mais de 5 decadas... nesse tempo ele ainda frequentava centro espirita para desenvolver sua mediunidade :lol: ... quando ele da um exemplo de cidade para o encontro na hora lembrou da cidade onde ele mais trabalhou com seu Mestre Chico Xavier :roll:

depois falou da dificuldade desse encontro astral...pensou mais um pouco e gostou da ideia..falou dos pontos positivos...pensou mais um pouco e viu que podia usar essa ideia no IIPC...aí parou.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Anonymous

Caras, eu realmente tenho tentado curtir o trabalho do Waldo.Eu tava até agora de pouco no tertulia On Line,navegando numas paginas,vendo o que eu poderia tirar de bom de tudo aquilo.

Mas num da não bicho.É mta frescura pra passar uma coisa simples.

Eu entendo que o estudo laico e científico da realidade espiritual precisaria de um vocabulário apropriado,mas os caras exageram,viajam demais nas coisas que escrevem.Pra vc ler um textinho de 10 linhas se acaba precisando consultar os tais verbetes umas 20 vezes,e os próprios verbetes explicam bem mal a idéia por traz da tal palavra.

Eu admiro a iniciativa do Waldo,mas a coisa poderia ter sido bem diferente se ele não radicalizasse tanto.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Anonymous

HA e vendo o Video que o amigo Stubs passou,quando o Waldo aparece todo de branco sentado no meio da sala circular,eu realmente achei que ele ia dizer:

"A MIM,MEUS CONCIEX-MEN"

hauahuahuahuahuahua

Sorry :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ciência todo mundo faz... procura ciência no dicionario...É o Estudo Sistematizado.

todo mundo faz ciencia...o IPPB, o IVA... todo mundo ...ate um padre faz Ciência!!!

só pq o Médium Waldo Vieira fala que vai fazer um trabalho cientifico... não quer dizer que só ele usa o método Científico...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Anonymous

Procurem a entrevista dele no programa do Jô.

O Jô literalmente manda ele ficar quieto,rsrsrs

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vixi maria!!! :pal::pal:

Melhor eu estudar e manter minha mente no bem para não ficar maluco!!!

um passo errado e suficiente para tirar o dicernimento do homem intelectual ou não.

Share this post


Link to post
Share on other sites

agora que li a respota do Hellion, verdade prefiro o Tio Saulo falando errado e do jeito dele explicando (brincadeira em Saulo)...mais cada um tem seu cada um fazer o que...respeitar e seguir em frente..."vamu simbora"

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá turma!

Este tópico ainda existe? rs

Ainda estou no clima da espiritualidade Celta, tema de uma belíssima palestra que o Wagner Borges proferiu aqui em Salvador no último domingo, dia 22.

Quanta riqueza na espiritualidade daquele povo antigo da Europa ocidental?

Para segurar e preservar sua sabedoria milenar os celtas escreveram suas célebres poesias e cantos recheados de espiritualidade e energia maravilhosas!

Conceitos como o "Anam Cara" (amigo da alma), a Presença (como os celtas se reportavam ao TODO que está em tudo!), O "Assombro" quando presenciavam os encantos da natureza.

Sem falar que toda estas caracteristicas ancestrais dos celtas contribuíram para o ritmo maravilhoso dos acordes musicais (como os longos solos de guitarra tão presentes no rock Progressivo) que enchem de poesia as tapeçarias sonoras de bandas como Pink Floyd, Yes, Mostly Autumn!

O Wagner ficou de enviar este material (que faz parte do curso "Tambores Celtas") para quem teve interesse apoós a palestra. Assim que eu receber posso disponibilizar para quem aqui no forum tb demonstrar interesse, ok?

Quanto a este post...

Acredito que o autor deste estudo que trata da "Sindrome do Waldo Vieira" quis apenas dar um equilibrio, já que o Waldo (a quem admiro e muito sua riquíssima e vastíssima produção enciclopédica, a qual gosto muito da sua obra quase que antológica "Projeciologia" e a considero como a sua melhor obra disprado!) possui uma característica pessoal de ser muito forte com quem é de FORA do IIPC (eu posso falar com propriedade, pois já participei do IIPC), possui um gênio marcante e severo em seus juízos de valores acerca de de temas os mais diversos desde sexo, perpassando por uso de mantras até questões polêmicas de política e sociedade.

Acredito que a sua saída do Espiritismo foi providencial e necessária, já que ele necessitou expandir seus estudos em cima das projeções da consciência (viagem astral, desdobramento), e o amobiente (majoritariamente) religioso (ainda mais naquela época, em 1966) poderria engessar suas pesquisas parapsíquicas.

