• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Recommended Posts

Concordo e discordo com/de você elopes.

Mas cada um, por mais que se apresente argumentos lógicos e passíveis de comprovação, sempre terá sua cultura religiosa e social interferindo.

Ou seja.

Um assunto natural se transforma em tabu e especulativo.

Não tenho mais nada à dizer sobre o assunto, pois, assim como muitos aqui, me coloco na condição de aprendiz e crítico de idéias.

Um abraço a todos e que cheguem a um ponto em comum.

Não esquecendo que discussão não é briga.

Bom debate.

;)

Share this post


Link to post
Share on other sites
No entanto, e como vemos nas estranhezas do dia a dia, há pessoas que criam processos doentios com essa masturbação, imaginando ou não a pessoa. O que é importante ressaltar que o que conduz a esse desequilíbrio não é a masturbação, mas a própria elevação moral do indivíduo. Ademais, o próprio desequilíbrio é ferramenta utilizada pela natureza, com o fim de conduzir a um equilíbrio mais sólido.

O que é intrinsecamente ruim? Roubar, matar, desejar mal ao próximo... agora, tomar o todo pela parte e dizer que a masturbação - e seu caráter de auto conhecimento - é uma coisa intrinsecamente ruim é um disparate. O que faz um processo ruim é a nossa influência, pois que não há como ser ruim a parte natural do processo.

Acrescento, também, o fato de isto estar preso à visão dogmática, levantada também pelo Saulo. Muitos resistem à ideia de que a energia sexual tem origem divina, assim como todas as outras coisas. Viemos para cá, portanto, temos de aguentar as coisas boas e ruins daqui... não que a masturbação seja coisa ruim, mas pura influência do corpo.

O que resta são meros detalhes. ;)

Olá Elopes,

vc conseguiu sintetizar exatamente onde eu queria chegar, porém não consegui argumentar com esta clareza que vc colocou.

Então vamos aos pontos:

Energia sexual é natural, desde que equilibrada, não tem porque fazer mau. Se vem do divino/natural, não precisamos criar tabus em cima dela.

O Ato de desejar alguém quer dizer que vc sente atração, seja ela física ou emocional, ou ambas, então, vc não está desejando o mau daquela pessoa.

Eu acredito que vc faz mais mau para uma pessoa quando está com raiva dela do que quando se sente atraído por ela.

A questão da interação energética, bom, estamos encarnados, em uma faixa de vibração parecida, então, será difícil vc não interagir com as pessoas, até inconsciente estamos afetando a todos de uma forma positiva ou negativa.

Volto a frisar de que a sexualidade não é má, é natural e se não fosse por ela, não estaríamos aqui hoje, então ela é uma benção.

Podemos fazer uma pesquisa, para casais com que temos uma certa intimidade, perguntar como foi que nasceu a paixão/amor entre eles, com certeza, teve algo de sexual junto, então vc estaria fazendo mau a pessoa que hj tanto ama? É claro que existe a possibilidade de esta pessoa ter alguma ligação mesmo que de vidas passadas e ter uma afinidade contigo onde o amor veio antes da atração física, mas como poderemos saber?

Precisamos cuidar para que questões espirituais não sejam demasiadamente interpretadas de uma forma que as transformem em tabus ou que gere fanatismo.

Então eu prefiro viver a vida de uma forma mais simples, sem excesso de zelo ou dar uma importância muito grande ao que é natural, prefiro viver de uma forma mais suave, não criar tantos problemas em cima de algo que pode ser simples por natureza, e mesmo que nao seja, tentar transformar tudo em algo mais simples. Como diz o Saulo, espiritualidade com simplicidade.

Mas é lógico, cada um tem uma opinião, essa é a minha, e respeito a de todos.

Um abraço amigos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Energia sexual é natural, desde que equilibrada, não tem porque fazer mau. Se vem do divino/natural, não precisamos criar tabus em cima dela.

Muito bem colocado. Na verdade, seria um belo resumo do que eu falei, muito bom! :D

O Ato de desejar alguém quer dizer que vc sente atração, seja ela física ou emocional, ou ambas, então, vc não está desejando o mau daquela pessoa.

