• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Recommended Posts

@sandrofabres agora tive uma dúvida, se por acaso eu tenha algum implante como um "capacete astral" ou alguma coisa grudada no meu corpo astral, ao sair do corpo eu posso simplesmente fazer um checklist passando a mão pelo corpo e tentando sentir que tem algo ali pra arrancar do corpo astral? Ou requer uma pessoa que tenha uma equipe astral mesmo? Eu sei que ainda tem a possibilidade de acabar plasmando. Mas o que eu falo é a pessoa fazer isso com foco, sem imaginar nada. Seria possível também?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
57 minutos atrás, Sembrol disse:

@sandrofabres agora tive uma dúvida, se por acaso eu tenha algum implante como um "capacete astral" ou alguma coisa grudada no meu corpo astral, ao sair do corpo eu posso simplesmente fazer um checklist passando a mão pelo corpo e tentando sentir que tem algo ali pra arrancar do corpo astral? Ou requer uma pessoa que tenha uma equipe astral mesmo? Eu sei que ainda tem a possibilidade de acabar plasmando. Mas o que eu falo é a pessoa fazer isso com foco, sem imaginar nada. Seria possível também?

 

Esses dispositivos tem caractersticas diferentes. Tem coisas que são externas, visíveis. Outras são internas, dentro do corpo astral. Em geral os tasi "chips" ou "implantes" são bem internos, não se vê de fora nem por clarividencia .A pessoa que procura tem que saber onde procurar.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Do livro do Roger Paranhos Sob o signo de Aquário:

Citar

— Compreendeste?!
— Certamente — respondi — é por este motivo que nasci “sob o signo de aquário”. É o ideal de minha vida promover as transformações ideológicas necessárias na consciência humana, para que o homem venha a viver com a mente e o coração sintonizados com um novo mundo, que ele ainda pouco conhece.
Hermes sorriu com a bravata de seu orgulhoso pupilo e disse:

— Então, procura controlar os teus sentimentos e atitudes, porque já estou cansado de retirar dispositivos eletrônicos de obsessão de ti. A propósito, neste instante, tu estás com um artefato moderno instalado. Ele está desativado como o que viste em Heleno, mas poderá ser reativado a qualquer momento, basta que vaciles!
Fiquei apavorado, passando as mãos pela base da nuca na busca do aparelho. Pálido, perguntei a Hermes: 

— Estás falando a verdade?

Ele olhou com um ar de reprovação à minha pergunta e concluiu:

— Analisa os teus pensamentos e atitudes nos últimos meses e conclue por ti só! Ou achas que és um privilegiado por trabalhares pela divulgação das mensagens astrais? Os médiuns, mais do que ninguém, necessitam possuir uma vida equilibrada no campo dos sentimentos e atitudes! 

Eu procurei, por mais alguns instantes, o dispositivo sem encontrá-lo, pois isto era impossível. Mesmo estando em espírito, eu não conseguiria executar o intento para este procedimento, é necessário abrir “outros corpos sutis”, e isso eu não conseguiria.

Sobre o tal dispositivo igual ao do Heleno:

Citar

Eram seis e quinze da manhã. Heleno, um homem que possuía por volta dos 45 anos, estava sentado à mesa para o desjejum. Ele aguardava a empregada serví-lo, enquanto lia o informativo mensal de sua igreja.

Os cabelos grisalhos e as rugas profundas à altura dos olhos denotavam as suas profundas preocupações em relação aos rumos que estava tomando a fé que abraçara como ideal de vida. Como em todas as agremiações religiosas, Heleno necessitava de longos debates e argumentações para convencer os demais conselheiros sobre as mudanças que são necessárias para que as grandes obras encontrem as portas abertas para o progresso.

Shien convidou-me a aproximar-me de Heleno e sondar o seu corpo elétrico na região da nuca. Lá estava o dispositivo eletrônico de obsessão! Algo intrigou-me; as duas luzes, tanto a verde como a vermelha, estavam desligadas. O gigante amigo, interceptando minhas dúvidas, disse-me:

-Este colaborador está com um complicado dispositivo instalado em sua central do corpo elétrico. Caso o dispositivo seja removido prematuramente, ele sofrerá graves danos no seu sistema nervoso central. Inclusive, comprometendo definitivamente a sua sanidade. Ao menor sinal de agressão, o aparelho, mesmo sem estar sendo alimentado, descarrega uma perigosa energia que estressa tanto as centrais elétricas do corpo elétrico, como todos os centros de
força do duplo etérico.Em resumo: ocasiona uma falência geral de todo o sistema orgânico. É por este motivo que o aparelho está desligado. Outra equipe deve ter desligado o aparelho, mas não pôde removê-lo, devido a esta autodefesa do artefato.

