Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Recommended Posts

Salve GVA 

Uma experiência simples e profunda vivencie agora. Uma clareza absurda e entendimento profundo de como solucionar problemas e questões da minha vida. 

Simplesmente estava no sofá tentando resolver esses pensamentos e emoções turbulentas do meu ser, meio sonolento fechei os olhos simplesmente pra descansar um pouco sem pensar em nada... Minha mente começou a funcionar de forma eficaz e profunda um verdadeiro  supercomputador quântico que trouxe soluções e compressão para questões importantes para mim....

Já estou habituado com esse fenômeno de superconsciência nesses estados de relaxamento... E ondas alphas cerebrais...

 Mas a minha grande questão é:

Onde fica nossos problemas psicológicos? No cérebro ou na alma?

Pergunto isso simplesmente por vivênciar dores e sofrimentos cotidianos humanos em vigília, acordado e lúcido mas com essas limitações de consciência...

Já nesse estado relaxado e consciência expandida essas dores e emoções e ideias negativas não causam problemas e nem preocupações... 

Já vivenciei isso também em projeções astrais. Quando observei meu corpo deitado na cama e eu astralmente flutuando no teto observando meu corpo desgastado pelo tempo... Senti uma repulsa ou pena do corpo que eu uso estar naquelas condições adversas do ponto de vista do astral... Fisicamente eu estava muito bem... Mas astralmente sentia levemente esse desprezo pelo corpo físico... 😅

Mas também vivenciei no astral essa liberdade e despreocupação com emoções humanas e pensamentos negativos que trago do estado de vigília...

 

Resumindo parece que os problemas e sofrimentos humanos ou psicológicos estão mais no corpo físico e cérebro do que na alma...

 

 

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Eu não gosto de usar o termo " cérebro" a menos que o assunto seja algum dano estrutural, como uma lesao, caso em que ele já não conseguiria expressar a nossa mente de forma correta. 

Me parece que o problema é a forma de funcionamemto da mente, que em vigília está com visão mais limitada, mas projetado ela já tem uma compreensão mais ampla. 

"Ah, mas isso é por causa do cérebro!"

Não*, basta  você comparar o estado de apaixonado com o estado deprimido, ou paranoico, para ver como uma mesmo pessoa, em vigília, pode achar que tudo na sua vida é uma sucessão de  problemas sem solução, ou uma estrada em direção à felicidade.

Ou seja, não é o cérebro que muda, mas a a mente que funciona de forma mais estreita ou expandida, para analisar os desafios da vida.

E acho que uma parte fundamental da nossa educação como encarnado é justamente desenvolver essa capacidade de ver o cenário mais amplo, para não nos perdermos nem  em sucessos nem em fracassos passageiros.

Entao me parece natural que projetados nossa perspectiva seja diferente e portanto o que é visto como uma dificuldade, enquanto estamos presos na caixinha corporal, nao pareça importante quando estamos observando de fora da  caixa.

-------

* Claro que  isso não vale para quem sofre de depressão crônica  e pode ter problemas de química cerebral, precisando de remédios para corrigir isso e voltar a ter um funcionamento normal.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Também olho por essa perspectiva de afunilamento da consciência quando limitada pelo corpo. Essa questão do cérebro versus mente é interessante como muitos usam de analogia o rádio como receptor das transmissões de ondas eletromagnéticas e o cérebro como receptor das ondas mentais... Se o rádio toca uma música ou programa indesejado é só mudar a estação ou frequência de recepção e assim sintonizar na frequência desejada. Se a música é ruim o problema não é o rádio e sim a estação 😁 Pelo menos observo assim a questão cérebro X mente. 

Mas se tratando de corpos sutis e físico sabemos que nas explicações espiritualistas o corpo humano é só uma roupa da alma. E que a inteligência e sentimentos provém dela. Uma explicação que vi sobre isso bate com o tema do post.

No livro Mãos de Luz a autora através da clarividência e pesquisa classificou várias auras e corpos sutis. Por exemplo o corpo físico é seguido pelo etérico, emocional e mental a análise dela é bem semelhante da teosófia moderna. Depois desses 3 corpos sutis vem o corpo espiritual com o corpo etérico padrão, corpo astral e mental e outros mais elevados.

Na explicação dela os 3 primeiros são para o funcionamento do corpo físico, os outros 3 para o funcionamento da consciência.  

Minhas percepções e experiências tem certas semelhança com essas classificações.

Se meu corpo astral sai e se desconecta de certos padrões mentais e emocionais quando está no físico e vivência uma mente e emoções bem diferentes faz sentido esse esquema com vários corpos.

images?q=tbn:ANd9GcRdh_QEpJ2VoX0jW9RF5xY

 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...