• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
robertoguerreiro

Fui pegar ônibus no 'umbral' ...

Recommended Posts

Pra quem não sabe eu moro na região mais deteriorada de São Paulo, na cracolândia, que faz o umbral parecer um passeio de criança.
Fui pegar um ônibus e o poste onde eu fui esperá-lo estava intencionalmente todo bostejado por mãos  de algum pobre diabo que a vida desgraçou. No outro lado da rua havia um local todo queimado e cheio de fezes com inúmeras moscas coloridas se deliciando de forma frenética a ponto de esbarrem nas pessoas... 
Drogados, bandidos e limpadores de carro, tudo com os pés parecendo pés de fera, todos rindo com malícia e deboche sem levar nada a sério como se a desgraça fosse motivo de divertimento, quanto mais eles percebem no seu olhar que você se enoja e repreende aquela situação, mais eles parecem se deliciar e começam a vir para mais perto de você com aqueles radinhos tocando letras de funk horríveis que induzem ao mais baixo instinto animal humano. Parece ser divertido irritar o outro para eles. O mais estranho é que os bares ficam ali no entorno, em suas frente todos os lixos abertos e revirados com um monte de pessoas felizes pensando em bebida e mulher sem nem se quer prestar atenção na situação decadente que os cerca. Isso parece afetar só a mim, não eles.

Saí dali e fui pegar o ônibus em outros local, fiquei com raiva e ao mesmo tempo triste, triste porque parece que não existe mais ordem e cuidado no mundo, raiva por eu ter uma idade avançada, cheio de doenças e certa fraqueza que não me permite procurar algo para ganhar mais e sair dali.

A minha vida toda a miséria bem miserável sempre me rondou. As pessoas mandam agente seguir o nosso coração mas o meu coração só manda fazer coisas tipo:
põe um short e vai pra rua de chinelo ficar no meio dos noias! 

O que eu faço? Será uma missão? Gente, alguns bairros em São Paulo ainda estão pouco degradados, mas para se comprar um ap neles, não sai por menos de MEIO MILHÃO. Gente, eu não tenho como juntar isso nem daqui a 14 reencarnações, tou muito sem força devido a minha diabete e ainda por cima minha mãe teve um AVC onde ficou com sequelas.
Será que a minha missão é ficar assim que nem os frequentadores de barzinhos daqui: felizes no meio do lixo ouvindo aquelas musicas malditas que só tocam na boca do lixo daquela grupo também maldito chamado 'Saia Rodada'! Gente a boca do lixo e a cracolandia toda abre os bares no meio dos lixos abertos e tocam bem alto aqueles batuques dessa banda umbralina 'Saia Rodada', tou começando achar que o povo do astral inferior(se é que existe isso) inspira os caras dessa banda em troca de infernizar a gente até as 4h00 ! Só Pode!

Pessoal, será que na vida passada eu fui com camponês bem pobre e sujo? Diz que as nossas vidas passadas são vagamente piores do que a nossa vida atual. O que acham?
Eu queria mudar daqui mas só é viavel pra mim fazendo trambique, de forma honesta a minha saúde não aguenta. Bem, eu acho que vou ficar aqui na cracovia até onde der mesmo!

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

A sugestão que lhe dou, e que talvez lhe traga respostas e orientações (creio que ainda é tempo), é:

ler no livro dos espiritos os itens: lei da igualdade, e penas e gozos (terrenos e futuros);

ver alguns videos no youtube sobre a roda de samsara do budismo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Me parece que quando estamos numa situação  que não esta ao nosso alcance mudar, não é uma boa estratégia ficar prestando atenção nos detalhes da situação, como se fosse um jardim florido povoado de borboletas coloridas. Porque foi isso que sua mente fez aqui:

9 horas atrás, robertoguerreiro disse:

e o poste onde eu fui esperá-lo estava.....

No outro lado da rua havia um local todo queimado ...

inúmeras moscas coloridas se deliciando de forma frenética a ponto de esbarrem nas pessoas... 


...os pés parecendo pés de fera

,....rindo com malícia e deboche sem levar nada a sério como se a desgraça fosse motivo de divertimento,

A situação é ruim e sua mente se fixa nos detalhes dela com qual objetivo? Amplificat seu desprazer???

Quanto mais atenção você der a qualquer impressão recebida, mais intensa ela será , mais efeito causará em você.

A mente é algo que precisa ser policiada, não permitir que ela se debruce sobre impressões negativas, repulsivas, desagradáveis e fazê-la se focar apenas no que for positivo, quando cruzar com isso. Você sempre encontrará as duas coisas presentes na realidade que te cerca, entao em qualquer caso estará sempre focando na realidade. Mas eacolherá  a parcela da realidade que não te atinja negativamente. Até porque, quanto mais você reagir negativamente ao que te cerca, mais intenso se tornará, tanto pela percepção que se aguça pelo foco mental , quanto por fatores externos como este:

9 horas atrás, robertoguerreiro disse:

quanto mais eles percebem no seu olhar que você se enoja e repreende aquela situação, mais eles parecem se deliciar e começam a vir para mais perto de você com aqueles radinhos tocando letras de funk horríveis que induzem ao mais baixo instinto animal humano. Parece ser divertido irritar o outro para eles

Para que dar prazer a quem pretende te perturbar, permitindo que seu desconforto seja percebido?? Se a chibata dói, ao  não demonstrar dor ao carrasco você pelo menos  tira dele esse prazer.

Você não pode mudar a situação por enquanto, mas  ela também não pode te obrigar a reagir a ela. Você opta por reagir ou ignorar.

As vezes ignorar é todo o controle que possuímos. É pouco, mas é melhor que nada . É melhor do que entregar os pontos e fazer o jogo que a situação quer nos obrigar a fazer, que é reagir a ela, porque aí vai virando uma bola de neve.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 06/01/2020 at 07:35, sandrofabres disse:

A situação é ruim e sua mente se fixa nos detalhes dela com qual objetivo? Amplificat seu desprazer???

Quanto mais atenção você der a qualquer impressão recebida, mais intensa ela será , mais efeito causará em você.

