• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
robertoguerreiro

Fui pegar ônibus no 'umbral' ...

Recommended Posts

12 horas atrás, bandeirapvh disse:

Eu também reforço, aliada a dica do vegetarianismo, no sentido de equilibrar suas energias, seu emocional, a dica que dei la em cima: fazer um autotrabalho energetico dos seus 7 chakras principais. Um determinado chakra em desequilíbrio pode causar um problema emocional específico relacionado aquele chakra (depressao, ansiedade, baixa autoestima etc). Isso foi algo que me ajudou muito, junto com o autoconhecimento e o conhecer as pessoas (esses dois ultimos vejo que você ja sabe), mas nao adianta so saber se nao renovar as atitudes, no modo de pensar e de agir, o que é o mais dificil. Fazer um curso de reiki tambem poderia te ajudar auto aplicando a energia do reiki em voce e aplicando na sua casa. Vou deixar aqui pra reflexao o que disse um guru indiano que assisto no youtube: “Você quer a resposta que voce quer (a agradavel aos seus ouvidos) ou a resposta que voce realmente precisa (a dificil de fazer)?” (Sadhguru). Eu espero e torço pra que voce enfrente essas situações atuais, esqueça o passado, e que essa situação atual mude, melhore, ou pelo menos fique mais amena.

Eu sou vegetariano total desde 2006, não porque eu queria alcançar alguma graça ou ganhar iluminação mas porque eu sou contrário a forçar o sofrimento de seres inocentes para causar o prazer em outros. Eu até desconfio que a vida dos seres humanos, isso que chamam de 'roda de sansara' seja alimentação para outros seres espertinhos que se passam de mentores evoluídos, mas isso é uma tese maluca minha, não tenho como prová-la. Posso dizer também que deixar de consumir carne não me trouxe benefício algum que seja possível eu notar. Enfim. 
Quanto a resposta que eu quero, não desejo uma resposta prazerosa nem ruim, mas uma que seja verificável e testável. Teoria e suposições eu já conheço milhares.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
18 horas atrás, robertoguerreiro disse:

Quanto a resposta que eu quero, não desejo uma resposta prazerosa nem ruim, mas uma que seja verificável e testável. 

O que eu já havia dito lá atras:

Projeção astral lúcida (com saída direta, se possível: daquelas que você já sai consciente na hora que o corpo acaba de adormecer). Indireta é aquela que você desperta a lucidez no astral um tempo após ter dormido, você não "sente a saída". Já tive os dois tipos, a sensação da direta de sair ali no ponto x onde o corpo acaba de dormir e você sai pra você seria melhor pra diminuir esse ceticismo.

Ou, experiências por clarividência, em vigília, após técnicas diárias para desenvolver (técnica do alberto cabral, o curso dele que eu iria indicar por mp; há no fórum a técnica em áudio).

Pode demorar meses (pelo menos comigo foi) pra ter alguma experiência, tentando todo dia sem falta, com perserverança, e a clarividência achei mais difícil. Na projeção em 6 meses consegui várias após a primeira. Na clarividência foram 8 meses pra primeira e única (mas creio que porque parei de fazer a técnica).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acabei de refletir aqui sobre essa sua sede pela experiência. Te entendo perfeitamente. Eu já me vi várias vezes em rodas de amigos discutindo sobre o sentido dessa vida, e nessas discussões me vem logo a mente, e é o que digo a eles: "já interagi com espíritos, fiz projeção astral, vi espíritos", e falo das experiências que tive. Quase todos não ligam ou brincam, acham que o que importa é viver fazendo seu melhor pra si desde que não afete ninguém, e alguns dizem que aguardam o julgamento final em que irão pro céu ou inferno. Conheço cristãos que já leram o livro dos espíritos mas que nunca viram um espírito na vida. Tenho irmãos de sangue que sabiam das minhas projeções e tiravam onda com isso, um deles diz que acredita na existência de espíritos, mas não acredita em reencarnação. Ou seja, só essa existência, nada de reencarnação pra apreender, creio que pra eles o importante é o aproveitar o agora somente, e materialmente. Alguns até dizem que já viram alguma entidade extrafísica, mas não chegaram a mudar suas crenças religiosas. Se eu não tivesse corrido atrás dessa resposta pela experiência, eu talvez pensaria igual a um desses da roda de amigos que falei. Acredito que se dá aquele estalo e você corre atrás e vê com os próprios olhos isso muda mesmo sua visão de mundo. A maioria lê alguma coisa ou vem um pastor na frente dele e diz algo, recebe alguma "benção" e então a pessoa fica naquela "verdade". Então se alguém te disser: "você quer ver se espíritos existem? se você possui um corpo além do físico? se existe um plano espiritual? então faça a técnica x", vá e faça e olhe por si. Foi o que fiz. Não fique esperando algum espírito aparecer espontaneamente pra você porque dificilmente isso irá acontecer. Certa vez entrei num forum de ceticos e li um deles dizendo que havia combinado com a mãe e irmão, de que eles voltassem pra aparecendo em espírito pra dar comprovação, mas nada, e por isso ele continuou cético.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Depois de assistir isso, foi quando eu quis saber se o que ele dizia era verdade ou mentira, e eu já queria saber bem antes se havia algo além:

Entrevista Wagner Borges (projetor):

https://www.youtube.com/watch?v=mI8_j8XJXjM

https://www.youtube.com/watch?v=_G6Ut6O1-Us

Aí o cara na entrevista diz que qualquer um pode fazer.

Livro com explicação e técnicas do site dele:

http://www.ippb.org.br/multimidia/livros-online/fora-do-corpo-por-robert-bruce

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, bandeirapvh disse:

Ou, experiências por clarividência, em vigília, após técnicas diárias para desenvolver (técnica do alberto cabral, o curso dele que eu iria indicar por mp; há no fórum a técnica em áudio). 

Foi o que eu postei para ele ali no link do googledrive

." Na clarividência foram 8 meses pra primeira e única (mas creio que porque parei de fazer a técnica)."

O saco é isso. Até o Alberto Cabral conta ali que se ele para d efazer vai diminuindo. Na gnose também se falava isso, por isso o Samale fala ali que é para vocalizar a vida toda...

É o priblema dessas habilidades que se obtem por treino. É difeente de uma pessoa que ja nasce com o corpo etérico modificado, com os chackraa ja otimizados para isso ( mediunidade ostensiva) e por isso se elas não dão uma utikidade positiva, acabam tendo seu equipamento usado pelos assediadores. Nasceram com a chave na ignição. Nós temoa que ficar dando manivela todo o dia, ehehe

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 16/01/2020 at 02:37, robertoguerreiro disse:

Quanto a resposta que eu quero, não desejo uma resposta prazerosa nem ruim, mas uma que seja verificável e testável. Teoria e suposições eu já conheço milhares.

Roberto, perdão se não fui claro. Entendi que você deseja uma resposta, independente do sabor dela. Mas a minha curiosidade é sobre o pós...

Pelo que li até agora, você enxerga esta informação como um grande ponto de inflexão em sua vida, onde você vai achar a razão fundamental de todas as suas mazelas. Que tipo de mudança você enxerga em sua vida tendo isso em mãos?

