• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Jhana

Sem espiritualidade, o mundo é um inferno

Recommended Posts

Algo que venho observando bastante nesses últimos anos é a quantia descomunal de injustiças presente neste mundo. Por exemplo, alguns nascem com corpos e mentes "perfeitos", outros são deficientes totalmente incapazes; alguns nascem em condição econômica totalmente favorável e passam a vida fazendo viagens pelo mundo, se divertindo, e fazendo o que gostam, enquanto outros tem um salário de 10 dólares por mês, vivendo vidas miseráveis em quase todos quesitos, lutando bravamente apenas para poderem sobreviver.

O pior de tudo isso é que ninguém parece ligar... Mesmo o materialista acreditando que não existe o karma, e que o plano físico é tudo o que há, ele não está nem ai para as desigualdades óbvias. Para ele tudo o que importa é a satisfação própria e ponto. Acho que se os materialistas realmente ligassem eles deixariam de ser materialistas.

Uma pessoa mais sensível teria que concluir que, sendo o mundo detestável da forma que ele é, então um Deus criador não deve existir, ou se existir ele deve ser um ser mau e sádico para ter criado o mundo dessa forma. Acreditar na primeira opção gera hedonismo, que é o pensamento de que você deve aproveitar todos prazeres da vida, esquecendo completamente da moralidade, caso você tenha meios para isso, e se não tiver meios, suicídio é a melhor opção, e acreditar na segunda opção te faz viver em medo eterno.

Logo, para uma pessoa sensível e consciente só restaria acreditar numa terceira opção, que é a de que esse mundo não é a única realidade, e que se o mundo é da forma que é hoje, cheio de sofrimentos, desigualdade e injustiças, isso acontece porque certas pessoas nascem nesse mundo com mais ou menos mérito de vidas passadas. 

Se a realidade for mesmo o que os materialistas dizem ser, então tudo isso não passa de um grande inferno. Isso foi o que conclui após ler ontem um post no reddit de um Venezuelano relatando a situação dificílima de vida que ele levava, algo que me tocou bastante, e ver que o post dele tinha poucos upvotes, e ao me lembrar que posts nesse mesmo site envolvendo coisas fúteis como "placas de videos para video game, memes, brincadeiras/brinquedos sexuais e os carambas" recebem bem mais atenção e upvotes. Essa não foi a primeira vez que observo isso. Antes eu tolerava esse tipo de coisa, mas agora é óbvio para mim que o pessoal desse site não tem consciência alguma, que são um bando de hedonistas interessados apenas em glorificar seus falsos deuses da tecnologia/sexo e esquecendo completamente da própria humanidade. "Tá, mas e daí, é apenas um site", não, não é apenas um site, são quase todos eles, e esses sites representam a mentalidade coletiva dessa geração que é pura inconsciência e hedonismo tentando se passar por "sabedoria racional e ateísta de ponta da nova geração do Sec 21". Estou de saco cheio já. Para mim, o Reddit, a internet e toda essa nova geração já não tem mais credibilidade nenhuma.

  • Like 3
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olha você está bem certa quando diz que várias pessoas parecem não ligar pro espiritual, nesse período do tempo que estamos, são poucos que se ligam com o espiritual tentando melhorar a si próprios e largar o egoísmo, eu concordo nisso. Mas é uma questão de escolha, uns amam tanto o "mundinho" deles que acabariam em tristeza vendo a verdade, e preferem abraçar a ignorância mesmo, já outros querem vantagem em cima dos que ignoram a verdade espiritual, não deixando de serem materialistas, por isso amam essa Selva em que vivemos, porque esse é o "mundo do sofrimento", onde seres cheios de ego vivem.

