Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Proposta de experiência com a técnica de clarevidência


Recommended Posts

Boa tarde Galera,

Sempre tive muito interesse na clarividência, então resolvi propor a todos, que façamos uma experiência usando a técnica frontal do Saulo. A idéia é fazer a técnica rigorosamente por 30 dias consecutivos e ir documentando as percepções que possam estar vinculadas a esse respeito. Sei que o desenvolvimento de uma faculdade leva muito mais tempo que isso e que meros 30 dias não fazem quase diferença alguma em uma vida média (80-90 anos), ou então na nossa existência como Espírito (infinita :lol:). Caso ninguém mais tenha interesse, serão apenas os meus posts e teremos um resultado menos preciso a respeito dos efeitos do uso da técnica nas pessoas em geral.

Para que a experiência seja válida, acredito ser necessário informá-los a respeito das minhas vivências nesse sentido, afinal, acredito que ninguém desse grupo está realmente começando do zero, nem que estejamos falando de outras vidas e isso vai repercutir nas facilidades e/ou dificuldades apresentadas na experiência.

Até hoje só tive 2 experiências de forma direta no que diz respeito a clarividência, em uma eu era criança e na outra, estava no fim da adolescência e depois nadica de nada :cry: , em ambas acredito ter visto um espírito por um curto período de tempo e depois este desapareceu. Sobre qualquer outra percepção do astral que diz respeito as faculdades do frontal, só intuiçôes mesmo, percebidas principalmente em diálogos com minha esposa (que somos muito proximos, então isso auxilia bastante) e algumas vezes na reunião mediúnica que participo.

Sobre V.A. e recordações, tive aproximadamente uns 6 ou 7 sonhos lúcidos que me lembre (antes de começar a frequentar um centro espírita eu não me preocupava em anotar sonhos ou mesmo em recordá-los, então só posso dizer com certeza dos últimos 5-6 anos) e uma única projeção consciente, sendo que esta em alguns momentos houve uma redução do nível de lucidez e um posterior retorno da mesma. Sobre sonhos, apartir do momento que comecei a anotá-los, sempre me lembro de alguma coisa, uns são bem detalhados e longos, outros curtinhos e raríssimas vezes não me recordo de nada.

Sobre a técnica do frontal, já fiz algumas vezes e sinto que houve uma melhora na minha intuição e isso aconteceu principalmente no início, quando eu era mais assíduo. Identifiquei isso, lendo melhor os sentimentos/emoçoes das pessoas quando estas conversavam comigo (e verificado durante a conversa), ou terminando frases de diálogos. E durante a reunião mediúnica, nesse período inicial, tinha uma percepção melhor do que dizer durante o dialogo com os espíritos.

Bom, essa foi a introdução, como já falei, a minha proposta de experiência é fazer a técnica do frontal do Saulo por um mês consecutivo (este mês de novembro de 2010) e ir narrando as minhas percepções. Com o passar do tempo, acredito que a técnica do Saulo seja insuficiente para progredir no grau de dificuldade estive pensando em editá-la e aumentar o tempo da técnica (só a parte do final, onde se mentaliza o OM e vai iluminando a letra O, OM e M, e vice versa), inicialmente eu dobro esse tempo e depois triplico. Mas isso é mais pra frente, pois de início vou partir do pressuposto que meu frontal está "enferrujado" e preciso malhar antes de ir pra exercícios mais intensos :D .

Quem quiser, pode acompanhar o post, fazendo o mesmo procedimento e postando os resultados obtidos por vocês ou só lendo mesmo ;) .

Caso eu realmente edite a técnica do Saulo, eu posto um link para vocês baixarem, de modo que todos façamos usando o mesmo áudio, assim temos um grupo de teste homogêneo (pelo menos no que diz respeito a técnica em si, uma vez que somos espíritos em evolução e cada um está numa etapa, sob o prisma de todos aspectos evolutivos do ser).

Um grande abraço a todos e espero que este post seja produtivo,

Leo.

Ps.: Agora é hora de botar a disciplina em prática.

02/11/2010 1º Dia

Fiz a técnica em casa, a noite em um ambiente escuro e tranquilo. Ao terminá-lo, tive uma sensação boa, e fiquei sentindo uma suave pressão sobre o frontal (essa normalmente é a minha percepção ao trabalhar este chakra, como se alguém estivesse colocando a mão em minha testa, ou dois dedos, caso o exercício não tenha sido muito intenso). Logo após isso, deitei para dormir e fiz a técnica compacta2, onde percebi que enquanto fazia a pulsação, em qualquer parte do corpo, sentia a repercussão no frontal. Foi assim até pegar no sono, acordei 2 vezes de madrugada e me recordo de 3 sonhos comuns.

Bom, pra fechar, como era de se esperar para o primeiro dia, nada atípico, exceto para a pressão no frontal.

03/11/2010 2º Dia

Segui o mesmo esquema da noite anterior fiz a técnica mais ou menos no mesmo horário, mas estava bem mais cansado devido aos compromissos do dia, então não consegui manter muito bem a concentração, e como estava distraído tive que me esforçar por voltar o foco para o que estava fazendo umas 3 vezes. Quando terminei a técnica, resolvi fazer a do Cabral pra ver, achei bacana e como tinha acabado a do Saulo, a sensibilidade foi muito boa. Obrigado pela sugestão Luan, talvez eu mantenha a pratica das duas em conjunto, mas sem aquela harmonização inicial, se tiver que fazer alguma harmonização, prefiro fazer a pulsação da técnica compacta, pois consigo sentir melhor os chakras.

Resultados: Despertei me lembrando de apenas um sonho bem confuso e não tive percepção espiritual alguma, nem mesmo aquela pressão no frontal foi muito forte, certamente é porque fiz a técnica de forma meia boca mesmo :lol:

#Atualizado#

O dia transcorreu normalmente, exceto pelo fato que fiquei com sono o dia todo, que só melhorou quando cheguei ao CE que frequento e dei uma cochilada (pois cheguei bem cedo), mas como levantei mais cedo que o normal, então está tudo certo. Ao fim do dia, senti dor de cabeça, uma impaciência incomum e uma energia ruim, mas isso é algo que já aconteceu anteriormente em dias de reunião mediúnica, então, sem novidades.

Durante a reunião minha intuição aparentemente estava dentro do padrão, a única coisa diferente é quem em um momento específico tive a impressão de ver de relance uma luz azulada no alto da sala, mas quando me virei para ver melhor, esta não estava mais lá (a visão dessa luz durou alguns milésimos de segundo, mas consegui vê-la com perfeição).

04/11/2010 - 3º Dia

Fiz a técnica, mas mais tarde que o normal (23:00), por ter assistido o vídeo do FAQ do Saulo ontem a noite. Tive pouca sensibilidade no frontal e não tive nenhuma percepção. Acordei de madrugada para fazer a técnica projetiva 2, mas não consegui levantar e acabei dormindo novamente. Ao despertar pela manhã, me recordo de 2 sonhos comuns (um quando acordei pela madrugada e o outro pela manhã).

Obs.: Novamente fiz a técnica do Saulo e do Cabral, nessa ordem.

05/11/2010 - 4º Dia

Como tenho sentido uma certa queda na minha sensibilidade e atribuo isso ao fato de não estar fazendo a técnica direito (me distraindo durante a execução e perdendo o foco), optei por fazer a técnica também no horário de almoço do trabalho. Tanto durante o dia, quanto à noite, fiz a técnica do Saulo e depois a do Cabral e em consequencia (acredito eu), o efeito a noite foi bem mais sensível, pude perceber claramente o meu frontal enquanto executava os exercícios e durante o dia, em alguns momentos eu sentia o frontal, quando me esforçava por lembrar alguma coisa ou raciocinava durante o trabalho (sou analista de sistemas), mas foi só isso, intuição ou percepção espiritual mesmo nada... :-(.

Ah, só um detalhe, pra quem for tentar fazer as técnicas no trabalho, as técnicas feitas em casa e a noite são muito mais intensas, não sei se por causa de acoplamento áurico, atmosfera energética, barulho ou o que for.

#Atualizado#

Durante a reunião só tive uma percepção nova, senti bem o meu cardíaco durante um bom tempo, mas isso não tem como saber se é ou não vinculado a pratica do frontal, então em minha opinião, acredito que não tem vinculo uma coisa com a outra, o mais provável é que estava presente algum espírito mais evoluído nesse sentido (bondade, amor, etc) e acabei por percebê-lo.

06/11/2010 - 5º Dia

Fiz a técnica do Saulo e do Cabral durante o dia, e a noite fiz apenas a do Saulo. Ah, tenho que ressaltar que durante o dia fiz a técnica completa 3, até a parte do EV. pra dar uma melhorada nas energias.

Tive 2 sonhos, do primeiro eu não me lembro nada, já do segundo aconteceu uma coisa interessante, ao contrário dos sonhos anteriores, eu lembro de estar atuando durante o sonho. Vou explicar melhor, você pode se recordar de um sonho de 2 formas, numa você o assiste, como num filme (do tipo, em 3ª pessoa) ou se lembrar como algo que você realmente fez, mas estando ali no controle da situação (em 1ª pessoa). Acredito que essa diferença acontece de acordo com o nível de lucidez, ou talvez por eu ter feito a pratica energética durante o dia... :? Ta aí mais uma coisa pra perguntar pro meu mentor quando desencarnar, vamos ter uma conversa longa hehehehe :lol: .

