• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
dosanjos

Assistência Estrafísica x Fé

Recommended Posts

Olá Amigos!

Venho levantar alguns questionamentos, e gostaria da ajuda de vocês. Acredito que seja uma batalha interna minha, mas pode ser que seja a de muitas outras pessoas. Então ajudando a mim acredito que estejam ajudando a outros tb.

Todos tem a sua fé, eu como todos tenho a minha. Realmente acredito que para chegar ao pai temos que trilhar o caminho do filho. Ninguém chega ao pai se não pelo filho. (está na bíblia). Porém, não conheço os métodos do pai e tão pouco conheço os mistérios da vida. É tudo uma grande incerteza.

Contudo, na religião (catolicismo) não consegui respostas para tudo o que já presenciei na vida. Outras religiões, já procurei, porém dentro de mim não concordei com tudo oq pregavam.

Acredito na caridade, porém me pergunto, tudo isso é real, é de Deus ou é mais um produto de uma imaginação criativa? Na realidade, meu maior medo é de acreditar em algo que não seja verdade (oq já aconteceu comigo) e perder uma existência praticando algo que não agrade o "algo maior".

Procuro sempre ajudar, ser uma pessoa correta, lógico, já errei muito e não sou perfeito, porém sempre procuro acertar.

Quando digo que a religião não explicou tudo o que já vivi na vida, estou falando de visões, experiências fora do corpo, sensações, intuições, tudo isso que não sei controlar e que faz parte de minha vida. Tenho um chamado enorme dentro de mim, sinto uma atração que me impulsiona mais para o espiritsmo do que para outras religiões, porém acho que a religião correta não seria esta, talvez não exista uma, talvez eu esteja mais para um cristão espiritualista do que outra coisa, ou seja, acredito em deus e nos seus, porém não acredito na forma como as religiões tradicionais falam sobre as verdades da vida.

Quando digo ir até o pai, quero dizer prestar contas com o "algo maior" e ter a certeza de que compri tudo o que me comprometi fazer, antes de vir para cá. Como se pudesse encerrar esta jornada e ter o mérito de começar outra diferente, em um patamar novo, com novos desafios.

Estou muito interessado na teoria do Saulo, porém com muito medo de me decepcionar novamente, pois só isso que me aconteceu até hj, falando de religiões, fé etc.

De um lado o chamado, de outro o medo e a incerteza.

Saulo, se vc estiver lendo isto, vc acredita em deus, em jesus? e mesmo a vc que está lendo, acredita?

Se isto chamar a atenção de alguém, que queira compartilhar algo comigo e mostrar seu ponto de vista agradeço.

Um abraço e boa sorte a todos.

Anderson.

Share this post


Link to post
Share on other sites

acredito em deus e nos seus, porém não acredito na forma como as religiões tradicionais falam sobre as verdades da vida.

Anderson.

Olá Anderson! Penso exatamente como você e já tive essa desilusão com religiões e filosofias alternativas. Já perambulei pelo catolicismo, paganismo, gnose, cabala, wicca, espiritismo. Minha "crença" é uma mistureba disso tudo, e com certeza ainda vou adicionar mais ingredientes à essa salada aí. Porque sempre chega um momento em que sinto que falta alguma coisa, não porque eu duvide sempre de determinada crença. O que eu percebi é que há coisas a se entender que a nossa mente humana atual ainda não é capaz de entender, e que seguimos aprendendo, como crianças que às vezes não entendem o que se passa no mundo adulto. Somos humanos passíveis de erros, inclusive em nossas expressões de fé, mas nem por isso precisamos rejeitar tudo aquilo que determinada crença diz, por causa de uma questão ou outra que não nos soa verdadeira.

Na educação existem métodos de ensino diferentes para pessoas com necessidades diferentes. Por que então não existirem religiões diferentes para ensinar o bem a tantos tipos diferentes de pessoas que existem no mundo?

Pelo que entendi você teme praticar a projeção astral por não saber se isso desagradaria a Deus. Mas ao mesmo tempo você sente um chamado. De onde, ou de quem será esse chamado então...? ;) O medo é saudável até certo ponto, quando você se preocupa em fazer o bem, mas o medo é prejudicial quando ele te paraliza, quando pode te impedir neste caso de descobrir se algo é verdadeiro ou não. Você não vai saber se não tentar, mas tentar sem receios, para não atrapalhar a experiência. Mantenha o pensamento na análise se você vai estar fazendo o bem ou o mal a alguém com sua experiência. Percebendo quantas coisas boas você pode fazer com a projeção, como o amparo, ou o próprio crescimento pessoal para servir melhor quaisquer que sejam os desígnios superiores para você, você vai ver que não estará desagradando :)

Uma coisa que aprendi na Cabala que gostaria de te falar, a palavra "Criador" em hebraico é "Boreh", formada da união de duas palavras "bo-o-reh", que significa "venha e veja". Ou seja, precisamos "ir", trilhar nosso caminho, mesmo que haja tropeços, pois somente assim vamos conseguir "ver".

Grande abraço!

João

Share this post


Link to post
Share on other sites

Anderson,

Estava com esse dilema há algum tempo, desde que comecei a estudar a espiritualidade, com muita auto-crítica e estudo consegui superar graças às minhas experiências pessoais que deram uma certeza íntima inquebrantável.

"Fé (do Latim fides, fidelidade e do Grego pistia ) é a firme convicção de que algo é verdade, sem qualquer tipo de prova ou critério objetivo de verificação, pela absoluta confiança que depositamos nesta idéia ou fonte de transmissão."

