• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Solaris

Vampiros Astrais na minha cama

Recommended Posts

Olá, pessoal. Como vão todos?
 

Lembrei de uma coisa que eu havia esquecido completamente. Aconteceu há umas 2 semanas. 
Eu estava dormindo e me senti incomodado. Acordei e vi um vulto em cima de mim mexendo no meu chakra base. Ele enfiava a mão e, de alguma forma, sugava as energias do meu chakra base. Não sei ao certo se era o chakra base, parecia ser na minha genitalia. A minha reação foi tomar um susto e colocar a mão em cima do meu chakra mas, estranhamente, voltei a dormir. Eu havia esquecido completamente disso e agora a lembrança voltou.

Tentei buscar em outros tópicos mas não achei algo que me ajudasse ou não soube buscar direito.

 

Estou fazendo OLVE diariamente com a tecnica 3 (às vezes a compacta, às vezes a completa) e não tem acontecido mais.

A OLVE já é uma proteção? Eu posso fazer algo a mais para me proteger? E pra proteger minha familia?

 

Obrigado, pessoal!

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Solaris disse:

A OLVE já é uma proteção?

Não mas já ajuda pois por meio dela você pode ir desagregando nós energéticos e energias hostis, e vai aos poucos melhorando as condições gerais da suas energias.

O principal objetivo de fazer a OLVE é atingir o EV (Estado Vibracional). 

Com o tempo, de tanto praticar OLVE, a pessoa fica com maior quantidade de energia livre e isso permite atingir o EV mais facilmente. Com alguns anos de prática diária, se adquire a capacidade de atingir o EV instantaneamente apenas pela vontade. Ao se desenvolver essa capacidade, é possível usar o EV como meio de defesa.

Para mais informação, veja o curso da Nanci Trivelatto sobre Estado Vibracional em quatro partes no post abaixo:

5 horas atrás, Solaris disse:

Eu posso fazer algo a mais para me proteger?

Há muitas coisas que podem ser feitas mas, o principal é melhorar o próprio padrão pensênico para não atrair esse tipo de consciência vampirizadora (supondo que seja o caso).

O pessoal aqui do fórum gosta bastante de usar umas técnicas de defesa da gnose. Se quiser saber mais, procure por "belilin + círculo de proteção" na ferramenta de pesquisa do fórum.

Essa resposta também vale para a pergunta seguinte:

5 horas atrás, Solaris disse:

E pra proteger minha familia?

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 horas atrás, Iogui disse:

Há muitas coisas que podem ser feitas mas, o principal é melhorar o próprio padrão pensênico para não atrair esse tipo de consciência vampirizadora (supondo que seja o caso).


 

Essas coisas geralmente acontecem quando eu brigo com minha esposa ou vou dormir preocupado/chateado com alguma coisa. Vou buscar sobre o belilin + círculo de proteção. Muito obrigado @Iogui

Share this post


Link to post
Share on other sites
29 minutos atrás, Solaris disse:

Essas coisas geralmente acontecem quando eu brigo com minha esposa ou vou dormir

Isso é um ótimo sinal de que você deveria aprender a controlar os pensamentos e sentimentos que surgem nesses momentos (lembrando que controlar não é restringir ou sufocar tais pensamentos e sim compreender e, compreendendo, suprimir aquilo que os alimenta). Meditar nesses pensamentos e sentimentos pode ser útil. O auto conhecimento é a chave do auto controle. E ter auto controle é não permitir que tais padrões pensênicos negativos se manifestem na sua mente. Impedindo o alimento dos espíritos obsessores, eles não mais terão acesso a você. 

E isso é mais efetivo que qualquer tipo de procedimento de proteção ou banimento e mais definitivo, mas mais difícil de alcançar. É preciso força de vontade e coragem de enfrentar os próprios defeitos, receios ou medos.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
36 minutos atrás, Iogui disse:

Isso é um ótimo sinal de que você deveria aprender a controlar os pensamentos e sentimentos que surgem nesses momentos (lembrando que controlar não é restringir ou sufocar tais pensamentos e sim compreender e, compreendendo, suprimir aquilo que os alimenta). Meditar nesses pensamentos e sentimentos pode ser útil. O auto conhecimento é a chave do auto controle. E ter auto controle é não permitir que tais padrões pensênicos negativos se manifestem na sua mente. Impedindo o alimento dos espíritos obsessores, eles não mais terão acesso a você. 

E isso é mais efetivo que qualquer tipo de procedimento de proteção ou banimento e mais definitivo, mas mais difícil de alcançar. É preciso força de vontade e coragem de enfrentar os próprios defeitos, receios ou medos.

Sim. Eu estou nessa busca de auto-conhecimento e lapidação. Reforma íntima, sabe?
As últimas experiências que tive com a projeção me mostraram deficiências que eu não enxergava antes na minha conduta. Agora eu consigo perceber isso com clareza na minha conduta diária (e não é bacana). Vejo mas ainda é difícil mudar. Mas estou no caminho certo. 

