• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Sign in to follow this  
Eder

Visitando uma vida passada

Recommended Posts

Ano 2001.

Numa das minhas viagens astrais, acabei saindo num lugar desconhecido, no meio de uma rua.

Era desconhecido mas ao mesmo tempo eu conhecia aquele lugar.

Vi uma determinada casa e senti vontade de entrar lá, atravessei a parede e entrei. Lá dentro, estava uma moça de cabelos compridos e lisos, de cor castanho claro quase ruiva, uns 2 kilos acima do peso e muito bonita. Quando olhei pra ela, vi que era uma vida passada minha. Senti uma coisa estranha que não sei como descrever. E fiquei ali observando, ela passava por muitas dificuldades mas não se deixava abater, tinha bastante força, mais do que eu tenho hoje.

Enquanto ela estava no quarto arrumando a cama, eu olhava ao redor dele e tinha um espelho oval com contornos de madeira, meio empoeirado, na verdade, o quarto todo estava bem empoeirado, tinha até umas teinhas de aranha em alguns cantos, pensei pra mim: “nossa, você é relaxadinha hein, nem eu que sou homem agora não sou relaxado desse jeito, olhei pro espelho e dei risada”. Na verdade intuitivamente eu vi que não era culpa dela, é que no astral eu dou risada de tudo; e ela era tão bonita que eu pensei: “se tivesse nascido nessa época eu casava comigo”.

Então aconteceu uma coisa muito interessante:

Ela se deitou de lado, sob o braço direito, eu estava no pé da cama dela, do lado direito da cama olhando de frente, havia um móvel antigo e o espelho oval em cima dele.

Quando ela se deitou, pensou em sair do corpo. Aquilo me chamou muito a atenção, e em questão de 5 minutos ou menos ela saiu, como se isso não fosse nada pra ela, como a gente se levanta do sofá pra ir até a cozinha beber água.

Eu fiquei de boca aberta pensando: “eu me esforço tanto pra conseguir sair de vez em quando e ela sai assim??? Não acredito que eu tinha essa habilidade. Me lembrei que uma vez um senhor amigo meu me disse que mulher consegue sair em astral com mais facilidade. Será que é verdade isso?

Aquilo me deu mais motivação pra sair em astral, e a partir dali passei a querer dominar essa técnica da mesma forma que fazia no passado. Aliás, eu nunca tinha imaginado que já tinha sido mulher; ainda bem que eu pude perceber que ela era uma moça bem difícil de se conquistar.

Depois de rir da situação resolvi sair do quarto e parar de ficar xeretando a privacidade dela apesar de ser eu mesmo, atravessei a parede, andando na rua, senti meu corpo físico me puxar de volta.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá querido

“se tivesse nascido nessa época eu casava comigo” foi otimo.. ri aki.

"Aliás, eu nunca tinha imaginado que já tinha sido mulher"(nem queira saber tudo o que já foi) rsrsr.

:)

já passei por essa experiencia,de uma "auto regressão", e bem interessante, perceber-nos noutro tempo/.

Agora o fato de vc ver, que vc(ela) conseguia sair do corpo e um muito bom de se observar,dizem, DIZEM, que num é de um "dia pro outro" que surge, a "habilidade na pratica de sair do corpo consciente,talvez seja de "encarnação pra outra", ou seja, pra vc ter um entendimento agora aqui, provavelmente vc conseguia fazer isso noutrora. Vale a pena pensar.

E esse negocio de mulher ter mais facilidade, eu já ouvi tbm, mas creio que pratica pratica pratica, vá lhe levar aonde quer chegar.

=)

bom dia

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá Leide, bom dia

Naquela época eu ainda não sabia que podíamos mudar de sexo de uma vida pra outra, ainda não havia recuperado minhas recordações.

Você tem razão, já fomos de tudo o que se possa imaginar e todos nós já fizemos coisas bem feias inclusive.

Um abraço

Eder

Share this post


Link to post
Share on other sites

Explica-se facilmente a sua atual "dificuldade" em sair do corpo, acredito eu.

Você tem facilidade em sair do corpo porque já treinava isso em vidas passadas (saia espontaneamente, desde criança etc).

Você tem "dificuldade" em sair do corpo pois - pelo tempo em que ficou desencarnado - não precisou sair do corpo, pois não tinha um corpo! :lol:

Portanto, ficou claramente "destreinado" nesse meio tempo.

No entanto, podes - acredito eu - adquirir essa habilidade novamente, com a prática.

Ps: Que isso, um relato melhor do que o outro? :lol::lol:

abç!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Incrível também como "sabemos das coisas" no astral.

Vi uma rua desconhecida, mas que eu conhecia.

Vi uma casa, e senti vontade e entrar lá.

Por que foi conduzido a este lugar, para ver suas vidas passadas?

Para alavancar a sua capacidade projeciológica, um incentivo?

