• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
lutavsc

Intensa experiência disfarçado no umbral!

Recommended Posts

Boa ventura, à todos! Vim relatar um intenso que aconteceu noite passada.

 

Despertei no umbral, mas estava em missão! "O umbral" acho que é muito mais do que só um lugar, as nossas vidas em grandes centros urbanos são como umbrais, não é mesmo? Barulho, violência, poluição, pensamentos negativos, reclamação, sujeira, assaltos, sem teto, fezes e nojeiras escorrendo nos cantos das ruas... enfim! E onde eu estava era bem isso: a cidade grande, mas infestada com tudo que realmente há nela, visível à olhos nus! E o que vi? Um céu negro, sólido, como um domo, formado por consciências ou emanações mentais que se uniram e solidificaram, impedindo que qualquer luz entrasse.

EU estava vestindo um robe azul escuríssimo, com desenhos de runas ao longo dele, um disfarce, apenas meus olhos eram visíveis e por vezes a boca, mas andava com a cabeça para baixo para não ser visto. Nós, após certo tempo na jornada de luz, nos tornamos verdadeiros emissores de luz, o que pode ser um problemão pois chama atenção em lugares como este.

O que mais vi? No pouco que espiei com o robe, pois era perigoso, as entidades ali eram rápidas e muito destrutivas, mas a pior das entidades que vi foi o humano em ódio, que estavam ali às dezenas, talvez centenas de milhares, ou ainda, milhões, não dá para saber. Vi o povo se consumindo em ódio, se atacando, se massacrando, arrancando partes uns dos outros. Vi outros seres voando rapidamente, rápidos como balas de canhão, destruindo tudo em seu caminho, mas lá não tinha nada que ser destruído, era a própria destruição e ódio que se consumiam em mais ciclos infinitos de ódio e violência, uns contra os outros. E eram todos pretos, não havia como discernir feições físicas. Apenas fíguras pretas. E eu, encapuzado, disfarçado, em meu azul escuríssimo, no meio de todo caos.

Encontrei uma amiga de infância! Oh Meu Deus! Ela não usava robe, estava inconsciente mas cinza, podia ver os traços físicos dela, e ninguém a atacava. Dei à ela um abraço, estava ali para resgatá-la? Pedi a ela que guiasse meus passos ao longo do caminho, pois eu mal podia espiar para fora do robe, tinha que ser muuuuito discreto em meus movimentos. No caminho encontrei outros trabalhadores da luz em disfarce, usando robe, perguntei a um deles o código (coisa que eu sabia la na hora mas era um código para entrar em bunker que havia ali) e ele me disse, um código de número e cor. Chegando ao bunker, disse o código e me deixaram entrar. A partir daí foi tudo muito rápido: me vi colocado em uma caixa de vidro no meio da escuridão, ao meu lado, uns 10 metros de distância, uma outra caixa de vidro com outra pessoa, emitindo luz. Os seres-humanos-endemoniados começaram a atacar a caixa dessa pessoa como zumbis de filme, mas muito mais rápidos e cheios de ódio! Começaram a atacar a minha também e conseguiram entrar, o interior da caixa se transformou em um interior de um ônibus de transporte público, e todos começaram a se matar e se desmembrar ali! Não chegaram a me tocar, Graças a Deus!

Durante todo esse tempo imagine estar em um quarto mto escuro sem nenhuma fonte de luz, janelas e cortinas todas fechadas, mas eu podia ver e perceber a profundidade da escuridão e ver e sentir os seres com meus outros sentidos, até o céu! (o céu era sólido) Estava muito consciente. Mesmo dentro do bunker a luz era muito apagada, menor do que a luz de uma única vela, imagino que para que mantenham-se indetectáveis.

Apaguei e acordei dentro de um carro, já não usava mais disfarce mas a luz ainda era mínima. O carro todo escuro, lá fora um breu. Era uma escuridão diferente, difícil de descrever, pois mesmo quando os rostos se iluminavam ficavam escuros, como se alguém tivesse diminuido também o efeito de brilho lá na hora de editar imagens/fotos sabe? Dentro do carro uma pessoa que admiro muito estava dirigindo-o, com muita calma, pude ver lá fora a "luz" aumentando, essa luz era menor do que a menor das luzes, mas era algo, pude ver então água corrente, um rio, e ao distante, cataratas! A motorista apenas dirigiu de forma a cair nas cataratas, que eram um portal de água-luz, onde nos banhamos e limpamos, em seguida despertei.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

MAANO! Robson Pinheiro pira com esses relatos hahaha, você não acha que pode haver onirismo aí não ?? Ou você tem uma mega capacidade de rememoração, viu algum filme desse cunho nessa semana? Eu sou muito crítico nos relatos na íntegra... Acho que a galera da uma forçada as vezes, ou meu nível que ZÉ ****, como diz o Saulo! 

HUG forte!

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Wellington disse:

MAANO! Robson Pinheiro pira com esses relatos hahaha, você não acha que pode haver onirismo aí não ?? Ou você tem uma mega capacidade de rememoração, viu algum filme desse cunho nessa semana? Eu sou muito crítico nos relatos na íntegra... Acho que a galera da uma forçada as vezes, ou meu nível que ZÉ ****, como diz o Saulo! 

