• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Recommended Posts

Boa noite caros. Trago mais um relato de projeção astral para que possamos juntos analisar e tirar nossas conclusões.

Na madrugada de hoje 10/03/2019 estava tendo sonhos esquisitos, oníricos, como qualquer sonho, até que de repente me veio a cabeça um despertar. Eu acordo na cama e já que tive outras experiências, percebi estar acordado com a consciência apenas. Fiz pouca força e sai voando pelo quarto, porém tudo escuro. Estava tentando me concentrar para ver algo pois ninguém gosta de ter uma projeção cega certo? Consegui, e me deparei estar no condomínio que eu morava antes de me mudar. Estava do lado de fora, em uma altura considerável, até que avistei o zelador do condomínio. Tentei falar para ele tentar perceber que estava sonhando e tentar levitar (típica vontade de levar os outros para o astral), más ele nem fez questão. Mostrei que conseguia voar, porém ele não demonstrou nenhum interesse. Era como se para todos, isto fosse algo normal, e para mim uma novidade. Desisti, e fui para o portão de entrada do condomínio. Tentei atravessar o portão mas sem sucesso. Lembro de fazer muita força, tentando atravessar as mãos, cabeça.. Más não dava. Eu sabia que isto dependia de concentração, porém quanto mais tentava mais difícil ficava. Decidi voar por cima do portão, indo para rua e lembrando neste mesmo momento que a um tempo, eu havia combinado em visitar a casa de algum amigo, para que quando acordasse pudesse falar sobre coisas que eu vi por la, podendo servir para uma prova sobre minha presença na residência. Tentei me imaginar na casa de alguém, más não consegui. Não saia do lugar, até que decidi ir voando mesmo. A casa que escolhi ficava em Palhoça / SC, e já que eu moro em Blumenau / SC, seria uma longa viagem. Comecei a voar até que do meu lado meu amigo aparece falando que iria comigo. Logo suspeitei ser ele mesmo, pois não faria sentido eu estar indo para casa dele em Palhoça e ele aparecendo ali do meu lado. Não me perguntei muito, pois para mim "tempo é projeção astral". Pois bem, vamos lá! Voamos em direção a BR 101 e voamos sobre a BR rumo a Florianópolis / SC. Eu podia ver os carros, caminhões, e o medo de cair do voo atrapalhava muito. As vezes perdia o controle do voo, me obrigando a tentar tomar o equilíbrio de volta. Passamos por vários lugares, e eu percebi que estava tendo uma experiência bem longa. Pedi para meu amigo que se fosse realmente ele, lembra-se dessa viagem para podermos conversar sobre ao acordar. Ele respondeu "É óbvio!". Cheguei a um lugar diferente do real, onde havia um gramado bem cuidado, com empresas de alta tecnologia e casas. Parecia um bairro muito nobre, e fiquei preocupado em estar perdendo a lucidez vendo diferenças do mundo material. No trajeto, uma mulher veio ao encontro da gente, e ela percebeu algumas dificuldades minhas em manter o voo. Ela falou para tentar "não estar tão conectado a matéria", e eu respondi que iria tentar mas sem sucesso do mesmo jeito, e a dificuldade se manteve. Resolvi ver a beleza do mundo, a natureza em si, e isto me deixou grato pela vida, me emocionei, e eu pude notar o valor que o planeta possui. Chegando perto de Florianópolis / SC a mulher aparece me oferecendo água. Assim respondi: "Não quero, pois beber água é algo material" com um tom de humor. Ela riu e me deu a água do mesmo jeito. Estava-mos chegando quando percebi um tom de sonho se aproximando. As coisas começaram a sair fora do padrão, e algo bizarro começara a acontecer. Fiquei um pouco desapontado pois depois de uma viagem tão longa, "morri na praia". Me preparei pois estava com certeza de estar voltando para o corpo. Acordei neste exato momento, e simplesmente agradeci pela bela experiência.

