• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Sign in to follow this  
Leadbeater

O que seria um "espírito fragmentado"?

Recommended Posts

Olá Viajantes,

Numa conversa com uma uma consciência recebi algumas informações sobre um parente próximo que desencarnou recentemente. Dentre elas estava a de que a pessoa encontrava-se em um estado fragmentado e que ela precisa passar por aquilo sozinha sem termos como ajudar além de enviarmos amor.

O que seria um "espírito fragmentado"?

Muita paz e luz a todos! /\

Share this post


Link to post
Share on other sites

Talvez algo como um transtorno dissociativo de identidade ou algum outro tipo de desordem psíquica como esquizofrenia? Isso interpretando como um estado mental patológico do tipo que se encontra entre encarnados.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 horas atrás, Adriano disse:

Talvez algo como um transtorno dissociativo de identidade ou algum outro tipo de desordem psíquica como esquizofrenia? Isso interpretando como um estado mental patológico do tipo que se encontra entre encarnados.

Imagino algo como uma consciência em estado de baixíssima lucidez e com esse transtorno dissociativo de identidade a nivel espiritual.

Se for isso, então a busca da manutenção da lucidez e a da expansão da consciência são mais importantes do que muitos imaginam.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 11/20/2018 at 05:51, Leadbeater disse:

O que seria um "espírito fragmentado"?

Penso que fragmentação da alma é quando se há uma subdvisão de um determinado espirito em outros menores para poder ficar mais fácil de tratar determinadas situações que ele tenha que aprender. É meio difícil de encontrar um bom exemplo para isso.

Mas não se engane, eu ou você podemos ser fragmentações de uma alma mais  forte ( ou de tamanho ego que impossibilita viver certas coisas) que só fragmentando ela para conseguir fazer passar por determinadas situações/aprendizados para poder crescrer espiritualmente.

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se você pensar em programação paralela ficará mais fácil( pelo menos para mim hehe) . Um processo tem um programa para executar, se ele se dividir em subprocessos e cada subprocesso se fragmentar em outros subprocessos, cada subprocesso terá uma pequena parte do programa inicial para executar ( mais fácil e mais rápido para executar). Se programar isso da forma correta a execução do programa será bem mais rápida.

Na figura abaixo, um processo teria 8 elementos para somar. Mas se ocorrer as subdivisões cada processo terá, paralelamente, 2 elemntos para somar. Depois eles vão somando recursivamente até voltar ao processo inicial.

 

 

 

 

 

fragmentation.png

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
17 horas atrás, Minato disse:

Se você pensar em programação paralela ficará mais fácil( pelo menos para mim hehe) . Um processo tem um programa para executar, se ele se dividir em subprocessos e cada subprocesso se fragmentar em outros subprocessos, cada subprocesso terá uma pequena parte do programa inicial para executar ( mais fácil e mais rápido para executar). Se programar isso da forma correta a execução do programa será bem mais rápida.

Na figura abaixo, um processo teria 8 elementos para somar. Mas se ocorrer as subdivisões cada processo terá, paralelamente, 2 elemntos para somar. Depois eles vão somando recursivamente até voltar ao processo inicial.

 

 

 

 

 

fragmentation.png

Seríamos todos subdivisões de uma macroconsciência evolutiva, divididos para tratar o desenvolvimento de acordo com as complexidades aplicáveis a essa macroconsciência, para facilitar o processo evolutivo geral?

Então na teoria se um dia conseguíssemos tratar do nosso processo evolutivo nesta forma de consciência, passaríamos para próximos níveis, chegando cada vez mais próximos do absoluto?

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Citar

Então na teoria se um dia conseguíssemos tratar do nosso processo evolutivo nesta forma de consciência, passaríamos para próximos níveis, chegando cada vez mais próximos do absoluto?

Em TESE é mais ou menos isso que ocorre em toda a Criação. Cada um seria uma partícula/centelha/fragmento/holograma/fractal do Absoluto/Todo/Deus/Criador. O grande trabalho consiste em descobrir a ligação com essa consciência universal dentro de si mesmo até o ponto de virada, no qual se deixa de ser homem para se tornar um super-homem desperto e plenamente ciente de si mesmo como uma fração do Criador. Mas o super-homem não é o fim da jornada, é o fim de nossa jornada atual, da realidade física. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas é possível estar tão fragmentado a ponto de não gerar um grau de lucidez suficiente para ter consciência do desencarne? O ser fica suspenso por um tempo?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 22/11/2018 at 11:44, Infinite disse:

 

Em TESE é mais ou menos isso que ocorre em toda a Criação. Cada um seria uma partícula/centelha/fragmento/holograma/fractal do Absoluto/Todo/Deus/Criador. O grande trabalho consiste em descobrir a ligação com essa consciência universal dentro de si mesmo até o ponto de virada, no qual se deixa de ser homem para se tornar um super-homem desperto e plenamente ciente de si mesmo como uma fração do Criador. Mas o super-homem não é o fim da jornada, é o fim de nossa jornada atual, da realidade física. 

