Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Jesus cristo Egocêntrico?


Recommended Posts

Olá para todos do forum, amigos, gostaria de deixar uma dúvida que acho que todos irão passar o dia quisá a semana ou o ano todo pensando nisso.

Bom, ontem meu cunhado foi na minha casa (me interrompeu no meio de uma projeção :SMOR:@ ), ele ta fazendo um curso de teologia pela igreja evangélica que ele participa, bom ele me deixou meu bolado quando me disse que jesus era um cara egocêntrico, fiquei meio desconfiado, porém, analizando corretamente se vc pegar a biblia ler ela na integra, voce vai ver que ele realmente era EGOCÊNTRICO, em citações biblicas, ele sempre se "auto-engrandece" ele sempre dizia: "EU SOU", ele nunca dizia "pode fazer", ele dizia: "FAÇA!"

- EU SOU A VERDADE E A VIDA NINGUÉM VEM AO PAI SENÃO POR MIM!

Se qualquer mísitico, gnostico ou rosacruz analizar, vai ver que o cristo biblico realmente era EGOCÊNTRICO

O que vcs acham disso?

Link to comment
Share on other sites

Bem amigo Darius

Quem faz teologia corre o risco de sair da igreja pois muitas questões são levantadas, o que leva o evangélico a pensar bastante e, em alguns casos, chegar a conclusão de que alguns fatos não tem resposta e precisam apenas serem crido.

No caso de Jesus Egocêntrico (confesso que essa é nova pra mim), você entenderia melhor se acreditasse na Trindade (Pai, Filho e Espírito Santo). Ou seja, Deus é o Pai criador dos céus e da terra, ao mesmo tempo que é Filho e desceu dos céus em forma de homem para sofrer o que a humanidade sofre e salvá-la e, finalmente, Espírito Santo que é o ajudador que viria após Jesus (como Ele mesmo prometeu que mandaria).

Ou seja, Deus é três e ao mesmo tempo é um só. Legal né :shock: . Como eu falei, você precisa acreditar e também ler a bíblia para entender melhor.

Mas fica uma frase de um amigo nosso: "Quem me dera ao menos uma vez, entender como um só Deus ao mesmo tempo é três. E esse mesmo Deus foi morto por vocês. Que maldade, então deixaram Deus tão triste." Renato Russo

Se tiver mais alguma dúvida pode perguntar.

Um grande abraço e muita luz pra você

Link to comment
Share on other sites

Fla ae gente,

No caso de Jesus Egocêntrico (confesso que essa é nova pra mim), você entenderia melhor se acreditasse na Trindade (Pai, Filho e Espírito Santo). Ou seja, Deus é o Pai criador dos céus e da terra, ao mesmo tempo que é Filho e desceu dos céus em forma de homem para sofrer o que a humanidade sofre e salvá-la e, finalmente, Espírito Santo que é o ajudador que viria após Jesus (como Ele mesmo prometeu que mandaria).
Olá meu amigo, vá com calma, Deus não é um homem, não é uma pessoa, o grande problema dos evangelicos é que eles personificam Deus, e não é por ai, Deus não é um homem, costumo chamar deus de FORÇA CRIADORA, na minha opnião essa é a forma mais correta.

Bom vendo o rumo da conversa, posto que é inutil debater a divindade de Cristo, pois é uma questão de crença, eu como ex-católico entendo o que o kassioms quis dizer, porém n acredito mais nisso. Tbm é inutil postar qualquer idéia sobre Deus, pois é algo totalmente subjetivo, sendo a mais abrangente das descrições ou idéias, totalmente incompleta, visto q n conseguimos nm imaginar oq seria o corpo mental direito, imagina pensar "oq" ou "qm"seria Deus, é um assunto difícil a ser tratado, em q só teria opniões diferentes ou convergentes.

Voltando a idéia inicial do tópico, realmente algumas passagens dão idéia de um Jesus egocêntrico, porém temos que analizar os seguintes fatos:

1) O novo testamento foi escrito pelos discípulos, testemunhas, não por jesus, ou seja, já colocaram nas escrituras as visões deles, concerteza n foi algo imparcial.