Mas enquanto tem uns que despertam pro lado positivo a maioria segue indo pro lado negativo, porém o destino de ambos é diferente, em quanto alguns querem liberdade, outros seguem se enrolando em correntes pesando que conseguiram, no fim, a mesma coisa. Muitas pessoas sábias já alertaram, mas alguns não querem nem saber, acabamos invertendo a moeda considerando que o lado que seguem é o positivo, e pior, criam no lado positivo uma figura de inimigo, o mentiroso da conversa, a verdade é que amam o poder, no fundo todo mundo ama o poder, mas é preciso seguir as leis e compreender totalmente e nisso esses caras não querem, pois...o lado positivo é o vilão e falso da história né?...mas a grande maioria seguem por afinidade, sem interesse no espiritual.

Tem que ficar muito ligado, quando você quer seguir caminhos esotéricos, por exemplo, pra não cair no papo de muitos seres também, somos facilmente manipulados, até em sonhos podemos ser manipulados...Franz Bardon alerta no seu livro 'a pratica de magia evocatória' versão traduzida e incompleta na pag 48: "Ligar-se aos seres espirituais e suas esferas significa perder a liberdade de seus atos e pensamentos." Então podemos ver muitas pessoas na internet falando que Sacerdote desse ou aquele ser, e falam que é algo natural, que não podemos ser presos por nada, mantidos em lugar nenhum...a verdade, como é alertado por muitos Mestres ou Sábios, é que você vai está se prendendo cada vez mais na Roda de Samsara, ou se prendendo em alguma esfera como um "demônio".

Mas não se deve julga, mas sim alertar, uma vez que a pessoa queira ouvir

718879387_06-A-Indeciso_Easy-Resize_com.thumb.jpg.0246e8d1f42411528f74aeef6bbb0f31.jpg

Essa é uma carta do Tarot, mostra o ser indeciso sobre qual caminho seguir, pessoas que buscam melhorar tentam largar seus vícios, atos imorais em geral. Mas as vezes é difícil, você busca mudar mas sua natureza é teimosa...Eu penso que NÃO IMPORTA no que você pensa, se não faz AÇÕES para mudar. Uma vez que uma pessoa muda, justamente por ação, uma pessoa boa pode se corromper por causa de más influencias que cultivaram nela ações ruins, nesse mundo se muda pela ação, não importa se você pensa em flores, quando uma vez que pensa em vermes acaba cedendo ao desejo, tem que ser pela ação.

Criei um lema pessoal pra me manter na linha, agora penso muito nele durante situações difíceis: O CAMINHO SE FAZ PELA AÇÃO!

 Falo isso porque nessa Selva é muita cheia de exemplos ruins, tem que ralar pra achar coisa boa, nossas ações tem que serem orbitando a mudança de si, pelo aperfeiçoamento, é como penso, mas não podemos agir em solidão, nada ando se você quer seguir só, tem que buscar levantar o máximo que der, é como uma fuga da prisão kkkk uma prisão psicológica.

Precisamos nos habituar no cultivo de práticas espirituais, uma vez que até somos incentivados recebendo uma mãozinha dos mentores, pra ver como esse é o caminho.

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Realmente... A mente humana é de fácil corrupção, e sem ação incessante é impossível escapar das inúmeras correntes kármicas, psicológicas e comportamentais que nos prendem a esse mundo de samsara. Eu acho que trabalhar pela liberação é o melhor gasto de tempo que qualquer pessoa pode desempenhar, pois pelo que vejo os caminhos de vida "prontos" que o mundo nos proporciona no fim das contas só nos levam para o buraco junto com os outros.

A realidade é que grande parte das pessoas apenas querem é nos passar a perna, até mesmo os mestres espirituais e gurus. Não da para confiar em nada e ninguém, e nossa única lanterna para escapar dessa escuridão toda é nossa própria descriminação, Deus /mentores. E mesmo esses são duvidosos... Posso confiar na minha descriminação? Como sei se estou realmente falando com Deus? Bem, perguntar pra alguém sobre essas coisas também não adianta, pois como saberei se o sujeito que me responder é realmente honesto? Conversa fiada não basta, eu também tenho que sentir paz emanando do sujeito, e o problema é que grande parte do pessoal espiritual hoje em dia me faz é sentir repulsa!