HUG forte!

Cara, nesse caso não, pois foi tudo muito intenso mesmo e eu sabia exatamente o que estava acontecendo, fora a surpresa de estar ali vendo como é, escuridão total! Coisa que eu nem imaginava. Depois que acordei fiquei uns 3 dias sentindo essa frequência sombria ainda e redobrei minha meditação e minha vigia.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Posso ser meio limitado, pois meus relatos são bem "simples"... E sou muito crítico mesmo, me projeto desde muleke, mas saio de maneira voluntária há uns 13 anos e saio semanalmente, ainda assim acho meio fantástico seus relatos, segundo minhas experiências, mas quem sou para falar se és vero ou não!  Li um outro que parecia uma filme na minha humilde visão, espero que não me leve a mal... Sou do tipo que gosto mesmo de analisar com acuidade e criticidade! 

Grande abraço! 

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 minutos atrás, Wellington disse:

Posso ser meio limitado, pois meus relatos são bem "simples"... E sou muito crítico mesmo, me projeto desde muleke, mas saio de maneira voluntária há uns 13 anos e saio semanalmente, ainda assim acho meio fantástico seus relatos, segundo minhas experiências, mas quem sou para falar se és vero ou não!  Li um outro que parecia uma filme na minha humilde visão, espero que não me leve a mal... Sou do tipo que gosto mesmo de analisar com acuidade e criticidade! 

Grande abraço! 

Uau! Realmente, eu nem me projeto ainda assim, posso contar nos dedos as vezes que aconteceu... Mas o pouco que projetei sempre foi muito intenso e minha rememoração é mesmo excelente (toda noite eu sonho e me lembro), assim como minha lucidez, nos sonhos também. Inclusive alguns sonhos lúcidos se transformam em portas para a projeção. Nesse, particularmente, eu aprendi muita coisa, mas no outro que você tbm comentou, esse foi um dos mais intensos mesmo, esses dois, por isso compartilhei. Coisinhas de sair do corpo, ver meu quarto, andar pela casa, acontecem, mas não acho interessante compartilhar. 

Abraços.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 minutos atrás, lutavsc disse:

sonhos lúcidos se transformam em portas

Aí, pelo menos nisso concordamos hahahah ! Eu uso o mantra OM e MOBE, e  assim as vezes acesso o veículo astral, sinto -me flutuando acima do corpo, ou "nele" mesmo o que dá mais trabalho pois indica que preciso dar uma sutilizada nas energias... Você tem uma reação madura as críticas o que é muito legal! E raro!  Só devido a isso tem meu respeito hahah 
Grande abraço fiz uns questionamentos a você em um outro post!
Valeu Paz e bem! 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Antigamente eu questionava bastante relatos desse tipo, mas depois que eu tive algumas experiências, passei a botar fé kk. Ler relatos assim mostra que não sou o único que ás vezes tem umas projeções "diferentes" do comum.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 03/05/2019 at 08:53, Wellington disse:

MAANO! Robson Pinheiro pira com esses relatos hahaha, você não acha que pode haver onirismo aí não ?? Ou você tem uma mega capacidade de rememoração, viu algum filme desse cunho nessa semana? Eu sou muito crítico nos relatos na íntegra... Acho que a galera da uma forçada as vezes, ou meu nível que ZÉ ****, como diz o Saulo! 

HUG forte!

Eu também fico com o pé atrás com conteúdos muito elaborados em minhas projeções,  pois o onirismo é uma constante e eu já tive projeções dignas de serem dirigidas pelo Peter Jackson. 

🤣🤣🤣

Já tive tretas com anjos, vampiros, participei de guerras e fui a outros planetas. Mas como foram coisas episódicas e desconexas entre si, não posso bater o martelo en relacao a quanto devo acreditar nelas ou estabelecer uma rotina de atividades para mim, além de sair do corpo e lutar para manter a lucides e implementar meus planos de ação. 

Então, conteúdos extremamente detalhados ou concatenados me fazem levantar as orelhas. 

Mas, claro, estou falando das minhas projeções,  pois a maneira que estabeleci para mim mesmo de manter minhas experiências com um padrão razoável de credulidade é uma alta medida de desconfianca. 

Mas reconheço que pessoas diferente,  por fatores próprios ou reencarnacionais podem ter um nível considerável de lucidez e remorização.

Infelizmente, não é o meu caso.. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Em 25/05/2019 at 00:52, Gustavo Tiano disse:

Antigamente eu (...)

 

Em 03/05/2019 at 11:28, Wellington disse:

Aí, pelo menos nisso concordamos hahahah ! Eu (...)

7 horas atrás, Luiz On disse:

Eu (...)

Interessante, eu tenho recebido muitos comentários do tipo. A nossa sociedade evoluiu de tal forma que sonhos e magia são rejeitados, é diferente de imaginação. Sonhos nos trazem importantes símbolos sobre o mistério da nossa existência quando nos abrimos para isso. A vida em vigília pode ser, em partes, como um sonho, se você se mantiver aberto para que os símbolos e os susurros do superior se manifestem com suas sugestões como um guia e um impulso para continuar no caminho certo.

