Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Minha conclusão sobre a projeção após 5 anos de prática


Daniel_amorc
 Share

Recommended Posts

Olha, li agora o post e as respostas...

Respeito o direito de opinião, seja ela qual for...mas...

Sabe o que me parece, com sinceridade e experiência própria?

Alguém muito decepcionado ou muito assustado, por algum motivo pessoal, com experiências místicas e espiritualistas, e que está tentando de todas as formas SE convencer de que toda sua crença é uma grande mentira. É complexo o processo, e passei (e passo) por ele.

Aprendi muita coisa negativa durante minha jornada até o momento, e chegou uma hora que minha cachola começou a não suportar mais a parte negativa.

Conhecimento sobre demônios, superioridade do caos no mundo, falta de fé no bem, fé no mal e ameaça constante de inúmeras coisas...tudo isso inundou minha mente de porcarias. E não foi de uma hora pra outra que eu percebi não...foram anos e anos de estudo.

Só que quando chegamos no nosso limite de aceitação, e beiramos o pânico e a loucura, nossa mente não elimina simplesmente a parte ruim. Ela age exatamente como nosso sistema digestivo: Ela vomita tudo!

Enquanto tudo não for expurgado da mente, e nós não nos tornarmos quase totalmente céticos, aquilo continuará incomodando.

Já escrevi muito e vou resumir: Já fiz exatamente como esse rapaz está fazendo e já tentei "descatequizar" muita gente com argumentos bem válidos, que ME convenciam em grande parte.

Só que depois de vomitar tudo...assim como no estômago...a fome voltou...rsrsrs

Agora eu seleciono bem o que vou comer...rsrsrs

  • Like 3
Link to comment
Share on other sites

Mas é possível ter uma vida plena e perfeitamente normal sem essa parte e às vezes até melhor.

E qual o sentido de você querer viver bem mesmo? Se nada existe pós vida,não tem sentido nenhum nem viver bem nem viver mal, para falar a verdade se não existe nada além vida, vocês se quer existem.

Paz 8-)

Falou tudo meu amigo... viver essa vida cheia de desafios e sofrimentos, para depois não exisitir mais nada, então pra que a reforma moral? para que bons modos? para que cuidar dos nosso filhos e velhos?... pra queme tornar uma pessoa melhor, para quer viver bem mesmo?

Respeitamos a opinião... mas... na minha umilde opinião... sem eternidade pra que isso tudo né? bobagem... :lol:

Muita Paz... Meus amigos...

Bom, só quero deixar claro que eu respeito todas as opinioes, até porque é um direito de cada um ter sua propria opiniao, e acho bem louvavel.. é sinal que a pessoa leu e pensou sobre o assunto.

Quero dizer aqui que discordo, sempre respeitando claro, do que voces disseram sobre isso que eu dei quote.. Pois acho que a vida tá aqui pra ser vivida, independente de se ter ou nao outro lado apos a morte. Viver bem apenas se voce acredita que tem algo ali pra voce depois da morte é como se voce tivesse sendo chantageado ( faça isso e terá isso em troca ).Voce só vai ser uma pessoa boa, porque mais pra frente voce tem uma recompensa é um pouco de egoismo, não? Acho que amor e respeito ao proximo, temos que ter idependente de sermos imortais de um outro lado da morte =)

E sobre o topico em si, eu dou os Parabens ao daniel, pela coragem de discordar da grande maioria desse forum hehe, e acho tambem que suas pesquisas sao sempre validas, cada um tem o direito de acreditar no que quiser acreditar, e expor assim sempre requer coragem. Eu já pensei sim algumas vezes se projeçao é ou não coisa do nosso cerebro, infelizmente ainda nao tenho uma resposta concreta, pois já tive duas projeçoes que nao foram 100% lucidas, porem me pareceram bem reais mesmo.. mas ainda nao tenho certeza do ocorrido hehe.

Quero tambem parabenizar a todos que responderam, por ter grande respeito e mente aberta sobre o assunto! Eu acho isso realmente muito lindo! =)

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Boa tarde amigos!

Não tenho o conhecimento, nem sei expressar em palavras, mas a minha crença foi trocada por uma certeza através da vivência. Confesso que acreditei logo que começei a estudar, mas acreditar não significa a certeza inquebrantável de pisar realmente em solos astrais com consciência. Essa certeza inabalável eu só tive quando consegui minha primeira experiência lúcida no ano passado. Quero muito ter o equilibrio mental necessário para seguir a diante e driblar as armadilhas.

O que os colegas falaram faz sentido e não duvido de modo algum, mas na minha opinião o que você falam pode fazer ainda mais sentido pois enfatiza a idéia de que o astral é a dimensão das criações mentais e plasmagens.. não sei bem ao certo me expressar, se falei algo errado me corrijam.

Concordo com o que o amigo João falou e confesso que me norteou nessa discussão. :)

Também concordo com o que o Luan falou e concordo por que já vivenciei situação similar, o que aumentou minha certeza.

E o que Dree falou também me lembrou a idéia da reforma intíma, de que não dá pra fazer o bem só pensando nos "bônus-hora".

Grande abraço a todos.

Link to comment
Share on other sites

Bom, só quero deixar claro que eu respeito todas as opinioes, até porque é um direito de cada um ter sua propria opiniao, e acho bem louvavel.. é sinal que a pessoa leu e pensou sobre o assunto.

Quero dizer aqui que discordo, sempre respeitando claro, do que voces disseram sobre isso que eu dei quote.. Pois acho que a vida tá aqui pra ser vivida, independente de se ter ou nao outro lado apos a morte. Viver bem apenas se voce acredita que tem algo ali pra voce depois da morte é como se voce tivesse sendo chantageado ( faça isso e terá isso em troca ).Voce só vai ser uma pessoa boa, porque mais pra frente voce tem uma recompensa é um pouco de egoismo, não? Acho que amor e respeito ao proximo, temos que ter idependente de sermos imortais de um outro lado da morte =)

Eu nunca citei nenhuma recompensa, eu argumentei o sentido de viver, recompensa não tem nenhuma importância,não é questão de ser bom para ir pro "céu",mas sim o por que vir até aqui?

Se não tem por que, para mim é tudo uma ilusão,uma simples experiencia com formiguinhas que ocorreu ao acaso.

Paz 8-)

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Caro Frater,

Penso ´que estamos em uma época onde ciência e espiritualdiade estão se unindo. Onde o religare caberá a própria ciência, que não será diferente de uma religião. Religião e ciência, são muito parecidas... DMT é um psicoativo, até onde sei, produzido naturalmente pelo corpo.

