• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Gustavo Tiano

Pyong Lee Um Projetor? - Paralisia do Sono e Sonho Lúcido de Youtuber

Recommended Posts

Olá meus amigos, por favor peço a TODOS que antes de comentar ou opinar, por favor ler tudo e de preferência assista o vídeo que deixarei o link aqui.

Pra quem não sabe, Pyong Lee é um Youtube Famoso, ele faz hipnose, então ele estuda muito o consciente e o inconsciente (Pra quem quer sair do corpo são coisas importantes a serem estudadas).

Ele gravou um vídeo chamado "Como controlar seus sonhos lúcidos". Eu fui correndo assistir, por mais que ele não coloque espiritualidade ou não acredite em projeção, informações vindas dele, um cara que manja muito da mente humana, pra mim é sempre útil e pode me ajudar nas minhas projeções. (link do vídeo abaixo)

https://www.youtube.com/watch?v=0-KwfuYHyx8

Bom, agora vamos a pontos importantes do vídeo e minhas perguntas em coisas que ele falou, que serão mais em comparação com a projeção:

1 - Ele começa o vídeo falando que fez um curso em 2016 com um polonês famoso especialista em sonhos lúcidos, onde ele diz que seu professor podia até mesmo voar em seus sonhos lúcidos (parece muito uma projeção, não?).

2 - Ele da dicas a como ficar lúcido no sonho e a como controlar e as dicas BATEM MUUUUUUITO com o que o Robert Bruce dizia, ou o que vários especialistas em projeção dizem, por exemplo: Ele diz que uma forma é induzir a paralisia do sono (pra ele é uma coisa mental, tem nada haver com espiritual, etc) {vou me aprofundar nisso mais abaixo}, Anotar os sonhos (ele da uma dica muito boa pra mesmo quando você acha que não lembra do sonho (pode se aplicar a projeção também) que é inventar, escrever uma história fictícia, que seu cérebro vai entender que você tá inventando e vai jogar na sua mente o sonho), ele diz que anotar vai fazer sua mente entender que isso é algo importante, então você vai começar a lembrar mais (coisas que aprendemos aqui no fórum), Ele diz pra você criar insights pra você despertar no sonho, como desenhar um simbolo e colocar na sua mente que toda vez que você vê ele você se questiona, isso pode ser aplicado a outras coisas como situações, cores, locais, etc; Teste de Realidade, ele diz que só tentou um até hoje e funcionou, que é tampar o nariz e tentar respirar, ele disse que o ar entra mesmo tampando o nariz, e ele diz pra fazer isso várias vezes durante o dia quando você estiver acordado, pra criar um hábito, que caso o ar entre você saiba que está no sonho. (Vocês devem estar associando bastante isso com técnicas de despertar fora do corpo, como eu estou assimilando, não?, e eu nunca tentei essa técnica fora do corpo pra saber se funciona kk)

3 - Técnica de não acordar quando você despertar no sonho, ele diz que é importante tocar coisas, olhar as coisas, pra sua mente sentir "realidade" e não te expulsar da experiência.

4 - O ponto que mais me chamou a atenção. Ele disse que teve a primeira induzindo a paralisia do sono. A forma é a mesma que explicam aqui, pra você tentar ficar acordado enquanto a mente apaga, etc. Só que, ele diz que entrou em estado de paralisia, falou das alucinações, e depois ele diz para nós em quanto paralisia imaginar que nosso corpo está girando dentro do próprio eixo (ISSO É MUITO ROBERT BRUCE) e que assim vamos conseguir sair pro sonho lúcido. Ele diz que SAI EXATAMENTE NO PRÉDIO, QUARTO ONDE ESTAVA, e que depois parece que foi pra outra dimensão que ele não sabe explicar, que a visão fica 360 graus, etc. Se o Pyong Lee não é um projetor eu não sei de nada mais.

5 - Ele diz que um cara conseguiu ter essa experiência durante 30 noites seguidas, onde ele fazia isso apenas usando a auto hipnose, onde ele mudava a aparência dele, e tinha quase uma segunda vida no "sonho", e ele fazia isso muito facilmente programando o subconsciente dele utilizando apenas um gatilho, onde ele sabe separar exatamente o que é a realidade e onde não é.

