• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Thiago Henrique

Projeção com espírito se fingindo de mentor

Recommended Posts

Bom dia, galera!

Como ja relatei aqui, eu tenho bastantes projeções involuntárias, porem, ja estava a algum tempo sem me projetar e comecei a achar estranho.

Há duas semanas comecei a intensificar as técnicas e pedir ajuda aos mentores e percebi que não estou recebendo muita ajuda, apesar de senti-los as vezes.

Enfim, acordei hoje as 5h da manhã, fiz exteriorização e captação de energias, olve e tentei me projetar. Voltei a dormir e assim q meu corpo desligou, fiz um pouco de olve e esperei uns segundos para não acordar o corpo físico.

Estava deitado de barriga para baixo, porém, sai flutuando para cima sem problema algum, achei até fácil de mais para que não se projetava conscientemente ha alguns meses kkk

Agora fica interessante. Sai do quarto sem conseguir enxergar, pedi ajuda para os mentores e para que me levassem para ajudar alguem ou que me mostrassem o motivo de eu ter desenvolvido uma ansiedade fortissima recentemente (tive crises e me prescreveram fluoxetina. Nao estou tomando), nada aconteceu, continuei andando pela casa até que comecei a enxergar e ja estava em um lugar totalmente desconhecido. Resolvi flutuar e me vi em uma vila grande, muito antiga, cercada de florestas e perto de um rio, pois conseguia ver o mastro de um navio.

Fiquei feliz pela experiência e comecei a voar em direção a floresta quando, de repente, despenquei sem motivo algum e cai no chao meio sem jeito. Comecei a andar meio que automático em direção a uma trilha que me levava a  floresta e percebi que tinha duas mãos em meu ombro me guiando ja fazia algum tempo e que eu estava perdendo a lucidez, a primeira coisa que senti é que era um mentor, mas quase imediatamente intui que não era.

Olhei para tras abruptamente e empurrei o espirito, que nao me largava. Segurei-o pelos dois braços e mandei que tirasse as mãos de mim, ele só me encarava sério e dizia não, eu comecei a apertar os braços dele e gritar "tira a mão de mim", e a pedir ajuda aos mentores. Nisso chegou dois caras, estilo MIB, em um moto e começaram a assistir e dar risada, percebi que eram capangas desse que estava comigo.

Apesar de estar escrevendo esse relato imediatamente após acordar, o final começa a ficar um pouco difícil para lembrar, portanto, pode estar incompleto.

Em algum momento tive a ideia de colocar a mão na testa dele e faze-lo dormir. Fiz isso mas em alguns segundos ele já estava acordado de novo e apenas sorriu pra mim.

Continuamos nessa luta por um tempo e comecei a tentar ver a real aparência dele(40 anos, boa aparencia) mas era como se ele realmente tivesse aquele rosto, ate que perguntei quem ele era e senti como se ele fosse meu pai ou algum parceiro em outra vida e que não eramos boas pessoas, ele respondeu algo mas não lembro. Acredito que ao perceber isso, fui tirado de la e voltei ao corpo.

Considerações finais: apesar desse espirito aparentar ter 40 anos, ao acordar relacionei a uma projeção que tive a muito tempo com um velho que me matava, tenho ela em algum lugar aqui do forum .Enquanto escrevo esse relato ainda sinto um peso nos ombros e já venho sentindo isso a algum tempo. 

Alguem poderia me ajudar com isso?

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Thiago Henrique disse:

Estava deitado de barriga para baixo, porém, sai flutuando para cima sem problema algum, achei até fácil de mais para que não se projetava conscientemente ha alguns meses kkk

Mas claro, a posição corporal não afeta em nada a projeção, é puro mito. O que afeta é a velocidade de apagamento porque em geral é mais demorado para dormir se ficar de barriga para cima do que se virar de lado ou de bruços. É só por isso que o decúbito dorsal tem ALGUMA utilidade. O resto das justificativas é meio furada, para dizer o mínimo.