Está contido naquele chá famoso, na Hoasca. A mistura de um cipó com as folhas de um arbusto se não me engano. Utilizado no polêmico Santo Daime. Uma consideração que quero fazer a esse respeito é que na minha opinião matéria e espírito são uma só coisa. E uma conclusão, muito pessoal minha, e que também gostaria de dividir com todos. É que se existe realmente algo que possa ser dito como "espírito" na criação, esse algo é a consciência.

( Obs: respeito sua opinião tbm, não por tolerância, mas pq eu mesmo ja pensei assim...e tbm não estou julgando-me certo....posso estar errado- é a minha visão)]

A consciência é que se utiliza da matéria das mais diversas formas. Inúmeras são as manifestações da vida que conhecemos. Veículos de consciência! Pra que? eu não sei... nem pq? nem ate quando... enfim... não se sabe ainda qual parte do corpo (cérebro) produz a consciência.

O próprio amor que sentimos tem uma explicação bioquímica. assim como o prazer, medo, etc...

Sabe-lá Deus, o que é que falta na nossa consciência para compartilharmos momentos num Universo de matéria. Perispírito pra mim é um tipo de matéria. Enfim, entendi que sua colocação foi a seguinte: - Não saímos do corpo, uma substância induz essa sensação na gnt.

Mas seria possível que essa substância não seja a responsável pela separação entre esses corpos? ou que ela mantenha a mente mais excitada a medida que o corpo adormece? Ja tive sonhos lúcidos...acho-os diferente da projeção.

Afinal, como vc pilotaria um avião sem o manche por exemplo? eu fico encantado cada vez que penso na complexidade de uma criação que permita a consciência penetrar na matéria e atuar nela. em mecher uma carcaça, em fazer essa carcaça, sentir, amar, sofrer, sonhar!

Enfim, poderia falar horas a fio sobre minhas idéias.... mas posso estar errado. E isso que não estamos falando sobre DEUS. Tbm acredito que pessoas sensatas não discutam sobre isso rsrsrsr

mas é isso...minha opinião

Muita paz e luz a todos!

P.P.

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Desculpe Splinter acho que não me expressei bem, só quis dizer que de certa forma fazia sentido o que eles disseram quando:

"A genética desenvolveu isso como um sistema de defesa, porque assim o ser humano começou a ter sonhos, os quais até poucas centenas de anos atrás eram plenamente suficientes para fazer as pessoas acreditarem que existe algo além da vida física. Civilizações inteiras foram guiadas baseando-se em sonhos. Hoje os sonhos se tornaram insuficientes, por muitos foram banalizados, como para os projetores por exemplo, que não importam-se com os sonhos, nós projetores queremos algo mais real."

Veja que para nos não faz sentido não existir tais coisas e isso nos tornaria meio que apáticos e depressivos provavelmente quanto as nossas vidas aqui. Mas é apenas uma hipótese, não que seja uma prova concreta, apenas faz certo sentido.

Penso que é válida a pesquisa e deveriamos pesquisar mais, cada um fazer suas experiências.

Podemos teorizar que esse mecanismo de defesa serve pra seguirmos em frente e pensar que a vida vale a pena e ser melhor, mas por outro lado como explicar o motivo de certas pessoas aparentemente fazerem coisas ruins? Hipóteses e mais hipóteses podem surgir. Outra hipótese é de que o amigo teve apenas sonhos lúcidos e não realmente projeções. Outra mais maluca ainda seria uma conspiração de magos negros tentando nos fazer pensar que projeções não existem e mais um monte de projetores conscientes poderiam desistir de se projetar 8-)

Mas são todas hipóteses, algumas com evidências mais plausiveis e outras não. Cabe a todos nos pesquisar e agregar mais conclusões.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Esse tópico é bem-vindo, pois como outros já disseram, a proposta do GVA é passar mesmo as coisas pelo crivo da razão, sejam quais forem.

Também me chamou a atenção o comentário de um dos amigos no Fórum que citou "Matrix"durante o seu comentário.(Infelizmente não me recordo agora sobre quem foi). A palavra "Matrix" em referência ao filme que passa a mensagem de que vivemos em uma ilusão, me despertou a vontade de escrever aqui imediatamente. Realmente parece que a gente vive em um estado de sono nessa realidade como o filme mostra e acredito que vocês também compartilhem isso.

Um estado de sono que faz com que:

- as coisas materiais pareçam aos nossos olhos mais importantes que o contato com o nosso semelhante (mesmo concluindo que aquele momento em que negamos atenção a alguém nunca voltará, porque o tempo só caminha para frente).

- as pessoas que optem por um estilo de vida mais espiritualista sofram oposição por parte de várias outras pessoas, embora, perceba-se que o estilo de vida capitalista realmente pode adoecer as mentes...E aí a explosão dos livros de auto-ajuda, uma tentativa das pessoas tentando viver em um sistema hiper-competitivo e individualista, onde todos perdem no final das contas...

- muitas mulheres e homens ao invés de buscarem o auto-conhecimento e encarar seus problemas de modo mais maduro, prefiram passar os finais de semana consumindo em shoppings, esquecendo temporariamente e camuflando seus problemas...E um consumo que traz um prazer muitas vezes fugaz...

- e como mostrado no filme, esse estado de sono faz também com que as pessoas que não possuem pensamentos que se enquadram no "sistema", sofram oposição das outras com pensamento massificado. Aí muitas vezes vem o estranhamento quando falamos a amigos que optamos por uma vida com um consumo bem mais controlado, ou que preferimos filmes espiritualistas aos de ação, e etc.

Sendo ou não real a hipótese de existência do mundo espiritual (eu próprio passo pela chamada catalepsia projetiva desde a adolescência, mas, que também talvez pudesse ser enquadrada cientificamente em paralisia do sono), o que está claro é que realmente vivemos em um sistema que nos induz ao sono em relação a uma série de coisas e injustiças. Isso está realmente claro, mas, podemos agir em relação a nos despertarmos no dia-a-dia...

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Na minha humilde opinião, as explicações físicas para as projeções são perfeitamente palpáveis, mas não as desmentem.

Muitos projetores sérios tem vários argumentos provando as projeções. Inclusive já foram a lugares que nunca viram e vieram a reconhecer depois.

Posso postar muitas provas pessoais que projeções existem e o mundo espiritual está em volta de nós. E acredite, tudo tem uma prova científica também.