Bom, agora que você está 100% no assunto, vamos as minhas conclusões e questões, acredito que da pra gerar um Debate bom aqui.

Muitas das coisas que ele disse, técnicas, etc lembram muito o que aprendemos aqui, estudando em como sair do corpo, sobre a lucidez, etc. 

Ele diz que a paralisia do sono é quando o nosso corpo dorme e nossa mente fica ativa (tudo correto) porém ele exclui qualquer coisa que seja espiritual, que não tem nada haver com seu espirito e você estar em outra dimensão, já que ele não acredita nisso.

Sobre o professor dele, os relatos, etc. Cara, pode ter muito onirismo? Sim! Mas eu tenho quase certeza que o que ele está fazendo é uma projeção.

E solto a pergunta, na opinião de vocês, pyong lee é um projetor que não sabe que está projetado (inclusive ele fala que tentou falar com a namorada dele que tava fazendo o cabelo no quarto e ela tava muito estranha) ou vocês acham que tudo isso é unicamente e exclusivamente sonho lúcido, que só acontece na mente dele e tudo é uma fantasia. Pois se levarmos a esse ponto, quem garante que nossas projeções não são coisas da nossa mente, já que as técnicas que ele passa são muito semelhantes a que aprendemos?

O que acham?

PS: já tive projeção lúcida, acredito fielmente em projeção, caso pensem que sou mais um cético aqui kk, mas sou bem questionador.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

li bem rápido.

o q ele acredita é semelhante ao q o pesquisador michael raduga acredita.

porem, ambos ignoram os relatos de comprovações de projetores, quando o projetor relata uma cena ou objeto do plano fisico q ocorreu durante a projeção; há um pesquisador q fez alguns testes de comprovação mas nao lembro o nome dele, ja citaram bastante ele aqui; eu tb ja tive uma dessas comprovações, por isso nao tenho mais aquela duvida de q seja “mental”.

ha um topico de nome “a dura verdade sobre a projeção”, te sugiro ler ele; la ha um grande debate sobre isso, nele consta o nome do pesquisador das comprovações tb.

mas é bom ter um pouco de ceticismo e questionar mesmo as coisas, eu sou assim tb.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutos atrás, bandeirapvh disse:

li bem rápido.

o q ele acredita é semelhante ao q o pesquisador michael raduga acredita.

porem, ambos ignoram os relatos de comprovações de projetores, quando o projetor relata uma cena ou objeto do plano fisico q ocorreu durante a projeção; há um pesquisador q fez alguns testes de comprovação mas nao lembro o nome dele, ja citaram bastante ele aqui; eu tb ja tive uma dessas comprovações, por isso nao tenho mais aquela duvida de q seja “mental”.

Verdade, bate muito com o que o Raduga diz, eu ia citar ele no post mas acabei esquecendo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, bandeirapvh disse:

eu incluí mais algumas coisas na resposta agora editando.

Entendi amigo, eu acredito na projeção, porém meu questionamento é, já que tudo que o pyong diz para ter um sonho lúcido se aplica para quem quer se projetar, então ele está basicamente ensinando as pessoas a sair do corpo.

É meio confuso pra mim, entender que a mesma técnica pode servir tanto para estar lúcido em projeção ou lúcido em um sonho, acredito que o pyong esteja tendo projeções, ensinando a galera se projetar achando que é só um sonho

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

E eu acho meio perigoso, suponhamos que a galera consiga ficar lúcida e acaba achando que é só um sonho e saia por aí caçando confusão, isso pode ter consequências para a pessoa adquirindo o famoso encosto kk

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

O negócio é projetar a consciência pra fora do corpo físico... Ou seja precisa estar lúcido. O nível de consciência é semelhante ou maior do que em vigília.

O problema dos hipnólogos é descartar a origem da hipnose simplesmente para se adequar aos paradigmas que vendem a hipnose como científica.

https://revolucaoespirita.com.br/mesmer-nova-edicao/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gustavo, nao precisa ver o vídep para comentar, porque o erro dessa turma é sempre o mesmo:

- sabemos qie projecao é real poriqe podem ser obtidas comprovaçoes

- ninguém sabe se sonho  lúcido existe mesmo, porque  sonho sendo derinido como uma ilusao, mao se pode comprovar uma ilusão.

