• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
JhoN

ISSO FOI UMA CATALEPSIA ?

Recommended Posts

Fala galera! ASTRAL/CATALEPSIA ?

Quem me conhece sabe que eu fazia várias perguntas a um tempo atrás sobre projeção astral, porém depois de um sonho lúcido que tive que aparentava ter ido ao um lugar medonho, vários flashs de locais estranhos e eu não conseguia acordar acabei ficando comendo e parei . Rsrs Mas é por que nós que somos medrosos mesmo, ou eu.
Porém ultimamente, o que não era comum, eu estou indo deixar dar umas conxiladas e eu acabo tendo a catalepsia sem querer RS, algo que tentando tanto no passado eu nao conseguia, agora consigo as vezes "sem querer".
Agora acabei de me deitar, porém com aquele intuito de ficar acordado , acho que isso ajuda a ter isso. Estava deitado quase coxilando, hora que eu senti algo diferente, abri meus olhos normal e vi meu quando onde eu estava, super lúcido, na mesma maneira de estar acordado, porém não consegui se mexer RS, este é um ponto ruim, porém esse foi melhor pois estava meio claro meu quarto, e eu olhei por tudo kkk visão bem top, dai, tentei imaginar algo aí ouvi uma risadinha simples e rápida bem no fundo da mente, começei a ouvir um barulho desta pineal aumentando, fiquei com medo pois parecia que ia aumentar aponto de eu explodir, falei: vai que morro kk, fechei os olhos de novo e acordei no mesmo lugar e consegui me mover. Ufa!
Na outra vez foi pior , era escuro onde eu estava , porém refletiu uma música que eu ouço as vezes bem legal, nossa imaginação é alto e claro como um rádio la né? Muito top, tocou a música que eu nem sabia cantar RS. Dps tive uns sonhos estranhos e acordei.
É isso , acho que foi um relato!
Se alguém consegui me confirmar , isso é CATALEPSIA ? Se eu focasse em aprofundar isso eu poderia conseguir uma proxima fase?
Obrigado, boa sorte a todos 🙏🏻

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pelo que voce relata é sim uma catalepsia, pelo fato de não conseguir se mecher e tals, e para sair em projeção a partir da catalepsia é so ter a força de vontade de querer sair e ir de vez, e tambem ter movimentado as energias para facilitar a saída.

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim, foi. Só que eu pelo menso nunca me vi nesse estado estando paralisado, então neste ponto aqui:

4 horas atrás, JhoN disse:

senti algo diferente, abri meus olhos normal e vi meu quando onde eu estava, super lúcido, na mesma maneira de estar acordado

..eu apenas levanto da cama, como faria para ir ao banheiro, só que com mai suavidade, como se não quisesse acordar alguém que estivesse deitado ao meu lado. 

4 horas atrás, JhoN disse:

porém refletiu uma música que eu ouço as vezes bem legal, nossa imaginação é alto e claro como um rádio la né?

É porque essa fase de transição é um transe, é uma fase muito hipnótica, em que você fica muito auto-sugestionável.

 Usamos isso a nosso favor com as técnicas de separação, imaginando um movimento corporal, flutuaçao, tentando imaginar a corda.... mas só imaginar algo que te permita sair. Se imagina demais, vai parar num cenário todo fantasioso, então não pode exagerar.

Uma vez, acho que há uns 4 meses atras, eu senti que estava em fase, ao acordar no meio da noite, mas estava sentindo muito o sono do copo. Como a preguiça me tirou a vontade de lutar contra aquilo de forma direta, pensei "ah, faz e conta que tem uma cama aqui ao lado e vou pegar na lateral dela, para me puxar. Entoa estiquei o braço astral desejando encontrar " a lateral da cabeceira da cama.." e achei ehehe. Aí me agarrei firme naquilo e me puxei, da cama que eu estava para a cama fantasma,. E ai me vi sentado nessa outra cama, que ao existia ali, e ao fazer isso a visao abriu, era outro quatro, aquela cama, ali onde eu estava, outra janela, um poster na parede.... pensei "Assim não dá, tudo isso aqui foi plasmado". Me foquei no corpo e interrompi a experiência.

Como fui eu quem criou a cama imaginaria ao lado da real eu sabai que aquilo não existi,a o resto dos detalhes deve ser a mente que criou, para dar coerência. Como eu não curto experiências fantasiosas preferi sair dela. Eu esperava só encontrar a lateral da cama que imaginei ali, assim como a gente plasma a corda,mas não o objeto onde ela está amarrada na outra ponta. Mas a lateral da cama acho que obrigou a mente a criar uma cama completa, num outro quatro, com outra decoraçao ,etc...aí já vira videogame, sonho lúcido, já não me serve. Então ter que limitar a criatividade na hora de usar uma técnica de saída, para não ficar preso num sonho lúcido ao invés de ter uma projeçao astral.

