• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Recommended Posts

Olá, hoje eu vim contar dois sonhos que tive bastante parecidos um com o outro. Faz um tempo em que sonhei eles, mas resolvi contar agora porque os não saem da minha cabeça.

Primeiro Sonho

Era uma tarde, eu havia chegado da escola e tinha ido dormir no meu quarto pois estava muito cansado.

Adormeci rapidamente e "acordei" em pé na porta onde divide a cozinha e a sala, estava bastante escuro. Eu lembro que estava com o celular na mão e de repente minha prima chega do meu lado e começa a me abraçar.

Porém, ela me abraçava com uma força que machuca muito. O estranho era que eu não conseguia ver o rosto dela, porque o lugar como eu disse, estava completamente escuro, iluminado apenas pelo celular.

Na hora em que ela me abraçou, pedi para que me soltasse, pois estava me machucando. Minha prima fez o que eu pedi, mas logo tornou a me abraçar mais forte do que dá última vez.

Segundo sonho

No segundo sonho, em vez de ter sido a minha prima, foi com minha avó.

Eu estava deitado na cama, o quarto era escuro mas ainda assim dava para ver os móveis. Por algum motivo, me levantei e comecei a chamar por minha avó, enquanto andava até a porta do quarto.

Chegando na porta, percebi que minha avó estava escondida, como se estivesse me esperando para assustar. Mas um detalhe me chamou a atenção, ela estava magra e a escuridão tapava o seu rosto. Porém, eu ainda conseguia ver nitidamente as roupas e as cores delas, mesmo no escuro.

Quando eu a avistei, ela veio caminhando em minha direção com os braços estendidos, como se fosse me pegar. Nessa hora, eu dei um passo para trás e caí sentado na cama de meu pai ( Pois meu quarto tem duas camas. Uma de casal que é a minha, e outra de solteiro do meu pai).

No momento em que caí sentado na cama, meu corpo paralisou completamente. Eu não conseguia gritar e nem me mexer.

"Minha avó" ainda continuava se aproximando, quando pensei em gritar, a voz não saiu, mas de algum modo isso assustou a avó, que parou de se aproximar e ficou encostada no guarda roupa me olhando.


Nesses dois sonhos, os detalhes que me chamaram a atenção foi que eu não conseguia ver os rostos delas pois a escuridão tapava, mas podia ver as roupas e os móveis, mesmo os locais sendo escuros dentro da minha casa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.