• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Leadbeater

Preso na catalepsia

Recommended Posts

Olá Projetores!

Consegui projetar com lucidez algumas vezes desde o ano passado quando iniciei a prática das técnicas do Saulo/GVA mas nunca havia passado pela situação de ficar "preso" no estado de catalepsia projetiva. Apesar de já ter feito algumas experiências lúcidas fora do corpo, o máximo que senti foram algumas situações de intensa vibração do corpo e a posterior saída já em Astral. 

Dia desses, após fazer as técnicas, senti meu corpo extremamente pesado e vibrando muito. Parecia que estava sendo eletrocutado. Meu corpo não respondia e não conseguia me "descolar" para sair no Astral. Não sei se comi demais naquela noite ou estava negativado mas foi assustador como nunca antes. Agora entendo o medo que alguns relatam e mesmo sabendo que não deve ter nada por ali (espero), a sensação é de que estamos desprotegidos, sem controle e à mercê do que possa estar por perto. Fiz um esforço gigante para conseguir sair daquele estado (parecia que meu corpo fisico pesava umas 5 toneladas e o psicossoma apenas algumas gramas) e dei apenas alguns passos exaustos no Astral até acordar num intenso salto na cama.

Com certeza estava com muito "sebo" astral. Vou comer apenas coisas leves antes de tentar as técnicas pois acredito que alimentação pesada é tão ruim e sebosa quanto álcool e outros vícios grudando o psicossoma no corpo físico. Dá para sentir o conflito de densidades. Espero que isso não se repita!

Abs e luz a todos!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sempre acontece comigo, a maioria das vezes quando estou voltado.

Quando acontecer isso Mentalize o cosmos para tentar sair dessa situação.

Se quiser acordar se concentre no dedo mindinho de qualquer mão e tente mover, provavelmente vai acordar.

Isso funciona comigo , não sei se irá funcionar com você , se puder fazer o teste se caso isso acontecer de novo deixa a resposta aqui para a gente compartilhar.

Abraço.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, sandrofabres disse:

Algum embutido derivado de carne de porco, que não seja rotineiro para você?

Eu acho que comi um hambúrguer daqueles "levemente" gigantes... :-(

Share this post


Link to post
Share on other sites
45 minutos atrás, Rafael Frog disse:

Sempre acontece comigo, a maioria das vezes quando estou voltado.

Quando acontecer isso Mentalize o cosmos para tentar sair dessa situação.

Se quiser acordar se concentre no dedo mindinho de qualquer mão e tente mover, provavelmente vai acordar.

Isso funciona comigo , não sei se irá funcionar com você , se puder fazer o teste se caso isso acontecer de novo deixa a resposta aqui para a gente compartilhar.

Abraço.

Boa! Farei isso. Nunca tinha acontecido comigo. Fiquei assustado.

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 horas atrás, Leadbeater disse:

Boa! Farei isso. Nunca tinha acontecido comigo. Fiquei assustado.

Mas ao fazer isso você vai acordar. A dica de Wagner Borges é justamente ficar quieto, calmo e só aguardar que o corpo astral logo se descola e você se projeta.

Claro que como o Sandro fala e recomenda aqui, não é interessante tentar usar a catalepsia como meio para se projetar devido o medo, mas uma vez que isso acontecer com você involuntariamente, por que não tentar uma projeção clássica com a paralisia? 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, FlavioK disse:

Mas ao fazer isso você vai acordar.

Ao fazer isto:

23 horas atrás, Leadbeater disse:

Se quiser acordar se concentre no dedo mindinho de qualquer mão e tente mover, provavelmente vai acordar.

Não isto:

23 horas atrás, Leadbeater disse:

Quando acontecer isso Mentalize o cosmos para tentar sair dessa situação

Que serve como técnica de separação. Também achoque se deve tentar aproveitar a oportunidade, desde que a pessoa consiga controlar o medo que parece ser um efeito colateral da proximidade do duplo projetado.