 

 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, sandrofabres disse:

.eu apenas levanto da cama, como faria para ir ao banheiro, só que com mai suavidade, como se não quisesse acordar alguém que estivesse deitado ao meu lado. 

Eai Sandro. Entendi, vou tentar fazer isso, só que nestes relatos que eu comentei eu não conseguia se mexer de jeito nenhum, porém com esta técnica da corda talvez possa dar certo, vou tentar.

2 horas atrás, sandrofabres disse:

Uma vez, acho que há uns 4 meses atras, eu senti que estava em fase, ao acordar no meio da noite, mas estava sentindo muito o sono do copo. Como a preguiça me tirou a vontade de lutar contra aquilo de forma direta, pensei "ah, faz e conta que tem uma cama aqui ao lado e vou pegar na lateral dela, para me puxar. Entoa estiquei o braço astral desejando encontrar " a lateral da cabeceira da cama.." e achei ehehe. Aí me agarrei firme naquilo e me puxei, da cama que eu estava para a cama fantasma,. E ai me vi sentado nessa outra cama, que ao existia ali, e ao fazer isso a visao abriu, era outro quatro, aquela cama, ali onde eu estava, outra janela, um poster na parede.... pensei "Assim não dá, tudo isso aqui foi plasmado". Me foquei no corpo e interrompi a experiência.

Como fui eu quem criou a cama imaginaria ao lado da real eu sabai que aquilo não existi,a o resto dos detalhes deve ser a mente que criou, para dar coerência. Como eu não curto experiências fantasiosas preferi sair dela. Eu esperava só encontrar a lateral da cama que imaginei ali, assim como a gente plasma a corda,mas não o objeto onde ela está amarrada na outra ponta. Mas a lateral da cama acho que obrigou a mente a criar uma cama completa, num outro quatro, com outra decoraçao ,etc...aí já vira videogame, sonho lúcido, já não me serve. Então ter que limitar a criatividade na hora de usar uma técnica de saída, para não ficar preso num sonho lúcido ao invés de ter uma projeçao astral.

 

 

Rsrs entendi!! Nossa que mancada rsr, mas faz parte. 

Mas quando vc costuma a sair que da certo como você quer, bate como aqui na real? Pois nas vezes que tive semi-lucidez lembro que as pessoas que vi aqui em casa não estava na hora.. casa diferente etc rsrs. 

6 horas atrás, JhoN disse:

começei a ouvir um barulho desta pineal aumentando, fiquei com medo pois parecia que ia aumentar aponto de eu explodir, falei: vai que morro kk, fechei os olhos de novo 

@sandrofabres este ponto é seguro e vale a pena se concentrar no barulho ou vale mais tentar técnica?

@sandrofabres eu percebi que eu tenho mais facilidade em ter estes sintomas pré depois que eu durmo, tipo a tarde.. se for a noite que estou cansado , eu só caio e apago.

valeu!

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Cassio. disse:

Pelo que voce relata é sim uma catalepsia, pelo fato de não conseguir se mecher e tals, e para sair em projeção a partir da catalepsia é so ter a força de vontade de querer sair e ir de vez, e tambem ter movimentado as energias para facilitar a saída.

obrigado!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 horas atrás, JhoN disse:

Mas quando vc costuma a sair que da certo como você quer, bate como aqui na real? Pois nas vezes que tive semi-lucidez lembro que as pessoas que vi aqui em casa não estava na hora.. casa diferente etc rsrs. 

è que demora umas projeções,  até que sua casa seja apenas sua casa. Não sei o motivo para isso, mas já encontrei a mesma conclusao em um livro dos anos 2000 acho. Nas primeiras muita coisa é diferne,e as vezes só o quarto será o mesmo, com alguns erros. Saindo dele  muda tudo. Algumas projeções a mais e sua casa estará certinha, saindo dela é que tudo muda.

Mais algumas projeções é que as primeiras dezenas de metros em torno da sua casa, na rua estarão certinhas, mas nunca cheguei a um ponto que apos 50 metros ainda estivesse tudo certinho. Se voce mora no meio da quadra, o que vai achar na esquina raramente será o mesmo que tem no físico.

16 horas atrás, JhoN disse:

 este ponto é seguro e vale a pena se concentrar no barulho ou vale mais tentar técnica?