Não sei... Na minha vida existe o oposto também. Quando eu vou para locais como o condomínio Cidade Jardim e Panamby na zona sul de São Paulo, eu começo a olhar aqueles prédios soberbos que somente o custo do condomínio é R$ 14.000 mensais e fico imaginando que se Deus existir ele deve morar ali, não é possível, é uma coisa tão grandiosa, tão linda, tão externa à minha realidade insignificante, tão bem feita que chega ser transcendental, qualquer um imaginaria que Deus, Jesus e outros espíritos que os outros adoram bajular é que teriam poder para morar num local tão mágico como esse: https://jhsf.com.br/wp-content/uploads/aws-backup-restore_2019-09-16T13-44-14-216Z/2014/12/overview_6.jpg

Aí de repente eu olho minha vida, me dá até depressão. 
Eu realmente sei dessas coisas de se amplificar as coisas se dando atenção, a paixão funciona exatamente assim. Mas eu queria ter uma explicação sobrenatural, algo do mundo de lá, algo que me mostrasse se existe um motivo da minha vida ser igual a de uma daquelas mosquinhas cinza de banheiro, sem relevância alguma.
Sabe, as vezes cansa ser só ser o coadjuvante, as vezes queremos ser estrelas também. Nos destacar em algo sendo nós mesmos.
Infelizmente o sobrenatural não se mostra pra mim então deixa tudo pra lá, vou ter que morrer e aceitar que a vida não tem magia alguma mesmo, só devemos trabalhar, comer e dormir.

esquece.

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 horas atrás, robertoguerreiro disse:

Quando eu vou para locais como o condomínio Cidade Jardim e Panamby na zona sul de São Paulo, eu começo a olhar aqueles prédios soberbos que... Aí de repente eu olho minha vida, me dá até depressão. 

se existe um motivo da minha vida ser igual a de uma daquelas mosquinhas cinza de banheiro, sem relevância alguma.

as vezes cansa ser só ser o coadjuvante, as vezes queremos ser estrelas também. Nos destacar em algo sendo nós mesmos.

 

Mas Roberto, a vida de 99,999% das pessoas é assim, insignificante. Até deu acaso que na semana passada andei vendo uns vídeos do Henry Bugalho e cruzei com esse tema:

https://www.youtube.com/watch?v=Jq1KMUdMRbg

Mas assim, note nas coisas que destaquei do que você escreveu, que a raiz da sua insatisfação é a FORMA COM QUE VOCE OLHA PARA OS OUTROS, PARA O SENTIDO DA VIDA, E PARA SI. É um problema de atitude mental errada em relaçâo à vida, mas é algo que todos temos em comum.  Cada pessoa precisa ser proficiente nas mesmas lições básicas, e essa é uma delas.  O que varia entre nós é o grau de aprendizado dessas coisas. 

De longe, uma das  piores coisas que podemos fazer para nossa "administração de felicidade pessoal" é ficar se comparando aos outros. Mas sim, é o que muita gente faz ainda:

 https://cadernojuridico.com.br/artigo/251/Pare-de-se-comparar-com-os-outros

https://www.fasdapsicanalise.com.br/o-problema-de-se-comparar-com-os-outros/

A outra coisa terrível a fazer com nossa felicidade é alimentar sonhos. Não se deve ter sonhos, devemos ter projetos.

Sonho é algo desconectado da realidade, sem relação com o que de fato está ao seu alcance. Se desejar algo que não está ao seu alcance, a infelicidade é qie está garantida, ainda que sua vida possa ter  muitas outras coisas que, aos olhos dos outros, possam parecem motivos para alguém jamais ser infeliz. Mas não, aí a gente cisma que não pode ser feliz sem um esqueleto de adamantium. Aí ferrou geral né?, ehehe

Já com projetos não é assim, você faz um projeto de vida levando em conta suas capacidades e o seu meio (sonhar em ser alpinista morando num estado plano complica).  O resto então se resume a cumprir um degrau de cada vez até chegar na meta. E claro: cuidar para não se desviar com alguma miragem pelo caminho, fascinado por outro sonho, já que projetos dão muito trabalho né? São vacilos de auto-sabotagem que se deve evitar.

Você pode sonhar viver num local desses como o do link, mas já pensou tudo que se precisou para chegar ali? Pense no tamanho do processo necessário para chegar no ponto que você hoje observa ( várias gerações de uma família acumulando capital de formas lícitas e ilícitas) e talvez o brilho que essas conquistas emanam, e que te fascina, fique menos cegante, comparado ao esforço e tempo necessários.

Uma coisa que percebi cedo na vida é que não ganhamos nada, tudo é pago. E é pago sempre adiantado.

Não me refiro a dinheiro, mas a tudo mesmo. Não temos sorte, temos retribuição. Se nascemos com uma aparente vantagem natural, foi por esforço repetido em outras vidas . E pior:  isso costuma trazer junto responsabilidades que quem não tem aquela vantagem também não precisa se preocupar. No fim das contas a gente sempre troca  6 por meia dúzia. 

14 horas atrás, robertoguerreiro disse:

Mas eu queria ter uma explicação sobrenatural, algo do mundo de lá, algo que me mostrasse se existe um motivo da minha vida ser igual a de uma

Mas explicações não mudariam nada não é mesmo? E em geral, pessoas que obtém explicações ainda costumam se queixar da "visão fatalista da espiritualidade, que só diz para as pessoas acetarem as coisas já que fizeram por merecer em outra vida". Não importa o que qualquer um de nós fez em outra vida, importa o que temos aqui diante de nós para fazer, a partir das condições e oportunidades que foram dadas a cada um. É como aquela "parábola dos talentos":

https://www.churchofjesuschrist.org/bible-videos/videos/the-parable-of-the-talents?lang=por

https://www.youtube.com/watch?v=frUg_xlvdBs

Tem gente que nasce com defeitos físicos, ou com paralisia cerebral, tem gente limitada de todas as formas imagináveis. Ter nascido com um corpo são,  mente clara já é um privilégio até para quem não nasce sob um teto, porque pelo menos não terá que lutar contra a natureza para melhorar.  

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, sandrofabres disse:

A outra coisa terrível a fazer com nossa felicidade é alimentar sonhos. Não se deve ter sonhos, devemos ter projetos.

Sonho é algo desconectado da realidade, sem relação com o que de fato está ao seu alcance. Se desejar algo que não está ao seu alcance, a infelicidade é qi

Minha faculdade cansa de falar literalmente como se fazer projetos , fazemos até EAP , Gestão de custos e outras coisas relacionadas. Mas eu não quero essas coisas mundanas, quero coisas sobrenaturais, se fosse pra ter algo assim como você falou eu não iria a um site de coisas ocultas e sim usaria o linkedin , catho ou ceticismo.org
Chega Sandro! Você está muito sem coisas sobrenaturais, minha vida tem travas que não são por minha culpa. Veja, pedi anteriormente um conselho a vocês, ai vocês me deram um conselho material de fazer faculdade, estou fazendo aqui sem quase ter dinheiro para bancar. Sei lá, quero saber as coisas que rolam no background sobrenatural, no natural eu já sei de todas essas coisas psicológicas que vc ensina desde os 16 anos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, sandrofabres disse:

Se nascemos com uma aparente vantagem natural, foi por esforço repetido em outras vidas . E pior:  isso costuma trazer junto responsabilidades que quem não tem aquela vantagem também não precisa se preocupar. No fim das contas a gente sempre troca  6 por meia dúzia. 