Citar

Então, por que não existem claras sensações de OBE vivenciadas durante os episódios de catalepsia? A resposta lógica é que uma projecção natural e espontânea já ocorreu, e que os sintomas da saída foram perdidas devido a velocidade da saída. Trata-se da sensação de queda que muitas pessoas sentem quando estão tentando adormecer. Eles sentem sensações súbitas de queda e se agarram na cama por reflexo. Trata-se de um mini-OBE. Se as pessoas reagirem lentamente para agarrar a beirada da cama, a catalepsia irá ocorrer.

Algumas pessoas afirmam ter sucesso na conversão da catalepsia em OBE, usando técnicas de projeção. Porém, isso geralmente não funciona na prática. E a maioria das pessoas estão com muito medo para lembrarem de fazer isso. Eles só querem que aquilo pare. Aqueles que tentam essa conversão costumam falhar. Eles costumam ficar ali paralisados até que a experiência termine, ou até que adormeçam. Se a catalepsia foi causada por um OBE, então seria logicamente impossível ter outra OBE. Isto pode explicar a elevada taxa de insucesso dessas tentativas de conversão de catalepsia em OBEs.

Se um episódio de catalepsia não tem sintomas de saída OBE, mas é mais tarde transformada em OBE, eu sugiro que a explicação para isso é que o duplo projetado voltou e logo em seguida projetou-se para fora do corpo novamente. Mas desta vez resultando em uma OBE normal. As memórias da primeira saída (a causa do episódio de paralisia) não são transferidas para a mente física. Não há nenhum traço do que causou a paralisia.

OBEs espontâneas e catalepsia parecem ser dois lados diferentes da mesma moeda. Às vezes uma OBE espontânea acontece e é lembrada. Em outros momentos, a paralisia acontece e é ela que será lembrada. As diferenças nestas experiências parecem ser causadas pelo efeito mind-split. Apenas um lado de um experiência espontânea é geralmente lembrado. As memórias da projeção normalmente são perdidos nesses casos por causa da excitação ou medo sentidos pelo corpo físico. Isso consolida as memórias da experiência como seNtida pelo lado do corpo físico.

Durante uma OBE, há consciência apenas enquanto há energia disponível. Quando o duplo projetado está ativo, ele drena o corpo/mente física, e o inverso também se aplica. Esta é a causa mais provável da maioria dos episódios de paralisia. Medo e terror muitas vezes acompanham a paralisia, às vezes com um sentimento tangível da presença vindo de uma direção em particular. O medo é desencadeado pela paralisia e intensificado pela reação combinada resultante da proximidade entre o corpo/mente física e seu duplo projetado. Este feedback pode ser particularmente forte durante uma OBE em tempo rea

http://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17032-textos-do-robert-bruce/&do=findComment&comment=74024

 

Tanto que o Bruce relata que teve esse medão aí mesmo sentado meditando. Mas como ele conseguia ver seu próprio corpo astral, sabia o que estava ocorrendo:

http://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17032-textos-do-robert-bruce/&do=findComment&comment=74017

 

 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, sandrofabres disse:

Tanto que o Bruce relata que teve esse medão aí mesmo sentado meditando. Mas como ele conseguia ver seu próprio corpo astral, sabia o que estava ocorrendo:

http://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17032-textos-do-robert-bruce/&do=findComment&comment=74017

Então, essa parte é que me deixa pensativo: "As memórias da primeira saída (a causa do episódio de paralisia) não são transferidas para a mente física. Não há nenhum traço do que causou a paralisia."

Lembro nitidamente que nessa "forçada" para me descolar (realmente) do corpo físico, senti como se estivesse rasgando a pele. Parece a sensação de arrancar uma fita "silver tape" do braço com força. Isso tudo parece ter ferido o meu corpo astral (acho eu) pois fiquei bem fraco e cambaleante por alguns poucos segundos antes de sentir como se a bateria tivesse acabado.