Pelas experiências projetivas, energéticas e fraternas, minha experiência pessoal passou a ser além de qualquer fé, mas vou explicar o porque para não ser mal interpretado.

Fui criado no catolicismo, frente a todos aqueles rituais, consagrações, etc. Nunca me adaptei devido a "pulga atrás da orelha que havia mais" e a fácil aceitação (leia-se: sem questionamentos sadios) daquilo por parte do povo. Comecei a estudar outras religiões, doutrinas cristãs e não-cristãs. Passei a entender o outro lado da moeda, um lado que também é sectarista, ou seja, a pseudo-fraternidade por parte de grande parte das religiões. Em que se você não aceita o Deus da minha doutrina, você está condenado ao inferno. A maioria das religiões são assim, é um fato.

O exemplarismo que Jesus deu foi algo fora do sério, a bíblia está ai pra mostrar. Só que do mesmo modo que ele foi uma grande personalidade, posso citar 20 nomes que também foram e que seus exemplos devem ser seguidos.

Já me perguntei bastante sobre o Deus cristão bíblico e cheguei a seguinte conclusão, talvez uma conclusão que muitos já tiraram e esses mesmos se tornaram "ateus".. Foi a seguinte: Pensem nas catástrofes que estão ocorrendo ano após ano, aviões caindo, tornados, tsunames, enchentes, desmoronamentos, etc... Vamos pegar as enchentes e os desmoronamentos como exemplo. Se olharmos esses 2 eventos como se fossem na época da construção da bíblia, um cara diria: "E Deus encheu a cidade com suas lágrimas de tristeza por seus pecados e depois as secou jogando toda a terra do mundo, uma cidade desapareceu juntamente com as pessoas que lá moravam!". Quando eu leio o velho testamento, eu vejo todo o misticismo dos egípcios e da galera politeista que atribuem a seca como fúria do Deus "A", pragas nas lavouras ao Deus "B", Sol de mais ao Deus "C", Chuva de menos ao Deus "D", doenças ao Deus "E", e por ai vai.. tudo é condicionado à Deus ou ao seu temperamento. É a velha-máxima: "Os seres humanos, pensantes, na ausência de uma explicação racional atribuem os eventos à um ser divino, pseudo-conhecedor das nossas falhas e que nos pune eventualmente". Isso porque nem estamos falando do islamismo e outras doutrinas.

Não sou ateu, de forma alguma, sei que existe uma "providência divina", temos fatos que nos levam a crer, como por exemplo, os amparadores, os amparadores dos amparadores, o carma, a reencarnação, etc. Alguém ou alguns são responsáveis por essas coisas. Eu só não acredito no Deus bíblico ou em qualquer Deus criado e difundido pelo ser humano.

Voltando aos seus questionamentos, o exemplarismo é o melhor que temos hoje, procure as biografias das grandes personalidades que passaram por aqui: Jesus, Buda, Maomé, Lao-Tsé, Moisés, Zoroastro, Francisco de Assis, Dante Alighieri, Leonardo da Vinci, Gandhi, Edgar Cayce, Madre Tereza de Caucutá, Eurípedes Barsanulfo, Apolonio de Tiana, Chico Xavier e inúmeros outros.

A projeção é um meio de responder a esses questionamentos que muitos buscam na religião e que só encontram respostas distorcidas e interpretadas de livros. "A vida continua?", "A reencarnação existe?", "Estou aqui para fazer o quê?", "O inferno realmente existe?"... Quando você tem suas primeiras projeções e confirma que não foi apenas um devaneio, falta de oxigênio no cérebro, esquizofrenia ou um sonho... você tem a certeza inabalável de que a morte física é apenas um evento inevitável e inerente ao ser humano.. Você vê, ouve, cheira e sente, com lucidez, talvez até mais que eu aqui e agora digitando esse texto, as pessoas que já morreram, vê também que essas mesmas pessoas não foram pro céu ou pro inferno (local).. Como também não vê Deus e nem a "terra prometida"... Pelo contrário, essas pessoas dão de cara com elas mesmas, o que elas foram durante a vida e, agora, com questionamentos do tipo: "Mas o pastor não havia dito que eu repousaria até o juizo final?", "O padre disse que eu estaria no paraíso com Jesus, cadê ele?", "Aonde estão minhas XX virgens?", "Ué, não acaba?"...enfim

Tenha suas experiências, prove a você mesmo todas suas dúvidas.. Não seja mais um que engole tudo o que lhe falam. Chute o balde e vá atrás da sua certeza íntima. Estude, pratique, saia do corpo, trabalhe com energia, pergunte, questione, assista... Tenha fome de conhecimento, mas tenha em mente uma coisa, seja universalista.

Abraços.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Olympio realmente foi inspirado ali..., meu questionamento sobre nossa existencia tambem é muito grande, e minha esperança é conseguir respostas atravez da projeção astral, poder ver, sentir, conhecer, eu não quero ter fé que as coisas sejam de uma certa maneira, eu quero saber que as coisas são de uma ou de outra maneira por experiencia propria, quero saber a razão de tudo, quero saber quem ou o que eu sou, nem mesmo isso eu sei; ja me disseram que eu quero saber de mais, rsrs..., mas isso é só o começo, estou certo que quando tiver a primeira resposta, surgirão mais questões, e a minha busca não vai parar...

Luz a todos...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.