Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Preso no quarto


Rodrigo Terra JF
 Share

Recommended Posts

Boa tarde amigos,

venho compartilhar esse relato, pois foi uma nova experiência que tive. Além de ser apavorante foi muito cansativa porque acabo de acordar exausto.

Hoje por volta de 15:30, aproveitei que não tinha ninguém em casa para fazer a técnica. Só que dessa vez fiz diferente. Primeiro li uma oração que encontrei no Evangelho Segundo o Espiritismo, e depois fiz a técnica completa 3.

Apesar do meu corpo estar adormecendo muito fácil, consegui completar toda a técnica. Logo em seguida deixei o corpo dormir, e minutos depois acordo (achava ter acordado), tento me mexer mais não consigo. Então penso: é catalepsia projetiva, é só ficar tranqüilo como das outras vezes que saio!

Mas não foi bem assim que aconteceu! Estava totalmente paralisado (corpo astral), não conseguia me mexer em hipótese nenhuma. Fiz uma enorme força para levantar os braços e as pernas, mas mal podia velos. Escutava várias pessoas do lado de fora do quarto, conversando e me chamando, e eu não conseguia sequer me mexer.

Com muito esforço eu consigo me levantar (parecia que carregava uns cem quilos nas costas). Fui caminhando até a porta com muita dificuldade, a ao sair da porta do quarto pra fora começo a “sonhar”, mas logo recobro a lucidez e volto para cama no mesmo estado. Aí eu me apavoro, acho que morri, pois estava sentindo uma pressão no pescoço. Como eu ouvia o áudio pelo fone, achei que este tivesse me asfixiado durante o sono. Tentei tirar o fone do ouvido e não consegui ( nem poderia, pois o fone estava no meu corpo físico!).

Mas uma vez tento me mexer, falar, gritar e nada. Tento atravessar a parede para ver se conseguia sair do quarto, e nada. Parecia estar preso dentro dele! Tentei mexer os dedos várias vezes para acordar, mas sem sucesso. Então pensei novamente: só posso estar morto! Mas se não estiver vou esperar até alguém chegar para me acordar!

Então tento pegar o celular para ver se já era hora de alguém chegar. Pego o celular mas não consigo de forma alguma enxergar as horas nele. Depois de muito apavoramento, acordo totalmente cansado, com muita dificuldade de raciocínio e locomoção. E estou até agora tentando entender o porquê de ter acontecido dessa forma.

Paz e luz!

Link to comment
Share on other sites

Rodrigo muitas vezes tambem acordava assim depois de catalepsia

ficava 3 ou até 4 vezes seguidas em catalepsia projetiva e quando voltava pela ultima vez ficava muito cansado,acredito eu que pode ser gasto de energia para a projeção(no meu caso).

E tambem muitas vezes não conseguia sair do corpo em catalepsia,sempre que saia virava sonho :(:( .

Abraços.

Link to comment
Share on other sites

Em outro tópico eu até formulei uma teoria onde em certos momentos os obcessores poderiam usar alguma tecnologia para ,durante um certo tempo, nos manter presos no astral ,e durante esse tempo eles ficariam sugando nossas energias.

Então amigo, vc acha q o q aconteceu com vc foi isso?

Boa noite Luan,

acho que não, penso que por algum motivo meus Guias (Mentores), não me deixaram sair do quarto.

Ou então faltou trabalhar mais os chacras, pois todas as vezes eu já saia longe do corpo e depois de muito tempo dormindo. Dessa vez eu acabei de dormir e "acordei" nesse estado!

Link to comment
Share on other sites

Rodrigo,

tudo bem?

Dois pontos me chamaram a atenção no seu relato: a parte em que você consegue passar por determinado local, mas, entra em sonho. Para mim foi uma informação nova, apesar de outras pessoas já terem falado que passaram por isso. Ou seja, ao se deslocar durante uma projeção, dependendo podemos cair em sonho, o que demanda esforço mesmo para continuarmos lúcidos.

O segundo ponto foi o fato de você ouvir de modo aparentemente claro pessoas conversando fora de quarto e ainda chamando seu nome. Esse ponto do seu relato foi realmente impressionante e achei interessante que você foi destemido diante disso, teve a curiosidade de pelo menos tentar ver quem o chamava. As vozes eram amigáveis e possuíam clareza, por isso teve curiosidade em ir em direção a fora do quarto?

Paz e Luz para Todos Nós.

Link to comment
Share on other sites

Tudo Bom, Mineiro.

Como pode ver, no relato eu coloco o sonho entre aspas. Isso porque algumas coisas eram imaginação e outras reais. A mulher que me via era real, a outra minha imaginação, pois era uma pessoa que conheço e não poderia estar em casa no momento!

Eu sabia que tinha "gente" conversando fora do quarto, mas não conseguia saber o que falavam. Não foi nem coragem de ver quem estava lá, era mesmo vontade de sair daquela situação.

Essa foi a primeira vez em que desperto com lucidez minutos após deixar o corpo dormir. Na maioria das vezes já saia longe do corpo e em outro lugar.

Paz e Luz!

Link to comment
Share on other sites

Fala, Rodrigo!

Rs, não pude deixar de rir, pois isso acontece com frequência comigo.

Sair do corpo às vezes dá uma baita confusão mesmo, principalmente decolando do corpo físico direto para o plano espiritual. E o peso, ah! O peso é enorme às vezes.É mais ou menos como relatou, parece que tem uma corda (E tem mesmo), nos puxando e amarrando ao corpo), ficamos lentos, com sono, com um peso desgraçado e uma dificuldades incrível de raciocínio. A lucidez é quase incontrolável, ela quer apagar de todo jeito. O sono é pior que sono baiano em rede! Luto tanto contra isso às vezes, que fico P da vida por não conseguir controlar a lucidez nas proximidades do corpo.

Várias vezes perdi a consciência.

Recentemente fiquei batendo papo com um porco por umas meia hora. Pois é, um porco. Perdia consciência totalmente, e não porque diabos plasmei um porco e comecei a falar. E que porco inteligente!! Falávamos sobre notas musicais(Vou contar isso num áudio em breve).

Eu falava:

Poxa, aquela música fica melhor em C69 (Dó com sexta e nona), ele falava: Não, se colocar uma sétima aumentada e depois ir para fá com baixo na terça, fica bem melhor!

E eu: é, tem razão!

Passei ABSURDOS minutos conversando com essa criatura criada por mim mesmo, rs, ou sei lá o que!

Até que dei conta da MERDA que tava fazendo e recobrei a lucidez novamente e pensei: Meu Deus, que peso é a minha aura!

Não consigo sair e nem controlar a lucidez perto de meu corpo físico.

Bem vindo às experiências projetivas, rs.

QUando ficamos muito tempo perto do corpo, com ele adormecido e a lucidez mais ou menos variada, há uma dilatação grande da aura.

Por isso quando volta dá um sinal de cansaço e sono muito grande.

Mas passa logo, é só a dilatação da aura. Aliás, é uma sensação bem gostosa às vezes.

Outras, nem sequer conseguimos levantar ou ficar em pé, devido a falta de acomplamento dos corpos, inclusive energético.

Essas confusões acontecerão!

Acho que devemos relatar essas partes confusas sim, para que todos tenham noção de como é denso e difícil manter a lucidez, e que mesmo estando numa experiÊncia muito lúcido, poderá nessa mesma ter uma variação grotesca e sair do 100% pra 0% de lucidez, e vice-versa!

Abração Rodrigo :)

Saulo

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...