10 horas atrás, FlavioK disse:

Mas ao fazer isso você vai acordar. A dica de Wagner Borges é justamente ficar quieto, calmo e só aguardar que o corpo astral logo se descola e você se projeta.

Claro que como o Sandro fala e recomenda aqui, não é interessante tentar usar a catalepsia como meio para se projetar devido o medo, mas uma vez que isso acontecer com você involuntariamente, por que não tentar uma projeção clássica com a paralisia? 

O medo me dominou. Era como se eu estivesse inteiro ferido. Foi até um alívio voltar para o físico.

Essa parte reflete exatamente o que aconteceu: "O medo é desencadeado pela paralisia e intensificado pela reação combinada resultante da proximidade entre o corpo/mente física e seu duplo projetado. Este feedback pode ser particularmente forte durante uma OBE em tempo real."

Share this post


Link to post
Share on other sites

No começo eu tinha muito medo da catalepsia , achava que tinha alguma entidade em cima de mim e acho que acabava plasmando isso.

Mesmo que já aconteceu de eu estar projetado sem consciência andando na rua e alguém me abordar me segurar e eu voltar para o corpo em catalepsia e o obsessor voltar comigo e me xingar , dizer que vai me destruir essas coisas, isso aconteceu antes de eu estudar sobre projeção meados de 2014, essa época só via um cabelo loiro no meu rosto e mais nada, e ficava pedindo ajuda para meu mentor e Jesus, aí acordava.

Nessa época também já entrei em catalepsia e fique com medo queria ascender a luz do quarto e o interruptor era do lado da minha cama, aí eu ficava tentando ascender só que projetado em astral na minha cama kkk, não sabia oque estava acontecendo.

Hoje em dia uso muito a catalepsia para tentar projetar , eu começo a fazer as técnicas MBE, depois fico bem quieto e com a mente trabalhando para não dormir, aí começa vim imagens mentais, escuto uns (ouuu), ou coisas sem sentido, daí já sei que logo menos começa a catalepsia , tento não ficar muito "emocionados" se não Cabo perdendo a experiência, 

Depois disso não passa 5 Minutos e tá lá catalepsia , tento manter a calma e não pensar em nada Ruim se não aquilo vira um "pesadelo".

Na última vez Pensei no cosmos e quando fui ver estava de pé em cima da cama olhando a porta, mas com a emoção acabei ficando sem foco e o fiquei fraco e voltei

E em catalepsia você sente um estado vibracional muito bom.

 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 minutos atrás, Leadbeater disse:

Lembro nitidamente que nessa "forçada" para me descolar (realmente) do corpo físico, senti como se estivesse rasgando a pele. Parece a sensação de arrancar uma fita "silver tape" do braço com força. Isso tudo parece ter ferido o meu corpo astral (acho eu) pois fiquei bem fraco e cambaleante por alguns poucos segundos antes de sentir como se a bateria tivesse acabado.

Olha, acho isso altamente improvável. O corpo físico está na terceira dimensão, o etérico na quarta e o astral na quinta. 

Sendo três corpos diferentes, cada um na sua dimensão própria, não parece possível que um possa fazer qualquer estrago no outro. Seria algo similar a ovcê achar que pode dar um tapa na cara de um fantasma, usando sua mão física. 

Por outro lado, se você reler as explicaçõs do Bruce, parece haver a FORMAÇÃO de um "corpo artificial" para projeção por poucos metros, que é o "duplo projetável", ou "duplo em tempo real". Esse corpo parece ser um simulacro composto de energia etérica, que o "corpo astral propriamente dito" sai vestindo durante alguns metros, mas logo se desvencilha dele uando se afasat da zona do cordão de prata.

Ou seja, ao sair do corpo físico o corpo astral sai vestindo um invólucro energético, composto de energia etérica. Como a energia etérica não pode se afastar do corpo físico enquanto este estiver vivo, você só consegue usar esse invólucro artificial enquanto não se afastar mais que uns 4-6 metros,  oque significa dentro do quarto ou o início do próximo aposento.