O barulho é um SINAL, como todos os outros sinais da fase. Quanto mias fote ele estiver, mais você está entrando no estágio adequado. Mas não precisa ir a´te onde der para ver o que acontece. É como explico lá no post sobre "coisas estranhas quando estou dormindo". Basta que fique nítido. Se PARECE  que está ouvindo alguém conversando em outro lugar da casa, preste atenção na conversa a´te que tenha certeza. Tendo certeza, já pode levantar. Se parece que está ouvindo um barulho como esse da pineal, preste atenção até que tenha certeza do barulho, então pode levantar. Se ficar prestando atenção no CONTEÚDO da conversa, sua mente vai fabricar alguma tolice., vai achar que é mentor, obsessor, profecias, etc.. Se prestar atençao a´te onde vai o barulho que parece que vai explodir sua cabeça, talvez sua mente faça ela explodir, de forma imaginária, e isso pode te deixar com medo de tentar novamente, embora nao exista risco. Uma vez cochilei sentado praticando ma técnica de fazer o chackra frontal girar... acordei logo a seguir parecendo que tinha uma furadeira com serra-copo tentando furar minha testa. Eu chegava a sentir os pequenos fragmentos de osso saltando pela volta, enquanto aquele "furacaozinho" parecia tentar perfurar minha testa. Mesmo sabendo que era uma ilusão bateu aquele medo.."vai que...??" Preferi fazer ele parar de girar e se dissipar. 

16 horas atrás, JhoN disse:

eu tenho mais facilidade em ter estes sintomas pré depois que eu durmo, tipo a tarde.. se for a noite que estou cansado , eu só caio e apago.

valeu!

Por isso se recomenda para sucesso mais rápido aquele sistema do Raduga, que na verdade o Monroe ja ensinava: após dormir umas 6 horas, levantar e voltar a deitar para tentar, você não estará muito sonolento, é similar a um sono da tarde

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, sandrofabres disse:

Por isso se recomenda para sucesso mais rápido aquele sistema do Raduga, que na verdade o Monroe ja ensinava: após dormir umas 6 horas, levantar e voltar a deitar para tentar, você não estará muito sonolento, é similar a um sono da tarde

Oopa blz.

@sandrofabres mais uma coisa, você quando vai praticar a técnica para sair lúcido, você deita, relaxa e tals, e fica concentrando em algo, ou uma bola de luz ou respiração com o foco total de consciencia nisso ou nao? Pois eu deixo "meio a meio" , foco e meio que tento dormir trazer um sono e manter consciente, talvez eu esteja fazendo errado no tentar fazer o corpo ou na vdd a mente dormir, sei la. Não sei explicar, mas o que eu quis dizer q eu tento focar em algo e nao deixar a mente tao ativa pensando nas coisas pois acho que se a mente tiver ativa meu corpo não dorme kkkk, dai eu tento relaxar a mente tbm e foco e acabo dormindo ksks

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pensando bem, mente é uma coisa, corpo é outro né. se vc tiver com a mente o maximo acordado concentrando beem . vc consegue sair? relaxando apenas o corpo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 horas atrás, JhoN disse:

Pensando bem, mente é uma coisa, corpo é outro né. se vc tiver com a mente o maximo acordado concentrando beem . vc consegue sair? relaxando apenas o corpo.

Tentei assim nesta madrugada e demorou um tempo para mim conseguir ignorar a respiração "forçada" para "automática", na verdade a automática eu acho que ja tinha caido no sono, com os músculos todos relaxados, eu estava ali tentando porem com minha mente ativa, ficava pensando 'que demora, rsrs." depois mais relaxado vinha vindo pensamentos nada haver, meu cérebro inventando conversas, porém dormi no final. Um pouco antes eu tinha percebido que quase que quis começar um ruidin do pineal no meu cérebro e diminuiu rapido e parou, acho por eu ter tirado a atenção.. uma hora eu estava imaginando meu braços indo para lá e para cá dai meu braço deu um saltin pra baixo kk, como na imaginação da onde que eu te disse uma vez, que a onda imaginaria bateu e meu braço foi junto, porém não sei se este movimento ocorreu no braço astral ou na real rs. Vou continuar, é facil relaxar os músculos, porém fazer a respiração ficar no automático sem você concertar nela, é difícil.

Share this post


Link to post
Share on other sites
19 horas atrás, JhoN disse:

Pensando bem, mente é uma coisa, corpo é outro né. se vc tiver com a mente o maximo acordado concentrando beem . vc consegue sair? relaxando apenas o corpo.

Não. Você está fazendo certo. É necessário um estado de mente meio vacilante mesmo. Se você ficar com a mente tão concentrada em algo que ela não "afrouxe", seu corpo não conseguirá relaxar também. 