Eu acredito que vc faz mais mau para uma pessoa quando está com raiva dela do que quando se sente atraído por ela.

Fantástico, e faz todo o sentido. Sejamos práticos: a masturbação comum, do adolescente atual, envolve tal manipulação de desejos, e muitas vezes envolve outra pessoa direta. Mas, se pararmos para pensar, o adolescente está desejando algum mal para a pessoa alvo das energias? De modo algum... Ciúme, Inveja, Egoísmo, Cobiça, Ambição, Ódio... estas coisas sim fazem mal, e geralmente não são estes elementos encontrados neste processo, mas tão somente uma atração corpórea NATURAL.

A questão da interação energética, bom, estamos encarnados, em uma faixa de vibração parecida, então, será difícil vc não interagir com as pessoas, até inconsciente estamos afetando a todos de uma forma positiva ou negativa.

Volto a frisar de que a sexualidade não é má, é natural e se não fosse por ela, não estaríamos aqui hoje, então ela é uma benção.

Podemos fazer uma pesquisa, para casais com que temos uma certa intimidade, perguntar como foi que nasceu a paixão/amor entre eles, com certeza, teve algo de sexual junto, então vc estaria fazendo mau a pessoa que hj tanto ama? É claro que existe a possibilidade de esta pessoa ter alguma ligação mesmo que de vidas passadas e ter uma afinidade contigo onde o amor veio antes da atração física, mas como poderemos saber?

Após isso, não tenho mais nada a declarar! :lol: . Sintetizou meu pensamento.

Share this post


Link to post
Share on other sites

masturbação com fantasia nao é nem nunca será manisfestação de amor, isso nem faz sentido nenhum, o sexo é uma manisfestação de amor, masturbação é puramente prazer, é puramente energia.

ao fantasiar sexualmente com alguem vc está criando uma interação energetica onde vc estará roubando energias daquela pessoa para sua satisfação pessoal, em outras palavras isso se chama assedio.

a unica coisa que nos impede de enxergar algo tão claro e tão simples é esse festival de autocorrupção.

eu não estou julgando ninguem, eu sei que eliminar as fantasias sexuais é muito dificil, muito mesmo, mas também não é impossivel.

a gente vai tentando, vai melhorando, e um dia a gente consegue, o que não pode acontecer é desistir nem deixar a autocorrupção nos convencer que é impossivel e por isso nos acomodar.

é claro que nós também nao devemos nos sentir culpados por não estar conseguindo no momento, o sentimento de culpa piora tudo, temos que reconhecer nossas limitações. é dificil mesmo, eu sempre soube que iria errar varias vezes, não posso me sentir culpado, mas também nao posso desistir.

essa é a minha visão, vou continuar acompanhando o topico, mas vou evitar continuar postando para não me tornar repetitivo. a mesnos é claro que eu mode de visão.

Share this post


Link to post
Share on other sites
masturbação com fantasia nao é nem nunca será manisfestação de amor, isso nem faz sentido nenhum, o sexo é uma manisfestação de amor, masturbação é puramente prazer, é puramente energia.

Concordo, e eu não disse que era. Apenas disse que não seria nada maléfico, talvez não seja elevado, mas não possui origem maléfica.

ao fantasiar sexualmente com alguem vc está criando uma interação energetica onde vc estará roubando energias daquela pessoa para sua satisfação pessoal, em outras palavras isso se chama assedio.

Pode haver interação energética (o que depende da outra pessoa), mas acredito ser ilógico o roubo de energias para satisfação pessoal. Pela própria lógica: Se você rouba energias, você fica com mais energias, acumulando energias. E onde fica a dispensa de energias decorrente do processo?

Difícil ser classificado como assédio. Em um assédio comum, pela lógica, a pessoa está vulnerável aquela condição, podendo por vezes estar na mesma sintonia. Quem toma na verdade o assédio é QUEM SE MASTURBA: os assediadores sentem as energias, e pegam as energias dispensadas.

a unica coisa que nos impede de enxergar algo tão claro e tão simples é esse festival de autocorrupção.

