• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Sign in to follow this  
Daniel_amorc

Projeção 04/11/10 - Conhecendo o quarteirão

Recommended Posts

Exercício energético das 02:41 ás 03:13. (Terceiro dia de exercícios após 3 meses sem praticar)

Maior percepção do corpo energético. Após fazer a energia pulsar nos joelhos por algum tempo, comecei a sentir o chakra base pulsando, e já passei a concentrar-me nele. Consegui fazer o mesmo processo com vários chakras. O plexo solar foi mais difícil de sentir.

Projeção relatada as 09:52:

Durante a catalepcia ouvia meus chakras produzindo um barulho parecendo uma engrenagem ou motor grande, sem óleo, girando a alta velocidade. Após algum tempo consegui sentar-me na cama, sem enxergar nada. Peguei o celular na cadeira e acendi a tela na minha frente, podendo enchergar palidamente. Projetei energia sobre o frontal com a mão direita e logo passei a enxergar melhor. Fui até a janela e quando abri, era difícil suportar a luz do sol, que apesar de fraca (aparentemente meus sentidos não permitiam a entrada de muita luz), parecia machucar os olhos. Permaneci sentado na janela por um instante, até ouvir a campainha tocando e logo em seguida um amigo me chamando. Tentei ir até lá na frente de casa, mas ao descer no chão, fiquei sentado e quase não tinha forças para me mover. Voltei ao corpo.

Projeção relatada as 10:51:

Sentei-me na cama. Levantei-me, fui rapidamente até a porta, abri e me apressei para pegar distancia do corpo, para ver se melhoraria meu estado.

Sobre a mesa da loja encontrei um violino, e logo percebi que havia mais um. Olhei as etiquetas. Um dizia Stradivarius “finíssimo” (algo assim) e o outro se não me engano era um Maggini.

Lembro-me que o valor do Stradivarius era cinco mil e alguma coisa. (Esse Stradivarius seria de oficina e não original, por isso o preço.)

Olhando as etiquetas comecei encontrar inúmeras especificações, já pensando em fazer uma pesquisa após despertar, mas me dei conta de que aquilo podia ser apenas algo criado para me distrair e prejudicar minha projeção, ou apenas me manter entretido dentro de casa, por isso apenas olhei um pouco mais e deixei de lado. Fui até a varanda e percebi que após me concentrar nos violinos minha visão havia se perdido quase que por completo.

Fui para a rua atravessando o portão pelo meio do gramado.

Na casa da vizinha a esquerda, reconheci uma mulher de cara gorda que vem visitar as vezes. Fiquei enchendo o saco dela, falando no ouvido e dei até um beijo no rosto. Quando estava seguindo adiante, ouvi minha própria voz saindo do interfone e dizendo algo em inglês, como: “can you hear me?” fazendo uma voz de “espírito das trevas”. Com isso voltei e fiquei tentando fazer medo, sempre pensando que a mulher estava no físico sem poder me ver, ouvindo apenas “vozes do além”. As vezes alguém da casa falava no interfone, e ao meu ver a mulher não sabia se aquelas vozes eram de pessoas ou apenas falhas no interfone. Ela não parecia nem um pouco assustada. Talvez estivesse se divertindo um pouco.

Segui em frente pensando em dar a volta no quarteirão. Quase no final da rua vi uma loira muito gata saindo de uma casa e vindo em direção a rua. Ela era loira, alta e em forma. Parecia ser uma modelo e tinha uns rapazes que a bajulavam. Fiquei em frente à casa esperando e quando ela saiu fui até ela e a beijei na boca. Achei um beijo seco, sem sentimento e sem graça. Ela ficou surpresa, mas não pareceu chateada e nenhum de nós disse uma palavra. Me contentei com o beijo, despedi-me dela com um leve sorriso e virei para o outro lado seguindo em frente. Nisso ouvi um comentário vindo de lugar nenhum (um dos narradores que costuma aparecer em minhas projeções) dizendo algo como: É... “espanhóis” (acho que não era essa a palavra, mas uma palavra que dava a idéia de “falantes do espanhol”) É... “Espanhóis” adoram esse tipo de garota, já os Americanos estão de saco cheio delas.

Estava me sentindo muito fraco. Parecia faltar força para me locomover e a visão era pobre. Voltei ao corpo.

