Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Uma pessoa que nunca se relacionou com ninguém, o que a espiritualidade quer dela?


Recommended Posts

1 hora atrás, Sembrol disse:

Não é "meu modelo" cara, eu respondi seu questionamento do porque pessoas ruins conseguem seus objetivos mesmo não tendo sintonia para "ter sucesso", e eu disse que ter sucesso em algo não depende da pessoa está em sintonia exclusivamente boa, como você pensou que eu disse, ou seja,  você que está deixando a entender que eu disse que a vida é previsível. Quando na verdade eu tinha dito, anteriormente, que sintonia vai de encontro com objetivos maiores do que namorar, comer e trabalhar, vai de encontro com sua realidade fora da matéria.

Oh meu amigo, eu não quis ofendê-lo. Quando eu digo "seu modelo" eu quero dizer "a ideia que foi trazida por você" na conversa. Da mesma forma quando eu digo que o seu time é o Palmeiras , não significa que você seja o proprietário da pessoa jurídica do Palmeiras.

Link to comment
Share on other sites

20 horas atrás, robertoguerreiro disse:

Se polaridades opostas se atraem (o que não é sempre verdade em se tratando de pessoas)  e sua regra de semelhantes atrairem semelhantes é verdade, por que polaridades iguais também não se atraem???????????????????????? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk , Ah Sandro! Essa me fez ficar rindo sozinho. Vai, isso é contorcionismo retórico. Com todo respeito! kkkkkkkkkkk
Um planeta e uma estrela têm mais diferenças do que semelhanças e mesmo assim eles se atraem!

ser semelhantes... ser opostos.... 

Se voce nao conseguir enxergar EM QUE as coisas são semelhantes e EM QUE são opostas  não consegue sair desse rolo classificatório.

Um planeta e uma estrela são opostos no sentido de que um é sólido enquanto o outro é uma bola de gás incandescente.

Solido x Gas. Opostos.

Mas ambos tem massa, a característica NECESSÁRIA PARA gerar a força da gravidade que atrairá  ambos.

massa x massa. Semelhantes.

Mesmo caso para um planeta e um ser humano.

Outras características, de semelhanças ou diferenças, não tem relevância alguma para definir esse tipo de atração, e É ISSO que permite descartá-las da análise. Ficar trazendo outras semelhanças e diferenças irrelevantes PARA O FATOR CONSIDERADO só serve para confundir, não para compreender como a coisa funciona.

Se o fator em consideração é atração gravitacional, o que interessa é massa. Se for outro fator, a semelhança ou diferença em questão é que será invocada EM FUNÇÃO desse fator.

Isso não é não de sua livre escolha ou memória que busca qualquer característica aleatória para alegar  que não encaixa. Dependendo do critério eles podem ser vistos ou como opostos ou como semelhantes PARA QUE a formação de sentido se estabeleça em torno do fator relevante para  a disucssãp.

A classificaçao sempre será afetada pelo sentido que será atribuído aos elementos. Mas claro,  a origem do sentido brotou da observaçao dos elementos e da capacidade de identificar padrões gerais nos fenômenos. 

O que voce parece não entender é que  estamos explicando o funcionamento geral tal como percebemos.

Ai voce vai e diz que tem muitos outros os casos que... e por isso não aceita o "modelinho". Sim tem, sempre terá, a natureza sempre tem as exceções que fogem à regra.

Essas explicacoes sao sempre generalizacoes seletivas que te permitem entender uns 80% da coisa,digamos assim. 
Só que por alguma forma  estranha de raciocinar que você prefere usar, nada poderá fazer sentido se existirem  excecoes, ou se voce conseguir  selecionar caracteristicas de diferenca que te interessam para tentar invalidar o ponto.


É o mesmo que você diz que estou fazendo, mas eu estou sendo explícito: 

- voce cita duas coisas que  na sua visão são diferentes e POR ISSO alega não ver sentido numa certa afirmacao nossa

-Eu explico que você só não vê sentido porque não está olhando para AS  caracteristicas que os igualam, e que POR ISSO justiifcam o sentido atribuido. 

 

Ah mas péra, entao somos eletivos ao olhar o que os iguala e deecartar o que os difere? Sim,   assim como você apontar o que os difere. 

Esse é exatamente o ponto: nossa mente observa o mundo e lê/percebe/atribui um sentido, uma  ordem, porque a mente  racional funciona dessa  maneira. 

O sentido não é um fato da natureza, não é um jabuti na estrada. O sentido depende de quem observa o mundo ser capaz de construir um sentido QUE O AJUDE a entender o mundo  e EXPLICITAR a ordem percebida coko implicita nos fenômenos que observa.

Mas sempre sera uma construção racional seletiva, que precisa simplificar e descartar  as excecões, em nome da simplicidade.

Exatamente porque são essas simplificações   que  elas te permitem entender o padrão do fenômeno observado.  Se essa construcão racional incluir tudo  ela deixará de ser um modelo  da realidade para ser a própria realidade, e aí ela perde sua razão de ser, porque se torna tão complexa quanto a própria  realidade, o que anula seu valor como ferramenta  explicativa. 