Festival de confusão, eu diria. A palavra enfatizada aqui por todos foi: Equilíbrio. Medidas doentias e pueris como os filmes pornográficos, as fantasias que estão associadas com o mal desejar, a masturbação excessiva SÃO RUINS, e isto já fora elucidado. Agora, é absurdo dizer que o próprio processo é sujo, impuro, denegridor de energias, pois que ele é NATURAL, como qualquer processo de auto-conhecimento. Por acaso algo natural seria contrário à lei divina? Não creio.

A última parte do seu post coaduna totalmente com a sua visão, agora, estes conceitos eu vi como necessário dar uma esclarecida, só pra deixar claro a opinião contrária. ;)

Dizer que o processo de masturbação (masturbação, não fantasias sexuais) é ruim e pronto é ato impensado. Então a postura "correta" é não se tocar até encontrar outra pessoa? Conheço uma sociedade assim: as fundamentalistas e extremistas.

Eu também acho ruim uma pessoa masturbar-se pensando na outra. Porém, acho que não há devido "roubo" de energias. O que há é o prejudicar da PRÓPRIA energia, pois que esse processo é PRÓPRIO, realizado SÓ. E, ademais, há outras formas de fantasia, como que a pessoa pensa apenas em outro corpo, sem dirigir-se a nenhuma pessoa conhecida.

Concordo que esse processo pode atrapalhar na energização retilínea, no entanto, é NATURAL, portanto, embora seja uma postura primitiva, não é, necessariamente, uma má conduta - que conduz a maus processos.

Acredito eu, assim como muitos que se manifestaram, que há, na reforma interna, outros pontos que merecem análise e, querendo ou não, essa vicissitude será eliminada se melhorarmo-nos como pessoa e espírito, pois que livraremo-nos das prisões do corpo. Acredito que interromper totalmente o processo é como tentar apertar água com as mãos: ocorrerá transbordamento e frustração.

Desculpem pelo post longo! :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outro argumento que muitos usam contra a masturbação é:

Houve pessoas, neste mundo, que são elevadíssimas e não se masturbavam nem tinham relações sexuais. Portanto, a pessoa que realiza esses atos não é elevada por causa disso também!

Tal argumento, utilizado por muitos, é quebrado simplesmente: pergunte a estes líderes o que eles acham da masturbação. Acha mesmo que eles dariam uma resposta negativa? (isso quando a masturbação é praticada com Equilíbrio

Share this post


Link to post
Share on other sites
Pode haver interação energética (o que depende da outra pessoa), mas acredito ser ilógico o roubo de energias para satisfação pessoal. Pela própria lógica: Se você rouba energias, você fica com mais energias, acumulando energias. E onde fica a dispensa de energias decorrente do processo?

não é ilogico pq a liberação de energias ocorre durante o orgasmo, se a pessoa se masturbar mas nao chegar ao orgasmo ela não terá liberado energia nenhuma.

Difícil ser classificado como assédio. Em um assédio comum, pela lógica, a pessoa está vulnerável aquela condição, podendo por vezes estar na mesma sintonia. Quem toma na verdade o assédio é QUEM SE MASTURBA: os assediadores sentem as energias, e pegam as energias dispensadas.

os dois são assediados, o fantasiado é assediado pelo fantasiador, e o fantasiador é assediado por consciex afins.

é claro que não é todo mundo que vai ser prejudicado, mas isso faz diferença? se não são todas as pessoas que são prejudicadas o que nós podemos fazer?

selecionar as pessoas fantasiadas e torcer pra ela estar em sintonia elevada?

saber que existem pessoas que não são afetadas não muda o carater anticosmoetico da fantasia sexual.

Festival de confusão, eu diria. A palavra enfatizada aqui por todos foi: Equilíbrio. Medidas doentias e pueris como os filmes pornográficos, as fantasias que estão associadas com o mal desejar, a masturbação excessiva SÃO RUINS, e isto já fora elucidado. Agora, é absurdo dizer que o próprio processo é sujo, impuro, denegridor de energias, pois que ele é NATURAL, como qualquer processo de auto-conhecimento. Por acaso algo natural seria contrário à lei divina? Não creio.

