Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Afinal, por que as pessoas sofrem?


Recommended Posts

Olá, agradeço a todos a quem responder. Já faz um belo tempo que tenho essa dúvida.

 

Então, não quero falar de sofrimentos que todo mundo passa até descobrir que a felicidade está dentro de nós ou etc. Quero falar de problemas mais "pesados" por assim dizer. Como  tortura, moradores de rua, fome, abusos, sofrimento nos tempos de guerra e etc. Por que isso afinal? Para no futuro aprendermos ou então por karma? 

Está certo que muitas vezes aprendemos com nossos erros,mas não consigo ver como alguém que é torturado ou  então tenha uma péssima base familiar possa aprender algo com isso. 

Outra explicação é pelo karma ou "punição divina", não estou dizendo que não funciona, mas isso é algo que não consigo entender. Não seria como se fosse "olho por olho e dente por dente"? Se matei vou ser morto ou se torturei vou ser torturado, isso não criaria mais assassinos e torturadores já que criaria um círculo infinito de karma? Não entendo muito de karma,mas acho improvável que todo sofrimento do mundo seja karma, pode ser que seja, n sei.    

 

Agradeço quem puder tirar minhas dúvidas, Obrigado por todo conhecimento compartilhado nesse fórum.

Link to comment
Share on other sites

Esse tipo de discussão vira e mexe aparece por aqui. Se você pesquisar vai achar várias, inclusive recente.

Sendo bem genérica, sofrimento pra mim é basicamente um estado de ignorância. Quanto mais ignorante vc for, mais vai sofrer. E quanto mais tempo a pessoa demorar a perceber sua ignorância, muito provavelmente vai gerar cada vez mais carmas que lhe prende a terra e fatalmente vai ter que encarnar pra tentar resolve-los. E enquanto vc não perceber vai continuar preso a esse ciclo. Só aqui vc já percebe a complexidade da coisa. 

Cada um tem seus carmas. E cada escolhe antes de encarnar os desafios para consegui resolver alguns desse carmas que te prendem aqui. Todos estamos em processo evolutivo. Não vejo esse processo como um Deus punindo a pessoa, e sim o universo reagindo a suas ações.

Talvez o que vc ainda não consiga vê é que os teus carmas vão gerar situações aonde vc vai ter a escolha de continuar a alimentar o ciclo ou agir de forma diferente. Se vc for uma pessoa ignorante, vai simplesmente alimentar o ciclo. Agora se vc já saiu do estado de ignorância, pelo menos não vai ficar gerando tanto carma que te prende ao ciclo reencarnatório. E conforme vc for trabalhando isso em vidas, vai chegar um momento em que vc simplesmente não gerará mais carma e se quiser, nem precisará encarnar.

 

 

  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

34 minutos atrás, Yukio1102 disse:

Não seria como se fosse "olho por olho e dente por dente"?

Momento educacional: a questão olho por olho, dente por dente, que aparece na bíblia e conhecemos como a "lei do talião", é porque naquela  época se alguém de uma tribo vizinha matasse um irmão seu, você reunia seu grupo , ia até aquela tribo e matava TODOS.

Matar apenas o irmão do assassino, olho por olho, dente por dente, foi uma grade evolução. Passariam ainda 1.300 anos ate que Jesus conseguisse dizer  para aquele povo que o melhor seria não fazer nem isso .

Quanto ao sofrimento, olha, uma criança deve achar que perder tempo estudando quando podia estar brincando não faz sentido. Então uma coisa que você precisa levar em consideração quando tenta entender achar sentido nos fatos da vida, é que as coisas são o que são, e se você achar que tem mais lógica chover para cima, isso não muda nada.

Então só resta concluir que:

SE RECONHECEMOS  QUE  há uma ordem estrutural que rege o universo ( me parece que as órbitas dos planetas, a estrutura do átomo, a alternância de estações, a seleção natural, o nosso sistema imunológico, etc.... tudo nos sugere que há ordem regendo absolutamente tudo, e que o que chamamos de caos ou processos aleatórios ão apenas nossa falta de conhecimento sobre as relações de causa-consequencia entre os fenômenos), só podemos concluir que o sofrimento está dentro dessa estrutura organizada, planejada, e equilíbrio,compensação, porque TUDO parece estar. Logo, é como chover para baixo, quer a gente compreenda ou não, certamente é o melhor/necessário.

Mas se você não reconhece essa ordem, se acha que o Caos é o que predomina, então nada há para conversar, sobre nenhum assunto, porque aí ate mesmo a ciência perde o sentido, tudo seria aleatório e não haveria lei alguma regendo os fenômenos. Se há leis (da química, física, biologia...), não há caos, ponto. Se há caos, todas as leis são ficções, ponto.