-E quando ele poderá ser removido? — perguntei.
-Ele não será removido! Este aparelho deve desfazer-se na atmosfera naturalmente. Este procedimento ocorre somente depois de quatro a seis semanas de completo equilíbrio por parte da  vítima.

-Bom, pelo menos, o aparelho foi desligado pela espiritualidade superior e não pode mais prejudicar este nosso colaborador — repliquei.
-Engano teu, meu amigo! Da mesma forma que ele foi instalado em um momento de invigilância, ele poderá ser religado novamente em idêntica situação. E isso ocorrerá em breves instantes. É isso que viemos aqui estudar para que tu apresentes aos que estão encarnados no mundo físico.

Mal Shien terminou aquelas palavras, a preocupação e a irritação começaram a tomar conta de Heleno. A sua mente e o seu coração começaram a vagar por um terreno perigoso. A sua aura começou, lentamente, a tomar um aspecto escuro. Em poucos minutos, ele estava tratando ofensivamente a sua empregada, que se desculpava chorosa, sem possuir culpa alguma.

A senhora correu para a área de serviço chorando copiosamente, devido às palavras grosseiras e caluniosas que Heleno havia pronunciado a seu respeito. A mente do pastor fervilhava em pensamentos negativos. As palavras que pronunciou para a sua empregada foram singelas comparadas com as que estavam se irradiando em sua mente. 

Alguns minutos após Heleno ter se sintonizado com as trevas, abrindo brechas para a obsessão, adentrou na sala de jantar um espírito elegante com nobres roupas de seda e com uma longa capa de casimira de cor vermelha. Seus cabelos eram negros e compridos. A sua pele era branca como a neve.
Ele aproximou-se de Heleno e, logo após fazer uma pequena avaliação da situação, sorriu vitorioso. Ergueu seus olhos em nossa direção e cumprimentou-nos com impressionante educação e simpatia. Logo após, disse-nos com total naturalidade:

-Bem, amigos, acho que Heleno está novamente conosco, portanto peço-lhes que me dêem licença para integrá-lo novamente a nossos objetivos. Diga-se, de passagem, de onde ele nunca deveria ter saído!

Shien adiantou-se para tentar argumentar com aquele impressionante mago das sombras, quando este retrucou, sem permitir argumentações:

-Meus amigos, não percamos tempo com dissertações evangélicas. Eu não irei me converter às hostes do Cordeiro, pelo menos por agora não!
O mago negro soltou uma sonora gargalhada, sem perder o charme e a elegância, e continuou:

-Eu respeitei o momento em que Heleno “vacilou” para o Bem e permiti que as equipes do Cristo desligassem o nosso equipamento. Agora, solicito o mesmo respeito no momento em que ele retoma a sintonizar-se conosco. Vamos respeitar a Lei Divina: “A cada um será dado segundo as suas obras”. E vejam as “obras” de Heleno! 

Não havia como contestar! Heleno parecia um lunático. Ele estava obcecado por suas idéias que, provavelmente estavam represadas em seu coração, porque há minutos atrás, ele estava sereno e tranqüilo.

Hermes aproximou-se de Shien e disse-lhe:

-Ele tem razão! Vamos deixá-lo trabalhar e aguardar uma nova oportunidade para resgatarmos Heleno. Não podemos transgredir a Lei. Heleno está, por livre e espontânea vontade, ligando-se às trevas. Nada podemos fazer!

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
51 minutos atrás, sandrofabres disse:

Mesmo estando em espírito, eu não conseguiria executar o intento para este procedimento, é necessário abrir “outros corpos sutis”, e isso eu não conseguiria.

Entendi. Valeu 

Share this post


Link to post
Share on other sites

ah, Gurdjieff também fala dos 3 tipos de alimentos:

  • Sólido e líquido - Alimentação
  • Ar
  • Impressões

As impressões seria o Ego ? O sabor psicológico do Ego ?

Share this post


Link to post
Share on other sites

As impressões são o que penetra na sua psique através das percepções dos sentidos.

