Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Viagem um tanto desastrada


Recommended Posts

Viagem um tanto desastrada

Noite de 28/05/08 - Acordei no plano astral em cima de um telhado, havia uma rua lá embaixo, então dei um pulo e voei, perdi altura, mas fiquei flutuando próximo ao chão, e assim próximo ao chão me dirigi flutuando até uma cidade apesar de não ver nada escrito que pudesse identificar qual cidade aquela, não conheço São Paulo, mas meu íntimo dizia ser a cidade São Paulo-capital. Ali tudo era conturbado muita gente um tanto apressadas, me deparei atravessando uma pequena ponte suspensa, tipo passarela, onde as pessoas atravessam para outro lado quase atropelando umas as outras. Então fiquei com medo que me derrubassem lá embaixo, e não é que alguém apressado passou na minha frente sem me derrubar! O interessante é que a largura da passarela só cabia uma pessoa, no entanto não cai “coisas do astral”. A viagem não foi tão curta, há outros detalhes, porém não consigo lembrar , penso que é pelo fato da conturbação que havia no lugar , ou porque ainda me falta o domínio necessário.

Me lembro de ainda que adentrei numa grande sala mobiliada, parecia moderna tipo executiva, tinha pessoas sentadas sai dali atravessando por uma porta ampla de vidro. Voltei do astral, Bom demaiiiiiiis.

Abraço a vocês do GVA.

Link to comment
Share on other sites

Lourdes, que bacana a sua viagem astral. Parabéns, você já está se projetando.

Viagem um tanto desastrada

Noite de 28/05/08 - Acordei no plano astral em cima de um telhado, havia uma rua lá embaixo, então dei um pulo e voei, perdi altura, mas fiquei flutuando próximo ao chão, e assim próximo ao chão me dirigi flutuando até uma cidade apesar de não ver nada escrito que pudesse identificar qual cidade aquela, não conheço São Paulo, mas meu íntimo dizia ser a cidade São Paulo-capital. Ali tudo era conturbado muita gente um tanto apressadas, me deparei atravessando uma pequena ponte suspensa, tipo passarela, onde as pessoas atravessam para outro lado quase atropelando umas as outras. Então fiquei com medo que me derrubassem lá embaixo, e não é que alguém apressado passou na minha frente sem me derrubar! O interessante é que a largura da passarela só cabia uma pessoa, no entanto não cai “coisas do astral”. A viagem não foi tão curta, há outros detalhes, porém não consigo lembrar , penso que é pelo fato da conturbação que havia no lugar , ou porque ainda me falta o domínio necessário.

Me lembro de ainda que adentrei numa grande sala mobiliada, parecia moderna tipo executiva, tinha pessoas sentadas sai dali atravessando por uma porta ampla de vidro. Voltei do astral, Bom demaiiiiiiis.

Jamais você cairia, eheheheh, pois você é um espírito encarnado, em projeção astral.

Ali tudo era conturbado muita gente um tanto apressadas, me deparei atravessando uma pequena ponte suspensa, tipo passarela, onde as pessoas atravessam para outro lado quase atropelando umas as outras. Então fiquei com medo que me derrubassem lá embaixo, e não é que alguém apressado passou na minha frente sem me derrubar!
Link to comment
Share on other sites

  • 5 weeks later...
  • 2 weeks later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...