 

Supondo que você reconheça uma ordem estrutural no universo, então vamos ao passo seguinte:

Só porque existe uma ordem, não quer dizer que possamos compreendê-la.

As filosofias, as religiões, as doutrinas, e mesmo a ciência, são MERAS TENTATIVAS de explicar, de forma que nossa ente física entenda, os funcionamento dos fenômenos que nos cercam. Então no caso especifico do seu post, diferentes doutrinas podem explicar o sofrimento de formas diferentes, mas só porque você acha a explicação da doutrina X lógica, mas a da doutrina Y ilógica não quer dizer que uma seja melhor que a outra. O que elas podem fazem é satisfazer a SUA NECESSIDADE de explicação, usando critérios que você só achará válidos se você usa os mesmos pressupostos que ela. É como escolher uma roupa, um cairá bem NO SEU CORPO, outra não, mas cairá bem no formato de corpo de outra pessoa Uma roupa não é melhor que a outra. Então quando você reconhece que a explicação da doutrina X tem muito mais lógica que as outras, isso só quer dizer que sua mente pensa como a mente das pessoas que criaram aquela doutrina, não quer dizer que ela seja a mais correta, nem mesmo a mais lógica.

Certamente existe todo tipo de explicação para esse problema, o do sofrimento, das dores humanas, do mal no mundo. Em alguns caso se dirá que é karma pessoal, ou regional. Outro tipo de explicação é que com nós estamos num ponto distante da fonte divina, já há algum grau de aleatoriedade, que chamamos de lei do acidente, porem a lei do acidente é usada também pela lei do karma, para decidir  que acontece. Por isso as vezes umas tres pessoas não conseguem de jeito nenhum pegar o avião que cairá logo após decolar. O avião cair fazia parte do acidente, mas as pessoas que conseguiram entrar nele foram selecionadas pelo karma, e as que não tinham aquele karma forma impedidas de pegar o avião por uma sequência inacreditável de "coincidências".

Enfim, apesar de conhecer explicações para essas coisas, a minha opinião pessoal é que mesmo quando as explicações GENÉRICAS vem de mentores, elas em geral são falsas. Ou seja, obtemos respostas porque fazemos perguntas. Porém, só podemos compreender respostas que se encaixem no nosso modo de enxergar o mundo. Por exemplo, algumas pessoas acreditam que passado, presente e futuro são simultâneos, logo, neste exato momento, todas as nossas encarnações estão acontecendo ao mesmo tempo. Dentro desse ponto de vista, como explicar o carma de vidas passadas??? Nossa mente de vigília não consegue conceber o tempo dessa maneira. No astral podemos reviver cenas de vida passada dentro do nosso personagem daquela éooca, como sendo agora, no presente, mas ao mesmo tempo sabemos que aquilo é passado, época tal, apis tal, profissão tal, é presente.. mas´e passado, fica tudo misturado. Mas aqui em vigília isso nao entra na nossa mente, não daria para entender nem explicar nada sobre nada se fugirmos da linearidade do tempo.

Sabendo disso você realmente acha que os mentores, que vivem em astral, vão dar que tipo de resposta quando inquiridos sobre isso???? A verdade?  Ou as resposta que consigamos aceitar, de acordo com nossas limitações,  ainda que possam não ser verdadeiras? Eu acho que eles, todas as religiões, todas as doutrinas reveladas, "jogam o nosso jogo", ou seja, nos dão respostas de acordo com nossas limitações, e isso muda pouco com o passar dos milênios, porque o homem ainda é o mesmo em termos das  limitações da mente para perceber o mundo, ainda julgamos tudo pelos órgãos dos sentidos e dentro de uma percepção linear do tempo. Os equipamentos científicos são só "orgãos dos sentidos" amplificados, nada mais.

Então, chegando na sua pergunta:

1 hora atrás, Yukio1102 disse:

Está certo que muitas vezes aprendemos com nossos erros,mas não consigo ver como alguém que é torturado ou  então tenha uma péssima base familiar possa aprender algo com isso. 