Que vantagem uma pessoa teria construído na vida passada para nascer de uma forma que a nossa sociedade valoriza: loiro, de olhos azuis, bonito, heterossexual e uma vida sexual próspera? Pode me dizer? Pois por mais que eu saiba que me comparar aos outros não trás felicidade, fingir que não existe pessoas que têm aquilo que eu quero ter, também não me faz mais feliz.

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, sandrofabres disse:

Tem gente que nasce com defeitos físicos, ou com paralisia cerebral, tem gente limitada de todas as formas imagináveis. Ter nascido com um corpo são,  mente clara já é um privilégio até para quem não nasce sob um teto, porque pelo menos não terá que lutar contra a natureza para melhorar. 

Bom, eu não tenho o corpo são, a mente muito menos e tenho que trabalhar. Nunca nem se quer pude expressar afetividade por quem eu gosto , nunca namorei, nunca beijei, sou virgem , feio, cheio de doenças e agora com uma mãe semi aleijada pra bancar, vc realmente acredita que é tudo material, vai me dizer que não tem o dedinho podre de entidades mais safadas e inteligentes se deliciando com a minha desgraça?

Share this post


Link to post
Share on other sites

A vida de ninguém é insignificante porque não é o homem nem muito menos a sociedade que atribui significância à vida. A vida é muito anterior ao ser humano e muito anterior a qualquer sociedade e visão de mundo.

 O problema é tomar a maneira como a sociedade se desenvolveu como algo sagrado, claro que tudo tem um fundo de verdade, mas tudo bate somente na tangente da verdade. E nisso, vejo que o que atrapalha é você ainda querer validar um mundo que não te favorece...o problema da menina gordinha e desajeitada do high school musical é querer ser a loirinha popular ao invés de criar e viver um mundo em que se valorize mais do que questões físicas. Busque um grupo de pessoas que pensam como você e foque em suas qualidades assim você cria um mundo seu.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
19 horas atrás, robertoguerreiro disse:

Minha faculdade cansa de falar literalmente como se fazer projetos , fazemos até EAP , Gestão de custos e outras coisas relacionadas. Mas eu não quero essas coisas mundanas, quero coisas sobrenaturais, se fosse pra ter algo assim como você falou eu não iria a um site de coisas ocultas e sim usaria o linkedin , catho ou ceticismo.org
Chega Sandro! Você está muito sem coisas sobrenaturais, minha vida tem travas que não são por minha culpa. Veja, pedi anteriormente um conselho a vocês, ai vocês me deram um conselho material de fazer faculdade, estou fazendo aqui sem quase ter dinheiro para bancar. Sei lá, quero saber as coisas que rolam no background sobrenatural, no natural eu já sei de todas essas coisas psicológicas que vc ensina desde os 16 anos.

Se voce acredita em reencarnação e na existência de um plano espiritual e quer respostas do ponto de vista espiritual de porque sua vida é assim e a de outros diferente, e porque o mundo é assim, leia as respostas do livro dos espíritos. O livro é grande, mas você pode ir direto ao capitulo que lhe interessa. Eu falei isso la em cima, nao sei se voce viu. Foi o material que me deu mais respostas, até porque o livro é isso: perguntas dos encarnados e respostas dos espiritos. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

1 Provavelmente estarás retendo, há muito tempo, a esperança torturada

2 Desejarias que a resposta do mundo aos teus anseios surgisse, imediata, agasalhando-te o coração; entretanto, que paz desfrutarias no triunfo aparente dos próprios sonhos, sem resgatares os débitos que te encadeiam ao problema e à dificuldade?

3 Como repousar, ante a exigência do credor que nos requisita? Descansará o delinquente, antes da justa reparação à falta cometida?

4 Sabes que o destino materializar-te-á os planos de ventura, que a vitória te coroará, enfim, a senda de luta, mas reconheces-te preso ao círculo de certas obrigações.

5 O lar convertido em forja de angústia…

6 A instituição a que serves, onde sofres a intromissão da calúnia ou o golpe da crueldade…

7 O parente a que deves respeito e carinho, do qual recolhes menosprezo e ingratidão…

8 A rede dos obstáculos… A conspiração das sombras…

9 A perseguição gratuita, a enfermidade do corpo, a imposição do ambiente…

10 Se as provas te encarceram nas grades constringentes do dever a cumprir, tem paciência e satisfaze as obrigações a que te enlaçaste!…

11 Não renuncies ao trabalho renovador! Recorda que a Vontade de Deus se expressa, cada hora, nas circunstâncias que nos cercam! Paguemos nossas contas com a sombra, para que a Luz nos favoreça!

12 Em verdade, alcançaremos a concretização dos nossos projetos de felicidade, mas, antes disso, é necessário liquidar com paciência as dívidas que contraímos perante a Lei.

Emmanuel

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 11/01/2020 at 20:15, bandeirapvh disse:

Se voce acredita em reencarnação e na existência de um plano espiritual e quer respostas do ponto de vista espiritual de porque sua vida é assim e a de outros diferente, e porque o mundo é assim, leia as respostas do livro dos espíritos. O livro é grande, mas você pode ir direto ao capitulo que lhe interessa. Eu falei isso la em cima, nao sei se voce viu. Foi o material que me deu mais respostas, até porque o livro é isso: perguntas dos encarnados e respostas dos espiritos. 

Eu vejo livros sim é que eles são iguais punheta: faz , faz, faz mas não sai do terreno da imaginação!
Eu quero ver espíritos, demônios e ETs de forma barra-pesada e eles me darem pistas do mundo real que eu não tenha como negar.
Livro de Kardec de perguntas e resposta é tipo quando vc está apaixonado e tira um carta de tarot pra saber se fulano gosta de vc, o gozado é que sempre a carta gosta de colocar lenha na fogueira e diz que gosta sim.
Enfim, estou cheio de teorias, quero a prática, quero ser médium ostensivo e falar com espíritos como quem fala com os amigos pelo telegram.
A minha é muito chata: não namoro, nunca transei, todas pessoas que eu gosto me mandaram pra PQP, só gosto de cara hetero e mulherengo, só trabalho, como, entro na internet e durmo, mais nada. Quando procuro crescer profissionalmente, mingua tudo. Ficar achando que isso tudo é normal e acaso é estranho, afinal tudo bem que todo mundo tenha suas dificuldades, mas as minhas são bem peculiares, por exemplo, vc já viu gay assim que nem eu? que só consegue gostar só de heterossexuais?
Então, mas enfim, pelo visto mediuns ostensivos não existem aqui. Cansei, quero viver algo intenso !
 