2) Foi feito uma reunião pelo rei Constantino alguns séculos dpois da morte de Cristo (acho que o nome é reunião de Constantinopla, algo assim), onde foi escolhido os textos que seriam colocados na bíblia, ou seja, foi escolhido a Dedo oq entraria ou não na bíblia.

3) Existem vários evangelhos apócrifos e documentos que a igreja católica n divulga, que falam sobre diversos aspectos de Cristo.

4) Ainda existem erros de tradução

5) Pode ter sido modificado através dos séculos pela Igreja Católica.

Analizando acima, a bíblia foi montada pra passar uma visão, os humanos montaram, qualquer informação sobre Cristo é no mínimo duvidosa. Eu descarto muitos. Não estou criticando aqui religião, acho que todas as crenças devem ser respeitadas, só gostaria de colocar que é difícil confiar plenamente em passagens da bíblia, eu n acredito que Cristo seja egocêntrico, por causa de seus atos e não de suas palavras.

Seus atos eram sublimes, suas palavras tbm marcaram, mas nda como a compaixão e o amor que ele demonstrou pela humanidade. Ele colocou em prática oq ele pregou, paz, amor, compaixão, fraternidade. Um ser desse nível não tem como ser egocêntrico na minha opnião.

Abraço

Link to comment
Share on other sites

Marcos:

17 Tendo ele saído para se pôr a caminho, veio alguém correndo e, dobrando os joelhos diante dele, suplicou-lhe: "Bom Mestre, que farei para alcançara vida eterna?"

18 Jesus disse-lhe: "Por que me chamas bom? Só Deus é bom.

Em vários trechos do evangelho Jesus diz que Deus é superior, e isso mostra sua humildade e que ele não é Deus. Em relação a humanidade, ele se intitulou superior, dizendo ser o filho de Deus, mas acredito que ele precisou fazer isso porque as pessoas daquela época não seguiriam alguém que fosse espiritualmente igual a eles. Ele precisou realizar as profecias do velho testamento para que as pessoas acreditassem que ele fosse o enviado de Deus. Eu penso que desta forma ele não agrediu a inteligência das pessoas daquela época, pois tudo se cumpriu conforme o velho testamento. Ele disse que era o único caminho para a salvação pois se não dissesse isso, as pessoas daquela região poderiam continuar adorando vários deuses, como Mamon.

Link to comment
Share on other sites

Bom, no meu ver, Jesus era um espirito, como classifica Waldo Vieira, um serenao, no qual todos nos vamos nos tornar um dia. Mas como os relatos da biblia foi feito por pessoas egocentricas e nao por ele, acaba que o relato ficou com um pouco da visao de cada um que escreveu. Mesmo naquela epoca, a evolucao ja estava em andamento desde sempre, o que faz crer que nao exista apenas uma consciencia elevada como Jesus, ele foi, no meu intendimento, um ser evoluido convidado a descer na terra pra nos ensinar um pouco. Imagino o grau de evolucao dele, se classificaria como um mentor do mentor, ou ainda mais que isso. Mas pensando bem, acho que ele nao se classificaria nem mesmo como um serenao, pois segundo aos estudos de Waldo, os serenoes tem o entendimento de amparar sem que o amparado perceba, pois nao ve necessidade alguma em se auto-glorificar. ficai mais uma ideia pra pensar.

abracos, Kawê

Link to comment
Share on other sites

Esse é uma das coisas que me incomoda nos evangélicos (pentecostais): eles pegam um versículo da Bíblia, fazem a leitura literal, sem levar em conta contexto, p.e.x, e criam uma teoria inteira só com isso. E daí saem na rua dizendo que essa é A Verdade. :roll:

É muito interessante observar o Igor já colocou: quem garante que Jesus realmente disse isso? Na verdade, é mais provável que ele NÃO disse. É muito provável que nos evangelhos não tenha ficado uma única palavra que Jesus realmente falou. Já pensou em todos os séculos de montagem, recorte, ajustes, traduções mal feitas que esses textos passaram? Sério, os evangelhos são os livros mais maltratados da bíblia :D

Bem, alguém pode chegar aqui e dizer que isso aí já é viagem demais. Então, voltando pro texto da Bíblia. Em outras passagens do Evangelho, vc nunca vai encontrar Jesus dizendo "querido, seja grato a mim pq senão fosse por eu ter te curado, vc ainda estaria cego/paraplégico/leproso"... olhando por esse ângulo não me parece muito egocêntrico.

O que eu quero dizer no fim é que isso tudo é questão de opinião e do versículo que a pessoa escolhe pra ler :shock:

Abraço!

Link to comment
Share on other sites

Estou gostando do rumo do tópico, com respeito e todos compartilhando da sua opinião.

Olá meu amigo, vá com calma, Deus não é um homem,

Amigo Darius, devo ter me expressado mal, mas meu objetivo não era converter ninguém :shock: , apenas mostrei do ponto de vista Teologico a questão da Trindade para explicar algumas colocações de Jesus. Meu ponto de vista, apesar de ainda ser evangélico (entenda melhor aqui: viewtopic.php?f=2&t=6731), é diferente. Deixei de acreditar em muitas coisas por falta de explicação. Não é a toa que faço parte deste fórum e tento me projetar.

De fato Jesus foi um homem maravilhoso que veio para fazer uma revolução na sua época e mostrar que aqueles que estavam acima do povo (sacerdotes) precisavam descer de seus tronos e amar a todos como a sim mesmos, um show de humildade.

Mas a bíblia responde o pq que Jesus nunca disse que era Deus, quando Jesus se fez carne, passou a ser humano. Participou da nossa natureza; submeteu-se à experiência humana. Assim, experimentou a fome, a sede, o cansaço. Nas palavras de Paulo: "pois ele, permanecendo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes, a si mesmo SE ESVAZIOU, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz" (Filipenses 2:6-8).

Mas aí é outra história, mas de fato, como a Nanda afirmou, Jesus não era egocêntrico, mas sim humilde.

Um abraço a todos. :-)

Link to comment
Share on other sites

Jesus era uma cara normal, com o parapsiquismo evoluído, não muito diferente de muitos outros que já existiram. Os próprios discípulos dele tbm faziam os "milagres" que Jesus fazia, simplesmente pq foram treinados por Jesus. Jesus é um mito. Desde qdo um palestino vai ser louro de olhos azuis...será que nunca ninguém parou pra pensar que até a imagem que formaram dele é incoerente :?:

Não duvido que ele possa ter sido um "Bodhisattva"...mas com certeza a história dele foi totalmente deturpada...

E depois, filho de Deus, todos somos...até pq, Deus é tudo que está a nossa volta...o universo, a natureza...e nós mesmos...

Procurar por um DEUS "humano" e que mora nos céus é muito primitivo!!!

** Sei que o que escrevi vai incomodar muita gente ...paciência...é o que eu penso!! ::R

Link to comment
Share on other sites

Olha, uma coisa importante referente a Jesus Cristo que muitos desconhecem, outros ignoram e muitos são contra, é no fato de que ele manifestava Ele (com E maiúsculo).

Em alguns momentos era Jesus quem falava, em outros era Cristo.

Essa frase é excelente para esclarecer esse fato: Quem estava falando naquele momento era o ESPÍRITO SANTO, e não Jesus.

E realmente..."ninguém vai ao Pai" se não for através do Espírito Santo, esse espírito sagrado universal que todos temos em comum...e que não é Deus e nem Homem, mas é parte de ambos.

