Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

O meu jeito de orar franciscano


felipefreitaspadilha
 Share

Recommended Posts

O meu jeito de orar franciscano

(http://recantodasletras.uol.com.br/autores/filipi7)

Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz,

Inteligência eterna e imutável que habita o calabouço de nossa alma consciencial, fazei que minhas condutas sejam guiadas pela tua onipresença, me induzindo sempre a transmitir tua paz.

Onde houver ódio, que eu leve o amor,

Toda conduta insana e odiosa a humilhar seres viventes sejam anuladas e repulsadas mediante o sentimento amoroso libertador da humanidade, tão catequizado pelo teu incansável filho, faça-me duto de irradiação deste;

Onde houver ofensa, que eu leve o perdão,

Aos que causei algum malefício e ira, enxaguem seus corações com as lágrimas de meu sofrido remorso, bem como aos que me aniquilam e corroem a pouca bondade ainda existente em meu ser, a uso mesmo aniquilada e corroída para oferecer-lhes meu gracioso perdão;

Onde houver discórdia, que eu leve a união,

Unam-se e deixe-me os unir, seres de mesma espécie para proclamar e intensificar a força criadora que é só amor, harmonia, solidariedade e congregação;

Onde houver dúvida, que eu leve a fé,

Relembremos as divagações duvidosas e concretas de São Tomé, e as utilizemos para descartar enganos e dúvidas da real existência de ti, oh pai celestial real, real mesmo que ainda assim não enxerguemos a ti, a não ser pelos olhos da nossa alma carente, mas, crente de tua presença em nossas vidas;

Onde houver erro, que eu leve a verdade,

Perdoai-nos meu pai, estes seres errantes e pecaminosos e nos revele as respostas de nossas dúvidas e lamentações, fazei-me instrumento dissipador de erros e pecados obstaculadores da verdadeira verdade;

Onde houver desespero, que eu leve a esperança,

Que a cada agonia aumentada em cada um de meus semelhantes aumente proporcionalmente também em mim o estímulo e a força em bradar e reafirmar tua força consoladora, curativa e reconfortante, a força reconfortante de sentir esperança de uma vida terrena melhor;

Onde houver tristeza, que eu leve a alegria,

Ali onde os gritos cansaram de ecoar, onde a infelicidade cansou já o chorar, e a derrota não há mais o que tirar, ajude-me a derramar luz de alegria e balsamo da felicidade existente em vossa luz;

Onde houver trevas, que eu leve a luz.

Mesmo que existam tochas de iniqüidade, e fachos de hipocrisia, concedei-me pai celestial ao menos a materialização de pequenos candeeiros de harmonia a conduzir-nos ao caminho de tua perfeita luz.

Ó Mestre, Fazei que eu procure mais,

Poder infinito, enfim, finalizando o meu jeito de orar franciscano, ilumine-me para que eu,

Consolar, que ser consolado,

Não exija consolo;

Compreender, que ser compreendido,

Não exija compreensão;

Amar, que ser amado,

Não exija ser amado.

Pois, é dando que se recebe,

Ensinando-nos agora...

É perdoando que se é perdoado,

a apenas amar ao próximo...

E é morrendo que se vive para a vida eterna.

...como nosso Pai nos amou, incondicionalmente!, e de presente eis a recompensa da felicidade plena em Vossa morada, morada esta, que não está no céu, e sim, dentro de cada um de nós, Amem!

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...