Se você observa um carro o que vê? Uma máquina, um amontoado de peças metálicas, coberto com tinta para reduzir a velocidade de destruição do ferro, e um motor que queima combustível. Mas o marketing de vendas tenta alterar sua percpção dele, com as propagandas, de modo a fazer sua mente acreditar que vê outra coisa quando olha para um carro. Talvez liberdade? Status? Nao sei, porque nunca entendi o que as pessoas que desejam carros desde adolescentes enxergam nele... mas certamente é algo que não está nele. E cada vez mais o capitalismo tenta "envenenar" as impressões que os cidadãos tem do mundo, juntando idéias sem relação. No passado havia as famosas propagandas dos cigarros Holywood, associando fumar à prática de esportes, arrojo, aventura, ehehe:

https://youtu.be/eQqfwUZ2omI

Atualmente  o caitalismo anda se utilizando da pedofilia para vender certas coisas, talvez esquecendo que isso só funciona com quem tem problemas desse tipo na área sexual, que se supõe ser uma minoria da populacão...

Outro exemplo:

https://www.redebrasilatual.com.br/trabalho/2020/01/fantastico-confunde-empreendedorismo-com-informalidade-e-e-criticado-nas-redes-sociais/

 

 

Mas pouca coisa no reino das impressões é fruto do marketing. A  mente humana é que ja funciona assim, o marketing apenas sabe disso e usa descaradamente. Quando você passa na rua a vê uma "mulher atraente" é difícil acredtiar que ela é só uma amontoado se músculos, ossos, gorduras, pelos... exatamente como você né?  A gente enxerga sempre " outra coisa". Mas se você lembrar de enxergá-la dessa maneira, verá que a hipnose da atração é desligada.

Quando um carnívoro e um vegetariano olham um frango assado, o carnívoro enxerga comida, o vegetariano enxerga uma mini-pessoa assassinada e queimada.  Ou seja, eles tem impressões diferentes. Eles olham para o mesmo mundo concreto, mas a forma como a informação do mundo concreto penetra na percepção deles é diferente. É o lance de ver o copo "meio cheio" ou "meio vazio".

 

 

Portanto o controle das impressoes está muito relacionado ao COMO você se relaciona com o mundo ao seu redor, como percebe a realidade, se através da percepção real ou através de mistificações, que vao orientar suas ações na direção planejada por quem tentou alterar suas impressões.

A função da lembrança de si e auto-observacao e justamente permitir ter impressões sem a " identificacao", para conseguir obter impressoes mais reais, e de melhor qualidade, ou decidir conscientemente como fazer uso disso para seus objetivos ( controle de freiqencia, sintonia), porque sem isao você só vai lidar com a consequencia das impressoes que entraram sem você filtrar positivamente.

Pensa no seguinte: uma pessoa trabalha num presidio ou num hospital o dia todo, só vê coisa ruim. Ai vai para casa e enche a cabeça com progrmas de TV pesados, como "novela das 9", filmes violentos, etc. Essas impressoes todas carregam suas proprias energias, geram suas reacoea em você, baixam sau sintonia porque sao um " alimento denso", que afeta toda a producao energetica do seu sistema. O proprio corpo astral ( que é seu corpo emocional) será constituido por esse " alimento" mais grosseiro, motivo pelo qual a turma que habita nas zonas pesadas, onde se pratica todo tipo de atividades psicologicas, pesadas, tem corpo astral "cascudo."

É por peeceberam isso que as pessoas que buscam espiritualidade tendem a querer se isolar, fantasiam sobre morar no campo, distante do clima pesado da cidade. Elas percebem que estao cercadas de situacoes pesadas, que entram nelas atraves das percepcoes. Se voce pega livros de yoga qie nao sejam " fast food", aquelas coisas tipo " yoga para aliviar o estresse", o autor recomendará a rotina exercicios, mas também a mudança na alimentacao, na respiracao e a mudança em hábitos sociais. Por que? Porque se voce quer mudar as energias, precisa mudar os "alimentos", e o ar e as impressões fazem parte disso.

Porém, embora afastar-se das impressoes grosseiras seja uma opcao, nao é a opção escolhida pelas escolas de quarto caminho. Somente os outros 3 caminhos se afastam do ambiente desafiador. As escolas de quarto caminho funcionam no ambiente moderno, urbano. Entao voce tem que aprender a TRANSFORMAR as impressoes, para que você mesmo possa definir seu rumo, ao invés de ser vitima das formulações de camapnhas e marketing ou de suas emoções negativas, que fazem muita gente se sentir deprimida ainda que tenham boa vida, quando comparadas com muita gente bem pior:

http://gnoseconhecimentointerior.blogspot.com/2011/08/transformacao-das-impressoes.html?m=1

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Entendido!