07/11/2010 - 6º Dia

Apenas fiz a técnica do Saulo a noite (23:30), fim de semana é osso, e por isso acabei cochilando durante a técnica (e olha que eu estava sentado heim :lol:).

Me lembro apenas de um único sonho que foi até grande, pena que não foi bom :cry:, pois é, pesadelo a noite toda e me lembro de tudo, ta aí a contraparte de se fazer técnicas e tudo mais, bem que o Saulo avisa, "vai lembrar de tudo, das coisas boas e das ruins", mas bola pra frente, isso não é motivo pra desanimar ;) .

E como era óbvio de se esperar, não tive nenhuma repercussão durante o durante o dia todo, se bem que acho que já vale a pena citar, eventualmente meu frontal tem pulsado, ainda não consegui determinar o motivo, mas normalmente estou concentrado quando isso ocorre e isso era algo que não acontecia antes de iniciar a experiência. No mais não tive nenhuma percepção ou intuição que mereça destaque.

08/11/2010 - 7º Dia

Fiz apenas a técnica do Saulo a noite, não tive muitas sensações, pois não consegui manter bem a visualização.

Tive 2 sonhos comuns, e me lembrei pouco deles. Durante o dia fiz a técnica do Saulo e do Cabral (nada como voltar a semana pra botar as coisas nos eixos :D). Durante o dia não tive percepções dignas de nota.

09/11/2010 - 8º Dia

Fiz a técnica do Saulo a noite, foi legal, senti bem o frontal.

Tive um sonho apenas, pesadelo, pra variar :( , acho que vou trabalhar melhor a exteriorização e o EV antes de dormir, pra ver se melhora esse lance de pesadelo :|

Durante o dia não tive percepções :( .

10/11/2010 - 9º Dia

Fiz a técnica do Saulo e do Cabral e a sensação no frontal está ficando mais forte :D .

Tive um "sonho" com uma lucidez um pouco acima do normal... na verdade acho que o pesadelo dessa noite está muito proximo de um passeio pelo nosso querido umbral com baixa lucidez :oops: , devido a realidade de algumas cenas que consigo me lembrar :cry: .

Durante o dia não tive percepções, exceto o frontal ficar pulsando algumas vezes e acho que vale ressaltar que tenho sentido bem o frontal quando faço pulsação em qualquer outra parte do corpo. Bom, por hoje acho que é só isso ;) .

Obs.: Não tive reunião mediúnica hoje para comentar a respeito.

11/11/2010 - 10º Dia

Fiz a técnica do Saulo, mas fiz tarde, então foi bem meia boca, até cochilei numa parte :lol:

Tive um único sonho, e bem grande por sinal, quando acordei me lembrava da maior parte, mas foi bem onírico, não passa nem perto de uma VA.

Durante o dia aconteceu uma coisa interessante de relatar, solicitei ao meu gerente a alguns dias, que me trocasse de equipe, pois estou na mesma há 2 anos, e acho que está na hora de mudar de ambiente. Bom ontem tive uma intuição de que caso trocasse de projeto, poderia ter de fazer hora extra e me preparei para um eventual bate papo nesse sentido (e negar esse possível pedido, pois não tenho intenção de fazer hora extra, devido a outros compromissos que já assumi). Pra encerrar a história, hoje pela manhã meu gerente esteve onde trabalho (trabalho alocado em cliente, então ele só vai lá eventualmente), o que não era planejado e ele raramente faz isso (ir até este cliente sem avisar) e veio justamente me perguntar se eu não queria fazer hora extra em outro projeto, antes de mudar de equipe em definitivo.

Agora fica a dúvida, essa intuição posso ter tido divido a experiência profissional ou devido ao trabalho no frontal. :lol:

12/11/2010 - 11º Dia

Fiz a técnica do Saulo e do Cabral e a repercussão foi boa, senti bem o frontal e as energias.

Tive um sonho curto e me recordo pouco dele, logo que despertei me lembrava de algo, mas como acordei atrasado pra ir trabalhar :lol:, deixei pra anotar quando chegasse lá, bom, não é preciso ser adivinho pra saber que quando cheguei lá, já não lembrava de nada :(.

Durante o dia tive uma percepção, mas não tenho certeza, quando um amigo chegou perto pra conversar sobre um assunto do trabalho, tive a impressão de ver um tipo de névoa proximo a ele, mas não era opaco como uma névoa, parecia mais que havia uma água, sei lá... na hora ele estava contra a luz e foi bem rápido, mas não dá pra ter certeza ainda. Vou ficar atento pra ver se isso acontece novamente.

Na reunião mediúnica, não vi nada e nem tive percepções, só algumas intuições e o hábito de pensar sem freio que ficava me incomodando enquanto eu tentava me concentrar :cry:

13/11/2010 - 12º Dia

Fiz a técnica do Saulo e senti bem o frontal

Tive um sonho comum que me lembrei dele sem problemas.

O dia foi muito corrido hoje e não tive percepções, mas tive um mau humor que tava osso :lol:

14/11/2010 - 13º Dia

Tentei fazer a técnica do Saulo deitado pra ver a repercussão, bom, o problema do Saulo = Sono funcionou perfeitamente, hehehe :lol: claro que caí no sono.

Como era de se esperar, não tive repercussões durante o dia, só a boa e velha sensação no frontal que ganhei em momentos aleatórios durante o dia, que já vem ocorrendo desde o inicio da experiência. Fim de semana é osso pra mim, não consigo manter a disciplina de jeito nenhum :cry:

15/11/2010 - 14º Dia

Cabra macho que sou :lol:, tentei fazer a técnica deitado novamente, e é claro, dormi denovo :( então agora vou deixar esse lance de lado e continuar como estava fazendo mesmo.

Tive um sonho recorrente da minha infância e me lembrei até bastante dele, quando acordei, e por falar nisso, nada como acordar as 10:00 numa segunda feira de feriado :P

Sem repercussões durante o dia.

16/11/2010 - 15º Dia

Aeeee, nada como voltar ao dia a dia pra botar as técnicas em ordem :D. Fiz a técnica do Saulo bem concentrado e tive uma sensação forte no frontal.

Acordei bem mais cedo que o meu habitual (05:20 :shock: ), pra levar minha esposa ao aeroporto (ela viajou a trabalho) e quando despertei, levantei rapidamente (senão ia dormir denovo :lol: ) e tive uma forte impressão de estar fazendo alguma coisa no plano espiritual e ter sido interrompido no meio, ao menos a sensação não era ruim.... :lol:

Durante o dia fiz a técnica novamente e senti o frontal novamente com intensidade, talvez tenha sido a vez que senti com mais intensidade o frontal até hoje.

Sobre repercussões, só tive uma pequena intuição durante o dia, pensei em tomar café na padaria, ao invés de fazer isso no trabalho (que é o meu cotidiano), mas daí lembrei que chegaria atrasado e tals, mas veio aquela vontade de ficar ali na padaria. Resisti a essa vontade e só comprei o pão e fui pro trabalho. Chegando lá, o sistema de ponto estava fora do ar, ou seja, eu poderia ter tomado meu café tranquilo sem problemas.... :lol:

17/11/2010 - 16º Dia

Eita, hoje foi o dia, bom vamos lá. Fiz a técnica do Saulo com bastante atenção e quando faço isso, tenho notado uma significativa melhora nas sensações do frontal. E durante a técnica, tive umas imagens mentais bem fortes, pena que era alguem querendo me atacar, e não nada de bom :(, mas paciencia. Agora o interessante mesmo é que vi algo branco pelo canto do olho esquerdo, é como se tivesse algo claro lá, e fiquei na duvida, uai, fechei ou nao os olhos? então passei a mão pra ver (pois a sala estava bem escura e estava de olhos fechado hehehe) isso foi bem interessante, mas logo sumiu.

Dormi tarde, mas ainda consegui acordar de madrugada, graças ao celular, já que minha esposa viajou, agora não preciso colocar no vibracall :D. Mas fora isso tive sonhos normais.

Durante o dia, empolgado com o lance da luz, fiz a técnica mais uma vez e percebi mais uma coisa legal. Como no trabalho, se fecho os olhos por 30 minutos de técnica, certamente algum amigo vai acabar me cutucando, pensando que estou dormindo, então faço de olhos abertos mesmo, olhando pro monitor. Daí o que percebi é que quando voce se concentra muito (eu pelo menos), a visão embaça, e fica como se voce estivesse vendo por um véu. É igual aquelas fotos onde se destaca um plano em detrimento de outro, quando isso acontece, um fica nítido e o outro embaçado, bom é igualzinho, mas tudo fica embaçado :lol: exceto o O e o M que deixo no meio do texto da tela, para ajudar a mentalização dos 30 cm (que tenho dificuldade de ter noção da distancia de olhos fechados). Fora ter notado isso, não houveram repercussões (claro que estou ciente que isso é repercussão física, não tem nada a ver com clarividência).