Link to comment
Share on other sites

Bom dia Darius,

Eita cara, tu ta se especializando em perguntas difíceis/polemicas??? :lol:

Bom, eu discordo dessa visão de Jesus egocêntrico, pra mim quando ele diz "Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim", ele está falando do comportamento das pessoas, que se querem chegar ao Pai (evoluir espiritualmente), devem ser como ele (caridoso, amoroso, calmo, ter respeito pelos outros) e sempre trabalhar pela modificação interior, pois fazer algo apenas externamente não leva a lugar algum (e aí que entra a questão dos fariseus que faziam de tudo na surdina, mas que na frente do povo se passavam por santos.

Um grande abraço,

Leo.

Link to comment
Share on other sites

De acordo com a fé cristã, Jesus Cristo foi um deus-homem, pertencente a santíssima trindade.

Bom, os evangelhos não são a biografia ou relatos factuais da vida do Cristo, "esses livros constituíram um gênero literário à parte, no qual alguns acontecimentos ocorridos servem de base à criação de narrativas imaginárias do escritor sagrado (apóstolos) sobre o que Jesus faria ou diria às comunidades cristãs 40, 50, 90 anos após sua morte". Trocando isso em miúdos, Jesus de Nazaré, personagem histórico, morreu por volta do ano de 33, os primeiros evangelhos foram escritos por volta do ano 70, ou seja, de acordo com as histórias que foram passadas de boca em boca, os apóstolos fizeram projeções do que Jesus faria ou diria ao povo em certas ocasiões.

Segundo o Simpósio de Jesus (The Jesus Seminar), apenas 18% das palavras atribuídas a Cristo, nos evangelhos, foram efetivamente ditas por ele.

E vou além, de acordo com a bíblia, temos trechos em que supostamente ele foi egocêntrico, antifraterno, antiuniversalista, antipacífico, arrogante, demagogo, fanático religioso, etc...

Da mesma forma que existe outra versão da morte de Jesus e a suposta redenção dos "pecados" da humanidade que é baseada em fatos históricos, como a de que Pilatos nunca teve palácio em Jerusalém, assim como também não houve a famosa escolha entre Barrabás e Jesus de Nazaré. Jesus foi condenado por "atentado à ordem pública", uma vez que, se revoltou pelo comércio de animais na época da Páscoa e Pilatos que era encarregado de reprimir iniciativas de revoltas judaicas contra o Império, condenou Jesus a cruz como exemplo para os outros (para acalmar as constantes revoltas), o julgamento ocorreu em uma tenda montada para a ocasião (como se fosse um posto policial).

Isso tudo vai longe...

Entretanto, como sabemos que os evangelhos não são de fato o que ele disse ou fez, fica a dúvida.

O que sabemos é que houve um crescendo em cima da personalidade de Jesus de Nazaré, de homem-exemplo para deus-homem, único caminho e verdade absolutos ("Quem não é comigo é contra mim; quem comigo não ajunta, espalha" - Mt 11:30).

Se lerem o evangelho de Tomé, poderão entender um pouco melhor sobre o guia-evolutivo que Jesus foi, pois Tomé, apóstolo, nunca acreditou na divindade do Cristo, sempre o tomou como orientador evolutivo.

Como disse antes, isso da muito pano pra manga...

Abraços.

Link to comment
Share on other sites

1 - O nome dele não era Jesus, era Yeshua.

R: O nome Jesus é uma adaptação para o Português de um nome hebraico que aparece na Bíblia em duas formas: Yehoshua (יְהוֹשׁוּעַ) e Yeshua (יֵשׁוּעַ). Yeshua é uma forma abreviada do nome Yehoshua. Tanto o nome Yehoshua quanto o nome Yeshua foram adaptados para o grego como Iesus. Na tradução do Antigo Testamento (Tanach) para o grego, chamada Septuaginta, feita no século III A.C., o nome Yehoshua aparece como Iesus, e o nome Yeshua também aparece como Iesus. Daí é que veio a forma Jesus, que é usada nas traduções da Bíblia para o Português.

2 - Yeshua e Cristo são termos diferentes.

