• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Sign in to follow this  
luciano_caldas

CLIPPINGS CONSCIENCIAIS CONTRAPRODUCENTES

Recommended Posts

CLIPPINGS CONSCIENCIAIS CONTRAPRODUCENTES

Quem estuda temas conscienciais não cabe mais abrigar dentro de si, determinados “clippings” contraproducentes que brecam níveis satisfatórios de lucidez.

Alguns destes “clippings” contraproducentes se refletem em atitudes de baixo nível consciencial como:

·Exclusivismo Doutrinário

·Dogmatização de certas VERPONS(l)

·Autocrítica limitada (ou inexistente)

·Heterocrítica excessiva, agressiva e inclemente

·Omniquestionamento reduzido e contido

·Cristalização de idéias “pseudo-sofisticadas”

·Ausência de Abertismo Consciencial (2)

·Intolerância a refutações lúcidas e inteligentes

·Experimentos pessoais assimiladas como “regras de conduta universais”

·Desvalorização de outras opções conscienciais e/ou evolutivas

·Ritualizações de “consciencialidades” ditas avançadas

·Obsessão grupal de evoluir em auto-louvor

·Hipervalorização de determinado veículo de manifestação da consciência

·Patrulhamento e catequese ideológicos

·Confundir as expressões sadias e criativas humanas como manifestações de Subcérebro abdominal (3)

·Classificar tecnicamente as parapercepções cósmicas (4) advindas de expansões conscienciais alineares com o verbete reducionista de Mateologia! (5)

·Confundir Amor Consciente com emocionalismo barato de psicossoma!(6)

Portanto, essa enumeração exemplificativa de certos “clippings conscienciais contraproducentes”, nos mostra o quanto é importante desenvolvermos o “Dharma”(7) de nossa programação existencial com o máximo de mente e coração abertos, buscando respeitar a tudo e a todos, sempre na companhia do Autodiscernimento na direção da Holomaturidade Real!

Paz e Luz!

Luciano Caldas

Salvador, 01º de Março de 2011 às 17h35.

Notas:

(1) VERPONS: Segundo a Conscienciologia trata-se de Verdade Relativa de Ponta imlicando numa provável postura científica de pesquisa perene para melhorar as explicações dos fatos, sendo um conhecimento passível de refutação.

(2) Abertismo Consciencial: Abertura da Consciência para novos conhecimentos, aprendizados e vivências, ou seja, na direção que ultrapassa seus conceitos convencionais e condicionados por paradigmas pessoais pré-estabelecidos.

(3) Subcérebro abdominal: Segundo a Conscienciologia é quando o chacra umbilical (centro de energia consciencial acima do umbigo) é escolhido inconscientemente pela consciência intrafísica, ainda de evolução medíocre, para sede de suas manifestações existenciais. Caracteriza-se como manifestações com baixíssimo nível de lucidez intra e extrafísica.

(4) Consciência Cósmica: Condição ou percepção interior pelo qual a consciência (intrafísica ou projetada) sente a presença viva do Universo e se torna uma com ele numa unidade indivisível. Os yogues cunham esta percepção cósmica com o termo em sânscrito – Samadhi.

(5) Mateologia: Segundo a Conscienciologia trata-se do estudo de assuntos ou temas fora da capacidade de experimentação ou entendimento da consciência no estágio humano, sendo assim um estudo inútil para a evolução consciencial.

(6) Psicossoma: Veículo de manifestação pelo qual a consciência se manifesta no plano extrafísico. (conhecido por outros vocábulos tais como perispírito, corpo espiritual, segundo corpo). Sede das emoções, por isso é cunhado também como o “corpo das emoções ou corpo emocional”.

(7) Dharma: Dentro do contexto hindu e budista possui vários significados tais como dever, mérito, trabalho, programação existencial, ação virtuosa, atitude correta, retidão, meta elevada, benção.

Observação :

O que chama a atenção é que algumas escolas conscienciocêntricas (instituições que possuem como eixo temático os estudos da Conscienciologia codificada pelo Waldo Vieira) desconsideram as intuições paraperceptivas de natureza cósmica que em determinados momentos espontâneos a consciência intrafísica acessa se utilizando do corpo mental, através do paracérebro (cérebro extrafísico).

Estas intuições paraperceptivas de natureza cósmica falam mais alto que o limitado e mecânico tecnicismo hipervalorizado por determinadas instituições conscienciocêntricas. Estes achados conscienciais através destas expansões e sensações cósmicas nos comunicam alinearmente que TUDO e TODOS estão integrados holograficamente numa Unidade indissociável e incognoscível, que não pode ser medida ou provada por determinados instrumentos do intelecto humano, sejam estes instrumentos ligados ao paradigma (dominante) newtoniano-cartesiano ou ao paradigma consciencial visto sob a ótica conscienciocêntrica tradicionalista.

Parece-nos ser bastante ilógico mensurar realidades cósmicas através do caminho mecanicista do tecnicismo e do intelecto, vias limitadas de perceber O TODO que ESTÁ em TUDO! Por isso se alguém falar sobre realidades cósmicas transcendentais e inacessíveis para o intelecto (mas perceptíveis alinearmente pela consciência pelas vias da intuição interior) para um conscienciólogo, ele vai dizer: “É perda de tempo! É Mateologia!”.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this