E pra fechar o dia, durante a reunião mediúnica senti bem o frontal e enquanto conversava com um espírito após o amparo, falei que tinha uma pessoa ao lado dele e que ia explicar melhor as coisas, para ele ficar tranquilo, então ele me agradeceu e eu disse, agradeça a Deus meu irmão, pois é ele que tem misericórdia por todos nós e o espírito riu e disse, que engraçado, voces dois falaram exatamente a mesma coisa.

Resumindo, fiquei super empolgado com o dia de hoje ^_^.

18/11/2010 - 17º Dia

Bom, a vida tem seus altos e baixos, e hoje eu estava num baixo :lol:, fui fazer a técnica muito tarde, bom, estava mais cochilando que acordado (e isso sentado heim :shock: ) então quase não tive sensações durante a "execução" da técnica :cry: .

Tive um sonho um pouco mais nítido, talvez porque durante ele eu me machuquei (cortei a mão e tive que levar pontos, hehehe agora é até engraçado lembrar), então a imagem mental foi bem forte e me lembrei bem dele.

Durante o dia não tive repercussões, mesmo fazendo a técnica novamente durante o dia.

19/11/2010 - 18º Dia

Fiz a técnica do Saulo com uma certa concentração, não foi das melhores, mas ao menos melhor que a do dia anterior :lol:. Senti a já costumeira sensação no frontal, mas não tive nenhuma percepção fora isso.

Tive um sonho comum, do qual tive uma lembrança até boa dele, deu pra escrever bem no caderninho de sonhos.

Durante o dia fiz a técnica no trabalho, mas fui interrompido, então também não foi das melhores.

A noite tive reunião mediúnica novamente e nessa sim tive algumas percepções que vale relatar. Após o início da parte prática da reunião, pouco antes da médium que estava ao meu lado dar passividade (nesta reunião eu participo como vibracional), senti como se alguém chegasse ao meu lado, ou a aura dela (médium) como que se expandisse e cobrisse uma parte do meu corpo, isso durou alguns minutos, quase a passividade toda, só parei de sentir quando o espírito aceitou o amparo. Junto a isso, pouco depois que começou o diálogo, senti também um desconforto no chakra umbilical, mas este acabou alguns instantes após o término da passividade. Talvez algum mentor estava usando as minhas energias para auxiliar aquele espírito ou algo do tipo.

Acho que vale ressaltar que esse sentir a suposta "aura" da medium, ou o espírito comunicante, foi a primeira vez que tive.

Sem mais percep... hummm, não sei se vale falar, mas novamente de olhos fechados, visualizei algumas luzes (foi durante a reunião e a sala estava escura), mas isso pode ser qualquer coisa, e não foi nada concreto, mas tive a impressão nesse momento de começar a ver algum quadro mental, mas é muito sutil, por isso fiquei na dúvida de comentar. Se essas "visões" persistirem, ou acenturarem, volto a comentar sobre elas.

20/11/2010 - 19º Dia

Fiz a técnica do Saulo, mas não tive muita percepção, acho que estava meio desconcentrado, por problemas do dia a dia.

Sobre sonho, bom, acordei cedo, devido a um compromisso e logo que acordei, me lembrava de algo dele, mas agora já não faço idéia de mais nada :lol:

Durante o dia não tive percepções.

Pra mim, nos fins de semana, tenho menos percepções, pois muda o cotidiano e tudo mais :(

21/11/2010 - 20º Dia

Fiz a técnica do Saulo mais meia boca de todas até hoje :lol:, tanto que dormi na parte da visualização (enquanto ele explicava a iluminação do OM) e de repente o Saulo corta o que ta dizendo e diz, muita paz e luz :shock: aí dei uma olhada ao redor e depois olhei no celular o tempo da técnica e eu tinha cochilado nesse período, ah, esqueci de dizer, e sim, isso foi sentado :D.

Bom, durante o dia o frontal pulsou como de costume, quando me concentrava pra alguma atividade e nos momentos que fazia prece também, por falar nisso, desde que comecei com a experiência da técnica que o frontal pulsa que é uma beleza durante as preces. Fora isso não tenho outras percepções a relatar.

22/11/2010 - 21º Dia

Agora engatando a 5ª marcha e investindo na disciplina, pra encerrar o ultimo 1/3 do período da experiencia, fiz a técnica do Saulo com uma boa concentração.

Acordei 2 vezes a noite e me recordo de 3 sonhos, sendo que o segundo deles, foi um pesadelo, até bem lúcido diga-se de passagem, onde andei passeando pelo umbral.

Durante o dia não tive percepções, na verdade, em um dos sonhos eu estava lendo a revistinha do scott pilgrim e me recordo de um dos quadrinhos, então quando eu ler, vou ficar atento e se esta imagem que me lembro estiver na revista eu comento. Fora isso não tenho novidades.

23/11/2010 - 22º Dia

Como fui deitar tarde, tive que fazer um baita esforço, mas consegui fazer a técnica do Saulo. Neste momento não tive percepções.

Tive um sonho comum e me lembrei parcialmente (digo parcialmente, pois quando despertei pra valer, fiquei com a sensação de que tinha mais coisas, mas que não conseguia me lembrar o que era).

Durante o dia, não tive percepções, apenas o de sempre. Ah, tentei fazer a bricadeira que o Cabral sugere no audio sobre clarevidência (advinhar as cartas do baralho), mas errei feio hahahha. Acho que até agora pra valer mesmo, só tenho melhorado a intuição e a empatia, mas clarevidência pra valer, é provável que terei de extender os 30 dias por mais algum tempo. E como não consigo fazer 2 técnicas antes de dormir, não tenho feito a projetiva e tá dando uma saudade de fazê-la.... é quase uma vontade de tomar banho :lol:

24/11/2010 - 23º Dia

Fiz a técnica do Saulo quase completa, dei uma cochiladinha, mas não perdi quase nada, mas não tive percepções durante o processo.

Tive um sonho e que me recordei bem dele, tanto que até acredito que estava inconsciente no astral e recobrei um pouco da consciência, mas estranhei tudo, o que tava fazendo ali, onde está minha esposa, ja que estou viajando... etc, e assim como recobrei a lucidez, ela se foi e não lembro de mais nada :D .

Durante o dia, fiz a técnica mais uma vez no horário de almoço e vale ressaltar que estava com dor de cabeça, e ao final da técnica percebi que ela passou, mas mesmo assim, não tive percepções.

Na reunião mediúnica o frontal bem forte durante a maior parte do tempo e nos diálogos tive bastante segurança do que dizer, incluindo assuntos (num nível de detalhe) que normalmente evito ao conversar com os espíritos, falando sobre o pai, natureza e outras coisas. Agora o que me chamou atenção foram duas coisas, eu gosto de fazer um joguinho de adivinhação antes da reunião. Como eu que coloco os copinhos de agua para a fluidificação / energização, eu chuto o numero de pessoas que vai participar no dia (pois um ou outro sempre acaba faltando), e hoje acertei na pinta o numero ^_^. Agora de interessante mesmo, o que aconteceu foi que em um momento, fechei os olhos e fiquei em prece, então quando abri, ví o ambiente ao meu lado esquerdo todo escuro e vi um homem de perfil ao meu lado, então a vista foi acertando e o dito homem desapareceu e ali estava a médium, então pouco tempo depois ela deu passividade a um espírito. Agora se o que vi foi o espírito ou não, isso é dificil saber, mas por via das dúvidas, tentei repetir o processo e vieram algumas imagens mentais, mas nada tão intenso quanto da primeira vez, que cheguei a ver o sujeito de olhos bem abertos.

25/11/2010 - 24º Dia

Fiz a técnica do Saulo, mas não tive repercussões.

Tive um dos piores pesadelos que já tive nos ultimos meses, o treco foi quebradeira mesmo, acordei bem deprê por conta disso, mas fiz uma prece, tomei um bom banho e já estava zero bala :D.

Durante o dia não tive repercussões.

26/11/2010 - 25º Dia

Fiz a técnica do Saulo, mas não tive repercussões.

Tive um sonho normal, sem nada a acrescentar durante o dia.

Pela noite, durante a reunião mediúnica me concentrei para ver alguma coisa, mas dessa vez não vi nada, só notei que se me concentrar muito, a visão escurece, e não vejo nada. Nessa hora ainda tentei alguma técnica de frontal, pra conseguir luz, mas não conseguia me concentrar em manter a visão assim e pulsar o frontal ao mesmo tempo, daí tentei pensar em luz, mas não aconteceu nada, então acabei por me desconcentrar da visão e ela voltou ao normal :(. Agora sobre percepção, durante a prece de uma vibracional, ela meio que teve o início de uma passividade (esqueci de citar que esta é uma reunião de educação mediúnica) e neste momento, senti o meu corpo inteiro arrepiar e uma repercussão energética igualmente forte, assim como a velha pressão no umbilical. Esta sensação durou em torno de 1 minuto, que foi o tempo em que ela fez a oração, depois foi reduzindo aos poucos até acabar.