Share this post


Link to post
Share on other sites
17 horas atrás, robertoguerreiro disse:

Eu vejo livros sim é que eles são iguais punheta: faz , faz, faz mas não sai do terreno da imaginação!
Eu quero ver espíritos, demônios e ETs de forma barra-pesada e eles me darem pistas do mundo real que eu não tenha como negar.
Livro de Kardec de perguntas e resposta é tipo quando vc está apaixonado e tira um carta de tarot pra saber se fulano gosta de vc, o gozado é que sempre a carta gosta de colocar lenha na fogueira e diz que gosta sim.
Enfim, estou cheio de teorias, quero a prática, quero ser médium ostensivo e falar com espíritos como quem fala com os amigos pelo telegram.
A minha é muito chata: não namoro, nunca transei, todas pessoas que eu gosto me mandaram pra PQP, só gosto de cara hetero e mulherengo, só trabalho, como, entro na internet e durmo, mais nada. Quando procuro crescer profissionalmente, mingua tudo. Ficar achando que isso tudo é normal e acaso é estranho, afinal tudo bem que todo mundo tenha suas dificuldades, mas as minhas são bem peculiares, por exemplo, vc já viu gay assim que nem eu? que só consegue gostar só de heterossexuais?
Então, mas enfim, pelo visto mediuns ostensivos não existem aqui. Cansei, quero viver algo intenso !
 

Eu te entendo. Você quer a experiência.  Voce quer ver. Nao precisa ser medium ostensivo. Se eu não tivesse conseguido a projeção astral lúcida acho que eu ia ficar nessa duvida até hoje. Projetado lucidamente vi varios espiritos.

Na epoca o que me fez ir atras das respostas foi uma entrevista que vi do Wagner Borges no Jo Soares, ele disse que fazia as projeções e indicou seu site, onde haviam as tecnicas. Minha mãe é daquelas evangelicas fanaticas e eu precisava me certificar se realmente havia um corpo espiritual. Entao segui a dica do Wagner e corri atras da resposta.

Acesse o youtube, veja a entrevista dele e corra atras da resposta. Ele deu duas entrevistas no Jo.

Eu usei o livro do Robert Bruce, a tecnica da corda, eu tentava todo dia de meia noite ate 2 hs da manhã, esperando o corpo dormir e deixando a mente acordada. Demorou 6 meses pra eu conseguir a primeira.

Depois da primeira vieram outras com mais facilidade. E mesmo depois de ter feito a projeção eu ainda fiquei na divida que fosse mental, mas tive uma daquelas projeções de comprovação (vi cenas do fisico).

Entao so lhe resta tentar a projeção astral lucida, ate conseguir, nem que demore meses.

Pesquise e saiba o que é a projeção astral lucida. É diferente de sonho, porque na hora você sabe que seu corpo esta dormindo e tem o controle de onde quer ir ou o que quer fazer, estando no plano astral.

Mas tambem ja havia me ocorrido de ver espiritos quando adolescente, antes da projeção, e vi tambem depois das experiências de projeçoes, com tecnicas de clarividencia, mas foi mais demorado.

Pra ter essa experiência de ver os espiritos, pra quem não é medium clarividente, creio que só com a projeção ou com meses de tecnicas para desenvolver a clarividência.

Só mesmo recentemente que vim a ler o livro dos espiritos e outros, pra saber a teoria do que rola no astral.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Lembrei depois, uma outra coisa que eu poderia lhe sugerir, caso voce more em sao paulo, é uma pessoa que ministra um curso de desenvolvimento da clarividência na pratica.

Se interessar lhe passo por mensagem privada o nome e site com o contato.

Mas pelo que vi no site o ultimo curso de clarividência foi em 2016.

Minha opinião é essa, pra você ver espiritos lucidamente, ou seria atraves das técnicas de projeção lucida (ao ir dormir) ou pela clarividencia. No caso da clarividencia, voce veria em vigilia. Fora isso, mesmo indo em centros espíritas ou terreiros, nao veria, a nao ser que algum deles quisesse se mostrar a voce ou voce tivesse um momento de clarividencia.

Sobre esse problema da sua vida afetiva, a minha opinião é que você já tem como crença limitante a ideia de que nao ira conseguir o amado, e por isso ja se interessa pelo que nao vai conseguir, o hetero. É a mesma coisa de que se você fosse hetero, por exemplo, com essa crença so se interessaria por pessoas casadas, nao permitidas.

Mas a questão é, busque a primeira resposta com a  experiência, veja por si se ha ou nao um mundo espiritual. Depois disso, va na teoria e busque a resposta de porque sua vida é assim, e porque o mundo e as pessoas sao como sao. E por ultimo, tente mudar a sua situacao, buscando trabalhar o espiritual, com autoconhecimento, mudando seu modo de ver o mundo, trabalhando suas energias (eu uso energização dos chakras e mantras).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um conselho que eu poderia lhe dar sobre sua vida amorosa, sobre sempre gostar da pessoa errada é: ao ver alguem nao gere expectativas. Olhou, achou bonito? Diga a si mesmo: blz, é bonito. E depois esqueça. Nao pense: “gostei, acho que tenho uma chance” e depois fica esperando, pensando. Isso é gerar falsas expectativas. Expectativas nesse sentido sao ilusoes, nao existem, sua mente cria essas ilusoes pra te agradar. Apenas admire a beleza e se um dia vier que seja como uma surpresa agradavel. Isso pra quem é solteiro é claro kkk. Nao gerar expectativas vai te poupar de muitos sofrimentos. E mesmo se vier, tambem nao gere expectativas, vai te poupar tambem se um dia a pessoa te deixar. Expectativas existem apenas na mente, seja racional e realista.

 

Sobre o campo profissional, se você se interessar posso te passar um mantra, via mensagem privada, que se entoado 40 dias seguidos pode te ajudar a prosperar. Esse mantra me ajudou bastante nisso. E ja vi relatos de outras pessoas dizendo o mesmo. Nao sei se voce ja pesquisou sobre mantras, mas eles trabalham sua energia, e existem mantras para diversos fins.