Agora, eu vejo assim, o mundo exterior é um reflexo do que está no seu interior profundo. Durante a projeção isso é mais evidente se você se permitir explorar as coisas a partir desse ângulo, não é a expansão da consciência? Me parece que têm muito projetor que faz experiências pouco expandidas, já que as cores não são tão coloridas, os símbolos não são intensos e os detalhes não são evidentes. Para mim os detalhes não são uma coisa a qual eu preciso fazer esforço para prestar atenção, mas apenas estão presentes e visíveis de acordo com a lei da harmonia simultânea, o pensamento esclarecido que vê, sente e percebe o significado de tudo que se manifesta simultaneamente, na maior e mais leve simplicidade. Chega um ponto que qualquer experiência se torna uma soma do que foi aprendido em todos os demais "estados de consciência" e o discernimento se faz presente.

Se vocês estão tendo experiências assim mais morninhas, isso me mostra que falta paixão no fundo de vossos corações e falta abrir a cabeça e permitir o impossível.

Pra mim a projeção nunca foi um fim, e mesmo hoje -eu só me interessei nela após desenvolver diversas outras faculdades espirituais- e ainda não a vejo como um fim, mas mais uma ferramenta que se soma ao incrível e infinito que é a vida espiritual. 

Mas é isso, o momento de viver na Terra é esse: de inovar e desafiar tudo o que é conhecido, simplesmente sendo a manifestação do coração, explorar o novo, o que a essência da sua alma traz de inédito e esses passos são muito emocionantes e satisfatórios de se dar.

Com as graças do amor divino,

Paz e luz.

  • Like 2
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, lutavsc disse:

Se vocês estão tendo experiências assim mais morninhas, isso me mostra que falta paixão no fundo de vossos corações e falta abrir a cabeça e permitir o impossível.

@lutavsc como assim? explica melhor

3 horas atrás, lutavsc disse:

Pra mim a projeção nunca foi um fim, e mesmo hoje -eu só me interessei nela após desenvolver diversas outras faculdades espirituais-

quais faculdades?

Abraços

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 horas atrás, Carlosmeneses6 disse:

@lutavsc como assim? explica melhor

quais faculdades?

Abraços

Tambem gostaria de saber. Carece de uma explanação maior sobre uma pauta tão profunda, não é?

Quais faculdades? O que temos de buscar para termos melhores  experiências no astral?

Particularmente,  nunca me senti em condições de estabelecer o que falta ou excede em outras pessoas (a minha própria vida, existência e idiossincrasias já são mistérios que me absorvem de tal forma, que ainda estou tateando em busca de um mínimo de orientação para não ficar paralisado diante da grandeza da minha vida pequena).

Respeitosamente digo que há sim muitas pessoas que tem de fato capacidades extraordinárias que se manifestam (lamentavelmente) em conjunto com um apego ao teatro do fantástico,  e elas buscam o impossível dentro do possível,  quando talvez fosse mais sensato buscar o oposto.

Minhas projeções são de fato, um tanto...Monocromáticas,  devido a muita coisa (falta de treino, leitura, habilidade, lucidez baixa, amadurecimento espiritual, etc.), mas elas já me deixam fascinado. 

E  eu tomo cuidado, pois o fascínio é como o medo: ótimo escravo, mas péssimo mestre.

Nosso colega @lutavscamorosamente compartilhou conosco sua experiência,  fato pelo qual expresso minha gratidão.  E recebeu com dignidade uma crítica que foi também feita com dignidade, pelo que lhe dou meus parabéns. 

Mas na volta,  aparentemente sua lucidez no plano físico deu uma queda e ele se esqueceu de um atributo principal de pessoas ascencionadas...

Que pena...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Luiz On disse:

Tambem gostaria de saber. Carece de uma explanação maior sobre uma pauta tão profunda, não é?

Quais faculdades? O que temos de buscar para termos melhores  experiências no astral?

Particularmente,  nunca me senti em condições de estabelecer o que falta ou excede em outras pessoas (a minha própria vida, existência e idiossincrasias já são mistérios que me absorvem de tal forma, que ainda estou tateando em busca de um mínimo de orientação para não ficar paralisado diante da grandeza da minha vida pequena).

Respeitosamente digo que há sim muitas pessoas que tem de fato capacidades extraordinárias que se manifestam (lamentavelmente) em conjunto com um apego ao teatro do fantástico,  e elas buscam o impossível dentro do possível,  quando talvez fosse mais sensato buscar o oposto.

Minhas projeções são de fato, um tanto...Monocromáticas,  devido a muita coisa (falta de treino, leitura, habilidade, lucidez baixa, amadurecimento espiritual, etc.), mas elas já me deixam fascinado. 

E  eu tomo cuidado, pois o fascínio é como o medo: ótimo escravo, mas péssimo mestre.

Nosso colega @lutavscamorosamente compartilhou conosco sua experiência,  fato pelo qual expresso minha gratidão.  E recebeu com dignidade uma crítica que foi também feita com dignidade, pelo que lhe dou meus parabéns. 