Sobre o belilin + círculo de proteção dei uma pesquisada e não sei ainda se é pra mim. Não me sinto a vontade de citar nomes que eu nunca ouvi falar de uma religião que eu não conheço. Acho que o meu caminho não é esse. Se bem que na hora do sufoco... kkkkkkk

 

Mais uma vez obrigado, @Iogui

 

 

Editado: Pra quem estiver procurando esses rituais, eu achei nesse tópico aqui:

Parece que deu um bug no fórum antigo e o sandrofabres copiou e colou tudo o que foi discutido nesse novo tópico.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutos atrás, Solaris disse:

Sobre o belilin + círculo de proteção dei uma pesquisada e não sei ainda se é pra mim. Não me sinto a vontade de citar nomes que eu nunca ouvi falar de uma religião que eu não conheço

Gnose não é religião, é esoterismo. 

MEDICINA      -----> SIMPLIFICAÇÃO---> PROGRAMA DE TV "BEM ESTAR", para as massas

ESOTERISMO ---> SIMPLIFICAÇÃO-----> RELIGIÕES

 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
48 minutos atrás, Solaris disse:

Sobre o belilin + círculo de proteção dei uma pesquisada e não sei ainda se é pra mim. Não me sinto a vontade de citar nomes que eu nunca ouvi falar 

Eu também não utilizo essa abordagem pelo mesmo motivo. É meio que uma questão de afinidade mas eu não descarto não, se algum dia eu tiver mais conhecimento a esse respeito e da egrégora envolvida e, consequentemente, mais afinidade, posso vir a utilizar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 minutos atrás, Solaris disse:

Oi, @sandrofabres obrigado pelo esclarecimento. Desculpe se de alguma forma fui ofensivo.

Não é ofensivo, é que sua preocupação tem toda a lógica do mundo se fosse religião, porque religião envolve crença em entidades,  o que já poderia gerar algum vinculo. Não sendo, não se aplica NECESSARIAMENTE.

Outra questão é o lance da egrégora, como  o Iogui falou acima.

Eu por exemplo sempre fui muito cabreiro com o Ritual do Pentagrama. Já usei uns meses diariamente, mas sempre fiquei desconfiado com ele, porque embora se atribua uma origem antiga, ele só apareceu para o mundo através da Golden Dawn, uma ordem que se esfacelou em conflitos e guerrinhas mágicas em apenas oito anos . E ninguém que estudou a história dessa ordem nunca achou a origem desse ritual. Como a Golden Dawn é uma Ordem mágica, ou seja, que lida com magia cerimonial,  e magia cerimonial costuma ter aqueles dragões * por trás, no astral, acabei não usando mais e uso SÓ aquilo em que aprendi a confiar e que quando precisei, nunca furo.

.  Mas é aquilo, como já fui instrutor gnóstico, e mesmo tendo saído ,não rejeito nada da gnose, então se  ela for negativa, o menor dos meu problemas seria usar o círculo e  o belilim, ehehe. Mas claro que outras pessoas que ainda não tem razão alguma para julgar essas informações, podem ficar cabreiras.

Mesmo assim, isso é diferente de religião, em que você pode pedir para a entidade tal te proteger,.. e aí você não sabe nada da tal entidade, não sabe se ela tem alguma estorinha supeita, e nem tem como ACREDITAR nela né? Religião é muiot dependente de crença, mas esses métodos de energia, escudos e visualização não. A "crença" desses métodos é aquela necessária para manter sua mente focada no que está fazendo, só isso, a crença de que você é capaz de gerar os resultados que visualiza.

...............................................

* Na época que eu usava o ritual do  pentagrama um clarividente que convivia comigo no trabalho sempre via um cara com cabeça de lagarto aparecer junto a mim quando eu falava nesses temas.

rep2.png

E naquela época nem ele, nem eu sabíamos nada sobre homens com cabeça de lagarto, vestindo túnicas negras e capuz. Ficamos ambos boiando com esse detalhe. Uns 5 anos depois que fui ver, no grupo de desobsessão em que trabalhei um ano, que sempre esses dragões estavam metidos, quando lidávamos com obsessores ligados aos praticantes da magia. E sse passaram ainda mais  9 anos até que pude confirmar de outra fotne, que não a do grupo,  sobre os tais dragões e essa relação com a magia cerimonial, através dos livros do Roger Paranhos, sobre atlântida:

http://universalismocristico.com.br/portfolio/atlantida-no-reino-da-luz/

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olha, eu usei o RmP (não o original da G.D, mas derivado desse) como banimento durante bastante tempo (acho que mais de 1 ano) é nunca notei nada de sinistro nele, nem tive qualquer problemas com assédio depois de incorpora-lo a minha rotina e não aconteceu nada demais em minhas projeções. Embora não se ache a origem dele, ele tem todo um significado cabalistico/astrológico que você pode verificar estudando. Ele usa uma egrégora como qualquer outro ritual usa agora dizer que G.D. é ligada aos repetinianos foi boa, hahaha (embora já tenha escutado e lido bastante). Se você sentir afinidade com ele, teste é tire suas conclusões.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que não me expressei direito.