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, bandeirapvh disse:

Sobre esse problema da sua vida afetiva, a minha opinião é que você já tem como crença limitante a ideia de que nao ira conseguir o amado, e por isso ja se interessa pelo que nao vai conseguir, o hetero. É a mesma coisa de que se você fosse hetero, por exemplo, com essa crença so se interessaria por pessoas casadas, nao permitidas.

Bom não é isso, eu já escrevi uma página inteira em um site sobre isso mas não vou passar aqui o link pois o texto é  muito grande e ninguém vai  querer ler.
Ninguém quando se atrai por alguém faz isso de caso pensado: 'Ah, eu vou me atrair afetivamente por fulano pois esse fulano não vai me querer e logo não vai me dar trabalho'.  Me desculpe, mas essa ideia dá muitas voltas para evitar o mais simples, isso quebra a Navalha de Occam.
Ninguém vai ficar com o coração palpitando quase saindo pela boca, com a pele alfinetando, com sensação de borboletas voando na barriga e com um desaprender da coordenação motora para andar só para evitar um solução hipotética mais fácil. A auto sabotagem não freia o impeto sexual internamente. O desejo sexual é mais forte que a sofisticação de uma sabotagem pois é um desejo primitivo e básico, parte da libido humana que vem antes do raciocínio. Simplesmente quando eu sinto atração física e sexual por alguém, esse alguém é fatalmente hetero, eu não saio por aí na rua perguntando maquiavelicamente ao sujeito se ele hétero para depois eu ir gostar dele! As coisas não são tão digitais assim meu amigo, quando eu vejo eu já estou gostando e pronto, simples como deve ser a atração sexual que eu creio que você  também tenha. Caras gays, másculos ou não não me geram nada pois são muito iguais a mim, não existe troca pois não existe diferença. Embora eu não acredite muito em astrologia, até o meu mapa astral já me falaram que aponta para isso quando mostra que o meu Vênus está em Áries. Ou seja, não é uma crença que eu gosto de hetero, afinal, a constatação do cara amado ser hetero vem depois e não antes, não dando espaço a premeditações. Já a pessoa que se envolve com pessoa casada pq gosta, pode ter um motivo simples para isso: a pessoa casada acaba tendo um traquejo melhor para relacionamentos por já ter experiencia com um, alem de ter a tendência a se cuidar mais para agradar quem já tem, o que acaba atraindo o desejo de pessoas de fora do relacionamento. Sem falar que uma pessoa talentosa para a sedução , asseada  e simpática tem tendencia a atrair mais parceiros, o que fatalmente aumenta a probabilidade da pessoa ser comprometida, aí você cairá naquele dilema: Tostines vende mais pq é fresquinho ou é fresquinho pq vende mais?????????
A pessoa  atrai mais pq é casada ou é casada pq atrai mais? É pra se refletir... 
 

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, bandeirapvh disse:

Olhou, achou bonito? Diga a si mesmo: blz, é bonito. E depois esqueça. Nao pense: “gostei, acho que tenho uma chance” e depois fica esperando, pensando. Isso é gerar falsas expectativas.

E quem disse que eu gero expectativa? Isso só acontece com gays novos, tenho já meus 50 e poucos anos, quando eu vejo um cara legal que me atrai, alem de sentir ódio dele,  eu desejo um monte de coisas ruins  por saber que essas desgraças nunca vão me querer. Sabe quando você vê uma Ferrari na rua? Então...
Meu maior prazer é ver que a pessoa que eu amava e que me esnobou ontem, hoje é gorda, feia e doente. Dá quase um orgasmo maligno. kkkkkkkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, robertoguerreiro disse:

E quem disse que eu gero expectativa? Isso só acontece com gays novos, tenho já meus 50 e poucos anos, quando eu vejo um cara legal que me atrai, alem de sentir ódio dele,  eu desejo um monte de coisas ruins  por saber que essas desgraças nunca vão me querer. Sabe quando você vê uma Ferrari na rua? Então...
Meu maior prazer é ver que a pessoa que eu amava e que me esnobou ontem, hoje é gorda, feia e doente. Dá quase um orgasmo maligno. kkkkkkkkk

Que bom que você sabe sobre o “nao gerar expectativas”. Se eu soubesse desse “nao esperar alguma atitude especifica dos outros” ha uns 20 anos atras, eu teria me poupado de alguns anos de sofrimento mental. Mas se eu fosse voce, ao inves de olhar odiando, pensaria: “é apenas mais um desses egos que gosta de ser inflado/admirado pela sua beleza externa”, porque geralmente as pessoas que tem ou procuram esse padrao de “beleza” imposto pela sociedade procuram isso. Alguns ate irao te fazer pensar que estao interessadas, mas justamente pra apenas nutrir esse ego. É como se essas pessoas fossem um imã arrastando e anexando a si somente a admiração pela beleza externa. E pela sua experiência você deve saber tambem que a maioria das pessoas so age se for baseado em seus interesses proprios, nao pra agradar outros.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 11/01/2020 at 01:20, robertoguerreiro disse:

 Mas eu não quero essas coisas mundanas, quero coisas sobrenaturais, se fosse pra ter algo assim como você falou eu não iria a um site de coisas ocultas e sim usaria o linkedin , catho ou ceticismo.org
Chega Sandro! Você está muito sem coisas sobrenaturais, minha vida tem travas que não são por minha culpa. Veja, pedi anteriormente um conselho a vocês, ai vocês me deram um conselho material de fazer faculdade,

Acho que você não enxerga o que todos enxergam nos seus posts.  Quase todos eles só fazem queixas da sua condição MATERIAL.

Portanto, você tem que buscar a solução MATERIAL. 

E por isso foi o que te sugerimos até agora. Você só fala do quanto é pobre, que mora num bairro muito pobre, cheio de gente miserável viciada em drogas,  bláblábla. Ok, então se mexe para  sair disso! Já era para ter saído aliás. O que você estava fazendo na idade em que jovens da classe trabalhadora estavam estudando, ou trabalhando de dia e estudando à noite? Trabalhava de dia e também de noite? Porque tem escola pública para todos há muitas décadas, e tem ensino noturno no ensino médio. Tem universidade pública por tudo quanto é canto, também com vários cursos noturnos a disposição. Só que trabalha de dia e também de noite não consegue fazer. O que você esteve fezendo até os 25 anos que não estava estudando para ter condições de sair disso ainda jovem? Não fez o que precisava fazer quando era jovem e agora está aí com 50 ainda parado na mesma situação de alguém de 18-20 anos . E isso vai durar para sempre se não elaborar um projeto MATERIAL para solucionar seus problemas MATERIAIS. . Só terá CHANCE de amenizá-los adotando estratégias MATERIAIS.