Mas na volta,  aparentemente sua lucidez no plano físico deu uma queda e ele se esqueceu de um atributo principal de pessoas ascencionadas...

Que pena...

 

15 horas atrás, Carlosmeneses6 disse:

@lutavsc como assim? explica melhor

quais faculdades?

Abraços

Calma gente, vocês que leram errado. Só disse que o interior se reflete no exterior, e nem tudo é técnica projetiva. A vida espiritual é infinita e sem nenhuma impossibilidade, a limitação humana está em seu próprio conjunto de crenças. Tudo é consciência. Estou dizendo justamente o oposto do que vocês entenderam, não tenho nenhuma capacidade a mais que ninguém, e ninguém, na condição humana, tem capacidade superior ao seu igual irmão humano. Podes fazer técnicas de consciência, projetivas à vontade e nunca ter experiências parecidas, pois eu mesmo sou noviço nas técnicas, mas a verdade é o espelho do coração e os olhos do coração que vêem as coisas como são, multidimensionais, profundas e incríveis. É um erro humano chamar de fantasia e desfazer de coisas por "imaginação", a imaginação nada mais é que a tentação da vida interna, deve-se cortar todos os sentimentos imaginativos que aparentam despertar em nós para se livrar dela. Imaginação também é imaginar que já sabe como as coisas são e, portanto, se limitar a um determinado tipo de experiência. O que eu disse foi: desapegue-se de suas crenças, desafie o que pensas como impossível, e se verá diante de situações que hoje lhe aparentam extraordinárias, mas que então se tornarão apenas a verdade.
Agora, quando eu compartilho experiências assim, que julgo dignas de serem compartilhadas e são bem raras -e eu também tenho experiências comuns do tipo estava passeando e resolvi pular e volitei- comecei a receber esse tipo de resposta meio "em choque" e tudo que fiz foi pensar no porquê disso, não sei pq alguns se ofenderam.

Abraços, Deus abençoe.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 horas atrás, Carlosmeneses6 disse:

@lutavsc como assim? explica melhor

quais faculdades?

Abraços

Citando novamente. Não faculdades no sentido de universidade mas no sentido de qualidades.

Muito antes de começar a desenvolver a projeção eu já recebia códigos do superior em casa, em momentos de catalepsia projetivo, e hoje isso ainda acontece, como "downloads", as vezes que eu tentei comunicar eles respondiam com uma voz metálica e robótica "para de falar", mas o amor sempre foi imenso e a luz dourada. Hoje eu já me entrego e deixo vir, posso até fazer um pedido ou outro. Da última vez fiz justo esse pedido, de querer projetar, e recebi um "presente" no meu terceiro olho. Tive uma vida de muitos desafios que me forçaram a questionar as minhas crenças e o que eu tinha pré-concebido como limites. E a partir de transes meditativos tive uma experiência fora do corpo, em outro corpo, e essa sim foi de cair o queixo, e só a partir disso voltei a me interessar pelo tema e vim aqui aprender a desenvolver tais técnicas. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, lutavsc disse:

 

Calma gente, vocês que leram errado. Só disse que o interior se reflete no exterior, e nem tudo é técnica projetiva. A vida espiritual é infinita e sem nenhuma impossibilidade, a limitação humana está em seu próprio conjunto de crenças. Tudo é consciência. Estou dizendo justamente o oposto do que vocês entenderam, não tenho nenhuma capacidade a mais que ninguém, e ninguém, na condição humana, tem capacidade superior ao seu igual irmão humano. Podes fazer técnicas de consciência, projetivas à vontade e nunca ter experiências parecidas, pois eu mesmo sou noviço nas técnicas, mas a verdade é o espelho do coração e os olhos do coração que vêem as coisas como são, multidimensionais, profundas e incríveis. É um erro humano chamar de fantasia e desfazer de coisas por "imaginação", a imaginação nada mais é que a tentação da vida interna, deve-se cortar todos os sentimentos imaginativos que aparentam despertar em nós para se livrar dela. Imaginação também é imaginar que já sabe como as coisas são e, portanto, se limitar a um determinado tipo de experiência. O que eu disse foi: desapegue-se de suas crenças, desafie o que pensas como impossível, e se verá diante de situações que hoje lhe aparentam extraordinárias, mas que então se tornarão apenas a verdade.
Agora, quando eu compartilho experiências assim, que julgo dignas de serem compartilhadas e são bem raras -e eu também tenho experiências comuns do tipo estava passeando e resolvi pular e volitei- comecei a receber esse tipo de resposta meio "em choque" e tudo que fiz foi pensar no porquê disso, não sei pq alguns se ofenderam.

Abraços, Deus abençoe.

Bem explicado. A mim não ofendeu em absoluto. Só quis dar uma sutil admoestação de que talvez a maneira como você falou algumas coisas deu a entender que sem no conhecer, sabia o que nos ia ao coração e também que estava se colocando em posição de superioridade moral. O que não foi o caso, como você explicou aqui.

Mas foi só  um toque de leve. Sem mágoas. 