27/11/2010 - 26º Dia

Fiz a técnica do Saulo, mas dormi durante a fase de iluminar o OM, pois fiz a técnica deitado por insistência da minha esposa que queria que eu deitasse com ela ainda acordada (tive que ceder, pois casamento é assim ;) e como ela sempre dorme enquanto faço a técnica na sala, ela está com a impressão que não deito para dormir com ela há quase um mês :lol:)

Tive um sonho normal, mas acabei me esquecendo dele rapidamente, nem deu pra anotar, pois tive que levantar rápido, devido a compromissos.

Durante o dia não tive intuições ou percepções dignas de nota, só a já conhecida e por que não, mais nova membro da família de percepções, pulsação no frontal em momentos diversos do dia.

28/11/2010 - 27º Dia

Fiz a técnica do Saulo e não tive percepções.

Tive um sonho bacana e me recordei bem dele após acordar.

Durante o dia não percebi nada que seja digno de nota e como tive muitos compromissos, nem consegui reparar, nada ao menos em relação a percepção espiritual, mas reparei que nos ultimos dias, toda vez que fico irritado, ou ansioso, ou desequilibrado de alguma forma, tenho tido dores de cabeça, mais alguém tem sentido isso? acho que deve fazer parte do pacote :lol:.

29/11/2010 - 28º Dia

Fiz a técnica do Saulo e não tive percepções.

Levantei rapidamente (tinha que chegar cedo ao trabalho) e não me lembrei do sonho.

Durante o dia não tive percepções. Preciso comentar que estou sentindo falta de fazer a técnica completa, pois só tenho feito a do frontal, uma vez que não consigo me organizar pra fazer as duas. E só pra constar, acho que vou sentir saudade dos posts diários ^_^.

30/11/2010 - 29º Dia

Fiz a técnica do Saulo e essa foi a melhor até hoje :D. Desde que comecei a ouvir o barulho do mar, o frontal já travou ligado, quando mentalizei o OM, tive a sensação bem forte nele, mas não tive nenhuma percepção espiritual.

Tive 2 sonhos e me lembrei deles com bastante nitidez, mas durante o dia não consegui notar nada de diferente.

01/11/2010 - 30º Dia

Fiz a técnica do Saulo, mas não consegui fazer a visualização muito bem. Enquanto fazia a técnica não tive nenhuma percepção.

Durante a noite, tive um sonho que me recordei vivamente de algumas cenas, mas infelizmente foi apenas um sonho :(.

Trabalhei normalmente durante o dia e não tenho nada a relatar sobre percepções, tanto que nem o frontal pulsou hoje.

Tive uma noite atípica, logo de inicio, uma amiga me pediu que lhe aplicasse um passe (já fiz o curso de passe e trabalhei como passista durante algum tempo) e não sei se foi a situação / merecimento dela, mas que passe viu :lol:, depois da prece, senti uma energia muito grande em minhas mãos e antebraços e quando comecei o passe, fechei os olhos e fui executando o procedimento que eu uso como padrão (primeiro dispersivo, depois longitudinal e se sentir necessidade, concentração em alguma região), na parte do dispersivo foi normal, mas durante o longitudinal, percebi claramente uma intensidade energética grande na palma das mãos e essa energia sendo projetada na direção em que as mãos apontavam, foi uma sensação muito boa, que há muito não sentia (apesar de eventualmente ter de aplicar passes durante a reunião mediúnica, nem se comparou a essa sensação.

Tudo acabado, então fui pra reunião e ao final da primeira parte (estudos), senti uma repercussão energética muito forte, como se fosse um tipo de EV, meu corpo pulsou inteiro ao mesmo tempo e travou por alguns instantes com as energias ligadas e depois a sensação diminuiu e acabou :(. Nessa hora até pensei que ia acabar conseguindo ver alguma coisa, mas foi só sensação energética mesmo. Durante a reunião, enquanto conversava com um espírito, me bateu uma tristeza, acho que estava captando o sentimento dele. No final, durante a prece de encerramento, "senti" (tive a sensação de toque nas mãos e me veio a imagem mental da cena, pois estava de olhos fechados) como se caíssem pétalas de rosas sobre todos ali na sala, mas infelizmente mais ninguém percebeu, de modo que não tive a confirmação :( .

Bem foi isso galera, essa foi a nossa experiência, agora vou fazer um levantamento de todo o processo e vou montar um post descrevendo as minhas percepções e os resultados positivos e negativos que obtive nesse período. Ressalto que vou continuar acompanhando as postagens e comentando também (pra não deixar o post "morrer", né Raffael) e que devo continuar fazendo a técnica, talvez até diariamente, mas não vou mais postar todo dia, afinal, a proposta era de 1 mês ^_^. Mas fica aí de incentivo a quem tiver a intenção de estudar os resultados práticos da técnica de clarevidência em uma pessoa comum, e se te interessar, se junte a nós e poste também as suas percepções ;) .

Um grande abraço a todos,

Leo.

**************************************************

Ae Galera,

Estou reativando este tópico e gostaria que quem participou dele inicialmente, exponha se continuou fazendo a técnica ou se parou, e em ambos os casos, as mudanças nas percepções (caso tenham ocorrido).

De minha parte, fiquei este tempo todo (deu uns 4 meses e pouco) sem ter feito nenhuma vez (por diversos motivos) e sinto que a minha sensibilidade deu uma reduzida forte, desde então não tenho "ouvido" os espíritos durante os diálogos nas reuniões mediúnicas, apenas tenho intuições beeeeem sutis e não tenho tido tanta percepção do ambiente e das pessoas. A única coisa que sobrou daquela época é uma sensibilidade considerável do chakra frontal, onde basta que me concentre um pouco ou estude sobre espiritualidade ou faça a técnica projetiva, que sinto a pressão na testa no local do chakra.

Bom, então é isso, vou voltar a fazer a técnica diariamente e vou postando, novamente quem quiser participar e postar também, será muito bem vindo :-), mas agora vou mudar um detalhe, proponho tentarmos por um tempo maior, vamos ver 3 meses e o que acontece.

Um grande abraço a todos,

Leo.

18/03/2011 - 1º Dia - Sexta Feira

Fiz a técnica do Saulo e senti bem o frontal

Tive um sonho comum, mas quando fui anotar, as recordações que tinha se desfizeram e não consegui escrever nada.

Durante o dia não tive percepções e na reunião mediúnica não tive intuições relevantes, mas tive que dar um passe prolongado (dar sustentação mais direta a uma médium numa manifestação dificil) e senti um calor nas mãos muito bom, fazia tempo que não sentia assim tão perceptível..... bons tempos os da sala de passe ^_^.

19/03/2011 - 2º Dia - Sabado

Fiz a técnica do Saulo e senti bem o frontal

Tive 2 pesadelos e acordei algumas vezes a noite, mas nada anormal.

Durante o dia não tive percepções. É, pra voltar no ritmo que estava, acho que vai gastar alguns dias... :cry:

20/03/2011 - 3º Dia - Domingo

Fiz a técnica do Saulo e senti o frontal como de praxe.

Me lembro de ter tido um sonho comum.

Durante o dia não tive percepções, mas bola pra frente.

21/03/2011 - 4º Dia - Segunda

Fiz a técnica do Saulo e senti o frontal.

Tive um pesadelo, mas nada fora do comum

Durante o dia não tive percepções. Eita iniciozinho cabeludo.... :-(

22/03/2011 - 5º Dia - Terça

Fiz a técnica do Saulo e senti o frontal.

Tive um pesadelo, e rolou a primeira "repercussão", enquanto estava lá no dito cujo, me ocorreu, cara, isso é um pesadelo e tentei sair dele, mas como estava dificil, acabei foi acordando, bom, já é alguma coisa hehehe ^_^.

Durante o dia não tive percepções.

23/03/2011 - 6º Dia - Quarta

Fiz a técnica do Saulo e cochilei durante a execução ^_^.

Tive um sonho normal e a lucidez era baixa, mas melhor do que os que tenho tido antes de voltar a prática.

Durante o dia não tive percepções.

A noite na reunião mediunica, a intuição parece estar melhorando e o dialogo foi bem tranquilo.

24/03/2011 - 7º Dia - Quinta

Fiz a técnica do Saulo e novamente cochilei durante a execução, é não tem jeito, vou fazer sentado na poltrona, nem sei porque insisti em tentar fazer na cama.

Tive um sonho normal e praticamente sem lucidez nenhuma, só recordação do que rolou e como se fosse real, independente do quão onírico ele se apresentou em alguns momentos.

Durante o dia não tive percepções.

25/03/2011 - 8º Dia - Sexta

Fiz a técnica do Saulo sentado na sala, mas estava com sono e não consegui manter a atenção satisfatoriamente, mas ao menos eu não dormi ^_^.

Tive um sonho normal com pouca lucidez.

Durante o dia não tive percepções.

E a noite na reunião mediúnica foi bacana, só conversei com um espírito e não "ouvi" o que tinha de dizer (igual na ultima experiência) e nem um intuição forte, mas o que aconteceu foi que eu imaginei o que deveria dizer, cara, agora como que explico isso, igual quando a gente pensa em alguma coisa (se você se concentrar minimamente, consegue ver a cena em questão), foi tipo isso que aconteceu, mas não fui eu quem pensei, apenas vi as imagens mentais meio por alto, e fui dizendo sobre o que via, com o espírito.