Quanto ao seu caso, só diria que essas entidades logo param de rir quando voce mostra que voce pode gerar sério desconforto/dano a elas. Mas é sua escolha a forma como ira.trata-las. Eu nao não aviso duas vezes para me soltar, se alguem me agarrar em astral:

http://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17087-exteriorizar-energias-é-perigoso-autor-lu-mello/&do=findComment&comment=74345

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pelo que você relata, pode ser uma obsessão com origem karmica.

Acredito que o mais indicado seja procurar um centro espírita para fazer um tratamento.

Nunca é demais, entretanto, lembrar que vale a pena investir também em reforma íntima. Nos casos de obsessão em que os mentores evitam intervir, geralmente a coisa é bilateral, ou seja, os dois lados se encontram enredados em uma dívida karmica por que o elo foi criado pelas ações dos dois, obsessor e obsedado que, geralmente mantêm um elo de amor e ódio que os acompanha através de várias encarnações numa situação que quando um encarna o outro fica de obsessor e conforme vão passando as encarnações os papéis vão mudando. Ou seja, os dois são obsessores que ficam presos um ao outro num círculo vicioso e repetitivo até que um dos dois consiga sair deste automatismo. O que geralmente se dá por esclarecimento e compreensão.

Nestes casos, é possível se sentir vítima ao olhar a coisa de forma limitada analisando o panorama que se apresenta apenas na presente encarnação mas ao olhar a coisa de um panorama mais macro é possível perceber a coisa de forma mais ampla. E os mentores possuem esta perspectiva mais global. Então não interferem até que percebam que ao menos uma das partes apresente sinais de que está pronta para sair daquele padrão automatizado e repetitivo.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
29 minutos atrás, Iogui disse:

Acredito que o mais indicado seja procurar um centro espírita para fazer um tratamento

Nunca fui em um centro espírita. Qualquer um serve?

 

30 minutos atrás, Iogui disse:

geralmente mantêm um elo de amor e ódio que os acompanha através de várias encarnações

Sim! Senti como se já o conhecesse e que não éramos boas pessoas quando estávamos encarnados juntos.

 

32 minutos atrás, Iogui disse:

Então não interferem até que percebam que ao menos uma das partes apresente sinais de que está pronta para sair daquele padrão automatizado e repetitivo.

Se eu pedir ajuda aos mentores para sair desse ciclo, eles podem começar a interferir?

Obrigado pelas resposta, Iogui!

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

3 horas atrás, sandrofabres disse:

Estava lendo o link que você me passou e você diz o seguinte:

"É, parece, mas não se iluda: algumas vezes me acontece isso também, só consigo empurrar o cara, que cai de bunda no chão, e ao levantar fica rindo meio espantado, me olhando como se eu fosse um doido. Como após passarem por isso, eles não revidam, não ficam brabos, não fogem....só posso deduzir que nessas situações eu de fato agi como um desmiolado, atacando um inocente por pura paranóia, e por isso a potência foi mínima (bloqueio dos mentores suponho) ."

Eu não ter conseguido apagar o cara por mais do que alguns segundos, pode ser por influencia dos mentores? Apesar dele estar segurando meus ombros e meio que me obrigando a seguir em uma direção, eu não sentia que estava sugando minhas energias, somente me guiando. O problema é que não gostei disso por ele não ser um mentor e por não sentir uma energia muito boa vindo dele, apesar de já conhece-lo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

É um misterio isso. Eu acredito que boa parte das tec icas de fefesa que funcionem bem com entidades oportinistas podem falhar com nossos obssessorrs misnintimos, pela afinidade que eles tem com nossa energia. SUPONHO. Se voce esta ha otuado a fazer as entidades dormirem e com esse é que falhou, pode significar algo diferente mesmo. Em geral quando nos tocam em seguida a gente acorda, em poucos segundos, pela vampirizaçao

 Mas se ele estava  fixo ali e voce nao acordava, entao pelo menos vampirizando ele nao estava. 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pela lógica, seus mentores te mostraram uma situação kármica, pela qual você vem sofrendo essa obsessão e como resultado, crises de ansiedade.