Mesmo reconhecendo sua grande importância dentro dos estudos parapsíquicos (notadamente a projeção). eu PESSOALMENTE discordo (como livre pensador que sou) através do meu DISCERNIMENTO pessoal , intransferível e inviolável de várias posições que o Waldo defende.

Fato que outros pesquisadores como o Dalton Roque e o Vasco Vasconcellos por exemplo, adotam de forma lúcida e pessoal acerca do que estou levantando.

Fica no ar a questão (que proponho de forma desapaixonada!) :Por que o Waldo pode propor uma Síndrome acerca de uma personalidade importante que foi o Emmanuel Swemdenborg (um dos maiores sensitivos de todos os tempos) através de seus estudos e conceitos pessoais, e não obstante alguém (de forma livre, independente baseada em suas observações igualmente pessoais), NÂO pode criar uma Síndrome calcada no estilo e perfil psicológico do próprio Waldo Vieira e cunhá-la igualmente de uma síndrome?

Será que a Sociedade que estuda as obras de Swendenborg não se sen tiria ofendida pelo simples fato de o Waldo ter conceituado a memória do sensitivo sueco como vítima de uma síndrome? Isso não poderia também ofender um participante desta organização ou um simples admirador de Swendenborg?

Da mesma forma que alguns membros do IIPC não gostaram da criação desta "Sindrome de Vieira", os membros da Sociedade Swendeborg tb estão no direito de não concordarem com a tal Sìndrome de Swendenborg!

Pesos e medidas iguais, então!

Da mesma forma que as informações aqui colhidas foram obtidas com pessoas responsáveis e com credibilidade (como o Wagner Borges e o Dalton Roque) e nao diminuem em NADA a importância do Waldo nos estudos da Projeciologia, que tem sua cadeira cativa , sempre!

O que não podemos é fechar pacote com A, B ou C e sim seguir o nosso próprio caminho consciencial com coerência, lucidez e discernimento.

O que eu quis neste novo post foi de apenas levantar a questão de que devemos dessacralizar algumas posturas pessoais acerca de escolhas e pensamentos que colidem com determinada corrente consciencial de investigação.

O que posso dizer que o Waldo tem a sua importância, o Wagner tb, o Dalton tb, o Ken Wilber tb, cada um na sua, afinal de contas ninguém possui a verdade absoluta!

Sobre o IIPC o que posso dizer (em conversas com amigos e estudioso da área consciencial) é que a maioria das pessoas mais maduras, inteligentes e sensatas deixaram o instituto e desemvolvem trabalhos bacanas com qualidade, cada um em sua "praia".

A pergunta fica no ar (vou provocar um pouco mais!rs): Como e em quê se transformará a Consciencilogia quando o Waldo desencarnar (ou para alguns, dessomar)?

Se fechará ainda mais em sua crisálida cientificista ou se abrirá mais na busca do equilíbrio "das coisas" do Mentalssoma e do Psicossoma, com o ingresso de novas mentes pensantes em suas fileiras?

O sinal dos tempos vindouros responderá...

Fraterno abraço a todos com Paz e Luz em suas consciências!

Luciano Caldas ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não sou membro do IIPC, mesmo assim não concordo com a tal síndrome de Waldo Vieira, isso tá mais é com cara de inveja de alcançar o nível de assistencia e relevância que o velho chegou com seus trabalhos.

Claro que nenhum ser humano é perfeito e muitas vezes existe sim idolatria exagerada de algumas pessoas, mas tive a oportunidade de conhece-lo pessoalmente e posso dizer que a racionalidade defendida pelo mesmo é porque a maioria das pessoas envolvidas com espiritualidade são por demais emocionais, diferente de um sentimento elevado aliado a análise racional. Talvez a maneira de falar pode causar má impressão nas pessoas mais melindradas, mas isso não quer dizer que há uma síndrome, um desequilíbrio ligado ao exagero racional em detrimento de sentimentos voltados para a assistencialidade.

Essa é minha opinião.

Share this post


Link to post
Share on other sites

É questão de sintonia, meu amigo!

Eu particularmente gosto bem mais da qualidade dos trabalhos de pesquisadores/projetores como o Wagner Borges e o Dalton Roque.

Falam de espiritualidade e consciência buscando a união do racional "mentalssomático" com as emoções (naturais) do psicossoma, através de cursos, palestras e programas de rádio.

