• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Sign in to follow this  
Leadbeater

Projeção em viagem + visualização

Recommended Posts

Olá Viajantes,

Que bom que o fórum voltou. Estava com saudades. 😊

Passei um período fora e durante a minha estadia numa casa lá, consegui uma breve projeção semi-lúcida.

Tive alguns problemas inesperados relacionados a aluguel de veículo e acabei tendo um dia que precisou de bastante controle para não se tornar negativo. Só sei que cheguei "em casa" exausto e só conseguia pensar em desmaiar na cama. Fazia muito frio lá fora e dentro da casa estava, digamos, meio calor demais. Tomei banho e me joguei na cama (por sinal bem confortável). Cheguei a pensar em projetar mas fiquei meio receoso por se tratar de um local muito antigo. Como de costume, movimentei as energias, virei de lado e apaguei.

Logo percebo que estou fora do corpo e tem um cara chateado com o que aconteceu comigo durante o dia e disse que era melhor devolver o carro e usar Uber! hehehe. Era uma consciência nativa mas me recebeu super bem e deu para perceber que estava preocupado com a minha primeira impressão da cidade. Comentei que sabia que isso não tinha nada a ver e que estava adorando. Ficamos batendo papo na frente da casa e notei que não sentia mais frio. Estava agradável. Tentei caminhar pela rua mas acabei perdendo a sintonia. No dia seguinte, devolvi o carro e passei a usar apenas Uber. Economizei um monte!

Dois dias depois, caminhando com minha família no centro da cidade, noto um senhor cadeirante bem mal vestido e com roupas não compatíveis com o frio que estava fazendo no momento somado a uma garoa virando quase neve. Frio de arder. Cheguei perto do senhor para tentar ajudar pois ninguém dava bola. Ainda pensei: "Nossa, isso justo num local que se diz super materialmente evoluído, se promove bastante, etc,...". Perguntei se precisava de ajuda e ele me olhou bem nos olhos e perguntou se eu poderia pagar um café quente para ele. Disse que sim e depois de agradecer disse se eu não poderia empurrar ele até uma ruazinha logo acima onde tinha um local da preferência dele. Concordei e fui levando enquanto minha família ficou olhando lá embaixo. Notei que deveria ser veterano de guerra pelo tipo de vestimenta mas preferi não perguntar. Viramos a esquina e ele disse que ali já estava bom. Olhei bem e não vi nenhum café por perto. Ele agradeceu, eu desejei boa sorte e notei que segui sendo observado.

Voltei para a minha família e continuamos o passeio. Depois, ao rever as fotos que tirei do local incluindo o ponto onde deveria estar o cadeirante, notei que não tinha ninguém. Não sei se foi coincidência ou não mas foi mais um dos meus eventos que geram aquela sensação de estranheza.

Paz e luz a todos! /\

Share this post


Link to post
Share on other sites

Feliz  pelo site ter voltado! Quantas vezes entrei aqui para verificar. Estava aguardando muito! \o/

Muito legal seu relato. Há 5 anos atrás eu saí do corpo em um hotel em outro país... estava numa viagem a passeio e muito relaxada, não lembro de ter feito técnica nenhuma mas já estudava projeção. Eu despertei em astral e ouvia uma mulher perto da minha cama (não conseguia vê-la mas parece que sua forma vinha em pensamento e em seu lugar havia uma confusão de luzes baixas).

Parece que ela reclamava muito ou queria desabafar, como eu não dominava a lingua local fiquei bem perdida, talvez foquei tanto na língua que esqueci que poderiamos ter feito comunicação telepática. Fiquei com a impressão que isso durou a noite toda. Hehe

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 hours ago, Estrela said:

Feliz  pelo site ter voltado! Quantas vezes entrei aqui para verificar. Estava aguardando muito! \o/

Eu também! hehe

2 hours ago, Estrela said:

Muito legal seu relato. Há 5 anos atrás eu saí do corpo em um hotel em outro país... estava numa viagem a passeio e muito relaxada, não lembro de ter feito técnica nenhuma mas já estudava projeção. Eu despertei em astral e ouvia uma mulher perto da minha cama (não conseguia vê-la mas parece que sua forma vinha em pensamento e em seu lugar havia uma confusão de luzes baixas).

Parece que ela reclamava muito ou queria desabafar, como eu não dominava a lingua local fiquei bem perdida, talvez foquei tanto na língua que esqueci que poderiamos ter feito comunicação telepática. Fiquei com a impressão que isso durou a noite toda. Hehe

Acho que a gente leva um tempo para se adaptar a sintonia do local. Quando é na nossa região, já estamos mais "otimizados". Comigo deu um certo medo por ser um pouco diferente do ambiente que estou acostumado aqui.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this