R: A palavra CRISTO é uma adaptação para o Português da palavra grega CHRISTOS, que significa UNGIDO. Cristo é sinônimo de MESSIAS, pois a palavra MESSIAS é uma adaptação para o Português da palavra hebraica MASHIACH, que significa UNGIDO. A palavra hebraica MASHIACH foi adaptada para o grego como MESSIAS, e passou para o Português com esta mesma forma, MESSIAS. Ungir significa derramar óleo sobre, ou passar óleo em. Portanto, UNGIDO é alguém sobre quem se derramou óleo, ou alguém em que se passou óleo. Quando foi feita a tradução do Antigo Testamento para o grego, onde aparecia a palavra MASHIACH, esta foi traduzida para CHRISTOS. Em Salmos 2:2, a palavra hebraica MASHIACH é traduzida como UNGIDO, mas poderia também ser traduzida como MESSIAS, ou como CRISTO. No Salmo 2, a palavra MASHIACH é usada para designar aquele que será o Rei de Israel, e Rei dos Reis de todas as nações, eternamente, no Reino de Deus. As palavras MASHIACH, MESSIAS, CRISTO e UNGIDO, são sinônimos.

3 - Ele não é de Nazaré. Não existia essa cidade na época.

R: Não! Nazaré não existia quando Jesus nasceu. Esse povoado passou a existir quando os nazarenos se estabeleceram numa região isolada da Galiléia, para fuzir das constantes perseguições. Jesus era chamado de nazareno como título PEJORATIVO, por ter nascido de uma mãe que teve relações com um soldado romano. Ele era um bastardo de José. (João 8:41). Nazareno era um xingamento. Pois eram uma tribo de poliamoristas, que viviam numa sociedade comunista onde ninguém era de ninguém e todo mundo era de todo mundo.

Um grande abraço a todos. :)

Link to comment
Share on other sites

O que sinto quando medito com o foco na egrégora da energia "Jesus" e toda sua aura de amor ao próximo, fé e paz, tentando também focalizar essa energia no chacra cardíaco, sinto-me muito bem. Então, para mim, esses outros detalhes acabam não sendo de suma importância. O mesmo sinto com "Buda", por exemplo.

E, de fato, são frases imperativas.

Só sei que sinto aquilo que escrevi acima. Abraço.

Link to comment
Share on other sites

Oi Olympio,

Bão cara?

De acordo com a fé cristã, Jesus Cristo foi um deus-homem, pertencente a santíssima trindade.

Tipo, acho que a sua afirmativa neste ponto está equivocada, Jesus Cristo foi um deus-homem de acordo com a fé católica não? pois o espiritismo é cristão (segue os ensinamentos do Cristo) e não tem esse preceito ^_^ .

Um grande abraço,

Leo.

Link to comment
Share on other sites

É muito interessante observar o Igor já colocou: quem garante que Jesus realmente disse isso? Na verdade, é mais provável que ele NÃO disse. É muito provável que nos evangelhos não tenha ficado uma única palavra que Jesus realmente falou.

Concordo, mas os poucos ensinamentos do evangelho já é um presente dos céus. Faz mais de 2 mil anos que a mensagem foi passada e a humanidade ainda não conseguiu por em prática estes ensinamentos. Em vez de vivermos os ensinamentos gastamos tempo procurando verdades inverificáveis, como a cor dos cabelos de Jesus, se ele viveu com os essênios, se os apócrifos são verdadeiros ou falsos. Pra que mais do que "amar o próximo como a si mesmo", "perdoar os inimigos", "aceitar só um Deus", "que podemos fazer o que ele fez", etc? Se ele veio de Vênus, se é o governador da Terra ou se foi um homem que recebeu o Cristo e depois reencarnou novamente como Apolônio de Tiana não faz muita diferença, pelo menos pra mim.

Link to comment
Share on other sites

1 - O nome dele não era Jesus, era Yeshua.