Quando eu disse isto: 

"Na época que eu usava o ritual do  pentagrama "

Foi porque la por 1995 eu passei um ano estudando diariamente os conteúdos da golden dawn. Não disse que foi a rotina do Ritual do Pentagrama especificamente que  gerou essas mas companhias, mas provavelmente o foco nessa egregora.

Acho que tem  "linha cruzada" nela,,ate pelo jeito que ela se desagregou, em meio a conflitos dos egos megalomaníacos da dupla Crowley & Mathers e suas guerrinhas magicas infantis.

E também quando usei pentagramas de banimento nesses reptilianos/ dragoes presos pelo médium pela incorporaçao, eles ficaram meio p.. da vida comigo, reclamando muito que eu não podia usar isso contra eles ,,ja que "foram eles que me ensinaram a usá-lo".

Só ri né? A gente gasta uma grana enorme e rala para aprender um pouquinho de nada por livros,  para depois vir  um neguinho achando que vai te dizer quando e com quem voce pode usar, eheheheh. Deu vontade de dizer " Véi , tu não encarna ha muito tempo né? Não sabe que a juventude de hoje tá perdida, nao respeita mais as autoridades?"

Mas de fato eu cheguei a ver, naquele período de estudos ( uns cinco anos antes de participar desse grupo de desobsessao) umas tres vezes, por um flash de clarividência um vulto desses usando manto e capuz sentar a minha frente de perna cruzadas quando eu fazia uns treinos meditativos naquela época. Mas nunca via o rosto sob o capuz, nao fazia ideia de quem podia ser

Mas veja, em nenhum momento isso caracterizaria "assedio", porque se você está se dedicando a estudar os conteudos deles eles obviamente vão te tratar muito bem né?  São "companhias", colegas naquele percurso que você escolheu. Se elas são positivas ou não, cabe apenas a nós decidirmos,mas acho que não teria como classificar essas parcerias que vem no pacote como "assédio". 

Agora, eu só relatei para explicar o porquê de  EU não sintir essa confiança nele, mas   experiências nessa área são bem questionáveis, tem uns pilantras que fingem ser membros de alguma coisa positiva para te fazer pensar que ela é negativa, é complicado de analisar.

Então é claro que temos que ter cuidado com esse tipo de experiências, tanto que nao acho que isso que relatei prove algo nem mesmo para mim sobre a Golden Dawn, muito menos para outros. Só que me deixou com uma pulga atrás da orelha, eheeh.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

É, pode ter sido uma junção de coisas contigo. Eu não estudei o sistema deles a fundo como parece que você estudou, apenas li o livro do Mathers é as vezes dou uma olhada pra tentar entender alguns simbolismo ou algum processo ritualístico. Mas até agora não aconteceu nada comigo fora do padrão. Uma vez durante a meditação eu vi um vulto enorme, mas não dá pra confirmar o que era. Nessa mesma época também sentia que a clariaudiência queria abrir, até percebi que rolava uma leve mudança energética que me deixava com uma interrogação na hora...foi um período de mais sensibilidade. Tirando esse fato, não tive mais nenhum outro "problema". 

Nunca tive projeção com esse tipos de criaturas. Mais é astral né, eu sou sempre cética. Já me vi em zonas mais densas no astral, mas não tão densas ao ponto de chegar na camada desses seres, então acredito na existência deles não acreditando, kkkk. 

Acontece que muita gente tenta desmerecer o trabalho dos dois e 99% delas ou são mentalmente perturbadas ou não conseguiram nenhum efeito, kkkk, e aí vem com esse papo de repitilianos quando não "governo oculto".

Eu esperava sinceramente ter algum problema com o Reike pelas inúmeras histórias a respeito da origem. Eu fiz a auto iniciação é não tive nenhum problema também, kkkkk. EU ACHO que quando alguém começa a ter algum tipo de "problema" com alguma coisa desse tipo é porque já fez parte em outras vidas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 06/01/2018 at 22:09, MichelleA disse:

agora dizer que G.D. é ligada aos repetinianos foi boa, hahaha (embora já tenha escutado e lido bastante)

 

Em 06/01/2018 at 22:56, sandrofabres disse:

Acho que tem  "linha cruzada" nela,,ate pelo jeito que ela se desagregou, em meio a conflitos dos egos megalomaníacos da dupla Crowley & Mathers e suas guerrinhas magicas infantis.

Lembrei desta conversa ao ler algo ontem. Eu já tinha sugerido aqui em 2012 que os "anjos" da magia enochiana, que a Golden Dawn tanto valorizava, não deviam ser boa coisa, a julgar pela história da sua origem:

http://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/16648-como-se-liberta-de-magia-enoquiana/&do=findComment&comment=71372

Então ontem estava lendo na wikipedia a biografia do Paul Foster Case, que foi o instrutor principal de uma das lojas da GD, antes de sair e fundar a sua própria, a B.O.T.A. Ele também acreditava haver linha cruzada na GD, devido à magia enochiana. Sabendo que o Crowley-dedo-podre era chegado na magia enochiana, dá para ir percebendo as infiltrações.

Screenshot_47.jpg

Fonte: wikipedia: https://en.wikipedia.org/wiki/Paul_Foster_Case

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.