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, bandeirapvh disse:

Certa vez entrei num forum de ceticos e li um deles dizendo que havia combinado com a mãe e irmão, de que eles voltassem pra aparecendo em espírito pra dar comprovação, mas nada, e por isso ele continuou cético

Ehehe, . É bem mais dificil para  um espirito  fazer isso, do que é para nós vermos espiritos, porque como temos mais energia que eles, podemos modular nossa prrcepção  e chegar até onde queremos. O problema é que não se tem um controle bem definido da coisa.

Já para um espirito  se fazer visivel, além de ele ter a mesma dificuldade que nós, saber " como fazer", ainda há a limitação das energias. É como tentar comprimir o ar até que pese 10kg para acionar uma palanca de uma máquina. Quanto ar precisaria? Se o cara não tem acesso a ar suficiente, mesmo que saiba como comprimi-lo, nao chega nos 10kg nunca e nunca irá acionar a palanca da máquina.

Por isso manifestações de efeito fisico sao perigosas. As vezes a entidade precisou sugar energia da propria pessoa encarnada para gerar o efeito desejado, e você nunca sabe qual entidade estara usando aquilo.

Conheço um tecnico em eletronica, ex gnostico, projetor astral, que resolveu montar um aparelho de trnascomunicacao. Acho que pegou a planta de circuitos do famoso Spiricom. Ele queria contatar uma pessoa das relaceos dele, falecida ha poucos anos.

Ele me disse que levou meses tentando estabelecer contato, foi a congresso de transcomunicacao,  chegou a contatar a sonia rinaldi para tentar aperfeicoar a coisa. Até que conseguiu. Só que aí comecou a ter fenomenos fisicos  casa, e desenvolveu uma doença nos ossos, que  é algo tipico de mediuns ostensivos que nao usam a energia. Acabou abandonando essa pratica.

Ele concluiu ( e eu concordo) que para que as entidades conseguissem se comunicar atraves do aparelho, usavam a energia dele. E que demorou ate que o  corpo dele produzisse energia suficiente para  sustentar o fenomeno. E apos produzir, isso ficou sem maior uso, diferente de um médium que esta sempre trabalhando no centro espirita ou de umbanda, então gerando as doenças.

Pelo que  ele me comentou, quem trabalha com transcomunicacao sabe disso ( ou desconfiam) mas não se fala muito abertamente A idéia que te passa é que a comunicacao por aparelhos eliminaria a necessidade do médium, mas acontece que será o próprio operador do equipamento que acabará fornecendo a energia para o fenômeno, porque não adianta, as entidades não possuem isso, precisam pegar de algum lado. Nada diferente do que acontece nas evocacoes mágicas, porque no fim das contas é sempre o mesmo processo.

 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 15/01/2020 at 08:43, eder.andrade disse:

Bom dia a todos. Roberto, estou acompanhando sua história em seus diversos tópicos. Curioso, deixo uma pergunta a você:

Vamos supor que você encontre uma resposta via médium ou regressão. E nela você "descobrir" que é merecedor (ou não).
E aí, como você considera que essa nova informação possa ditar os rumos de sua vida daqui pra frente?

Eu ficaria mais tranquilo em saber que as coisas tem um motivo claro e inteligente para acontecerem e que eu teria uma chance de fazer tudo certo daqui em diante para que não acontecesse coisas tão ruins de novo. Seria um alívio.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
22 horas atrás, sandrofabres disse:

Ehehe, . É bem mais dificil para  um espirito  fazer isso, do que é para nós vermos espiritos, porque como temos mais energia que eles, podemos modular nossa prrcepção  e chegar até onde queremos. O problema é que não se tem um controle bem definido da coisa.

Já para um espirito  se fazer visivel, além de ele ter a mesma dificuldade que nós, saber " como fazer", ainda há a limitação das energias. É como tentar comprimir o ar até que pese 10kg para acionar uma palanca de uma máquina. Quanto ar precisaria? Se o cara não tem acesso a ar suficiente, mesmo que saiba como comprimi-lo, nao chega nos 10kg nunca e nunca irá acionar a palanca da máquina.

Por isso manifestações de efeito fisico sao perigosas. As vezes a entidade precisou sugar energia da propria pessoa encarnada para gerar o efeito desejado, e você nunca sabe qual entidade estara usando aquilo.

Conheço um tecnico em eletronica, ex gnostico, projetor astral, que resolveu montar um aparelho de trnascomunicacao. Acho que pegou a planta de circuitos do famoso Spiricom. Ele queria contatar uma pessoa das relaceos dele, falecida ha poucos anos.

Ele me disse que levou meses tentando estabelecer contato, foi a congresso de transcomunicacao,  chegou a contatar a sonia rinaldi para tentar aperfeicoar a coisa. Até que conseguiu. Só que aí comecou a ter fenomenos fisicos  casa, e desenvolveu uma doença nos ossos, que  é algo tipico de mediuns ostensivos que nao usam a energia. Acabou abandonando essa pratica.

Ele concluiu ( e eu concordo) que para que as entidades conseguissem se comunicar atraves do aparelho, usavam a energia dele. E que demorou ate que o  corpo dele produzisse energia suficiente para  sustentar o fenomeno. E apos produzir, isso ficou sem maior uso, diferente de um médium que esta sempre trabalhando no centro espirita ou de umbanda, então gerando as doenças.

Pelo que  ele me comentou, quem trabalha com transcomunicacao sabe disso ( ou desconfiam) mas não se fala muito abertamente A idéia que te passa é que a comunicacao por aparelhos eliminaria a necessidade do médium, mas acontece que será o próprio operador do equipamento que acabará fornecendo a energia para o fenômeno, porque não adianta, as entidades não possuem isso, precisam pegar de algum lado. Nada diferente do que acontece nas evocacoes mágicas, porque no fim das contas é sempre o mesmo processo.

  

 É a questão do Carlos Mirabelli.
 Eu honestamente acho que a linha mais razoável é a contada pelo caso Karran. Acredito que todas essas capacidades psiquicas são naturais do ser humano, mas um acidente solar desabilitou algumas capacidades cerebrais e que isso tem correspondentes bioquimicos. E também passa por um desenvolvimento cerebral.
  Detox de metais pesados já dá uma clareza absurda.
 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sobre o acidente solar eu ainda nao tinha lido sobre, mas no livro dos espiritos fala dessa questão da entidade extrafisica usar a energia/fluido do medium encarnado pra se manifestar.

E o @robertoguerreiro acredito que ele faça parte, como nós, do grupo dos buscadores (do porque estar aqui), sendo que a maioria sabemos que sao do grupo dos apegados (a matéria). Tem uma moça no youtube que fala sobre esses grupos e acordos espirituais (aline). Conforme ela nos podemos estar em mais de um grupo. Eu por exemplo, apesar de nao me considerar materialista acredito estar ao mesmo tempo nos dois grupos acima, por conta do ego. Ela fala de outros dois grupos, o terceiro é o dos suicidas, e o quarto nao me lembro.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá

Eu sempre tive um pouco de resistência com o livro dos espíritos, apesar de gostar do espiritismo e respeitar Kardec nunca conseguir terminar os livros deles sempre começava a ler e perdia o interesse por conta de algum conceito ou forma de colocação que não concordava, mas ultimamente me vem muito que tenho que me aprofundar nos livros de Kardec principalmente levando em conta a codificação que ele fez, e tentar compreender melhor o contexto e o publico que alvo das obras dele, que era os intelectuais do seculo 19

então voltei a ler o livros dos espíritos e estava lendo especificamente no trecho das perguntas 258 a 262a,  me lembrei de você @robertoguerreiro

resumidamente o que o trecho fala é
Como pode alguém escolher uma vida de sofrimento ?