É por isso que tem gente que alega que não consegue relaxar porque o corpo não deixa. Você começa impondo um relaxamento formal,só para desacelerar a máquina rapidamente. Mas depois tudo tem que ser feito com suavidade, ou a tensão por tentar fazer tudo certinho se torna tensão fisica e impede o relaxamento. E uma forma de você afrouxar essa tensão e deixar a mente se aproximar da zona de sonolência sem MUITA resistência. Por isso é difícil achar o ponto certo: você precisa ALGUMA atenção, para que sua mente não comece a vagar sem controle e esse devaneio descontrolado se torne o sonho, com perda de lucidez.Mas se tentar ficar focado demais, vai dificultar o relaxamento físico e impedir o estado de transe, porque essas coisas dependem das ondas cerebrais, e uma mente totalmente focada é uma mente que está solucionando problemas de matemática, não dá para se projetar assim! O estado desejado é aquele em que você está já quase apagando mas usa a concentrar em algo para não apagar. É um estado em que você está "se equilibrando para nãoo cair", não é u estado em que você está focado como se estivesse mirando em algo.

Porém, quando algum sinal da fase surgir ( o som da pineal, as vibrações do EV, etc), aí é hora de você "mirar" mentalmente nele, e notará que esses sinais ficam mais intensos.

Mas se estiver numa atitude mental de "mirar" sua atenção muito fortemente em algo por um bom tempo antes de entrar na fase, você impedirá a si mesmo de entrar, porque precisa "se soltar" um pouco, ou não funciona. Vai acabar atravessando a fase de transição, deixando passar a "janela de saída",  e vai acabar ficando preso no corpo. Corpo dormindo, você mentalmente acordado, mas também não terá como sair. A sonolência passa completamente, é um estado em que você pode ficar horas ali acordado sem desconforto físico algum,sem nenhum desejo de se mover,  mas também não serve para a projeção. Pode ser interessante para meditação, mas para projeção é inútil.

 

 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, sandrofabres disse:

Não. Você está fazendo certo. É necessário um estado de mente meio vacilante mesmo. Se você ficar com a mente tão concentrada em algo que ela não "afrouxe", seu corpo não conseguirá relaxar também. 

É por isso que tem gente que alega que não consegue relaxar porque o corpo não deixa. Você começa impondo um relaxamento formal,só para desacelerar a máquina rapidamente. Mas depois tudo tem que ser feito com suavidade, ou a tensão por tentar fazer tudo certinho se torna tensão fisica e impede o relaxamento. E uma forma de você afrouxar essa tensão e deixar a mente se aproximar da zona de sonolência sem MUITA resistência. Por isso é difícil achar o ponto certo: você precisa ALGUMA atenção, para que sua mente não comece a vagar sem controle e esse devaneio descontrolado se torne o sonho, com perda de lucidez.Mas se tentar ficar focado demais, vai dificultar o relaxamento físico e impedir o estado de transe, porque essas coisas dependem das ondas cerebrais, e uma mente totalmente focada é uma mente que está solucionando problemas de matemática, não dá para se projetar assim! O estado desejado é aquele em que você está já quase apagando mas usa a concentrar em algo para não apagar. É um estado em que você está "se equilibrando para nãoo cair", não é u estado em que você está focado como se estivesse mirando em algo.

Porém, quando algum sinal da fase surgir ( o som da pineal, as vibrações do EV, etc), aí é hora de você "mirar" mentalmente nele, e notará que esses sinais ficam mais intensos.

Mas se estiver numa atitude mental de "mirar" sua atenção muito fortemente em algo por um bom tempo antes de entrar na fase, você impedirá a si mesmo de entrar, porque precisa "se soltar" um pouco, ou não funciona. Vai acabar atravessando a fase de transição, deixando passar a "janela de saída",  e vai acabar ficando preso no corpo. Corpo dormindo, você mentalmente acordado, mas também não terá como sair. A sonolência passa completamente, é um estado em que você pode ficar horas ali acordado sem desconforto físico algum,sem nenhum desejo de se mover,  mas também não serve para a projeção. Pode ser interessante para meditação, mas para projeção é inútil.

 

 

Obrigado, ok!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 07/04/2020 at 20:27, sandrofabres disse:

 não existe projeção sem relaxamento e *transe anterior*, mesmo que as pessoas jurem que não estão fazendo isso, jurem que sua técnica projetiva é só contar carnerinhos.

Contar carneirinhos também vai funcionar para a projeção, porque via induzir a um *relaxamento físico e mental gradual*, ao mesmo tempo que mantém a mente focada, para não apagar. E aí a pessoa nao apaga e é surpreendida pelos sintomas de fase u EV, ou tem um blackout e quando acorda, está em EV ou está perto disso, ou já descolada do corpo, ja passou o EV. Resta levantar da cama.

