Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Espíritos em casa 4 - Novas experiências fantásticas


Fulvio
 Share

Recommended Posts

Confesso que não sou Santo. Aliás, como disse uma vez uma médium do Centro Espírita de Bezerra de Menezes a mim, ninguém que esta aqui é. Salvo aqueles grandes gurus e pessoas ícones de nossa nação.

Na ultima semana do dia 04 a 08/04 estive em uma convenção de vendas da empresa onde trabalho em Angra dos Reis, no final de semana antes, estive com amigos em um sítio, para comemorar o aniversário de minha noiva e de um amigo.

Resumindo, fds muita bebida, condição alguma de projeção. Durante a semana, correria durante o dia, noite mal dormida e acordar cedo, sem condições nem de trabalhar as energias.

Em minhas rezas, solicitava ao espíritos de alta vibração para me auxiliarem na limpeza de minhas energias para que fosse útil no amparo.

Lógico que estava ciente de que não lembraria nenhuma experiência.

No dia 06/04, uma quarta-feira, lembro apenas de sair do corpo no quarto do hotel, a visão super turva e ao sair do quarto, totalmente negra. Depois me vejo com um espirito, uma mulher em cima de mim, ela era calva e estava num estado deplorável, pedindo ajuda. Com a pouca consciência, notei a presença de um espirito superior na sala, que a auxiliou enquanto minha consciência caia.

Os dias passaram, tive a maravilhosa experiência de ir pra Ilha Grande e presenciar uma natureza exuberante, porém sofrida. Muito lixo de turistas, mas em meio a isto tudo, a natureza se esforçava e pude ver duas tartarugas maravilhosas. Tirei fotos delas debaixo d´água e rezei por todos os seres. Tive um momento de paz, felicidade extrema e re-energização.

Após todos os eventos, já em casa, peguei uma gripe, o que dificultava minhas práticas energéticas. O corpo cansado não aguenta muito tempo até cair no sono, mas mesmo assim me esforcei. Todos os dias, ao deitar, se por algum minuto pensava em não fazer as técnicas, imediatamente escutava fortes estalos pelo quarto e que não sessavam até eu limpar as energias.

Em momento algum fiz as técnicas completas, estava fraco, cansado, sono atrasado, optei por fazer a compacta.

Na 2ª. Feira, fiz a técnica mas não me lembro de qualquer experiência.

Na 3ª. Feira, novamente a mesma técnica e cai no sono. Um sono perturbado por conta da gripe. Já pela manhã, sinto um pouco de um EV fraco, circulo as energias e sinto que é hora de sair do corpo.

Me levanto com dificuldade, sinto uma pressão contrária mas consigo me livrar dela.

Abro a porta de meu quarto e noto uma luz amarelada, bem fraca e aconchegante no quarto de meus pais. É a mesma luz da experiência anterior. Ao entrar, me deparo com 3 espíritos sentados que se levantam quando entram.

Estou um pouco atordoado e peço desculpas a eles falando que voltaria ao corpo para melhor praticar as energias e poder ajuda-los. Volto neste instante ainda em EV e consigo sair com a consciência melhor. A mesma luz ilumina todo o andar da casa. Ao entrar no quarto de meus pais, um grupo de umas 10 pessoas, todos são negros. Ele me cercam. Há homens e mulheres.

Peço para eles realizarem a reza que mais os toca. Eles começam a cantar, todos em coro uma música que falava da luz das estrelas.

Neste momento, levanto as mãos e uma luz azulada sai delas e toca sutilmente o rosto de cada um deles. Um homem no grupo, esta com o olho machucado, e coloco a mão sobre seu olho, tocando-o.

A consciência cai e me encontro no corpo, ainda em EV. Me levanto novamente e por um momento acho que estou realmente levantado, em “carne”, mas olho pra trás e comprovo que não.

Abro a porta do quarto e a luz continua a mesma. Entro no quarto de meus pais e um grupo de três jovens esta sentado. Sem titubear, me dirijo a eles e coloco a mão sobre suas cabeças e mais uma vez minha consciência se vai.

Como um estilingue, bato no corpo e já me levanto e a cena continua a mesma. Quando entro no quarto de meus pais, vejo um grupo enorme de espíritos, ao menos 20. O quanto esta bem amplo.

Peço que eles se acomodem em V, onde eu ficaria na ponta do V e eles enfileirados, um de frente ao outro nesta posição. Levanto minhas mãos e murmuro uma reza. As luzes azuladas saem de minhas mãos e vejo a minha frente duas moças, com vestidos longos e soltos andando por entre os outros espíritos e delas, uma aura azulada envolvendo a todos.

Fecho os olhos e retorno ao corpo pensando – Agora eu queria dar uma volta por ai, ver o céu.

Sinto um EV e arrisco nova saída. Vejo a porta do quanto aberta, a porta do quarto de meus pais aberta e a porta da sacada. Saio correndo e volito. O sol esta iluminando tudo, volito pelo bairro num voo leve e rápido. Fecho os olhos e aproveito a sensação até voltar pro corpo, sentindo energias por todo corpo e sinto que é hora de levantar pra trabalhar.

Todas as noite rezo para que espíritos bondosos e de luz iluminem a minha casa e as pessoas que amo e convivo, peço para que me auxiliem na limpeza das energias para que eu possa ser útil a eles no trabalho astral e acima de tudo, para que guiem e iluminem os espíritos de menor vibração presentes em minha casa (vocês lembram das experiências com alguns deles). Acho que funcionou.

Fico feliz em poder ajudar, mas ainda não sei a repercussão disso tudo.

Paz e luz a todos.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...