Dizer que o processo de masturbação (masturbação, não fantasias sexuais) é ruim e pronto é ato impensado. Então a postura "correta" é não se tocar até encontrar outra pessoa? Conheço uma sociedade assim: as fundamentalistas e extremistas.

eu acho que o que está causando o festival de confusão é que vc está pensando que eu estou falando de masturbação, enquanto desde o começo eu só falei de fantasias sexuais.

Eu também acho ruim uma pessoa masturbar-se pensando na outra. Porém, acho que não há devido "roubo" de energias. O que há é o prejudicar da PRÓPRIA energia, pois que esse processo é PRÓPRIO, realizado SÓ.

essa é uma questão a ser aprofundada, alguns dizem que rouba, outros dizem que não. eu acredito que rouba sim.

E, ademais, há outras formas de fantasia, como que a pessoa pensa apenas em outro corpo, sem dirigir-se a nenhuma pessoa conhecida.

esse tipo de fantasia obviamente não prejudica nenhuma outra pessoa, só o praticante dela por atrair assediadores.

Concordo que esse processo pode atrapalhar na energização retilínea, no entanto, é NATURAL, portanto, embora seja uma postura primitiva, não é, necessariamente, uma má conduta - que conduz a maus processos.

a masturbação é natural e não atrapalha a energização retilínea, o que atrapalha é a fantasia sexual.

a masturbação pode ser praticada com equilibrio, o que não pode é a fantasia sexual, vamos separar as coisas pra nao confundir denovo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
a masturbação é natural e não atrapalha a energização retilínea, o que atrapalha é a fantasia sexual.

a masturbação pode ser praticada com equilibrio, o que não pode é a fantasia sexual, vamos separar as coisas pra nao confundir denovo.

Então não há discordância. hehe :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

bom.

nunca penssei que esse topico ia chegar bem longe,

agradeço a todos q participaram.

poís cada um teve seu ponto de vista e acabamos elevando esse assunto.

ajudou a me eclarecer bastante coisa,e creio q esclareceram algumas duvidas de vcs.

mas quem tiver alguma opinião pode postar.

abraços..

Share this post


Link to post
Share on other sites

O fato é que há meios melhores de administrar e redirecionar essa energia, como toda energia qualquer. Eu, ultimamente, tenho percebido que tenho certa facilidade nessa administração, e com isso tenho tido muito mais energia no decorrer do dia a dia, utilizada de outros modos diversos.

Mas, claro, abolir completamente a prática de masturbação não é recomendada por ninguém, sendo classificada por diversas vertentes científicas como benéfica. O importante é o equilíbrio. :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nossa, me surpreendi com o seu interesse, no bom sentido, claro! :lol:

Terei imenso prazer em explicar.

Há tempos atrás, na fraqueza minha em manipular essa energia e percebendo que muitos também admitiam essa fraqueza (inclusive membros do fórum), passei a pesquisar mais sobre o assunto, verificando a relação com a energia sexual, os meios de cultivá-la, aproveitá-la.

Acontece que, depois de tanto pesquisar, encontrei um livro: http://casadosebooks.blogspot.com/2009/ ... homem.html.

Tal livro, embora tenha um objetivo leviano (ter mais prazer nas relações), ensina processos simples da manipulação sexual, a fim de retardar a ejaculação.

Acontece que tais processos são parecidos com algumas técnicas aqui do fórum (movimentação de energias), e você, além de usá-los para os objetivos propostos, pode utilizar toda a energia sexual para distribuir pelo seu corpo, sem dispensá-la depois em uma ejaculação. Sem dispensá-la, você a aproveita.

Não sei como, mas eu percebi uma facilidade pessoal com estas técnicas, desde orgasmos involuntários, sem o menor estímulo físico ou fantasioso, até uma incrível disposição nas atividades do dia a dia. Claro, que desde o início objetivei a segunda prática! :lol:

Acho, muito bem, que, com base em processos como esses, seria possível ficar longuíssimos períodos sem masturbar-se, ou ejacular. No entanto, não são poucos os casos de pessoas que não se sentiram muito bem com isso, dado o fato de contrariar os estímulos do corpo. Mas, mesmo assim, não deixa de ser um ótimo meio de ter mais energias, sem desperdiçar sua energia sexual. Vai chegar uma hora que você vai ter que descarregar, pois irá ter muita energia, quase que transbordando. :lol::lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Li esse tópico quase todo agora, Stubbs. Gostei de muita coisa, muitas outras me deixaram em dúvida.