 

Em 16/04/2020 at 12:36, JhoN disse:

 

Opa @sandrofabres, tentei dar uma mudada na minha técnica e pela primeira vez eu consegui chegar em um estado ótimo de relaxamento corporal e para a mente também. No lugar do contar carneirinhos como você disse acima em outro tópico rs, eu usei a movimentação energia E.V ou OLVE, fiquei imaginando uma luz subindo e descendo por meu corpo ali por alguns minutos, veio coisas para embaraçar minha mente e eu percebia e eu voltava ali onde estava focando, com calma e atenção legal, foi já onde que você disse que ia chegar, passou um tempo e eu percebi que já estava totalmente com o corpo relaxado a ponto de parecer leve e a mente calma, porém quando eu percebi que estava neste estado, já estava calor , tinha deixado ventilador desligado, e comecei a sentir bem leve minha boca meio pesado por conta da saliva, daí isso já provocou que eu focasse na minha boca e já pensei em desistir, (uma coisa tola, desistir), daí hora que movi o corpo era como tivesse acordado numa noite de sono rsr, senti que meu corpo estava todo relaxado. Porém vou me arrumar mais na próxima para não ter estes erros. Eu acho que eu estava próximo de um transe, não estava? Eu poderia ter continuado ali relaxando mais e mais.. achei que não ia conseguir pela demora e por estar relaxado e nada, e logo desisti, não esperei o transe . Será que eu deveria partir pra outra técnica neste relaxamento? Eu senti relaxado porém eu sentia que estava bem aqui no mundo real mesmo e não parecia estar perto e nem sintomas projetivos. Obrigado.

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, JhoN disse:

daí hora que movi o corpo era como tivesse acordado numa noite de sono rsr,

Eu senti relaxado porém eu sentia que estava bem aqui no mundo real mesmo e não parecia estar perto e nem sintomas projetivos.

Sim isso indica que voce estava ja bem relaxado OU que já estava em transe, o coro dormiu mesmo e a mente ficou acordada. Ja relatei aqui que nas minhas primeiras tentativas eu acredite ter passado tres noites consecutivas insone, mas estranhei que nao tinha cansaço ou sonolência durante  o dia. Entao na noite seguinte eu entediado de estar deitado ali imóvel, sem nada acontecer, desde as 22h, e já eram mais de 2 da madrugada, (vi depois que levantei) , resolvi levantar da cama, pois tinha ZERO SONO. Ao sentar na cama parecia que meu corpo estava morrendo de sono. Pensei:

"Como assim??? Estou deitado aqui a horas e o sono não veio nunca!".

Levantei e fui ao banheiro me movendo com dificuldade, porque parecia que tinham me injetado alguma anestesia, de tanto sono. Cheguei no banheiro acendi a luz, estava com a cara 'inchada de sono". Olhei no espelho e percebi "isso é cara de corpo que foi acordado no auge do sono profundo! Entao ele dormiu mesmo, eu é que estava com a mente bem acordada e não notei isso".

Foi aí que decidi nao esperar "que algo acontecesse", porque as vezes não acontece nada (provavelmente a gente tem algum blackout e perde o momento de desencaixe do corpo astral, seguindo então deitado ali na cama, ainda embutido no corpo, apenas levemente desencontrado), e sempre tentar técnicas de separação de tempos em tempos, mesmo que nada tenha acontecido.

Porém, se você usar a OLVE já serve, porque basta seguir fazendo, que em algum momento, quando estiver me fase ou mesmo deitado em astral ainda embutido, vai sentir  claramente as energias. Por claramente nao quero dizer nada sutil, via sentir tão claramente quanto sentira o celular vibrando cao tivesse deitado em cima dele, ou tão claramente quanto um arrepio comum, porém um arreprio que obedece a a sua mente, que fica mais forte toda vez que a zona móvel da olve passa pelo local do arrepio, que se expande e passa a arrepia uma área maior a cada passagem da da atençao por ali, durante a olve.

Entao, se usar a olve, pode ficar só com ela: use como técnica para relaxar....e siga fazendo ate surgirem os arreios, que ficarão mais fortes, e quanto mais acelerar mais forte fica, depois que eles iniciam Quando estiverem fortes, como se toda a cama fosse um enorme celular no vibracall, você levanta da cama, devagar. 

Esse levantar convém que seja COM INTENÇÃO de levantar em astral, porque uma vez, na mesma noite,sentado numa espreguiçadeira, saido corpo tres vezes sucessivas, mas ao voltar na ultima vez, antes de sair mais uma, percebi que estava frio (era inverno aqui no sul e eu estava bem enroupado, blusão de lã  e até com pantufas nos pés, mas não estava usando cobertas) e quis levantar para pegar ma coberta. O problema é que toda vez que eu mel levantei dali levantei em astral né? Achei que na próxima levantada não ia conseguiu ser com o físico, mas não tive problema, apena decidi que desta vez seria com o corpo físico e pronto, foi... Até entoa eu nunca tinha notado a importância desse detalhe, por muitas vezes levantei a noite para ir no banheiro e chegando lá descobria que tinha levantado em astral, não no físico. Achei que estando já com o copro astral solto, ao levantar o físico nunca virá junto. Mas nesse dia percebi que dá para escolher.

