Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

MEDIUNIDADE E ORAÇÃO


Marcio Sá
 Share

Recommended Posts

Por

Hélio Alves Corrêa

“A mediunidade, na ordem superior da vida, esteve sempre associada à oração, para converter-se no instrumento da obra iluminativa do mundo.”

Livro Mecanismos da Mediunidade

André Luiz / Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira

O contato com os espíritos é instrumento normal no nosso cotidiano.

Mas quantos de nós, ou quase todos, apenas enxergamos e percebemos esse contato nos fatos calamitosos, nas desavenças, nas discussões, nos exemplos de afastamento do caminho do bem.

Pudéssemos nós utilizar a Mediunidade de maneira santificada como ela se nos apresenta, e veríamos quanto os bons espíritos trabalham por essa obra iluminativa do mundo, como nos relata André Luiz.

A Mediunidade vista no contexto geral, e não apenas nas Reuniões Mediúnicas é bendito instrumento de crescimento para a humanidade.

No nosso dia-a-dia os Espíritos nos intuem, nos incitam ao bem o tempo todo.

Nós é que não nos acercamos deles, não percebemos e nem captamos essas ondas mentais construidoras do nosso progresso individual, e do serviço do bem para o progresso da humanidade.

Continuamos mergulhados no charco dos pensamentos insanos, materialistas, do suplantar ao próximo no embates da vida, no egoísmo e no orgulho como bem nos mostra o Evangelho.

Pudéssemos, como o nosso amigo André Luiz nos relata, associar essa mediunidade intuitiva à oração, e estaríamos anos luz à frente na nossa evolução.

Oração no sentido aqui, de conexão com a divindade. Não no sentido de palavras perdidas, repetidas, mas no sentido do abrir o coração e sentir o palpitar da divindade no seu interior.

Esta é a oração que devemos fazer no nosso íntimo.

Não simplesmente orar, mas viver em prece, agradecer por cada situação bendita que se nos apresenta. Orar como se entrássemos o tempo todo no mais íntimo do nosso ser, e, de lá erguêssemos um brado de agradecimento ao Criador.

Quando unirmos esta maneira de orar, à mediunidade intuitiva que todos temos; captaremos as melhores idéias e os melhores pensamentos em todas as situações da vida, e então todos seremos artífices no crescimento dos seres e no crescimento do planeta rumo ao Mundo de Regeneração.

De onde vêm afinal, as descobertas fantásticas da Ciência, da Saúde?

De onde vêm essa busca interior da melhora da relação entre os homens?

De onde vêm a idéia da fraternidade universal entre os povos, tão em moda nos dias atuais?

Tudo isto e muito mais vêm da Mediunidade, na ordem superior da vida, como nos mostra André Luiz.

Fonte: http://www.usesp.org.br/site/artigos/?id=7

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...