Pouco fala-se na magia sexual para os solteiros, e, pelo que eu entendi, a gnose não recomenda práticas de transmutação/transformação quando se é solteiro. Ou seja, não adianta de muita coisa. :lol:

Mas eu gostei muito do tópico, confirmou minhas experiências, e me deu novos conhecimentos! :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aliás Stubbs, adorei os seus posts, muito bons!

Pergunta 1: Gostaria, assim como os outros, de um modo simples de iniciar estas práticas manipulativas energéticas, até porque acho que não é verdade o fato de que solteiros não podem praticar, rsrs.

Gostaria de saber também uma coisa: pelo que entendi, dizem que o sêmen não deve ser liberado nunca, seria nunca mesmo? isso não seria prejudicial/contrário ao modo do corpo proceder?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vlw :D

o tópico naum é meu, mas deixei muita informação lá...

tem muitos tópicos aqui sobre kundalini tb... o q eu entendo dessa energia é q ela nasce do chacra básico e a energia sexual q a gente acumula ou que a gente cuida bem ajuda a subir a kundalini e direcionar essa energia pra onde a gente quiser...para nossa evolução espiritual.

pro pessoal q é jovem é bom deixar a natureza o espírito guiar essa energia :D ... pra com essa experiencia vcs possam tomar uma decisão sobre essa energia na vida adulta de vcs.

no meu caso eu uso mais o Estado Vibracional para direcionar essa energia no meu corpo todo e em todas as minhas ações...

Boa Sorte !!! :D

Share this post


Link to post
Share on other sites

Desculpem por ressuscitar o tópico, mas qual a finalidade de se masturbar se não for imaginando um(a) parceiro(a), se a excitação e a ativação das energias sexuais vem em sua maioria dos estímulos visuais?

Tipo, não consigo imaginar uma masturbação utilizando elementos da espiritualidade. Não combina.

Para mim, o sexo é a manifestação mais primitiva do Ser Humano, e faz parte da nossa natureza. Poxa, pra quem gosta da coisa, basta entrar no ônibus e ver a quantidade de mulheres com roupas coladas, seios em decote e bundas avantajadas que aparecem. Poxa, haja auto-controle e direcionamento de energia pra não acumular libído!

Mas aceito sugestões sobre o assunto: Sou bastante "tarado", sou casado mas me masturbo, e como disse o amigo no inicio do POST, a culpa vem logo em seguida. Mas as perguntas principais que eu faria, são:

Como lidar com isso? (Passo a me masturbar meditando?)

Em que e o quanto faz mal pensar em fantasias sexuais obcenas? (Qual o processo? Atrai, repele, o quanto dura?)

Seria muito diferente de outras energias primitivas? (Paixão, orgulho, auto-defesa, inveja...)

Será que um pensamento temporário (alguns minutos) influencia tanto assim na estrutura energética e na manifestação de energias negativas?

Será que a perda energética proveniente do orgasmo faz tanta falta assim?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado por ressuscitar o tópico com dúvidas tão sinceras e úteis, Gangrielrl! :lol:

Desculpem por ressuscitar o tópico, mas qual a finalidade de se masturbar se não for imaginando um(a) parceiro(a), se a excitação e a ativação das energias sexuais vem em sua maioria dos estímulos visuais?

Depende da sua finalidade. A masturbação, quando imagina-se uma pessoa conhecida fazendo atos que não são de sua concordância não é das mais sadias, e todos nós aqui sabemos que isso leva ao vício, que é sim um mal. :lol:

Tipo, não consigo imaginar uma masturbação utilizando elementos da espiritualidade. Não combina.

E o que seriam "elementos da espiritualidade"?