Dentro dessas explicações espiritualistas quadradinhas você tem que entender que o personagem encarnado é só isso, um personagem transitório. Quando um ator faz um personagem numa peça de teatro, ele entra nas emoçoes e lógica daquele personagem, e entende a peça de um jeito, e é afetado pelo personagem, aprende um pouco sobre si mesmo ao executá-lo. Anos depois, mais velho,  ele pode fazer a mesma peça, mas agora, por estar mais velho, pode lhe caber outro personagem. E aí ele terá outra vivência psicológica, entenderá a peça todo de outra maneira, e aprenderá outras coisas sobre si mesmo, porque fazer esse outro personagem o afeta de forma diferente ( já vi o ator inglês  Keneth Branagh comentar isso, sobre os diferentes papéis que teve ao encenar a peça Hamlet). Então durante uma encarnação o personagem encarnado pode não lembrar nada do que foi feito em outra vida, porque não foi ele quem viveu mesmo, este nosso  personagem se apaga após a morte, e o que sobrevive é o que existia antes de encarnarmos. Então esse aprendizado da vida pode parecer inútil para o personagem encarnado, mas ele gera reações psicológicas profundas, que serão úteis para o ser que tem diversas encarnações, cada um com um propósito. Quantas pessoas que tiveram câncer (ou que ficaram paraplégicas, ou que passaram por algum sofrimento que achamos o fim do mundo)  dizem que foi a melhor coisa que lhe aconteceu, porque permitiu repensarem sua vida? As formas de aprendizado são muito variadas, mas a vida não funciona como uma estorinha ficcional, tem gente que encarna nu bebê só para viver uns 4 meses e passar por um aborto espontâneo. Há razões por trás disso, como há razões para bala perdida, crimes, etc. Só que a menos que alguém com capacidade psíquica consiga investigar caso a caso, é impossível saber as razões.

Então, de certa forma, aprender sobre espiritualidade serve para você entender que há uma ordem por tras de tudo, e que algumas explicações genéricas existem, baseadas em revelações que surgiram a partir de investigações de alguns casos, porém as doutrinas sempre farão generalizações. O importante é perceber que há um ordem regulatória por tras de tudo, que tanto nossa vida aqui é um sonho curto, nosso personagem é só um personagem não nossa real identidade, e que todas essas coisas aparentemente malucas que acontecem servem a um aprendizado no qual podemos vagamente entender, mas no qual devemos confiar, pelo mesmo motivo que confiamos que deitaremos na cama hoje não virá um asteroide gigante acabar com o planeta enquanto dormimos.

Mas só para ilustrar a complexidade da coisa com um caso real:

O líder do grupo de desobsessão em que trabalhei lembra da sua encarnação anterior. Ele era um cientista  belga que estava em Berlim, na época do nazismo. Devido à perseguição nazista a diversos grupos a família resolveu fugir para o campo. Ele e a esposa já tinham ido, mas a filha se atrasou então ele voltou à cidade para tentar encontrá-la, e foi identificado e capturado pelos nazistas. Terminou desencarnando num campo de concentraçaõ, e ainda moribundo jogado numa vala coletiva junto com diversos outros corpos. Quando morreu, flutuou do corpo e parou fora da vala, e lá ele viu as entidades negativas que atuavam por tras dos nazistas encarnados. Então ele indigando apontou para ele, cheio de raiva e disse:

"Eu vou pegar cada um de vocês um por um!"

Nesse instante se materializaram (em astral) três mentores ao lado dele, e a calma que emanava dos mentores acalmou ele na hora. E os mentores disseram:

- Agora sim meu filho, está pronto para a missão que temos para ti

...................

Nesse grupo lidávamos com esse tipo de entidade negativa e com muitos outros tipos, de uma forma bem diferente do que os grupos espíritas fazem que em geral e´só "evangelizar as entidades", o que é totalmente inútil com entidades que são profissionais do mal e precisam ser "desativadas", digamos assim, porque já estão além da argumentação e seu tempo de tolerância já esgotou.

Bom, mas ele ficou muito impressionado quando teve essa lembrança, porque ele percebeu que uma encarnação toda, ou mesmo muitas, podem servir apenas para te moldar num determinado perfil que seja útil para uma tarefa, então certos sofrimentos nem carma seriam, como muitas outras coisas podem não ter nenhuma relação com as explicações que se dá por aí nas diversas doutrinas.

A única certeza que se pode ter é que tudo segue um propósito maior.  Mas infelizmente, se uma pessoa não conseguir perceber isso, ela se sentirá a vida toda como se estivesse num barco perdido em meio ao mar revolto, e aí nenhuma explicação a satisfará. Não tem o que fazer exceto viver, procurar amadurecer emocionalmente, se informar, buscar na espiritualidade, e  as vezes ela pode entrar num estado alterado por meditaçaõ, jejum, etc... e entoa perceber isso claramente. Mas se não procurar,. só raciocinando ela não vai conseguir entender nada, pode virar um daqueles todos que tem aos montes por ai, que tentam alegar que toda explicação espiritual é só uma fantasia que a humanidade cria para tentar dar sentido onde não há. 