Vai depender do que o espírito vai querer vivenciar , mas também Deus em alguns casos pode impor uma certa circunstâncias de vida, quando vê que um espírito por mal vontade ou ignorância mesmo, não esta sabendo escolhe o caminho que seguir.


E me veio uma analogia.

Imagine um guia que conhece muito bem os caminhos de uma trilha e sabe que um dos caminhos no início tem uma subida ingrime e difícil mais curta, e depois o resto do caminho seria por uma planície reta que não traria grandes dificuldades e levaria a um belo e agradável passeio , e outro caminho que apesar de não ter nenhuma subida tão ingrime teria vários pontos de dificuldades buracos, obstáculos que teria que ser retirados do caminho tornado a trilha bem difícil exigindo muito mais da pessoa durante período muito mais longo que a primeira trilha.

Então você vai a primeira vez na trilha ai pergunta para o guia, qual o melhor caminho e mais fácil ?
o problema é que o guia fala uma linguá que você domina então ele vai te dizer que é o caminho da esquerda, que alem de mais fácil te levaria para paisagens mais bonitas, ele te explicará que tem um apequena subida. Mas que depois o caminho fica bem mais fácil, mas como você não entende o que ele fala , consegue só entender que é para pegar o caminho da da esquerda.

Ai chega na entrada das duas trilhas olha para primeira a da esquerda vê aquela baita subida que quase vai te obrigar a escalar uma parede, e pensa o guia esta louco aquele é o caminho mais fácil ?

Então você olha para o segundo caminho e que a princípio é mais plano apesar de estar mais denso na mata, e parecer pouco ate ameaçador, mas por medo daquela subida que você julga incapaz de escalar acha melhor pega o segundo caminho.

E vai lá em frente passa por todos obstáculos tira troncos da trilha em alguns momentos tem ate enfrentar alguns animais ferozes no meio do caminho , encontra ate outras pessoas que escolheram o mesmo caminho, passa pelos buracos pedras escadas mal feitas, inclusive por precipício que chegam até colocar a sua vida em riscos.

Puxa sofreu tudo isso mas conseguiu chegar no fim a da trilha acabado.

E só perguntando por que não seguiu o conselho do guia.

Tudo bem digamos que apesar de tudo isso você é aventureiro e gosta de trilhas, então resolve ir novamente, chegando lá novamente questiona o guia e entende apenas a esquerda, chega de novo na escolha dos caminhos olha a montanha e desiste novamente e vai para caminho da direita, e passa por tudo novamente.

Assim vai se repetindo toda semana,

Ate que chega um dia que o guia olha para você todo cheio de cicatrizes todo acabado, ate desanimado pensando em desistir de fazer a trilha por tanto sofrimento que esta passando para fazer aquilo.

Então ele resolve te levar pela trilha chegando na entrada das trilhas ele te puxa para o caminho da esquerda , você por medo da montanha tenta resistir falando não, então o guia insiste e te puxa novamente pela mão , então você vai com medo a contra gosto, e começa a subir o que para você era uma montanha que não tinha fim suas pernas ate doíam, mas quando você achava que não iria mais aguentar que esses tinham sido os 5min mais longo da sua vida você chega no fim da subida.
E se depara com a mais linda paisagem que tinha visto na vida uma pela planície cheio de plantação de flores um caminho bem cuidado. Ao fundo uma paisagem de montanhas e vales que você só tinha visto em filmes.

E tão lindo que você começa a chora de emoção e arrependimento por não ter seguido o conselho do guia desde de o começo, então começa a caminha pelo lindo caminho que ate esquece do guia que esta ao seu lado o tempo todo, ate que ele começa a falar com você de uma forma mais clara simplesmente agora você consegue entender e nem sabe o porque antes não entendia o que ele falava.

E ele começa a te falar|
Olha eu estava te observado todas as vezes que você escolheu o caminho errado ate algumas vezes te alertei de alguns perigos, ate  te livrei de outros que vi que você não iria suportar sozinho, muitas vezes tentava me comunicar, mas você não me escutava,  através de outros que estavam na trilha com quem já conseguiam me escutar um pouco pedi para te ajudarem, aos poucos você foi aprendendo com essas pessoas a me ouvir, mas mesmo me ouvindo você me ignorava , e agora eu percebi que era o seu limite que você não aguentava mais tive que te pegar pela mão e te trazer a forca pelo caminho certo que mesmo que parece o pior no inicio, é o caminho mais fácil e prazeroso.

Algumas pessoas aprendem a escutar a Deus , a maioria são teimosas, e ignoram e por isso acabam fazendo escolhas que as levam a um sofrimento maior isso os torna amargurados com a vida como se Deus os tivesse abandonado, mas ele não te abandona nunca , ele está sempre ao seu lado, Obrigando as vezes a gente passar por situações de muito sofrimento sem que a gente entenda muito o por que.

Não estou te dizendo que sua vida atual vai melhorar, ou milagrosamente as coisa vão se resolver provavelmente não vão.

E o que é o tempo de uma vida diante da eternidade? 5 min? talvez um milésimo de segundo possa ser.

As provas da vida vão continuar independente de tudo , acredito que tudo tem um propósito mesmo eu não entendendo, e não podendo te saciar seus questionamentos , mesmo por que sei que com o corpo limitado que estou utilizando para escrever essas palavras não consigo compreender a grandeza de Deus, como pode um copo querer armazenar toda a água do Oceano

Pois nossa mente é como um copo raso diante da vastidão do universo e da grandeza de Deus.


Espero que essas palavras possam te ajudar de alguma forma.

Fique bem.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 17/01/2020 at 08:30, sandrofabres disse:

Conheço um tecnico em eletronica, ex gnostico, projetor astral, que resolveu montar um aparelho de trnascomunicacao. Acho que pegou a planta de circuitos do famoso Spiricom. Ele queria contatar uma pessoa das relaceos dele, falecida ha poucos anos.

Ele me disse que levou meses tentando estabelecer contato, foi a congresso de transcomunicacao,  chegou a contatar a sonia rinaldi para tentar aperfeicoar a coisa. Até que conseguiu. Só que aí comecou a ter fenomenos fisicos  casa, e desenvolveu uma doença nos ossos, que  é algo tipico de mediuns ostensivos que nao usam a energia. Acabou abandonando essa pratica.

Ele concluiu ( e eu concordo) que para que as entidades conseguissem se comunicar atraves do aparelho, usavam a energia dele. E que demorou ate que o  corpo dele produzisse energia suficiente para  sustentar o fenomeno. E apos produzir, isso ficou sem maior uso, diferente de um médium que esta sempre trabalhando no centro espirita ou de umbanda, então gerando as doenças.

