• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Rafael Lucena

Será que foi a Conjuração de Júpiter?

Recommended Posts

Faz um tempinho já que não relato nada, pois no geral, as projeções que tenho muitas vezes são carregadas de onirismos e ''apagões'' de memória. Termino ficando sem saber organizar cronologicamente os eventos durante a experiência. Nisso, separei 3 projeções curtinhas que tive nesse mês de junho, sendo que a terceira me chamou a atenção. Sempre antes de dormir, procuro fazer a respiração diafragmática por 5 minutos.

04/06/19

Despertei em astral no meu ex-quarto(da casa que eu morava ano passado). Logo fui conferir os dedos da mão direita e tinham seis dedos, confirmando que eu tava projetado e lúcido. Todos sabem a dificuldade em diferenciar projeções e sonhos lúcidos, mas pra mim já era o suficiente pra ficar animado. Engraçado que os móveis do quarto estavam todos no mesmo lugar de sempre, então tive a ideia de sentar na ''minha cama'' e meditar um pouco. No mesmo instante que fiquei em posição de lótus, uma tela mental surgiu na minha frente mostrando um ruído branco, como se tivesse sintonizando com alguma coisa e começou a aparecer um cenário de um jardim, mas apaguei.

08/06/19

Despertei lúcido adentrando um prédio público com estrutura antiga e paredes brancas desgastadas. Lembro que à medida que eu ia caminhando pro interior, a claridade do local e as pessoas que estavam lá iam diminuindo gradativamente. Eu sabia que qualquer coisa eu poderia retornar rapidamente pro corpo e continuei caminhando pra tentar entender o que tinha naquele local. Até que cheguei numa região quase sem luz e aparentemente vazia, mas senti como se alguém tivesse me observando e olhei pra trás. De longe, vi uma figura me encarando e comecei a correr pra porta mais próxima de mim. Senti um toque na minha nuca e paralisei na mesma hora, não faço ideia do que aconteceu, então comecei a visualizar esferas de luz saindo pela nuca e consegui me mexer na mesma hora. Lembro que ao chegar à porta pra ''fugir'' da figura sinistra que me encarava, o cenário mudou completamente e fui perdendo a lucidez até apagar.

25/06/19

Considerei a projeção com mais lucidez que já tive na minha vida e quando acordei de madrugada, logo fui registrar pra não esquecer. Apesar de curtíssima, acredito que eu tenha participado de um amparo extrafísico. Despertei lúcido numa casa simples e à minha frente havia o que parecia ser uma família(é estranho, pois quando eu não olhava fixamente pras pessoas, a fisionomia delas se assemelhava a meus parentes). Lembro de uma moça com cabelos pretos ao meu lado que me passava uma sensação de tutora. Ela dava instruções do que eu deveria fazer.

Sob os comandos dela, primeiro coloquei minha mão esquerda na região do abdômen e apontando pra pessoa indicada com a mão direita, eu repetia ''te vigos cossilim''(fui pesquisar como se escreve, pois pela sonoridade que eu escutava na hora, parecia mais como ''te vigos colin''). De vez em quando eu errava e estendia a frase acrescentando palavras aleatórias, e pacientemente a moça repetia ''Não, Rafael. Repete comigo ''te vigos cossilim''. À medida que eu fazia isso apontando pra cabeça das pessoas da família lá, luzes brancas e coloridas saíam da minha mão direita contornando a pessoa amparada. Achei muito interessante, pois que eu me lembre, foi meu primeiro amparo extrafísico estando lúcido. 

- Fui pesquisar ''te vigos colin'' e fui redirecionado para páginas de conjurações de defesa psíquica da gnose, especificamente da Conjuração de Júpiter. Apesar do termo correto ser ''te vigos cossilim'' e ter inclusive algumas palavras a serem decretadas antes dessa frase final, a posição das minhas mãos no astral estavam certinhas do jeito que as instruções das páginas recomendam.

- Apesar de já ter lido sobre a Conjuração de Júpiter uma vez no início do ano, nunca pensei que eu usaria no astral... especialmente pra amparo, pois achava que era voltado apenas pra defesa psíquica. As únicas conjurações que já usei da gnose, foram o Cântico do Belilin e o círculo mágico de proteção.

