Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

ANTE A EPIDEMIA


leonne
 Share

Recommended Posts

ANTE A EPIDEMIA

O pai, imensamente extremoso no afeto pelo filho único que a Excelsa Providência lhe confiara, assustou-se

ante a epidemia de sarampo que grassava na cidade e tomou medidas urgentes para afastá-lo.

Chamou o jovem a conselho.

Adquiriu-lhe guarda-roupa extenso.

Deu-lhe várias cartas de recomendação.

Indicou-lhe o balneário em que deveria descansar dos estudos, por dois meses.

Fez-lhe grande número de avisos. Dotou-lhe a bolsa de vasta munição financeira. O rapaz viajou, temendo a

moléstia, mas, passados vinte dias, o pai amoroso recebeu a constrangedora notícia: o moço fora

assassinado, por ligeiro desentendimento, numa luxuosa mesa de jogo.

*

Tenha sempre presente a coragem da fé.

Viva confiante. Seja otimista.

A fé se reconhece pela conduta.

Vezes e vezes, fugindo ao que nos parece perigo, estamos simplesmente buscando irremediável desespero

em queda maior.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...