O problema da transcomunicação é a limitação da tecnologia que temos acesso hoje, mas acredito que logo essa barreira vai ser quebrada com o avanço tecnológico  logo poderemos de alguma forma contactar o outro mundo de uma forma mais segura, uma intuição me veio certa fez para prestar a atenção nos estudo com o grafeno ou materiais parecidos a onde  pode ser encontrado por algum cientista uma câmera que consiga filmar o mundo espiritual.

https://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=camera-grafeno-pontos-quanticos-enxerga-tudo&id=010110170605#.XiW8lWhKjIU

 

Inclusive o Geraldinho lemos fala que o Chico Xavier previu que os cientistas pesquisando como aprimorar a Tv iria acabar descobrindo essas coisas.

https://youtu.be/nVK_RKkxXXo?t=479

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
18 horas atrás, Gadriel disse:

Então ele resolve te levar pela trilha chegando na entrada das trilhas ele te puxa para o caminho da esquerda , você por medo da montanha tenta resistir falando não, então o guia insiste e te puxa novamente pela mão , então você vai com medo a contra gosto, e começa a subir o que para você era uma montanha que não tinha fim suas pernas ate doíam, mas quando você achava que não iria mais aguentar que esses tinham sido os 5min mais longo da sua vida você chega no fim da subida.
E se depara com a mais linda paisagem que tinha visto na vida uma pela planície cheio de plantação de flores um caminho bem cuidado. Ao fundo uma paisagem de montanhas e vales que você só tinha visto em filmes.

@Gadriel a sua abstração em formato de epopeia foi muito bonita, parece texto de palestra motivacional de coaching até. Acontece que desde os meus 16 anos eu escuto coisas similares, antes eu até me empolgava, agora na casa dos 50 anos estou como o Tim Maia quando se revoltou e abandonou aquela seita chamada 'Cultura Racional'.
Não querendo desmerecer o seu texto, mas eu na minha atual fase não consigo me saciar com metáforas e passagens, cansei de teoria, quero ir pro laboratório testar igual eu fazia quando era pequeno: ia para o laboratório de ciência antes mesmo de todas as outras crianças poderem ir, uma vez quase aconteceu uma tragédia pois uma menina impulsiva , mandona e chata quis entrar comigo, só de lembrar eu me arrepio todo pois a culpa recairia toda em cima da professora que me deu uma chance que outros alunos não tiveram.
Na sua narrativa, pra mim seria mais atrativo subir um morro e ver uma vista bonita do que um mato cheio de coisa estranha e animais perigosos, eu sou bem aberto a sugestões quando eu vejo que elas fazem sentido , veja, eu faço faculdade graças a conselhos que eu recebi aqui no forum, até agora não tive fruto algum a não ser dívidas, mas quero ver até onde vou chegar, mesmo estando debilitado. O problema reside no fato que estórias religiosas sem comprovação mandando você mudar apenas por fé temos em todas as religiões, se eu por exemplo for amanhã pegar todo os textos que eu postei aqui e postar numa comunidade evangélica, vão me contar uma estória bíblia tão bonita quanto a sua ensinando uma outra coisa completamente diferente com intuito de me fazer acreditar que sou vítima da pombagira, do demônio , do satanás e toda sua trupe e que só eu 'aceitando' Jesus  e indo à igreja pagar uma taxa que tudo irá melhorar, mas fica na mesma: tudo estórias, comprovações do sobrenatural zero!
 

Veja, teve um amigo acima que me indicou a viagem astral, só que eu sou bastante sujo com essa história de viagem astral pois ao compará-la com as EQMs (única coisa que eu ainda levo meio a sério no mundo do sobrenatural) as viagens mostram sempre situações distorcidas da realidade além de sempre mostrar coisas pra lá de flexíveis em termos de física, nas 'viagens' astrais as pessoas têm os sentidos limitados tanto como aqui e aparecem em locais sem contexto lógico na maioria das vezes, tipo filmes pornô : a pessoa já aparece sexy, maquiada fazendo sexo com um sujeito qualquer num lugar fantasiado sem roteiro algum, parece que brotou ali e deu sorte de acontecer ! Nas EQMs não, existe na maioria dos relatos hospitalares uma linha de coerência com vínculo forte com a realidade onde pessoa não faz o que bem quer onde pode, existem regras no mundo para onde se vai depois desse e nesse aqui é possível se ver exatamente as coisas que acontecem sem malabarismo retórico algum.
Veja, o dono desse site é famoso por fazer viagem astral mas quando quis conhecer os Estados Unidos, foi de avião! Você acha que eu quero um conhecimento do mundo sobrenatural desse jeito? Claro que não! Quem tem EQM vê o local onde está na terra a ponto de nem ter curiosidade de ve-lo depois, pois é muito real , a não ser para constatar depois que o local existe, já quem faz viagem astral dá umas 300000000 mil desculpas para que ignorem as incongruências que contam e se focam no 1% que parece lógico, não quero isso não. 

Já tentei vários caminhos na vida, já segui minha intuição e nada, pra não dizer que eu nunca tive uma intuição que me alertou de um problema foi o dia que eu apanhei de um monte de meninos na vila mariana por motivos de homofobia, aquele dia eu queria ir à casa do meu amigo que eu gostava de ir sempre após a escola, porem algo muito ruim era sentido dentro de mim tentando me fazer não ir, eu ignorei e acabei apanhando feio! Hoje eu respeito essa 'intuição' mas como saber se isso é mentor ou antecipação cerebral baseada em dados? Vira e mexe tenho sensações ruins e nada me acontece. Quando peguei avião tive isso e o avião não caiu! Sempre que vou fazer algo fora da minha rotina e que seja grandioso pra mim, algo ruim dentro de mim sente que não deve ser feito, e não acontece B* nenhuma.   Os mentores me ajudaram? Não sei e não tem como eu saber! Enfim, por isso tudo eu cansei de falas, sou igual São Tomé!

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, robertoguerreiro disse:

Veja, o dono desse site é famoso por fazer viagem astral mas quando quis conhecer os Estados Unidos, foi de avião! Você acha que eu quero um conhecimento do mundo sobrenatural desse jeito? Claro que não! Quem tem EQM vê o local onde está na terra a ponto de nem ter curiosidade de ve-lo depois, pois é muito real , a não ser para constatar depois que o local existe, já quem faz viagem astral dá umas 300000000 mil desculpas para que ignorem as incongruências que contam e se focam no 1% que parece lógico, não quero isso não. 

Isso é óbvio, se quando estou projetado, basta sair pra rua que já entro em outra dimensão, imagine em outro país. 

Viagem astral ocorre no mundo astral, e não na dimensão material. Em raros casos existem pessoas que se projetam no plano real-time, que é o duplo do físico. E onde espíritos apegados a matéria estão, por questões de vício e tal.

O Saulo mesmo fala que só se projeta no umbral.

Agora, se a pessoa acha que a projeção irá lhe ajudar a conhecer o mundo, pontos turísticos e tal, já é algo que envolve mais que se dedicar a projeção, mostraria apego a matéria, que por si só já seria um empecilho para conseguir atingir isso, pois o apego a ela é justamente o que causa a inconsciência a qual as pessoas estão. E é também a causa por perder a lucidez nas projeções. Então seria impossível para tal pessoa com tal pensamento.