 

Como é muito difícil comprovar uma projeçao, esses caras desistiram e resolveram chamar de sonho lúcido as experiencias lúcidas que nao  se consegue comprovar, e que sao 99% delas, achando que isso cria uma categoria diferente de fenômeno. Náo cria.

Não existem "técnicas para sonhos lúcidos", existem técnicas para projeção, mas que esse pessoal aprendeu e rebatizaram de técnica de sonho lucido.

São eles que estão fazendo uma coisa mas se iludindo chamando de outra, nao nós. E isso näo é questão de opinião, as comprovações encerram a questão.

Isso é um erro CONCEITUAL, eles partem do pressuposto errado, mas a prática é a mesma, portanto tudo que é útil para um grupo, é útil  para o outro.

A diferença é que quando você obtém uma comprovação você é obrigado a encarar a realidade. Mas se você acreditar no papo de sonho lúcido o que você fará? Nem vai tentar obter comprovação, vao só se se divertir por aí, criando o que deseja. E aí nao interessa se você tem 50 anos de prática em "sonhos lúcidos", você ficou 50 anos preso numa mentira porque  nao a desafiou ao tentar procurar comprovações. É uma experiência que o cara aproveita no dominio da prática, mas que em nada contribui para a compreensão do que é esse fenômeno.

Então a coisa é bem simples:

- projecao nao é algo só da mente porque podemos obter comprovacoes

- " sonho lúcido" é a forma como os materialistas rebatizaram a projecão, para se encaixar nas CRENÇAS deles. Como comprovações são raras, eles se iludem fácil achando que comprovações não existem, poruqe todo cético preguiçoso, ele tem pressa em generalizar as conclusões para que seus " experimentos" comprovem suas crendices.

- uma vez que você aceite o conceito fantasioso de sonho lúcido, você entra de cabeça e boa vontade naquilo que que o projetor procura evitar:  as fantasias da mente, e aí sim, tudo que experimentar será ilusäo.

Eu só reconheço um tipo de sonho lucido que de fato existe: aquele que voce cria o cenário. Por exemplo, digamos que você dedine que quer morar numa casa redonda, com paredes verdes, com porta de chocolate,e que ao abrir a porta da rua voce terá por exemplo, do lado esquerdo uma praia do hawaí para voce surfar. Na frente um penhasco para voce pular de asa delta, e na direita uma montanha para voce escalar. Aí voce vai deitar mentalizando so detalhes disso...usando a técnica do alvo mental. Quando você consegui se projetar para esse cenário que você criou AÍ VOCÊ PODE CHAMAR ISSO DE SONHO LÚCIDO, PORQUE VOCE SABE QUE TUDO ALI É ILUSAO, PORTANTO SÓ PODE SER SONHO LÚCIDO. Porque essa é a definiçao de sonho lúcido: esta lúcido num ambiente fantasioso.

Mas quando voce se projeta você não sabe se aquele cenário é fantasioso ou nao, entao nao faz sentido AFIRMAR que é sonho lúcido. E faz sentido chamar de projecao poruqe ou você ou várioa outros já obtiveram comprovacao, entende?

A única dúvida que sempre restará é que você pode saber que pronecao é real, mas pode nao saber se a projeçao de hoje, ou de ontem, oi de anteontem .. foi real, se nao obteve comprovacao. Cada projeção é uma incógnita, tomas a todas como reais é tão CRENÇA qunto todas a todas como sonhos lúcidos.

Projeção que você crioi o cenário vo e sabe que é sonho lúcido. Projeção que voce obteve comrpovacao voce sabe que é projecao mesmo. O resto todo você nunca saberá.