@Infinite

quando puder responder tenho uma duvida.

li vc falando sobre sermos todos um; essa percepção do “somos todos um” vem de alguem q ja tenha ativado a kundalini? ou pela meditação nem chegando a isso (vi alguem falando algo parecido; tb ja li q atingir esse estado é muito dificil)?; ou isso vem da gnose?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Falta de integração psíquica. Vários motivos geram essa fragmentação por exemplo: traumas. Imagine um lago calmo com uma onda constante advinda do centro do lado por um corpo vibrante ondas+no+lago+f%25C3%25ADsica.jpg

O objeto vibrante é o espírito com a mente em harmonia. Já um lago com várias ondas de fontes vibratórias diferentes

images?q=tbn:ANd9GcSz46o6On3s2Dz84gDMepGseria essa mente fragmentada por algum trauma que gerou desarmonia vibratória. A tese para solucionar é encontrar a origem das desarmonias e tratar. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 18/03/2019 at 23:44, bandeirapvh disse:

li vc falando sobre sermos todos um; essa percepção do “somos todos um” vem de alguem q ja tenha ativado a kundalini? ou pela meditação nem chegando a isso (vi alguem falando algo parecido; tb ja li q atingir esse estado é muito dificil)?; ou isso vem da gnose?

Considere, se desejar, que as nossas mentes são dividas em mente consciente e mente inconsciente. Entre essas duas, há uma espécie de véu do esquecimento as separando. Se a mente inconsciente estivesse plenamente disponível, não apenas toda a realidade espiritual seria óbvia, mas haveria a percepção clara de que todos são um, este um sendo o Criador. Para que a experiência nessa dimensão possa ocorrer o esquecimento é necessário. 

Entretanto, esse véu é semi-permeável e através do trabalho meditativo e afins, estados superiores de consciência são alcançados e ele se torna cada vez mais penetrável. É meu entendimento que existem 7 níveis básicos de consciência que estão relacionados com até onde a kundalini subiu em relação a um dos 7 chakras. De acordo com descrições (já que ainda não atingi esse estado), quando a serpente se desenrola até o nível do chakra cardíaco, ocorre o primeiro despertar espiritual e o buscador experimenta o amor universal e percebe a ligação de si mesmo com todos os seres vivos. Esse é o ponto aonde o "somos todos um" começa a se tornar um fato. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, Infinite disse:

Considere, se desejar, que as nossas mentes são dividas em mente consciente e mente inconsciente. Entre essas duas, há uma espécie de véu do esquecimento as separando. Se a mente inconsciente estivesse plenamente disponível, não apenas toda a realidade espiritual seria óbvia, mas haveria a percepção clara de que todos são um, este um sendo o Criador. Para que a experiência nessa dimensão possa ocorrer o esquecimento é necessário. 

Entretanto, esse véu é semi-permeável e através do trabalho meditativo e afins, estados superiores de consciência são alcançados e ele se torna cada vez mais penetrável. É meu entendimento que existem 7 níveis básicos de consciência que estão relacionados com até onde a kundalini subiu em relação a um dos 7 chakras. De acordo com descrições (já que ainda não atingi esse estado), quando a serpente se desenrola até o nível do chakra cardíaco, ocorre o primeiro despertar espiritual e o buscador experimenta o amor universal e percebe a ligação de si mesmo com todos os seres vivos. Esse é o ponto aonde o "somos todos um" começa a se tornar um fato. 

obrigado pela resposta.

em um livro q li sobre chakras o autor fala semelhante ao q vc disse, dessa percepção apos um trabalho intenso e longo c meditação chakras e kundalini; nao tenho certeza mas creio q foi no livro do de rose, eu teria q verificar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, bandeirapvh disse:

obrigado pela resposta.

em um livro q li sobre chakras o autor fala semelhante ao q vc disse, dessa percepção apos um trabalho intenso e longo c meditação chakras e kundalini; nao tenho certeza mas creio q foi no livro do de rose, eu teria q verificar.

Eu ando estudando muitos livros sobre o tema, inclusive de autores indianos e a informação é sempre semelhante. Então, é normal que você encontre as mesmas observações, embora os detalhes possam variar de uma fonte para outra. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Infinite disse:

Eu ando estudando muitos livros sobre o tema, inclusive de autores indianos e a informação é sempre semelhante. Então, é normal que você encontre as mesmas observações, embora os detalhes possam variar de uma fonte para outra. 

verifiquei aqui.

o livro foi “teoria dos chakras”, de hiroshi motoyama; há um capitulo q ele relata as experiências decorrentes do trabalho c os chakras.

acho q vc vai gostar desse livro.

qualquer coisa tenho o link do googledrive dele; e o mesmo link q ja postaram no forum c varios livros em pdf.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, bandeirapvh disse:

verifiquei aqui.

o livro foi “teoria dos chakras”, de hiroshi motoyama; há um capitulo q ele relata as experiências decorrentes do trabalho c os chakras.

acho q vc vai gostar desse livro.

qualquer coisa tenho o link do googledrive dele; e o mesmo link q ja postaram no forum c varios livros em pdf.

É, esse livro é um dos melhores sobre o tema. Inclusive, eu dei uma olhada nessa parte ai que você falou hoje. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this