Inclusive não entendo a "fobia" de alguns conscienciólogos com relação a qualquer manifestação (por mínima que seja) de emoções "psicossomáticas"!

Trata-se de algo tão natural!

Falo da emoção equilibrada e não melindrosa e piegas!

Afinal, para quem já saiu do corpo e já participou de uma assistência extrafísica dando uma força para alguém, ao voltar pro corpo não se emociona por ter sido uma peça importante durante aquele serviço espiritual?

Repito: respeito e admiro (e muito!) o trabalho técnico do Waldo com relação à Projeciologia, mas não tenho empatia (de forma democrática, pessoal e utilizando o meu discernimento) com boa parte dos conceitos dele expostos no livrão branco da Conscienciologia, que se baseia em muitas questões pontuais analisadas sob a ótica personalíssima dele!

Aliás, a Conscienciologia tem boas propostas. Acredito que ficaria bem MAIS interessante e harmonizada SEM certos conceitos e opiniões personalíssimos do autor do livro 700 Experimentos.

Também conheço o Waldo pessoalmente (mas projetado por duas vezes!), admiro muito o seu trabalho e a sua contribuição para o estudo racional, técnico e desmistificador da Projeção da Consciência (viagem astral, emancipação da alma, etc.), mas também valorizo o trabalho de outros estudiosos, pesquisadores e parapsíquicos como o Dalton Roque, o Wagner Borges, o Vasco Vanconcellos, o César Machado, o Fernando Salvino, o Dráuzio Milagres, o Marco Antônio Coutinho, o Marcelo Nunes, o Alberto Cabral, o próprio Saulo Calderon, o Fernando Mingrone (Enki), o Ken Wilber, entre outros.

Acredito que o melhor que podemos fazer é estudar de mente aberta todas as áreas e extrair o melhor de cada pesquisador, pensamento e estudo e somar com o que há de melhor em nós como consciências.

E com certeza no atual contexto evolutivo, vibracional e consciencial que vivemos, se formos priorizar apenas o MENTALSSOMA com certeza provocaremos involuntariamente um desequilíbrio em nosso HOLOSSOMA (corpos energéticos).

Como priorizar um Mentalssoma de qualidade se mal conseguimos domar, equilibrar e dosar nossas emoções advindas do Psicossoma?

E manifestar emoções (sinceras e não melodramáticas!) não é sinal de fraqueza Consciencial, ou motivo para se envergonhar por manifestarmos características de psicossoma...mas ALGO NATURAL e INERENTE ao nosso contexto consciencial e sistema holossomático.

Imagina a emoção de um mentor extrafísico quando observa o desenvolvimento espiritual do seu pupilo extrafísico? Ele com certeza ficará contente pra caramba, através de uma EMOÇÂO SAUDÁVEL e Harmônica!

Mas esta é apenas a minha opinião pessoal (e relativa, assim como as demais!) acerca do tema levantado!

Paz e Luz em seus corpos psico e mentalssomáticos!

Luciano Caldas :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

"É questão de sintonia, meu amigo!"

Olha meu caro Luciano Caldas, senti uma pontinha de orgulho nisso que voce falou... Não me sinto de forma alguma mal sintonizado por não ter empatia com algumas coisas do Wagner Borges por exemplo...

Quanto ao Waldo eu acho sim que ele é exagerado em algumas coisas, semrpe tende a ser muito enfático em seus pontos de vista tornando até difícil o debate, ninguém é perfeito ainda mais nesse mundo aqui... mas estou com ele no fato de procurar levar as coisas sempre mais para o mental, para que as emoçoes sejam transformadas em sentimento útil e verdadeiro, com serenidade.

Gosto muito do IVA por se mostrar meio que um meio termo entre o Waldo e o Wagner.

Admiro o Saulo por esse trabalho!!! E concordo quando ele diz que o Espiritismo por exemplo em sua essencia é liberto. Mas não posso falar o mesmo do que acontece hoje lá dentro... Kardec no início propôs o Princípio da Descrença, mesmo de uma forma menos enfática, mas ele mesmo diz: entre eu e a ciencia, fiquem com a ciencia se ela descobrir algo novo ou diferente da proposta.

Mas parabéns pela sua superioridade no misticismo "equilibrado"

Um abraço de um cara que nunca foi tão bom como voce

PS: Tbem acho o 700 Experimentos cheio de visões bastante pessoais dele, prefiro o Projeciologia, mas filtrando concordo com algumas coisas, principalmente da análise que ele faz de Jesus Cristo (corajoso!), a minha seria a mesma ou até um pouco mais crítica.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.