Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Duvida - para o Saulo - proteções energéticas


Thours
 Share

Recommended Posts

Saulo, tenho uma dúvida, no audio "4-assediadores inteligentes" do nível intermediário , você diz que foi atacado por uma leva de aproximadamente 30 espíritos no teu quarto, e que vc chegou a ficar mais de 2 meses sem se projetar depois disto.

No curso básico, vc relatou em um dos seus audios sobre a técnica da barreira energética, que lança os espiritos para longe como um grande choque (vc tinha usado esta técnica contra um fofinho que estava "plasmado" como a tua mãe).

Você também diz no seus audios que temos muito mais energia, e que somos muito mais fortes no mundo espiritual, devido ao fato de ainda estarmos "encarnados".

Minha pergunta é: por que vc não se utilizou das técnicas de proteção energética(EV, etc) no dia do ataque da legião de espíritos? elas não funcionaram? ou você ainda não as dominava?

Link to comment
Share on other sites

Olha e bem facil falar usar uma proteção assim, porem isso requer o minimo de concentração, agora se você ta falando do audio em que o Saulo foi espancado, imagina a situação, 30 espiritos de dando porada todos ao mesmo tempo, tu conseguiria pensar em fazer uma defesa energetica nessa situação? E complicado cara... E mesmo sendo mais forte que a maioria do pessoal no astral tu não e dois...

Link to comment
Share on other sites

Olá amigo Thours! Bom pelo que vi voce fez o curso basico entao voce deve lembrar de uma outra situação onde o Saulo tentou segurar um espirito e acabou disparando energia forte demais e o mesmo acabou ficando inconsciente. No outro dia quando o Saulo saiu do corpo o espirito ja estava do lado da cama esperando ele com mais dois comparssas, no dia seguinte com três, no outro dia ele mandou um espirito plasmado de mulher para desestabilizar o paim Saulo. E teve outra vez que quando ele saiu do corpo ele ouvir espiritos dizendo: Lá vem ele, Lá vem ele e quando ele desceu as escadas os caras começaram a jogar tudo quanto é coisa nele (panelas, facas, etc.) Só que ai ele já estava mais tranquilo pois sabia que aquilo não poderia machucá-lo. O que quero dizer com isso é que se brigar com um espirito só já trouxe bastante problema pra ele imagina se ele tivesse feito um EV e arremessado todos os 30 pra longe... tem situações onde manter a calma e não fazer nada é melhor que tomar alguma ação precipitada.

Abraço e espero ter ajudado.

Mas Deus prova o seu amor para conosco em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Olá, amigo Thours,

Peço desculpas na demora em responder, pra lhe ser sincero nem havia visto esse tópico, mas vamos lá, agora achei ele, rs.

Sim, tive um trauma nessa época, por falta de preparação e maturidade, o que acontece com todo projetor que não estuda, apesar que naquela fase ainda estava em aprendizado e os conhecimentos não eram tão difundidos como são hoje em dia.

Naquela época eu ainda não tinha um bom domínio energético, e alem do mais, o assedio foi muito forte para a minha imaturidade, e mais ainda, em catalepsia há uma grande confusão energética e não estamos com a liberdade espiritual plena. É até uma sacanagem o que fizeram, pois, em catalepsia ficamos insensíveis, confusos, até mesmo meio que “bêbados”, por causa da repercussão da aura (faixa de atividade do cordão de prata).

Por esse motivo, nem que eu quisesse eu poderia fazer algo ali. Além do mais, mesmo com toda a preparação, nao som x-men, giban, Jaspion ou o Chapolin colorado, rs, para sozinho dar conta de mais de 30. Apesar que não estava sozinho, eu devo ter relatado o mentor que eu via, de branco, e a musica calma que ouvia e ele me dizendo para me manter em boa sintonia pois não estava só. Eu me traumatizei, verdade, mas mesmo naquele momento difícil (já superado, claro), a espiritualidade estava por perto, amparando e ajudando de forma forte. Foi um aprendizado e tanto. E também, o correto não é pensar em briga, em ataque, ou defender bruscamente. A melhor defesa é a maturidade e um sentimento elevado. O amor que é liberado não precisa de defesa, pois, o amor não ataca, nem defende e mesmo assim domina totalmente a situação e faz o mais duro de coração amolecer... E caso fique difícil, ele compreende e mantém a calma em saber que mais cedo ou mais tarde, a criança irá amadurecer e virar hominho, rs. Faz parte.

Inclusive, faremos um áudio novo, específico sobre o medo. Para ajudar de forma mais simples e direta a melhorarmos essa visão em relação a isso. Um áudio onde mostraremos como pensam esses espíritos, qual é o grau de consciência deles e por quê nao devemos ter medo.

Muita paz,

Saulo

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...
Olá, amigo Thours,

Peço desculpas na demora em responder, pra lhe ser sincero nem havia visto esse tópico, mas vamos lá, agora achei ele, rs.

Sim, tive um trauma nessa época, por falta de preparação e maturidade, o que acontece com todo projetor que não estuda, apesar que naquela fase ainda estava em aprendizado e os conhecimentos não eram tão difundidos como são hoje em dia.

Naquela época eu ainda não tinha um bom domínio energético, e alem do mais, o assedio foi muito forte para a minha imaturidade, e mais ainda, em catalepsia há uma grande confusão energética e não estamos com a liberdade espiritual plena. É até uma sacanagem o que fizeram, pois, em catalepsia ficamos insensíveis, confusos, até mesmo meio que “bêbados”, por causa da repercussão da aura (faixa de atividade do cordão de prata).

Por esse motivo, nem que eu quisesse eu poderia fazer algo ali. Além do mais, mesmo com toda a preparação, nao som x-men, giban, Jaspion ou o Chapolin colorado, rs, para sozinho dar conta de mais de 30. Apesar que não estava sozinho, eu devo ter relatado o mentor que eu via, de branco, e a musica calma que ouvia e ele me dizendo para me manter em boa sintonia pois não estava só. Eu me traumatizei, verdade, mas mesmo naquele momento difícil (já superado, claro), a espiritualidade estava por perto, amparando e ajudando de forma forte. Foi um aprendizado e tanto. E também, o correto não é pensar em briga, em ataque, ou defender bruscamente. A melhor defesa é a maturidade e um sentimento elevado. O amor que é liberado não precisa de defesa, pois, o amor não ataca, nem defende e mesmo assim domina totalmente a situação e faz o mais duro de coração amolecer... E caso fique difícil, ele compreende e mantém a calma em saber que mais cedo ou mais tarde, a criança irá amadurecer e virar hominho, rs. Faz parte.

Inclusive, faremos um áudio novo, específico sobre o medo. Para ajudar de forma mais simples e direta a melhorarmos essa visão em relação a isso. Um áudio onde mostraremos como pensam esses espíritos, qual é o grau de consciência deles e por quê nao devemos ter medo.

Muita paz,

Saulo

Obrigado pela resposta Saulo!!

É muito interessante escutar os seus audios, as vezes até parece que estou ouvindo uma narração de um jogo de RPG (kkkk estilo Diablo), só que agora com imersão total do jogador, com poderes especiais e tudo o mais hauahuahauahua (coisas que nenhuma empresa de video game conseguiu realizar até hoje).

Saulo, já tive algumas experiências fora do corpo, mas espero conseguir um dia ter experiências totalmente conscientes como as suas.

Muita luz pra todos!!

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...