4 horas atrás, sandrofabres disse:

Quando você passa na rua a vê uma "mulher atraente" é difícil acredtiar que ela é só uma amontoado se músculos, ossos, gorduras, pelos... exatamente como você né?  A gente enxerga sempre " outra coisa". Mas se você lembrar de enxergá-la dessa maneira, verá que a hipnose da atração é desligada.

Vdd, tenho feito o que vc recomendou em outro tópico de "visualizar a pessoa como feita de músculos, sem pele" e atração desliga mesmo, dá até nojo.

 

Aproveitando o gancho do vídeo de anúncios de cigarros que vc mandou...

Quando gente olha esses videos mais antigos, gente percebe que as pessoas eram mais inocentes em comparação com hoje em dia. Me parece que eles eram mais espontâneos, mais ligados com a Essência.

Isso seria devido só  a questões culturais e a qualidade do vídeo que transmite essa impressão ? Ou, podemos concluir que realmente já estamos beirando o abismo ? Que na verdade estamos realmente só fortalecendo o Ego e andando pra trás, mesmo que tenhamos a sensação de que a humanidade só evolui

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, mvnobrega disse:

Quando gente olha esses videos mais antigos, gente percebe que as pessoas eram mais inocentes em comparação com hoje em dia. Me parece que eles eram mais espontâneos, mais ligados com a Essência.

Isso seria devido só  a questões culturais e a qualidade do vídeo que transmite essa impressão ? Ou, podemos concluir que realmente já estamos beirando o abismo ? Que na verdade estamos realmente só fortalecendo o Ego e andando pra trás, mesmo que tenhamos a sensação de que a humanidade só evolui

Isso é só a imagem que a propaganda quer passar. "Desencane e curta!",  entregar-se à busca de sensações, de prazeres, sem questionamento. É uma atitude de crianças na verdade, que ainda não fazem avaliação de riscos, pela falta de conhecimento de mundo. Por isso ao mostrarem adultos agindo assim passa essa impressão de jovialidade, inocência.

 Veja este relato, que é de um evento do ano de 1502:

Citar

Outro exemplo de crueldade “bem usada” está na pacificação da Romanha por César Bórgia. A fim de pacificar aquela província, confiou seu coman­do a Ramiro de Orco, “homem cruel e diligente”, e deu-lhe os mais amplos poderes. Ramiro obteve sucesso em pouquíssimo tempo, angariando grande reputação. Porém, em seguida, César entendeu não ser mais necessário esse poder excessivo, o qual podia reverter-lhe em ódio; sabia ter sido este o resultado das rigorosas medidas tomadas por Ramiro.

César desejava, portanto, demonstrar que, se alguma crueldade fora cometida, não fora por ele, mas como conseqüência da natureza implacável de seu subordinado. Portanto, fez com que o colocassem, certa manhã, cortado em dois pedaços, na Piazza da cidade principal, com um pedaço de pau e uma faca ensangüentada a seu lado. A ferocidade desse espetáculo induziu na população um estado de satisfação e estupor.

Fonte: História da Filosofia Política- Leo Strauss

Toda a literatura antiga está cheia de relatos que revelam o domínio do ego. As tragédias de shakespeare estão cheias de relatos da podridão da aristocracia. Mesmo se você olhar a biblia, ela já tem lá seus relatos escabrosos. O fato parece ser que numa populaçao encarnada num mesmo momento histórico, você sempre tem os podres convivendo com os mais inocentes né? Se ão fosse assim os maus não poderiam governar o mundo, explorar os fracos, teriam eles mesmo que meter a mão na massa, e aí "não rende".

E esse mais tirânicos são também mais espertos,  em geral porque são mais velhos espiritualmente, então estão já mais próximo do seu limite das 108 encarnações, e logo "descem" para as infradimensões, enquanto os outros, naquela época ainda não tão maus, vão fortalecendo o ego nas proximas encarnaçoes e se tornando os vilões do futuro, se não se esforçam por saírem desse domínio do ego.

Quando se fala de "antigamente", em termos de "menos ego, mais essência", isso é na pré-história. Dentro da visão da gnose, que puxa lá dos gregos acho, considera-se que cada raça passa por 4 idades, começando na idade de Ouro, em que o Ego não domina tanto, e terminando na de Ferro, em que o ego já domina praticamente de forma completa. A atual raça, a ariana, só começou a se formar pouco antes do fim da raça anterior, que foi a atlante que teria submergido em há uns 10 mil anos, segundo alguns. Mas o "início da queda" da atlantida começou bem antes.