R: O nome Jesus é uma adaptação para o Português de um nome hebraico que aparece na Bíblia em duas formas: Yehoshua (יְהוֹשׁוּעַ) e Yeshua (יֵשׁוּעַ). Yeshua é uma forma abreviada do nome Yehoshua. Tanto o nome Yehoshua quanto o nome Yeshua foram adaptados para o grego como Iesus. Na tradução do Antigo Testamento (Tanach) para o grego, chamada Septuaginta, feita no século III A.C., o nome Yehoshua aparece como Iesus, e o nome Yeshua também aparece como Iesus. Daí é que veio a forma Jesus, que é usada nas traduções da Bíblia para o Português.

2 - Yeshua e Cristo são termos diferentes.

R: A palavra CRISTO é uma adaptação para o Português da palavra grega CHRISTOS, que significa UNGIDO. Cristo é sinônimo de MESSIAS, pois a palavra MESSIAS é uma adaptação para o Português da palavra hebraica MASHIACH, que significa UNGIDO. A palavra hebraica MASHIACH foi adaptada para o grego como MESSIAS, e passou para o Português com esta mesma forma, MESSIAS. Ungir significa derramar óleo sobre, ou passar óleo em. Portanto, UNGIDO é alguém sobre quem se derramou óleo, ou alguém em que se passou óleo. Quando foi feita a tradução do Antigo Testamento para o grego, onde aparecia a palavra MASHIACH, esta foi traduzida para CHRISTOS. Em Salmos 2:2, a palavra hebraica MASHIACH é traduzida como UNGIDO, mas poderia também ser traduzida como MESSIAS, ou como CRISTO. No Salmo 2, a palavra MASHIACH é usada para designar aquele que será o Rei de Israel, e Rei dos Reis de todas as nações, eternamente, no Reino de Deus. As palavras MASHIACH, MESSIAS, CRISTO e UNGIDO, são sinônimos.

3 - Ele não é de Nazaré. Não existia essa cidade na época.

R: Não! Nazaré não existia quando Jesus nasceu. Esse povoado passou a existir quando os nazarenos se estabeleceram numa região isolada da Galiléia, para fuzir das constantes perseguições. Jesus era chamado de nazareno como título PEJORATIVO, por ter nascido de uma mãe que teve relações com um soldado romano. Ele era um bastardo de José. (João 8:41). Nazareno era um xingamento. Pois eram uma tribo de poliamoristas, que viviam numa sociedade comunista onde ninguém era de ninguém e todo mundo era de todo mundo.

Um grande abraço a todos. :)

1. Embora seja uma adaptação, vale ressaltar que o nome real possui um significado e valores atribuídos ao mesmo. Ao trocar o nome isto se perde e outros significados e valores são atribuídos.

2. A palavra Cristo aparece nas Escolas de Mistério antes mesmo da criação do Novo Testamento e não se atribuia (e, até hoje, não se atribui) a significação de ungido para a mesma.

3. Nazareno não constitui um título perjorativo, mas um grupo ao qual pertenceu.

Link to comment
Share on other sites

É perda de tempo e muito superficial analisar Jesus somente pelos textos bíblicos, por milênios a palavra do mestre foi alterada, tudo para se ter poder, controle sob a massa.

Um fato positivo é que temos médiuns/canalizadores, através deles conseguimos uma parcela de uma verdade. Visto que toda verdade não cabe num homem físico em fase de provas e expiações. Creio que em breve teremos mais respostas pois falta muito pouco para a fase de regeneração.

Sabemos que o mestre falava em exemplos, analogias. Conhecemos se a árvore é boa por seus frutos. Entendemos que para evoluir precisamos amar ao próximo como a nós mesmos.

Eu recomendo ler a trilogia do reino das sombras(robson pinheiro), pois é referido algumas atividades do mestre no inferno e seus derivados.

Eu li todos os posts e ñ vi nada de egocentrismo em Jesus.

Link to comment
Share on other sites

E ae, Leo!

Aqui tá tudo ótimo!

Pelo contrário, não acredito que houve equívoco e vou explicar o porque!