O que o amigo teve foi um momento de dúvida sobre sua própria fé. Isso é quase como a sensação dos suicidas. Perder o sentido no que acredita. Acho que a maioria das pessoas passa por isso.

E acaba sendo um momento importante para quem passa por isso, se o amigo não se deixar abater, fortifica para uma nova busca de si mesmo.

Quanto aos comentários sobre o Saulo, sim, ele é importante pois nos abriu um lindo caminho de realizar de maneira mais consiente o que já buscávamos. Mas a base somos nós mesmos. Não deve haver idolatria cega. Isso é um erro que parece que o amigo cometeu e o levou para este momento.

Só posso garantir para todos que leram este tópico que este trabalho é sério e bem feito, e nossos irmãos aqui trabalham, perdem seu tempo em que poderiam estar com sua família ou fazendo outras coisas, exclusivamente para nos ajudar sem esperar recompensa.

Abraços

Link to comment
Share on other sites

Siddharta Gautama - Buda, o Primeiro Anarquista

"Não acrediteis numa coisa, apenas por ouvir dizer. Não acrediteis na fé das tradições, só porque foram transmitidas por longas gerações. Não acrediteis numa coisa só porque é dita e repetida por muita gente. Não acrediteis numa coisa só pelo testemunho de um sábio antigo. Não acrediteis numa coisa só porque as probabilidades a favorecem ou porque um longo hábito vos leva a te-la por verdadeira. Não acrediteis no que imaginastes, pensando que um ser superior a revelou. Não acrediteis em coisa alguma apenas pela autoridade dos mais velhos ou dos vossos instrutores. Mas, aquilo que vós mesmos experimentastes, provastes e reconhecestes verdadeiro, aquilo que corresponde ao vosso bem e ao bem dos outros. Isso deveis aceitar, e por isso moldar a vossa conduta."

Daniel_amorc, tudo bom amigo?

Rapaz, essa mensagem acima diz tudo.

Há três coisas curiosas que queria comentar.

Primeiro: Não acrediteis... na mensagem do BUDA como base. Está certo, Daniel, Está certíssimo. Duvide, mas seja inteligente para pensar dos dois lados, ponderar.

Segundo: quando acredita você pode estar também se limitando...

Terceiro: Como disse muito bem a Graciela, não use as pessoas como base, ou você vai cair bonitinho, que nem jaca podre no chão...

Vamos a esses tópicos...

Não acredite mesmo. Analise, pesquise, compare, e não podemos dizer que você se baseou somente em si mesmo, pois você me pareceu perder o chão quando seu amigo que tanto admirava caiu!

Quer dizer que seu eu deixar de acreditar muita gente vai cair? Talvez... mas é motivo pra cair?

“Se o Saulo(grandes merdas...), não acredita mais, por que eu deva crer?

Ou seja, que personalidade eu tenho senão a de crer no que está fora de mim e não em mim?

Claro que esse “ mim” pode estar errado, mas ele pode estar certo também...

Vou lhe fazer uma pergunta, e espero que consiga responder sem a base minha, de seus amigos e de tudo que leu:

O que você sente?

O que você consegue captar?

Não falo de sair do corpo, amigo, pois sair do corpo pode trazer mesmo muita fantasia e onirismos tão grandes que nos deixam confusos (Depende da lucidez), mas, digo, o que você ouve de si mesmo? O que você independente do outros consegue captar?

Não creia no que falo, afinal, como você mesmo disse aí, eu posso estar sendo mais um a ser iludido pelas “criações ao acaso” do cérebro que, sabe Deus porque, inventou a história de levar as pessoas a viverem através de visões de sonhos, ou de “possível” continuidade.

Mas analise dentro de você. Não use as bases de fora somente, mas use você mesmo.

E não venha me dizer que pesquisou por 5 anos da forma correta , que no fundo sabemos que não, ninguém fica tanto tempo nisso e equilibradamente, e não sente nada...

E sem julgar, mas, penso que seu amigo que lhe era uma das bases passou por alguma coisa forte, algum trauma bem forte que o balançou na base. E outra, é preciso grande força para entender que as saídas extracorpóreas no astral são variáveis, e se estivermos pra baixo, sairemos em situações ilusórias, podendo até ser levados ao desânimo e a visão de sonho cerebral, até muitas vezes propositalmente por espíritos, que tentam nos desvirtuar o caminho. Acha que eu não tenho meus questionamentos? Já tive muito mais no início, onde precisei comprovar por A + B. É bem mais fácil dizer misticamente: O Cérebro é mais forte do que imaginamos, ou seja. Apesar de acabarmos, de não sermos nada, tem o lado místico de não conhecermos o cérebro. A ponto de eu por ex ter saído várias vezes como Wagner Borgers, os dois lembrarem, e com outras pessoas, e isso seria o poder cerebral telepático, que liga nossas mentes e cria “realidades cerebrais virtuais?”, rs ta mais fácil acreditar em viagem astral... E ainda termina tudo depois? Rs

Olha, vamos pensar, vamos pensar, não estou dizendo nada.

Não quero converter você a nada, mas você escreveu no nosso fórum que estuda isso e temos abertura para tal, e assim como colocou na mesa teus lógicos pensamentos, lá vão os meus...

A vida continua, amigo.

Não faz diferença as teorias que crie, mas são importantes conversarmos sobre elas, para juntos chegarmos a um denominador comum.

Primeiro: Não vamos conseguir comprovar isso cientificamente ainda, as bases de pesquisas que buscamos ainda estão no campo da crença, verdade. Mas chegaremos lá. Eis aí a importância do IIPC, que fazem pesquisas concretas.

Daniel, você já pegou os 700 experimentos da conscienciologia e fez pesquisas?

Não só contigo, mas com os outros?

Estou nisso há mais de 20 anos e sei que a coisa é além de real, é espetacular e interligada.

Tem horas que me assusto, pois recebo informações de pessoas (emails), etc. de coisas que essas pessoas não tinham como saber. Ah! É o cérebro. Rs Explicação lógica essa?

É a mesma coisa que todo mundo falar: É a natureza! Isso não explica nada, isso é o mesmo que dizer: É Deus! Não dá pra conceber uma inteligência tão gigantesta a acaso, ou meio que “nem aí pra ninguém”, é inteligente, mas o resto todo termina.

Segundo.

Aquilo que acreditamos pode estar também errado.

Você acha que sou convicto somente em minhas visões?

Acha que não penso no que falou e não analiso e me coloco a visão: e se fosse tudo mentira?

E se realmente fosse tudo uma artemanha do cérebro?

