• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
mvnobrega

Sangue e campo de energia

Recommended Posts

O nosso sangue pode conter informações que nos revele a condição em que se encontra nossa saúde energética ? De modo que no futuro, um simples exame de sangue nos de resultados muito mais profundos sobre nós mesmos ?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sangue é matéria. Energia se dissipa. Nao creio que seja possivel avaliação de enegia pela análise da matéria. Até porque você teria perdido aquela energia ne? Nao esqueça que o corpo etérico nao se afasta do corpo físico enquanto você está vivo além do raio de ação do cordão de prata. Logo, é provavel que a energia presente no seu sangue, ao ser levado para a sala ao lado, seja puxada de volta para o seu  corpo etérico, restanso apenas a matéria do sangue mesmo.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tentei achar algo sobre as crianças que seriam fotografadas por 50 anos mas não encontrei nada. Tem alguns sites vendendo esse tipo de produto. Pelo menos aparentemente o resultado das fotografias parece interessante. Mas se realmente está assim, não sei pq ainda é algo tão pouco falado né. Pelo que vi aqui tem duas empresas que até que se destaca: 

https://inneractive.com/energy/products/

https://www.auracamera.com/

 

Mas sei lá, as imagens da aura que tem em ambos é atrativa demais pra eu acreditar. Será que Kirlian começou bem e já tão avacalhando a parada com objetivos financeiros? E por isso ninguem ta interessado nisso ?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Provavelmente a dificuldade deve ser em padronizar os resultados de modo a ter confiabilidade.

Eu lembro que uma das dificuldade com os projetos iniciais é que os resultado com cada máquina variavam. Ou seja, o que a foto mostra não é a sua aura, é o resultado combinado do campo gerado pela máquina (que será diferente de máquina para máquina) e do seu campo. A partir disso cada proprietário de máquina teria que ir registrando os dados que obtinha com pessoas saudaveis e depois cm diversos tipos de estados emocionais. Só então ele teria resultados reproduzíveis PARA AQUELA MÁQUINA DELE. Se a máquina queimar e for consertada, ou comprar outra, ainda que seja do mesmo modelo e fabricante, tem que recomeçar os testes.

Parece meio absurdo mas, por exemplo, máquinas profissionais de café espresso são assim também. O barista precisa aprender a dominar a máquina que está usando. Também tem alguns equipamentos de laboratório que são assim, e acabam não sendo confiáveis, ainda que sejam equipamento profissional. Mas equipamentos que medem variáves que a ciência materialista reconhece podem ser "calibrados" com uma quantidade fixa conhecida daquilo que você pretende medir. Por exemplo: se você não sabe se a balança que usa é confiável, basta colocar um peso padrão nela:

https://www.lojasynth.com/acessorio-p-equipamento/pesos-padrao/peso-padrao-em-aco-inox-f1-200g-com-certificado-rbc

Mas como você calibra uma máquina que mede emoções? Ou doenças que ainda não manifestaram os sintomas?

Porque não adianta fotografar ali uma pessoa com câncer instalado, isso só te ajudaria a detectar outros com câncer instalado. Você quer uma máquina dessas para detectar a doença no início, de preferência antes dos primeiros sintomas. Então como calibrar isso? Trazendo uma pessoa que se sente saudável, que todos os exames dizem que está saudável, mas que um clarividente já percebeu que tem uma doença ali, no órgão tal,  que logo vai se manifestar? Para isso você teria que ter vários clarividentes disponíveis. E a ciência teria que aceitar a clarividência como algo que existe, e separar os mais exatos dos menos exatos, para começar a estabelecer os padrões, e Talvez esperar meses ou anos, ate que a pessoa desenvolva a doença, para saber se confirma. Mas quando você usa clarividentes você também tem uma margem de erro que é desconhecida. Basta ver na literatura esotérica como os chacras são descritos em formas e cores diferentes por diferentes clarividentes. 