A robustez do cristianismo (2000 anos de história mais 1/3 da população do mundo) deu-se por causa de 9 livros sagrados. O pentateuco (5 livros do velho testamento, também chamado de torá) e os evangelhos canônicos.

Bom, é considerado cristão "todo o indivíduo que adere ao Cristianismo, uma religião monoteísta centrada na vida e nos ensinamentos de Jesus de Nazaré (novo testamento), e que teria sido profetizada na Bíblia Hebraica/Antigo Testamento". Ou seja, para eu falar que sou cristão, devo vestir a camisa, conhecer e praticar a bíblia. Atualmente, quem mais prega a bíblia e segue ao máximo possível são os evangélicos, não temos dúvidas disso.

"Não julgueis que vim abolir a lei ou os profetas. Não vim para os abolir, mas sim para levá-los à perfeição" (Mat. 5:17). Essa frase que Jesus, o Cristo, supostamente disse, valida todo o antigo testamento, ou seja, se em Deuteronômio diz que é proibido qualquer contato com os mortos, incluindo: astrologia, feitiçaria, bruxaria, etc... É porque esse é o cristianismo da bíblia. Ser cristão (ter esse rótulo), é seguir a bíblia. Quem não segue, não pode ser considerado cristão pois se é pra seguir, que siga por completo e não apenas alguns ensinamentos.

A questão do espiritismo é exatamente essa, pegaram as partes relevantes da bíblia, ou seja, os ensinamentos do Cristo, retiraram as proibições quanto ao ocultismo, mediunidade, energia no geral e pronto. Isso não é uma crítica, o catolicismo em sua ascensão fez o mesmo, divinizando a personalidade de Jesus, os protestantes fazem o mesmo ao ignorar certos trechos do velho testamento e incluir outros. Só que o que aconteceu? Tudo aquilo que era pra ser prova factual se perdeu no tempo devido o monopólio da igreja católica. Não é atôa que, em 2010, foram catalogadas 33800 seitas cristãs, ou seja, 33800 interpretações diferentes da bíblia.

Hoje em dia, eu, particularmente, não sei. Temos vários tipos de cristãos: os das religiões grandes; os que sectaram a bíblia e criaram a sua em cima; os que seguem essas recém criadas; e os que não tem religião e são cristãos.

Enfim, se a bíblia foi deturpada ou não ao longo do séculos, não é o foco, entretanto, ela ainda é a principal referência do cristianismo e ela atesta, sem dúvidas, a divindade do Cristo em vários trechos como: Efésios 4:32, 1 João 2:23, Lucas 10:22, Isaías 9:6, Romanos 8:9, Atos 5-3, Mateus 28:19 e inúmeros outros.

Antigamente quem me perguntava, eu ainda respondia que era cristão, hoje não mais. Pois se eu digo que sou cristão, tenho a obrigação moral de acatar tudo o que a bíblia diz. Então não, não sou cristão. Sigo o exemplo de vários orientadores, Jesus é um deles.

Saí muito do foco, mas acredito ter respondido sua pergunta.

Abraços.

Link to comment
Share on other sites

3. Nazareno não constitui um título perjorativo, mas um grupo ao qual pertenceu.

Nazareno é todo aquele que nasceu na cidade de nazaré, Jesus teve que passar por nazaré, justamente para ser chamado de Jesus de Nazaré, não sabia que acidade não existia no tempo :o

Como havia falado, a cidade de Nazaré não existia naquele tempo. Recebia este termo porque ele era um nazareno. Nazaré veio a aparecer em fontes históricas a partir do final do século I e em referências judaicas a partir do século II.

Epiphanio, em seu Panarion, fala sobre. Vejamos:

"Os Nazarenos – eram Judeus por nacionalidade – originalmente de Gileaditis (para onde os primeiros seguidores de Jesus fugiram após o martírio de Tiago o irmão de Jesus), Bashanitis e da Transjordon. Eles reconhecem Moises e acreditam que ele recebeu as Leis – entretanto não esta lei (Pentateuco), mas outra. Portanto, eles eram judeus que mantinham todas as observâncias judaicas, mas eles não ofereciam sacrifícios ou comiam carne. Eles consideravam uma transgressão da Lei comer carnes ou fazer sacrifícios com ela. Eles clamavam que aqueles livros eram ficções, e que nenhum destes costumes foram instituidos pelos Patriarcas".

