• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Saulogva2

Espírito Deformado...

Recommended Posts

26 de janeiro de 2010.

Um Espírito Deformado

Olá, amigos.

Esse relato aconteceu hoje pela tarde.

Cheguei de salvador ontem, mas ainda estava muito cansado e deitei sem pensar em projeção, somente para dormir mesmo, porém, o fato de passar a vida treinando técnicas, mesmo quando deitamos simplesmente para adormecer a carcaça "véia", acabei entrando numa catalepsia que durou um bom tempo.

Durante a Catalepsia Projetiva, vi uma mulher se aproximar da cama por vários momentos, até achei ter sido minha noiva no começo, mas percebi que era algum espírito, qual a sua intenção? Não sei!

Após um bom tempo na prisão cataléptica perdi a consciência.

Despertei fora do corpo inconsciente ainda. Estava com alguns papeis para tirar xerox. Procurava um lugar para isso. Achei estranho a proximidade de pessoas que não conhecia, e que pareciam gostar de mim, ter intimidade, e eu pensava: Quem é esse povo me seguindo? Que saco, quero só tirar uma xeroxzinha e ficam me perseguindo. Mas gostavam de mim, eu que tava mesmo totalmente inconsciente até então. Consegui despistar eles, e achei finalmente o que me parecia ser uma gráfica. Entrei e apareceu uma das mulheres que estava lá me falando: "Saulo, quer ver uma coisa? Tem uma pessoa precisando de ajuda..." E me dei conta da projeção, e falei, caramba, to fora do corpo e aqui querendo tirar xerox, que horror! E disse: vamos lá!

Fomos rapidamente para um tipo de ambulatorio, era simples, mas bem arrumadinho, bem limpo e organizado o ambiente.

Entramos e antes de irmos para um quarto, no corredor ela me disse: Está mesmo pronto para ver? Falei, claro, vamos la, (olha que tenho uma certa experiência com espíritos, achei que não ia me assustar ou ficar impressionado). O que vi foi muito difícil na hora, e será de poder explicar aqui. Nunca havia visto um espírito tão deformado assim. Era uma mulher, mas, ela não tinha pernas, as pernas pareciam ter explodido e apodrecido, e somente um pedaço de pele ficava no lugar delas. O tronco era gordo e de cor pálida, os braços com ossos aparecendo, não tinha dedos, levantou o braço na minha direção e o que vi foi um tipo de bico nas mãos, os dedos todos se juntaram e formaram o que me parecia uma unha gigante nas mãos.

Rosto totalmente deformado, a cabeça parecia ter chifres. Dois olhos amarelados gigantes, com contornos avermelhados. Ela olhava para mim, me chamando e pedindo ajuda, muita ajuda. Quando abriu a boca, foi o pior. Essa cena não irei esquecer jamais! Sua lingua tinha um olho! Não sei, nunca vi nem li isso em lugar algum, mas da sua lingua saia um olho igual os outros, era algo totalmente animalesco, ver três olhos te "Olhando", sendo que um saia da língua dela, não é uma coisa muito agradável de se ver.

Ela precisava de ajuda, mas eu não tive coragem de chegar perto!

Peço desculpas pela narração forte, mas estou escrevendo e tentando demostrar exatamente o que vi fora do corpo, e é importante pois são realmente seres que também existem lá fora, e apesar da aparência, ela era totalmente necessitada de ajuda.

Por qual motivo aquela criatura havia ficado assim, não sei informar. Mas coisa boanão fez, com certeza. Seu estado mental provavelmente não estava nada bom, ou não tinha estado.

Recebi a sugestão de chegar perto, mas, se fosse chegar perto de um ser desse aqui no corpo já seria quase impossível, imagine lá fora onde as emoções são extremamente mais fortes? Quem chegaria perto de alguém assim? Neguei a proximidade pensando:

Não vou lá, e se ela me morder? Foi uma reação instintiva no momento. Na hora minha vontade era sair correndo em direção oposta.