Por isso ao se afastar do corpo o peso, sonolência e visão borrada tendem a desaparecer, porque ao se afastar, esse invólucro  de energia etérica é puxado de volta para o corpo etérico.

É por isso que nos experimentos científicos feitos no século XIX, com efeitos físicos de mover objetos, impressionar chapas fotográficas, ou materalização, os efeitos eram produzidos a poucos metros da médium projetada. 

Esse duplo projetado precisa ser "formado". Quando a gente não espera o suficiente, acontece o que você descreveu ,sai arrancando tudo. Mas não creio que haja lesão ou fraqueza, trata-se apenas de um invólucro para o corpo principal, o astral, que já existe por si só. Apenas o invólucro precisa ser formado.

No meu caso já aconteceu de eu tentar sair e sentir que estava difícil mesmo. Então saí "arrancando tudo" também. O resultado é que saí em forma larval,como se fosse um lagarta humana, sem braços ou pernas. Ou como se estivesse preso dentro de um saco de dormir. Fiquei caído a cerca de 1,5m da cama, vendo todo  o quarto como se vê a noite mesmo, escuro,  oque indica que eu estava projetado na zona física real. Então fiz mais força e puxei um braço na marra, de dentro daquela estrutural larval. Senti literalmente a formação do braço e mão, dedos..voce sente fios esticarem e arrebentarem como se fosse uma goma ou borracha grossa. Mas não tem dor nisso.  Era como puxar 50kg com um só braço. Então ele descolou da estrutura central e pude apoiá-lo no chão, então fiz o mesmo com o outro braço. Tendo liberado os dois braços , consegui me arrastar até perto da porta do quarto, quando então a visão começou a clarear, e então me apoiei com os braços no chão e pude gerar uma perna, e foçar para ficar em pé, qunod então tudo clareou, e fiquei livre. Sem dor ou fraqueza, porém, quando a gente sai assim, sente essa energia densa como sendo muito pesada. Não é bem uma fraqueza, mas uma falta de força para segurar aquele peso todo.

Portanto, eu ACHO que por estar com medo da situação voce pode ter amplificado um pouco as sensações, criando a dor, a fraqueza, etc. Mas não posso dizer, não foi comigo né? Só o que posso te dizer é isso, já fiz similar, senti coisas  serem arrancada a ponto de arrebentar pedaços, e nada disso gerou dor ou fraqueza. Então sou levado a crer que a interpretação de ter gerado algum machucado só possa ser fruto da amplificação imaginativa, mas não dá para ter certeza. 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
20 minutos atrás, sandrofabres disse:

Olha, acho isso altamente improvável. O corpo físico está na terceira dimensão, o etérico na quarta e o astral na quinta. 

Sendo três corpos diferentes, cada um na sua dimensão própria, não parece possível que um possa fazer qualquer estrago no outro. Seria algo similar a ovcê achar que pode dar um tapa na cara de um fantasma, usando sua mão física. 

Por outro lado, se você reler as explicaçõs do Bruce, parece haver a FORMAÇÃO de um "corpo artificial" para projeção por poucos metros, que é o "duplo projetável", ou "duplo em tempo real". Esse corpo parece ser um simulacro composto de energia etérica, que o "corpo astral propriamente dito" sai vestindo durante alguns metros, mas logo se desvencilha dele uando se afasat da zona do cordão de prata.

Ou seja, ao sair do corpo físico o corpo astral sai vestindo um invólucro energético, composto de energia etérica. Como a energia etérica não pode se afastar do corpo físico enquanto este estiver vivo, você só consegue usar esse invólucro artificial enquanto não se afastar mais que uns 4-6 metros,  oque significa dentro do quarto ou o início do próximo aposento.

Por isso ao se afastar do corpo o peso, sonolência e visão borrada tendem a desaparecer, porque ao se afastar, esse invólucro  de energia etérica é puxado de volta para o corpo etérico.