E esse pode ser o ponto problemático em iniciantes, talvez muito de voces tenham isso muito forte na mente, porque noto que quando as pessoa querem enxergar melhor elas abrem os olhos do corpo físico, ou elas se projetam sem ver nada porque estão fixada nas sensações do corpo físico ,que está de olhos fechados. Ou estao deitadas de lado com o rosto pressionado de um lado contra o travesseiro, ou o braço sobre o rosto, e mesmo apos deixarem eu corpo, essa sensaçao do corpo físico é percebida pelo corpo projetado, que acredita ter algum bloqueando sua visao, mas é coisa lá do corpo físico, não tem como afetar sua visao astral porque ela não depende de olhos, e chega a ser 360 graus em alguns casos.

Então quando for levantar convém ter claro em sua mente que quer faze-lo com o corpo astral.

Isso não quer dizer que é um levantar "vaporoso," fantasmagórico", não. É um levantar idêntico ao que faria no físico, não muda nada (embora possa evitar melhor algum erro nisso usando técnica de imaginar-se/sentir-se rolando para fora da cama, como explico no POR ONDE COMEÇAR)

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, sandrofabres disse:

Então quando for levantar convém ter claro em sua mente que quer faze-lo com o corpo astral.

Isso não quer dizer que é um levantar "vaporoso," fantasmagórico", não. É um levantar idêntico ao que faria no físico, não muda nada (embora possa evitar melhor algum erro nisso usando técnica de imaginar-se/sentir-se rolando para fora da cama, como explico no POR ONDE COMEÇAR)

 

Ok, entendi! Sim, levantar como um rolar né, se sentir levantando com uma intenção.

Vou continuar tentando e irei tentar igual a um tópico que você diz sobre os passo a passo: 1º eu vou relaxar como eu fiz e deu certo ontem através da OLVE, 2º (a partir deste eu não fiz ontem), eu vou concentrar na minha respiração, ou continuo na OLVE, deve dar na mesma né? Pois a respiração é mais facil de eu apagar, e 3º vou aplicar técnicas, isso a kd uns 5 minutos como você diz, e assim vou alternando..

Share this post


Link to post
Share on other sites

A técnica da corda e de se imaginar na "cozinha" por exemplo, as duas são bem funcional?

@sandrofabres A técnica da corda ou imaginação de estar em algum local, quando vc aplica, vc foca nestas técnicas bem suave com um "disfarçe" usando tipo 50% da mente pra imaginar, e fica um pouco despercebido ou na hora da técnica vc usa total a imaginação,foca sua mente 100% na técnica?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ah, e um ponto tbm que gostei muito da OLVE. Como muitos ja comentaram pelo que eu vi por ai, eu no começo eu estava achando que eu forçava mt minha respiração para acompanhar a OLVE pelo corpo, tipo não conseguia deixar automática fazendo OLVE, como antes , porém depois de um certo tempo que o meu corpo foi relaxando, não percebi mais isso! Tudo fluiu. Muito bom.

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, JhoN disse:

eu vou concentrar na minha respiração, ou continuo na OLVE, deve dar na mesma né? Pois a respiração é mais facil de eu apagar, e 3º vou aplicar técnicas, isso a kd uns 5 minutos como você diz, e assim vou alternando..

Tanto faz em que vocêe se concentre. Mas de fato a concentraçao na respiração faz a gente entrar num estado de sonolencia mais rápido, porque quando mais voce relaxa, mais curta será sua respiração. e quando mais curta for, mais sutil ela fica, aí ovce tem que prestar mais atenção,..e isso vai aprofundando o transe, e pode apagar sim. Por isso lea é boa para te levar ao ponto certo, que é de quase apagar. Quando nota que pode começar a ratear, pode trocar pela OLVE. Por isso eu já descrevi esse tipo de sequência lá no POR ONDE COMEÇAR .

Mas quanto eu não estou com saco de fazer nada disso, faço só a olve e fim, e passo a noite fazendo, vou parar,? vou. Mas cada vz que acorda segue fazendo. Vai apagar de novo? Vai, mas cada vez que acordar segue fazendo.... porque uma hora vai sentir o EV começando. 

2 horas atrás, JhoN disse:

A técnica da corda e de se imaginar na "cozinha" por exemplo, as duas são bem funcional?

