Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

O Universo Interdimensional


Recommended Posts

CANALIZAÇÃO:

O Universo Interdimensional

Esta canalização ao vivo foi dada em 15 de novembro de 2003 em East Rutherford, New Jersey

[Esta canalização foi reescrita e melhorada, através de Lee Carrol, em um processo de re-canalização feito sobre a transcrição da canalização original. Isto foi feito para torná-la mais apropriada para a linguagem escrita e para trazer clareza de conceitos que foram dados energeticamente dentro das canalizações ao vivo.]

Saudações meus queridos, Eu sou Kryon do Serviço Magnético

Deus não é linear e vocês também não são. Quando não estão aqui (na Terra), são parte de uma força de vida interdimensional chamada Deus. Nós já demos a vocês esta informação durante anos, no entanto ela nunca teve tanta importância como tem agora.

A energia de Kryon tem estado aqui durante todo o dia (falando do seminário que ocorreu durante todo o dia). É parte da comitiva que chegou aqui três dias antes que vocês. O Espírito também é assim, sabem? Conhecia-se o potencial de sua visita. Não como algo predestinado, senão como um potencial onde deram permissão para o dia de hoje como parte de seu livre arbítrio... tal como o leitor neste momento tem livre arbítrio para ler ou não ler isto.

Como mencionei mais cedo ainda esta manhã, vocês foram saudados e celebrados ao chegar. Aqueles de vocês que chegaram mais tarde também foram saudados e celebrados na sua chegada. Alguns de vocês sentiram isto intensamente e outros, não. Quem sabe os leitores conheçam agora sobre as mudanças que estão ocorrendo ao redor deles. Esta é a base do livre arbítrio.

Depende de vocês o quanto desejam participar de um acontecimento que revela sua própria divindade.

Muitos de vocês conhecem outras pessoas que "seriam maravilhosos Trabalhadores da Luz". Vocês desejariam que eles lessem este livro ou aquele outro, no entanto, durante toda a vida eles só "se mantêm à margem" da espiritualidade e, por assim dizer, nunca desejam abrir esse compartimento espiritual e colocar o traje de Trabalhador da Luz. Eles estão "resistindo", no entanto, há propriedade nestas coisas. Aí estão envolvidos o respeito, a cerimônia e o livre arbítrio. Também lhes dissemos que a família não emite juízo a respeito disso. Também não há regras dizendo que precisam fazê-los abrir esse compartimento. Desta vez, esta é a escolha deles. Alguns deles também são muito espirituais! É parte de sua frustração, não é... ver um gigante em um pequeno corpo e desejar que eles vejam o que vocês vêm?

Cada um de vocês está aqui fazendo o trabalho, e caminhar pela vida como Humanos não é uma tarefa simples. Se vocês escolheram abrir esse compartimento espiritual e ser um "farol", metaforicamente estão fazendo brilhar uma luz nas rochas - ajudando outras pessoas a encontrar seu caminho ao redor dos desafios, desejando que eles tenham a mesma luz que vocês têm. Quanto mais brilha sua luz, mais compaixão sentem pelos que os rodeiam.

Tudo isto é para dizer que todos vocês são "conhecidos por Deus - plena e completamente". Vocês são parte da totalidade. "Conhecidos por Deus" em realidade significa "conhecidos por vocês". Se vocês não existissem, não haveria nenhum Deus. Vocês não só são conhecidos, vocês SÃO. A frase "Eu sou o que eu sou" parece ter uma lógica circular. É uma frase interdimensional que proclama sua própria divindade. É uma frase difícil de explicar em qualquer idioma do planeta, porque está dada numa realidade na qual vocês não estudam e não vivem. Os Humanos sempre se separarão perceptualmente de Deus, porque isso é parte da dualidade. A brincadeira aqui é que isto seria como se os Humanos decidissem que seus próprios pensamentos pertencem a mais alguém, já que não podem "vê-los".

Deixem me lhes contar mais sobre vocês. Estão aqui neste planeta num momento especial. Este último fim de semana trouxe uma energia que muitos de vocês sabiam que estava chegando (a Concordância Harmônica). Alem disso, alguns notaram que acompanhando não só a energia do alinhamento da Estrela de David mas também a do eclipse, estava outro evento. O Sol está num ciclo de radiação de 11 anos e as erupções solares estão enviando uma energia incrível para o magnetismo do planeta. Agora, haverá os que dirão: "Que coincidência que isto esteja acontecendo no mesmo momento que um alinhamento espiritual no planeta." Naturalmente, não há "prova" de que os dois estejam alinhados. No entanto, deixe-me dar-lhes algo em que pensar. Estas convergências são como suportes de livros: a Convergência Harmônica (o 11:11 de que tanto lhes falamos) e a Concordância Harmônica (que acabam de atravessar) são na realidade como suportes de livros equilibrados. Ambos os acontecimentos fizeram perguntas à humanidade, ambos foram janelas de oportunidade e ambos entregaram as energias necessárias a Terra.

Agora, eu o desafio a voltar no tempo, cientista, e dizer-me quando foi a última vez que houve erupções solares de uma intensidade aproximada à que experimentou na semana passada ou há quinze dias atrás? Quando foi? Descobrirá que foi em 1987! Ah, que coincidência! (Humor de Kryon). E aqui estão vocês com os suportes de livros. Este não é simplesmente um acontecimento espiritual. Alguns de vocês vieram aqui realmente para esta entrega real de equilíbrio para o planeta! É o começo daquilo para o que tem trabalhado. Envolve os céus, o sistema solar, os alinhamentos e as energias de todos eles combinados.