- Pra quem quiser conferir, tem tudo que mencionei nesse site da gnose:

 http://www.gnosisonline.org/defesa-psiquica/as-conjuracoes-para-defesa-psiquica/

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Rafael Lucena disse:

Faz um tempinho já que não relato nada, pois no geral, as projeções que tenho muitas vezes são carregadas de onirismos e ''apagões'' de memória. Termino ficando sem saber organizar cronologicamente os eventos durante a experiência. Nisso, separei 3 projeções curtinhas que tive nesse mês de junho, sendo que a terceira me chamou a atenção. Sempre antes de dormir, procuro fazer a respiração diafragmática por 5 minutos.

04/06/19

Despertei em astral no meu ex-quarto(da casa que eu morava ano passado). Logo fui conferir os dedos da mão direita e tinham seis dedos, confirmando que eu tava projetado e lúcido. Todos sabem a dificuldade em diferenciar projeções e sonhos lúcidos, mas pra mim já era o suficiente pra ficar animado. Engraçado que os móveis do quarto estavam todos no mesmo lugar de sempre, então tive a ideia de sentar na ''minha cama'' e meditar um pouco. No mesmo instante que fiquei em posição de lótus, uma tela mental surgiu na minha frente mostrando um ruído branco, como se tivesse sintonizando com alguma coisa e começou a aparecer um cenário de um jardim, mas apaguei.

08/06/19

Despertei lúcido adentrando um prédio público com estrutura antiga e paredes brancas desgastadas. Lembro que à medida que eu ia caminhando pro interior, a claridade do local e as pessoas que estavam lá iam diminuindo gradativamente. Eu sabia que qualquer coisa eu poderia retornar rapidamente pro corpo e continuei caminhando pra tentar entender o que tinha naquele local. Até que cheguei numa região quase sem luz e aparentemente vazia, mas senti como se alguém tivesse me observando e olhei pra trás. De longe, vi uma figura me encarando e comecei a correr pra porta mais próxima de mim. Senti um toque na minha nuca e paralisei na mesma hora, não faço ideia do que aconteceu, então comecei a visualizar esferas de luz saindo pela nuca e consegui me mexer na mesma hora. Lembro que ao chegar à porta pra ''fugir'' da figura sinistra que me encarava, o cenário mudou completamente e fui perdendo a lucidez até apagar.

25/06/19

Considerei a projeção com mais lucidez que já tive na minha vida e quando acordei de madrugada, logo fui registrar pra não esquecer. Apesar de curtíssima, acredito que eu tenha participado de um amparo extrafísico. Despertei lúcido numa casa simples e à minha frente havia o que parecia ser uma família(é estranho, pois quando eu não olhava fixamente pras pessoas, a fisionomia delas se assemelhava a meus parentes). Lembro de uma moça com cabelos pretos ao meu lado que me passava uma sensação de tutora. Ela dava instruções do que eu deveria fazer.

Sob os comandos dela, primeiro coloquei minha mão esquerda na região do abdômen e apontando pra pessoa indicada com a mão direita, eu repetia ''te vigos cossilim''(fui pesquisar como se escreve, pois pela sonoridade que eu escutava na hora, parecia mais como ''te vigos colin''). De vez em quando eu errava e estendia a frase acrescentando palavras aleatórias, e pacientemente a moça repetia ''Não, Rafael. Repete comigo ''te vigos cossilim''. À medida que eu fazia isso apontando pra cabeça das pessoas da família lá, luzes brancas e coloridas saíam da minha mão direita contornando a pessoa amparada. Achei muito interessante, pois que eu me lembre, foi meu primeiro amparo extrafísico estando lúcido. 

- Fui pesquisar ''te vigos colin'' e fui redirecionado para páginas de conjurações de defesa psíquica da gnose, especificamente da Conjuração de Júpiter. Apesar do termo correto ser ''te vigos cossilim'' e ter inclusive algumas palavras a serem decretadas antes dessa frase final, a posição das minhas mãos no astral estavam certinhas do jeito que as instruções das páginas recomendam.

- Apesar de já ter lido sobre a Conjuração de Júpiter uma vez no início do ano, nunca pensei que eu usaria no astral... especialmente pra amparo, pois achava que era voltado apenas pra defesa psíquica. As únicas conjurações que já usei da gnose, foram o Cântico do Belilin e o círculo mágico de proteção.

- Pra quem quiser conferir, tem tudo que mencionei nesse site da gnose:

 http://www.gnosisonline.org/defesa-psiquica/as-conjuracoes-para-defesa-psiquica/

 

Muito interessante, também conhecia esta conjuração, a de Júpiter, apenas para defesa, como uma forma de afastar entidades que oferecem algum tipo de perigo ou que nos meta medo, como amparo, é a primeira vez que ouço falar. Muito bom.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.