É por isso que nos experimentos científicos feitos no século XIX, com efeitos físicos de mover objetos, impressionar chapas fotográficas, ou materalização, os efeitos eram produzidos a poucos metros da médium projetada. 

Esse duplo projetado precisa ser "formado". Quando a gente não espera o suficiente, acontece o que você descreveu ,sai arrancando tudo. Mas não creio que haja lesão ou fraqueza, trata-se apenas de um invólucro para o corpo principal, o astral, que já existe por si só. Apenas o invólucro precisa ser formado.

No meu caso já aconteceu de eu tentar sair e sentir que estava difícil mesmo. Então saí "arrancando tudo" também. O resultado é que saí em forma larval,como se fosse um lagarta humana, sem braços ou pernas. Ou como se estivesse preso dentro de um saco de dormir. Fiquei caído a cerca de 1,5m da cama, vendo todo  o quarto como se vê a noite mesmo, escuro,  oque indica que eu estava projetado na zona física real. Então fiz mais força e puxei um braço na marra, de dentro daquela estrutural larval. Senti literalmente a formação do braço e mão, dedos..voce sente fios esticarem e arrebentarem como se fosse uma goma ou borracha grossa. Mas não tem dor nisso.  Era como puxar 50kg com um só braço. Então ele descolou da estrutura central e pude apoiá-lo no chão, então fiz o mesmo com o outro braço. Tendo liberado os dois braços , consegui me arrastar até perto da porta do quarto, quando então a visão começou a clarear, e então me apoiei com os braços no chão e pude gerar uma perna, e foçar para ficar em pé, qunod então tudo clareou, e fiquei livre. Sem dor ou fraqueza, porém, quando a gente sai assim, sente essa energia densa como sendo muito pesada. Não é bem uma fraqueza, mas uma falta de força para segurar aquele peso todo.

Portanto, eu ACHO que por estar com medo da situação voce pode ter amplificado um pouco as sensações, criando a dor, a fraqueza, etc. Mas não posso dizer, não foi comigo né? Só o que posso te dizer é isso, já fiz similar, senti coisas  serem arrancada a ponto de arrebentar pedaços, e nada disso gerou dor ou fraqueza. Então sou levado a crer que a interpretação de ter gerado algum machucado só possa ser fruto da amplificação imaginativa, mas não dá para ter certeza. 

Na verdade, pensando bem, não senti dor. Devo ter antecipado ou sugerido dor por sentir esse rasgo de “matéria”. 

Você descreveu precisamente a sensação da saída forçada e o ambiente. Eu realmente estava com muito medo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa tarde 

Estávamos falando sobre isso e aconteceu de novo kk

Agora atarde dormi e estava sonhando, mas no sonho senti muito sono e fraqueza e comecei a dormir em pé literalmente,  me veio a ideia de fazer MBE , eu está a de olhos fechados no sonho e senti a energia passar pelo meu corpo, quando abri os olhos lá na verdade abri Aqui em catalepsia kk.

Dessas vez foi diferente estava tudo claro , mas eu estava pesado ainda olhei para minhas mãos e eu não tinha mãos , fui rastejando pela cama , olhei para a porta tinha alguém parado lá,  roupas claras , presença feminina com o rosto borrado , pensei no corpo voltei , acordei mas coisa de um segundo dormi de novo voltei para a mesma posição que estava antes e coisa de um segundo acordei de novo com um Estado vibracional muito forte, descido acordar de vez para rememorar se não seria perdida a lembrança.

Achei estranho fazer MBE no sonho

Para mim foi um avanço porque minha namorada estava dormindo comigo do lado e nunca tive nenhuma experiência com ela aqui sempre apago e acordo 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
49 minutos atrás, Rafael Frog disse:

1-fui rastejando pela cama , olhei para a porta tinha alguém parado lá,  roupas claras , presença feminina com o rosto borrado , pensei no corpo

2-voltei , acordei mas coisa de um segundo dormi de novo

3-voltei para a mesma posição que estava antes

Percebeu o que houve aí? 