Permita-me dizer-lhes que se sabe disto em todo o Universo. A família, em distintos lugares, os quais não posso descrever para vocês, sabe disto. Toda divindade observa este planeta do livre arbítrio. E vocês? Bem, aqui estão sentados pensando que são Humanos normais. No entanto, uma vez mais eu lhes digo isto. Normais ou não, estes não são tempos comuns. As velhas almas estão acordando, e as consciências ocultas estão saindo do planeta real para facilitar o que se aproxima.

Ser Humano, alguns de vocês esperaram por isso do outro lado do véu. Não queriam vir até que tivessem esta idade bem agora. Estão me escutando? "Esta idade justo agora". Alguns de vocês disseram: "Bem, sou mais velho do que deveria ser para poder gerar as energias que preciso para participar plenamente nestas coisas das quais está falando Kryon." Ah, é mesmo? Então por que não detêm o envelhecimento? Ser Humano, isto está começando a estar bem ao alcance de sua capacidade para tornar mais lento esse processo biológico.

O envelhecimento é só um acordo com as células. Isso é tudo! Nem sequer é completamente biológico. É parte do DNA que tem um acordo com sua divindade que afirma: "Aqui está o potencial de quanto tempo durará." Isso é muito variável, você sabe? Ao mesmo tempo em que anula esses velhos votos, por que você também não diz ao seu corpo para reajustar o relógio? Pensa que estamos brincando? Espere até que a ciência alcance este conhecimento! Então talvez estas palavras não soarão tão estranhas. Você se recordará de onde as escutou em primeiro lugar? Na próxima vez em que estivermos com você, nós discutiremos O Acordo.

Deixem que as energias das curas para as quais vieram desçam sobre este grupo. Deixem haver curas na abundância, relacionamentos, comunicação celular e crescimento pessoal. Quanto tempo leva para se curar um corpo que foi ferido? Talvez já seja a hora de jogar fora os velhos conceitos da velha experiência? Por que não cortar esse tempo pela metade? Você sabe do que estou lhe falando, leitor. Por que não prova a si mesmo que pode falar para as suas próprias células, para promover a cura muito antes do que estava estabelecido no velho paradigma? Tudo isto é possível.

Deixe-me lhe dizer algo interessante, Ser Humano. Está quase pronto para atravessar a interdimensionalidade de muitas, muitas formas. Este fim de semana ( a Concordância Harmônica ) não foi somente energia entregue ao planeta. Também se levantou o véu levemente. Permitiram-se coisas invisíveis. Deixe me dizer lhes que vamos fazer uma viagem. Estamos prestes a nos tornarmos um tanto quanto científicos.

Façam uma viagem imaginária...

Entrem comigo no meio de sua estrutura atômica. Imaginem por um momento que são do tamanho de um próton. É muito, muito pequeno, sabem? Aí estão, na glória da estrutura atômica. Agora, é possível que digam: "Bem, creio que posso imaginar como é. Se sou do tamanho de um próton, verei estes elétrons em um piscar de olhos. Provavelmente terá luz e será como os fogos de artifício, proporcionando um magnífico espetáculo." Pense melhor. Está escuro. Realmente escuro. Se vocês (em tamanho humano) representam realmente o tamanho de um próton no meio do átomo, esses elétrons estão a uma milha de distância! Sabem de uma coisa? Vão ter que caminhar para encontrá-los! Essa é a escala média da estrutura atômica. Há um montão de espaço muito vazio na conformação de cada átomo.

A maioria dos cientistas ainda se intriga com isto. Por que os blocos básicos de sua realidade mostram uma estrutura onde os objetos envolvidos estão numa proporção em que estão separados por uma distância alarmante? Talvez não estivessem conscientes deste fato. Se vocês tivessem o tamanho de um próton em um átomo de hélio, caminhariam e caminhariam e caminhariam com suas perninhas de próton antes de poderem ver algo que sequer se parecesse com a nuvem de elétrons que rodeia a estrutura atômica (ainda imaginando, por favor). E toda a caminhada se faria na obscuridade! Então é possível que se digam: "Bem, não é o que esperava. Na verdade é muito chato."

"Realmente! Em canalizações científicas passadas indicamos a vocês que o micro e o macro tem muitas coisas em comum em sua própria física. Inclusive na biologia de vocês há uma ordem que segue o Universo maior. Permitam-me dizer-lhes o que há nesse espaço entre os prótons no centro do átomo e a nuvem de elétrons, os quais estão proporcionalmente muito longes, e que não se pode ver. Está carregado de informação! Está carregado de física. Aí existe matéria que não podem ver; parte dela chamaremos de ”matéria espiritual". Sua consciência interdimensional todavia está por manifestar-se. Vocês ainda olham tudo de forma linear em sua realidade de 4ª dimensão. Assim, quando dão uma olhada à matemática no centro do átomo, só vêem o que as quatro dimensões lhes dizem que esta aí. Não verão realmente o que está aí.

A diferença entre sua realidade de velha energia e o agora é esta:

Imagine que ainda seja um próton fazendo essa longa viagem para encontrar seus diminutos amigos, os elétrons de movimento veloz, os quais você sabe que se movimentam em círculos. Na energia da velha Terra, você não "verá" nada até que finalmente chegue ao círculo exterior onde eles estão girando a toda velocidade. Agora, no entanto, na nova energia e com o véu ligeiramente levantado, você está realmente começando a "ver" algo nesse vazio imenso em sua viagem desde o meio do átomo até sua circunferência externa. Está começando a "ver" outras dimensões! A princípio, elas se mostram como "sombras" que vibram. Agora, leitor e ouvinte, esta é uma viagem fantástica, correto? Sim. No entanto, acabo de dar-lhes um indicio cientifico com a alusão de como é possível que se pareça a interdimensionalidade quando sua ciência começar a visualizá-la também.