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu sigo ele, e tbm jà tinha visto os vìdeos. Ele nao é um projetor, ele tem sonhos lùcidos e nem acredita na projeçao astral (pelo que vì dos vìdeos). Pode ser que ele pra evitar assuntos religiosos seguiu essa linha, de levar tudo como um esporte. Agora, tenho notado que todos os caras gringos que sigo que difundem lei da atraçao, todos, sao projetores astrais e falam disso. Sao dois assuntos inteiramente ligados pelo que vejo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, sandrofabres disse:

Gustavo, nao precisa ver o vídep para comentar, porque o erro dessa turma é sempre o mesmo:

- sabemos qie projecao é real poriqe podem ser obtidas comprovaçoes

- ninguém sabe se sonho  lúcido existe mesmo, porque  sonho sendo derinido como uma ilusao, mao se pode comprovar uma ilusão.

 

Como é muito difícil comprovar uma projeçao, esses caras desistiram e resolveram chamar de sonho lúcido as experiencias lúcidas que nao  se consegue comprovar, e que sao 99% delas, achando que isso cria uma categoria diferente de fenômeno. Náo cria.

Não existem "técnicas para sonhos lúcidos", existem técnicas para projeção, mas que esse pessoal aprendeu e rebatizaram de técnica de sonho lucido.

São eles que estão fazendo uma coisa mas se iludindo chamando de outra, nao nós. E isso näo é questão de opinião, as comprovações encerram a questão.

Isso é um erro CONCEITUAL, eles partem do pressuposto errado, mas a prática é a mesma, portanto tudo que é útil para um grupo, é útil  para o outro.

A diferença é que quando você obtém uma comprovação você é obrigado a encarar a realidade. Mas se você acreditar no papo de sonho lúcido o que você fará? Nem vai tentar obter comprovação, vao só se se divertir por aí, criando o que deseja. E aí nao interessa se você tem 50 anos de prática em "sonhos lúcidos", você ficou 50 anos preso numa mentira porque  nao a desafiou ao tentar procurar comprovações. É uma experiência que o cara aproveita no dominio da prática, mas que em nada contribui para a compreensão do que é esse fenômeno.

Então a coisa é bem simples:

- projecao nao é algo só da mente porque podemos obter comprovacoes

- " sonho lúcido" é a forma como os materialistas rebatizaram a projecão, para se encaixar nas CRENÇAS deles. Como comprovações são raras, eles se iludem fácil achando que comprovações não existem, poruqe todo cético preguiçoso, ele tem pressa em generalizar as conclusões para que seus " experimentos" comprovem suas crendices.

- uma vez que você aceite o conceito fantasioso de sonho lúcido, você entra de cabeça e boa vontade naquilo que que o projetor procura evitar:  as fantasias da mente, e aí sim, tudo que experimentar será ilusäo.

Eu só reconheço um tipo de sonho lucido que de fato existe: aquele que voce cria o cenário. Por exemplo, digamos que você dedine que quer morar numa casa redonda, com paredes verdes, com porta de chocolate,e que ao abrir a porta da rua voce terá por exemplo, do lado esquerdo uma praia do hawaí para voce surfar. Na frente um penhasco para voce pular de asa delta, e na direita uma montanha para voce escalar. Aí voce vai deitar mentalizando so detalhes disso...usando a técnica do alvo mental. Quando você consegui se projetar para esse cenário que você criou AÍ VOCÊ PODE CHAMAR ISSO DE SONHO LÚCIDO, PORQUE VOCE SABE QUE TUDO ALI É ILUSAO, PORTANTO SÓ PODE SER SONHO LÚCIDO. Porque essa é a definiçao de sonho lúcido: esta lúcido num ambiente fantasioso.

Mas quando voce se projeta você não sabe se aquele cenário é fantasioso ou nao, entao nao faz sentido AFIRMAR que é sonho lúcido. E faz sentido chamar de projecao poruqe ou você ou várioa outros já obtiveram comprovacao, entende?

A única dúvida que sempre restará é que você pode saber que pronecao é real, mas pode nao saber se a projeçao de hoje, ou de ontem, oi de anteontem .. foi real, se nao obteve comprovacao. Cada projeção é uma incógnita, tomas a todas como reais é tão CRENÇA qunto todas a todas como sonhos lúcidos.

Projeção que você crioi o cenário vo e sabe que é sonho lúcido. Projeção que voce obteve comrpovacao voce sabe que é projecao mesmo. O resto todo você nunca saberá.