Você não ficou voltando para o corpo e voltando para o astral. Você apenas alternou o despertar mais intenso: 

- num momento a consciência mais alerta era a astral (1)

no momento seguinte a masi alerta era a física (2), seu corpo astral continuava lá na mesma posição de antes, por isso ao ao desativar de novo a consciência física (2) você reativou a astral( 3) . Mas estava com as duas cópias ativas, ao mesmo tempo, uma no físico, outra no astral, como eu aqui ou aqui .

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Exatamente isso Sandro e como sentir dois corpos ao mesmo tempo, me incomodou um pouco o fato de eu não ter braços kkk.

Outra coisa curiosa é que o quarto tinha o dobro de Tamanho , e meu quarto é pintado de branco estava branco na projeção também porém muito mais claro.

Mais um fato curioso que tenho que pesquisar todas as vezes que estou nesse estado acordo com muita saliva na boca até babando kkkk

Sandro em sua opinião o fato de movimentar energias no "sonho" repercutiu para esse deslocamento? Ou foi apenas um extinto de desacedio? Nunca senti sono em sonho.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 minutos atrás, Rafael Frog disse:

Sandro em sua opinião o fato de movimentar energias no "sonho" repercutiu para esse deslocamento?

É, confesso que fiquei meio confuso com isso. Eu já fiz a OLVE estando projetado, clareia tudo, sua lucidez (mnete clara) e também a percepção ( a visão  desembaça, fica HD). Mas sem lucidez, em "sonho", eu nunca fiz. 

Vamos analisar por partes então:

1 hora atrás, Rafael Frog disse:

1-Agora atarde dormi e estava sonhando,

2-mas no sonho senti muito sono e fraqueza e comecei a dormir em pé literalmente, 

3-me veio a ideia de fazer MBE , eu estáva de olhos fechados no sonho e senti a energia passar pelo meu corpo,

4-quando abri os olhos lá na verdade abri aqui em catalepsia

5-Dessas vez foi diferente estava tudo claro , mas eu estava pesado ainda olhei para minhas mãos e eu não tinha mãos , fui rastejando pela cama , olhei para a porta tinha alguém parado lá,

1- estava sonhando ou estava projetado? Neste momento ainda não sabemos- 0x0

2- sentiu sono e fraqueza... parece sugerir que você estava projetado e deu algum problema energético. O que causa isso na projeção é o corpo começar a despertar, pois isso retira energia do corpo projetado, por isos surge a fraqueza. Em sonhos isso não acontece, voce desperta no corpo e o  sonho apenas se desfaz. Parece 1x0 para projeção

3- ter tido a idéia de fazer a OLVE (MBE são tres manobras, exteriorização, absorção e OLVE) pode ser apenas fruto da saturação mental sobre o assunto, mas poderia também ser um pequeno lapso de lucidez, ou seja, saber vagamente que estava projetado e portanto estava tendo problemas energéticos. 0x0

4- isso acontece tanto em sonho quanto em projeção. 0x0

5- estava tudo claro quando? quando abriu os olhos NA CAMA? OLHOU SUAS MÃOS DEITADO NA CAMA? E ENTÃO SAIU RASTEJANDO EM CORPO ASTRAL? Se foi isso, pareceria que ANTES era sonho, e só agora seria projeção. Porém a fraqueza anterior sugere que foi projeção antes também. Pode ter sido, e você voltou para o corpo para sair uma segunda vez (uma vez eu estava sonhando e acordei. Então decidi me projetar em seguid,a usando a tecnica da corda, e ao agarra a corda e conseguir me puxar para fora, agora eu estava de volta no ambiente do meu sonho anterior, só que agora ninguém naquele casa me enxergava, eu era um fantasma para eles. Ou seja, voltei em outra faixa, e não tinha sido sonho, mas projeção mesmo) 