Kkkkk

Quando tenho uma projeção,  sinto vontade de falar dela, mesmo que o conteúdo seja constrangedor ou coisa assim, pois me sinto sempre agradecido quando tenho uma experiência assim.

É estranho, mas o sentimento de gratidão meio que obriga a falar. 

Não sei se é o mesmo sentimento que move outros a relatar, mas não tenho dúvidas de que nos estimulamos mutuamente a evolução quando compartilhamos o que sabemos é também nossas duvidas .

Deus o abençoe também, amigo...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
42 minutos atrás, Luiz On disse:

Bem explicado.(...)

Depois que eu recebi essas respostas há quase um mês, confesso que fiquei meio abalado pois não esperava de forma alguma receber esse tipo de reação aqui (e também imaginei que fosse, no mínimo, comum). Pois absorvi o que foi dito e segui meu caminho com certeza que isso se elucidaria também e que eu poderia vir aqui dar uma resposta que esclareceria aos mais céticos. Eu já havia passado por momentos em que eu mesmo duvidara da experiência há alguns anos, e depois de muita luta alcancei o discernimento que eu queria. Entre os grupos gringos, participo de starseeds (sementes estelares) e lá eles aceitam muito melhor esse tipo de experiência OBE (out of body experience - experiência fora do corpo) mas vejo que muito lhes falta técnica e conhecimento mais profundo dessas coisas que só encontro aqui. O Brasil parece mesmo ser mais espiritualizado que grande parte do mundo. Não há fórum organizado como esse, por outro lado aqui há muito ceticismo, ainda não encontrei o melhor dos dois mundos, com certeza está dentro de mim rs.

Agora, essa outra experiência que eu tive em Novembro, que eu narrei como sendo a volta do meu interesse pela projeção, foi a que me trouxe a certeza do que é ser uma 'semente estelar' (já sabia há mais tempo que eu era, mas não compreendia o significado disso) e sei que o agora que vivemos é o de despertar em massa e viemos justo para isso, romper com velhos padrões e mostrar a todos que existe uma pluralidade de possibilidades mesmo dentro do que vocês já consideram que rompe o tradicional (i.e a projeção) e, tenho certeza que, se for o meu caminho me tornar um projetor, estarei rompendo com muitos "achismos" do presente e me movimentando através de frequências que vocês até então acham impossíveis, pelo pouco que já estive no meu corpo pude navegar de formas muito maravilhosas. Isso tudo em uma época que está tudo caindo aos pedaços na humanidade e caminhamos para um cataclisma que pode gerar a extinção da raça humana muito em breve, no relógio do fim do mundo faltam poucos segundos para a meia-noite. 

Mas reafirmo que todos temos a mesma capacidade e habilidades enquanto sob o véu de ser-humano. Se se projetar está tão difícil para alguns, não que seja fácil pra mim (ainda tenho uma longa trilha a frente), recomendo acreditar que na verdade é muito fácil e mudar esse pensamento que gera bloqueios. A vida é simples e como ela, tudo deve ser também.

Beijos.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, lutavsc disse:

Calma gente, vocês que leram errado¹

Estou dizendo justamente o oposto do que vocês entenderam², não tenho nenhuma capacidade a mais que ninguém, e ninguém, na condição humana³, tem capacidade superior ao seu igual irmão humano.

¹ Acho que você tenha se expressado mal, falar que alguém "leu errado" é tanto pouco grosseiro, talvez o correto seria a interpretação diferente que cada um teve.

²E o que exatamente eles entenderam? Se apenas perguntaram, aliás, pediram mais explicações para melhor compreensão sobre tais coisas.

³Na condição humana espiritual ou o que for, todos tem a mesma capacidade, o que difere são as experiências vividas de cada, com o mesmo objetivo universal de aprendizado.

5 horas atrás, Luiz On disse:

Mas na volta,  aparentemente sua lucidez no plano físico deu uma queda e ele se esqueceu de um atributo principal de pessoas ascencionadas...

Aqui eu entendo o que o Luiz quis dizer, pelo jeito que você escreve, aparenta ser uma pessoa muito ascencionada, porém, a momentos em que PARECE querer mostrar a "grandeza" de sua moral, em poucas palavras, faltou humildade de sua parte, especialmente aqui:

20 horas atrás, lutavsc disse:

Se vocês estão tendo experiências assim mais morninhas¹, isso me mostra² que falta paixão no fundo de vossos corações e falta abrir a cabeça e permitir o impossível.

Basicamente está afirmando que falta paixão pela projeção(?) "Abrir a cabeça e permitir o impossível"  Impossível é só uma definição do que a gente, enquanto encarnado, acha que em hipótese alguma aconteceria. Como você disse "desafie o que pensas como impossível". O que já esclareceu bastante.

 ¹Vale mais uma experiência "morninha" e um grande aprendizado (ou para a busca de um) do que uma experiência "intensa" e de pouco aprendizado (é relativo, como eu disse, experiências diferem para cada um, assim como a "forma de ver" o aprendizado também)

²Isso é o que você acha que está faltando, pra uns pode ser falta de sintonia, outros de técnicas. Enfim, experiência "intensa", na maioria das vezes, é experiência patrocinada

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 minutos atrás, CarlGSR disse:

.

