• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Ashram

Reparação de carma

Recommended Posts

 

É possível se desfazer de um carma brabo depois de se arrepender do ato ? (ainda no plano físico)

exemplo: cometeu adultério e fugiu da família kkkk  depois voltou e se arrependeu , e pagou pelas maus feitos.   Ou ainda , fez magia negra , se arrependeu e pagou pelas prejudicâncias feitas . 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quem decide se vice pagou sao aqueles a quem voce ofendeu. A semeadura é livre, a colheita é obrigatória. Mas se conseguir de fato anular todas as emoçoes negativas geradas, e laços com entidades, acho que elimina sim. ACHO. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu estava lendo esse tópico e lembrando que esses tempos li algo sobre os Senhores do Karma ou da Lei, acho que foi até num site da gnose ou sobre fraternidade branca. Tratava de que podemos “negociar nosso Karma” com estes Senhores por meio de arrependimento verdadeiro e também por boas ações e caridade aos demais.

Neste texto também dizia que em espiritualidade nem tudo é como pensamos, a lei de causa e efeito não é tão “redondinha” assim como pensamos porque temos atenuantes e agravantes aí. As coisas não são tão absolutas como pensamos, pois tudo é energia e essa energia está em constante transformação. Isso quer dizer que existe salvação para aqueles que se arrependem verdadeiramente, mudam suas atitudes e buscam de alguma maneira corrigir o erro, seja desfazendo oque fez quando possível, ou remediando através de boas ações e caridade. Ufa...que assim seja, afinal todos erramos neste plano.

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas isso no que se refere à visão gnóstica sobre Tribunal do Karma:

https://www.gnosispratica.com/pratica-com-a-lei-v-m-rabolu

http://www.gnosisonline.org/foruns/topico/a-pratica-da-cruz/

Já resolver com as pessoas a quem você prejudicou é outro papo, porque elas vão exigir seu direito de vingança.

Share this post


Link to post
Share on other sites
50 minutos atrás, sandrofabres disse:

Mas isso no que se refere à visão gnóstica sobre Tribunal do Karma:

https://www.gnosispratica.com/pratica-com-a-lei-v-m-rabolu

http://www.gnosisonline.org/foruns/topico/a-pratica-da-cruz/

Já resolver com as pessoas a quem você prejudicou é outro papo, porque elas vão exigir seu direito de vingança.

Sandro, você já foi instrutor da gnose, qual sua opinião a respeito disso? 

Me parece que os kardecistas tem uma visão parecida com a da gnose no que diz respeito à fazer boas ações para se obter perdão pelos pecados...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Como eu postei ali, são dois fatores deparados.

Falando como instrutor gnóstico então:

A questão é que quando você está morrendo, passa pelo "juízo" interno, você vê sua vida passar de trás para frente, em três veloicdades diferentes, a primera muito rápida, num flash. A segunda mediana, e a terceira demorada. O processo todo leva cerca de três dias. Algumas pessaas que escaparam de acidentes fatais, descrevem esse primeiro juízo, o de ver a vida toda passar num flash.

Desse juízo sai uma "nota chave", um backup geral, que se relaciona com seu carma da próxima vida, podendo inclusive determinar sequelas no futuro corpo físico, porque o backu afetr´a formação do próximo corpo etérico, que é o molde do corpo físico. Entoa nesse momento as doenças congênicas e genéticas já ficam fixadas. A nova encarnação é um "exercício da Lei".

O balanço de contas portanto só é feito ao final de cada desencarne.

Porém sabendo como, é possível negociar com esse tribunal do karma. Para isso, obviamente você tem que ter já acumulado crédito. Mas isso não se faz vivendo sua vida apenas para cuidar do seu umbigo, que é o que a maioria das pessoas faz. Então para a grnade parte da população ,não tem o que fazer, seu carmaficou definido no momento do seu desencarne anterior, neta vida só resta aguentar.

Mas se a pessoa tem nesta vida algum tipo de dedicação a uma causa maior, pela humanidade, ela tem algum crédito, e então pode pedir para que se faça um acerto de contas ainda em vida. É disso que tratam os links que postei acima. Se será possível alterar algo ou não, depende da relação crédito -débito, não depende de intenção, boa vontade....

Mas note, isso se refere a situações de vida, que estão ligadas ao carma. Agora, no caso que o Ashram cita, envolveu magoar/prejudicar pessoas. Qualquer um de nós sabe o quanto uma palavra áspera de um ser amado as vezes nos machuca, por anos, por toda a vida. Imagine então atos mais concretos. A pessao pode dizer que perdoou, mas ainda alimentar rancores que ela não consegue controlar. E isso vai gerar  nergias negativas, na forma de ataques psíquicos inconscientes, e pode até determina uma relação de vingança na próxiam vida, porque nossa mente racional pode ter escolhido perdoar.. mas a razão faz ascoisas da boca para fora. Você desencarna, sua razão evapora junto com sua personalidade terrena, e o que fica é aquela mágoa no corpo astral. Na próxima vida você reencontra aquela pessoa, e aquela emoção está ali presente ainda vai ser acionada. E isso pode gerar uma relação de amor e ódio sem que nenhum dos dois possa saber a causa. Ou seja, na vida passada se acertaram...em tese...mas as emoções não foram de fato lavadas, e isso pode ter como consequência uma relação problemática, de fundo "cármico" sim, porém que não passa pelos "Senhores do Karma", passa apenas pelos encarnados envolvidos que precisam se acertar.