 

Talvez nesse seu caso tenha sido algo misturado, note que ao acordar na cama, sentiu tudo pesado. Talvez...

a- voce estivesse sonhando, flutuando perto do corpo

b- começou a acordar, o que significa que seu corpo astral começou a ser puxado de votla paa o reenciaxe, e sentiu o peso de estar no corpo de novo

c- essa sensaçaõ de peso foi sentida lá no sonho (fantasia imaginada), e ao decidir fazer a OLVE voce terminou movendo as energias nãodo corpo de sonhos, mas do corpo etérico, onde seu corpo astral já estava embutido. E isso gerou o despertar na cama, já com visão clara, e permitiu nova saída.

 

Ou seja, acho que há possibilidade de a primeira parte ter sido projeção, mas não tem como ter certeza.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vamos lá vou tentar falar oque houve no "sonho" acho que foi projeção sem lucidez.

Estava no meu setor onde trabalho, chegou uma pessoa que trabalha comigo e disse vamos lá beber água, eu e eu fui , desci as escadas cheguei na cozinha, tinha uma segunda pessoa que trabalha comigo mas deitada com o rosto na mesa "fingindo" que estava descansado .

Fui beber água coloquei o copo no Bebedouro e começou me dar sono, até reclamei nossa que sono forte, meu olho foi fechando e fui querendo cair, aí por extinto mexi as energias de cima para baixo e fui fazendo isso.

Quando abri o olho estava em catalepsia deitado na cama, estava um ambiente bem claro , vi tudo nítido, menos o rosto da mulher da porta, e não senti a presença da minha namorada do lado.

Poder ser que a cede que eu estava no "sonho" me fez voltar , ou foi o encostonildo da cozinha que estava tapando o rosto , mas ele não me tocou não.

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 minutos atrás, Rafael Frog disse:

foi o encostonildo da cozinha que estava tapando o rosto , mas ele não me tocou não.

Voce deve ter dado as costas para ele ao ir pegar agua, kkkk

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, sandrofabres disse:

Voce deve ter dado as costas para ele ao ir pegar agua, kkkk

Nossa só de dar as costas eles drenam? De fato dei as costas kk

Ainda mais falar para eu descer e ir beber água bem suspeito, mas em nenhum momento tive lucidez de pensar em ser projeção infelizmente.

Por isso do estado vibracional, se ele drenou foi bem pouco acordei tranquilo revigorado até haha

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
19 minutos atrás, Rafael Frog disse:

Nossa só de dar as costas eles drenam? De fato dei as costas kk

Sim, kkkk. Acho que eles se aproximam por tras e voce so nota a perda de enrgia,,nao detecta eles. Comigo nunca aconteceu,,mas ja me contaram alguns relatos por mp. Ta tudo bem, o cara passa ppr um grupo de entidades ali e ... Pimba a vusao desfoca,,da fraqueza, e.o cara nem.se liga de se virar e olhar para ras, poruqe a lucidez vai junto né?

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vim comentar algo interessante aqui no tópico , por ser algo curto não quis criar um tópico para isso.

Despertei lucidez novamente em uma casa que morei quando criança, já que não gosto do ambiente que é pesado, pensei no corpo e desejei voltar 

Voltei em catalepsia e de barriga para cima, na altura do teto novamente muita coisa escrita me recordo de ler (porém quando acordei não faço idéia do que estava escrito) , dessa vez senti super no controle da catalepsia, mesmo estando paralisada.

O interessante é que sentia meu corpo físico deitado de barriga para baixo, e meu corpo astral de barriga para cima, nessa momento intuitivamente me virei no astral e me encaixei no corpo Físico, senti uma sensação de completo relaxamento , acordei e em menos de 10 segundos voltei a dormir.

Estou controlando melhor a catalepsia, e vejo que não é algo assustador ou atormentador.

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.