Com certeza não sou nenhum ser ascensionado, se parece isso e aquilo em alguns momentos, nós, como seres humanos -e mesmo em situação de equilíbrio- somos sujeitos a certa dualidade em nossas personalidades, né. Eu tenho uma personalidade forte mesmo, Deus e meus guias sabem do trabalho que é corrigir meus defeitos, assim como todos nós temos. A perfeição nunca pode ser alcançada, podem reprimir aspectos de si pensando estarem fazendo o bem mas só estarão gerando um ser reprimido. Não vou diminuir nada simplesmente pra parecer ser humilde, mas eu sou muito humilde, não falo isso como uma qualidade mas como um fato de quem sou, pequeno e doente aqui na Terra. Você mesmo disse "Pareceu isso e aquilo", sinto muito por isso, não sou muito bom mesmo com o que fica "parecendo", sou mais do ser que do parecer e não acredito nessa espiritualidade da perfeição mas no caminho do meio. Acho que esse assunto da falta de compreensão mútua já foi resolvido aqui entre eu e o outro moço. 

PS: Isso de analisar frase por frase das pessoas e ficar apontando seus defeitos não é legal, é estranho e meio sociopático.

Beijos e abraços.

  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
48 minutos atrás, CarlGSR disse:

²Isso é o que você acha que está faltando, pra uns pode ser falta de sintonia, outros de técnicas. Enfim, experiência "intensa", na maioria das vezes, é experiência patrocinada

Com certeza. Eu plantei essa sementinha sobre esse "achar" há quase um mês e deixei ela florescer, pois pra mim foi um mistério as pessoas aqui (pois já conheci outros em outros lugares) não compartilharem desse tipo de experiência. Agora, mais em cima nos comentários você vai ver que antes teve mais gente achando muitas coisas aí sobre mim com muita certeza, e nem eu nem ninguém "achou" isso ruim. No mais, concordo com o resto dessa frase, por isso eu compartilho só as intensas mesmo, que dá pra contar nos dedos de uma mão quantas foram, mas as morninhas também acontecem e me ensinam muitas coisas. O resto é recalque. 
Obs: Eu já fui assim de ficar passando pente fino nas pessoas, reparando no ego delas, isso é muito feio viu? Pior é que eu fazia isso comigo mesmo, passava o mesmo pente fino em mim e Deus sabe o dano que foi. Hoje eu prefiro deixar todos simplesmente serem com todos seus defeitos, essa é a graça de estar na Terra, mais engraçado ainda é quem se ofende pelos traços dos outros, traços todo mundo têm.

Fui

  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estava pensando em responder seriamente de forma civil e educada, os Obs/PS deixados por você, mas não vale a pena, visto a maneira de como você levou o meu post em que finalmente mostrou sua real face:  

47 minutos atrás, lutavsc disse:

O resto é recalque. 

O que tinha a ser feito aqui, está feito.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
18 minutos atrás, CarlGSR disse:

Estava pensando em responder seriamente de forma civil e educada, os Obs/PS deixados por você, mas não vale a pena, visto a maneira de como você levou o meu post em que finalmente mostrou sua real face:  

O que tinha a ser feito aqui, está feito.

Bem, o assunto já estava encerrado e eu dei uma resposta muito bem-humorada. Me diverti bastante, mas se vc leu assim tudo bem. Agora, não retiro nada do que disse na OBS. pois é isso mesmo. Tchau.

 

PS: você sabe muito bem quais foram suas intenções.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, lutavsc disse:

Tive uma vida de muitos desafios que me forçaram a questionar as minhas crenças e o que eu tinha pré-concebido como limites.

acho que praticamente todos nós passamos por isso.

 

2 horas atrás, CarlGSR disse:

pediram mais explicações para melhor compreensão sobre tais coisas.

eu não levei a mal nada do que ele falou, mas confesso que tb faço parte da turma que ficou intrigada com essas experiências e gostaria de saber mais.

 

eu tb acompanho o "semente das estrelas" e passei a conhecer um pessoal que se contasse nesse fórum sobre suas experiências poucos acreditariam. Cada um tem seu tempo e ainda, querendo ou não, sofremos pelo menos um pouco dos dogmas religiosos que jogam a cruz dos nossos erros nas nossas costas a ponto de fazer com que duvidemos de tudo, de todos e principalmente das nossas capacidades divinas (é como se no fundo no fundo fôssemos ainda religiosos só que tentamos nos afastar negando o lado bom das religiões). Não que devêssemos acreditar em tudo. Tenho algumas experiências que são tão loucas que eu mesma duvido, mas as anoto e respeito, com o raciocínio de que se for uma boa experiência ou uma boa história nada é tempo perdido.

peço licença pra viajar um pouco aqui... o Laércio fez um questionamento que "abriu" um pouco a minha cabeça: Se o Inri Cristo for mesmo quem diz ser, quem somos nós pra falar o que ele tem que fazer? Quando ele vai a algum programa de TV o que queremos ver? milagres, queremos uma prova. Não que eu acredite nele, mas supondo que ele seja mesmo o Cristo e comece mesmo a fazer milagres irrefutáveis, que vergonha, quem somos nós a exigir que ele faça um milagre no Programa do Gugu. E se nós ao duvidar de tudo estejamos deixando experiências maravilhosas passarem?