E se eu pegar alguma doença, pensava. A minha consciência começava a querer apagar por causa do medo e do nojo mesmo daquela cena, era um monstro, definitivamente.

Mas, me pedia ajuda, seus "três olhos" suplicavam ajuda, sentia isso muito forte.

Fechei os olhos e rezei em silêncio, falando com Deus de uma forma até engraçada: "Pai, eu vou lá, mas se ela me morder, me protege, risos.

E fui, me ajoelhei e peguei no que era para ser a sua mão. Confesso que fiquei de olhos fechados, mas beijei as mãos. E depois beijei seu rosto.

Senti uma energia muito boa sair de mim, e não sei se foi plasmagem, criação dos mentores ali, ou mesmo uma transformação, mas ela melhorou sua aparência. Agora era uma mulher, ainda aparentando estar doente, mas já normal. Aquela imagem horrível havia se dissipado. Ela estava chorando, emocionada, feliz.

Percebi que ela parou de me olhar, como que estivesse com vergonha de algo, não olhava mais nos meus olhos.

Precisei sair, fui chamado para voltar ao corpo, mas chegando no corredor, de longe eu a via deitada na cama, e perguntei: Por que não me olha nos olhos?

Ela falou: "Tenho vontade de correr pra lhe abraçar, de ficar perto de você, nunca ninguém me tratou assim, ninguém nunca me abraçou nem me tratou com carinho, parei de te olhar para não ir com você".

Sai dali emocionado e envergonhado de ter tido nojo, mas o que poderia fazer?

Despertei e as lembranças chegaram rapidamente. Meditando na cama sobre o assunto, percebi que não tinha como me culpar. Era realmente algo muito feio.

Que ela me perdoe a sinceridade, mas era pior que o Chuck, misturado com Fred Gruguer e qualquer outro filme de terror, pois era realidade.

Não tinha como ir lá mesmo na hora, se não fossem os mentores que sutilmente me ajudaram, certamente eu teria corrido, perdido a consciência e acordado pensandoque havia tido um pesadelo.

A cada dia vejo o tanto que tenho que aprender, e como andam os arredores de nós humanos. Esses são os nossos corredores da vida, são os reflexos do que somos.

Vamos lá, precisamos continuar a aprender.

Que nós projetores, continuemos a praticar a projeção do amor, melhorando a cada dia o nosso jeito de ver a vida.

Agora pouco, pagando uma conta numa lotérica, olhei para as pessoas ao redor e as achei todas lindas, os velhinhos, cada uma delas, cada um uma consciência aprendendo e melhorando seu jeito de ser.

No fundo, o que é a aparência? nada... nada... nada...

Muita paz...

Saulo Calderon

Share this post


Link to post
Share on other sites

Desculpa; mais ri muito com esse relato.. e pq quando fico nervoso tenho crise de riso..

essas figuras abominaveis, imagens horriveis eu me sinto acostumado pois todos os sonho lucido q tive ate hoje foi com zumbis monstros coisas horriveis a minha volta, q me fazia senti medo, e esse sentimento era o q me dava controle do sonho...

que bom, vc se controlou e teve coragem de ajuda-la... era o q ela precisava, coragem pra proxima meu irmao...

quem sabe na proxima estaremos lá pra ajudar..

gostou da minha terra ???

Share this post


Link to post
Share on other sites

Saulo, dei risadas com seu relato... mas sei que eles são muito sérios.

Parabéns por esse trabalho maravilhoso que você faz ! :D

(Ainda poderia arrumar alguns bicos como comediante! rs.)

""E me dei conta da projeção, e falei, caramba, to fora do corpo e aqui querendo tirar xerox, que horror! E disse: vamos lá!""

Share this post


Link to post
Share on other sites

Oi Saulo.

Que relato lindo o seu. Ajudando pessoas (espíritos) que precisam realmente de ajuda. Continue sempre assim.uma pessoas humilde como você. O que eu sei de projeção só devo muito a você.