Mas a resposta vem firme, são muitas coisas que já vi e vivenciei, e continuo aprendendo.

E as clarividências que vi em conjunto com outros amigos, seriam “redes de criação virtuais cerebrais? “, rs. Talvez, mas vejamos...

Assim como abri a mente, abra a tua também.

Você acaba de mudar de paradigma, antes acreditava, e aí deixou de crer e agora é mais ou menos uma ilusão.

Quem disse que precisamos sempre defender um ponto de vista? Por que agarrar sempre a algo seja o correto? Ou bem crer, ou não crer?

Por que não usarmos a nossa inteligência e capacidade de observação para “observar” mesmo...?

Não como pseudo-pesquisadores, mas como cientistas mesmos, ou pelo menos tentarmos..

5 anos não é nada amigo, podem ter sido 5 anos em que você acreditava muito nos outros, e essa base é como um palco mal armado, uma hora ela cairá...

É o mesmo que trabalhar num centro espírita (como vemos sempre), crendo que o diretor da casa é perfeito. Não é não, rapaz.... Já vi tanta coisa nisso.. tanta gente cair, tanta gente descrer, abandonar tudo por achar que era tudo mentira, pois, se o diretor da casa errava, por que eu ia crer em melhora interna?

É aí que mora o pulo do gato: O que é espiritualidade, aquilo que sentimos, ou aquilo que ouvimos dos outros?

Espiritualidade não é, não pode e não deve em hipótese alguma ser aquilo que vemos nos outros. Eles são canais de informações, mas devemos separar sempre.

Eu tenho uma base que é o seguinte: Cada pessoa que conheço eu sei que tem algum defeito, ou alguns. Quando não consigo ver me preocupo! Eu já espero erro desdo começo! Nunca eu me sinto mal com um amigo, sei que tem horas que é mais difícil, mas mesmo assim eu espero hoje em dia isso. Não por trauma, mas por certeza que de alguma forma haverá um momento de escorregão...

Pergunto: Está pronto para os escorregões de onde menos espera?

Quem disse que teu amigo está certo quando apesar de sair do corpo muitas vezes, disse que era obra do cérebro?

Como pode afirmar que ele não está naquele momento saindo um pouco do seu próprio centro, ou diria, em conflito consigo mesmo?

O que é bem normal de acontecer com todas as pessoas...

São só questionamentos que quando for tomar uma decisão pondere, principalmente quando resolver passar ela adiante como pesquisa...

Terceiro e mais importante: pesque tudo, mas não faça das pessoas o seu porto, pois um dia o tsunami pode passar, e levará muitos e pode levar essa sua base frágil, e aí você ficar sem chão, sem base...

Não sou, o Wagner não é, o Waldo não é, Chico não é, Jesus não é, seu amigo não é, e NINGUÉM é base para ninguém. São meios de aprendizados, como você também é pra gente.

Se todos esses caírem, como ficará sua espiritualidade? Zero?

Meu amigo, se me falassem hoje e comprovassem: Chico Xavier é uma farsa! Eu mesmo assim não perderia minha CERTEZA no que faço.

E tem um detalhezinho que faz toda diferença, Daniel, rsrs, a morte...

Pode crer no que quiser, você tem TOTAL direito... mas...

Em breve veremos...

Como aquela canção que cantei “Sultans of astral” eu termino esse tópico:

“O que acreditamos não faz a menor diferença pra realidade depois daqui....”

Muita lucidez a todos nós..

Do amigo,

Saulo Calderon

  • Like 2
Link to comment
Share on other sites

Mas seria possível que essa substância não seja a responsável pela separação entre esses corpos? ou que ela mantenha a mente mais excitada a medida que o corpo adormece? Ja tive sonhos lúcidos...acho-os diferente da projeção.

Afinal, como vc pilotaria um avião sem o manche por exemplo? eu fico encantado cada vez que penso na complexidade de uma criação que permita a consciência penetrar na matéria e atuar nela. em mecher uma carcaça, em fazer essa carcaça, sentir, amar, sofrer, sonhar!

Olá pessoal!

Poxa, depois de um post maravilhoso e reflexivo como este do Saulo, o que sobra para dizermos? :)

Bom, como muitos, eu admiro e respeito muito a opinião dos 2 amigos que postaram com sinceridade suas opiniões sobre a VA, porém também discordo, apesar de nunca ter conseguido uma experiência lúcida (que eu me lembre, pelo menos).

Eu destaquei esse texto do amigo Donehogawa, que eu concordo.

O que ou quem garante que não estamos tomando o efeito pela causa? E se realmente essa substância já é o efeito e a projeção da consciência a causa? Acho que é muito cedo para afirmarmos ou descrermos apenas baseado nessa hipótese.

Eu também gostaria de ter minhas próprias experências lúcidas, onde com certeza faria meus testes, apesar de não precisar disso para crer na Espiritualidade.

Grande abraço e muita paz!

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

O que mais gostei de toda a argumentação do Saulo foi a parte final. O estudo é muito legal, mas não deixa de ser fontes externas que estão acescentando informações a sua visão de mundo, e não podem jamais serem consideradas verdades absolutas. Eu, por exemplo, me identifico bastante com o Ramatis, mesmo sabendo que muita coisa que ele escreveu não foi comprovado. Se é uma farsa, que diferença faz. Só sei que as informações dele são importantes hoje para mim.

Agora o que o Saulo falou com muita propriedade é que ninguém escapa da morte. Pelo menos, estamos a frente de muitos irmãos caso a coisa seja do modo como estamos estudando, pq não seremos pegos de surpresa, ou seremos? :?

abraços

Link to comment
Share on other sites

Nao li nada porem..

Eu tambem nao acreditava pois era ateu etc.

Porem como vi que existiam muitos livros e comunidades sobre o assunto,eu falei ou a humanidade é muito estupida ou pode ser real.

Entaum eu comecei a fazer as tecnicas,na 1 semana ja tive resultados espantosos e pouco tempo depois quando consegui,percebi que era verdade.

Apenas digo uma coisa:

Suas experiencias podem definir sua realidade,mais sua realidade nao define o universo.

Pesquise,explore,procure,analise,tente e depois julgue.

Link to comment
Share on other sites

Nossa! Muito proveitoso esse tópico.

Eu só vou esclarecer alguns pontos ai que ficaram meio obscuros quanto ao meu post, que li em alguns posts posteriores...

1 - Eu disse que a vida poderia ser tão boa ou até melhor sem espiritualidade, mas não falei porque né!