26/03/2011 - 9º Dia - Sábado

Fiz a técnica do Saulo, foi meia boca, porque fim de semana pra mim é osso, sempre tenho muitas atividades ;-)

Quando acordei o sonho desapareceu da minha mente antes que conseguisse anotá-lo.

Durante o dia não tive percepções.

27/03/2011 - 10º Dia - Domingo

Fiz a técnica do Saulo.

Acordei lembrando até bem do sonho, mas como acordei atrasado, não tive tempo pra anotar, foi só levantar e arrumar para sair para um compromisso.

Infelizmente, durante o dia não tive percepções.

28/03/2011 - 11º Dia - Segunda

Fiz a técnica do Saulo.

Acordei sem recordações do sonho.

Não tive percepções durante o dia, apenas dor de cabeça no fim, então chegando em casa fui dormir.

29/03/2011 - 12º Dia - Terça

Como fui dormir cedo ontem, por estar com dor de cabeça (as 20:30), não fiz a técnica do frontal, mas acordei as 2 da manhã sem sono e resolvi fazê-la e também a compacta 2. Acabei dormindo no fim da compacta e pra minha surpresa, recobrei a consciência em alguma hora da madrugada (estava tudo escuro e não sei dizer o horário), em catalepsia projetiva, sem conseguir me mover, mas com os braços descolados do físico, essa sensação era engraçada, pois eu conseguia sentir o físico ali paradão e os meus braços do astral ficavam balançando no ar, como se estivesse brincando com eles numa piscina, ou como se fosse um boneco de posto (aqueles que agitam os braços por causa do ventilador, mas eles balançam de lado e eu balançava pra frente), ou como se eles fossem tentáculos de um polvo. De qualquer forma, depois de me divertir com a situação, resolvi levantar, e claro, não consegui, então pensei, não vai ser fazendo força que vou sair, então vou tentar um EV que devo conseguir ;) . Me concentrei em focar energia na parte superior da cabeça e imediatamente consegui sentir a pressão das energias, então fiz ela descer para os meus pés e quando ela chegou lá, blackout :cry: só consigo lembrar de abir os olhos de manhã, sem lembrança de sonho algum, mas com a certeza que consegui sair do corpo. O fato de não lembrar me deixou chateado, mas não me importei muito, pois foi a primeira vez que senti a catalepsia.

Obs.: Acredito que nunca havia experimentado a catalepsia antes pois durmo com minha esposa e toda vez que consegui lucidez na projeção, já estava fora do corpo, mas desta vez foi diferente, pois estava muito descansado... eita acoplamento áurico :shock: .

Durante o dia não tive percepções.

30/03/2011 - 13º Dia - Quarta

Fiz a técnica do Saulo e a sensação no frontal tem melhorado a cada dia.

Tive um sonho estranho, longo e que não consegui descrever com profundidade, em alguns momentos parecia um pesadelo, mas não posso classificá-lo assim durante todo o tempo.

Não tive percepções durante o dia e a reunião mediúnica foi tranquila, conversei com o espírito, mas não tive intuição mais direta de nada.

Um grande abraço a todos,

Leo.

31/03/2011 - 14º Dia - Quinta

Fiz a técnica do Saulo.

Tive um sonho comum.

Não tive percepções durante o dia.

01/04/2011 - 15º Dia - Sexta

Fiz a técnica do Saulo e senti a pressão normal no frontal.

Não me recordei do sonho.

Não tive percepções durante o dia, mas escutei novamente os audios do Cabral sobre clarevidência (http://www.4shared.com/dir/4uAsq-GJ/Cur ... l_3_P.html) e me animei a fazer as 2 técnicas todo dia, um no princípio e outro no fim do dia, mas vamos ver se consigo me organizar.

Durante a reunião mediúnica, não tive percepções relevantes, até porque teve mais manifestação dos mentores e por isso eu quase não tive oportunidade de dialogar.

02/04/2011 - 16º Dia - Sabado

Devido a correria das tarefas do fim de semana, não consegui fazer a técnica :-(.

Não me recordei do sonho.

Não tive percepções durante o dia.

03/04/2011 - 16º Dia - Domingo

Novamente, não consegui fazer a técnica :-(.

Não me recordei do sonho.

Não tive percepções durante o dia.

04/04/2011 - 16º Dia - Segunda

Minha esposa viajou e consegui fazer a técnica bem concentrado, mas ainda não me organizei o suficiente pra conseguir fazer a técnica do Cabral.

Me lembrei do sonho, mas não anotei a tempo e acabei esquecendo.

Não tive percepções durante o dia.

05/04/2011 - 17º Dia - Terça

Minha esposa continua fora e consegui fazer ambas as técnicas, apesar de cochilar no fim das duas hehehe, mas ainda assim foi interessante. Ela volta na quarta, então acabou a mamata, mas vai pra um congresso semana que vem, e aí terei uma semana inteira pra praticar ^_^.

Me recordei algumas coisas do meu sonho e anotei.

Não tive percepções durante o dia (tô maus nesse quesito :-( ).

06/04/2011 - 18º Dia - Quarta

Conforme planejado, fiz as duas técnicas.

Não me recordo do sonho, mas rolou uma parada muito engraçada, como eu ainda não havia criado uma playlist com a técnica do Cabral, botei a dita cuja pra tocar no telefone e acabei cochilando, acordei de madrugada com uma musica tocando e coloquei a técnica novamente. proximo da metade, eu dormi outra vez :shock: e acordei em catalepsia. Tentei levantar, mas meu corpo me puxou de volta, tentei denovo e mais uma vez não consegui. Pensei, cara, que doido, to preso no corpo ^_^, tentei um EV, e me assustei bastante com a diferença da sensação, parecia um rolo de macarrão gigante passando por cima de mim, então resolvi tentar outra abordagem (antes que perdesse a lucidez, igual da ultima vez), rolei na cama e tentei me arrastar, até este ponto estava indo tudo bem, mas aí escutei as ultimas palavras do cabral e o telefone pulou pra musica seguinte e voltei pro corpo :-(, então levantei, tomei uma agua e fiz a técnica completa, mas não consegui sair lucido novamente :-(

Não tive percepções durante o dia.

Na reunião mediúnica vi alguns quadros mentais e tenho a impressão de ter visto vultos, mas foi muito rapido e sutil, então não tenho como ter certeza, vou ficar atento e se tiver mais impressões como essa, volto a relatar.

07/04/2011 - 19º Dia - Quinta

Novamente consegui fazer as duas técnicas.

Não me recordo do sonho, mas minha esposa está de volta, acredito que isso possa ter influenciado de alguma forma.

Não tive percepções durante o dia, mas estou com grandes expectativas dessa vez, acredito que se conseguir me manter firme com as técnicas, posso ter um resultado bastante positivo.

08/04/2011 - 20º Dia - Sexta

Fiz as duas técnicas e senti bem o frontal.

Tive um sonho comum, que consegui anotar na boa.

Não tive percepções durante o dia.

Na reunião mediúnica não tive oportunidade de dialogar com os espíritos, apenas dei um passe num médium, mas senti dor de cabeça ao me aproximar do mesmo (espírito bem complicado) e senti bem minhas energias nas mãos, no frontal e no coronário (pra mim foi uma surpresa, pois nunca tinha sentido ele com essa intensidade durante uma reunião.

09/04/2011 - 21º Dia - Sabado

Fiz só a técnica do Saulo por falta de tempo.

Não me lembrei do sonho.

Não tive percepções durante o dia.

10/04/2011 - 22º Dia - Domingo

Fiz só a técnica do Saulo, novamente por falta de tempo.

Tive um sonho confuso, que anotei o que consegui me lembrar.

Não tive percepções durante o dia.

11/04/2011 - 23º Dia - Segunda

Fiz só a técnica do Cabral dessa vez.

Acordei pela madrugada tendo um belo pesadelo, não tive medo propriamente, mas não era algo bom, era no quintal da minha casa e haviam muitos ratos, então já deu pra sacar ^_^. Anotei tudo, porque a perfeição com que me lembrei dele, me dizia ser algo importante.

Fiz a tecnica compacta mas não tive nenhuma experiência.

Durante o dia, houve um desentendimento com minha esposa, por motivos banais, e fiquei chateado, depois concordamos que o motivo da discussão era muito bobo para darmos atenção. No fim do dia fiquei pensando a respeito e senti enjôo, então chegando em casa liguei pra ela (está viajando a trabalho a semana toda) e conversamos a respeito e nos entendemos, daí percebi como haviam acontecido coisas atípicas neste dia (o que mais me chamou atenção foi o enjôo, pois é muito dificil disso acontecer comigo) e me lembrei que na sexta passada, teve um espírito complicado na reunião mediúnica que saiu de lá bem bravo (ainda está em processo de tratamento) e me veio um click, cara, isso deve ter a ver com essa problemada toda ^_^. Bom a meu ver, tive algumas percepções então hehehehe, pena que não foram boas :cry:, mas ainda assim, já é um começo :P

12/04/2011 - 24º Dia - Terça

Fiz novamente apenas a técnica do Cabral dessa vez, tenho notado uma coisa interessante, parece que comigo, quando faço a técnica do Saulo tenho uma percepção maior do frontal (sinto ele pulsando durante a técnica e durante o dia) e mais clareza com intuições. Quando faço a do Cabral, não sinto tanto o frontal, mas as percepções são melhores (sensação de presença, percepção de vultos durante a reunião mediúnica, etc), mas isso pode ser impressão minha, pois como tenho alternado as técnicas, não tem como dizer ao certo :-(.