Eu só ensino aqui o que mais funciona. Tive sucesso mas trinta técnias diferentes mas só ensino aqui as que mais funcionaram. É por isso que eu digo que todas as técnicas são iguais, todas utilizam sempre os mesmos fundamentos, porque sem isos não acontece a projeção. Mas algumas nao detalham os fundamento e o pessoal que nunca conseguiu entender como funciona ainda fica discutindo achando que esta técnica é diferente daquela outra. Não são, mas não dá para abrir a cabeça do sujeito e enfiar a compreensão dentro, o dia que a pessoa tiver mais  prática ela entende. Eu também achava tudo complicado no início, mas a complicaçaõ é da mente, que gera mil dúvidas e impedimentos. A gente só supera esses falsos impedimentos DEPOIS que conseguiu fazer a coisa de muitas formas diferentes.

Agora, cada pessoa é diferente, cada um tem que descobri as técnicas que funcinam melhor para si, porque algusn são bons com visualização, outros com sensações corporais, então uma técnica que funciona muito bem com uma pessoa pode não funcionar bem com outra.

2 horas atrás, JhoN disse:

 A técnica da corda ou imaginação de estar em algum local, quando vc aplica, vc foca nestas técnicas bem suave com um "disfarçe" usando tipo 50% da mente pra imaginar, e fica um pouco despercebido ou na hora da técnica vc usa total a imaginação,foca sua mente 100% na técnica?

Nesse tipo de técnica precisa foco total, é diferente. 

Numa tecnica de relaxamento, focar co muutia força impede seu relaxamento, porque a energia vai para onde você foca. Se voce usar muita atenção numa parte do corpo, para relaxá-la, voce vai acabar energizando ela. Focar no corpo com muita atençao pode ser usado para autocura, porque via direcionar elerngia para a a´rea doente. Mas para relaxamento não é bom, porque vai estimular essa parte, foca um poucp ara poder comandar aqueles micro tendoes e musculos  para que relaxem e parte para a área seguinte . Depois de percorrer o corpo todo, ain entoa volta e repete ,para atingir o próximo grua de relaxamento, e vai fazendo isso.

Também clarividência: se você quiser tentar obter uma resposta por clarividência, ou ver algo ppor visão remota, não focar com mutia atençao no alvo programado ou não deixará surgir nada na tela mental, o próprio foco excessivo impedirá que surjam OUTRAS coisas lai, que estão relacionadas com o seu alvo, e que são a resposta que você procura.

PORÉM...na projeção é diferente, porque quando você usa isso como técnica de separaçaõ ,você precisa se forçar a acreditar que aquilo está de fato acontecendo.

Lembre-se que esse estado que permite a projeção é um estado de sugestionabilidade hipnótica. Entoa você quer se convencer que está de fato se puxando por uma corda. Essa idéia te que ser mais forte, mais convincente do que a sensação de estar deitado numa cama macia. Então para conseguir isso seu foco tem que ser bem maior, o que não pode demorar, ou vai estragar o relaxamento se ele não tiver atingir um bom nível. Por isso voce tenta um pouco, e entoa volta a reforçar o relaxamento, porque ao se imaginar se puxando pela corda, se os musculos nao estiverem relaxados os suficiente eles vao começar a ter contrações, reagindo a sua imaginaçao, e isso vai te tirar do relaxamento.Entoa tem que aprender a fazer isso com o máximo de realismo mas sem que seus músculos do tronco e braços comecem a acordar. Tem que "pegar o jeito", não é algo que seja possivel explicar.

No alvo mental também, precisa o máximo realismo, mas aí não afeta os músuclos do corpo. Voce se imagina estando presente em outro local da casa, vendo, tocando objetos, examinado detalhes, pode imaginar que chega perto da tv para olhar bem de perto e ver o pó que estaria ali. O foco da técnica  nesse caso é fazer sua mente  esquecer do corpo físico que está deitado , e focar num objeto ou local FORA do seu corpo. Essa atenção máxima no FORA...arrasta sua cosnciencia para lá, sme que ela sequer perceba o processo de separaçaõ, sem perceber EV nem nenhum dos problemas (em geral imaginários), que fazem uma pessoa ficar "presa" no corpo. 

Ou seja, nesse caso o que faz funcionar a projeção é apenas o foco no que está FORA do corpo, Você para de tenta interferir no processo de separação ,e ele acontece no automático como acontece todas as noites sem ninguém precisar entrar naquelas  neuras típicas: 

 

 "Oh meu deus eu nao sei mover as energias,será que estou mexendo rápido demais? será que estou sentindo as energias? será que se eu engolir a saliva vai me atrapalhar? será que meu corpo vai parar de respirar? etc".

Você apenas foca onde quer estar e esquece o resto. 

Mas para que não se repita o ERRO do outro tópico:

Isso NÃO  significa "técnica de projeçao sem relaxamento nem transe"

Significa "técnica de projeçao sem usar TÉCNICAS SEPARADAS PARA  relaxamento e transe". 