Para maiores informações sobre a vida de Jesus devemos consultar outras fontes além da Bíblia. Por incrível que pareça existem outras religiões com relatos dele como o islamismo e o hinduísmo. Além do contexto religioso recomendo a leitura do livro "A vida mística de Jesus".

Quanto à pergunta, não considero que Jesus (empregando-me do termo em latim) fosse egocêntrico. Ele era essênio e, conforme escrito por Josefus: "eles mostravam mais amor do que os outros e viviam uma vida mais ética. Acertadamente, mereciam ser chamados um exemplo para a vida das outras pessoas... Da firmeza de suas mentes em todas as situações, a guerra com os Romanos deu ampla prova; nessa guerra, embora fossem torturados, suplicados na roda, queimados, esmagados e submetidos a todos os instrumentos de tortura para que fossem brigados a blasfemar contra o legislador e a comer o que era proibido,ainda assim não foi possível obriga-los a fazer qualquer uma destas coisas, tampouco, nem sequer uma vez bajulavam seus algozes ou derramavam uma lágrima mas, sorrindo em meio aos tormentose caçoando do que os torturavam, alegremente entregavam suas almas, como se em breve fossem recebe-las de volta outra vez”.

Link to comment
Share on other sites

Sou JESUS CRISTO de corpo, alma e coração! é como um amigo ai disse. Sou catolico e nunca vim aqui questionar Chico Xavier, Allan Kardec, Buda, Krishna. Mas alguns insistem em querer desmereçer Jesus. Cada um acredita no que quer e pronto. Todos somos muito limitados e ainda enxergamos muito pouco para dizer se este ou aquele foi ou nao Deus. Tampouco dou credito a qualquer espirito! Uso meu discernimento que meu Deus, Eu Superior, Monada, (chamem do que quiser) me deu para filtrar o que é bom. A propria biblia diz: "Analizai tudo e retende o que for bom" (1 Tessalonicenses 5:21). Alguns por aqui ( não são todos! aprendi a amar e respeitar o gva e as pessoas que participam dele) basta ouvirem que o espirito fulano de tal, o pai fulano, o et de varginha, falou algo que vão logo acreditando. a biblia também diz: Amados, não deis crédito a qualquer espírito; antes, provai os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora." I João 4:1

A biblia pode ter sido alterada? pode ser que sim! mas ainda quando são proclamadas suas palavras milhares de corações são aquecidos. E a prova que ela continua enraizada em Deus é que as profecias do apocalipse estao todas se cumprindo.

Já li o livro "Nosso lar", As vidas de Chico Xavier, Violetas na Janela e gostei de todos e reti o que era bom. Os audios do Saulo entao nem se fala! São todos ótimos! (Parabéns Saulo!)

O conselho que dou é que paremos de ficar querendo desmerecer um ou outro Ungido pois pequenos como somos jamais estaremos completamente certos.

E só para finalizar deixo uma pequena estoria:

Contam as lendas que a verdade foi enviada por Deus ao mundo em forma de um gigantesco espelho.

E quando o espelho estava chegando sobre a face da terra, quebrou-se, partiu-se em inumeráveis pedaços que se espalharam por todos os lados.

As pessoas sabiam que a verdade era o espelho, mas não sabiam que ele havia se partido.

E por essa razão, as que encontravam um dos pedaços, acreditavam que tinham nas mãos a verdade absoluta, quando na realidade possuíam apenas uma pequena parte.

E quem deterá a verdade absoluta?

A verdade absoluta só Deus a possui e a vai revelando ao homem na medida em que este esteja apto para conhecê-la.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...