Querido Ser Humano, há fragmentos e partes muito reais desta "visão interdimensional" que estão acontecendo bem agora neste mesmo grupo. Alguns de vocês estão se tornando interdimensionais! Oh, não completamente, mas estão começando a abordar o tema do "invisível". Uma das perguntas mais divertidas que nos fazemos a respeito da humanidade é o que acontecerá quando começarem a ocorrer algumas destas coisas e vocês virem as sombras de algo que nunca viram anteriormente, em lugares que estiveram procurando durante anos. Com o rabo do olho verão o movimento que pode ocorrer e que no passado os teria assustado, mas que agora é apropriado. Durante mais de dez anos lhes dissemos que vocês "não estão sós". Ah, isso soa maravilhoso, não é? Será que é aterrador para alguns? Quando comecem a ver o que realmente há aí, qual será sua reação? Terror ou celebração? Aqui não estamos falando de fantasmas, estamos falando do amor de Deus (do Espírito). Estamos falando de vocês com a família e as coisas interdimensionais que poderão ser vistas - algumas claramente, outras não. Apenas esperem. Não é só para os Trabalhadores da Luz. Alguns verão nas nos laboratórios e outros verão seus atributos sem a ajuda de ninguém.

Faz sentido para vocês o fato de que a Terra ao atingir tal ponto de elevada vibração onde se ganhou este tipo de sistema de entrega (a Concordância Harmônica), isso seria só para alguns poucos? Não. É para todos aqueles que desejam examiná-lo. Esta nova energia da Terra é para toda a humanidade.

Há mais. Acabei de levar-lhes em uma viagem ao centro de um simples átomo e disse lhes que aí há muito mais para se ver do que como aparece em 4D. Deixe-me dar lhe uma predição: Os cientistas começarão a compreender tudo isto em maior escala à medida que seguem observando o Universo. Falta algo na medição da energia de "tudo o que deveria estar lá" para que o movimento e seu alcance estejam lá como vocês o vêem. Então, o que falta? Por que não podem vê-lo? Os cientistas já estão considerando a possibilidade de que exista a matéria escura. Esta matéria seria uma matéria que não podem ver, mas que deve existir para permitir que a equação da energia se equilibre. Ninguém disse nada a respeito da interdimensionalidade, todavia, mas o farão. Têm que o fazer, porque a elegância da matemática eventualmente lhes demonstrará com muita clareza que talvez o que está acontecendo no Universo seja de alcance interdimensional. O que está faltando em suas computações de energia é matéria interdimensional muito real.

Quem disse que a malha cósmica era linear? Quem disse que a energia que vocês não podem ver segue o mesmo paradigma do que podem ver? Oh, antes de terminar esta canalização vou dar-lhes alguns enigmas. Então aqui vai outra predição: Os cientistas começarão a procurar as dimensões que faltam para explicar a energia que falta! E já era hora. E é como deve ser. Portanto, já é hora de revelar a forma do Universo e a ação de puxa/empurra dentro das mudanças de dimensão que faz com que seu Universo realize as coisas que realiza, e mostre lhes o que ele realiza. Muitas das coisas que observam continuamente são indícios disso, mas não são interpretadas corretamente.

Em quatro dimensões, sua física tem muitíssimo sentido. No entanto, quando vocês saem das 4D e se tornam interdimensionais, mudam todas essas regras lógicas da física. A última vez que estivemos aqui inclusive dissemos lhes que quando vocês se tornam o suficientemente pequenos, as leis da física básica também mudam. Também mudam quando se tornam demasiado grandes. Também mudam com as estruturas de tempo. Sigam-me atentamente, porque isto se aclarará num momento.

A Velocidade da Luz – Desfazendo-se de uma regra da Física

Antes de entrar no enigma da atual forma do Universo, tenho outra predição. No entanto, para poder dá-la, tenho que assentar as bases.

Permita me dar lhes uma conversa franca. Darei-lhes um dos postulados de seu pensamento científico moderno. A velocidade da luz é absoluta e tudo, no que diz a respeito à velocidade, mede-se com relação a ela, já que é a coisa mais rápida que podem ver ou medir. Converteu-se num critério da astronomia e numa norma. O conceito de que o "tempo" é variável (e o é) também depende de o quão rápido viajam. Tudo isto se converteu em sua realidade usando se esse número mágico, a velocidade da luz. Esperem por isto, pois vai acontecer. Virá o tempo em que se reconhecerá que a velocidade da luz é variável! A realidade é que ela realmente é diferente em todo o Universo, dependendo dos atributos de dimensão do lugar onde está sendo medida. Há muitas velocidades da luz e isso depende de onde vocês se encontram e para o que estão olhando.

