• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Claudio lisboa

Viagem em drogas heroina

Recommended Posts

Ola a todos boa noite.

Vou contar um relato de uma viagem astral enquanto estava sobre o efeito de heroina.

Primeiro quero dizer que não tenho muita expriençia no assunto das viagens astrais e em nomes de tecnicas e de autores , mas tenho dado muita atenção a este forum, os participantes são uma inspiração para mim e tem sido muito bom para mim ler este forum, por isso vou contar o que aconteçeu nessa viagem.

Sei realmente que fazer viagens astrais sobre o efeito de subestançias não serà o mais adequado mas dito isso eu por vezes faço porque para jà è me muito mAis facil ter experiençias e depois eu ja consumo drogas à muito tempo, e começei a faze-lo porque tive varios casos de consumos de drogas na minha famila , todas as pessoas à minha volta incluindo a minha mãe consumiam alguma coisa, desde tabaco a drogas mais pesadas. E desde então quis exprimentar para poder saber o porquê das pessoas as tomarem, então sempre fiz tudo muito conscientemente e dei por mim a usar o que tinha aprendido para ajudar outras pessoas que as tomavam  para mascarar ou cubrir algum problema, e tenho tido alguns casos de sucesso.

E então nesta noite fui para a cama tinha tomado heroina fumada, e quando tomo heroina o meu chakra da coroa liga de uma forma extontiante, e então começei a captar energias mais pesadas perto de mim, para quem nunca tomou heroina o efeito ja de sí tem nuances de viagem astral, mas como jà tive saidas do corpo sem drogas reconheci e senti vontade de começar a fazer exercicios para uma saida do corpo. Passado um bocado ja estava em estado vibracional e saio do corpo mas fiquei muito perto do meu corpo, e olho à volta e vejo alguns desencarnados com um ar de pura euforia à nossa volta, digo nossa,  porque o meu namorado estava comigo na cama e tambèm tinha tomado heroina, então depois de um bocadoa ver aquilo percebi o que estavam a fazer , estavam a rondar eram energias, que se não me engano chamam-se de encostos.

E pensei para mim bem jà percebi porque è que estavamos um bocado irritados um com o outro antes de irmos para a cama.

No meio começo a fazer um trabalho energetico para me proteger do que se estava a passar, aliàs atè foi um trabalho que aprendi num video do saulo, um feixe de luz a pasar de cima para baixo da cabeça para os pès e vice versa e aumentando a velocidade, e esse exercicio deu-me tempo para pensar e observar o que se estava a passar, e parecia que haviam desencarnado por todos os lados, e então foi nessa altura que me recordei numa vez numa outra viagem alias uma das primeiras que tive ja mais lucido,  que estava a ser atacado energeticamente por dois desencarnados , e como para mim tudo era novidade assustei me muito ,  chamei por ajuda e a ajuda veio, ainda hoje não sei dizer se homem ou mulher, chegou e fez aquilo parar e eles seguiram e eu fiquei um pouco a conversa com esse mentor , e ele graficamente mostrou-me o que eu tinha de fazer se caso aquilo me acontece-se outra vez, e a imagem era como uma galaxia pequena a rodopiar sem principio ou fim estava com as pontas como ligado uma à outra , e a emoção que tinha era amor.

Quando me lembrei disso pensei vou fazer isso mesmo, começo a envolver-me no sentimento do amor, incluo tambèm o meu namorado, ele mexe um bocado e vejo uma luz branca sobre ele, e aí percebo que ele esta protegido, e foi aí que me deu uma luz tambèm, vou pedir a eles para se irem embora enquanto tento lhes fazer chegar essa luz tambèm o (amor) porque o insticto que eu tive foi de compreenção e amor com eles , aliàs seria hipocrizia se eu achar que eu era melhor que eles , ou que eu estava certo e eles errados, então literalmente amor para cima deles , eles não disseram nada sò se foram embora eu abro os olhos e sinto uma grande paz no quarto, estou todo a vibrar e senti que estava là alguèm da minha confiaça. Agradeço pela ajuda a lucidez de ter podido fazer o que fiz, e de perceber que as coisas que eu estudo estão a ficar gravadas na minha memoria.

Facto interessante no dia a seguir o meu namorado agradece-me, e pergunto porquê? E ele diz porque me apeteceu agradecer!

hoje sinto-me bastante inspirado para meditar , tenho cama nova e vamos ver se vou ter uma noite boa de descanso.

Atè à proxima e façam boas viagens  

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Claudio, ok, pessoas que usam drogas TAMBÉM conseguem se projetar. Mas vou te pedir que poste APENAS relatos em que se projetou SEM ter usado drogas.

