• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Sign in to follow this  
Pedro braga

Pela quinta vez retornando a espiritualidade

Recommended Posts

Ola pessoal, vim comentar e pedir sugestões suas sobre um assunto muito importante. É o seguinte, já se foram quatro tentativas de conseguir me manter na espiritualidade, digo, fui deixando de lado aos poucos devido a ter ouvido algumas informações de que a v.a é ilusão e coisa do cérebro, mas isso nao vem ao caso, pois acreditar em ideias sem comprovação é tolice, mas a rotina diaria do coditiano me faz achar que a espiritualidade é inutil na nossa vida, o mundo nos faz crer q existem coisas muito mais importantes como: estudar para passar no vestibular e entrar na faculdade etc...

De que forma podemos conseguir equilibrar a vida material e a espiritual em nossa vida, de forma que uma complete a outra, sem que fiquemos achando que somos "diferentes" da maioria por gostar de assuntos q poucas pessoas se interessam (no geral), enquanto essas estão impregnadas no materialismo?

Share this post


Link to post
Share on other sites
De que forma podemos conseguir equilibrar a vida material e a espiritual em nossa vida, de forma que uma complete a outra, sem que fiquemos achando que somos "diferentes" da maioria por gostar de assuntos q poucas pessoas se interessam (no geral), enquanto essas estão impregnadas no materialismo?

Pedro braga, interessante sua pergunta. A espiritualidade está em tudo que faz, desde que coloca os pés fora da cama, até repousar seu corpo novamente para descansar.

Gostar ou não de determinado assunto, estudar e procurar se aprofundar nele, não o torna diferente, a menos que queira achar isso. Não procure se importar com o que os outros pensam, as diferenças são apenas características que nos tornam únicos.

O equilíbrio que busca vem com o tempo, com estudo, com maturidade, com perseverança, vc não deve claro deixar esse, ou aquele assunto de lado, a menos que lhe seja prejudicial de alguma forma.

Seja vc mesmo, procure dar o melhor de si, se ater aos problemas alheios equilibradamente, ou seja, não tente abraçar o mundo todo, por ora não vai conseguir.

Aprenda a compreender os que te julgam diferente, sem condená-los,e não se atenha a observações mesquinhas por parte deles.

Enfim viva o agora, inspire o futuro, e seja o mais útil possível nesse mundo, deixando sua marca positiva.

Paz e Luz.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tais conflitos espirituais já pegaram muita gente de jeito, inclusive eu. Natural daqueles que começam com algo tão importante, por assim dizer.

Isso já aconteceu comigo também, e cá estou eu aqui, aprendendo mais e mais.

Assim como na projeção (que só fazemos quando dormimos), a espiritualidade aqui é algo que deve andar junto com nosso cotidiano, e não dominá-lo totalmente/ser totalmente esquecida pelo cotidiano.

Eu por exemplo, que sempre fui averso à espiritualidade, acabei aqui, e estudo a Doutrina Espírita.

Não me deixo esquecer as outras coisas do dia, e nem falo o quanto a fé no futuro e nas boas ações lhe ajuda nas horas difíceis.

Embora estude, não tenho o menor interesse hoje em me projetar, nem em estudar projeciologia avançada, ficando tão somente no estudo espírita e na reforma interna. Vou me preocupar com o que os outros dizem, ou ficar triste por ainda não me interessar em outras coisas? De forma alguma. Estou feliz desse modo, pois sigo o que o meu coração manda, por assim dizer.

Faça o que tem que fazer, quando teu espírito desejar, e será feliz com suas vitórias diárias.

Abç! :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites
pois acreditar em ideias sem comprovação é tolice

Excelente frase e se aplica EM TUDO. Desde mitologias - Espaguete voador, Cristo, Javé, Alá e Krishna - até recentes estudos da mecânica quântica.

mas a rotina diaria do coditiano me faz achar que a espiritualidade é inutil na nossa vida

Nesse caso você não aplicou sua frase aqui. Fazer você achar não é o mesmo de experimentar e tirar suas conclusões.

Devo concordar que espiritualidade no dia-a-dia pode ser algo inútil, afinal, a maioria gritante da polulação vive assim, desconsiderando a multidimensionalidade e energia, no entanto, essa também é uma posição equivocada pois ao se envolver com tudo isso e considera-las no dia-a-dia, estaremos com uma visão totalmente diferente. Isso é o diferencial.

Não é pensar como pessoa que muda alguma coisa, é pensar como consciex que muda. É pensar que tudo o que você faz aqui e agora vai ter um reflexo multidimensional, energético e cármico. Isso faz toda a diferença e, como disse antes, só pode ser visto na prática - experimentando.

De que forma podemos conseguir equilibrar a vida material e a espiritual em nossa vida, de forma que uma complete a outra, sem que fiquemos achando que somos "diferentes" da maioria por gostar de assuntos q poucas pessoas se interessam (no geral), enquanto essas estão impregnadas no materialismo?