E ainda, permitiram que, no espaço/tempo, você entrasse em choque direto com a entidade, para que tivesse mais confiança no seu potencial. Conselho e café, toma quem quer: procure um centro espírita de boas referências em sua cidade.

Abraço!

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Thiago Henrique disse:

Nunca fui em um centro espírita. Qualquer um serve?

Qualquer um que seja sério e idôneo. Na dúvida, procure algum centro espírita kardecista, a estrutura deles torna mais difícil se aproveitarem da crença alheia e eles nunca cobram nada.

3 horas atrás, Thiago Henrique disse:

Se eu pedir ajuda aos mentores para sair desse ciclo, eles podem começar a interferir?

Só se eles percebem que será benéfico pra você. Que você está preparado e vai se empenhar pois a maior parte do trabalho tem que ser seu.

Procure ler, estudar, e olhar para dentro de si mesmo para identificar seus defeitos, pensamentos negativos que se repetem, pré-conceitos e coisas a modificar e que possam estar te prendendo nessa situação.

Mesmo que não seja exatamente este o teu caso, todas essas coisas só vão te fazer bem, não tem contra indicação ;)

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Aritmética disse:

Eu ando numa fase de desconfiança nesses seres conhecidos como "mentores

Interessante vc falar isso.

Tive um problema com um espírito que nao me deixava dormir e nem me projetar. Só consegui me livrar dele pq em uma dessas vezes que eu sai para o astral e o vi me olhando pela janela do quarto, resolvi confrontá-lo. Senti a presença de vários seres que me confortavam e me diziam como agir em relação espirito.

Acredito que essa tenha sido uma das duas vezes, que eu lembre, que seres realmente elevados tenham me ajudado. E aqui abro um adendo para dizer que eu só senti a presença deles e depois do amparo eles sumiram.

Em outras vezes que tive com "mentores", sempre me gerava um sentimento de desconfiança e que não eram mentores de verdade.

Em uma dessas vezes - não consigo me lembrar do que aconteceu, apenas tenho o sentimento de ter conversado horas com um ser com aparência de um senhor de 60 anos e olhos leitosos - apesar de a primeira impressão ser de estar conversando com um mentor, logo mudou para uma certa dúvida de quem ele realmente era. O que não aconteceria caso ele realmente fosse um mentor, acredito eu.

1 hora atrás, Aritmética disse:

Para algumas pessoas de ordens iniciáticas antigas, não existem consciências livres de reencarnação nas regiões baixas do astral e que a nossa mente não interpretaria fisicamente um ser elevado de verdade. Isso me faz pensar se não estamos sendo enrolados. 

Outro raciocínio que desenvolvi é de que não somos tão especiais assim a ponto de que consciências elevadas fiquem a nossa disposição.

Já pensei muito sobre isso mas evito comentar por ser bastante controverso e sempre acho que é coisa da minha cabeça.

Fico imaginando: o que nos garante que não existam seres que se passam por consciências elevadas apenas para acharmos que alguém está nos ajudando a melhorar, mas o intuito real seja nos manter mansos como gados enquanto eles tiram algum proveito sobre a situação. 

É como se fosse a névoa sobre a

 névoa, entende? 

Mas enfim, eu sei muito pouco para afirmar algo. É mais plausível que seja só encanação mesmo.

1 hora atrás, Aritmética disse:

Quando um ser "elevado" nos dá atenção é porque pertence a um grupo focado nessa missão (como Médicos sem Fronteiras) mas mesmo assim de acordo com a complexa agenda deles. Não é tão 'just in time' com gostaríamos.