 

 

 

 

 

 

  • Like 1
  • Thanks 1
Link to comment
Share on other sites

16 horas atrás, sandrofabres disse:

Mas só para ilustrar a complexidade da coisa com um caso real:

O líder do grupo de desobsessão em que trabalhei lembra da sua encarnação anterior. Ele era um cientista  belga que estava em Berlim, na época do nazismo. Devido à perseguição nazista a diversos grupos a família resolveu fugir para o campo. Ele e a esposa já tinham ido, mas a filha se atrasou então ele voltou à cidade para tentar encontrá-la, e foi identificado e capturado pelos nazistas. Terminou desencarnando num campo de concentração, e ainda moribundo jogado numa vala coletiva junto com diversos outros corpos.

 

Cara , desculpa-me perguntar ... mas esse líder atual guarda traços judaicos , ou ele aparenta uma personalidade bem diferente ?  Geralmente trazemos traços emocionais de outras vidas.    Antes era um cientista , ele tem envolvimento com ciência nessa encarnação ? :)^_^ 

 

 

 

 

 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

37 minutos atrás, Ashram disse:

guarda traços judaicos , ou ele aparenta uma personalidade bem diferente ? Geralmente trazemos traços emocionais de outras vidas

E você acredita em traços emocionais diferentes de uma etnia para outra???? Tanto ele quanto eu temos que ouvir  coisas como "você só pode ser ET!". Será que isso é diferente o suficiente? ehehhe

41 minutos atrás, Ashram disse:

ele tem envolvimento com ciência nessa encarnação ? 

Sim, tanto eu quanto ele trabalhamos cada um  em centros de pesquisas da universidade.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

17 horas atrás, sandrofabres disse:

Bom, mas ele ficou muito impressionado quando teve essa lembrança, porque ele percebeu que uma encarnação toda, ou mesmo muitas, podem servir apenas para te moldar num determinado perfil que seja útil para uma tarefa, então certos sofrimentos nem carma seriam,

Na minha opinião, o próprio fato de se escolher passar por uma determinada situação encarnatória apenas para "te moldar num determinado perfil" pode muito bem ser em si mesma uma conseqüência karmica.

Algumas pessoas pensam que a lei do karma age apenas dentro do panorama daqueles que estão encarnados no plano físico. Eu vejo karma como uma lei mais universal e dentro deste panorama, quando alguns mentores direcionam uma pessoa para encarnar numa situação que seja apenas preparatória para o que se fará em outra encarnação, esses mentores estão sendo agentes de karma mesmo que não o percebam. Estão direcionando este espírito de acordo com seu karma mesmo que eles mesmos não saibam disso. Eles mesmos estão sendo movimentados pela lei do karma enquanto atuando como mentores em um plano mais sutil.

19 horas atrás, Yukio1102 disse:

Então, não quero falar de sofrimentos que todo mundo passa até descobrir que a felicidade está dentro de nós ou etc. Quero falar de problemas mais "pesados" por assim dizer. Como  tortura, moradores de rua, fome, abusos, sofrimento nos tempos de guerra e etc. Por que isso afinal? Para no futuro aprendermos ou então por karma? 

Enquanto se está vivo, se está suscetível a sentir dor pois a dor na vida é inevitável. O sofrimento por outro lado, é opcional.

Você mesmo está colocando muito peso no sofrimento. Todas estas coisas que você pensa serem sofrimentos horríveis só o são por conta da ignorância. Todas estas coisas, não passam de um pequeno desconforto como uma coceira que te incomoda num instante e no outro já passou dentro do panorama da consciência imortal. Você não consegue compreender estas coisas porque está olhando dentro do ponto de vista de apenas uma existência, uma encarnação. Mas mesmo quando não houverem mais encarnações a consciência ainda vai estar lá, ainda vai existir e o tempo de uma vida para ela será então insignificante como o tempo de uma respiração o é para uma pessoa. Você nem pensa nisso, só respira. E se as vezes, ao respirar, sente algum cheiro desagradável no ar, isso é apenas um desconforto passageiro.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

 

eu sei que essa reflexão nada tem a ver com o post , mas preciso lançar.. 

