• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Recommended Posts

Olá pessoal, estou de volta, depois de um tempo.

Trouxe novidades pra vocês:

Alguém aí já sentiu dor no peito ao projetar?

Praticando eu aprendi a projetar de duas maneiras:

1. Após cair no sono (pelo menos creio que seja dormindo), quando faço as preparações de relaxamento e não vejo mais nada depois disso, mas do nada me encontro em algum lugar e lúcido;

2. Consciente do começo ao fim.

Na primeira maneira eu não vejo a minha saída, eu simplesmente me vejo já em algum lugar e não percebo a existência do meu corpo físico, só do astral; sou eu ali, em um único lugar.

Quando isso acontece eu me sinto mais à vontade e independente, embora eu dependa 100% do meu estado para voar, traduzindo, se eu tentar fazer algo que não seja correto no astral, eu fico denso e só consigo caminhar; se eu purifico minhas intenções e não tenho pensamentos inadequados, eu fico totalmente leve, por isso, quando eu preciso ir à algum lugar mais distante, primeiro eu vejo como eu estou, tento sorrir, ficar feliz, puxo uma satisfação do nada e assim consigo voar facilmente me mantendo feliz. Baseado nisso, eu uso esse julgamento pra saber quem é bom e em quem posso confiar no astral: se o sujeito não consegue voar, eu não dou bobeira com ele e arrumo um jeito de cair fora.

Já na segunda e mais difícil forma de projetar, só me é possível quando eu durmo antes, e acordo à noite satisfeito do sono. Nessa hora eu dou uma esticada rápida no corpo ali mesmo na cama, pra não sentir incômodo e precisar trocar de posição. Então eu fico imóvel e faço a técnica do "esquecimento de membros" (técnica para meditação) até ficar tudo formigando e suavemente começar a ter a sensação de estar boiando na cama. Tudo isso eu faço sem dormir, capaz de abrir os olhos a hora em que eu bem quiser, com controle total do corpo. Chega uma hora em que eu simplesmente sinto o desprendimento, então sei que já posso me levantar da cama, deixando o corpo pra trás. A diferença é que quando eu faço isso, eu sinto todo o corpo na cama, não saio do plano físico, mas estou fora do corpo, em dois lugares ao mesmo tempo: me sinto na cama e lá no quintal, por exemplo, vendo o jardim. Se eu quiser voltar, basta me mexer na cama ou abrir os olhos, mas prefiro evitar uma volta tão brusca, sei lá porquê. Dessa forma eu tenho pleno controle do corpo físico e do astral, mesmo estando separados. Porém, vem a dúvida, quando eu volto, eu sinto uma dor não aguda no peito, é como se fosse uma pressão que dói, como se tivesse pressionado o tórax por algum peso e depois retirado. Uma vez senti isso quando ia saindo, eu me sentei na cama e já senti o peito doendo no corpo físico, então temi e retornei. Tentei de novo e senti a mesma dor, então não tentei mais até então.

Se alguém já passou por isso que saiba explicar porque isso acontece e como corrigir por que eu desconfio que seja um dos corpos espirituais que não deveriam se desprender e de repente eu esteja desprendendo e trazendo junto comigo, prejudicando minha saúde e me pondo em risco de abandonar o corpo de vez, se é que isso é possível. Se for possível, vou deixar para a ocasião certa, quando eu quiser ir embora mesmo kkkkk. Outra hipótese é de que meus batimentos cardíacos fiquem comprometidos ou até cessem durante o passeio, o que tomara não seja isso. Outra diferença é que a definição é muito maior assim. Tipo, se eu faço dormindo é consciência FullHd, se faço acordado é 4K entendem? kkkk

 

Um abraço astral à todos!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ola, isso de se sentir em dois lugares ao mesmo tempo eu pensei em duas possibilidades, uma em que ao invés de estar saindo em corpo astral voce possa estar saindo através das energias (tipo uma clarevidencia), que tambem é um veiculo de manifestaçao da consciencia, ou voce pode estar saindo em corpo astral mesmo e tendo a dupla visao, que é quando a consciência oscila entre o corpo astral e o fisico atraves das energias, dando a impressão de estar nos dois lugares, mas ai tem que analisar pra ver o que pode ter sido.

Quanto a dor no peito, seria bom ver se nao tem alguma origem fisica que esta causando.Eliminando essa chance de ser algo do fisico, pode ser que seja alguma repercussão energetica no chacra cardíaco, podendo ou nao ter sido induzida por algum espirito, mas novamente tem que analisar, mas quanto ao medo de ta prejudicando a saude fisica por conta da projeçao nao precisa se preocupar, o corpo astral se desprende sempre quando dormimos, mas a maioria de nos ficamos inconscientes nessas saidas, entao a unica coisa que ira mudar é que ficaremos conscientes e podendo atuar, entao nao precisa ter esse medo, pode continuar suas praticas a vontade.

ah e no caso da definição, talvez seja por conta do nivel de lucidez de cada experiência. abç!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.