O que acontece é que projeçao astral é muito sujeita a mistificaçoes, alias, todo a parte pratica de espiritualidade. Entao se voce disser "comi uma caixa inteira de bombons antes de deitar. Em seguida tive uma projeçao", vai ter gente  achando que o bombom foi o responsavel, porque como para se projetar com lucidez exige esforço, as pessoas procurarao qualquer atalho que elas acreditem que ajuda.

O uso de drogas, especialmente, leva as pessoas à ilusão de que não podem fazer nada sem elas, tanto que os gurus dos enteógenos pregam que religioes e experiencias misitcas foram criadas a partir desse tipo de intoxicação , o que mostra que eles nunca tiveram acesso a essas experiência sem usar drogas, ou teriam percebido a tolice que estavam pregando.

Portanto, como este fórum procura ensinar as pessoas a se projetar sem depender de nada, e também porque drogas sao ilegais, usá-las é crime, não teria sentido legitimar a prática de crime sob desculpa do tema espiritualidade, o que nosninteressa aqui sao relatos de projeçoes sem o uso de aditivos.

Portanto, se não é viciado certamente terá suas projeções sóbrio, então poste apenas os relatos dessas, deixando seus relatos de experiências com interferência química para fóruns onde as pessoas são "movidas a droga", como nos fóruns de enteógenos.

Mas se é viciado, então espere se livrar disso e  aprenda a fazer sem drogas, para só então a postar relatos, para não reforçar nos novatos a ilusão de que precisa se drogar para ter projeções, ok?

E leia isto: 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Complementando o que falei aqui:

4 horas atrás, sandrofabres disse:

O que acontece é que projeçao astral é muito sujeita a mistificaçoes, alias, todo a parte pratica de espiritualidade. Entao se voce disser "comi uma caixa inteira de bombons antes de deitar. Em seguida tive uma projeçao", vai ter gente  achando que o bombom foi o responsavel, porque como para se projetar com lucidez exige esforço, as pessoas procurarao qualquer atalho que elas acreditem que ajuda.

Olhe este trechos dos livros do Waldo Vieira e do Wagner Borges:

Citar

Eis uma análise perfunctória das fichas técnicas deste livro. Alguns desses dados são inéditos no campo das pesquisas das projeções, pelo menos para mim. Estudando o calendário das projeções aqui descritas, não encontrei padrão que prove terem os dias da semana interferido na sucessão dos desprendimentos.

Aconteceram saídas astrais em todos os dias da semana, em certos períodos mais em determinados dias, mas não houve nenhuma repetição prolongada por muito tempo. Ocorreram mais projeções nas quartas e menos nas segundas em todo o período.

(...) maioria das projeções aconteceu dentro dos horários da angústia humana, entre as 7 e 10 horas da noite, o que era de se esperar tendo em vista as características assistenciais dos serviços dos Amparadores.


As fases da Lua não apresentaram nenhum padrão particular de observação. Isso atesta que as chamadas influências dos astros não atuam nas projeções.

O físico geralmente não se move durante a saída do psicossoma. Todas as vezes a consciência encontrou a mesma posição deixada antes da decolagem, em períodos médios de uma hora de ausência.

Quanto à posição do projetor no leito, houve o predomínio absoluto do decúbito dorsal, a melhor de todas.

Não vi nenhum significado na posição da cabeça na direção do norte geográfico.

................................................

Fonte: Projeções da Consciência- Waldo Vieira p.139 do pdf  Projecoes da Consciencia - Waldo Vieira.pdf

 

Citar

A Projeção E A Alimentação


Uma das questões mais controvertidas dentro do estudo da Projeciologia é a que se refere à influência da alimentação na projeção. Alguns pesquisadores afirmam que a alimentação carnívora é a melhor para o projetor, enquanto outros sustentam a opinião de que a alimentação vegetariana seria a ideal. Esta questão, na verdade de importância irrisória dentro do contexto projetivo, tem causado discussões acirradas entre os pesquisadores e grandes dúvidas aos projetores iniciantes que, não sabendo ao certo quem está com a razão, acabam sendo prejudicados no desenvolvimento sadio de suas experiências extracorpóreas.

Por exemplo, se um pesquisador renomado escreve que a alimentação carnívora favorece a projeção, essa sua opinião pode influenciar negativamente muitos de seus leitores que são projetores iniciantes e emprestam grande crédito às suas afirmativas. Influenciados por essa assertiva do autor, alguns desses projetores iniciantes, que são vegetarianos,
podem entrar num recesso projetivo ou até mesmo num bloqueio projetivo permanente, devido ao constrangimento e decepção que essa informação lhes causou. Assim, um projetor vegetariano que estava começando a realizar projeções de bom nível, ou estava na iminência de realizá-las, pode ficar tolhido pelo seguinte pensamento:

"Se aquela grande autoridade no assunto afirmou que a alimentação carnívora favorece a projeção e eu sou vegetariano, provavelmente, não conseguirei me projetar  satisfatoriamente ou terei bastante dificuldade para fazê-lo".