Eu digo isso porque espiritualidade é uma coisa muito ampla, milhares de religiões, milhares de deuses, milhares de filosofias espiritualistas, dentro das quais existe possibilidade de desequilíbrio, como qualquer ideologia. Dessa forma, desde que sua filosofia não o afaste do convívio social, não o faça cometer suicídio culposo (por exemplo por inédia) ou coisas que te façam mal, então é positivo e saudável, no caso da projeção em especifico, a grande maioria das pessoas que encontrei são inteligentes, equilibradas que vivem normalmente, trabalham, namoram etc.

Porem, em alguns casos, muito minoria, também encontrei casos de problemas mentais que se escondiam sobre o disfarce de "dons" espirituais. Pessoas desequilibradas que faziam coisas porque espíritos pediam ou até comandavam e outros casos visualmente doentios.

Outra coisa são religiões que proíbem e colocam medo nas pessoas, medo de inferno, proibição de alimentos, bebidas, roupas, atitudes etc o que acaba trazendo a ela sofrimento e angústia.

Desta forma, como disse um colega em algum post anterior, o importante é ser feliz!

Eu tenho encontrado nessa nova jornada muitos amigos e amigas ateus/céticos/agnósticos que partilham dessa "situação" e encontrei prazer nessa curta jornada biológica que chaamos vida, percebi que eu estava perdendo meu tempo enquanto poderia estar fazendo tanta coisa que valia mais a pena pra mim

Obs: não quero dizer que a espiritualidade seja uma perda de tempo pra quem gosta/acredita/vive, mas pra mim, na minha atual "crença" é perda de tempo já que EU não gosto/acredito/vivo mais essa espiritualidade.

2 - Vida como ateu / cético

O meu maior intuito para manter meu site, o qual estou começando do zero para esse fim, postar aqui num fórum espiritualista etc é servir com ponto para as idéias pra pessoas como eu que já tiveram sua "cota" de espiritualidade e agora não creem mais, ou simplesmente nunca conseguiram crer em nada.

Para garantir que existem sim N motivos pra viver mesmo "sabendo" que a morte é o fim e tudo mais. Dando o valor a vida pra quem não acredita que ela não tenha mais valor nenhum, como um amigo já disse num post anterior, que é como se nunca existíssemos, e ele não está errado, mas isso não prova que não valha a pena viver, mesmo com os sofrimentos inerentes a vida.

Vale uma observação: Mesmo eu achando que nada existe no além e tal, mantenho minha mente aberta, e eu gostaria muito de acreditar/ter certeza no além e na eternidade, alias quem não quer vida eterna está com depressão, pode internar hahaah apenas não tenho evidencias de qualquer espécie que pra mim tenha efeito X na minha razão pra me convencer, pelo contrário só achei evidencias (não provas) da antitese. Então é um achismo mesmo, que fique bem claro, não estou afirmando que nada existe, apenas expondo o que eu acho que seja baseado na minha experiencia até aqui, eu era ateu antes da projeção, virei espiritualista por causa da mesma, e ela mesma me levou ao ateismo novamente, quem sabe o que pode acontecer nessa vida.

3 - Eu não comentei sobre meu problema, pois nem minha família sabe dele, mas resolvi contar aqui um pouco.

Depois que eu fiz minhas próprias investigações, particulares, sem intenção que fossem provas nem nada, como não acreditava em mais nada, resolvi ir num posto médico pra ver algumas sensações, visões (ver almas, auras etc) que eu ainda tinha. A suspeita era esquizofrenia, mas eu tinha uma veia estreitada no cérebro que fazia com que minha pineal produzisse muito mais dmt que uma pessoa saudável como resultado eu podia falar com "mortos" mesmo acordado, e tinha muita facilidade de "projetar", e encurtando a história acabei fazendo um monte de exames que detectaram esse problema, como não era operável só fui tratado com medicamentos, que pra minha felicidade funcionaram haahaha e a veia ficou 80% do normal agora, por isso não contei pra ninguém para que não gerasse preocupações a toa, mesmo porque tudo acabou bem.

Mesmo depois do tratamento ter terminado, minhas projeções espontânea sumiram, não vejo mais "gente morta", porem ainda posso quando pratico fazer projeções astrais normalmente, mas ver aura com eu via, captar pensamentos (como eu achavam que fazia) e outros recursos sumiram totalmente.

Foi ai que pude ter contato com muitos médicos muito interessantes que fazem suas próprias investigações na neurociência e com muita paciência me explicaram muita coisa que fez muito sentido e meu ceticismo foi se consolidando.

4 - Porque corrigir um problema que te dava uma vantagem?

Simples, o aneurisma poderia romper e eu morrer.

5 - Porque projeção se não acredito?

É isso ai, gosto muito de projeção, ainda pratico, adoro voar, "ver outros planetas" etc mesmo não acreditando!

É incrível como podemos aproveitar muitos recursos que nosso cérebro possui nesse estado, agora "meu plano astral" por assim dizer se modificou muito, tenho um maior controle no que aparece ali ou não, antes eram uma somatória mix de tudo o que eu já tinha escutado, estudado, etc, agora está mais como eu quero que seja, ali escuto música, produzo a melodia da forma que eu quero ouvir na hora, crio imagens e lugares lindos que me trazem muita paz, crio personagens que discutem e filosofam comigo com se fossem outras pessoa e tenho certo controle no tipo de personalidade dessa personagem, que me levam a conclusões espantosas sobre vários temas inclusive ajudando a rsolver problemas no meu trabalho (sou programador) e tantas coisas que fazem da projeção um "must have".

Então, não importa se acredita, se fala com jesus ou com um autohomoreplicator tabajara, se visita o nosso lar do chico xavier ou o eumesmofizland, o importante é que a projeção te coloca em contato com situações e vivencia que te enriquecem, e pra mim é mais do que o suficiente para estudarmos e praticarmos.

6 - Argumento das previsões do futuro

Realmente previsões podem ser reiais, eu vejo isso como uma capacidade de nossa mente realizar projeções do atual, ela tem muitas informações e variaveis da situação e pode calcular com mais ou menos eficiencia no que isso vai levar, assim como podemos acreditar que se trata de algo sobrenatural, não fechemos a mente para de repente ser apenas uma qualidade da mente. Um dos argumentos pra isso é, porque ninguém é capaz de prever os números da sena, mesmo que sem jogar nela (pra nao dizer que é imoral ganhar desse jeito), apenas para comprovar a si mesmo? Simples, na minha visão, porque não temos as variaveis na mente para determiar uma projeção tão exata como essa. Já se pegarmos um dado e o jogarmos sempre exatamente da mesma forma atraves de um braço mecanico, podemos acertar muito além da projeção calculando a força, atrito, angulo etc do lance, mesmo que subconscientemente.