Por que o pessoal da Venezuela e Coreia do Norte deve sofrer porque uns pilantras conseguiram tomar conta de tudo nesses países? Seria isso o karma deles, e os ditadores nada mais são que "instrumentos" para a aplicação do karma? Ou seria tudo aleatório? Seja o que for, espero que haja justiça devida nessas situações. 

Fiquem a vontade para discutir quem quiser.

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Jhana disse:

A realidade é que grande parte das pessoas apenas querem é nos passar a perna, até mesmo os mestres espirituais e gurus. Não da para confiar em nada e ninguém, e nossa única lanterna para escapar dessa escuridão toda é nossa própria descriminação, Deus /mentores. E mesmo esses são duvidosos...

 

( O QUE EU VOU FALAR ABAIXO DEVE SER LIDO COM MUTIA CAUTELA, PORQUE PODE ESTAR BEM ERRADO DO PONTO DE VISTA ESPIRITUAL.

ESTOU APENAS COMENTANDO COMO EU VEJO A COISA, E ESSA FORMA DE VER PODE SER FRUTO DAS MINHAS LIMITAÇÕES, ENTÃO CUIDADO)

 

Eu ACHO, sinceramente, que o maior erro está na atitude que a maioria das pessoas parece gostar de cultivar que é "SE ABRIR PARA A VIDA". Aliás me chama muito a atenção o uso recorrente deste tipo de imagem no marketing:

istockphoto-502347667-1024x1024.jpg

O erro que eu vejo é que se você "se abre", várias "oportunidades" se abrem PARA QUEM PRETENDE ENTRAR PELA ABERTURA dada. Por exemplo, eu acho estranho quando algumas pessoas me comentam que vao no supermercado comprar um ou duas coisas que precisam, e acaba gastando demais, comprando muito mais coisas. Isso não acontece comigo, porque:

1- se eu vou no supermercado é porque estou precisando de X,Y,Z

2- como eu sei em média quanto esses X,Y,X custam, levo a grana suficiente para eles, com pequena margem extra

3- Como eu sei onde ficam os produtos no supermercado, vou diretamente nos corredores que preciso, e na prateleira, especifica, pego  e vou para o caixa. Fim.

Como eu posso voltar para casa tendo comprado mais coisas do que precisava, SE EU SOU MOTIVADO PELO QUE EU PRECISO, E NÃO PELO QUE ME É OFERTADO NAS PRATELEIRAS COLORIDAS??? Não é possível, porque não fico passeando pelos corredores olhando para os lados vendo o  que mais de interessante pode aparecer ali para chamar minha atenção.... Não CONCEDO essa abertura ao que vem de fora.

A questão é: se você caminha pelo mundo sem estar motivado pelos seus próprios interesses, mas caminha estando aberto para ver o que de interessante pode surgir no seu caminho, você automaticamente CRIA AS CONDIÇOES para que agentes EXTERNOS te seduzam, para o bem ou para o mal. E você SABE quais as motivações desses agentes externos? Não, você só sabe das SUAS motivações, a dos outros sempre será um mistério, uma lacuna, que você pode tentar preencher com a sua imaginação, PROJETANDO nos outros virtudes e vícios que você imagina que existem nele. Alguns tentarão usar "sua intuição", que é uma forma de "se abrir" para inputs de dados sutis, porém, ao fazer isso você também se abre para quem usa técnicas telepáticas, PNL, comunicação não verbal, etc.

A questão, portanto, me parece a seguinte: se você não é movido pelo SEU INTERESSE, se você se move sem que isso sera RESULTADO de uma vontade interior, você estará a mercê de todo tipo de VENDEDOR de produtos, idéias filosofias, e você dificilmente lembra que as motivações do vendedor não são as mesmas suas, o que ele ganha com a venda costuma ser o mesmo que você perde.(nem sempre né? mesmo em assuntos materiais, se você precisa se um saca rolhas e alguém te vende um saca rolhas, ele ganhou dinheiro, você perdeu dinheiro, mas ambos ganharam, porque um teve sua necessidade satisfeita e outro teve a oportunidade de satisfazer a necessidade de outrem e sua necessidade financeira). Mas em idéias como a coisa fica? 