Não me lembrei do sonho.

Fiz a tecnica compacta mas dormi durante a execução e não tive nenhuma experiência.

Não tive percepções durante o dia.

13/04/2011 - 25º Dia - Quarta

Fiz as duas técnicas.

Despertei com a sensação que tive um sonho longo, como se tivesse feito alguma coisa, mas não consegui me lembrar de absolutamente nada :? .

Não consegui fazer tecnica projetiva, quando faço as 2 técnicas, fico cansado e a projetiva sai meia boca e durmo durante a mesma.

Não tive percepções durante o dia.

A noite na reunião mediúnica foi interessante. Devido a problemas pessoais, só foi uma médium neste dia e a reunião começou bem lenta, pois ela demora a dar passividade. Então enquanto rolava uma mentalização, acabei dando umas pescadas (umas 3 ou 4) e quando isso acontecia, tinha percepções da sala no plano espiritual, isso foi realmente legal. Depois que controlei o sono, tive impressão de perceber vultos na sala, mas era algo muito rápido e de relance, é uma sensação estranha, fica parecendo aqueles filmes de terror mal feito, em que o personagem vê as coisas com o canto dos olhos, mas quando olha, não vê nada e acaba passando por bobo hehehehe. Ao conversar com um espírito (que não queria conversar), fui falando algumas palavras que vieram a minha mente, assim como no momento da prece, saiu muito distante do tipo de prece que normalmente faço. É, o dia de ontem foi bem interessante :pal:

14/04/2011 - 26º Dia - Quinta

Fiz só a técnica do Cabral e a sensação no frontal é realmente intensa.

Não me recordei do sonho.

Não tive percepções durante o dia.

15/04/2011 - 27º Dia - Sexta

Fiz ambas as técnicas.

Tive um sonho estranho e com bastante onirísmo.

Não tive percepções durante o dia.

Na reunião mediúnica tive dificuldade em me concentrar e manter a vibração e não dialoguei com nenhum espírito, tive algumas percepções, mas nada de vidência, mais sensações mesmo :-(.

16/04/2011 - 28º Dia - Sabado

Fiz a técnica do Cabral. Tenho feito mais essa, pois estou editando, então faço alterações e depois testo e como estou sem muito tempo disponível em casa, acabo fazendo só essa.

Não me recordo do sonho.

Não tive percepções durante o dia, foi a mesma correria de sempre. A noite fui no aniversário de uma tia e saí tarde.

17/04/2011 - 29º Dia - Domingo

Não consegui fazer a técnica, tive muitas atividades fora do comum e quando cheguei a noite em casa estava muito cansado e acabei dormindo no sofá enquanto fazia a técnica do Cabral.

Não me recordo do sonho, apagão total, dormi tarde no dia anterior e levantei cedo :-(.

Não tive percepções durante o dia.

18/04/2011 - 29º Dia - Segunda

Fiz a técnica do Cabral e tive as mesmas percepções de sempre, pressão no frontal e uma maior sensibilidade em relação ao ambiente (mas esta ultima percepção pode ser devido ao fato de fazer a técnica a noite e no escuro, e como ela é bem grandinha, é natural que ao terminar os sentidos estejam mais aguçados).

Não me recordo do sonho.

Não tive percepções durante o dia.

19/04/2011 - 30º Dia - Terça

Fiz a técnica do Cabral.

Tive um sonho comum, mas esqueci de anotar no caderno e quando chegou no trabalho eu havia esquecido.

Não tive percepções durante o dia.

Chegando ao primeiro terço do tempo de exercício, estou percebendo uma percepção maior que da primeira vez que fiz a experiência, vi alguns vultos de relance na reunião e tenho sentido mal estar em alguns momentos ultimamente (momentos que podem ter influência espiritual). Acho que até os 90 dias vai dar pra ver alguma coisa mais concreta.

20/04/2011 - 31º Dia - Quarta

Fiz a técnica do Cabral e do Saulo.

Não me recordo de sonho, pois vou viajar a noite e dormi preocupado com isso, e em concluir algumas tarefas no trabalho, inclusive não estive atento a percepções espirituais pelo mesmo motivo.

A noite na reunião, dialoguei com o espírito na boa e tive intuições bem fortes sobre como conduzir a conversa.

21/04/2011 - 32º Dia - Quinta

Fiz a técnica do Cabral.

Não me recordo de sonho, pois cheguei de madrugada e pela manhã um primo da minha esposa entrou no quarto fazendo a maior festa, então acordei de uma vez e não consegui lembrar de nada :-(.

22/04/2011 - 33º Dia - Sexta

Fiz as duas técnicas algumas vezes, pois estava no interior do estado e tive um bom tempo disponível. Inclusive recomendo a todo mundo fazer técnicas energéticas no campo, pois a repercussão é muito boa e a sensação de tranquilidade ajuda muito ^_^.

Tive um sonho comum, pra minha tristeza, pois também fiz técnica projetiva, mas não rolou nem um sonho lúcido.

23/04/2011 - 34º Dia - Sabado

Fiz a técnica do Cabral, mas não consegui me concentrar direito.

Não me lembro de ter sonhado.

24/04/2011 - 35º Dia - Domingo

Fiz as duas técnicas, e tive uma boa repercussão no frontal e na sensibilidade.

Tive um sonho comum.

25/04/2011 - 36º Dia - Segunda

Fiz a técnica do Cabral. Interessante que enquanto estou fazendo a técnica, tenho notado algumas imagens mentais mais vigorosas, talves seja algum tipo de sugestão mental de algum espírito no momento, mas isso é algo dificil de se ter certeza (ao menos antes de abrir a clarevidência pra valer).

Tive um sonho comum e anotei o que consegui lembrar.

26/04/2011 - 37º Dia - Terça

Fiz a técnica do Cabral.

Não me recordei do sonho, pois dormi tarde na segunda.

27/04/2011 - 38º Dia - Quarta

Fiz a técnica do Cabral.

Tive um sonho recorrente que não tinha a muito tempo, de estar dirigindo o carro do meu pai e ficar perdido.

Durante o dia não tive percepções.

Na reunião mediúnica conversei com um espírito e aconteceu algo engraçado, no diálogo ele afirmou que achava que tinha morrido, mas que não encontrou nem céu e nem inferno e que achou aquilo estranho, então não compreendia como poderia estar morto. Ao falar isso senti uma felicidade grande, como se dali em diante pudesse falar com ele as claras, mas ao dialogar, não disse o que queria, e sim algumas palavras de conforto e incentivo, mas quando ia falar sobre tudo do plano espiritual, as oportunidades, explicar como as coisas funcionam, ele me interrompia e falava sem parar, no fim, encerrou a comunicação sem que dissesse o que queria, ao final parece que apesar dele ter percebido a desencarnação, não estava na hora de ouvir.

28/04/2011 - 39º Dia - Quinta

Fiz a técnica do Cabral.

Tive um sonho estranho, que me recordei bem e anotei.

Durante o dia não tive percepções.

29/04/2011 - 40º Dia - Sexta

Fiz a técnica do Saulo.

tive um pesadelo e me acordei muito assustado, algo bem atípico comigo, normalmente eu consigo lidar muito bem com eles, mas este em especial fiquei realmente com medo, tanto que quando a coisa, pois não consegui vê-lo, me atacou, eu acordei gritando e ao que me recorde, desde que saí da infância, isso não acontecia.

Durante o dia não tive percepções.

30/04/2011 - 41º Dia - Sabado

Fiz a técnica do Cabral.

Não me recordei do sonho

No fim do dia tive uma percepção interessante, não é relativa a clarevidência, mas acho que vale a pena narrar. Fui dormir tarde e acabei cochilando na cadeira do computador e entre uma pescada e outra, em estado hipnagógico, eu ouvia uma pessoa conversando comigo. Quando despertei de vez, ainda me recordava de alguma frases.

01/05/2011 - 42º Dia - Domingo

Fiz as duas técnicas.

Mas não tive percepções e nem me recordo do sonho, pois acordei de repente e tive muitos compromissos.

02/05/2011 - 43º Dia - Segunda

Fiz a técnica do Cabral.

Não me recordo do sonho.

Tive o que realmente posso considerar como minha primeira percepção. Quando despertei pela madrugada e andei pelo apartamento (fui tomar agua) e vi de relance uma luz branca, bonita e intensa (vi na sala, enquanto voltava da cozinha, e quando entrei no corredor a percepção se desfez), como se estivesse vendo a aura do ambiente e era um mar de luz branca, não parecia ser alguma entidade, mas sim a atmosfera (esta pode estar neste estado devido a alguma entidade presente, mas a impressão que tive é que vi a atmosfera).