E isso cabe bem para previsões de desastres, sempre se trata de uma região muito grande, ou de um fato corriqueiro. E claro não podemos esquecer a quande quantidade de pessoas fazendo previsões todos os dias, é certo que se acertar em cheio, mesmo se falhou nas outras 99% vezes (mãe diná por exemplo), você já fica internacionalmente famoso ahahahah

Mais uma vez, desculpem pelo post longo, mas esse tópico é amplo demais

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Opa Giu, se não for pedir demais gostaria que explicasse um pouco dessa operação com mais detalhes. O que vem a ser este dmt, e qual a explicação da medicina para a pineal. Conheci um médico que me falou que até hoje não sabiam ao certo pq uma glândula que pouco se sabe o que faz ficava numa região tão protegida do organismo. Este assunto me interessa bastante.

Obrigado

Depois que eu fiz minhas próprias investigações, particulares, sem intenção que fossem provas nem nada, como não acreditava em mais nada, resolvi ir num posto médico pra ver algumas sensações, visões (ver almas, auras etc) que eu ainda tinha. A suspeita era esquizofrenia, mas eu tinha uma veia estreitada no cérebro que fazia com que minha pineal produzisse muito mais dmt que uma pessoa saudável como resultado eu podia falar com "mortos" mesmo acordado, e tinha muita facilidade de "projetar", e encurtando a história acabei fazendo um monte de exames que detectaram esse problema, como não era operável só fui tratado com medicamentos, que pra minha felicidade funcionaram haahaha e a veia ficou 80% do normal agora, por isso não contei pra ninguém para que não gerasse preocupações a toa, mesmo porque tudo acabou bem.

Link to comment
Share on other sites

Eu disse que a vida poderia ser tão boa ou até melhor sem espiritualidade, mas não falei porque né!

Bom, ai varia para cada um, eu com a espiritualidade vivo muito bem,já que tenho em mente que vim aqui para conhecer,aprender,fazer o bem, eu tenho um proposito,não esperando recompensas como os irmãos disseram que parece, mas quem não vive sem um proposito?é só questão que eu sei o que eu quero e qual meu objetivo, é diferente de estar perdido no mundo. As pessoas que descartam a vida fisíca por causa da espiritual são fanaticos e logico que eles existem na espiritualidade, como em qualquer outro lugar, até no ateísmo (diga-se de passagem para mim ateísmo é sim uma religião), onde estas pessoas mesmo que vissem Jesus não acreditariam.

Vida como ateu / cético

Isto tambem é muito variavel eu sou cético em muitas coisas,mas não sou ateu, é sempre bom averiguar,duvidar, etc,etc..

E não se esqueça de me passar este site que quero muito ver :D:D .

Eu não comentei sobre meu problema, pois nem minha família sabe dele, mas resolvi contar aqui um pouco.

:pal::pal:

Queria o parabeniza-lo por esta vitória, e ainda bem que você conseguiu se curar desta doença ,mas não penso que isto explique todos os fenomenos extrafisicos, se fosse assim tão facil explicar, não existiria um centro de pesquisas enorme tentando estudar a viagem astral, se fosse assim tão facil, o Instituto do Sono teria resolvido este "enigma astral" a muito tempo,mas pelo que eu saiba eles não conseguiram nenhuma comprovação que seja imaginativo ou real.

Porque corrigir um problema que te dava uma vantagem?

Acho que fez a escolha certa, ainda bem.

Porque projeção se não acredito?

É difícil dizer,será que o que voce faz é viagem astral?será que são mesmos coisas inventadas da sua cabeça?será que você não plasma todo o ambiente e as pessoas no astral?

Argumento das previsões do futuro

Eu só fiz uma previsão na minha vida inteira e ela estava certa,não fiz nenhuma mais, não foi uma 1 em 2000 foi 1 em 1, o que teria que ser muita sorte e coincidencia o que não é tão relevante para mim, e o Luan(desculpa te citar :D:D ) meu amiguinho das previsões :D:D , ele pelo que eu saiba não sai adoidado postando previsões para acertar 1 em 100, as que ele postou estavam certas,então tambem não levo em consideração os fatores de coincidencias e sorte.

Já vi muitos outros casos de pessoas prevem coisas e não estou falando destes charlatões que chegam e te manipulam para prever coisas logicas,estou falando de pessoas que nã ote conhecem,você não fala absolutamente nada para ela, e ela parece saber tudo, de onde você veio e para onde você vai.

Boa sorte ai na sua jornada irmãozinho. :)

Paz 8-)

Link to comment
Share on other sites

SAULO

Você não leu os argumentos do Giu na primeira página.

Está interessante este tópico, não vou opinar pois me acho muito novo p entrar nestes questionamentos (novo na projeção).

De uma coisa eu sei: Não acredito em nada, eu pesquiso e testo.

Vamos ver aonde vai dar este assunto. :pal:

Link to comment
Share on other sites

Bacana kassio, isso que vc escreveu me fez lembrar de um texto que escrevi por intuição a um tempo atrás e tem uma parte que diz assim:

" Observe, escute, pense, preste atenção, caminhe naquela direção, vá o mais fundo que puder, ouça o voz da razão, ela está guardada bem aí no seu coração;

Não critique, não aponte, não julgue, não justifique, não diga que está certo, mas também não pense que está errado, siga em frente e procure desvendar, aprender, melhorar ou quem sabe até ensinar, pois tudo que sentimos, pensamos ou fazemos faz parte do aprendizado;

Você poderá encontrar quem diga que não está certo, não ligue para isso, cada um tem um compromisso, uma história e uma vida;

Acredite em você mesmo, siga em frente, viva o seu momento, seja quem tu és, aprecie cada segundo, desfrute de tudo que lhe foi dado, independente do que os outros pensam ou esperam de você "

As vezes deixamos de fazer coisas maravilhosas por medo do que vão pensar ou até pelos proprios limites que estabelecemos a nós mesmos. Acredito que somos seres ilimitados e poderosos.

Se na biblia diz que Deus nos fez a imagem e semelhança Dele, por que não poderiamos ter certos "poderes" também??

Precisamos acordar desse sono, deixando de lado o materialismo, a moda, a midia, as teorias etc. Temos que viver nossas proprias experiências, procurando as respostas dentro de nós mesmos, seja através da meditação, concentração, projeção, intuição etc.