A espiritualidade de que vos fala é muito mais ampla do que imaginamos quando o assunto é sexualidade. Por relato pessoal, lhe digo que praticar o ato da masturbação controlando as próprias energias e sentindo essa manifestação em seu corpo é muito mais prazerosa, e elimina o sentimento de culpa. Acha mesmo que não há espiritualidade aí? :D

Para mim, o sexo é a manifestação mais primitiva do Ser Humano, e faz parte da nossa natureza. Poxa, pra quem gosta da coisa, basta entrar no ônibus e ver a quantidade de mulheres com roupas coladas, seios em decote e bundas avantajadas que aparecem. Poxa, haja auto-controle e direcionamento de energia pra não acumular libído!

Simples: entre no ônibus e não olhe. A partir do momento que você não direciona sua energia sexual para algo pueril e passageiro (vicissitude corpórea), novos horizontes se abrem. Acha que nós aqui não sentimos desejo? Sentimos MUITO! Mas importante é direcionar também para uma pessoa, ou para si mesmo de forma sadia.

Mas aceito sugestões sobre o assunto: Sou bastante "tarado", sou casado mas me masturbo, e como disse o amigo no inicio do POST, a culpa vem logo em seguida.

A masturbação é para você um vício? Sua mulher saberia desse fato contado (sem julgamentos! ;)? Ela gostaria de saber disso? Há de buscar o envolvimento sexual entre os dois, e a manipulação energética retilínea, como já expliquei.

Mas as perguntas principais que eu faria, são:
Como lidar com isso? (Passo a me masturbar meditando?)

Em outras palavras, sim. Não meditar pensando em uma "linda energia superior", mas conhecendo a essência do teu corpo, as estimulações dele. Sentir as energias sexuais e movimentá-las é fantástico, é como um rio de energias. Claro, 1000x mais prazeroso seria se fizesse com a tua esposa.

Haverá vezes em que falhará, não aguentará a estímulos levianos... ok, tudo bem! O importante é prosseguir e curtir.

Em que e o quanto faz mal pensar em fantasias sexuais obcenas? (Qual o processo? Atrai, repele, o quanto dura?)

Isso de fato é relativo, mas geralmente pode ser muito bem associado com assédio, sucção de energias por assediadores. Lhe tira a paz (não é essa a sensação de culpa?)

Seria muito diferente de outras energias primitivas? (Paixão, orgulho, auto-defesa, inveja...)

A energia sexual é totalmente diferente destas energias baixas. O desejo sexual pueril se assemelha, por ser uma vicissitude corpórea. No entanto, é menos gravosa, bem menos...

Será que um pensamento temporário (alguns minutos) influencia tanto assim na estrutura energética e na manifestação de energias negativas?

Sim, de modo que não faz noção (sem sensacionalismos). Quem pensa nisso uma vez, provável que pense de novo. Ainda mais se praticar isso sozinho. Tais atos retiram a paz, estimulam o vício... pode parecer exagero, mas difícil é discordar.

Será que a perda energética proveniente do orgasmo faz tanta falta assim?

Não. A perda proveniente do vício sexual (que não é vício orgasmático) faz falta.

O fato é: a partir do momento que você para de olhar a sexualidade do corpo, e vê a sexualidade do espírito, as coisas mudam de figura. Pouco importa a carnalidade do ato, as maluquices bizarras de certas fantasias sexuais. A sensação é de liberdade.

Daí meu elogio na retiliniaridade energética de Waldo Vieira. Importante é educar a energização sexual, educando primeiramente nossos olhos, depois nossa mente. O que resta é a liberdade.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pelo que entendi na eooca, é uma massagem da região toda, com mão aberta mesmo, nada de agarrar "o bicho", que ele fica brabo,ehehh.

Mas isso é para evitar atrofia por falta de uso, porque se você estiver bem desligado mesmo, no Bramacharya, fica tudo meio desativado, exceto, talvez pela ereção matutina, que funciona como um "indicador de recarga completa do celular".

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

O problema é que o pessoal mistura muita coisa que não tem nada a ver. Espiritismo com conceitos de tantra ou gnose do samael. Mistura tudo com fundamentos nada relacionado um com outro, a fica difícil de entender os motivos das causas e problemas relacionados com tais praticas e soluções pra esssas. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Verdade. Todo mundo quer usar as melhores soluçoes, porém, um piloto de formula um precisa se preocupae com coisas que para um motorista comum nao fazem diferença alguma. Isso cria um estresse desnecessário.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Restore formatting

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.