 

Ótimo texto sandro, é mais ou menos o que imaginei, queria ouvir outras opiniões também. Eu como já tive algumas experiências não consigo acreditar em "sonho lúcido", o que tinha ligado a "lâmpada" na minha mente foi o fato das técnicas dele para ficar lúcido serem idênticas a que praticamos, aí eu vim aqui pra exatamente tentar chegar a conclusão de: ele está se projetando e não sabe, e ta ensinando a galera a se projetar. Obrigado pelas palavras, foram muito esclarecedoras.

Agora eu não consigo engolir que o cara consegue sair lúcido e NUNCA tentou comprovar nada, como olhar algo em algum lugar e no físico essa coisa está lá, igual no "sonho" dele. O cara tem a faca o queijo na mão e fica por aí de bobeira achando que é tudo mentira. Enquanto nós aqui nos matamos pra tentar ter uma projeção por semana ou até por mês kk

Irei ler o tópico sim

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 minutos atrás, Gustavo Tiano disse:

Agora eu não consigo engolir que o cara consegue sair lúcido e NUNCA tentou comprovar nada, como olhar algo em algum lugar e no físico essa coisa está lá, igual no "sonho" dele.

Não que não tenha tentado, talvez ele nunca tenha conseguido, e tem as crenças, que em geral dominam a percepção das pessoas.

Recentemtne olhando um link do facebook, que diz "descubra quais dos seus amigos..." ..sabe né? Aí achei ali na lista  um único sujeito que eu não achava previsível que tivesse votado no fulano. O cara é formado em história, fez mestrado comigo, e depois fez doutorado, então me espantou a escolha dele. Mas aí lembrei: ele sempre foi cético materialista, o que numa sociedade dominada pela ciência já indca um tipo de mente maria-vai-com-as-outras, fácil de manipular. Além disso, ele perdeu a visão de um olho (rompimneto de retina, dormindo) durante o mestrado. Nos reunimos à tarde para fazer um trabalho para uma disciplina, e no dia seguinte ele me liga dizendo que acordou cego de um olho.

Bom, para encurtar eu sugeri a ele, apos ele ter feito uma cirurgia sem resultado, que el tentasse uma cirurgia espiritual, porque exatamnete pelo médico ser imaterial ele pode ter acesso melhor ao local com problema e TALVEZ ajudasse. 

Ele respondeu que não faria isso, porque ia contra o que ele acreditava. Falei "mas olha, se  não ver nenhum resultado suas crenças podem continuar inalterads, mas se melhorar, será uma oportunidade de perceber que suas crenças estão erradas, e é muito melhor descobrir cedo que suas crenças estão erradas do que morrer sem saber do erro".

Mas ele não quis, ehehh

O problema é esse: para os céticos o ceticismo é uma visão de mundo, é uma religião, eles tentarão proteger sua crença de todas as formas, evitando qualquer coisa que possa mostrar que estão errados, exatamente como qualquer fanático religioso.

Se você leu o pdf do Raduga tem um relato lá sobre quando ele encontrou durante a projeção um amigo que foi assassinado e ele não sabia Só foi saber depois que voltou ao corpo. É óbvio que se trata de uma comprovação, mas ele fica com aquele papinho besta de sonho lúcido. Ou ele usa aquilo como isca para atrair os céticos, que talvez nunca leiam o livro completo e não vão reparar nesse relato, ou ele deve ter alguma teoria bobinha para explicar isso, como alguma suposta capacidade da mente de obter informação por alguma ligaçao com o inconsciente coletivo e então jogar isso no seu sonho lúcido para te mostrar algo, eheheh. Mesmo frente a uma comprovação eles tentarão arranjar uma explicação, em geral mais fantástica, mais improvável, que exige muito mais credulidade do ouvinte do que a projeção.