O Sandro postou em um tópico que uma pessoa com dúvidas sobre a masturbação e o ego abriu, de um relato de uma mulher que teve uma rememoração de uma encarnação ao qual se viu como um moje, que quando garoto foi colocado em uma caverna e fechado por um muro de tijolos lá, para seguir um caminho espiritual, ele viveu al vida toda nessa caverna e onde teve experiência misticas e tal, e conta que ele aprendeu sair em proteção e gostava de visitar o Ocidente. Mas veja o caso dele, ja não é "qualquer um".

Então, se você está vivendo no físico e procura ter experiências físicas, pq procurar por ter projeções? Já que você está saindo justamente do plano físico do entrando no espiritual.

Então é isso, tudo bem você ter desistido disso, porém é como eu falei, não faz sentido você está procurando resolver questões espirituais se você continua preso a matéria. E caso queira se desprender da matéria, deve buscar primeiro se livra disso na matéria e não no espiritual, pois seu problema maior esta na sua frente. Veja, como você ja disse, sua visão de paraíso é um hotel de luxo, muita grana no bolso e não lhe faltar nada. Essa é uma visão materialista, óbvio, mas o que quero passar é que primeiro, você morre e perde tudo. Segundo, se encontra no mundo espiritual, provavelmente depois de um tempo vivendo sem perceber ter morrido, justamente causado pelo sonho hipnótico que se está vivendo, fruto do consumismo estimulado pela mídia e influentes do mundo material.

Terceiro, você irá perceber o quão tolo foi ao achar que o material era o que importava, mas ainda continuará com os mesmos impulsos que tinha na matéria, mas ja não terá controlo sobre eles, portanto será difil vencer seus problemas.

E também gostaria de falar que você irá ver como as pessoas são inconsciente e o quão facil é dominar-las, pois não estão nem aí pra suas auras, ou pro emocional, caso se encontre nas dimensão proxima da física. 

Por fim, qual é o seu objetivo em procurar causas espirituais ou mesmo se caso o único objetivo seja saber se é real ou que nada disso existe, então isso deve ser comprovado por você e ninguém mais, é uma questão pessoal.

É melhor encontrar suas respostas por experiência própria durante a vida na matéria, do que esperar pela morte e acabar tendo nada. Pois verá que tudo é uma questão de "reforma íntima", até para aqueles que buscam coisas materiais, pois acham que é tudo que tem.

Então trabalhe sério que conseguirá, mas primeiro, caso seja o problema, comece no físico.

Obviamente, o vejo que você é assombrado pelo passado, que causaram uns traumas, pois o relato de você ter emoções fortes ao vim a sua mente os choques ou flexes do passado, evidenciam isso. Você também disse em um dos seus primeiros tópicos que tentou a hipnose, pra relembrar vida a passada ou algo com a hipnose, não foi? Que não conseguiu entrar entrar no transe e tal, bom, recomendo procurar um profissional melhor, nesses casos eu acho que poderia valer a pena, apesar de já ter lido que hipnose por terceiros seja magia negra, mas a questão é o direcionamento que está sendo feito, que no caso lhe ajudaria muito a convenser esses seus eus do passado a pararem de se "infernizarem" por esses acontecimentos. Se já difícil em uma vida, imagine relembrar de todas, né? Para é preciso muito equilíbrio...

Então, se você está na casa dos 50 anos, é uma decisão sua, vive aí como quiser. Decida o que fará, não espere que as pessoas daqui lhe diga como, nem de mim, só estou dando sugestões buscando tentar lhe ajudar.

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

@robertoguerreiro:

Relato de projeção no plano físico, como muitos outros projetores tiveram, é semelhante a EQM pois você vê cenas reais do fisico naquele mesmo momento:

https://www.viagemastral.com/forum/index.php?/topic/20927-relato-de-projeção-com-comprovação-no-plano-físico/&tab=comments#comment-98380

E na projeção com saida direta que aconselhei você sai no quarto ou onde você está, muda pouca coisa no ambiente. Pelo menos comigo foi assim. Na verdade em algumas nao mudou nada, somente o fato de que eu via os espiritos que estavam ali.

Desculpe a sinceridade, mas argumentar contra teu ceticismo aqui ta ficando chato, porque nem a projeção astral você aceita tentar.

Share this post


Link to post
Share on other sites

“Veja, o dono desse site é famoso por fazer viagem astral mas quando quis conhecer os Estados Unidos, foi de avião! Você acha que eu quero um conhecimento do mundo sobrenatural desse jeito?“

@robertoguerreiro
 

Isso que você disse acima nao tem nada a ver. O cara tinha que ir passear projetado? E a esposa? Ele leva projetada tambem?

Sobre ir a locais do físico em projeção, um psicólogo amigo meu me contou que tem um paciente que faz projeções astrais lucidas sem tecnicas e sem querer e que o cara ja visitou vários locais do mundo. 

Agora peraí, apos varias dicas voce agora vem questionar a distorção entre o plano astral quando projetado e o plano fisico.

Primeiro voce questionou sua situação, sua encarnação atual e sobre quem nasce bonito ou feio, ou rico ou pobre. Eu sinceramente acredito que voce, apesar de ter dito que leu, nunca leu o livro dos espíritos.

Depois voce diz que quer a experiência com o sobrenatural. Voce leu o livro do Robert Bruce sobre a projeção? Tentou as tecnicas? Fez a projeção, pra depois tirar suas conclusoes? Ate tecnica de clarividência foi sugerido a voce. Tentou?

Entao me parece que voce é mais um daqueles céticos com convicção formada que aparecem aqui de vez em quando questionando sem nunca ter tido a experiência.

Chego a conclusao de que discutir aqui neste topico é como dizer pra quem nunca viu um carro na vida: “existe um carro depois daquela montanha, vai ser difícil, pode demorar, mas voce pode atravessa-la e dirigir com o carro ate outro local”, mas ao invés disso prefere ficar onde esta argumentando que carros nao existem.

Existem tópicos específicos pra discussão com céticos sobre a projeção.

Geralmente quem aparece por aqui é porque quer ajuda pra experienciar a projeção astral lucida (porque experimentando é a melhor resposta, e nao apenas lendo ou ouvindo alguem falar). Depois que consegue a pessoa conclui se acha que é real, mental ou bla bla bla.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, robertoguerreiro disse:

Veja, o dono desse site é famoso por fazer viagem astral mas quando quis conhecer os Estados Unidos, foi de avião! Você acha que eu quero um conhecimento do mundo sobrenatural desse jeito? Claro que não! Quem tem EQM vê o local onde está na terra a ponto de nem ter curiosidade de ve-lo depois, pois é muito real , a não ser para constatar depois que o local existe, já quem faz viagem astral dá umas 300000000 mil desculpas para que ignorem as incongruências que contam e se focam no 1% que parece lógico, não quero isso não. 

Sim, EQMs são diferentes porque devido à própria natureza do problema que gerou a EQM, o corpo projetado sai carregando muito  mais lastro energético, por isso vai ficar preso ambiente físico, algo que para o projetor é muito mais difícil de conseguir, já que como não houve problema algum de saúde , o lastro etérico está onde deveria estar, junto ao corpo físico.