Se você adere a um sistema de crenças, seja ele político, filosófico, religioso, acho que você precisa questionar ANTES de aderir, se você SENTE NECESSIDADE daquilo que aquele sistema de crenças está "VENDENDO". Por exemplo, se alguém te oferece uma técnica que te promete paz e tranquilidade... você precisa da paz e tranquilidade?? Você já não tem isso na sua vida? Eu julgo que tenho na minha, então não vejo porque aceitar essa "venda". Se um sistema te oferece a "salvação", bem, você se sente um náufrago perdido que precisa ser salvo? Porque se você não se sente, por que então dar atenção a esse tipo de marketing? Por outro lado, ja conheci pessoas que viviam no alcoolismo e no adultério, e se corrigiram rapidamente ao aderirem a um sistema religioso. Essas pessoas foram "salvas" no sentido religioso da coisa?Vão morar om Jesus após a morte? O pastor que as convenceu era um pilantra ou um homem sincero? Nada disso tem importância alguma, porque o fato que resultou da adesão dessas pessoas a esse sistema de crenças foi ma melhora geral da vida delas, porque é disso que ELAS estavam  PRECISANDO. Se o resto todo do discurso religioso era mentira, se o sacerdote era ele mesmo um hipócrita enganador que só queira dinheiro, que diferença faz? 

Então me parece que muitas ( mas MUITAS MESMO)  das pessoas que são enganadas por vendedores de idéias só o são porque elas:

1- Não estão de fato procurando por algo claro

2- Aceitam como verdade o pacote completo oferecido pelo vendedor

3- Partem da crença de que o vendedor está de fato interessado nas necessidades DELA, e não DELE E SEU GRUPO.

Para mim essa atitude é errada e é fruto do "abrir-se para a vida". Me parece que isso é uma ABDICAÇÃO do seu papel na gestão da sua própria vida, logo, se depois você é ludibriado, não pode se queixar, porque você deu uma "procuração de plenos poderes" a um desconhecido, que pode acabar te prejudicando sem mesmo ter a intenção disso, porque te ofereceu algo que você de fato não desejava, você apenas aderiu por falta de AUTO-CONHECIMENTO, você entregou a outro o poder de definir metas PARA VOCÊ, e também o percurso!!!!

Se vocês pararem para fazer uma retrospectiva, ou rememorar a vida de pessoas conhecidas, vão notar uma enorme  quantidade de vezes em que as pessoas entraram em rumos errados levados por outros, e depois se arrependem. Caíram na propaganda do outro. E nem quer dizer que o outro te enganou, porque os mesmos resultados que você pode achar negativos, para ele podem ser o máximo, ele só te passou aquilo que ele REALMENTE ACHAVA BOM. Mas ele não tem como saber se é bom PARA VOCÊ. 

E é nesse ponto que eu acho que reside a grande falha, as pessoas esquecem que somos o único juiz de nossas vidas, só nós podemos saber o que de fato nos serve., e acho que por isso não há muita interferência de mentores e tal. Precisamos aprender com NOSSAS escolhas, e se nossa escolha for entregar a escolha a terceiros, não podemos nos queixar depois do rumo que as coisas tomarem. 

Uma vez num locadora de vídeos eu estava comentando com a atendente que eu era vegetariano há 4 anos (naquela época, hoje já sou há 20 anos) e o dono começou a me perguntar sobre possíveis dificuldades que isso gerou. Lá pelas tantas ele me perguntou sobre  como eu fazia com restaurantes com amigos. Respondi que eu nunca fui de frequentar restaurantes com amigos, logo, isso não afetava minha vida. E aí ele explicou que toda semana ele saia com amigos para restaurantes e tal, e não sabia se valeria a pena abdicar disso (moro numa cidade do interior, creio que numa capital existam muitas opções de restaurantes vegetarianos, mas nesta cidade só existe um). 