Livros existem varios por aí com muitas teorias, muitas ideias, explicações, umas diferentes das outras. Mas nós somos Seres únicos, não existe ninguém igual a mim e não existe ninguém igual a você, por isso creio que não exista outras verdades a não ser a nossa propria verdade.

Abraço a Todos

Nando M.N.

http://www.institutopec.com

Link to comment
Share on other sites

Mas nós somos Seres únicos, não existe ninguém igual a mim e não existe ninguém igual a você, por isso creio que não exista outras verdades a não ser a nossa propria verdade.

Caramba Nando, arrebentou.... Quando crescer quero ser igual a vc. :pal::pal::pal:

É exatamente assim que penso.

Jesus disso que seriamos maiores que ele e disse também que se acreditássemos poderíamos mover montanhas. Então, sei que posso mais do que sou.

Paz e Luz para Todos.

Kássio Melo

Link to comment
Share on other sites

Excelente tópico. Estou acompanhando e imagino que todos aqui estão ficando mais motivados ainda para pesquisar mais sobre o assunto :pal:

Adorei o tópico...só estou pasmo é com a puxação de saco...huahuahuahauhahua

Desculpem a brincadeira ai gente, admiro muito o Saulo. Ele age exatamente como o slogan "espiritualidade com simplicidade", e isso eu admiro demais.

Mas o dele já deve estar estar ficando bem esticado...xD

(mais uma vez, desculpem a brincadeira)

Link to comment
Share on other sites

Adorei o tópico...só estou pasmo é com a puxação de saco...huahuahuahauhahua

kkkkk, Todos ouviram o Gangrelrj, não vamos deixar o Saulo entrar na piscina, senão muitos morrerão afogados. kkkkk

Brincadeiras a parte, não vejo como puxação de saco, vejo como respeito por alguém que se dedica tanto para nos ajudar. O puxa-saco, o faz para subir e ganhar méritos. Aquele que respeita, o faz para honrar verdadeiramente quem merece.

Não é um puxão de orelha, pois sei que o Gangrelrj estava brincando. Mas, foi brincando que papai e mamãe me fizeram. :P:P:P

Um grande abraço a todos.

Kássio melo

Link to comment
Share on other sites

Giu, Daniel, Saulo e quem puder responder.

Surgiu uma dúvida. Hoje o IVA está proporcionando o Encontro Astral em Fernando de Noronha, o IPEC está com um projeto parecido em Foz do Iguaçu. Significa que, se a teoria do nosso amigo Giu estiver certa (SE), estes encontros não passarão de teorias e nunca darão certo.

É isso? :roll:

Fica aí para reflexão.

Paz

Kássio Melo

Link to comment
Share on other sites

ONDAS CEREBRAIS, SONHOS, PROJEÇÕES E DESDOBRAMENTO PELO SONO FÍSICO

.

Algumas pessoas dizem que as projeções podem estar vinculadas as ondas cerebrais.

Se considerarmos por hipótese que as projeções estão vinculadas as ondas cerebrais, então temos obrigatoriamente que estabelecer e deixar bem claro duas situações básicas do que acontece no astral:

1) Pessoa que está PROJETADA é a pessoa que TEM consciência no físico em maior ou menor grau de ALGUMA ou de algumas de suas atividades no astral, podendo até interagir.

2) Pessoa em DESDOBRAMENTO PELO SONO FÍSICO é a pessoa que NÃO TEM consciência no físico de suas atividades no astral.

Tenho usado este nome, na falta de outra denominação melhor, porque parece-me o mais indicado para definir este tipo de situação.

Desde há muito tenho observado que a grande maioria das pessoas que eu encontro no astral, possuem grande lucidez e desenvoltura neste meio, maiores que as minhas quanto estou projetado. Estas pessoas estariam em desdobramento pelo sono físico.

Não tenho observado estas pessoas voltarem com freqüência para seus corpos físicos, o que certamente deveria ocorrer caso estivessem vinculadas as variações de suas ondas cerebrais. Qualquer pessoa que tenha estudado estatística sabe que se ocorresse este tipo de situação, haveria grande movimentação e desequilíbrio no astral. E não é o que ocorre. No astral estas pessoas desenvolvem inúmeras atividades que certamente consumiriam um tempo que no físico estaria em desacordo com as tais ondas cerebrais.

Também tenho muitas saídas logo que deito e o conseqüente retorno ao meu corpo físico somente pela manhã. A impressão que eu tenho é que se eu durmo seis ou sete horas no físico, eu tenho seis ou sete horas de atividades no astral. E o mesmo deve certamente ocorrer com as outras pessoas. Tudo isto medido no horário físico, pois no astral, as vezes dá impressão de dias de atividades.Também tenho a impressão de que ao menor cochilo meu corpo astral se desprende do físico e começa suas atividades.

Se compararmos nossos corpos físico e astral a dois transmissores de rádio, então teríamos hipoteticamente as seguintes situações:

Nosso corpo astral sairia do corpo físico e iria desenvolver suas atividades no astral.

Nosso corpo físico, através do cordão vital ou cordão de prata, ou como queiram chamar, estabeleceria contatos periódicos e falhos com nosso corpo astral.

Seria algo como uma transmissão de um rádio para o outro falhando ou tendo interrupções na comunicação.

Dentro deste quadro, nossa mente física captaria as imagens e vivencias de nosso corpo astral, construindo de acordo com suas limitações, os sonhos em maior ou menor grau. Aí entrariam as chamadas ondas cerebrais.

Também dentro deste quadro estariam as projeções que em momentos de melhor qualidade de comunicação ocorreriam em maior ou menor grau de lucidez, quanto então poderíamos interagir com o ambiente através de nosso corpo astral, sendo as vezes, ou quase sempre, nossa ação ou percepção atrapalhadas por nossas criações mentais.

Portanto, a melhoria das comunicações entre nosso corpo físico e o nosso corpo astral, poderia, ou pode, ser feita melhorando nosso padrão vibratório de pensamentos, sentimentos, atos e palavras, que aliados a uma vontade e determinação fortes refletiria ou reflete em nosso cordão vital ou cordão de prata chegando até nosso corpo astral, seja lá onde ele estiver naquele momento.

Nosso consciente se situaria, ou se situa, no corpo físico ou no astral obedecendo a poderosos mecanismos, próprios do sistema evolutivo e encarnatório, que no nosso atual estágio de conhecimentos ainda estamos longe de assimilar.

Claro que são cogitações, mas parecem fazer algum sentido.