Várias correntes espíritas e umbandistas alegam que Hitler já viveu uma encarnação como rei David , rei dos judeus ...  Como pode ser possível ainda hoje ver adorações e salmos à David , se ele já foi Hitler ( supondo ser verdade ) e arruinou os judeus  ?  Não parece fazer muito sentido isso , se um judeu ouvir rsrsrs

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Não vejo problema exatamente porque as etnias nada tek a ver com o pastel. Se voce tem.traços de personalidade que te levam a ser tiranico e racista, basta nascer em outro povo e voce continuara exercendo esses mesmos traços, mas talvez agora contra  o povo que uma vez ja foi o seu. Defender esye ou aquele povo é algo da memória, que se apaga entre as encarnações. Ja agir de determinada maneira diante das situações que se apresentam é algoias profundo, que nao muda assim tão facil só com a amnésia das reencarnações.

Se voce reparar, os judeus sempre foram racistas, faz parte da cultura deles se considerarem o "povo eleito", e procurarem casar apenas entre si. Entao não parece que se Hitler foi o rei David isso signifique uma mudança, me parece a mesma coisa, o rei de seu povo racista achando que esse povo estava sendo prejudicado por uma etnia estrangeira, impura, morando no seu país.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

18 horas atrás, sandrofabres disse:

Momento educacional: a questão olho por olho, dente por dente, que aparece na bíblia e conhecemos como a "lei do talião", é porque naquela  época se alguém de uma tribo vizinha matasse um irmão seu, você reunia seu grupo , ia até aquela tribo e matava TODOS.

Isso foi bastante interessante! kkkk :-D   Não sabia que foi assim, que bom que foi hahhaha.   

 

18 horas atrás, sandrofabres disse:

Por isso as vezes umas tres pessoas não conseguem de jeito nenhum pegar o avião que cairá logo após decolar. O avião cair fazia parte do acidente, mas as pessoas que conseguiram entrar nele foram selecionadas pelo karma, e as que não tinham aquele karma forma impedidas de pegar o avião por uma sequência inacreditável de "coincidências".

Caramba, agora que você falou, acredito que já tenha acontecido com todo mundo. Antes de ocorrer algum momento ruim, como assalto, tiroteio ou acidentes, acontecem x motivos no momento para não tomar a mesma rota, ou se atrasar por alguns minutos e etc. Já me livrei de um assalto simplesmente  porque achei que tinha me esquecido de dizer 'tchau' para um colega. hahaha acho que tem algo haver.

 

19 horas atrás, sandrofabres disse:

A única certeza que se pode ter é que tudo segue um propósito maior.

Muito obrigado pela resposta, sandrofabres. Realmente me ajudou

Link to comment
Share on other sites

19 horas atrás, MichelleA disse:

Agora se vc já saiu do estado de ignorância, pelo menos não vai ficar gerando tanto carma que te prende ao ciclo reencarnatório. E conforme vc for trabalhando isso em vidas, vai chegar um momento em que vc simplesmente não gerará mais carma e se quiser, nem precisará encarnar.

Obrigado pela resposta :-D   o jeito é continuar expandindo a consciência e tentar ser menos ignorante a cada dia.

Link to comment
Share on other sites

1 hora atrás, Ashram disse:

 

eu sei que essa reflexão nada tem a ver com o post , mas preciso lançar.. 

Várias correntes espíritas e umbandistas alegam que Hitler já viveu uma encarnação como rei David , rei dos judeus ...  Como pode ser possível ainda hoje ver adorações e salmos à David , se ele já foi Hitler ( supondo ser verdade ) e arruinou os judeus  ?  Não parece fazer muito sentido isso , se um judeu ouvir rsrsrs

Relendo aqui acho que respondi mal sua pergunta, kkk. Você não estava questionando se fazia sentido Hitler ter sido o rei Davi, mas sim o que um judeu pensaria ao descobrir essa afirmação dos espíritas né? Acho que eles diriam:

 

'Estão vendo porque a lei de Moisés condenava consultar os mortos? Eles só falam mentiras! Onde já se viu dizer que nosso grande rei Davi voltou como Hitler??? "

significado-fariseu-saduceu.jpg

Citar

Levítico 19:

26 Não comereis coisa alguma com o sangue; não agourareis nem adivinhareis.

31 Não vos virareis para os adivinhadores e encantadores; não os busqueis, contaminando-vos com eles. Eu sou o Senhor vosso Deus.

DEUTERONÔMIO 18:

9 Quando entrares na terra que o Senhor teu Deus te der, não aprenderás a fazer conforme as abominações daquelas nações.
10 Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro;
11 Nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos;
12 Pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao Senhor; e por estas abominações o Senhor teu Deus os lança fora de diante de ti.
 

 

Kkkkkkkkkk

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...