Talvez você tivesse esperança que chegaria aqui e alguém te empurraria estratégias espirituais para resolver seus problemas materiais, mas só faz isso quem é  pilantra. 

Citar

minha vida tem travas que não são por minha culpa.

Razões espirituais para sua situação certamente existem, porque elas são as razões por tras da vida de cada pessoa, independente da situação. Você quer achar que não é sua culpa só porque gostaria que não fosse.

Seja como for, se é ou não, arranjar razões para explicar isso não muda nada. Não interessam as explicações para um furacão, interessa é como minimizar os danos. O que está dado, está dado, o carma te pega quando determina suas condições de nascimento, e até que seja esgotado, ele não vai mudar. As única coisas  que estão ao seu alcance em mudar é jogar com as regras do mundo material, para mudar sua situação econômica, e mudar sua atitude interior em relação à vida.

Obviamente mudar a atitude interior é impossível para quem acha que o destino que vive é injusto, que queria ter o que outros tem, e por aí vai. Atitudes mentais tóxicas só pioram tudo. Só consegue mudar quem enxerga o próprio erro. Enquanto você achar que é algum fator externo a você (entidades sacanas , demiurgo, azar) o responsável pela sua vida, sua vida vai ser isso aí. Atitude mental errada gera um círculo vicioso, e argumentos não te farão mudar. Sugiro algo mais radical: alimentação.

Alimentação muda as energias, o que afeta a forma como percebe o mundo, sem que ninguém precise ficar argumentando nada.

A primeira opção pode ser virar vegetariano ou investir em jejuns.Escolha um como primeira opção e após uns seis meses adote o outro TAMBÉM.

Vegetarianismo não precisa explicação, esqueça aquelas bobagens sobre soja, aquilo é estratégia de mercado, coisa de americano. Latinos, que comem arroz e feijão, não precisam de soja:  Basta cortar tudo que é feito de cadáveres, da sua dieta. Pode comer ovo, leite e derivados. Mas nada que contenha carne ou extrato de carne na composição, nem gelatina (gelatina na composição de remédios não parece ter efeito algum, então não tem problema) . Tem que ler os rótulos. 

Jejum. Comece fazendo jejum um dia por semana apenas. Se você é gordo pode ter dificuldades com isso, então deixe para fazer num dia que não trabalha. Jante na véspera, e no dia seguinte não coma nada, beba apenas muita água, e jante normalmente.  Depois que estiver habituado (se não tem quedas de açúcar por causa disso durante o dia), pode fazer um dia no meio da semana, como quarta feira, e um dia do final de semana. Você deverá notar que sua atitude, sua visão de mundo, é uma durante os dias de jejum, e outra quando come. Mas fique uns seis meses nisso antes de pensar se vale a pena passar para dois dias de jejum no fim de semana. Pode fazer o dia 1 com jejum completo, tomando só água, e o segundo dia comendo só coisas cruas, como frutas ou legumes crus, salada verde, cenoura e  beterraba cruas,  raladas, alem de tomate, alface...essas coisas.

Outra opçao é eliminar o açúcar e coisas doces. A carne é o que mais baixa a frequência de uma pessoa, Depois são o álcool e o açúcar. Então se puder se livrar dos três, é melhor.

Após um ano fazendo isso (tendo embutido o vegetarianismo nesse plano, como primeiro ou como segundo passo) acho difícil que você não se sinta melhor em relaçâo a tudo na sua vida. Ela ainda não terá mudado, mas é bem provável que seu desconforto com ela seja reduzido num grau suficiente para te fazer ver as coisas de uma forma menos deprimente, e isso sozinho melhora sua qualidade de vida mesmo sem mudar nada nas condições materiais

 

Mas agora você vem com esta novidade:

Em 13/01/2020 at 04:13, robertoguerreiro disse:

Enfim, estou cheio de teorias, quero a prática, quero ser médium ostensivo e falar com espíritos como quem fala com os amigos pelo telegram.

Ok, vai lá, divirta-se:

https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/17075-mediunidade-x-chakras-autor-carlos400/&tab=comments#comment-74304

Tem isto também(a técnica começa a partir de  2h e 02min):

https://drive.google.com/open?id=0ByXGi2vq5-wsNWNZeUYxekM4Sm8

E não esqueça da projeção, que É O FOCO DESTE FÓRUM, e tem bastante coisa ensinando como fazer. 

O problema de tudo isso é que exige tempo e disciplina. Ou você nasce médium, ou vai ter que quebrar pedra para obter alguns resultados. 

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 horas atrás, bandeirapvh disse:

E pela sua experiência você deve saber tambem que a maioria das pessoas so age se for baseado em seus interesses proprios, nao pra agradar outros.

Sim, e como eu sei disso! Já notei isso quase de forma científica , eu noto que pessoas muito bonitas, desde muito cedo, já são paparicadas por serem bonitas e por isso costumam ter todos ou parte de todos os seus desejos atendidos sem muito esforço, por isso acabam ficando mimadas e vazias, afinal aquilo que elas querem das pessoas acabam tendo de forma muito fácil. Por isso são pessoas que nunca pedem nada, nunca vão atrás de alguém além disso descartam qualquer um com extrema facilidade. No meu emprego por exemplo, tudo bem que é normal os rapazes não gostarem de se misturarem com gays, mas os mais feios e sem graça são aqueles que ainda fingem socializar com você, eles lhe cumprimentam mesmo que de forma automatizada, agora os bonitões, esses nem se quer sentam perto de você ou procuram algum assunto. A pessoa quando é feia como eu, tem a lição contrária: sabe que tem que ser simpática e inteligente se não quiser morrer esquecida passando fome, por isso os feios são mais afáveis em boa parte dos casos, já os bonitos, vivem só para atenderem os seus próprios instintos, a beleza em nada favorece a humildade.

Resumindo: quando lhe dizem que pessoa bonita tem um gênio complicado, é isso. Elas são 'abelhas rainhas'...