Obrigado! Muito sucesso para todos nós!
Att. Vinícius Reif Biavatti

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, vinibiavatti disse:

Lembro de fazer muita força, tentando atravessar as mãos, cabeça.. Más não dava. Eu sabia que isto dependia de concentração, porém quanto mais tentava mais difícil ficava

Projetado, das vezes que tentei atravessar protões de ferro ou mesmo grandes portas de vidro, acabei arrancando elas do marco, o que é sempre meio constrangedor, eheh. É comum acontecer isso, embora com paredes e portas ou janelas de madeira não, eheh. Talvez porque se um obstáculo me impede de ver o que há do outro lado, eu sei que a travessia é mental. Mas se consigo ver o que tem do outro lado, como em "portões de grade" ou portas de vidro, eu acabo sendo desleixado com a concentração s só enfio corpo na marra, acho que sem muita atenção na travessia e dá nisso, eheeh. 

202415_1333571.png.1500x808_q95_crop-smart_upscale.png

1 hora atrás, vinibiavatti disse:

Tentei me imaginar na casa de alguém, más não consegui. Não saia do lugar

Eu também nunca consegui isso assim, só imaginando. Das vezes que fiz, precisei usar um sistema de travessia, procurar uma parede  sem nada, projetar energia ali COM INTENÇÃO de formar um portal que me levasse ao local. Então se forma um círculo de luz branca, como se fosse água, e eu atravesso com o alvo em mente. Outras vezes apenas atravessei o telhado ou a parede repetindo mentalmente qual meu alvo, COM INTENÇÃO de que ao sair do outro lado da parece, eu estaria no local almejado, Também funciona, mas as vezes a gente erra uns metros, acaba saindo não dentro da casa da pessoa, mas em frente, na rua, ou  ao lado.. sem saber que uma daquelas casas é justamente a procurada. Aí tem que perguntar para os transeuntes que passarem por ali em qual das casas mora o fulano.

1 hora atrás, vinibiavatti disse:

As coisas começaram a sair fora do padrão, e algo bizarro começara a acontecer. Fiquei um pouco desapontado pois depois de uma viagem tão longa, "morri na praia". Me preparei pois estava com certeza de estar voltando

É.. acontece isso as vezes. Parece que se você ficar exposto, logo começa  a ter a atenção desviada por dificuldades e não consegue chgear na meta, acorda antes. Por isso convém tentar o teletransporte direto, para não ficar correndo esses riscos. Só que, claro, a experiência de voar é também imperdível. As vezes as faixas de misturam em que voe pode estar a uma certa "altura" numa região enquanto olha para baixo e vê outra região Como se estivesse num cenário de ficção que tem uma ilha flutuante, onde há um outro habitat, sei lá. É bem estranho voar para o céu e pousar na terra que tem lá, de onde você pode ver o que continua tendo lá embaixo, eheh

11997-chains-landscape-Tera_online-digital_art-anime-waterfall-fantasy_art-forest-mountain-floating_island-748x421.jpg

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Citar

Talvez porque se um obstáculo me impede de ver o que há do outro lado, eu sei que a travessia é mental. Mas se consigo ver o que tem do outro lado, como em "portões de grade" ou portas de vidro, eu acabo sendo desleixado com a concentração s só enfio corpo na marra, acho que sem muita atenção na travessia e dá nisso, eheeh.

Pois é. É justamente isto. Paredes eu não tenho dificuldades, até da para sentir a travessia, más o portão sim. De repente eu consegui passar a cabeça entre as grades, mas me senti preso, desconfortável e desisti.O negócio é voar por cima mesmo! kkkk

Citar

Das vezes que fiz, precisei usar um sistema de travessia, procurar uma parede  sem nada, projetar energia ali COM INTENÇÃO de formar um portal que me levasse ao local.

Ótima ideia. Eu percebo muito que existem "truques" na projeção para se conseguir algo. Este é um por exemplo. Gostei muito da idéia. Eu já consegui me teletransportar pensando uma vez, mas foi de algum lugar distante até meu quarto. Outra vez consegui me teletransportar novamente, mas n foi bem onde eu queria estar. É complicado. O engraçado que as vezes eu acabo parecendo um doido no meio da rua, botando os dedos na cabeça e tentando me teletransportar kkkkk. 

Citar

vê outra região Como se estivesse num cenário de ficção que tem uma ilha flutuante

Olha Sandro eu gosto muito de explorar e encontrar coisas deste tipo. É legal encontrar lugares diferentes da realidade no astral. É bonito, e geralmente eu acabo encontrando lugares mais limpos como casas sem cervas, gramados, flores. Tirando o dia da visita ao hospital escuro e sombrio é claro kkkk

Valeu Sandro pelas dicas.

Estou a disposição para quem quiser participar do tópico também. ;)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.