Agora, isso só é problema para quem quer comprovação física do fenômeno, ou usar isso para objetivos de investigação do físico mesmo. Se o que interessa à pessoa são respostas espirituais para problemas da existência, confirmar esta ou aquela crença, saber o que rola com quem já morreu, etc então isso não cria dificuldade, porque essas respostas nunca podem ser obtidas com entidades que estão próximas do plano físico mesmo. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pelo que entendi o Roberto não é cético sobre o fenômeno, apenas acha que ele não satisfaz suas necessidades de respostas.

Porque obviamente  quem acha que projeção não é um fenômeno real, não teria  nada para fazer aqui. É como vir aqui pedindo  água e quando entregamos o copo, o cara dizer que esse copo nem existe, logo a água oferecida não tem como matar a sede.. Nesse caso ele não  tem porque perder sem tempo aqui, porque o problema está em a pessoa não saber o que procura. Ou se está de fato procurando algo.

Pode-se aprender SOBRE projeçao  e espiritualidade  aqui, e pode-se aprender o COMO FAZER da projeção  

Mas se o cara precisa saber SE essas coisas são reais, ele não cumpriu o pré-requisito mínimo para ter entrado aqui, que era já ter superado essa fase. E esse é um trabalho que ninguém pode fazer isso por ele.

Agora, a projeção é uma ferramenta bem complicada para obter respostas finais sobre as coisas, porque há sim 3000000 fatores nisso. Quem quer tentar é bem vindo, quem não quer, ok,. Quando achar uma ferramenta mais prática para ir atrás de respostas na espiritualidade, nos ensine. Eu só conheço 3: 

 

- estudo do que outros mais capazes que nós já investigaram

- prática da projeção astral, cada um de acordo com sua própria capacidade consciencial

- meditação ( quando você se concentra na questão a ser investigada e deixa que a mente traga respostas

 

Todas tem seus problemas, como a ciência tem seus problemas , a filosofia tem seus problema,s a psicologia tem seus problemas...

Mas alguém achar aí algo mais confiável para investigar as questões espiritualidade, nos avise.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom essa discussão já está ficando cansativa para todos, @robertoguerreiro te mandei meu e-mail no privado para continuarmos conversando, só queria acrescentar uma última coisa que pode ser construtiva para o fórum. 

As Formas de comunicação do mundo espiritual com o mundo Físico ou como Deus conversa com a gente.

Citar

 

"Como e com quem Deus fala? Quando a fiz a Ele, eis a resposta que recebi:

Eu falo com todo mundo. O tempo todo. A pergunta não é com quem falo, mas quem ouve?

Intrigado, pedi a Deus para explicar melhor.
Ele disse: Em primeiro lugar, vamos substituir o termo falar pelo comunicar. É muito mais exato e completo. Quando tentamos falar um com o outro - Eu com você, você comigo, enfrentamos imediatamente a incrível limitação das palavras. Por esse motivo, não me comunico apenas através de palavras. Na verdade, raramente faço isso. Minha forma mais comum de comunicação é através do sentimento. O sentimento é a linguagem da alma. Se quiser saber o que é verdade para você em relação a alguma coisa, veja como se sente em relação a ela. Às vezes é difícil descobrir os sentimentos - e, com frequência, ainda mais difícil admiti-los. Contudo, oculta em seus sentimentos mais profundos está a sua maior verdade. O truque é entrar em contato com esses sentimentos.
Eu também me comunico através do pensamento. Pensamento e sentimentos não são a mesma coisa, embora possam ocorrer ao mesmo tempo. Quando Eu me comunico através do pensamento, frequentemente uso imagens e figuras. Por isso, os pensamentos são mais eficazes do que as palavras como meios de comunicação. Além de sentimentos e pensamentos, também uso o veículo da experiência como um importante comunicador. "

Trecho do Livro Conversando com Deus – Autor: Neale donald walsch

 



Então a comunicação pode ser por sentimento, pensamento, experiência e em último caso por palavras.

Hoje vejo com clareza que os mentores os espíritos que nos acompanham utilizam dessas ferramentas para se comunicar com a gente o livro fala em Deus, mas percebi que essa é a forma de comunicação que temos com o plano espiritual.

Isso pode ser usado não apenas por espíritos de luz, mas também por seres com intuito de manipular e nos prejudicar.

Por isso o maior triunfo da meditação ao meu ver não é você se sentir bem entrar em nirvanda e fugir do mundo, mais  sim de se observar e com isso aprender a identificar o que você está sentindo e pensando  principalmente para saber identificar se o que você está sentido ou pensando não é seu.

E assim conseguir uma comunicação mais clara, ou conseguir perceber uma perturbação que está te incomodando que pode ser do ambiente de uma pessoa encarnada ou desencarnada.

 

Um Exemplo.

 

Passa uma pessoa na rua gritando xingando Deus e o mundo, tão forte que te incomoda e faz você parar o que está fazendo para ir à janela ver o que está acontecendo, você pode fazer duas coisas:

Ver que é um louco gritando na rua não dar bola e voltar a fazer o que estava fazendo e logo o louco vai continuar andando e se afastar de você a ponto de não te incomodar mais.

Ou

Você gritar de volta para ele mandando-o calar a boca, e ele gritar de volta para você xingando a sua mãe e te deixando ainda mais irritado, e com isso você começa uma discussão aos gritos com ele.

Assim são com os pensamentos, os pensamentos e sentimentos são como esse louco passando na rua provocando as pessoas querendo encontrar alguém para brigar.

Se você observa e deixa ele passar identificando o que realmente ele é, um louco que quer chamar atenção, e apenas observar e não fazer nada , ele vai embora e não vai te incomodar mais, agora se começa a prestar a atenção e alimentar o pensamento ele vai crescer dentro de você consumindo sua energia e te fazendo sofrer mais ainda.

Isso eu vejo que acontece com todo mundo, não apenas médios ou pessoas especiais todo mundo tem pensamentos e sentimentos que se parar e observar não fazem sentindo para ela, mostrando que provavelmente vem de uma fonte externa.

Mas como ninguém sabe disso fica se sentindo mau e se culpando por ter pensando ou por estar sentindo uma coisa que nem é dela.

Na minha opinião, esse é o mais básico para alguém que quer começar a se comunicar com o plano espiritual.

Tanto a projeção astral, quanto a Clarividência tem o problema da frequência, por que para ver um espirito seu frontal tem que estar ajustando a mesma frequência dimensional que o espirito e a mesma coisa na projeção, você tem que sair na mesma frequência do espíritos para poder conversar e interagir com ele , e como nós não dominamos essa questão da frequência ainda, fica bem difícil.

 

Agora se tivermos consciência dos sentimos e pensamos, sabendo identificar o que é nosso e o que não é, fica mais fácil é como se existisse um buraco que você nem sabia que existia e que  é impossível de ser fechado na parede entre a sua casa e do seu vizinho que fazia você se incomodar com o barulho que acontecia na casa dele, ai você resolve utilizar desse buraco para se comunicar e assim melhorar sua convivência com ele.

Eu tenho treinado isso e tem me ajudando muito principalmente agora escrevendo isso me dou conta que a minha ânsia de ver um espírito que tinha até esse momento me está parecendo infantil, não sei se isso que escrevi agora é para outra pessoa ou uma resposta para meus próprios questionamentos.