Agora, esta consideração fica consideravelmente discordante de quase tudo o que aprenderam, e de quase tudo o que foi postulado sobre o modo como as coisas funcionam. Portanto, a idéia não chegará fácil ou tão rapidamente. Mas tem que vir. Isto também faz uma bagunça nas medições de distância em astronomia, mas esta hora está chegando. Procurem-na, pois está logo virando a esquina. Alguns começarão a proclamar que a velocidade da luz deve ser variável para que as coisas sejam da nova maneira como as vêem. À medida que os olhos de seus astrônomos melhorarem (quero dizer, o equipamento), também precisarão mudar as razões por detrás do que estão vendo. Procurem os postulados de áreas multidimensionais no espaço, e também os postulados da luz que muda sua velocidade de lugar a lugar, dependendo da fórmula ao redor da realidade local, especialmente a estrutura de tempo. Diga-se de passagem, isto também começará a explicar por que não houve um "big bang" mas no lugar disso, uma "grande revelação". Uma vez mais, faço-lhes esta pergunta: Quando as coisas invisíveis se tornam visíveis, significa que não existiam antes que vocês as vissem? Pensem sobre isso.

Seus cientistas deram lhes o pressuposto de que quando viajam quase à velocidade da luz, seu tempo muda. Assim considerem isto em sentido inverso: o que acontece à velocidade da luz quando, em vez disso, vocês mudam seu tempo? Funciona de ambas as maneiras, e o magnetismo e a gravidade desempenham o papel de modificar o tempo.

Toda esta "nova visão" e entendimento, na realidade estão ligadas ao que aconteceu no 11:11 (1987). Nesse momento, se vocês já se deram conta, vocês deram permissão para mudar sua estrutura de tempo. Em todos estes anos atrás podemos dizer lhes que seu trem da realidade se acelerou. Em 1989 dissemos lhes que a grade magnética da Terra mudaria, e assim foi.

Em 1989 dissemos lhes que o futuro, o potencial da Terra, se caracterizaria por mudanças climáticas em massa. Viram alguma? A vibração do planeta está enormemente diferente do que era em 1987, não é mesmo? E no que diz respeito aos seus sentidos? Há alguém aqui, quem sabe os que também estão lendo isto, que admita: "Sim, eu senti a aceleração do tempo nos últimos dois ou três anos?”

O Ser Humano sentiu isto, a Terra o está mostrando fisicamente, e aqui estão vocês numa estrutura de tempo diferente daquele na qual se criaram. Vocês não estão conscientes de que a velocidade da luz mudou para vocês, não é verdade? Mas ela mudou. Isso é o que ocorre com um planeta de vibração mais elevada (e com tudo o que o rodeia). O potencial da ciência é iniciar um novo entendimento da relatividade que chegue muito mais longe do que qualquer coisa que se tenha proposto antes. No entanto, se tudo é relativo a tudo mais, então onde está a constante? Tem que haver uma para que o cientista sensato respire calmamente e saiba que a modalidade de tal grande plano não é o caos. Há uma constante e se chama o "amor de Deus".

A Forma do Universo

Gostaríamos de explicar lhes a forma do Universo. Isto é difícil e novamente diremos isto: Em discussões científicas desta natureza não posso dar lhes informação interdimensional numa realidade de um só dígito. Não há como lhes mostrar como é, sem dar-lhes metáforas e analogias muito simplificadas. Alguns de vocês o compreenderão considerando se que estão funcionando numa dimensão de um só dígito com uma metáfora que só é verdadeira até certo ponto. Haverá quem diga: "Kryon, qual é a forma do Universo?" Em sua dimensão, a forma do Universo é parecida com um toroide. Agora bem, para aqueles de vocês que não sabem o que é um toroide, é uma forma parecida com um pneu ou uma rosquinha. Dentro de qualquer forma toroidal de 4D, há relações matemáticas únicas. Estas relações têm que ver com a eficiência e a distância, e vocês também as encontrarão (as relações e as formas toroidais) em seu DNA. Isto é só para dizer que na natureza o macro é similar ao micro, como vocês o observam. Isto não é acidental. Convidamo-nos a estudar por que seria assim.

Então acabei de dar-lhes a forma do Universo, mas isso não os ajudou em nada. Mesmo assim, agora ainda vou complicar as coisas um pouquinho mais. O Universo, como o conhecem, está colado sobre o interior e o exterior desse tubo toroidal. Vocês olham para fora e vêem o Universo como uma forma de acordo com sua realidade. Não vêem as curvas, já que se supõe que a luz viaja em linha reta. Não o faz... nunca o fez. Em um paradigma interdimensional, poderiam estar olhando algo onde a luz de um objeto vem para vocês sinuosamente, torcendo a trajetória, mas em sua realidade de 4D, vocês jurariam que foi um "tiro direto" ao objeto, já que isso é o que esperavam ver. A verdade reside num alcance da realidade fora do que esperavam ou experimentaram, portanto é difícil descrever.

Agora, em uma forma de quatro dimensões fechada e contida como um toroide, não há caminho do interior ao exterior. (Pensem que é um tubo fechado em um círculo, com as pontas conectadas). No entanto, acabo de dizer-lhes que seu Universo existe tanto na superfície interior como na exterior simultaneamente. Portanto teriam que ir ao modelo do toroide e examiná-lo para ver como isto pode funcionar... tendo algo na superfície interna e externa ao mesmo tempo. No entanto, em 4D não há nada que possam fazer para criar esse caminho, mesmo que recortem o toroide, acessem-no e experimentem reconectando as pontas de maneiras inteligentes. Mas não importa o que façam, a superfície interna sempre termina conectando-se consigo mesma, e os atributos externos da mesma forma... não importa quantas vezes possam retorcer e dobrar as pontas voltando a conectá-las. E aqui é onde isto se torna muito estranho e interdimensional. Descreveremos como funciona, mas não compreenderão.