Não existe essa história de uma completar a outra, pois não estão (nem nunca estiveram) desvinculadas. Você não escolhe viver o material ou o espiritual, você vive ambos mas, normalmente, escolhe apenas 1. Para suportar essa afirmação, temos o paradigma consciencial: http://www.assinvexis.org/paradigma-consciencial.php

O viver em equilíbrio que o povo gosta de dizer é nada mais nada menos que aplicar conceitos espirituais no dia-a-dia para ter uma vida mais agradável e justa. Eu, particularmente, não gosto de usar esse termo pois quem está em equilíbrio não precisa evoluir, está na zona de conforto. Em contrapartida, gosto de usar o termo saber priorizar, pois esse remete a um avanço consciente e planejado racionalmente de acordo com uma série de critérios como: idade, cultura (policarma), família(grupocarma), vontade, metas, programação existencial, paraprocedência etc.

Por exemplo:

Um jovem na faixa dos 18~25 anos. Na sua opinião, a prioridade dele é ser "espiritualista" ou ser materialista?(vamos considerar que a cosmoética esteja envolvida em ambos os lados, ou seja, em ambos os casos ele será uma pessoa correta e íntegra).

Sou favorável que ele seja materialista pois espiritualidade não dará autonomia financeira pra ele nem o ajudará a completar sua formação profissional para futuramente não depender de ninguém e assim possa completar sua proexis.

Agora sou mais favorável ainda que ele, conscientemente, crie um sinergismo entre a priorização da autonomia financeira e a vivência do paradigma consciencial. Mas são poucos que conseguem ter esse nível de organização e vontade.

É possível alcançar isso mas vai depender do quanto você está disposto a se comprometer, o que não pode ocorrer é a inversão desses papeis. Esse mesmo jovem querer abandonar o materialismo para viver apenas a espiritualidade. Acho que se você recebeu um corpo para viver aqui, deve, no mínimo, ter condições de se sustentar (estou sendo genérico pois não considerei casos específicos de programações existenciais).

Já se mudarmos a idade para alguém mais velho (30+) e que já tenha uma autosustentabilidade econômica, esse sim poderá priorizar mais a espiritualidade, pois já não depende tanto das condições básicas de sobrevivência desse Planeta. Mesmo assim, não poderá, ainda, acabar com todo o materialismo.

Sobre a "maioria que gosta de outros assuntos"... Tenha seu posicionamento. Não fique onde você não se sente bem. Quando você muda sua personalidade, os amigos e grupos também mudam.

Qual você prefere? Amizades ociosas, ou seja, fúteis que só serve para diversão e perda de tempo ou amizades que compartilham dos mesmos interesses evolutivos? Resposta óbvia mas que ainda é um travão para muitos.

Você está disposto a se posicionar perante seu melhor amigo? Aquele que você conhece a décadas e só se juntam para perder tempo com coisas inúteis como beber, ir pra festa, pescar, assistir jogo de futebol etc.

Quando eu digo posicionar, não quero dizer: "vai lá e fala que a amizade acabou" e sim que você não compartilhe daquilo que você não tem mais afinidade. Por que você vai beber se isso não lhe agrada mais? Por que você tem de participar das mesmas reuniões familiares sendo que você não se sente bem com aquele povo que já tem 20 anos que só fala das mesmas coisas? Existem inúmeras situações que demonstram isso com clareza.

A questão não é que você se isole e sim saiba se posicionar perante tudo.

Concluindo e respondendo mais diretamente seus questionamentos. Se você não consegue se manter na espiritualidade é porque você ou subestima ou superestima ela. Tente manter a espiritualidade como mais uma área da sua vida, nada além. Dê a prioridade à ela tal qual você achar que for melhor. Se entenda, faça uma autopesquisa dos seus valores, qualidades, defeitos e trace metas que encaixem a espiritualidade no meio disso. Por fim, use e abuse da sua frase:

acreditar em ideias sem comprovação é tolice

Estude, pesquise, critique, experimente e tenha suas próprias conclusões.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sobre retornar a espiritualidade, eu tb passei por isso. Tomei ciencia do assunto de projeção astral há uns 15 anos atras, estudei bastante, mas nunca praticava os exercicios direito e acabei deixando para trás......agora vejo que era muito novo e realmente não estava preparado para isso. Retomei para valer esse ano, e me sinto melhor, praticando com os audios do Saulo.

Acho que realmente é muito dificil de conversar sobre esse tema com alguem, pois a maioria, quase todos, são muito ligados ao materialismo, ainda mais hj em dia que as pessoas vivem em função do dinheiro e do consumismo, por isso acredito sim que a pessoa que estuda espiritualismo fica um pouco isolada, sem ter alguem com quem compartilhar ideias.

O importante é tentar sempre viver equilibrado e tentar melhorar no dia a dia, ponderando e analisando nossas ações e responsabilidades........isso talvez seja realmente viver na espiritualidade.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this