 

O risco dessa simplificação é uma menor taxa de sucesso, porque a todo o tempo que a pessoa perderia fazendo relaxamento e transe ela ainda vai perder fazendo a técnica projetiva. Sem falar que o treino de cada coisa  pode ser transferido para outras atividades. Quem treina relaxamento e transe, depois pode usar essa habilidade acumulada  para meditaçaõ, para mediunidade, para autohipnose.... os meses qu a pessoa levaria para ter os primeiros resultados serão encurtados porque os fundamentos são sempre os mesmos em todas essas áreas. Agora, se a pessoa usa só a técnica de projeção para dela obter relaxamento e transe, o dia que ela quiser se dedicar a outra atividade desse tipo, não pode aproveitar nada do que obteve do treino proejtivo, porque o corpo e mente dela estarão condicionados para relaxar e entrar em transe APENAS  quando ele usar aquela "técnica de sempre". 

Se suas "´tecnicas de sempre" são relaxamento, concentraçao ,transe".. você acelera o aprendizado de outras habilidades que queira adquririr mais adiante e que precisem desse treino. Até magia precisa,ninguém vai ver nada dentro de um círculo mágico sem estar em leve transe, até o Eliphas Levi já sabia disso em plena metade do século 19.

Por isso o pessoal que pega técnicas de projeção que saíram de livros de ocultistas fracassa repetidamente, porque esquece que quem escreveu o livro tem anos de treino em relaxamento e concentraçaõ. Um novato, que ainda não tem isso, não vai pegar uma técnica dessas no meio de um livro e consegui resultados exceto por acidente, apenas  resultados esporádicos, enquanto está empolgado pela novidade da descoberta. Os poucos ocultistas que escreveram manuais botam essas técnicas no meio ou no fim das lições, enquanto que os capítulos iniciais sempre envolvem treino de relaxamento, concentraçao e transe. Mas o vivemos numa época que o pessoal acha que só porque o leite vem na caixinha, não precisou  ter uma vaca antes dele.

Mas apesar do risco de uma menor taxa de sucesso, para pessoas que tem uma tendência a complicar demais  e achar mil dificuldades porque quer fazer tudo perfeito,  "chutar o balde" pode ser mais efetivo porque nesse caso o obstáculo `projeção é sua mente complicadora, não a prática em si.

Sempre é bom recordar que todo mundo se projeta quando dorme. Todo mundo vai relaxar em poucos minutos após deitar, odo mundo entrando  numa fase pré projetia via quando começa a sentir sonolência. Temos pratica diária em tudo isso desde que nascemos. Mas temo prática em perder a consciência rapidamente também. O único desafio real é não perder a consciencia , o resto todo mundo já sabe fazer, é como respirar.

-Ou escolhemos deixar fluir tudo no automático, mas mantendo a consciência sem apagar para detectar o momento em que a separaçaõ ocorre ao natural, e só então levantamos da cama, mas o desafio será não apagar, e ter que esperar um tempo desconhecido a cada dia,  até que seja possível sair

- ou escolhemos controlar cada etapa do processo, correndo o risco de cometer vários erros em cada etapa desse controle, tendo erros no relaxamento, na concentraçao, no nível de transe, no manejo das energia,s na técnica de separaçaõ

 

Cada um escolhe o que mais eh apetece, ambos vão funcionar. Mas um funciona melhor com um  tipo de personalidade, outro funciona melhor com outro tipo de personalidade. 

3 horas atrás, JhoN disse:

Ah, e um ponto tbm que gostei muito da OLVE. Como muitos ja comentaram pelo que eu vi por ai, eu no começo eu estava achando que eu forçava mt minha respiração para acompanhar a OLVE pelo corpo, tipo não conseguia deixar automática fazendo OLVE, como antes , porém depois de um certo tempo que o meu corpo foi relaxando, não percebi mais isso! Tudo fluiu. Muito bom.

Exato, é como na técnica da corda, sem relaxamento adequado seu corpo vai  reagir aos estímulos da imaginação, viusaçização etc. Se você desativá-lo em grau suficiente com o relaxamento ele já não te atrapalha. 

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, sandrofabres disse:

.....

 

Cada um escolhe o que mais eh apetece, ambos vão funcionar. Mas um funciona melhor com um  tipo de personalidade, outro funciona melhor com outro tipo de personalidade. 

Exato, é como na técnica da corda, sem relaxamento adequado seu corpo vai  reagir aos estímulos da imaginação, viusaçização etc. Se você desativá-lo em grau suficiente com o relaxamento ele já não te atrapalha. 

Excelente texto, ajudou muito, obrigado mais uma vez. Entendi o processo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Jhon, a questão do medo, pelo menos comigo, é até se levantar... depois que vc se levanta vc vira "galo".

E em vigilia, ele vai diminuindo com o tempo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.