Alguns de vocês compreendem os atributos de uma Mobius Strip. Já discutimos isto antes. Uma Mobius Strip é uma fita, exceto que foi recortada, torcida pela metade e depois colada novamente. Isso cria uma situação interessante. Se considerarem que a fita é uma rua, podem viajar por esta fita e caminhar e caminhar, caminhando eventualmente pelo que costumava ser tanto a superfície interna como a externa dessa fita. É uma forma muito eficiente. Essa Mobius Strip é um fenômeno muito conhecido em matemática e física.

Agora, o que vou dizer-lhes não tem nenhum sentido. Daqui nada terá sentido em 4D. Vocês nunca ouviram falar de um toroide Mobius, não é mesmo? Bom, esse é exatamente o atributo do toroide interdimensional que é seu Universo. A física multidimensional é diferente da sua física de 4D. Permite caminhos e portais fora de seu pensamento linear, e parece admitir que os objetos (e a luz) estejam em dois lugares ao mesmo tempo. Não estão, mas quando vocês retiram o tempo linear, parece-lhes que é assim.

Deixe-me dar lhes um exemplo. Vocês estão acostumados à linearidade e aos elementos ao se redor se comportando de certo modo todos os dias. Quando se sentaram na cadeira esta noite (falando do seminário no hotel), conheciam sua forma. Sabiam que os sustentaria. Sabiam como recolhê-la e colocá-la numa pilha para guardá-la se fosse necessário. Esse é o tipo de coisas a que estão acostumados. Mas e se lhes dissesse que existe uma situação onde é possível se colocar a cadeira em cima da pilha de cadeiras, e que depois ela se tornaria a cadeira de baixo!? Isso não tem sentido, não é mesmo? Vocês não podem ter matéria que atravesse a matéria. Não podem ter coisas conectadas a outras coisas que "passem através de si mesmas". Não em 4D, ao menos. Deixe-me dizer-lhes por que realmente a cadeira permanece em cima em sua realidade. É porque foi a última que puseram lá. Tem menos a ver com o fato de ser sólida, do que com a linearidade que faz parte de sua estrutura de tempo. Nas coisas interdimensionais, muitas vezes é a estrutura de tempo o que as leva a seu "lugar". Os objetos no "agora" sempre pensam que estão juntos, mesmo que vocês acreditem que estejam a galáxias de distância!

Sua realidade tem dois atributos fortemente interdimensionais.

Ambos violam as regras da física de 4D, só porque vocês ainda não conhecem quais são as verdadeiras regras. Estas duas coisas são a gravidade e o magnetismo. Não é verdade que a gravidade passa através de tudo? Parece não importar o que tenham, ou que elementos apresentem, a gravidade sempre vence (afeta o objeto), se vocês tiverem percebido. A gravidade é uma força interdimensional que está relacionada com o tempo e a própria forma do Universo. Na verdade, está muito relacionada com o toroide. Ela passa através de tudo, quase como se sua dimensão fosse invisível para ela.

Até certo ponto, o magnetismo faz o mesmo. Em sua realidade, o magnetismo é a base para todas suas emissões. Vocês difundem uma freqüência magnética modulada e ela passa através dos edifícios, através das paredes e pela maioria dos objetos chegando a seus lares. Se tiverem um receptor, podem manifestar o que contém em sua realidade. Este magnetismo é algo interdimensional... tal como a gravidade.

Sua ciência, entretanto não compreende nenhum dos dois, portanto apliquem estes princípios ao que irei mostrar-lhes, metaforicamente. A forma do Universo está por cima do interior e o exterior de um toroide e, no entanto eles estão conectados de um modo que vocês não podem visualizar em sua mente de 4D. Pensem que seu Universo tem os mesmos atributos de gravidade e magnetismo que parecem ser capazes de permear quase tudo. Com isso em mente, os fragmentos e partes poderiam ser como a cadeira que de algum modo chega ao fundo da pilha, mesmo que tenha sido a última que se colocou na pilha. Passa através das demais porque há regras da física interdimensional que demandam que ela encontre sua verdadeira localização universal baseada em coisas diferentes daquelas nas quais acreditam que deveriam, baseado na linearidade de 4D.

Distancias Universais

Aqui há algo que vocês podem visualizar e poderia ajudá-los a compreender o que eu chamo o engano de uma dimensão olhando a outra. Vou mostrar a vocês como o Universo não é tão grande na realidade.

Peguem este toroide que criamos em nossa metáfora e visualizem-no. Agora, mudem o cenário de um tubo de metal para um tecido macio. Agora o toroide é flexível. Peguem tesouras e cortem-no onde quiserem. Endireitem-no para que seja um tubo, como uma meia tubular. Façam-no suficientemente grande para que possam pôr a mão por dentro dele.

Coloquem a mão através do tubo e alcancem a outra extremidade puxando-a através do tubo. Visualizem-se fazendo isto muitas vezes em cada lado até que, em lugar de um tubo que costumava ser uma meia tubular, agora o tenham colapsado até que tenha uma fração de seu tamanho e forma originais ao se puxar os extremos através da meia muitas vezes. Quando tiverem terminado de fazê-lo, conectem inteligentemente as pontas outra vez. Podem fazê-lo. Não é tão difícil. Podem envolver um extremo por cima e conectá-lo com o que está no interior. Pergunta. Todavia é um toroide? A resposta: Sim. A forma é a forma, e só foi modificada em três dimensões. Além disso, ainda contém a "magia" matemática do toróide, só que agora está colapsado.