 

E fim só me vem uma frase que a muito tempo me vem sendo repetida intuitivamente

“Antes de ver o invisível , Aprenda a ver o visível e o que já esta ao seu alcance”

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
23 horas atrás, Sembrol disse:

Viagem astral ocorre no mundo astral, e não na dimensão material. Em raros casos existem pessoas que se projetam no plano real-time, que é o duplo do físico. E onde espíritos apegados a matéria estão, por questões de vício e tal.

Pois é, pode até ser, não estou garantindo que não seja. Acontece que esse se o 'mundo astral' não me oferece nenhum vínculo com a realidade para eu constatá-lo como sendo algo independente do meu cérebro, pra mim ele não tem utilidade alguma. Basta eu ter um sonho lúcido, usar drogas ou ler um bom livro que eu terei o mesmo efeito. E tem mais: na maioria dos relatos de EQM as pessoas são também sugadas dessa dimensão material onde ficam invisíveis para outra completamente diferente da nossa também e lá não é essa casa de noca, essa casa de irene que os 'projetores' pintam, existe ordem e você não sai fazendo o que bem quer e indo onde dá na telha, a pessoa leva até esporro as vezes. Pra mim essas projeções astrais são uma furada. Mas enfim, eu posso estar errado, você não precisa mudar de crença por mim, pois eu não estou disposto a bater com a minha cabeça num acidente de carro para ter uma EQM e brigar por isso.

 

13 horas atrás, Gadriel disse:

Por isso o maior triunfo da meditação ao meu ver não é você se sentir bem entrar em nirvanda e fugir do mundo, mais  sim de se observar e com isso aprender a identificar o que você está sentindo e pensando  principalmente para saber identificar se o que você está sentido ou pensando não é seu.

E assim conseguir uma comunicação mais clara, ou conseguir perceber uma perturbação que está te incomodando que pode ser do ambiente de uma pessoa encarnada ou desencarnada.

Pois é, a meditação é muito bem defendida e recomendada por várias pessoas, espiritualistas e não. Quando eu tento meditar, me sinto bem, mas é só isso, é tipo ouvir música clássica por 6 horas: você acha bonito mas depois de um tempo aquilo evapora. Uma vez eu fiz uma meditação lá no lago do batata, de repente me veio um sentimento, uma 'tristeza gostosa', uma sensação de passar o natal e o ano novo sozinho, eu senti algo maluco como se a espiritualidade estivesse mais perto de mime que havia uma tristeza pelo o que eu estava fazendo com a minha  vida, sei lá, era como se um parente muito rico fosse visitar um parente muito pobre(no caso eu) e sentisse pena por não poder ajudá-lo, eu senti uma grandiosidade, uma saudade de uma casa que eu não lembro,é triste mas gostoso ao mesmo tempo. Seria equivalente a você ter sido expulso de casa por pais muito ricos mas que arrependidos eles vão disfarçados num carro de luxo  com insulfilm lhe visitar na rua vendo o estado lastimável que você se encontra sem poder lhe ajudar. Foi isso que eu senti. Geralmente eu sinto essa sensação em dias meu aniversário, natal e ano novo quando eu saio à rua de dia. Bom, só de lembrar me emociona a ponto de me fazer chorar como uma criança pedindo a mãe.  Sei lá, é piração minha.

 

14 horas atrás, Gadriel disse:

“Antes de ver o invisível , Aprenda a ver o visível e o que já esta ao seu alcance”

Pois é, isso é verdade, mas eu sou uma pessoa que adora saber o que acontece também nos bastidores. Quando a dor vem e você não pode pagar um plano de saúde, pesquisamos a medicina mesmo sem sermos médicos. A necessidade é a mãe da exploração intelectual.

 

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 horas atrás, sandrofabres disse:

Sim, EQMs são diferentes porque devido à própria natureza do problema que gerou a EQM, o corpo projetado sai carregando muito  mais lastro energético, por isso vai ficar preso ambiente físico,

As EQMs completas e de qualidade segundo a escala de Greyson , de forma alguma ficam restritas apenas ao mundo físico nosso (cidades, carros, casas, amigos e afazeres) , nessas EQM existe a segunda fase onde as pessoas são capturadas compulsoriamente para outro local que em nada tem a ver com o nosso mundo , cotidiano e espaço-tempo, nesse mundo elas conversam, recebem feedbacks e na maioria dos casos as pessoas não querem regressar dele para voltar para cá depois, muitos são literalmente enxotados de lá

 

16 horas atrás, sandrofabres disse:

Se o que interessa à pessoa são respostas espirituais para problemas da existência, confirmar esta ou aquela crença, saber o que rola com quem já morreu, etc então isso não cria dificuldade, porque essas respostas nunca podem ser obtidas com entidades que estão próximas do plano físico mesmo. 

Pois é, mais uma diferencial das EQMs sobre as tais 'viagens astrais', quando as pessoas são tragadas para o outro mundo depois ficarem vagando temporariamente aqui invisíveis tentando se comunicar com os outros, lá no outro planeta, mundo ou senário, as pessoas muitas vezes tem carta branca para perguntarem o que quiserem, todas elas relatam terem recebido um 'download' violento de informações que desejam , o problema é que essas informações são tão completas e grandes que o cérebro não consegue assimilar rapidamente. É comum pessoas com EQMs dizerem que poderiam ficar falando do que perguntaram lá e tiveram a resposta por anos pois a quantidade de informações é enorme. Isso não acontece nesses sonhos lúcidos que vocês chamam de 'viagem astral'. 

 

16 horas atrás, sandrofabres disse:

Porque obviamente  quem acha que projeção não é um fenômeno real, não teria  nada para fazer aqui. É como vir aqui pedindo  água e quando entregamos o copo, o cara dizer que esse copo nem existe, logo a água oferecida não tem como matar a sede.. Nesse caso ele não  tem porque perder sem tempo aqui, porque o problema está em a pessoa não saber o que procura. Ou se está de fato procurando algo.

Bom, hipóteses são iguais navalhas, podem cortar tanto o agressor como o agredido que a manipula... Podemos elencar a hipótese de que tudo tem um propósito e que talvez o meu seja justamente perturbar a sua zona de conforto e você a minha. Realmente eu posso estar no local errado, mas veja, de milhões de sites que eu poderia estar enchendo o saco, eu vim parar exatamente nesse, ou seja, a navalha que você quer apontar pra mim, pode ferir principalmente a mim mas você também. Você tem uma moderação, eu não, ou seja, o poder está na sua mão e quem pode se sujar com ele é você, não eu, embora isso para o meu ego seja ruim.
Agora vejamos o que VOCÊ NÃO PERCEBEU: nem sempre o que procuramos, achamos exatamente como queremos ! Eu posso não ter entrado aqui procurando água quente mas sim um 'Dry martini' estupidamente gelado, você pode não tê-lo mas pelo menos tem o copo e uma mesa, melhor que nada, afinal seria muito mais estúpido da minha parte eu procurar  'Dry martini'  numa casa de construção ou numa loja roupas.  O que eu quero dizer com essa metáfora?
Realmente aqui até agora eu não encontrei o que eu queria mas encontrei pessoas que sem saberem procuram o que eu quero! Garanto que uma pessoa ou outra aqui pensa exatamente como eu penso mas tem medo de se posicionar como eu me posiciono justamente por temer algum moderador tirano que sempre tem prazer em demonstrar o poder que ele não tem na vida real, na vida virtual!

