• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Guest Honeymoon

Ser um empata

Recommended Posts

Guest Honeymoon

Achei esse vídeo ainda pouco e me identifiquei em quase todos os aspectos citados. O que eu achei realmente estranho foi um psicológo este ano ter me dito que eu não era empata. Eu devo estar mascarando tudo isso perfeitamente, não?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ao meu ver todos sao empatas, é até genetico na verdade. Tinha visto um artigo assim, onde acharam o gene especifico para isso, e se por no lugar dos outros e sentir essas coisas

 

Esse psicologo ai ta estranho então, acho que não da pra julgar se você é ou não com a formação dele. Apenas se você for uma psicopata você não é empata. Ai ta na area de psiquiatria , não psicologia rsrs

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Honeymoon

Ás vezes as pessoas se esquecem que esses aspectos podem ficar por ora escondidos, pois temos nossos dias de déficits, então nos julgam por aquele momento e desconsideram a soma de todos os outros dias em que agimos dentro dos conformes - para eles. Até o fato de ser psicopata pode estar em nós, se for ver bem, pois é impossível que na adolescência com uma explosão hormonal, ninguém nunca tenha pensado em agir loucamente em algum contexto.

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 horas atrás, Caroline disse:

Até o fato de ser psicopata pode estar em nós, se for ver bem, pois é impossível que na adolescência com uma explosão hormonal, ninguém nunca tenha pensado em agir loucamente em algum contexto.

Acho que você se equivoca em utilizar a palavra psicopata neste contexto. Até porque, psicopatia não tem nada a ver com "agir loucamente". De fato, muitos psicopatas estão inseridos na sociedade sem que ninguém saiba que são psicopatas justamente porque eles nunca agem "loucamente". Na maioria das vezes, eles mesmos não sabem que o são e, na sua grande maioria, não praticam atos de violência.

São mentirosos contumazes e não possuem sentimento de remorso ou culpa. Muito bem articulados, costumam cativar e manipulam muito bem. Muitos possuem figura de destaque como políticos, empresários e etc.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Citar

Significado de Empata: substantivo masculino e feminino - pessoa que embaraça e atrasa propositalmente o andamento de um negócio, de uma tarefa, de um idílio; estorvo.

Foi isto que pensei quando li o titulo do tópico. :lol:  Se quem tem simpatia é simpático, quem tem empatia não deveria ser empático? :?

Bem...adiante. Achei este tópico bastante interessante e acabei por fazer uma busca pela net sobre o assunto. Também eu tenho muitas das características destas pessoas e o que eu pensava ser um distúrbio nervoso pode muito bem ser devido à empatia. Sempre evitei multidões e locais do tipo "shopping" pois isso sempre me causaram um certo mal-estar, nervosismo e  ansiedade. Mesmo em casa por vezes tenho ataques de ansiedade sem saber porquê; depois de analisar bem o assunto notei que isso acontecia com mais frequência no período da tarde/noite quando os meus vizinhos começam a chegar a casa vindos do emprego. Começo a ouvi-los falar e a fazerem barulho e imediatamente parece que se estabelece uma ligação entre mim e eles. Por vezes é tão angustiante que parece uma dor física, horrível mesmo. Sempre pensei que fosse devido a ter um sistema nervoso demasiado sensível/frágil, herança da minha falecida mãe que também sofria do mesmo mal, mas pode ser mais profundo do que isso.

Eu que quase toda a vida pratiquei artes marciais, cada vez mais me custa ver filmes violentos, coisa que adorava em adolescente. Já para não falar naquelas noticias triste sobre catástrofes, refugiados, etc. Tenho a mania que sou um durão mas frequentemente dou por mim com uma lágrima no canto do olho. :$ :)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Honeymoon
8 horas atrás, albaman disse:

Foi isto que pensei quando li o titulo do tópico. :lol:  Se quem tem simpatia é simpático, quem tem empatia não deveria ser empático? :?