Então veja, se ele se deixasse  seduzir pelo que eu falei, ele entraria rapidamente numa situação problemática PARA ELE, mas totalmente inexistente PARA MIM. Ele poderia entrar, passar uns seis meses com dificuldades, devido a necessidade DELE de viver cercado de amigos, e depois poderia sair disso, contando por aí que uma vez se deixou levar pela idéia do vegetarianismo que o cara fez a cabeça dele, mas que é algo muito radical, porque começou a ter dificuldades com os amigos e tal.... 

Por isso tem gente que sai de grupos religiosos ou espiritualistas se dizendo enganados ou que passaram por lavagem cerebral, enquanto que outros continuam lá achando que foi a grande virada positiva da sua vida. O que gera essa sensação de ter sido enganado me parece que é exatamente essa falta de saber o que de fato estamos procurando naquela coisa (atividade física, ideologia, política, filosofia existencial, amizade, par amoroso, carreira profissional...).

Se você não sabe o que está procurando, não vai reconhecer o valor do que encontra, caso tenha algum valor, e não pode reclamar se o que encontrou não lhe satisfez, porque para que uma resposta correta seja dada, antes uma pergunta correta precisa ser feita. Logo, o maior responsável pelo sucesso na busca é sempre o buscador, não o entregador, e a atitude "abrir-se para a vida" é , no meu entender, o exato oposto disso, um baixar o nível de exigência, e isso é exatamente o que abre as oportunidades para os espertalhões, que esses sim, sabem exatamente o que buscam.

Mas como eu falei no início, analisem com cuidado isso, porque todos sabemos como hoje em dia na espiritualidade new age a idéia de "abrir-se para o universo", e o que escrevi aqui pode ser nada mais do que um "pensamento limitante" da minha parte, ou apenas fruto de traços da minha personalidade, que é controladora e só faz o que quer fazer. Esse traço pode estar distorcendo minha percepção do resto nesse assunto. As pessoas que lerão isso e concordarem empolgadamente com o que escrevi talvez o façam apenas porque tem traço de personalidade parecido, limitações parecidas, e convém que reflitam sobre a possibilidade de flexibilizar isso um pouco, para ser se é positivo. Eu tenho feito isso em algum grau, sempre com cuidado, e tem me trazido aprendizados interessantes. Já os que discordarem empolgadamente ao lerem isso, talvez tenham a personalidade oposta, e talvez convenha flexibilizarem isso, se fechando um pouco filtrando mais suas aberturas, e isso talvez corrija também certos excessos que ja os levaram a entrar em frias no passado. Estamos sempre que manter um olho entreaberto para escolhas opostas às nossas, porque as vezes  que nos parece sabedoria pessoal, é só trava mesmo, e só quem pensa diferente de nós é que pode nos apontar algum erro, caso exista.

 

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vejo que essa questão é a mesma de sempre... Por exemplo Siddharta Gautama pautou sua busca no fim do sofrimento. O caminho é o mesmo de sempre: "O Reino Interior", quer mudar o mundo? Mude o seu mundo interior. Acima é igual o de baixo, microcosmo é igual macrocosmo... Todo mundo reclama da humanidade mas quem realmente melhora a si mesmo a cada dia que se passa? 

Quem medita compreende essa ilusão de Maya. A única paz permanente é chamada de Sat Chit Ananda, é a Paz, Amor, Bem aventurança quem vem da Alma, da Essência, da Eternidade.

Quando a pessoa está longe desse conforto Interior no mundo material a consequência é o reflexo do interior para o exterior. Inferno interior extravasando para o mundo.

Todo mundo fenomenico é transitório e oscila nas suas polaridades, o equilíbrio é o ponto essencial para uma vida harmônica nesse realidade de Maya. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.