Interessante que a sensação que tive foi muito mais intensa do que a percepção de qualquer vulto durante reuniões mediúnicas e nessa hora tive certeza do que vi, apesar de rápido, ao contrário com os vultos.

03/05/2011 - 44º Dia - Terça

Fiz a técnica do Cabral.

Não me recordei do sonho e nem tive percepções durante o dia.

04/05/2011 - 45º Dia - Quarta

Fiz a técnica do Cabral.

Tive um sonho interessante, em que nele consegui me libertar de alguns medos e auxiliei algumas pessoas, que pra mim no sonho, aparentemente, iria trazer uma exposição a um perigo desnecessário, mas foi muito bom a sensação posterior.

Não tive percepções durante o dia.

Na reunião mediúnica percebi um vulto colocando algo na mesa e desaparecendo em seguida, mas ainda é muito sutil para garantir alguma coisa.

Um grande abraço a todos,

Leo.

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 272
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Olá Leonardo, achei legal sua sugestão pois fiz a tecnica algumas vezes e a unica coisa que eu senti realmente alguma diferença foi na sensibilidade do proprio chakra, até então nem lembrava mais dessa tecnica pois fazia a um tempo mas acho que ainda tenho ela no meu mp3, voltarei a faze-la e vou acompanhar o tópico e se possivel postar alguma mudança que eu tenha sentido!!

xDD

Link to comment
Share on other sites

Olá Leonardo, bela iniciativa, rapaz! Também já fiz bastante a técnica frontal do Saulo, como também, uma que é a frontal mesclada com a completa, que o wellington (kd vc homem?) fo forum me passou.

Agora, como fiz um curso recente, faço diariamente (já tem mais de 1 mês) alguns exercícios de estímulo da hipófise e pineal, que no final das contas, é determinante também para abertura do frontal. A duração do exercício é entre 1 hora e meia e 1 hora e quarenta, até pq ele tem como principal objetivo a saída da matéria.

As grandes mudanças que vi após a realização do exercício foram as que vc citou abaixo:

Sobre a técnica do frontal, já fiz algumas vezes e sinto que houve uma melhora na minha intuição e isso aconteceu principalmente no início, quando eu era mais assíduo. Identifiquei isso, lendo melhor os sentimentos/emoçoes das pessoas quando estas conversavam comigo (e verificado durante a conversa), ou terminando frases de diálogos. E durante a reunião mediúnica, nesse período inicial, tinha uma percepção melhor do que dizer durante o dialogo com os espíritos.

Aumento da intuição e pq não dizer do raciocínio. Quanto a VA, só tive um sonho lúcido neste tempo o que não deixa de ser um pouco frustrante.

Por favor, conte para nós suas experiências. Eu tenho um caderno que anoto tudo que ocorre de diferente durantes e após os exercícios.

abração

Link to comment
Share on other sites

Galera,

Obrigado pelos posts e bora fazer a técnica galera :lol:. Quem ainda não começou, está em tempo ;) . Eagle, valeu pela contribuição, se quiser postar também como está indo a sua evolução usando a sua técnica de frontal, ou mesmo dizer como funciona, será muito bem vindo :D.

Pessoal, optei por ir editando o post inicial a cada dia, mas se preferirem, posso prosseguir fazendo posts diários no processo normal, qual vocês acham melhor?

Um grande abraço,

Leo.

Link to comment
Share on other sites

Eu fiz hoje. Não sei se vou conseguir fazer todos os dias, mas vou tentar.

* 1º dia: Nesse primeiro dia, eu ainda não senti nada de diferente. Ainda sinto um pouco de dificuldade com as visualizações na hora da técnica, o que certamente prejudica o resultado. Mas creio que com a prática diária isso vá melhorando.

abs

p.s.: alguns minutos depois, quando estava lendo um livro, também comecei a sentir um pulsar na região central da testa.

* 2º dia: Bom, não tenho muito a relatar no segundo dia da técnica. Fiz ontem à noite e novamente senti claramente a pulsação na região frontal. Tive um pouco mais de facilidade de visualizar as imagens durante a execução da técnica.

Mas, por enquanto, ainda não senti nenhum efeito durante o dia. Também não me lembro dos meus sonhos.

Vou continuar. Esperemos o resultado.

* 3º dia: fiz ontem à tarde, mas não tenho nada de novo a relatar. Ainda não notei nenhum efeito, a não ser o frontal pulsando em alguns momentos do dia.

Mas tá muito no comecinho ainda, né? Tem que devagar, rs.

* 4º dia: ainda sem novidades. Continuo me esforçando para uma melhor visualização durante a técnica. Na parte do "OM" tenho que me esforçar bastante para visualizar as letras e a luz as iluminando, mas segundo o Saulo a prática diária vai melhorando isso. Por enquanto ainda não senti qualquer efeito. Mantenhamos o trabalho. :)

Link to comment
Share on other sites

Pessoal , boa noite.

Só por curiosidade , vcs sabem as conseguencias de abrir o chakra frontal ?

do que poderá mudar em suas vidas , se estão preparados para o que vão começar a ver ? o que muda com a abertura desse shakra ?

Eu ainda tenho duvidas sobre isso e seria muito esclarecedor para mim.

Obrigado. ;)

Link to comment
Share on other sites

Deltree,

Que nome perigoso esse seu rapaz :D , pra quem ainda se lembra de comandos do DOS, esse aí só era digitado com extrema cautela e quase sempre só fazia mais bagunça do que ajudava :lol:.

Bom, sua pergunta é de extrema relevância e todos devemos pensar nela com carinho antes de tomar a decisão de abrir ou não o frontal, pois uma coisa é certa, de uma forma ou de outra, sua vida vai mudar :shock:.

Quanto a mim, acredito que estou ciente da maioria das situações que isso pode levar e já me decidi por ir em frente, abaixo vou listar algumas questões que já me passaram pela cabeça, sobre as consequências, mas que mesmo assim não me fizeram mudar de opinião:

- Sentir-se mal no ambiente de trabalho devido a estar mais sensível a atmosfera psíquica do ambiente, e continuar trabalhando :cry: .

- Ver as companhias das pessoas (leia-se amigos e parentes) e ainda assim, se esforçar por não interfirir em seus livre-arbítrios.

- Ir tomar um refri com a galera e sentir o ambiente pesado e contaminado pelos frequentadores (quem gosta de churrascão com os amigos que se prepare hehehe).

- Saber que o que vejo, devo guardar para mim e não sair falando.

- Saber que nem tudo que vejo, ou minhas intuições, estão corretas, pois posso estar sendo influenciado a ver o que não está lá, ou não é da forma que imaginei.

- E principalmente, saber que minha casa pode não estar sendo "bem frequentada" e que minha esposa e filhos (estes ultimos estão encomendados pra 2013 :lol: ) podem ser assediados e eu não ter direito de intervir (esse foi o que me mais balançou, ainda assim achei válido continuar com a proposta).

Sei que existem uma infinidade de outras experiências que não enumerei aqui, e que podemos experienciar por tomar essa decisão e que ainda por cima, a maioria das vezes não são boas (tem um audio do wagner sobre isso, que é show, vou procurar e depois posto aqui), e se quiser divulgar mais exclarecimentos a esse respeito, fique a vontade, pois gostaria muito de conversar a respeito, uma vez que todos devem ter consciência de seus atos e tenho certeza que isso irá enriquecer e muito nosso bate papo.

Um grande abraço,

Leo.

Ps.: Mas vale lembrar que clarevidência não acontece com uma única pratica da técnica, tudo é um processo que se desenvolve e vamos nos acostumando gradativamente com isso e caso eu não dê conta do recado, peço penico :lol: e paro de fazer ^_^.

Link to comment
Share on other sites

Deltree,

Que nome perigoso esse seu rapaz :D , pra quem ainda se lembra de comandos do DOS, esse aí só era digitado com extrema cautela e quase sempre só fazia mais bagunça do que ajudava :lol:.

:lol::lol: se esses comandos fossem de valia no campo espiritual .... ;)

- Ver as companhias das pessoas (leia-se amigos e parentes) e ainda assim, se esforçar por não interfirir em seus livre-arbítrios.

Já imaginou isso numa noite de amor ?? e ter espectadores.... :?:o:?:o

- Ir tomar um refri com a galera e sentir o ambiente pesado e contaminado pelos frequentadores (quem gosta de churrascão com os amigos que se prepare hehehe).

Estou perdido , gosto muito de um churrascão :roll:

- E principalmente, saber que minha casa pode não estar sendo "bem frequentada" e que minha esposa e filhos (estes ultimos estão encomendados pra 2013 :lol: ) podem ser assediados e eu não ter direito de intervir (esse foi o que me mais balançou, ainda assim achei válido continuar com a proposta).