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 horas atrás, sandrofabres disse:

O que você estava fazendo na idade em que jovens da classe trabalhadora estavam estudando, ou trabalhando de dia e estudando à noite? Trabalhava de dia e também de noite? Porque tem escola pública para todos há muitas décadas, e tem ensino noturno no ensino médio

Eu estava exatamente estudando... Estudando na mesma escola onde os filhos adolescentes da amiga da minha mãe e que ela decidiu dar uma força dando um local para morar em nossa casa. Adolescentes esses que me desrespeitavam dentro da minha própria casa e que um dia apanhei um deles tendo relações sexuais com a minha MÃE! Isso! E que depois, sempre ia pra escola comigo na rua gritando bem alto para me provocar:
--'EI, COMI SUA MÃE!'
É... Eu ficava na escola sim, estudava, aí quando eu chegava em minha casa, descobria que os  filhos da mulher que minha mãe decidiu ajudar, chegavam primeiro e ficavam todos alegres me provocando:
-- "EI, SUA MÃE QUIS DAR BANHO EM MIM PELADO NO BANHEIRO, É SUA MÃE ME AGARROU NO BANHEIRO E PASSOU SABÃO EM MEU CORPO TODO!"
E o pior que nunca era mentira e ela mesmo confirmava. 
Sim, um lar perfeito para se estudar bastante, como a classe média preconiza que toda família branca, bonita e com pais juízes ou dentista e médicos deveria ser... Só que não! Minha mãe era mulher de programa e o que ganhava mal dava para comprar os meus livros, morávamos sempre em malocões cheios de bandido, tendo que usar um mesmo tênis fedorento por 2 anos para ir à escola pois se eu quisesse ter um outro tênis, eu tinha que deixar de comer, não comprar os meus livros e de forma indireta 'condenar' a minha mãe a se prostituir mais. Sim, mas mesmo assim eu poderia ter sucesso escolar e fazer uma faculdade no Mackenzie como todo heterossexual bonitinho, não é mesmo?
Claro, na escola eu tinha um ótimo ambiente para desenvolver-me intelectualmente: a criançada inteira do colégio sabia que minha mãe era mulher da vida, isso quando nas reuniões escolares não a chamavam de 'gostosa' ou coisa pior na minha frente quando não me conheciam. Mas eu como ótimo aluno, sempre tirando nota 
C (nem muito ruim, nem bom) em tudo, com roupas sujas e cadernos imundos e cheios de 'orelhas' poderia ser um aluno exemplar, para depois trabalhar e bancar uma vida de classe média pra mim , mas infelizmente eu tinha que fugir todos os dias nos linchamentos que queriam fazer comigo por eu ser o mais delicadinho e afeminado da sala.  Era uma delicia quando alguém era mais odiado do que eu na sala pois assim eu ficava em paz. 
Mas ok, eu ainda assim poderia  ser um aluno exemplar, típico dos filhos da burguesia de Alphavile Zero, mesmo sabendo que os meus móveis em casa tinham que estar arrumadinhos de manhã em caixas pois a presença do oficial de justiça para nos despejar às 7 horas da manhã era eminente, realmente um clima ideal para estudar, pesquisar, ir à bibliotecas, fazer uma faculdade e um mestrado como toda classe média faz, não é mesmo?

Sim, mas eu poderia procurar um emprego não é mesmo? Tudo bem que eu não teria a empresa de um pai para trabalhar 'duro' mas mesmo assim eu poderia procurar um trabalho. Isso, mas eu não podia, pois quando a minha mãe ia se prostituir na estação da Luz, a casa onde eu morava, não podia ficar sozinha sobre a penalidade de ser assaltada, afinal, quem nesses lugares abandonados tinha botijão de gás e uma tv a cores, se não se casasse com um criminoso, não teria sossego e seria de forma garantida roubado com o 'barracão estourado' e tudo seu perdido. Mas é claro, isso tudo não é desculpa não é mesmo? Quando se quer, tudo é possível!

Depois na minha juventude quando eu me declarei pela primeira vez a um cara estudante do Mackenzie, atendendo ao conselho de Zibia Gasparetto, levei o meu primeiro fora bem dado na vida, o meu príncipe encantado por quem eu estava apaixonado, me mandou pra PQP no meio da av consolação, foi lindo!
Mas mesmo assim eu poderia superar, dar a volta por cima e dizer a mim mesmo que eu era capaz, não é mesmo? Pois é, eu fiquei com depressão por causa do fora que levei dos vários que eu levaria de forma unânime, fui me tratar à base de fluoxetina que não dava em nada, mas enfim, eu poderia superar, afinal tudo é uma chance de evoluir e agradecer, não é? Pois é, mas minha mãe também ficou com depressão, parou por um tempo de se prostituir, foi despejada, entrou em um AP usando de 171  e começou a catar lixo na rua abrindo tudo o que era saco na frente de todo mundo, alegando com orgulho que pelo menos ela não era igual aos outros catadores de lixo pois ela deixava o lixo organizadinho como o encontrava... Não é um doce de pessoa?

Pois é, hoje estou trabalhando de trabalhos precários, que podem ser perdidos a qualquer tempo, mesmo assim tomei a frente da situação econômica da minha 'GRANDE FAMÍLIA', a minha mãe mesmo com quase 80 anos ainda ia se prostituir, não mais porque precisava, mas porque queria mesmo, só parou depois do AVC que teve esses dias. Hoje eu estou na casa dos 50 anos, virgem, sem nunca ter podido expressar meu afeto a quem eu realmente gostava sem tomar literalmente bicuda na cabeça, tenho diabetes, hipertensão , princípio de leucemia e fazendo tratamento antecipado contra parkinson que eu estou a desenvolver para um FDP iluminado
num site de internet jogar na minha cara que eu estou assim PQ EU QUERO, PQ EU SOU MIMIMI e que eu nessa altura do campeonato  euposso fazer um projeto
usando EAP, COBIT e tudo mais para ter uma vida boa , satisfatória e feliz!
Realmente, eu mereço tudo isso e muito mais!
Todos aqui estão de parabéns! Vou ser um juiz igual ao Sergio Moro daqui a 5 anos depois de tantos conselhos
positivos que eu recebi, muito obrigado, tá ?! Amo todos vocês! ;)
Eu quero mais desafios para a minha vida pois esses todos eu já superei e irei superar todos, tá?
Abraços!

 

 

 

  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia a todos. Roberto, estou acompanhando sua história em seus diversos tópicos. Curioso, deixo uma pergunta a você:

Vamos supor que você encontre uma resposta via médium ou regressão. E nela você "descobrir" que é merecedor (ou não).
E aí, como você considera que essa nova informação possa ditar os rumos de sua vida daqui pra frente?

Share this post


Link to post
Share on other sites
20 horas atrás, sandrofabres disse:

Sugiro algo mais radical: alimentação.

Alimentação muda as energias, o que afeta a forma como percebe o mundo, sem que ninguém precise ficar argumentando nada.

