• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Leadbeater

Como se defender de uma pessoa extremamente negativa?

Recommended Posts

Olá Viajantes!

Acreditava já dominar razoavelmente bem algumas técnicas de defesa energética mas confesso que não consigo evitar o ataque ou repercussão após contato com 2 pessoas próximas. Não se tratam de pessoas ruins e, na verdade, ajudam muito os outros mas vivem em bolhas culturais que facilitam a formação de legiões de assediadores.

Uma delas é uma senhora com mais de 80 anos, educação religiosa penitente, só assiste/ouve notícia negativa e vive em torno de opiniões midiáticas semanais repetindo como se fossem dela, acredita fazer parte de uma elite e apenas quem tem cargo e poder tem valor, embora na verdade faça parte do povo e sofra muito com seus benefícios ficando mais curtos. Apesar dessa visãozinha, ajuda e muito outras pessoas e cuida de sua irmã doente. Acredito que tenha alí uma alma sensacionalmente boa mas tomada por assediadores. Visito semanalmente mas saio destruído de lá. O ambiente é muito pesado. Já me falaram que a culpa é dos obsessores mas não consigo me proteger de forma alguma. Noto que plantas não vingam no local. Uma pena, pois preciso me aproximar regularmente.

A outra é uma pessoa que veio de uma origem humilde e de uma doutrinação rígida que desacredita qualquer coisa que saia da caixinha programada. Repete apenas o que a massa fala semanalmente e não consegue se livrar do vício do álcool. De tempos em tempos adota uma pessoa como "guru" de opiniões e conselhos, até que a "graça" se esgote e escolha outro para ocupar o posto. É exemplar e sempre disposto a ajudar quem precisa, cozinha muito bem e não faz mal a ninguém. O problema é que vive numa bolha onde é tudo o que tem rótulo é respeitado, quem não bebe não é homem o suficiente, tende para se posicionar como coitadinho e cria um cenário religioso para ocultar uma vida complicada de solidão, casa completamente sem cuidados e dependência comportamental de cerveja e pinga. Essa pessoa não gera desconforto energético direto por ser de agradável contato mas deixa um resíduo pesadíssimo após sua visita. Mais de uma pessoa da minha família já relatou sentir uma espécie de ataque posterior.

O que fazer para evitar isso? A proteção tem limites?
Espero não estar falando besteira. =(

Paz e luz a todos.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu acredito que haja sim muitas pessoas boas e que façam o bem, e ainda assim tenha uma "galerinha"  colada , pra assediar. MInha mãe é um exemplo clássico. rs

Voce nao citou as tecnicas que usa, enfim, acho que as que te falarei sao bem simples ,e ao menos comigo esta funcionando.

Eu atualmente trabalho com um cara que é meu superior hierarquico. Pense num sujeito perturbado. Alem de bipolar, ele é RUIM, ruindade raiz mesmo, uma pessoa

extremamente dificil, intempestiva e com pessimo astral, deixa o ambiente pesadissimo. Me gerava muito desconforto a presença dele ate chegar num ponto que fui pedir ajuda

especializada pra "cortar" minha conexão com essa criatura, mesmo trabalhando com ele, so 3 x por semana ( juro, que se fosse todo dia, eu nao iria aguentar)

comecei a fazer oraçoes especificas parar perdoar o mal que aquela pessoa me fazia ( ele é agressivo e chucro), e comecei a ir trabalhar com o umbigo tampado

com um esparadrapo ( essa voce deve conhecer) nao sei se tentou  essas coisas, ao menos pra mim esta ajudando um pouco, ja deu uma amenizada no clima, a baixa energia

dele nao esta me "derrubando" como antes.

mas o que me deixou mais em paz, foi fazer um ritual de " corte energetico" com a pessoa em questao.

Achei no google em um site sobre espiritualidade, vou copiar e colar pra vc :

 

Como fazer:

Em primeiro lugar, é essencial que a nossa mente se encontre calma e segura, para conseguir agir com clareza e racionalidad, evitando que emoções negativas nos perturbem.

Comece por expressar a intenção de se perdoar a si próprio e à outra pessoa, porque se não o fizer não conseguirá libertar-se dela, pois estará ainda preso ao ressentimento. Se tem dificuldade em perdoar, até porque há situações que de facto são imperdoáveis, pense que ao perdoá-la está a fazer  um favor a si próprio, não a ela. Está a permitir-se A SI a seguir em frente. 

Nem todos os cordões energéticos estão localizados no chakra do coração ou no do plexo solar. É importante, por isso, identificar onde eles se encontram, para poder cortá-los. 

Deite-se de costas, feche os olhos e descontraia inspirando e expirando profundamente, durante alguns minutos.

Concentre-se em cada parte do seu corpo, desde a ponta dos pés até à cabeça, devagar, e preste atenção ao que sente em cada uma delas. Faça este exercício sem pressa nem pressão, por vezes a urgência em obter um resultado impede-nos de o conseguir. Sinta-se a si próprio, simplesmente.

A parte do seu corpo onde sente maior peso e densidade é aquela onde se encontra o maior cordão negativo que precisa de ser cortado. Preste atenção a uma sensação de cansaço numa área, um peso que pode ser maior ou mais ligeiro, uma espécie de sombra. 

Concentre-se nessa área e procure compreender que emoção ou crença nossa permitiu que aquele cordão ali fosse criado (por exemplo "Eu acreditei que ele era o homem da minha vida").