Bem...adiante. Achei este tópico bastante interessante e acabei por fazer uma busca pela net sobre o assunto. Também eu tenho muitas das características destas pessoas e o que eu pensava ser um distúrbio nervoso pode muito bem ser devido à empatia. Sempre evitei multidões e locais do tipo "shopping" pois isso sempre me causaram um certo mal-estar, nervosismo e  ansiedade. Mesmo em casa por vezes tenho ataques de ansiedade sem saber porquê; depois de analisar bem o assunto notei que isso acontecia com mais frequência no período da tarde/noite quando os meus vizinhos começam a chegar a casa vindos do emprego. Começo a ouvi-los falar e a fazerem barulho e imediatamente parece que se estabelece uma ligação entre mim e eles. Por vezes é tão angustiante que parece uma dor física, horrível mesmo. Sempre pensei que fosse devido a ter um sistema nervoso demasiado sensível/frágil, herança da minha falecida mãe que também sofria do mesmo mal, mas pode ser mais profundo do que isso.

Eu que quase toda a vida pratiquei artes marciais, cada vez mais me custa ver filmes violentos, coisa que adorava em adolescente. Já para não falar naquelas noticias triste sobre catástrofes, refugiados, etc. Tenho a mania que sou um durão mas frequentemente dou por mim com uma lágrima no canto do olho. :$ :)

Puxa albaman, agora você me fez sentir bem, pois devia ser a esse conceito que o psicólogo lá se referia kkkk.

Você conhece melhor a língua portuguesa do que nós mesmos, o certo deveria ser empático mesmo, porque empatar o jogo não traz o título hehe.

Com relação a filmes, eu lembro que sentia dor de cabeça com filmes de aventura, medo com filmes de pavor, egocentrismo com filmes de amor, e etc. Foi assim que passei a abandonar a TV. Netflix jamais na minha casa, eu assisto canais no YouTube como o da Gioh, da Marcia Fernandes, do Wagner, da Meire e do Saulo, etc. mas de filme mesmo só desenhos animados da Disney e Pixar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 horas atrás, Caroline disse:

Puxa albaman, agora você me fez sentir bem, pois devia ser a esse conceito que o psicólogo lá se referia kkkk.

Pois...você entendeu mal. O que o psicólogo queria dizer é que você não é pessoa para estorvar, e não, que não tem empatia. kkkkkk

16 horas atrás, Caroline disse:

Com relação a filmes, eu lembro que sentia dor de cabeça com filmes de aventura, medo com filmes de pavor, egocentrismo com filmes de amor, e etc. Foi assim que passei a abandonar a TV. Netflix jamais na minha casa, eu assisto canais no YouTube como o da Gioh, da Marcia Fernandes, do Wagner, da Meire e do Saulo, etc. mas de filme mesmo só desenhos animados da Disney e Pixar.

Eu até vejo bastante TV pois gosto de estar informado sobre o que se passa no mundo, mas como já disse, por vezes é difícil gerir as emoções. É algo que todos temos de trabalhar pois afastarmo-nos dos problemas não os faz desaparecer; "enterrar a cabeça na areia" não resolve, não. Estamos neste "mundo" por escolha própria e com um determinado objetivo  (eu acredito nisso) e por muito que nos custe temos que interagir até onde for possível. Cada qual terá que adotar um determinado "filtro" conforme as suas possibilidades/necessidades,  mas não creio que o afastamento total seja a solução.

É mais um desafio. Até que ponto conseguimos resistir às tentações (elas são muitas) da vida física? Eu por exemplo não resisto a um bom doce (ou com muita dificuldade),  mas pronto, estou a trabalhar nisso. :lol: 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Honeymoon

Eu deixo pros meus parentes mesmo, não quero mais saber de TV. A Internet me mostra algumas noticias de forma mais ágil sem tanto sensacionalismo, o resto e' narração do meu pai pelo telefone. 

O pior e' que, parece que tá todo mundo sempre comendo coisas gostosas mesmo nos canais de YouTube. E eu aqui sempre de dieta sem poder comer mais bolo de chocolate nem pastel :?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Honeymoon

O meu desgosto com certos profissionais como aquele psicólogo é que pessoas que não nos conhecem e já nos odeiam, nem fazem questão de nos conhecer, mas já de nos julgar...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.