Agora, fácil não é. Eu tive sorte de obter a primeira comprovação  logo nas primeiras, mas demorou umas 30 eu acho. Mas precisei cerca de 700 projeções para obter umas 5 comprovações. E eu tentei isso em cada uma das primeiras 100 ou 200. Então se você não tem já de antemão uma convicção que você está lidando com algo real, só precisa umas provinhas por mera formalidade, você desiste de tentar e conclui que é apenas sonho lúcido, porque isso você não precisa provar, é mais cômodo né? Então um projetor cético pode até pensar "eu concluí que é apenas sonho lúcido por experimentei e vi que nunca consegui provar". Mas quantas vezes de fato ele procurou prova? Provavelmente não muitas, porque sua crença cética inicial já não lhe daria muita motivação para insistir em algo que para ele é "obviamente" uma ilusão mental né? Nenhum de nós insiste em algo no qual não tenha uma esperança de conseguir um resultado. Crença é fundamental para os fatos, porque é a crença que nos motiva a buscar os fatos que comprovarão a própria crença. Se o cara quiser obter os fatos primeiro, para depois crer, nunca obterá os fatos.

  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

essa teoria do pyong lee (e do raduga) é semelhante a do evangélico q quando ve uma consciência extrafisica diz q é o demonio servo do diabo; a diferença é q um é ceticismo materialista (ciencia disse q nao existe) e o outro uma crendice religiosa (pastor q disse, ta escrito na biblia).

Share this post


Link to post
Share on other sites

interessante a resposta do sandro acima, eu nao sabia desse relato do raduga, pra mim tb trata-se de uma comprovação.

eu tive a sorte de ter tido uma comprovação na oitava ou nona projeção, nao sei ao certo pq não contei realmente; e foi num contexto nao planejado; mas alguem disse aqui (eu  creio q na epoca foi o sandro) q os mentores nos propiciam estas projeções de comprovação no início propositalmente justamente para nao haver dúvida; e realmente, antes dela, eu ainda pensava q podia ser mental o fenômeno; nao fosse isso talvez pensaria ate hj.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim, fui eu quem disse porque nao vejo outra explicacao  para o fato de voce se tornar  mais experiente e ter  ainda a mesma dificuldade do inicio para obter comprovações... enquanto que as primeiras vem muitas vezes sem nem voce estar buscando por isso.

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, bandeirapvh disse:

interessante a resposta do sandro acima, eu nao sabia desse relato do raduga, pra mim tb trata-se de uma comprovação.

 

Em 21/02/2019 at 12:52, sandrofabres disse:

Se você leu o pdf do Raduga tem um relato lá sobre quando ele encontrou durante a projeção um amigo que foi assassinado e ele não sabia Só foi saber depois que voltou ao corpo.

Minha descrição foi incorreta, mas não altera o caráter comprobatório da experiência:

ELE NÃO SOUBE PELA PROJEÇÃO QUE O AMIGO FOI ASSASSINADO, ele confirmou a FORMA como o amigo foi assassinado:

Citar

CAPÍTULO 4 - EXPERIÊNCIAS DO AUTOR


Abaixo o autor apresenta os trechos mais interessantes de seu diário de viagens na FASE que aconteceu com ele pela primeira vez no outono de 1999 quando ele estava no último ano do colégio. Uma das coisas interessantes sobre esses trechos é que eles descrevem o desenvolvimento de uma prática pessoal, da adolescência até os dias de hoje.
(...)

093
Outubro 2006
Um Amigo Assassinado

Não assista ao noticiário da manhã e coma ao mesmo tempo. Vomitei todo o café da manhã de hoje no vaso sanitário depois de assistir ao noticiário que alguém que conhecia, longe de ser um conhecido distante, havia sido brutalmente assassinado naquela noite.

Ele tinha tentado me ligar um par de semanas antes, mas não estava com estado de espírito de acompanhá-lo em mais uma de suas bebedeiras. Para minha própria paz de espírito decidi tentar de alguma forma para fazer as pazes com a situação. Deitei-me. Acalmei-me com muita dificuldade e comecei a focar minha atenção no movimento fantasma do meu braço. Nenhum movimento ocorreu no início, mas quando ele veio, começou a aumentar rapidamente em amplitude. Um pequeno lapso na consciência ocorreu após cerca de 10 minutos e fui capaz de facilmente levantar-me da cama.