Por outro lado, pode ser que o estado REM ou movimento rápido dos olhos seja apenas um mero reflexo físico de sonhos algo agitados das pessoas analisadas... pois alguém dizer que minhas longas projeções duram no máximo uma ou duas horas, para mim, com base em minhas experiências pessoais, equivaleria a dizer que o meu dia, ontem no físico, teve a duração de no máximo uma ou duas horas... e eu ficaria com a intima sensação de que não é verdade.

Recentemente postei no link "Novas Experiências 4" um relato denominado "LADRÕES DE CORPOS NO ASTRAL", onde eu pude observar que os umbralinos roubavam um corpo ou energia vital em forma de corpo, que talvez também possa ser definido como campo energético vital, massa ectoplasmática, ectoplasma em forma de corpo, etc, etc.

Pois bem, se entendermos que este corpo ou campo energético possa estender-se como se fosse um elástico, quando nosso corpo astral se afasta do corpo físico, teremos a idéia do que seja nosso cordão vital, cordão de prata ou qualquer nome que queiram dar.

Dessa forma este corpo ou campo energético, ou mesmo ectoplasma que se transforma em cordão vital, seria a ligação entre nosso corpo físico e o corpo astral.

Se entendermos que nossa mente física passa o dia todo produzindo "melecas" conscienciais e emocionais e impregnando este elo de ligação com nosso corpo astral, torna-se compreensível a dificuldade de lembranças e percepções de algo que ocorre num ambiente bem mais sutilizado ( ou espiritualizado ) em relação ao nosso físico.

Desse modo, a percepção de nossa mente física em maior ou menor grau das atividades de nosso corpo astral ocorre através do cordão vital e quanto maior for a sutilização vibratória (leia-se bons sentimentos, bons pensamentos, boa conduta e boas intenções) maior será a percepção ou consciência no astral.

A grosso modo a diferença entre um sonho e uma projeção está intrinsecamente relacionada com o maior ou menor grau de percepção e interação com nosso corpo astral.

Um sonho seria uma percepção precária e confusa de coisas do plano astral, sendo que as vezes pode ser até mesmo divagações e elucubrações de nossa mente física.

Já na projeção seria nossa mente física percebendo as coisas no plano astral de forma bem mais clara podendo vivenciar e agir através de nosso corpo astral.

(Roberto Pineda)

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

A suspeita era esquizofrenia, mas eu tinha uma veia estreitada no cérebro que fazia com que minha pineal produzisse muito mais dmt que uma pessoa saudável como resultado eu podia falar com "mortos" mesmo acordado, e tinha muita facilidade de "projetar", e encurtando a história acabei fazendo um monte de exames que detectaram esse problema, como não era operável só fui tratado com medicamentos, que pra minha felicidade funcionaram haahaha e a veia ficou 80% do normal agora, por isso não contei pra ninguém para que não gerasse preocupações a toa, mesmo porque tudo acabou bem.

Todos os argumentos a favor da projeção são fracos em comparação com os argumentos contra, postados por Giu e Daniel. Eu sempre soube da realidade subjetiva, imaginária da projeção astral, produto da imaginação.

Pois, partindo do fato de que todas nossas experiências são processadas no cérebro e de que toda nossa percepção sensível (nossos sentidos) é apenas uma interpretação subjetiva do próprio cérebro, podemos chegar facilmente à conclusão de que todo esse poder de interpretação e processamento cerebral pode ser realizado em estados alternados de consciência (projeção), produzindo todo tipo de experiência imaginária com os mesmos "processadores" cerebrais da vigília.

Giu, o problema da sua veia estreitada é uma boa pista para explicarmos a projeção. Veja os exercício energéticos e seus efeitos: esses exercícios normalmente requerem concentração em partes do corpo, mas quando se concentra por muito tempo numa parte do corpo, o sangue tende a se concentrar lá (resultando e maior pulsação) e logo vem uma sensação de frio, de formigamento ou de dormência por causa da alteração da circulação normal. A circulação alterada no corpo todo através dos exercícios energéticos resulta numa alteração da circulação no cérebro também e o efeito é semelhante a uma veia estreitada no cérebro, resultando, como você bem sabe e nos explicou, numa facilitação das experiência no "astral".

E de fato, a vida é melhor sem espiritualidade, pois a simplifica e nos retira dos ombros a responsabilidade que as religiões nos impõe. Sem espiritualidade, sem a idéia da reencanação, de Karma, de inferno, em suma: sem a idéia da continuidade, aproveitamos melhor nossas vidas e vemos o quanto ela é breve e pequena, damos assim o sentido verdadeiro a ela.

  • Like 1
Link to comment
Share on other sites

Bem, analisando o texto acima do nosso colega Thiago, há alguns pontos que poderiamos discutir:

Para projetarmos temos que estar bem sintonizados durante o dia, controlando pensamentos e tentando fazer uma reforma íntima. Isso tudo deveria ser até uma busca pessoal de cada um, independente de querer se projetar ou não.

Só que ficam algumas dúvidas:

Por que algumas crianças já nascem com facilidade para projeção? Neste caso elas não trabalham energias, não fazem auto conhecimento, etc.

Por que outras pessoas por mais que passam o dia todo estudando espiritualidade, não conseguem nem sequer controlar seus próprios sonhos?

Por que, segundo o relato de nosso colega giu, ao fazer uma operação médica ou tratamento, ele passou a não ver mais espiritos e auras como via antes?

O que realmente são as famosas plasmagens? Por que elas estão tão presentes nos relatos de projeções?

Por que pessoas conseguem se projetar apenas acordando repetidas vezes, sem fazer qualquer tipo de exercício para aumento da lucidez?

Desculpem-me, mas estou aproveitando o ótimo tópico para deixar estas reflexões. Lembrando que já ouvi todos os áudios do saulo e tenho estudado bastante o assunto e já tive algumas experiências.

O problema é que estou passando por um período de ceticismo, não de desacreditar nas projeções, deus, espiritualidade, etc. Mas, de achar que todas as horas que nos dedicamos em exercícios energéticos, meditações, etc, contribuem muito pouco ou nada para a projeção, que, na verdade, é algum desbloqueio cerebral que algumas pessoas possuem, alguma característica fisiológica do sistema glandular deste indivíduo. Isso não quer dizer que acho que os exercícios e meditações são bobagens. Pelo contrário, pq ajudam no equilíbrio do ser humano. Mas, como este é um forum de VA, ficam aí mais pontos para a discussão.

abraços

Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

×
×
  • Create New...