Uma dica para compreender quais são os cordões positivos e quais são negativos consiste em sentir, em cada área do seu corpo, se a energia entra ou se sai. Os cordões negativos "empurram" energia negativa para dentro de nós, fazendo-nos sentir como se algo estivesse a pesar, a forçar a entrada. Os cordões positivos emanam uma energia positiva a partir de nós, que irradia de uma forma leve e pura. 

Para além disso, normalmente os cordões negativos encontram-se no chakra do plexo solar, acima do estômago, já que é esse o nosso centro de poder e de controlo da nossa energia.

Os cordões negativos são densos e nascem de emoções como o medo, a raiva, o controlo, a frustração, o desejo, o ressentimento, a insegurança, a rejeição, a procura de benefícios materiais, por exemplo. A sua vibração é densa. 

Quanto mais emoção, tempo e energia investimos numa relação com uma dada pessoa, mais forte será esse cordão, apresentando maior resistência. 

Quando conseguir detetar o cordão visualize-o e veja-se a cortá-lo com uma tesoura ou com uma faca, com um golpe seco, completamente. 

Depois, veja-se a enviar energia positiva, de amor, para o local onde o cordão foi cortado. Esta energia pode ser branca, luminosa, dourada, cor-de-rosa, sendo sempre leve e positiva. Não deixe a ferida aberta, para que ninguém possa tirar-lhe energia a partir dela. Pense naquilo que mais ama e envie essa energia. 

Repita este corte em todas as áreas do seu corpo onde sente que existem cordões emocionais negativos.

Depois, peça ajuda ao seu Anjo da Guarda e ao Arcanjo Miguel para o libertar de todos os cordões negativos, dizendo em voz alta:

Peço aos meus Anjos e Guias Espirituais que me ajudem a libertar para sempre de (dizer o nome da pessoa). Que vamos os dois em frente livres de amarras e da ligação que tivemos nos passado.
Peço ajuda para seguir em frente. Agradeço as lições que aprendi e que dei, mas de hoje em diante já nada me liga a esta pessoa. 

Peço que neste momento todos os cordões energéticos e físicos sejam cortados, e que todos os laços entre nós sejam dissolvidos e libertados, e que toda a energia regresse ao sítio de onde veio. 

É minha vontade que não haja mais trocas energéticas entre mim e (dizer o nome da pessoa). Comperdão e paz peço que se afastem de mim e que eu me afaste dele/a.

Invoco agora o Arcanjo Miguel para que com a sua espada sagrada corte todos os cordões que me prendiam e que limpe a minha energia com a energia pura do amor de Deus. Ámen.
 

É natural que se sinta um pouco confuso, instável e inseguro depois de fazer estes cortes. Procure estabilizar, concentrando-se naquilo que mais importa na sua vida. Sinta-se ligado à energia do Céu e da Terra e sinta que faz parte do Universo, que tem um propósito e uma razão de existir, e que a sua vida importa mais do que todas as ligações que estabelece ao longo dela.

Se não acredita que este ritual pode realmente resultar, pense que TUDO NO UNIVERSO É ENERGIA. Ao fazer um corte energético, ao visualizar-se a fazer esse corte, está a emitir essa energia. E é isso que se manifesta depois no plano físico, na sua vida.

NOTA MUITO IMPORTANTE: Quando cortamos um cordão emocional negativo com outra pessoa, essa pessoa pode senti-lo energeticamente, porque deixa de conseguir retirar energia de si para se alimentar a si própria. Por isso, é possível que entre em contacto consigo e que procure uma reaproximação, para voltar a criar novos cordões energéticos. Tenha cuidado. Lembre-se que aquilo que não nos faz bem não tem razão de existir na nossa vida.

Pode fazer este ritual em qualquer altura, mas ele é especialmente eficaz em períodos de viragem energética, tais como o início do ano, o início das estações, os equinócios e solstícios, a primeira noite de Lua Nova ou de Lua Cheia.

 

Não acho que haja limites para a proteção, tudo depende do seu estado de espírito, voce nao pode deixar a vibração ruim da pessoa ter ressonancia em voce.

use o maximo de tecnicas que forem necessarias, quanto mais seguro se sentir, menos influencia a pessoa terá sobre voce.

Vou te falar que ha muitos anos eu nao me encontrava numa situacao tao dificil,  lidando com uma pessoa tão trevosa e baixa energeticamente.

Esta sendo um grande desafio para mim.

Boa sorte para nos ! :)

 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado @Fly.1978, eu ja tinha visto na net essa técnica de corte de cordão energético, e estava a procura dela.

Comigo ocorre parecido com o que diz a nota da técnica. Se eu mentalizo amor e perdão ao desafeto pra desfazer qualquer ligação, não demora e a pessoa aparece perturbando, como se fosse uma necessidade dela.

O Dalai Lama diz que encarar pessoas difíceis é uma oportunidade que temos de testar e aprimorar nossa paciência e compreensão, mas que se for daquelas bem difíceis é melhor sair correndo kkk.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá,

Infelizmente sempre estaremos rodeados de gente assim. O ideal seria se afastar mesmo, se poupar, mas como muitas vezes isso não é possível, tente se manter equilibrado, de bem com você mesmo e com suas emoções, assim, essa energia ruim respinga de leve em você. Não se identifique com a negatividade alheia, pois no fim a gente acaba aprendendo algo com esses estorvos, digo com essas pessoas. 

Vou deixar dois links de vídeos que talvez te deem uma luz. O primeiro é de uma terapeuta que trabalha na linha do Ho'oponopono e Kabbalah, o segundo é uma coaching voltada à linha dos Mestres Ascensos.

https://www.youtube.com/watch?v=_uRtEhk09rU

https://www.youtube.com/watch?v=zEINEv21zP4

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.