Então um "antigamente as pessoas eram mais puras" não se aplica ao que conhecemos como história. Toda a história conhecida já é a história de raças em fase que o ego já dominava bem, porque a invenção da escrita data de 4000 a.C. Por isso não importa o quanto você recue nos relatos históricos, sempre lerá abusos, violências, traições e barbaridades, que denunciam um ego já bem forte. Como neste relato bíblico:

Citar

Gênesis 19 

1 E vieram os dois anjos a Sodoma à tarde, e estava Ló assentado à porta de Sodoma; e, vendo-os Ló, levantou-se ao seu encontro e inclinou-se com o rosto à terra. 2 E disse: Eis agora, meus senhores, entrai, peço-vos, em casa de vosso servo, e passai nela a noite, e lavai os vossos pés; e de madrugada vos levantareis e ireis vosso caminho. E eles disseram: Não! Antes, na rua passaremos a noite. 3 E porfiou com eles muito, e vieram com ele e entraram em sua casa; e fez-lhes banquete e cozeu bolos sem levedura, e comeram. 

4 E, antes que se deitassem, cercaram a casa os varões daquela cidade, os varões de Sodoma, desde o moço até ao velho; todo o povo de todos os bairros. 5 E chamaram Ló e disseram-lhe: Onde estão os varões que a ti vieram nesta noite? Traze-os fora a nós, para que os conheçamos. 6 Então, saiu Ló a eles à porta, e fechou a porta atrás de si, 7 e disse: Meus irmãos, rogo-vos que não façais mal. 8 Eis aqui, duas filhas tenho, que ainda não conheceram varão; fora vo-las trarei, e fareis delas como bom for nos vossos olhos; somente nada façais a estes varões, porque por isso vieram à sombra do meu telhado. 

Mesmo se considerarmos o relato como ficcional, o fato é que o autor do texto está dizendo que os homens da cidade queriam estuprar os visitantes, e o dono da casa ofereceu as próprias filhas para o estupro coletivo, para que os visitantes não fossem importunados. Se o autor do texto criou essa ficção para a época em que ele viveu, uns 1000 a.C, é porque a cabeça do pessoal na época acharia verossímil esse tipo de barbaridade, seja dos homens da cidade, seja do pai oferecendo as filhas para essa violência. Então nessa época aí a coisa já estava bem difícil. Ninguém evolui muito numa só vida, nem se torna um "vilão de filme" numa só vida, esses processos, se deixados ao seu ritmo natural, levam milhares de anos para que uma diferença se faça notar. 

Tem um livro espírita, atribuído a Rochester, chamado episódio da vida de Tibério. Relata um mesmo evento contado por 4 testemunhas acho. No início Tibério diz:

Citar

Envergonho-me do passado, agora que séculos e vidas expiatórias me hão moderado e tudo transformado em mim; a simples lembrança de minha malícia e crueldade faz-me tremer.

Mas no final do relato ele diz:

Citar

Determinei pomposos funerais e depois minha vida retomou seu curso normal; não me tornei nem mais nem menos cruel do que fora até então; matei à fome minha mulher e minha mãe, pereci asfixiado por aqueles que acreditavam que eu ainda viveria muitos anos. O momento da morte pareceu-me longo atordoamento, durante algum tempo não pude compreender minha situação; enfim, percebi que tinha deixado a Terra e, errando no espaço, vi muitos personagens poderosos, que, relegados à solidão, gemiam dolorosamente. Eu mesmo presenciei o desfilar de TODAS, TODAS as minhas vítimas; todos aqueles nos quais cevara minha crueldade, vinham com seus sofrimentos cercar-me em delírio; Lélia também não faltou!

E depois, apesar de tantos séculos de provas e expiações, combateremos ainda as nossas más paixões até o momento em que, abrandadas e dominadas, sejamos capazes de nos amarmos com verdadeiro sentimento cristão, tal como prescrevem as leis divinas. Mas, até agora, as paixões inferiores despertam em nós um ódio recíproco, talvez um pouco mais atenuado que outrora; dissimulado sob as cinzas dos séculos, despertando sempre em cada uma das nossas encarnações terrestres.

Fonte: J-W-ROCHESTER-TIBERIO.pdf

Por aí você já vê que a coisa é lenta, a menos que a pessoa escolha sair desse sistema de esperar que natureza o faça evoluir e tente buscar por esforços conscientes uma mudança.

O Roger Paranhos, nos seus relatos de vidas passadas, mostra como teve um atrito com uma mulher lá na atlantida ainda, seguiram se perseguindo e se matando até a época do êxodo dos judeus. Só nesse trechinho aí passaram cerca de 8.500 anos. Para o Tibério aí em cima tinham passado só 1.900, ehehehe.

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.