Agora, deixem-me levá-los por um momento para o meio deste toroide colapsado. Vocês são do tamanho de uma molécula, dentro da meia. Metaforicamente, aí estão num Universo especial, extenso alem de sua imaginação e, no entanto em camadas e colapsado. Se começam a "caminhar" pela superfície do toroide (por dentro ou por fora), ainda têm que caminhar e caminhar e caminhar para fazer uma viagem por toda a extensão, ainda que a meia esteja colapsada. Por que fazer isso quando a camada adjacente está à distância de apenas uma fração de polegada? A resposta? Não podem atravessar as camadas. Nem sequer podem ver através das camadas para saber onde estão. Assim estão forçados a seguir caminhando e caminhando e caminhando para chegar a alguma parte.

O que estamos dizendo é isto. A ciência e suas observações lógicas lhes dizem que literalmente estão a uma distância de centenas de milhões de anos luz dos objetos. Mas, e se esta for uma ilusão e o Universo multidimensional tiver os atributos do modelo da meia tubular? Será possível que o que parece uma viagem linear de 100 milhões de anos luz pode estar na porta ao lado? A resposta é um positivo e forte "sim". Ainda que seja difícil de conceber, sim, a imensidade é real, tal como a percepção da molécula que crê que tem que percorrer todo o interior completo da meia para chegar onde quer ir. A forma universal também está curvada de tal modo que há uma forma previsível e matemática de se atravessar a "parede" (tal como o faz a gravidade), o que lhes permite saltar até outras partes da superfície interna e externa da meia.

Essa é a forma do Universo. No entanto, agora deixe me dar-lhes mais informações a respeito de "atravessar a parede" entre as camadas do toroide colapsado (ainda me acompanham?). O Universo é uma disposição de energia de puxa/empurra. Cria-se constantemente. Nunca se destrói, sendo que mais simplesmente se move entre dimensões num arranjo onde o tempo, o magnetismo e a gravidade exigem que ele se equilibre. Há dispositivos no interior do Universo para se tirar e repor a matéria. Pode parecer que galáxias inteiras desaparecem e reaparecem (como se vê de um paradigma dimensional).

A mudança dimensional, portanto, é o motor de seu Universo, e tudo o que vêem atualmente em 4D. É o responsável pelo que sentem ser o princípio de seu Universo, ainda que não tenha nada a ver com um "bang". O que vocês chamam "buracos negros", presentes no centro de cada galáxia, são parte do motor da mudança dimensional. Eles são os portais que atravessam as paredes da meia tubular. Também lhes dissemos que no centro de cada galáxia há ao menos dois buracos negros. Eles sempre vêm em pares e um empurra e o outro puxa. No entanto, só um é óbvio para vocês. O outro pertence ao outro lado da parede e se oculta. No entanto, o verão em breve.

A mudança dimensional também é o motor da Malha Cósmica.

Vocês estão se tornando interdimensionais, Seres Humanos, porque mudaram a realidade em seu próprio planeta. Vocês são as únicas criaturas no Universo que estão em dualidade, mas que também são capazes de mudar a dimensão de seu planeta! Muitos podem mudá-la com maquinário e para viajar, mas só vocês podem mudar todo o panorama de sua realidade.

Deixe-me dar-lhes outro indício sobre a mecânica de seu Universo. Falamos da atividade dos raios gama por quase uma década. Dissemos-lhes que "esperassem uma intensa atividade de raios *gama". Dissemos-lhes que quando a vissem, saberiam que há uma criação em andamento - que algo especial está acontecendo. Agora identificamos isso como uma mudança de dimensão. Está sempre acompanhada por poderosos raios gama, especificamente intensidade extremamente alta. Este é um atributo da mudança de dimensão e também lhes diz que algo está ocorrendo. Vocês os vêem na borda da sua galáxia, e sabem que algo está mudando lá. É um "mini big bang", se querem utilizar seus próprios termos. É parte de um Universo que muda constantemente, e que está se movendo numa modalidade de puxa e empurra.

Ainda que pareça estar a milhares de milhares de anos luz, não é assim. Na verdade, está em seu quintal, mas vocês nunca correm o perigo de que o tempo colapse ao seu redor, queridos Seres Humanos, ou de que apareça um novo Universo em seu sistema solar. A física nele o mantém separado e em sua própria estrutura de tempo. Isso também significa que o "centro" do Universo está em toda parte.

No entanto, há um lugar especial e sagrado em seu Universo, e parece estar num lugar muito comum. É um lugar chamado Terra que tem sobre ela anjos disfarçados de Seres Humanos. Eles estão resolvendo um enigma para os Universos que ainda não fizeram a mudança. Ele é chamado "o único planeta de livre arbítrio"... o único que pode mudar sua própria realidade. É o único planeta onde os habitantes podem tomar o controle e mudar a estrutura de tempo de sua realidade e criar realmente uma mudança dimensional. E este fato, querido Ser Humano, é a diferença entre ontem e hoje.

O último fim de semana (a Concordância Harmônica) foi significativo, tal como foi significativa a Convergência Harmônica. Os Seres Humanos decidiram mudar a forma em que tinham estado. Isto se sentirá inclusive a nível celular. A estrutura de "permissão" do DNA mudará realmente devido ao que vocês fizeram. Como posso dizer-lhes isto? Como posso demonstrar? Vão ter o início da visão interdimensional, a que os ajudará com sua co-criação. Cada um de vocês tem a capacidade de co-criar sua própria realidade, a que estará de acordo com a energia do planeta e com os que os rodeiam. Quem sabe esta realidade signifique trazer paz para a sua própria vida enquanto tratam de resolver os quebra-cabeças que lhes deram a maioria dos desafios.