 

5 horas atrás, lutavsc disse:

É um erro humano chamar de fantasia e desfazer de coisas por "imaginação", a imaginação nada mais é que a tentação da vida interna, deve-se cortar todos os sentimentos imaginativos que aparentam despertar em nós para se livrar dela. Imaginação também é imaginar que já sabe como as coisas são e, portanto, se limitar a um determinado tipo de experiência. O que eu disse foi: desapegue-se de suas crenças, desafie o que pensas como impossível, e se verá diante de situações que hoje lhe aparentam extraordinárias, mas que então se tornarão apenas a verdade.

meu terapeuta reencarnacionista diz que não somos capazes de imaginar absolutamente nada, tudo faz parte da verdade em nós. O que quero dizer é que talvez todas as experiências sejam válidas. Certa vez eu comecei a fazer um exercício de imaginação (enquanto aguardava o horário de iniciar um trabalho) e acabei em uma lembrança linda de uma vida passada muito feliz e que me trouxe lições magníficas, no momento não acreditei, mas deixei fluir e o mentor confirmou e me trouxe mais informações sobre a lembrança meses depois.

também acho que devemos ficar menos ofendido se alguém se disser um mestre ancião fodástico, por que a gente se ofende? será que é por que ele sendo perfeito (supondo) nós nos sentimos imperfeitos? estaríamos bravos com ele ou com a nossa própria imperfeição? Será que no mundo dos perfeitos ele precisa ficar pisando em ovos pra falar sobre suas experiências com seus colegas perfeitos ou eles se enriquecem trocando experiências?

desculpa se alguém me interpretar mal, a comunicação é complicada e não estou querendo ofender ninguém no grupo, não estou me referindo a ninguém em específico, só refletindo sobre o comportamento humano geral, pode ser um comentário i*****, mas eu estou tentando me dar ou direito de pensar diferente de como normalmente penso, até por que eu ainda me pego pensando como a fanática religiosa que pude ter sido em vida passada, não que eu ache ser esse meu perfil, não acho que tenha acontecido, mas eu sinto o peso da cruz da culpa ainda, duvido de tudo, me acho pior que os outros, sinto ciúme, quero controlar as coisas, sinto inveja, ódio, preguiça, culpa... mas quem sabe também haja dentro de mim um lado perfeito que eu não vejo e nem sinto ainda? 

e espero que esse seja um fórum em que possamos ter liberdade de colocar nossas experiências, dúvidas, sugestões sem melindres, sem brigas e com muito respeito.

 

 

 

Edited by Patríciaf
palavra repetida
  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 minutos atrás, Patríciaf disse:

acho que praticamente todos nós passamos por isso.

 

eu não levei a mal nada do que ele falou, mas confesso que tb faço parte da turma que ficou intrigada com essas experiências e gostaria de saber mais.

 

eu tb acompanho o "semente das estrelas" e passei a conhecer um pessoal que se contasse nesse fórum sobre suas experiências poucos acreditariam. Cada um tem seu tempo e ainda, querendo ou não, sofremos pelo menos um pouco dos dogmas religiosos que jogam a cruz dos nossos erros nas nossas costas a ponto de fazer com que duvidemos de tudo, de todos e principalmente das nossas capacidades divinas (é como se no fundo no fundo fôssemos ainda religiosos só que tentamos nos afastar negando o lado bom das religiões). Não que devêssemos acreditar em tudo. Tenho algumas experiências que são tão loucas que eu mesma duvido, mas as anoto e respeito, com o raciocínio de que se for uma boa experiência ou uma boa história nada é tempo perdido.

peço licença pra viajar um pouco aqui... o Laércio fez um questionamento que "abriu" um pouco a minha cabeça: Se o Inri Cristo for mesmo quem diz ser, quem somos nós pra falar o que ele tem que fazer? Quando ele vai a algum programa de TV o que queremos ver? milagres, queremos uma prova. Não que eu acredite nele, mas supondo que ele seja mesmo o Cristo e comece mesmo a fazer milagres irrefutáveis, que vergonha, quem somos nós a exigir que ele faça um milagre no Programa do Gugu. E se nós ao duvidar de tudo estejamos deixando passar experiências maravilhosas passar?