Por isso eu nao gosto de considerar tudo como karma. Um problema desses, de relacionamento afetado por maus atos, eu vejo como mera relação de causa e consequência. Já outras siutações mais impessoais, como nascer em zonas perigosas, em família muito pobre, com sequelas físicas, ter doenças degenerativas, eu já vejo como karma regulado pelo tribunal do karma mesmo, efeitos sem relação direta perceptível, com funçao educativa. Isso pode ser negociado, já as relações humanas problemáticas ,resultado de ações humanas anteriores, já é um assunto mais difícil.

EMBOOOORAAAA..... também se possa pedir ao tribunal do karma para afastar uma pessoa dessas da nossa vida. Entoa surgem fatores na vida dela que a fazem esquecer de nós, mudar de cidade, etc.

Havendo crédito, é possível.

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Compartilhando uma citação de Paramahansa Yogananda:

"19/02 - Amor Divino

O amor de Deus é tão envolvente que, não importa quais erros tenhamos cometido, Ele nos perdoa. Se nós o amarmos com todo o nosso coração, Ele limpa nosso karma.

Paramahansa Yogananda, Self-Realization Magazine

Diário Espiritual"

Share this post


Link to post
Share on other sites

Compartilhando uma citação de Paramahansa Yogananda:

"19/02 - Amor Divino

O amor de Deus é tão envolvente que, não importa quais erros tenhamos cometido, Ele nos perdoa. Se nós o amarmos com todo o nosso coração, Ele limpa nosso karma.

Paramahansa Yogananda, Self-Realization Magazine

Diário Espiritual"

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outra:

"Onde está sua liberdade? Como sobrou pouco dela! A liberdade que Deus lhe deu como a um filho, a liberdade de tocar a Via Láctea e sentir sua presença nas estrelas e nas flores - esta liberdade se foi completamente por causa das muitas influências sobre você.
   A maioria das pessoas é como uma antiguidade psicológica, frágil e quebradiça, com ideias e influências estabelecidas. Logo que você se senta em uma antiguidade desse tipo, ela se quebra! Por isso que os astrólogos indianos dizem que somos marionetes. Eu não acredito nisso. Acredito que é possível destruir qualquer karma que se queira. Se você fecha todas as portas e janelas de um aposento, a escuridão se instala. Mas se deixar entrar a luz, as trevas desaparecem na mesma hora. Até a escuridão que permeou uma caverna por milhares de anos desaparece assim que a luz entra. Você vai argumentar que a luz levaria cem anos para destruir todas essas eras de trevas? Seria uma tolice.
   Assim, temos muito karma de vidas passadas proveniente da civilização, nacionalidade, comunidade e família em que vivíamos; e também desta vida, com as influências atuais desta civilização, nacionalidade, comunidade e família; mas se percebermos que somos deuses, ficaremos livres do karma na mesma hora. Todo ser humano é feito à imagem de Deus. Se você encontra essa imagem dentro de si, como pode ter qualquer tipo de karma? Deus, como Senhor do universo, não tem karma, e se você sabe que está unido a Deus, não pode haver nenhum karma pra você.
    Uma cobra venenosa não é afetada pelo veneno que carrega. Também é verdade que a ilusão ou maya, que está na manifestação de Deus na criação e que nos afeta, não afeta a Ele. Isto não é justo, não é verdade? É por isso que Ele tem de nos dar a salvação; mas ela não virá se não a exigirmos.
    Sendo feitos à imagem de Deus, podemos estar livres de karma desde que reivindiquemos nossa herança divina. Você foi levado a crer exatamente no contrário. Acreditar no karma é dar força a ele. Por que acreditar que está preso? Pense: "Não sou um ser mortal. Sou filho de Deus." É assim que se corta a raiz do karma: "Além dos voos da fantasia, não tenho forma e permeio tudo o que vive. Liberdade não busco; prisão não temo. Pois já sou livre. Eu sou Ele, eu sou Ele, Santo Espírito, eu sou Ele." Mas assim que cede à ilusão de que é um ser humano, você permite que todo o karma do passado o envolva.
    Esta vida é um covil de ladrões, cujas influências roubam de você a herança divina. Quando você disser: "Não pertenço a esse lugar" e se esforçar por ir embora, não será mais um cativo contra a própria vontade. 
Resgate sua liberdade."

Paramahansa Yogananda, Jornada para a Autorrealização

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.