E se vocês tivessem uma visão interdimensional – do tipo que pode revelar as coisas que estão ocultas, mas que literalmente são o sustento do que precisam? E se lhes dissesse que o segredo da co-criação é a subtração? "Kryon", é possível que me digam, "está me dizendo coisas absurdas outra vez."

Wo e o Bloco de Granito

Vamos lhes dar ainda outra parábola de Wo. Não lhes demos uma parábola de Wo já faz muito tempo, portanto com esta encerraremos o ensinamento. Wo é um Humano que não tem gênero. Ele/Ela é um homem/mulher (Wo-man), mas o chamaremos "ele" para os propósitos desta estória.

Wo estava desiludido com sua vida. Ah, estava trabalhando duro e também era um Trabalhador da Luz, mas estava deprimido. Disse: "Quero algo precioso em minha vida. Quero algo significativo e formoso em minha vida." Wo sabia que podia manifestar. Só estava um pouco inseguro acerca do que manifestaria, se tentasse. Também não sabia realmente o que pedir em sua manifestação.Tinham lhe advertido que nunca pedisse ao Espírito nada específico, e em vez disto dissesse: "Permita-me manifestar só o que preciso, o que seja apropriado para meu próprio plano divino." Wo tinha a sensatez de um Trabalhador da Luz, portanto rezava: "Querido Espírito, quero manifestar algo grandioso em minha vida. É hora. Você escolhe o que tiver que ser, Deus, Eu Superior. Você tem a sabedoria... escolha o que tem de ser. Preciso manifestar algo grandioso para poder avançar na vida."

E o fez! Um dia Wo saiu de sua casa e se encontrou com um grande bloco de cimento em frente a sua porta! Tinha 10 por 10 metros. Estava mortificado! "É isso o que realmente precisava, Espírito? O que é isto?" E o Eu Superior de Wo disse: "Ainda não acabou, Wo. Apenas espere." Wo esperou, mas o bloco simplesmente ficou lá. Ele se impacientou, como sempre, e pensou que talvez tivesse mal interpretado as mensagens. Então seus vizinhos começaram a queixar-se do bloco. Wo estava seguro de que tinha acontecido um equivoco. Realmente!O Espírito não deveria entregar um bloco de cimento.

Realmente, não parece muito divino, por assim dizer. Então ele trouxe um grande guindaste e tratou de remover o bloco. Não quis se mover. Então trouxe todo tipo de especialistas em remover blocos de granito.

"Podem mover este bloco, por favor?, solicitou Wo.

"Não, não podemos", disseram eles. "É muito grande."

Então Wo escutou alguém batendo em sua porta e abriu. Ali estava um homenzinho com um cinzel.

"Quem é você?", perguntou Wo.

"Sinto chegar tarde," respondeu o pequeno homem. "Sou o escultor.”

"Eu não pedi um escultor", disse Wo. "Nós estamos tentando mover este bloco e tirá-lo daqui. Quem sabe você possa quebrá-lo?" O homem estava horrorizado!

“Por favor, por favor, essa é uma linda obra de arte, você não pode destruir isso! Não é isso o que pediu? Não é o que queria? Está para ter algo valioso, precioso e maravilhoso e para sempre em seu jardim”.

Estará em um lugar que gostará e todos a admirarão e virão de longe para vê-la.” O homenzinho estava ofegante e sem ar. Wo apenas o olhou e fez uma pausa”.

"É um bloco de cimento," respondeu Wo lentamente. "Por que alguém poderia admirar algo assim?"

"Não, não é. Não pode vê-lo?"

"Vejo um bloco de cimento enorme, irritante e irremovível", disse Wo. "Está matando o meu gramado."

Ainda que Wo não entendesse, ele tolerou o homenzinho em seu jardim durante quase todo o mês seguinte e lentamente começou a compreender. O escultor não via um bloco de cimento na realidade. Via a obra de arte! Começou a remover todo o cimento que rodeava a escultura e não lhe pertencia, o artista "via" dentro do cimento. Cuidadosamente, ele tirou com o cinzel o que não era precioso até que finalmente pareceu tomar forma um objeto artístico, que era muito, mas muito menor do que tinha sido o bloco. Oh, era lindo!

Wo estava muito contente! "Tenho algo precioso em minha vida o qual nunca soube que existia nesse horrível bloco! Não acredito que tenha desejado retirar esse bloco. Que tolice!" Os vizinhos de Wo perceberam logo e vieram para exclamar "ooh" e "aah". Wo estava muito orgulhoso.

Quando o escultor terminou, foi até a porta.

"Bom, já é hora," disse o homem.

"Hora de que? Você tem que ir?", perguntou Wo.

"Oh, não. Não funciona assim, Wo."

"Quer dizer que terei que conviver com você em meu pátio dianteiro?"

"Oh, é ainda melhor do que isso," disse o homem com um sorriso.

Com um flash de luz, o escultor se transformou. Converteu-se em parte de Wo, tomando seu lugar dentro dos atributos angélicos que Wo percebia como guias. Ele se converteu numa alma afim, uma alma gêmea espiritual e um conselheiro. Tirou seu disfarce e sua divindade brilhou esplendorosamente.

É engraçado, sabem, Wo nunca perguntou o nome do escultor. Agora compreendeu que o nome do escultor era Wo! Wo não só recebeu a manifestação que queria, mas ao mesmo tempo também obteve um companheiro ativo e cheio de sabedoria com quem trabalhar. Wo acabava de receber uma nova percepção. Quem sabe se aquilo que é invisível é da maior importância, e aquilo que se consegue subtrair da realidade é o que permite os milagres.