Por que não? rsrs

Ps: Quando sair do corpo, dá uma olhada no canto da sua cama: talvez veja como vai ser você em uma vida futura! :lol::lol:

abç!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ps: Quando sair do corpo, dá uma olhada no canto da sua cama: talvez veja como vai ser você em uma vida futura! :lol::lol:

Gostei dessa :lol: Mas fiquei imaginando realmente quando li o relato quantas visitas do futuro poderíamos estar recebendo e nem notar

Share this post


Link to post
Share on other sites
Olá elopes,

Não dá pra interagir com o passado, são só registros que vibram por toda a eternidade.

Sei disso Eder, por acaso você não pegou o espírito da piada? :lol::lol::lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

hum entao tu foi girl na vida anterior? :o:o:o

:lol::lol::lol: deu sorte pois nessa voçe voltou boy

ate agora eu nunca vi alguma menina aqui falando que foi homem na vida anterior,estranho isso

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá Lucifer,

Esta vida passada que relatei, não foi minha vida anterior. Foi a várias encarnações atrás. Mas todos nós já fomos de tudo sem excessão.

Um abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rapaz,esse foi um dos relatos mais interessantes que já li.

Como você tinha tanta certeza que a ruivinha era você?

Aconteceu algum papo a mais entre vocês?

Voltou a vê-la depois disso?Ou encontrou outras vidas passadas sua?.......

Overdose de perguntas!! :lol:

Lá dentro, estava uma moça de cabelos compridos e lisos, de cor castanho claro quase ruiva, uns 2 kilos acima do peso e muito bonita.

Eita,essas mulheres......Vivem insatisfeitas,querem sempre perder 2 kilos!!kkkkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá Flávio Henrique,

As questões que você colocou são muito importantes pra compreensão, vou tentar te explicar:

Quando estamos conscientes no astral algumas coisas mudam; além das diferenças de visão, telepatia e velocidade que já comentei em outros relatos, nossa intuição fica totalmente desperta e nos lembramos naturalmente das nossas vidas passadas, da mesma forma que a gente lembra como foi o dia anterior aqui no físico.

A outra questão é que quando visitamos o passado, não dá pra interagir e nem modificar os acontecimentos. Você assiste alí no meio, como estivesse dentro da tela do cinema em 5 dimensões, mas não interage; estamos apenas observando um registro da natureza, as frequencias que vibram para sempre. Quanto mais a "distância" no tempo em que voltamos, mais as coisas parecem estar "envelhecidas".

E quando eu me vi naquela condição saindo do corpo, funciona assim: Pra ficar mais claro, vamos entender que o mundo é astral seja divido em 7 subdimensões. Sendo que a primeira seria as vibrações mais densas do umbral e a sétima as vibrações mais sublimes, sendo que todas as dimensões da natureza, seja físico, etérico, astral, mental, enfim... todas elas estão aqui e agora, mas não se misturam.

Então se você estiver por exemplo na, vamos chamar de "quarta subdimensão do astral" e estiver observando alguém que também esteja no astral, mas que esteja na "terceira subdimensão do astral", você enxerga ele mas ele não irá te enxergar, talvez sinta a sua presença mas não vai conseguir te ver porque você está mais sutil do que ele. Da mesma forma se o seu mentor estiver do seu lado na "quinta subdimensão do astral", ele te vê mas você não.

Então é por isso que podemos enxergar o plano físico, uma pessoa saindo em astral, mas ela não nos ver mesmo estando no astral.

Resumindo, nós enxergamos de "cima pra baixo", isso é muito lógico.

Observe a fumaça de um cigarro, conforme ela vai se dissipando, vai ficando cada vez mais invisível a nossa visão, mas continua lá. Então a fumaça quando sai do cigarro está mais densa, compacta, por isso mais fácil de ver, e conforme ela sobe, vai ficando mais sutil, as particulas vão ficando mais distantes, e vai ficando invisível por isso.

Já fiz algumas experiências assim, de estar ao lado de pessoas no astral conversando comigo; então comecei a sutilizar minhas vibrações e comecei a ficar invisível pra essas pessoas.

É claro que através da clarividência podemos enxergar dimensões superiores, mas tudo dentro de uma certa faixa de vibração.

No caso dessa viagem astral, eu apenas observava eventos ocorridos anteriormente no físico e no astral enquanto me recordava de tudo.

Espero ter conseguido responder suas questões com clareza.

Um abraço

Eder

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado,Eder.

Acho que entendi.

Então você apenas assisti o fato passado?Como se fosse um espectador com cadeira privilegiada,mas sem conseguir interagir com os fatos?

Então no seu caso,você não teve uma conversa com você,ou melhor,com a ruiva,e sim assistiu o que ela fazia?Você foi um voyeur!!! :lol: ....kkkkkkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this