Eu reforço a indicação. A cerca de 18 meses comecei a diminuir o consumo de carne e para mim é notória a diferença de percepção.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu também reforço, aliada a dica do vegetarianismo, no sentido de equilibrar suas energias, seu emocional, a dica que dei la em cima: fazer um autotrabalho energetico dos seus 7 chakras principais. Um determinado chakra em desequilíbrio pode causar um problema emocional específico relacionado aquele chakra (depressao, ansiedade, baixa autoestima etc). Isso foi algo que me ajudou muito, junto com o autoconhecimento e o conhecer as pessoas (esses dois ultimos vejo que você ja sabe), mas nao adianta so saber se nao renovar as atitudes, no modo de pensar e de agir, o que é o mais dificil. Fazer um curso de reiki tambem poderia te ajudar auto aplicando a energia do reiki em voce e aplicando na sua casa. Vou deixar aqui pra reflexao o que disse um guru indiano que assisto no youtube: “Você quer a resposta que voce quer (a agradavel aos seus ouvidos) ou a resposta que voce realmente precisa (a dificil de fazer)?” (Sadhguru). Eu espero e torço pra que voce enfrente essas situações atuais, esqueça o passado, e que essa situação atual mude, melhore, ou pelo menos fique mais amena.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Roberto,

Você obviamente tem uma questão cármica dura no seu núcleo familiar, como tem todos aqueles que precisam se virar com esse tipo de problema doméstico que você relata. É óbvio que isso impede bom desempenho escolar, todo mundo sabe disso.

Problemas domésticos são muito comuns em quem vive em situação social muito desfavorecida. Em geral um ou ambos os pais são alcoólatras e/ou viciados em drogas, o pai costuma bater na esposa e nos filhos, e ainda há os casos de abuso sexual nas filhas, que algumas vezes engravidam do próprio pai, quando ainda são pré-adolescentes. Isso é muito mais comum do que se sabe pela mídia, mas é só o “pacote básico”. Por isso professores de escola pública aprendem a ficar de olho em comportamentos “estranhos” dos seus alunos, porque em geral indica algo irregular acontecendo naquela família. Sempre será mais difícil para quem vive imerso nesses contextos familiares e por isso não é racional comparar desempenhos, não é esse o ponto. Ninguém aqui está achando que é fácil. Ou que foi fácil em algum momento. Provavelmente a maioria dos que lerem seus relatos estão é dando graças à Deus pela vida que tem, porque ela podia ser pior: podia ser como a sua. Ninguém aqui menospreza suas dificuldades. Mas ainda assim, o soldado ficar contando nos dedos  quantas cicatrizes já possui  não o ajudará na próxima batalha. Ele ainda precisará  sobreviver à próxima, e à próxima... enquanto a morte não o colher.

Mas ainda assim, para mudar uma situação ruim só a AÇÃO persistente na direção da saída gerará resultados. Ter bons motivos para todas as coisas  que não deram certo  não acrescenta nada à vida de ninguém. 

Diante de uma situação ruim , que eu saiba só há duas respostas:

 -sair dela, se é possível

- se não é possível, então aceitá-la, mudando de atitude e buscando ser feliz na condição em que está.

 Para sair é você quem tem quem adotar uma atitude de que “não importam as dificuldades, eu vou superá-las”, e para isso tem que executar o plano.

Claro que às vezes o preço para aparentemente superar uma situação é ingressar pelo caminho do erro, o que é uma péssima idéia, porque acumula problemas para o futuro. Aqueles que com um tipo de vida como a sua se tornam viciados, traficantes ou criminosos comuns, na idéia de “sair disso a qualquer custo”, não saem, e ainda se afundam mais, tanto na vida física quando no estado entre vidas. Não ter entrado por esse caminho até hoje já é uma vitória, já te coloca numa posição interior melhor que de milhares de outros em condição similar.

Agora, mudar de atitude não é algo que você conseguirá conversando, porque você parece estar intoxicado de revolta com a vida . Revoltar-se só te intoxicará mais emocionalmente, o que gera problemas bioquímicos que te envenenarão o corpo, o que afetará mais as emoções ainda, reforçando quimicamente as emoções   negativa que causaram o desequilíbrio emocional inicial, e isso prejudica sua compreensão da vida. Aliás, deixo estas listas aqui: http://espacopaz.blogspot.com/2012/01/lista-sou-saudavel-pleno-e-completo.html , http://espacopaz.blogspot.com/2012/01/lista.htmlhttp://espacopaz.blogspot.com/2012/01/lista_12.html

Por isso mudar de atitude é essencial, e por isso sugeri jejuns e vegetarianismo, porque são ferramentas que permitem que seu corpo vá se limpando devagarinho dessas toxinas gerais que ele vai acumulando por todo tipo de emoção desequilibrada. Limpando um pouco, a interferência do corpo na sua forma de ver o mundo se reduz, você vai pensar melhor, vai sentir-se melhor, e pode avaliar melhor sua vida a as decisões que precisa tomar.

 Não tem outro jeito: para um vida com problemas, ou a gente AGE no plano físico para corrigir os problemas ou, se isso não é possível,  a gente tenta aprender a ver oportunidades de aprendizado com esses problemas, porque é isso que eles são na verdade. Ou seja: você tem que dar um jeito de “lucrar algo”, psicologicamente falando,  das piores situações.

É você se perguntar, numa situação desagradável:

Por que este problema me perturba? Ah, me faz sentir isto e isto. Posso fazer algo para anular ação dessa situação sobre mim? Não. Já  que eu não posso mudar essa situação, que não depende da minha ajuda ou da minha resistência para continuar, então a solução mais fácil é eu procurar me livrar/reduzir esses sentimentos negativos que tenho em relação a isso. Se eu não mais sentir isto e isto, esse tipo de situação deixará de ser problema, ou será menos perturbadora.

E  qual meu erro em ter esse sentimentos?  Por exemplo: eu queria que o fulano fizesse isso ou não fizesse aquilo, ou que as circunstâncias da vida me satisfizessem, já que as coisas do jeito que são me perturbam. Qual meu problema? Achar que os outros tem que viver como eu determino. Achar que o mundo ao meu redor tem que obedecer minhas vontades. Não respeitar a liberdade outro de agir como ele acredita ser melhor, etc..

Ahh, são esses os pontos então que eu preciso melhorar em mim para parar de atrair esse tipo de situação provocadora na minha vida! Aceitar que não tenho controle sobre os outros, e negar a eles o poder sobre mim, me negando a reagir de forma determinada pelas ações deles (provocações, atitudes manipuladoras, chantagens emocionais, perturbações não intencionais como ruídos altos).

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.