Jump to content
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

O manto da invisibilidade


Carluz Sol Silva
 Share

Recommended Posts

Olá, peregrinos dimensionais.

Anteontem, no trabalho, atendi um indivíduo que reclamava da tarefa de ter que entrar em uma favela para realizar determinado serviço. Sua queixa foi seguida de relatos de crueldades praticadas por traficantes. Senti a energia ruim que ele emanava, mas já era tarde, fui contaminado por suas vibrações, seus medos, sua frustração, e ainda fiquei com a sua imagem mental na minha mente, plasmando-se forma-pensamento com a minha energia vital. Tentei vibrar em forma diferente, mas...preferi me ocupar com outra coisa, isto é, deixei como estava e pronto.

Há noite, apesar da oração e da busca do controle energético e do relaxamento energético, fui atraído para uma região umbralina, onde "bandidos trocavam tiros astrais com outros". Há princípio, minha vibração era de mero observador da cena, porém percebi uma família perdida e com medo de ser atingida pelas "balas". Era uma mulher e duas crianças. Eles se abaixavam em uma espécie de mato, tentando não serem vistos/percebidos pelos bandidos armados. Naquele momento, em razão do medo que eles tinham me tornei visível a eles e passei a ficar com medo também. Algo parecia me impedir de perceber a situação ou mesmo de perceber que estava fora do corpo. Algo com uma "censura" determinava para minha mente apenas aquela realidade. Junto àquelas pessoas, passei a liderá-los, pegando as mãos das crianças e tentei "fugir" com elas de onde estavam. Porém, sentindo que estávamos encurralados pelos "bandidos", lembrei-me oportunamente do Oberom (Viajando na Luz), e invoquei o manto da invisibilidade:

"Pai, torna a gente invisível, por favor." Caraca! Desceu do alto na mesma hora uma espécie de teia prateada, ornamentada com miríades dais mais reluzentes cores, cobriu-nos a todos e percebi, imediatamente, a mudança da frequência vibratória. Os bandidos já não nos viam mais, apesar de estarmos ali percebendo-os. A emoção intraduzível daquela sensação imediata de amparo do Papai, me fez despertar. Os pontos terminais do corpo pulsavam energias, me senti um bateria de carro em curto.

Que maneiro!

Agora uso esse manto em qualquer dimensão.

Abs,

Carluz.

__/\__

"O tempo passa e se torna um cemitério de oportunidades."

Link to comment
Share on other sites

Este manto foi a salvação no seu amparo, interessante Carluz! Lembro-me de um sonho lúcido que tive, em que fugia de bandidos ou coisa do tipo e tive a idéia de ficar invisível.Mas que nada,conseguia um pouco mas logo voltava ou ficava meio transparente apenas :lol: Da próxima vez, se lembrar, vou tentar invocar o manto da invisibilidade ;)

Link to comment
Share on other sites

  • 1 year later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

 Share

×
×
  • Create New...