Então pode ser que ninguém tenha conseguido resolver esse problema ainda. É como a visão remota. O tal projeto Stargate, que começou pelas pesquisas da universidade de stanford, com o Uri Geller.

https://youtu.be/p3MsqnWtMWY

https://www.youtube.com/watch?v=xZxrq8_JuJY

Os céticos adoram questionar os resultados, mas é porque eles nem sabem onde é que reside o problema. Questionam os acertos tentando dar justificativas de fraude. O problema não é fraude, o problema é que mesmo quando você acerta, o resultado dificilmente oferece exatidão suficiente para você tomar alguma decisão prática e portanto justificar o uso do dinheiro público nisso. Então após 20 anos nisso, abandonaram. 

Pelo menos oficialmente...

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, sandrofabres disse:

Provavelmente a dificuldade deve ser em padronizar os resultados de modo a ter confiabilidade.

Ah sim, vdd né.

Talvez o foco esteja no lugar errado não ? Não me recordo em qual livro eu li nem dos detalhes, acho que foi em "Nosso Lar" do Chico, mas em um dado momento uma mulher reúne a turma para acompanhar uma transmissão de planos mais elevados. Dá a entender que eles acompanham as palavras de um espírito que não pode mais descer até eles (não tem corpo astral de certo né?), e eles fazem isso como se fosse assistindo a uma televisão. 

Será que isso seria possível e útil aqui na Terra ? Imagino que seria bem legal gente ter televisões desse tipo e acompanhar os ensinamentos direto na fonte. 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

O problema é que "A fonte" é muito elevada .

Para se comunicar conosco precisam ser seres bem imperfeitos ainda, ou nem entenderíamos nada. Até as projecoes, se voce se proejta perto do fisico ou mais para baixo no umbral é facil de entender o que vê. Se subir, ja complica tudo e sua mente vai trocar umas coisas por outras que ela julga parecidas e o resultado final pode ser incompreensivel.

 

Por isso o que se obteve na transcomunicacao é só acessar quem esta num nível similar ao nosso. Nem mentor meio elevado consegue se comunicar através de médiuns, precisa outro desencarnado atuando no astral como médium lá, para entao passar para médium no físico. Moramos na ante-sala do abismo, eheheh.

http://www.alexandre-borges.com/analise-da-suposta-voz-paranormal-via-radio-do-pioneiro-konstantin-raudive/

https://youtu.be/hA_MaeQJ574?t=2400

 

Nestes tempos de cultura de massas na internet, youtube, as pessoas se iludem achando que só porque duas pessoas falam a mesma língua elas devem conseguir se fazer entender. Mas não dá. Quem está num nivel superior consegue rebaixar as explicações para quem esta num nivel inferior entenda de forma rudimentar ( pense num professor de fisica do ensino médio explicando a seus alunos). Mas quando a diferença é muito grande ( um professor de fisica com doutorado dando aula no primeiro ano da graduação costuma ter resultados catastróficos) não tem como simplificar sem distorcer o conteúdo. Eu diria que o grande problema das religioes é exatamente esse. Eles são tao focados  regras exatamente porque a compreensão deles não atinge o nível mínimo necessário para que possam tirar daquilo algo prático. 

Tudo o que cada um pode fazer é tentar subir seu nível, para ter acesso ao próximo grau de instrutores, exatamente como na estrutura escolar. Tem gente que critica isso na área espiritual chamando de elitismo, mas trata-se apenas a progressão natural de qualquer aprendizado. 

Quando algum ensino  é aberto e acessível a todos sem pré-requisitos é porque o nível desse ensino é bem baixo. E isso, no campo espiritual, traz lá seus perigos inerentes, porque  quem ensina só compreende aquilo ate um determinado nível. Por isso ele atua como instrutor   do grupo com o qual fez contato, porque PARA AQUELE GRUPO  aquele instrutor é adequado. Uma vez que alguns consigam aproveitar as licoes, precisam procurar algo de maior nível. 

O grande erro que se faz nessa área é querer ficar a vida toda preso numa religiao, seita, conjunto de crencas, em geral por medo de ser considerado um desviado/ um perdido/ um caído. Esse conjunto de crenças só será capaz de te impulsionar o crescimento até um ponto. Quando deixar de gerar esse resultado é mais útil procurar outra coisa do que ficar ali cultivando uma tradição que PARA VOCÊ já não diz mais nada. 

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Entendi. Acho que é mais simples ter um clarividente em cada hospital no futuro do que se apegar a essas tecnologias né

Bem legal esse canal "Terra Oculta".

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.