• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Recommended Posts

Boa tarde pessoal.

Gostaria de alguma recomendação para a situação que vou descrever abaixo.

Na última semana, eu e minha esposa começamos a perceber que algumas coisas em casa pareciam estar sumindo, mais especificadamente com comida o que torna a situação meio duvidosa, mas vamos lá. Certo dia fiz uma pequena compra comprei 9 steaks de frango, guardei no congelador, no outro dia quando fui ver tinha apenas 6, era um final de semana não vi minha esposa fazendo eles e ela também disse que não fez, como se trata de coisas sem valor ignoramos, poucos dias depois minha esposa vem reclamando que as moedas que ela guarda em um pote no armário vinham sumindo, outro dia comprei hamburguês sumiram dois, agora para finalizar na sexta feira comprei 6 sachê de Wiskas para minha gata e três para meu cachorro, damos um por dia para ela, quando quando minha esposa abriu a gaveta do armário ela disse, "eu sabia que tinha alguma coisa de errado" os Wiskas tinham sumido e minha gata não comeu todos, inclusive quem coloca a comida para ela é minha esposa. Referente ao clima vibratório parece estar bem pesado em casa, estamos tendo muitos pesadelos, tem aparecido problemas básicos em casa, como diversos vazamentos nos canos, teve 4 no último mês, mau humor, estamos em uma situação de stress e ansiedade no momento devido algumas mudanças que está ocorrendo no campo profissional e outros, fiz algumas pesquisas e vi que o espiritismo fala sobre isso relacionado aos espíritos zombeteiros que fazem essas particularidades para causar intrigas e tirar sarro, e nas lendas dos "gnomos" que o espiritismo também trata-os como espíritos zombeteiros, na parapsicologia tem um nome para isso é JOTT, mas afirmam não saber como isto acontece, nos estudos que vi. Gostaria de saber se alguém já passou por uma situação parecida ou uma recomendação para por um fim nisso, porquê eu não vejo graça nenhuma.    

 

Obrigado a todos. :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu diria que quem tem gatos não precisa perder tempo procurando outras explicações:

https://youtu.be/JKg1a5SOZUE

https://www.youtube.com/watch?v=-XTwbh6Penw

https://www.youtube.com/watch?v=biS14t9FyDA

Se vivesse sozinho, aí sim valeria a pena procurar no invisível a explicação para essas coisas. Embora ainda existe um outro fenômeno muito conhecido, chamado "o gato do vizinho". Depois que eles entram na sua casa uma vez e se dão bem, semrpe voltarão para roubar mais.

  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

kkkkk.

Fortune, eu realmente apreciei os vídeos, até poderia considerar que fosse minha gata, mas ela está usando uma roupa cirúrgica que mal consegue andar, e ontem sumiu um pacote de bolacha mabel. Eu só espero que isso pare, por mais engraçado que seja essa situação e claro, por não parecer nem um pouco uma coisa séria. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olha, eu até já passei por uma fase dessas, embora eu nunca acredtiei que entidades pudessem fazer desaparecer objetos. 

Mas....

Era talvez a única explicação para o que acontecia.

Quando eu era estudante de engenharia, fazia uns bicos numa empresa de publicidade, cuidando da parte dos desenhos, enquanto os outros cuidavam da parte da pintura. O grosso do que fazíamos de letreiros em faixas, placas, fachadas de prédios.

Trabalhávamos numa casa enorme, antiga, com 270 anos. Por ser muito grande,com corredores de 30metros e diversos quartos espalhados por ali,  e não usarmos todos os quartos, três funcionários ocupavam quartos vagos ali. E começou a surgir boatos que havia fantasma ali, porque eles viam coisas, ouviam coisas a noite, etc, e o pessoal nao quis mais dormir la.

Então eu me interessei pro saber se tinha algo ali capaz de se fazer notar, e resolvi passar uma noite trabalhando lá sozinho. Cheguei um pouco antes da meia noite e comecei a fazer meu serviço sozinho numa das salas da frente. Vira e mexe davam uns estalo lá no fundo, onde nem tinha luz elétrica instalada. Então eu pensava "Ó, é hoje que vou ver um fantasminha" . Eu levei uma vela e um isqueiro (porque não lanterna? para dar chance ao fantasma de apagar a vela achando que me assustaria. Se o lance deles era assustar, achei que isso seria uma oportunidade irresistível para eles), acendia a vela e ila ´no fundo entrava em cada um das salas, examinava tudo, voltava e nada. Lá pelas tantas outro estalo, lá ia eu de novo, esperançoso em ver  algo diferente para contar aos netos, caso um dia os tivesse, mas nada.

Saí de lá as cinco da manhã e nenhum fantasma deu as caras.