Se a afirmação do autor fosse o oposto, isto é, a de que a alimentação vegetariana favorecesse a projeção, provavelmente observaríamos o seguinte pensamento na mente dos projetores iniciantes que fossem carnívoros:


"Se aquela grande autoridade no assunto afirmou que a alimentação vegetariana favorece a projeção e eu sou carnívoro, provavelmente não conseguirei me projetar satisfatoriamente ou terei bastante dificuldade para fazê-lo".


Como se observa por esses dois exemplos, a opinião de algum autor, pesquisador, médium, projetor ou mestre de alguma filosofia, pode influenciar negativamente o projetor inexperiente. Infelizmente, a maioria daqueles que opinam a respeito dessa questão, o faz não de maneira desapaixonada, mas sim de maneira passional e sectarista,
baseado acima de tudo em suas crenças pessoais, sem analisar tecnicamente os fatos. Dependendo da simpatia que o pesquisador tenha por alguma filosofia ou religião, naturalmente que sua opinião sobre o assunto será tendenciosa e revestida de conotações místicas e doutrinárias.
Sobretudo nos pesquisadores de cunho orientalista, nota-se claramente a tendência de valorizar exageradamente a influência da alimentação na projeção. Em sua quase totalidade, esses pesquisadores defendem o regime vegetariano para a obtenção de bons resultados no desenvolvimento projetivo. Já os pesquisadores ocidentais têm a tendência de valorizar demasiadamente uma alimentação mais substancial, no caso, o regime carnívoro, para a obtenção de bons resultados na projeção.

Existem pesquisadores, tanto ocidentais quanto orientais, que chegam mesmo a relacionar alimentos que, segundo eles, podem favorecer ou dificultar a projeção.

Projeção E Drogas

Há muitos pacientes que tiveram experiências fora do corpo durante uma  intervenção cirúrgica. Os livros de Projeciologia estão repletos de relatos desse tipo.
Essas projeções ocorrem devido à ação do anestésico, que faz o metabolismo do corpo físico cair,e, em conseqüência disso, o psicossoma é projetado para fora dele. Nesse caso, os liames energéticos do cordão de prata estão frouxos e não conseguem manter o corpo sutil interiorizado no físico.

Vale dizer, que as projeções causadas pela ação de anestésicos, de drogas e de chás alucinógenos** em geral, são experiências impuras, antinaturais, pois distorcem as parapercepções do projetor. Além disso, no caso de drogas como a maconha, a cocaína, a heroína, o haxixe, o crack, o LSD e outras drogas pesadas, há o agravante de que espíritos desencarnados doentes, viciados na energia dessas drogas, se aproximarão do projetor (por sintonia energética) com a finalidade de vampirizá-lo extrafisicamente.
Levando isso em consideração, é bom que o projetor se afaste do uso de drogas e busque experiências puras, baseadas no próprio aprimoramento espiritual.
......

Fonte: Viagem Espiritual II- Wagner Borges- Viagem Espiritual II - A Projeção da Consciência (Wagner Borges).pdf

Aliás, a parte em negrito acima é confirmada pelo seu próprio relato né? O que é bom pra ilustrar o que todo mudo sabe nessa área, mas os suários de dorgas em geral não aceitam, achando que é preconceito, ehehe. Eu nem tinha percebido isso, fiquei prestando atenção nos outros pontos, mas um colega me mandou uma MP salientando iso. Você diz:

Citar

-..alguns desencarnados com um ar de pura euforia à nossa volta...

-porque o meu namorado  tambèm tinha tomado heroina. 

-Então depois de um bocado a ver aquilo percebi o que estavam a fazer , estavam a rondar eram energias.

.-jà percebi porque è que estavamos um bocado irritados um com o outro antes de irmos para a cama

De fato as entidades ligadas a drogas estimulantes geram irritação a´te em quem não as usa. A simples proximidade de um viciado em droga estimulante deixa os demais irritados sem motivo aparente, porque as entidades que eles carregam junto, durante o dia, em vigília, tendem a irradiar essa sua vibração no ambiente, afetando a todos, usuários ou não. Na verdade essas entidades nunca se afastam, pois como a aura de quem usa drogas está rasgada, e permanecerá assim por meses ou alguns anos mesmo após já ter parado, um usuário de drogas carregará uma multidão junto com ele, para onde for. O fato de ter se projetado com lucidez permitiu que você visse as companhias naquele momento,  mas elas passam o dia por perto, já que o usuário está sempre vazando energias.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.