Não tive necessidade de realizar aprofundamento. Depois de fechar meus olhos imediatamente foquei a minha atenção sobre a imagem do meu amigo. Alguma coisa me pegou e me moveu em uma direção desconhecida. Após alguns segundos fui jogado na cozinha do apartamento dele. Como de costume ele sentou-se em uma cadeira que estava junto a uma mesa cheia de conhaque. Ele não prestou nenhuma atenção a mim. A aparência dele não era boa. Tinha muitas contusões e cortes no rosto e nos braços. Apesar de não haver quase nenhum sangue era tudo horrível de olhar devido ao hiper-realismo. Comecei a me sentir enjoado novamente. Quando cheguei mais perto ele virou-se para mim e chorou. Tentei perguntar-lhe o que tinha acontecido. No noticiário não disseram exatamente o que havia ocorrido. Descobri que seu estilo de vida tinha sido a causa de tudo isso. Ele começou a gritar que queria viver e que deixaria de agir como vinha agindo se pudesse viver novamente. Pedi desculpas por não ter respondido aos seus telefonemas. Olhei para ele pela última vez. Agindo contra as minhas convicções voltei ao meu corpo.

À noite a explicação dele sobre o que tinha acontecido foi confirmada. Quanto ao comportamento e aparência externa dele foi compreensivelmente desencadeado por minhas emoções ainda cruas. Acho que, se encontrá-lo daqui a vários meses, ele irá olhar e agir de forma diferente.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Curioso você falar, pois eu ando vendo vídeos dele ultimamente e ele faz muitas coisas estilo Robert Bruce pra acessar o subconsciente, inclusive eu tenho usado algumas dicas dele de hipnose para tentar induzir a catalepsia e o estado de transe profundo.. Recém comecei então não posso dizer se teve de fatos resultados, mas tenho conseguido me projetar com mais frequência. É difícil dizer porque misturei as técnicas dele com as minhas, mas a auto-sugestão parece ajudar. 

Exemplos de técnicas que ele usa:

Imaginar uma escada e se imaginar descendo ela, ficando mais relaxado a cada degrau.

Fazer uma contagem regressiva, dando a ordem de "mais relaxado" a cada número

Quando você chega num estado total de relaxamento do corpo, relaxar a mente por ordens de "10x mais relaxado" etc.. 

Consigo relaxar bem mais rápido do que apenas deitar e soltar o corpo enquanto trabalho as energias.

É muito Robert Bruce essas coisas.. Claro que a ideia  não pertence a uma pessoa, só sei que funciona muito bem, e quanto mais usamos mais rápido o corpo relaxa. 

Pra mim, Pyong lee é um projetor hehe. Abraço!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 03/03/2019 at 14:42, Ane disse:

Curioso você falar, pois eu ando vendo vídeos dele ultimamente e ele faz muitas coisas estilo Robert Bruce pra acessar o subconsciente, inclusive eu tenho usado algumas dicas dele de hipnose para tentar induzir a catalepsia e o estado de transe profundo.. Recém comecei então não posso dizer se teve de fatos resultados, mas tenho conseguido me projetar com mais frequência. É difícil dizer porque misturei as técnicas dele com as minhas, mas a auto-sugestão parece ajudar. 

Exemplos de técnicas que ele usa:

Imaginar uma escada e se imaginar descendo ela, ficando mais relaxado a cada degrau.

Fazer uma contagem regressiva, dando a ordem de "mais relaxado" a cada número

Quando você chega num estado total de relaxamento do corpo, relaxar a mente por ordens de "10x mais relaxado" etc.. 

Consigo relaxar bem mais rápido do que apenas deitar e soltar o corpo enquanto trabalho as energias.

É muito Robert Bruce essas coisas.. Claro que a ideia  não pertence a uma pessoa, só sei que funciona muito bem, e quanto mais usamos mais rápido o corpo relaxa. 

Pra mim, Pyong lee é um projetor hehe. Abraço!

Quando vi o vídeo, com a base do que já estudei, não tive a menor dúvida que ele era um projetor kkkk

As dicas dele são muito boas, da sim pra mesclar com as técnicas que já usamos, é muito útil e agrega ao nosso conhecimento. Por isso gosto sempre de ouvir todas as partes.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.