Sandro, pode me banir , me excluir ou o que for, o site é seu, eu vou moralmente sair derrotado como já saí de vários locais como esse e você vai ganhar mais 'amigos' interesseiros que irão lhe dizer: 'UFA! Como você não baniu aquele chato antes?' , mas lembre-se da navalha: se realmente o tal mundo espiritual existir, creio que o desafio para o seu aprendizado seja justamente aprender a conviver de forma inteligente com quem lhe desafia , afinal as pessoas que nos desafiam fazem os nossos talentos aflorarem por necessidade , mesmo que por ego ou raiva, já as pessoas que paparicam, fazem você pensar que tudo está bom, o dia que você não tiver o poder que tem aqui, provavelmente muitas delas irão se afastar de você. 

Então, você pode me expulsar, não sei se quero ou não isso, mas se você fazer isso, você ganha paz e 'amigos', mas sai perdendo em avanço e conhecimento. 
E usando a sua metáfora do copo, se a tal espiritualidade existir, não é quem pede água pra vc é que necessariamente é um derrotado que precisa a sua ajuda, talvez seja você que precise de ajuda para si mesmo oferecendo aquele copo de água, afinal, aquela chance que você tem de acabar com a cede de alguém sem ter nada para ganhar em troca
seja o desafio que você sempre quis ter para você mesmo se sentir bem consigo mesmo. Enfim. 
Faça o que você sentir que tem que fazer e seja feliz!

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 22/01/2020 at 06:45, robertoguerreiro disse:

As EQMs completas e de qualidade segundo a escala de Greyson , de forma alguma ficam restritas apenas ao mundo físico nosso (cidades, carros, casas, amigos e afazeres) , nessas EQM existe a segunda fase onde as pessoas são capturadas compulsoriamente

Exato... quem está no físico precisa de ajuda externa para sair dali, pelo papel que as energias do corpo etérico desempenham numa EQM, que é diferetne do que acontece na projeçao.

......................

 

Roberto, não há "zona de conforto", a questão é simples: eu 'sei', você 'não sabe'.

O que isso significa?

Eu sei: Eu tive lá meus questionamentos sobre várias coisas, estudei várias, pratiquei algumas, e obtive respostas que resolveram as MINHAS questões. Foi um longo processo que começou aos 12 anos. 

Você 'não sabe': você ainda está inquieto internamente tentando entender as questões da espiritualidade e a relação disso com sua vida material.

Então você pode debater até morrer, é como dar socos numa montanha, porque como suas dúvidas não são as minhas, elas não tem poder de afetar minha “zona de conforto”, porque eu já fiz o meu trabalho, que era de achar as respostas que eu procurava para entender o que eu queria entender. Suas dúvidas   afetam  a você.

Seus questionamentos são os de um  iniciante, portanto não tem como você abalar nenhuma zona de conforto de qualquer um aqui que tenha um pouco de estudo e prática, mas pode sim ter um efeito danoso sobre novatos ( embora em geral os novatos que se cadastram aqui estejam melhores que você por já entenderem que a projeção é um fenômeno real e que por trás dela há a realidade da existência  além do corpo físico)   pelo fato de muitos serem jovens ainda não perceberam que o ceticismo, em qualquer área,  é sempre fruto da ignorância sobre um tema.

Ele é usado positivamente se leva o cético a investigar na prática o problema, mas se converte numa doença emocional quando é usado como desculpa para apenas questionar sem nunca praticar, quando serve apenas para lançar ao ar um sem número de hipóteses alternativas, que são apenas fugas, desculpas que todo cético usa para não ter trabalho de investigar nada.

Esses novatos, mesmo estando numa posição inicial melhor,  costumam superestimar o valor de uma  "dúvida razoável". Eles não possuem vivência intelectual ainda para saberem que é possível fabricar dúvidas infinitas sobre qualquer tema, sem que isso signifique que o tema em si seja duvidoso.  Assim, esse novatos correm o risco de perder a chance de aprender sobre o tema só porque concluem que ele é "polêmico” ao verem alguém desinformado criando questionamentos sobre questões já mortas.

Como administrador eu fico atento a isso e não estaria  “sujando” nem um pouco as mãos ao banir qualquer um que entre aqui para distorcer a finalidade do fórum, que é ensinar a projeção astral com ferramenta para investigar as dimensões não-físicas, e para cada um comprovar por si a existência de vida fora da realidade física, e  o que se afirma sobre vida após a morte.

Eu já fiz aquele tópico sobre comprovação para encerrar esse tipo de debate,que não faz nenhum sentido num fórum como este. A projeção é um fato comprovado tanto a nível pessoal de vários projetores, como até cientificamente, PELOS CIENTISTAS DE FATO PESQUISAM ISSO há decadas. Portanto, não serão tolerados  aqui retrocessos nesse ponto.

Quem acredita que projeção astral é só ilusão mental, um "sonho lúcido", quem acredita que não existe espírito, que não há vida após a morte, etc, não possui a compreensão mínima necessária para conseguir dialogar neste fórum, é como um analfabeto reclamando que tudo que lhe explicam não faz sentido para ele. O problema está é nele, lamento.

Tendo a compreensão mínima exigidia, que é aceitar esse fenômeno como realidade (ainda que a exatidão dos resultados seja sempre discutível, pela própria natureza do fenômeno)  o que cabe  é debater erros, onirismo, como contornar dificuldades para tentar uma projeção mais lúcida ,etc.

Você não pode se matricular num curso para conserto de liquidificadores se ainda está achando que liquidificador não existe. É uma falha sua, não de quem dá o curso. Não aceitar questionamentos sobre a existência do liquidificador não é "ficar na zona de conforto", é apenas recusar-se a dar espaço para tolices, ou como dizem por aí, "recusar-se a tocar tambor para maluco dançar".

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Oi Roberto, estou lendo o seu post e quero compartilhar algo. A minha vida também não é um mar de rosas, se dou “dicas” é apenas porque acredito que talvez possa ser útil. Se você ainda tem algum bloqueio por causa de ceticismo, a projeção astral é uma boa forma de ter uma experiência direta. Na minha opinião a técnica do Raduga talvez seja o caminho mais curto para conseguir, caso você ainda não tenha se projetado.

Outra coisa que talvez possa te interessar é meditação. Aí perto de São Paulo, em Santana de Parnaíba, tem um centro de meditação Vipassana onde você pode fazer um retiro de 10 dias e ficar praticamente o dia inteiro apenas meditando. É muito bom e ainda por cima é gratuito. O nome desse centro de meditação é Dhamma Sarana. Eu já fiz esse retiro de 10 dias duas vezes e medito com essa técnica desde 2018. Baseado na experiência que tive posso dizer que essa prática faz uma limpeza muito profunda a nível da mente racional e emocional. Então te falo dessa prática como uma opção de cura começando pelo “esvaziamento”.

Acho que se você chegar lá com uma certa “convicção” da espiritualidade vai aproveitar mais, por isso ter algumas experiências com projeção antes poderia ser interessante, mas também isso não é pré-requisito.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.