Bom, mas acontece o seguinte: a quantidade de material que desaparecia naquele nosso prédio era inacreditável. Trabalhávamos direto com lápis e borracha, para escrever nas faixas antes de pintá-las. E estava semrpe faltando lápis e borracha. A toda hora tínhamos que parar para ir comprar um lápis. TODOS os dias tínhamos que interromper o trabalho  para comprar lápis, porque eles desapareciam. 

Então um dia nosso chefe se indignou e chegou dizendo "Agora eu quero ver isso sumir!!!". Ele tinha comprado uma caixa com cem lápis, e nem sei quantas borrachas. Veja bem, éramos ao total, 11 pessoas, e cada um tinha seu serviço para fazer, em geral em salas  separadas ou em grupos de 3 . Após dosi dias todos os lápis tinham sumido. Ninguem fez trabalho na rua, que pudéssemos ter perdido na rua. 

E um caso foi impressionante, foi quando acredite que tinha que ter um "diabo comedor de lápis" ali, ehehe. 

Estávamos com uma faixa estandida numa mesa de 8metros. Eu dia na frente desenhando o letreiro e logo atras de vinha vinha um colega pintando com o pincel as letras. 

E MAIS NINGUÉM NO PRÉDIO...

Meu colega ia ficando para tras porque claro, pintura em tecido consome mais tempo que traçado a lápis. Ele estava então uns 3metros distante de mim. Eu desenhei umas letras e então a faixa meio que amontoou numa parte. Larguei o lápis na mesa, alisei a faixa com as duas maso e levai a mao onde deveria estar o lápis...e não estava mais.

Uma sala vazia contendo apenas uma mesa e dois homens distante 3metro entre si... nenhum lapis caiu no chão, nao estava embaixo da faixa,não estava embaixo da mesa,  meu colega lá pintando concentrado...

E eu tive que sair e ir na papelaria para comprar um lápis e poder continuar o serviço, eeheheh.

Brincávamos que se um dia alguém demolisse aquela casa, pro ser muito antiga, talvez encontrasse uma montanha de lápis empilhados em algum canto entre as paredes , abaixo do assoalho, em cima do forro, vá saber...

Foi o único caso de sumiço de objetos que conheci em primeira mão. 

Eu morava na casa ao lado, alugava um quarto num hospedaria ao lado, colada nesse prédio,  também com 270 anso, (porque na verdade aquilo era originalmente um enorme casarão que foi vendido em partes para diferentes donos. E ali onde eu morava  eu sabia que tinha fantasmas porque chegeui a ouvir passos caminhando dentro da casa vazia, no andar de cima, em pleno dia. E a proprietária tinha prolbmeas para alugar uma peça lá da frente, porque tinha muto poltergeist. Chegou a ter um escritório de contabilidade lá, mas foram embora porque todos os dias eles chegavam de manha e tinha papelada espalhada pelo chão, ehehe

Mas assim, em geral essas coisas não fazem nada mesmo ,não é algo com que se preocupar.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 horas atrás, sandrofabres disse:

três funcionários ocupavam quartos vagos ali. E começou a surgir boatos que havia fantasma ali, porque eles viam coisas, ouviam coisas a noite, etc, e o pessoal nao quis mais dormir la.

Em geral eles precisarão de um vivo "alvo-fácil". No caso esses funcionários que dormiam lá eram usuários de maconha. Isso torna tudo mais fácil para as entidades, que conseguem sugar muita energia deles, motivo pelo qual eles parecem sempre mais "fracos e desanimados" do que as pessoas de mesma idade  que não usam nada.

  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Interessante seu relato. E o interessante é a quantidade de pequenos defeitos que a casa vem apresentando, inclusive a proprietária veio falar comigo que a casa nunca tinha dado problemas durante muitos anos, agora, vazamentos, problemas elétricos e etc. Bom de qualquer forma também não é nada de mais, se fosse meu pai ele já teria se mudado hahaha, ele sempre teve problemas com "coisas do além" e ainda ele é meio evangélico/católico e morre de medo. Eu também não vou ficar nesta cidade por muito tempo. Valeu.😁😁

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, dougsilver disse:

Interessante seu relato. E o interessante é a quantidade de pequenos defeitos que a casa vem apresentando, inclusive a proprietária veio falar comigo que a casa nunca tinha dado problemas durante muitos anos, agora, vazamentos, problemas elétricos e etc. Bom de qualquer forma também não é nada de mais, se fosse meu pai ele já teria se mudado hahaha, ele sempre teve problemas com "coisas do além" e ainda ele é meio evangélico/católico e morre de medo. Eu também não vou ficar nesta cidade por muito tempo. Valeu.😁😁

Dá uma olhadinha nas explicações do Feng Shui para casos de vazamento e outros problemas na casa. É interessante.

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 horas atrás, Rafael Lucena disse:

Dá uma olhadinha nas explicações do Feng Shui para casos de vazamento e outros problemas na casa. É interessante.

Vou olhar sim, obrigado pela indicação.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.