Quanto a isso não te preoculpes ...Tranquilo ...pense , vc tendo ou não clarevidencia isso irá acontecer , com todos nós. ;)

Então o chakra frontal não só nos daria a clarevidencia de presentir mas também de ver !?!?! perceber espiritos , bons e ruins !?!? é isso ??:shock:

De qualquer maneira amigo Leonardo , devemos pensar muito nisso de abrir chakras ,eu ainda não tenho o conhecimento o bastante para isso.

...mas espero que tenha força e equilibrio para isso tudo que poderá mudar na sua vida.

Link to comment
Share on other sites

Proposta legal! Mas so vou poder começar dps do vestibular! (sabado agora rsrs)

Mas vcs realmente tem q estar preparados psicologicamente! Imaginem no meio da noite acodar com um cadaver em estado de putrefação ao seu lado!

Vcs estao preparados para isso? Pelo menos ja conseguem andar a noite em casa no escuro sem sentir medo?

Bom,isso he importante pois sem preparo psicologico,a clarividencia pode levar a loucura! Ou vcs acham q alguns internos dos sanatorios realmente nao veem oq dizem q veem? Muitos estao la pq nao souberam manter a boca fechada tbm!

Por isso,pensem bem em todos os detalhes ok! ^^

E ta marcado viu cara! Semana q vem eu retomo a pratica das minhas tecnicas! ^^

E pra quem quiser exercicios pra clarividencia e como trabalhar o medo do escuro e do q vc pode ver,alem dos audios do saulo,eu recomendo ouvirem essa palestra do Cabral. http://search.4shared.com/network/searc ... rividencia

O cara é fera nesse assunto! hehe 8-)

Abração galera! ;)

Link to comment
Share on other sites

Então o chakra frontal não só nos daria a clarevidencia de presentir mas também de ver !?!?! perceber espiritos , bons e ruins !?!? é isso ??:shock:

De qualquer maneira amigo Leonardo , devemos pensar muito nisso de abrir chakras ,eu ainda não tenho o conhecimento o bastante para isso.

...mas espero que tenha força e equilibrio para isso tudo que poderá mudar na sua vida.

Sim amigão, o frontal é responsável pela clarividência (visão direta do plano espiritual, sendo que você verá espíritos do seu nivel evolutivo, e claro, os abaixo), intuições, percepções (sentir o ambiente, mas esta informação também pode vir do umbilical) e é vinculado também a lucidez, tanto em viagem astral, quanto na rememoração dos sonhos.

Um grande abraço,

Leo

Link to comment
Share on other sites

Como eu vi em outro tópico, acho que não precisamos ficar assim tão apavorados.

Duvido muito que a clarividência se dê assim, num estalo, de uma hora pra outra. Provavelmente, fazendo as técnicas, a coisa virá aos poucos. Não vai ser: vou pra cama sem ver nada e no dia seguinte acordo vendo todos os espíritos.

Mas, de qualquer forma, preparação espiritual sempre é importante.

Link to comment
Share on other sites

oiiee que tópico bacana este!bom primeiro eu queria dizer que existem 2 técnicas de frontal aqui no site, tem que ver qual das duas tecnicas a pessoa esta fazendo!!

e eu queria compartilhar a minha experiencia tb! eu fiz a tecnica durante 7 dias( isso no inicio do mes de outubro), nao parei nenhum dia!! e tive uma experiencias legais se vc levar em consideraçao o pouco tempo que eu fiz a tecnica!

o que eu senti foi isso: durante a tecnica eu sentia uma leve pressao na testa, o que é normal sentir quando a gente faz esses exercicios! Mas o legal vinha depois da tecnica, lá no terceiro dia fazendo a tecnica eu começei a sentir meu chackra frontal MUITO FORTE, bem assim a partir do terceiro dia de tecnica, eu fiz tecnica cedo e lá pela noite o meu chakra começou a pulsar muito.. isso aconteceu durante 4 dias enquanto eu fazia a tecnica

e isso se repetiu, eu fazia a tecnica cedo e depois a noite o meu chakra começa a vibrar muito forte, chegava a sentir quase uma dor na testa, acho que é pq meu chakra devia estar muito paradinho coitado, levando uma vida de baiano :D , girando devagar!!!! heheheh ai vem eu e começei a fazer tecnica e ele começou a trabalhar

outras coisas que eu senti foi minha intuiçao cresceu, eu praticamente ouvia os espiritos conversando comigo, veio gente bacana me dar conselho e veio tb gente umbralina atormentar, mas dava pra diferenciar se a intuiçao era boa ou ruim!! enfim eu senti que podia me conectar mais com os espiritos!

eu tb passei a sentir o que as outras pessoas sentiam, sabia quem tava triste e quem tava com energia boa, dava pra perceber bem isso, eu via que a pessoa tava com uma energia limpa so vi umas 2 pessoas assim, o outros tavam meio ruim!

é isso essa foi a minha experiencia, fazendo a tecnica durante 7 dias seguidos: eu senti meu frontal pulsar vibrar, intuiçao aumentou e começei a perceber a energia das pessoas

ah já ia esquecendo os meus sonhos eu nao lembrava deles, so lembrava que o sonho tinha sido longo, sabe aqueles sonhos que tem um historia gigante, era esse tipo de sonho que eu tinha, mas eu nao lembrava deles!

Link to comment
Share on other sites

Cereja, muito legal as experiências que você teve apartir dessa técnica do frontal.Vou começar a faze-la mais para frente talvez quando estiver com um pouco mais de maturidade espiritual...

Meu chakra frontal estava pulsando muitooo tambem uns dias e eu n cheguei a fazer nada de técnicas.Estava me sentindo muitoo negativo, com muitas duvidas na cabeça, estava com muita insonia, medo de dormir o.O...Passei por uns dias horriveis...As vezes eu tomava conciencia no sonho quando estava subindo a escada da minha casa, tive uns 3 pesadelos e em todos estava na minha casa ou na minha cama e quase sempre via minha mãe falando algumas coisas...Foi realmente muito tenebroso haha..Ainda sinto uma leve pulsação no chakra frontal e to querendo muito que isso pare...as vezes acho q isso é excesso de energia negativa :|

Link to comment
Share on other sites

Oi Victor,

...as vezes acho q isso é excesso de energia negativa :|

Bom, nesse caso, faça preces em casa, ou algo similar de acordo com suas crenças, tente irradiar amor no seu quarto, para manter um nível espiritual elevado, evite ver filmes pesados a noite e principalmente no quarto antes de dormir, pois tudo isso influencia em nossos sonhos e companhias espirituais. Quanto a energia negativa propriamente dita, faça a técnica projetiva completa 3 do Saulo, até a parte do EV, por alguns dias, que você se sentirá muito melhor.

E se quiser participar da experiencia de 30 dias do frontal, seja bem vindo :D

Um grande abraço,

Leo.

Link to comment
Share on other sites

Bom, não tenho muito a relatar no segundo dia da técnica. Fiz ontem à noite e novamente senti claramente a pulsação na região frontal. Tive um pouco mais de facilidade de visualizar as imagens durante a execução da técnica.

Mas, por enquanto, ainda não senti nenhum efeito durante o dia. Também não me lembro dos meus sonhos.

Vou continuar. Esperemos o resultado. 8-)

Abraço!

Link to comment
Share on other sites

Leonardo, já tem exatamente 40 dias que faço exercício diariamente, hoje, por exemplo, acordei as 5 da manhã para fazer. O problema é que a técnica é longa, daí quando acaba nem dá tempo para dormir e tentar o VA pq já tenho que ir para o trabalho! :?

A técnica consiste de 5 exercícios diferentes:

1 - Exercício de captação de energia através da respiração (em pé)

2 - Exercício de estímulo da hipófise através do dedo indicador (sentado)

3 - Exercício de estímulo da pineal através de movimentação dos olhos (deitado)

4 - Exercício de estímulo dos neurônios através de construções numéricas (deitado)

5 - Exercício de construção do canal de saída para VA (deitado)

Mais informações sugiro a leitura do livro:

http://www.tfca.com.br/downloads/PDF_FILES/As%20Possibilidades%20dos%20Infinito.pdf

Agora as repercussões são essas que todos estão comentando: intuição maior e raciocínio mais ágil. Uma coisa interessante é o que a Cereja sentiu, não só a noite, mas em qualquer atividade que exige intelecto (agora quando escrevo este texto) ou em orações/meditações, ou quando você pensa em algo bom, sente boas vibrações, o frontal se manifesta de forma arrebatadora. Bem legal isso. Agora, VA que é bom nada!

Somos brasileiros, não desistimos nunca!

Devagar é pressa!

abraço

Eagle, valeu pela contribuição, se quiser postar também como está indo a sua evolução usando a sua técnica de frontal, ou mesmo dizer como funciona, será muito bem vindo :D.

Link to comment
Share on other sites

Ja tenho uns 7 dias praticando e minha intuição melhoro minha inteligencia, agora quando eu ando de casa na praça vejo um bucado de flash de espirito ou espirito por inteiro um dia desse eu vi um moreno escuro passando pela praça mais ele não min viu não.

Psiu: eu aumentei meu audio do frontal2 editei ele pra 1 hora de relogio vou começa a testa ele hoje.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share


×
×
  • Create New...