Concordo plenamente!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Thiago Henrique disse:

Em uma dessas vezes - não consigo me lembrar do que aconteceu, apenas tenho o sentimento de ter conversado horas com um ser com aparência de um senhor de 60 anos e olhos leitosos - apesar de a primeira impressão ser de estar conversando com um mentor, logo mudou para uma certa dúvida de quem ele realmente era. O que não aconteceria caso ele realmente fosse um mentor, acredito eu.

faz sentido a sua desconfiança, li q essa aparencia de pessoa de idade é a mais utilizada pelos q se passam por mentores, justamente pra passar a impressao de bonzinho; tb ja li q os mentores estao numa outra faixa vibratória e por isso nao os enxergamos; mas isso sao coisas q li e nao sei por experiencia propria.

um conhecido meu estava vendo espiritos por clarividência e o alertei em relação a isso pq ele via justamente um senhorzinho de idade rindo pra ele.

creio, achismo meu, q para um mentor se mostrar deve haver um motivo maior q somente a jornada individual da pessoa, a exemplo do chico xavier com emanuel, q envolvia algo coletivo, e assim um mentor nao se mostraria por motivos simples quaisquer como simplesmente se defender de um obsessor.

vi em faq video saulo calderon, projetor experiente, dizer q certa vez um mentor o ajudou em defesa no astral, mas ele nao o via, so sentia a presença e ouvia a voz atras dele; pq nao se mostrar entao? havia necessidade? nao.

entao, quando alguem vem aqui e diz q viu cara a cara seu mentor fico c a pulga atras da orelha achando q era alguém se passando ou invenção.

mas posso estar enganado e realmente os mentores aparecem por motivos simples para projetores, vai saber.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, bandeira disse:

entao, quando alguem vem aqui e diz q viu cara a cara seu mentor fico c a pulga atras da orelha achando q era alguém se passando ou invenção.

mas posso estar enganado e realmente os mentores aparecem por motivos simples para projetores, vai saber.

Sua desconfiança é válida 

Eu já fico em dúvida quando alguém aparece para mim dizendo ser mentor, imagina quando é outra pessoa vendo hahahaah

Mas como eu disse acima, pode ser só paranoia nossa mesmo.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Aritmética disse:

Outro detalhe que noto é que de todas as minhas "experiências" eu posso contar nos dedos algumas que realmente representam situações lúcidas que comprovam a existência desse mundo oculto. Passei por algumas projeções bem lúcidas próximas a minha casa onde testei a física do ambiente e brinquei com a condição pesquisando quanto devia pesar, o grau da densidade da atmosfera (parece líquido) e a textura da matéria sutil (podemos atravessar). Outra vez (meu primeiro post) passei por uma situação bem traumática que associo a uma verdadeira abdução. Esse evento foi BEM físico e não tem como minha mente daqui não aceitar o acontecimento. Disse tudo isso para exemplificar que quando a experiência é 100% genuína e não tem consciências densas atrapalhando, a expansão ocorre de maneira bem palpável e gradativa além de ser perfeitamente aceitável pela mente física. Deve ter muita consciência densa presa ao solo por vários fatores/vícios e que nos mantém como rebanhos para extração de fluídos. Fiquem atentos pois até mesmo pessoas esotéricas estão sendo controladas mesmo tendo boa intenção.

Interessante seu comentário. Abre espaço para mais especulações, já que aqui no mundo físico é difícil ter certeza de algo.

Do mesmo jeito que você teve interesse em testar fisicamente o ambiente em que, teoricamente, esses seres vivem, alguns deles também podem ser consciências curiosas que estão fazendo testes em nós. Isso explicaria várias experiências de abdução.

Mas se já impossível para o nosso nível mental entender todos as nuances do mundo físico, imagine as do astral com suas várias dimensões. A nossa discussão aqui, não cobre nem a superfície da ponta do iceberg que é o astral. Vamos morrer sem saber nada kkkk

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.