 

Uma pessoa que queira enxergar toda a complexidade por trás dos fenômenos está sempre perdida. É aquele tipo de pessoa que acha que ha milhares de tons de cinza entre o preto e o branco, e que ela "nunca tem respostas para as coisas, só mais perguntas". A pessoa só fica mais e mais confusa e paralisada, porque não consegue simplificar a questão para enxergar a coisa a partir de categorias maiores. 

Quando alguém tem perguntas  e acha que as coisas não fazem sentido é apenas porque não está conseguindo enxergar por si mesma uma ordenacão  no que observa. Outros  que enxergam essa ordenação,  relações de causa e efeito, etc , tentarão mostrar para essa pessoa a ordem que eles enxergam, mas isso sempre  será uma visão que seleciona o ângulo de abordagem e lista casos selecionados EM FAVOR DAQUELA VISÃO ORDENADA. É tipo "olhe por este ângulo que você verá o que eu vejo". Se a pessoa não quiser olhar por aquele angulo, não verá nada mesmo. Mesmo a ciência é incapaz de escapar dessa limitação, porque é uma limitação da mente.

Agora, você pode tentar  captar o sentido de ordem que compartilham com você, que é não é muito diferente de tentar enxergar numa obra de arte o que outros alegam ver e tentam te explicar, algo subjetivo afinal...

 ....ou você pode não conseguir enxergar as mesmas coisas a partir dessas explicações fornecidas.

Veja o caso do livre arbítrio, temos ou mão temos? É possível defender ambas as posicoes, baseados na realidade. Mas se você foca de uma determinada maneira, só uma dessas respostas parecera verdadeira, se focar de outra maneira, a resposta oposta se torna verdadeira. O bom é que você consiga entender em que tipo de enfoque cada uma é verdadeira para escolher qual usar em favor do RESULTADO ALMEJADO. Se não souber fazer isso não levanta da cama para trabalhar, estudar, porque "afinal de contas temos tão pouco poder sobre o que é externo a nós que nem vale a pena lutar por nada, tudo é sorte, acaso.".  Ou se adotar a postura oposta pode se sentir uma fracassado completo já que  se esforça ha anos e nunca chegou perto da meta, ou porque pela enésima vez foi grosso injustamemte com esposa, filhos, quando já acreditava ter compreendido que isso só te prejudica e que  " basta querer para mudar".

Tem que saber onde encaixar cada explicacao dessas  ou nada funciona.

 

O resultado de não conseguir mudar o ângulo de visão para entender um dado modelo é que a pessoa continuará no estado inicial, sem ver ali o que outros julgam ver. E aí  não tem o que fazer, porque como eu disse, isso não é um jabuti na estrada, não basta apontar e dizer " olhe, é isso aí".  É mais como tentar explicar um sabor, um cheiro a quem alega não saber o que seja isso: você observa as explicacoes e BUSCA o sentido que estão tentando transmitir atraves dos exemplos.

Se você não enxerga o sentido, se apesar do que eu e os demais tentamos te passar DA NOSSA CONCEPCÃO sobre essas coisas, isso apenas  mostra que você está vendo o mundo de forma diferente de nós, nada mais.  Eu nem diria que há uma divergência factual,  pois se fosse o alfabeto eu diria que  é como se nós estivéssemos afirmando  que nossa lingua se constitui predominantemente de sons fechados  e para isso citamos várias consoantes para demonstrar porque temos essa visão, e você vem e diz " mas olhe estas 5 vogais! São sons abertos! Que papo é esse de sons  fechados?". Sim, existem essa vogais, sim são sons abertos.  Mas são a menor parte do todo e portanto não  consideramos que elas afetem o conceito geral.

 
As coisas que você cita na tentativa de invalidar nossos pontos existem, não está errado em vê-las, mas elas não  contribuem para fornecer uma visao geral da coisa, e é por isso que quem sempre faz a escolha de focar nas exceções  não consegue enxergar os padrões dominantes e tudo lhe parecerá sempre caótico. 

Você escolhe ver a ordem, porque olhando de uma certa maneira ela está lá, ou escolhe ver o caos, porque olhando  de outra maneira é ele quem está lá.  Como não é possivel ao ser humano obter uma percepção objetiva, imparcial, da realidade que ele observa, o que  resta a cada um é identificar qual das percepções simplificadoras e com viés trará melhor benefício para a sua vida, qual modelo é mais OPERACIONAL para fazer sua vida funcionar. 

Não se trata de um dilema entre fantasia  reconfortante x crua realidade porque não pode haver qualquer percepcao da crua realidade pela mente. Ela  vive enclausurada observando o mundo atraves dos filtros dos cinco sentidos, preconceitos  ,perturbações emocionais , esperanças. Há apenas a escolha entre o que tornará sua vida pior ou o que tornará sua vida melhor. 

Mas mesmo para fazer uma escolha assim não somos livres, a pessoa as vezes gostaria de acreditar na escolha A mas só consegue acreditar na B. 

 

 

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...