Um abração, mano amigo

Carlos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Parabéns Salvo, sei lá o que iria acontecer comigo, creio que os mentores não nos dão uma tarefa na qual não temos condições de cumprir, se ele o "levou" para auxilia-lá quer dizer que você tinha(tem) perfeitas condições para isso. Paz e Luz para todos nós.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não vou lá, e se ela me morder? Foi uma reação instintiva no momento. Na hora minha vontade era sair correndo em direção oposta.

E se eu pegar alguma doença, pensava. A minha consciência começava a querer apagar por causa do medo e do nojo mesmo daquela cena, era um monstro, definitivamente.

Mas, me pedia ajuda, seus "três olhos" suplicavam ajuda, sentia isso muito forte.

Fechei os olhos e rezei em silêncio, falando com Deus de uma forma até engraçada: "Pai, eu vou lá, mas se ela me morder, me protege, risos.

Saulo Calderon

:shock:

UUHAUHuhAUHAUHauhauhuhAuhAHHAUHuhAUHAUHauhauhuhAuhAHUHAUHuhAUHAUHauhauhuhAuhAH³³ :lol:

E Se ela me Morder? UHAUHaHUuahuhaUHAUH..

Ri Demais.

Mais o Relato é Bem Interessante..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito bom seu relato Saulo,eu ja tive uma experiencia meio parecida, estava num tipo de favela, e me falaram pra entrar num quarto, qdo entrei vi um ser tao bizarro(parecia uma coruja , meio anao, com uns dentes pontiagudos, e parecia ser fita de piche preto), mas qdo vi , perdi a conciencia e voltei pro corpo!

Em outra estava em um sanatorio, com centenas de criaturas bizarras(muito bizarras mesmo, algumas pareciam animais com pessoas,outras pareciam uns galhos secos), e me mostravam o dia a dia delas se recuperando.

Tenho um livro espirita, da Ivonne pereira, que se chama Devassando o Invisivel, no qual ela fala sobre esses tipo de espiritos, q se deformaram ao longo da vida no astral, e qto mais se deformavam, no intuito de chocar, tanto qto por consequencias de suas leviandades,mais deformados ficavam e nao conseguiam mais voltar a forma humana, somente atraves de cirurgias e de reencarncoes posteriores!!

E o mais impressionante, eh q existe um pintor americano, chamado chris mars, que pinta telas com criaturas muito semelhantes a essas q vi no sanatorio astral, e ele diz q pinta essas criaturas, atraves de suas lembrancas de infancia qdo seu irmao foi internado num sanatorio, por esquizofrenia, enfim td esta meio q relacionado, fica aqui minha limitada visao sobre o assunto!

Abra'cos a todos!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Saulo, se fosse eu, teria borrado minhas calças astrais... :lol::?

Mas não tem pessoas aqui no corpo mesmo, que nós ficamos meio receosos de abraçar, de dar carinho, de ajudar, porque acaba nos intimidando e horrorizando? Pois é, se no corpo que as emoções não são tão afloradas e muitos de nós não conseguimos ajudar essas pessoas, fora do corpo ainda... É estranho, nós temos medo da enfermidade mental/física!

Um dia eu chego lá Saulo... E você, será que já tem um estágio pra ser mentor extrafísico lá do outro lado? :lol:8-)

Abraços, povo do GVA x)

Share this post


Link to post
Share on other sites

olá Saulo

me emocionei quando li seu relato :)

nossa eu estou meio que quase parando e me afastando da projeçao astral, e hoje vim aqui para ver o que tinha e li esse belo texto que voce compartilhou com nós e agradeço de coraçao por ter postado algo tao maravilhoso, me deu uma grande vontade de deitar na cama agora fazer as energizações pra ve se eu volto a fica um pouquinho lucido rssrr

abraços

...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito bizarro, mas engraçado demais cm vc contando Saulo, mas fiko apavorada só de pensar nestas coisas horrendas... prefiro assistir filme de terror. kkkkkkkkkkkkk e ficar no meu corpo mesmo. :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.