O Zero

Virá o dia em que seus cientistas honrarão ao zero na matemática interdimensional que está por vir. Neste momento, vêem o zero como nada. Alguns terão dito: "Bem, sabemos que o zero não significa nada realmente. Pensamos que um zero interdimensional será o infinito. Isso é o zero." Não, não é.

Falamos-lhes da matemática de base 12 por mais de uma década. Sua elegância os assombrará, especialmente sua simplicidade de cálculo. É a única matemática que "dá a mão" com a natureza. Vocês não podem considerar a matemática de base 12 sem fazer com que o zero seja um número inteiro de especial valor. Não pode ser o que ocupa um lugar, não pode ser "nada", e não representa o infinito. Uma vez mais lhes dizemos isto. O zero é a magia da matemática interdimensional. É a magia da base 12.

O zero é o potencial de tudo o que foi, é ou pode ser. É o "agora" da matemática universal. Representa o potencial, ou a energia da possibilidade. Portanto, o zero é variável dependendo da equação. Vocês não estão acostumados a isso. Estão acostumados com o fato das equações matemáticas serem empíricas e desejam que isso permaneça. Mas quando começam a fazer cálculos fora da linearidade não pode ser assim.

A elegância da matemática se revela nesse esquema. O zero remove o que não é necessárioa e revela a solução. Converte-se no facilitador da realidade do próprio problema, e muitas vezes é o número essencial. Não esperamos que compreendam isto plenamente. Aliás, não esperamos nenhum entendimento em absoluto. Não ainda.

A Concordância Harmônica

Finalmente, lhes direi o que ocorreu realmente a semana passada. Há um lugar neste planeta chamado a Caverna da Criação, da qual falamos na última vez em que estivemos com vocês. Esse foi o nome que lhes demos antes. Mas vocês a chamaram de Registro Akáshico. É um lugar precioso, onde está armazenada sua linhagem. Desejo levá-los ali por um momento. As paredes resplandecem. O cristalino está por toda parte. É fresco, ainda que geologicamente não deveria ser assim. Há um cristal para cada homem, mulher e criança no planeta. Muitos dos cristais são muito velhos, mas não parecem. Quando vocês vêm e vão, suas numerosas expressões (vidas) simplesmente atualizam os cristais. Poderia se dizer que aí há um sistema que inclusive vai bem mais alem do que dissemos dele.

Alguns de vocês indicaram que sentem que esta é sua última vida. Para a maior parte, não é. O que não sabem é que para a maioria de vocês, "isto é o que vocês fazem" no Universo. Poderia se dizer que são um Humano universal profissional! Por que? Porque estão apaixonados pela Terra! Estão apaixonados pela família! Quando este jogo se acaba e sua "vida" termina, vocês simplesmente mudam energias. Parte de vocês se converte no guia de outros Humanos; parte de vocês passa ao outro lado do véu, regressa e reencarna. O grupo que são vocês está sempre trabalhando. Vocês farão isto uma vez após a outra vez e isto é por que se negam a perder o final! Você trabalhou muito tempo, Lemuriano, para perder isto. Você foi parte disto durante muito, muito tempo, e tem visto e compartilhado o amor de Deus. Você o viu funcionar. Ofereceu-se para as coisas difíceis e aqui está uma vez mais em uma das últimas ondas as quais ninguém jamais, jamais pensou que poderia acontecer.

Nessa Caverna da Criação, durante o fim de semana, mudaram se as energias cristalinas que são a força de vida de quem vocês são. Somente outras duas ou três vezes na história espiritual da Terra alteraram se a Caverna da Criação e o Registro Akáshico. Esta foi uma delas. A Grade Cristalina da Terra está começando a ser reescrita e re-alinhada. Portanto, assim também serão os cristais que têm sua força de vida, sua linhagem e seus registros de alma neste planeta. Eles também mudaram. Tinha que ser assim. Chega o momento em que o esotérico também é a física. É um sistema que precisa ser atualizado, porque os Humanos estão cada vez mais próximos de serem anjos. O mesmo ocorreu com o 11:11. Vocês perceberam? Por isso lavamos os seus pés.

Hoje lhes demos informação interdimensional acerca da ciência. Poderão dizer: "Bem, esse não é meu tema, Kryon. Preferiria ter pura informação espiritual." Será melhor que se acostumem a isto, porque esta informação científica nunca, nunca teria sido dada a uma Terra que estivesse numa vibração inferior. Há um motivo para dar isto num seminário espiritual. Vocês estão por atravessar muitas mudanças, que incluem uma explicação mais ampla do Universo. Isto é para que eventualmente possam ir a lugares aos quais nunca pensaram poder ir. È necessária uma explicação mais ampla de sua realidade para que possam fazer com sua biologia coisas que nunca pensaram que pudessem fazer.

A Terra está no processo de ser reparada - em contradição, quem sabe, com o que vêem nas notícias, mas há uma grande esperança de paz neste grande planeta. Há esperança de que o ódio, como viram nestes últimos anos, termine e que haja um entendimento e uma sabedoria que não estavam aqui antes. Há aqueles que se encontram aqui e dão energia e luz para a Terra e nós lavamos os seus pés por isso.

E assim é, que a comitiva se retirou... como era apropriado.

E assim é que esta mensagem está completa.

Kryon

Texto traduzido para o português por Silvia Tognato

email: silvia.tm@uol.com.br

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...