Quem sabe com mais umas 3 projeções eu dou a volta no quarteirão todo! hehehe

Comente a vontade, não me ofendo, faça qualquer crítica, sugestão de experimentos, qualquer opinião é bem vinda.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Caro Daniel,

Quanta facilidade em amigo ? Puxa vida! :) Queria eu ter esta facilidade para sair! srsrs

Cara, só tive algumas dúvidas, coisas como "peguei meu celular"... Posso estar enganado, mas isso não é um pouco de onirismo não? Pergunto pois, a grosso modo, você não deveria conseguir pegar nada...

Pela maneira que você conta, as vezes não deixa dúvidas que está em projeção, mas certas horas me parece que ocorre onirismo... mas queria ouvir de você , o que você me diz? Em suas outras projeções, também existem fatos assim?

Continue compartilhando amigo, muito legal!

Grande e Fraternal Abraço!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cara, só tive algumas dúvidas, coisas como "peguei meu celular"... Posso estar enganado, mas isso não é um pouco de onirismo não? Pergunto pois, a grosso modo, você não deveria conseguir pegar nada...

Pois é, minha resposta é: não sei.

Não sei como eu pego as coisas, não sei se são criadas pela minha mente ou o que, mas venho pensando que o que eu toco e pego, é sempre o duplo das coisas que existe no físico.Não sei como ou porque é assim, mas relato simplesmente o que eu vejo, muitas vezes sem entender. Por exemplo, já estou habituado a levantar-me, ir até a porta, abrir e sair... talvez a mente aceite mais fácil assim.

Muitas vezes já tentei e não consegui atravessar a porta, mas é muito fácil abri-la e passar. É confuso mesmo, as vezes tenho a impressão de que as coisas que toco no astral também se movem no físico, mas obviamente isso não acontece.

De qualquer forma, estamos certos de que existem coisas no astral que podem ser pegas. O onirismo no caso do meu celular talvez não seja problema, afinal ele existe. O onirismo que atrasa a vida é aquele criado pelo subconsciente, que forma um mundo inteiro de sonhos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Cara, só tive algumas dúvidas, coisas como "peguei meu celular"... Posso estar enganado, mas isso não é um pouco de onirismo não? Pergunto pois, a grosso modo, você não deveria conseguir pegar nada...

Pois é, minha resposta é: não sei.

Não sei como eu pego as coisas, não sei se são criadas pela minha mente ou o que, mas venho pensando que o que eu toco e pego, é sempre o duplo das coisas que existe no físico.Não sei como ou porque é assim, mas relato simplesmente o que eu vejo, muitas vezes sem entender. Por exemplo, já estou habituado a levantar-me, ir até a porta, abrir e sair... talvez a mente aceite mais fácil assim.

Muitas vezes já tentei e não consegui atravessar a porta, mas é muito fácil abri-la e passar. É confuso mesmo, as vezes tenho a impressão de que as coisas que toco no astral também se movem no físico, mas obviamente isso não acontece.

De qualquer forma, estamos certos de que existem coisas no astral que podem ser pegas. O onirismo no caso do meu celular talvez não seja problema, afinal ele existe. O onirismo que atrasa a vida é aquele criado pelo subconsciente, que forma um mundo inteiro de sonhos.

Não discordo amigo! :)

Pergunto pois aproximadamente umas 2 semanas atrás eu sai, abri a porta do quarto, caminhei até a cozinha, e chegando perto da geladeira pensei "Opa, peraí, que estranho, eu tinha certeza que tinha saído no astral, mas eu precisei abrir a porta..."... Nisso voltei, tentei passar minha mão pela porta, mas não consegui, minha mão bateu na porta como no físico. Então abri a porta e me vi na cama... O_o !! rsrsr Nisso, não lembro mais o que fiz, pois neste dia eu não anotei meu relato, mas lembro que não foi nada demais, apenas mais uns minutos e perdi a consciência....

Daí, quando li seu relato, resolvi perguntar, para saber a opinião do frater! Eu também imagino que seja um "duplo", mas normalmente demoram para as coisas aparecem no astral, por isso fico na dúvida, não sei até que ponto isso pode demonstrar "alguma coisa". rsrs

Grande e Fraternal abraço!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fala Daniel.

Muito legal seu relato mano.

Você disse que fazia tempo que não fazia as técnicas...são suas primeiras projeções ou você já se projetava antes?

Ah..você tá me devendo uma resposta no post: viewtopic.php?f=3&t=6048 ..rsrsr..liga não mas to curioso ainda.

Parabéns pela lucidez nas projeções.

Grande abraço.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this