 

meu terapeuta reencarnacionista diz que não somos capazes de imaginar absolutamente nada, tudo faz parte da verdade em nós. O que quero dizer é que talvez todas as experiências sejam válidas. Certa vez eu comecei a fazer um exercício de imaginação (enquanto aguardava o horário de iniciar um trabalho) e acabei em uma lembrança linda de uma vida passada muito feliz e que me trouxe lições magníficas, no momento não acreditei, mas deixei fluir e o mentor confirmou e me trouxe mais informações sobre a lembrança meses depois.

também acho que devemos ficar menos ofendido se alguém se disser um mestre ancião fodástico, por que a gente se ofende? será que é por que ele sendo perfeito (supondo) nós nos sentimos imperfeitos? estaríamos bravos com ele ou com a nossa própria imperfeição? Será que no mundo dos perfeitos ele precisa ficar pisando em ovos pra falar sobre suas experiências com seus colegas perfeitos ou eles se enriquecem trocando experiências?

desculpa se alguém me interpretar mal, a comunicação é complicada e não estou querendo ofender ninguém no grupo, não estou me referindo a ninguém em específico, só refletindo sobre o comportamento humano geral, pode ser um comentário i*****, mas eu estou tentando me dar ou direito de pensar diferente de como normalmente penso, até por que eu ainda me pego pensando como a fanática religiosa que pude ter sido em vida passada, não que eu ache ser esse meu perfil, não acho que tenha acontecido, mas eu sinto o peso da cruz da culpa ainda, duvido de tudo, me acho pior que os outros, sinto ciúme, quero controlar as coisas, sinto inveja, ódio, preguiça, culpa... mas quem sabe também haja dentro de mim um lado perfeito que eu não vejo e nem sinto ainda? 

e espero que esse seja um fórum em que possamos ter liberdade de colocar nossas experiências, dúvidas, sugestões sem melindres, sem brigas e com muito respeito.

 

 

 

Obrigado Patrícia, sua resposta significou muito para mim. Acho que quando a gente expõe esse tipo de experiência, que são "algo mais" isso mexe mesmo com as energias das pessoas (e nossas) e pode ter certeza que para cada relato que compartilhei aqui tem muitos outros que não ouso justamente pelas respostas que tive, e outros que por serem muito preciosos guardarei só para mim. Se você faz parte dos grupos das "sementes estelares" sabe do que estou falando e como rola todo tipo de "treta" entre irmãos lá. Faz parte da nossa harmonização enquanto irmandade. Fico muito feliz de ler aqui um pensamento semelhante. Um grande abraço!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eita! O troço rendeu! 

Kkkkkkk

Amigos,  eu não acredito em tudo e também não duvido de nada. 

Mas houve tempo em que eu era ou me definia como ateu e vivia procurando brechas nas crenças alheias para mostrar a falha delas. 

Foi na busca de argumentos para debater que eu me deparei com um site que na época eu pensei ser mais um de "baboseiras esotéricas " é li tudo , mas uma parte me deixou intrigado: 

"Não acredite em nada do que você lê. Nem mesmo neste site. Tenha suas próprias experiências pessoais." 

Isso mexeu comigo pois me pareceu de uma honestidade crua. 

Aprendi várias técnicas projetivas e uma noite,  ou melhor uma madrugada lá estava eu, me sentindo ridículo por tentar , mas pensando naquele princípio. 

Momentos depois eu estava flutuando perto do teto com meu corpo metros baixo de mim na minha cama!

Desde então,  tomo todas as coisas como possíveis,  porém,  cuido de separar experiências oníricas de projeção. 

O relato do nosso colega que gerou esse debate de modo algum me ofendeu,  assim como não me ofende as habilidades de ninguém. 

Claro, citei e todos sabem que na internet está cheio de relatos de gente que é super sayagin astral (kkkkk)

Mas não quis dizer que este é o caso aqui, embora se alguém dissesse algo assim de mim, talvez não ficasse magoado por isso. Como eu disse, já tive projeções fantásticas,  mas raras. Não tenho o dom da crença,  então eu realmente desconfio do conteúdos minhas projeções e peço aos amigos para me ajudarem a decifrar o conteúdo e não raro, chegamos a conclusão de que nem tudo o que reluziu foi ouro.

Reitero, não fiquei ofendido  pelo relato do nosso amigo, muito pelo contrario. Fiquei curioso, mas sim, coloquei o conteúdo sob o crivo da minha análise,  como faço com tudo o que me ensina algo.  

Questionei o relato e não a habilidade ou honestidade de quem relatou

Nossos primeiros questionamentos,  penso, foram nessa linha: Seria possível haver conteúdo onírico nessa projeção?

Talvez sim, talvez não.  O interessante é discutir sobre isso é melhorar nosso conhecimento. 

Acontece com frequência e até com projetores experientes.  E nosso colega não foi feliz na escolha de suas palavras nas réplicas,  dando-nos a entender que é de alguma forma uma alma elevada ou coisa assim. 

A defesa apaixonada de um ponto de vista as vezes faz isso, mas é coisa que seria facilmente resolvida com uns posts explanativos, mas falar de "recalque" e "perfeição "....
.

Fiquei confuso.

 

Mas segue o baile!  :)

 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rapá!! Galera sempre sejam críticos mesmo, com respeito com quem relata, mas crítico com o relato, estamos aqui para aprender, comparar, somar, sermos questionados etc.
Eu tenho minhas visões que foram forjadas em cima das minhas experiências e assim se sucede com cada um, não somos donos da verdade, contudo nem o outro. Criticidade sempre, e como foi pontuado que possamos tirar o melhor das nossas experiências "mornas ou fantásticas", a evolução o crescimento! E estejamos sempre abertos para críticas, deixemos sempre a possibilidades de estarmos errados, até mesmo os mais influentes pesquisadores! Adorei o debate! hahah

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.